Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Al-Andalus

Índice Al-Andalus

Al-Andalus ou al-Ândalus cfr.

250 relações: A Canção de Rolando, Abádidas, Abdal Malique, Abdalazize ibne Muça, Abde Almumine, Abderramão I, Abderramão III, Abdesto, Abu Iacube Iúçufe, Abu Ixaque Ibraim al-Zarcali, Abu Ubaide Abdalá Albacri, Abulcasis, Afonso I de Portugal, Afonso III de Portugal, Agricultura, Alcachofra, Alcácer do Sal, Algarbe Alandalus, Algarve, Algodão, Alhambra, Almadrava, Almançor, Almutâmide, Amade Almoctadir, Aragão, Arco, Arianismo, Arrábita, Arroz, Arte bizantina, Artesanato, Asa-delta, Astúrias, Astrolábio, Astronomia, Atlântida, Atum, Azeite, Azulejo, África, Bagdá, Baleares, Batalha de Covadonga, Batalha de Guadalete, Batalha de Navas de Tolosa, Batalha de Poitiers (732), Batalha de Zalaca, Batismo, Beja, ..., Berberes, Beringela, Boabdil, Botânica, Califa, Califado Abássida, Califado Almóada, Califado de Córdova, Califado Fatímida, Califado Omíada, Cana-de-açúcar, Cantábria, Capitulação de Granada, Carlos Magno, Carlos Martel, Córdova (Espanha), Ceuta, Cevada, Chuva, Ciência, Coelho, Coimbra, Colunas de Hércules, Concílio, Conde Julião, Cristianismo, Cruzada, Damasco, Dinar, Dinastia, Dreses, Ebro, Economia, Emir, Emirado, Emirado de Córdova, Ermida do Cristo de la Luz, Escravidão, Eslavos, Espanha, Estreito de Gibraltar, Europa, Farmacologia, Faro, Fernando I de Leão, Fernando II de Aragão, Fez, Figueira-comum, Gallus gallus domesticus, Gália, Gália Narbonense, Geografia, Giralda, Godos, Granada (Espanha), Guerra civil do al-Andalus, Gueto, Haje, Hamame, Hájibe, Hispânia, Hispânia Bética, Iémen, Iúçufe ibne Taxufine, Ibne al-Baitar, Ibne Tumarte, Idade de ouro islâmica, Idade Média, Ifríquia, Igreja de Nossa Senhora da Anunciação (Mértola), Império Almorávida, Império Bizantino, Império Merínida, Imposto, Independência, Intolerância religiosa, Invasão muçulmana da Península Ibérica, Isabel I de Castela, Islão, Jizia, Johannes Kepler, José Hermano Saraiva, José Mattoso, Judeus, Latim, , Língua árabe, Levante peninsular, Liberdade religiosa, Lisboa, Lista de monarcas de Portugal, Lista de reis visigodos, Lusitânia, Maçã, Madrid, Magrebe, Maomé I de Granada, Mar Mediterrâneo, Marfim, Marraquexe, Málaga, Médio Oriente, Mérida (Espanha), Mértola, Múrcia, Meca, Medicina, Medina Azhara, Mel, Mercado, Mesquita, Mesquita-Catedral de Córdova, Minarete, Moçárabes, Moinho de água, Mouros, Muça ibne Noçáir, Muladi, Navarra, Negros, Niebla, Nomadismo, Nora (água), Normandos, Norte de África, Países Baixos, Paganismo, Palácio, Palácio da Aljafería, Pão, Pelágio das Astúrias, Península Ibérica, Pera, Pesca, Picota (ferramenta), Pireneus, Planetário, Platão, Portugal, Prata, Reconquista, Reino de Aragão, Reino de Castela, Reino de Leão, Reino de Navarra, Reino nasrida de Granada, Reis Católicos, República de Córdova, Rio Barbate, Rio Guadalete, Rio Guadalquivir, Rio Senegal, Rio Tejo, Rito moçárabe, Rodrigo, Roma Antiga, Ronda, Saara Ocidental, Sal, Salá, Samarra, Santiago de Compostela, Saragoça, Sardinha, Síria, Seda, Sevilha, Sicília, Silves (Portugal), Sintra, Soco (mercado), Suevos, Sunismo, Tabela cronológica dos reinos da Península Ibérica, Taifa, Taifa de Badajoz, Taifa de Málaga, Taifa de Saragoça, Taifa de Toledo, Tarifa (Espanha), Tárique, Terceiro Concílio de Toledo, Termas romanas, Toledo, Topónimos árabes em Portugal, Tradição cristã, Tributo, Trigo, Tunísia, Uva, Valência, Vândalos, Viseu, Visigodos, Xaém, Xiismo, XVI Concílio de Toledo, XVII Concílio de Toledo, 716, 717. Expandir índice (200 mais) »

A Canção de Rolando

A Canção de Rolando (em língua francesa, La chanson de Roland) é um poema épico composto no século XI em francês antigo, sendo a mais antiga das canções de gesta escritas em uma língua românica.

Novo!!: Al-Andalus e A Canção de Rolando · Veja mais »

Abádidas

Os Abádidas (Banu Abbad) foram uma dinastia árabe que surgiu no no Al-Andalus, durante o período da anarquia em que se deu a decomposição do Califado de Córdova (756-1031).

Novo!!: Al-Andalus e Abádidas · Veja mais »

Abdal Malique

Abdal Malique ibne Maruane (‘Abd al-Malik ibn Marwān), bem conhecido apenas como Abdal Malique, foi o quinto califa omíada, filho e sucessor de Maruane ibne Aláqueme (623 - 685).

Novo!!: Al-Andalus e Abdal Malique · Veja mais »

Abdalazize ibne Muça

Abdalazize ibne Muça (ʿAbd al-ʿAziz ibn Musa ibn Nusayr - lit. "Abdalazize, filho de Muça, filho de Noçáir") foi o filho do governador de Ceuta Muça ibne Noçáir.

Novo!!: Al-Andalus e Abdalazize ibne Muça · Veja mais »

Abde Almumine

Abde Almumine (`abd al-mū'min ben `alī al-kūmī; Nedroma, actual Argélia, c. 1094 - Salé, actual Marrocos, 1163) foi o primeiro califa e o segundo imame do Califado Almóada.

Novo!!: Al-Andalus e Abde Almumine · Veja mais »

Abderramão I

Abderramão ibne Moáuia ibne Hixam ibne Abdal Malique ibne Maruane (Abd al-Rahman ibn Mu'awiya ibn Hisham ibn Abd al-Malik ibn Marwan, lit. "Abderramão, filho de Moáuia, filho de Hixam, filho de Abdal Malique, filho de Maruane"), melhor conhecido somente como Abderramão I ou Abdarramão I, (Damasco, – Córdova) foi um membro da dinastia omíada, emir de Córdova entre 756 e 788 e fundador do Emirado de Córdova e de uma dinastia muçulmana que governou grande parte da Península Ibérica durante quase três séculos.

Novo!!: Al-Andalus e Abderramão I · Veja mais »

Abderramão III

Alandalus em 910 Abderramão III, Abdarramão III, Abderrahman III ou 'Abd ar-Raḥmān De seu nome completo 'Abd ar-Raḥmān ibn Muḥammad ibn 'Abd Allah ibn Muḥammad ibn 'Abd ar-Raḥman ibn al-Hakam al-Rabdi ibn Hišam ibn 'Abd ar-Raḥman al-Dakhil al-Qurtubi an-Nāṣir li-Din Allah, em português Servo do Misericordioso, filho de Muḥammad, filho de Abdallah, filho de 'Abd ar-Raḥman, filho de al-Hakam al-Rabdi, filho de Hišam, filho de 'Abd ar-Raḥman al-Dakhil, o Cordovês, vencedor em nome de Allah.

Novo!!: Al-Andalus e Abderramão III · Veja mais »

Abdesto

Ablução numa mesquita de Istambul. Abdesto (árabe: الوضوء al-wuḍū', persa:آبدست ābdast, turco: abdest), normalmente traduzido por "ablução", é um acto ritual de purificação que o muçulmano faz antes da reza.

Novo!!: Al-Andalus e Abdesto · Veja mais »

Abu Iacube Iúçufe

Abu Iacube Iúçufe ibne Abde Almumine (abū ya`qūb yūsuf ben `abd al-mū'min; 1135 - 29 de Julho de 1184), melhor conhecido somente como Abu Iacube Iúçufe ou Iúçufe I, foi o segundo califa do Califado Almóada de Marrocos, governando de 1163 até seu falecimento em 1184.

Novo!!: Al-Andalus e Abu Iacube Iúçufe · Veja mais »

Abu Ixaque Ibraim al-Zarcali

Abu Ixaque Ibraim ibne Iáia al-Nacaxe al-Zarcali (lit. "Abu Ixaque Ibraim, filho de Iáia al-Nacaxe al-Zarcali"; 1029–1087), latinizado como Arzaquel, foi um fabricante de instrumentos e um dos líderes da teoria e prática da astronomia islâmica de seu tempo.

Novo!!: Al-Andalus e Abu Ixaque Ibraim al-Zarcali · Veja mais »

Abu Ubaide Abdalá Albacri

Abu Ubaidalá ibne Abdalazize ibne Maomé Albacri (Abū ʿUbayd ʿAbd Allāh ibn ʿAbd al-ʿAzīz ibn Muḥammad al-Bakrī, lit. "Abu Ubaidalá, filho de Abdalazize, filho de Maomé "de Baquir" (indicando posse); Huelva, 1014–1094) foi um geógrafo e historiador hispano-muçulmano.

Novo!!: Al-Andalus e Abu Ubaide Abdalá Albacri · Veja mais »

Abulcasis

Abu'l-Qasim Khalaf ibn 'Abbas al-Zaharawi أبو القاسم خلف بن عباس الزهراوي, latinizado como Abulcasis (ou Albucasis), (Medina Azhara, 936 – Córdova, 1013) foi um médico cirurgião do al-Andalus.

Novo!!: Al-Andalus e Abulcasis · Veja mais »

Afonso I de Portugal

Afonso I (–), também chamado de Afonso Henriques, e apelidado de "o Conquistador", foi o primeiro Rei de Portugal de 1139 até sua morte, anteriormente servindo como Conde de Portucale de 1112 até sua independência do Reino da Galiza.

Novo!!: Al-Andalus e Afonso I de Portugal · Veja mais »

Afonso III de Portugal

Afonso III (Coimbra, – Alcobaça), apelidado de "o Bolonhês" por seu casamento com Matilde II, Condessa de Bolonha, foi o Rei de Portugal de 1248 até sua morte, e também o primeiro monarca português a utilizar o título de Rei de Algarve.

Novo!!: Al-Andalus e Afonso III de Portugal · Veja mais »

Agricultura

Agricultura é o conjunto de técnicas utilizadas para cultivar plantas com o objetivo de obter alimentos, bebidas, fibras, energia, matéria-prima para roupas, construções, medicamentos, ferramentas, ou apenas para contemplação estética.

Novo!!: Al-Andalus e Agricultura · Veja mais »

Alcachofra

Uma alcachofra (nome científico Cynara cardunculus subsp. scolymus, anteriormente designada por Cynara scolymus) é uma planta com até um metro de altura, da família das compostas, de caules estriados, folhas penatífidas e grandes capítulos florais.

Novo!!: Al-Andalus e Alcachofra · Veja mais »

Alcácer do Sal

Alcácer do Sal é uma cidade portuguesa pertencente ao Distrito de Setúbal, região (NUTS II) Alentejo e sub-região (NUTS III) do Alentejo Litoral, com cerca de habitantes.

Novo!!: Al-Andalus e Alcácer do Sal · Veja mais »

Algarbe Alandalus

A Península Ibérica em 750 O Algarbe ou Garbe Alandalus era a parte mais ocidental do Alandalus, que corresponde a parte do actual território português.

Novo!!: Al-Andalus e Algarbe Alandalus · Veja mais »

Algarve

O Algarve é uma região, sub-região e província tradicional de Portugal continental, sendo a mais meridional entre todas.

Novo!!: Al-Andalus e Algarve · Veja mais »

Algodão

O algodão (do árabe القُطُن al-qutun) é uma fibra branca (esbranquiçada) que cresce a volta das sementes de algumas espécies do gênero Gossypium, família Malvaceae.

Novo!!: Al-Andalus e Algodão · Veja mais »

Alhambra

A Alhambra vista dos jardins da Generalife, ao fundo o bairro de Albaicín Planta do palácio árabe datada de 1889 Alhambra ou, preferencialmente, Alambra ("a Vermelha") localiza-se na cidade e município de Granada, na província de homónima, comunidade autónoma da Andaluzia, na Espanha, em posição dominante no alto duma elevação arborizada na parte sudeste da cidade.

Novo!!: Al-Andalus e Alhambra · Veja mais »

Almadrava

Almadrava (do árabe almadraba; de alma, lugar e darab, matar) designa a armação de pesca do atum.

Novo!!: Al-Andalus e Almadrava · Veja mais »

Almançor

Estátua de Almançor em Algeciras Abu Amir Muhammad ibn Abdullah ibn Abi Amir, al-Hajib al-Mansur (أبو عامر محمد بن عبد الله بن أبي عامر الحاجب المنصور mais conhecido como Almançor (numa família árabe da área de Algeciras —) foi o governador do al-Andalus (designação em árabe da Península Ibérica) no final do e início do. A tradução aproximada do seu nome é "Fiel Amir Muhammad, o Escravo de Deus e familiares". O seu governo marcou o auge do império omíada na Península Ibérica.

Novo!!: Al-Andalus e Almançor · Veja mais »

Almutâmide

Maomé ibne Abade Almutâmide (Muhammad ibn 'Abbad al-Mu'tamid; —), Abu Alcacim Maomé Almutâmide ibne Abade ou Abade III (Abū l-Qāsim Muḥammad ibn ʿAbbād ibn Muḥammad ibn Ismāʿīl ibn ʿAbbād al-Muʿtami), melhor conhecido como Almutâmide ou Almutamide (al-Muʿtamid), foi o terceiro e último dos reis Abádidas que governaram a Taifa de Sevilha no e um dos poetas mais importantes do Alandalus.

Novo!!: Al-Andalus e Almutâmide · Veja mais »

Amade Almoctadir

Abu Jafar Amade ibne Solimão Almoctadir Bilá lit., melhor conhecido somente como Amade Almoctadir, foi rei da taifa de Saragoça entre 1046 e 1081.

Novo!!: Al-Andalus e Amade Almoctadir · Veja mais »

Aragão

Aragão é uma comunidade autónoma espanhola resultante do reino histórico homónimo situada no nordeste da Península Ibérica. Geograficamente compreende o médio vale do Rio Ebro, os Pirenéus centrais e as Serras Ibéricas. Limita a norte a região francesa da Occitânia, a oeste com Castela e Leão, Castela-Mancha, Rioja e Navarra, e a este com a Catalunha e a Comunidade Valenciana. O seu Estatuto de Autonomia outorga-lhe o caráter de nacionalidade histórica. O Reino de Aragão, juntamente com o Principado da Catalunha, os reinos de Valência e Maiorca e outros territórios franceses, italianos e gregos formaram, durante séculos, a histórica Coroa de Aragão. Nela, o reino manteve a sua independência, instituições, foros e direitos até ao advento da Guerra da Sucessão Espanhola do século XVIII. Organizada como comunidade autónoma desde 1978, está dividida em três províncias, Osca, Teruel e Saragoça (onde se localiza a capital homónima) e 33 comarcas.

Novo!!: Al-Andalus e Aragão · Veja mais »

Arco

O termo arco, do latim arcus, designa um elemento construtivo em curva que é arredondado, normalmente em alvenaria, que emoldura a parte superior de um vão (abertura, passagem) ou reentrância suportando o peso vertical do muro em que se encontra.

Novo!!: Al-Andalus e Arco · Veja mais »

Arianismo

O arianismo foi uma visão cristológica sustentada pelos seguidores de Ário, presbítero cristão de Alexandria nos primeiros tempos da Igreja primitiva, que negava a existência da consubstancialidade entre Jesus e Deus Pai, que os igualasse, concebendo Cristo como um ser pré-existente e criado, embora a primeira e mais excelsa de todas as criaturas, que encarnara em Jesus de Nazaré.

Novo!!: Al-Andalus e Arianismo · Veja mais »

Arrábita

Monastir, Tunísia Arrábita (ribāṭ — hospício, hotel, base ou retiro), transliterado como arrábida em português, é um mosteiro árabe consagrado à oração e à guerra santa, sendo simultaneamente fortaleza e posto de vigia.

Novo!!: Al-Andalus e Arrábita · Veja mais »

Arroz

O arroz (constituído por sete espécies, Oryza barthii, Oryza glaberrima, Oryza latifolia, Oryza longistaminata, Oryza punctata, Oryza rufipogon e Oryza sativa) é uma planta da família das gramíneas que alimenta mais da metade da população humana do mundo.

Novo!!: Al-Andalus e Arroz · Veja mais »

Arte bizantina

XII. Ao seu lado encontra-se a figura da Virgem Maria e de São João Baptista. O termo arte bizantina refere-se à expressão artística de caráter religioso do Império Bizantino.

Novo!!: Al-Andalus e Arte bizantina · Veja mais »

Artesanato

Artesanato iraniano. Artesanato é o próprio trabalho manual, utilizando-se de matéria-prima natural, ou produção de um artesão (de artesão + ato).

Novo!!: Al-Andalus e Artesanato · Veja mais »

Asa-delta

A asa-delta é um tipo de aeronave composta por tubos de alumínio, que proporcionam a sua rigidez estrutural, e uma vela feita de tecidos, que funciona como superfície que sofre forças aerodinâmicas, proporcionando a sustentação da asa-delta no ar.

Novo!!: Al-Andalus e Asa-delta · Veja mais »

Astúrias

O Principado das Astúrias, em castelhano Principado de Asturias, Principáu d'Asturies em asturiano e Principao d'Asturias em galego-asturiano, é uma comunidade autónoma definida como nação histórica e província de Espanha.

Novo!!: Al-Andalus e Astúrias · Veja mais »

Astrolábio

O astrolábio é um instrumento naval antigo, usado para medir a altura dos astros acima do horizonte.

Novo!!: Al-Andalus e Astrolábio · Veja mais »

Astronomia

Formação estrelar na Grande Nuvem de Magalhães, uma galáxia irregular. Mosaico da Nebulosa do Caranguejo, remanescente de uma supernova. Astronomia é uma ciência natural que estuda corpos celestes (como estrelas, planetas, cometas, nebulosas, aglomerados de estrelas, galáxias) e fenômenos que se originam fora da atmosfera da Terra (como a radiação cósmica de fundo em micro-ondas).

Novo!!: Al-Andalus e Astronomia · Veja mais »

Atlântida

Atlântida (em grego, Ἀτλαντίς - "filha de Atlas") é uma lendária ilha ou continente cuja primeira menção conhecida remonta a Platão em suas obras "Timeu ou a Natureza" e "Crítias ou a Atlântida".

Novo!!: Al-Andalus e Atlântida · Veja mais »

Atum

Os atuns (género Thunnus) são um dos grupos de espécies de peixes mais importantes do ponto de vista pesqueiro.

Novo!!: Al-Andalus e Atum · Veja mais »

Azeite

Azeite é um produto alimentar extraído da azeitona, o fruto da oliveira.

Novo!!: Al-Andalus e Azeite · Veja mais »

Azulejo

O termo azulejo designa uma peça de cerâmica de pouca espessura, geralmente, quadrada, em que uma das faces é vidrada, resultado da cozedura de um revestimento geralmente denominado como esmalte, que se torna impermeável e brilhante.

Novo!!: Al-Andalus e Azulejo · Veja mais »

África

A África é o terceiro continente mais extenso (depois da Ásia e da América) com cerca de 30 milhões de quilômetros quadrados, cobrindo 20,3 % da área total da terra firme do planeta.

Novo!!: Al-Andalus e África · Veja mais »

Bagdá

(Baġdād,; Bexda) é a capital do Iraque e da província homônima.

Novo!!: Al-Andalus e Bagdá · Veja mais »

Baleares

As Ilhas Baleares (em catalão e oficialmente Illes Balears) são um arquipélago do Mediterrâneo ocidental, uma província e comunidade autónoma espanhola.

Novo!!: Al-Andalus e Baleares · Veja mais »

Batalha de Covadonga

A Batalha de Covadonga foi a primeira grande vitória das forças militares Cristãs na Hispânia a seguir à invasão árabe de 711.

Novo!!: Al-Andalus e Batalha de Covadonga · Veja mais »

Batalha de Guadalete

A Batalha de Guadalete ou Guadibeca foi uma batalha travada em 31 de Julho de 711 às margens do rio Guadalete, na atual província de Cádiz, na Andaluzia, no sul da actual Espanha, entre árabes e visigodos.

Novo!!: Al-Andalus e Batalha de Guadalete · Veja mais »

Batalha de Navas de Tolosa

A Batalha das Navas de Tolosa (em árabe Al - Uqab, معركة العقاب), conhecida simplesmente como "A Batalha" nas crónicas da época, foi travada em 16 de Julho de 1212, perto de Navas de Tolosa, na actual Espanha.

Novo!!: Al-Andalus e Batalha de Navas de Tolosa · Veja mais »

Batalha de Poitiers (732)

A Batalha de Poitiers, também conhecida como Batalha de Tours, travou-se entre o exército do Reino Franco, liderados por Carlos Martel — prefeito do palácio de Paris, da dinastia Carolíngia, governante de facto do reino — e os mouros, do exército do Califado de Córdoba, liderado por Algafequi, governante de Córdova, entre 25 e 26 de outubro de 732.

Novo!!: Al-Andalus e Batalha de Poitiers (732) · Veja mais »

Batalha de Zalaca

Batalha de Zalaca travou-se em 23 de outubro de 1086 em Sagrajas, próximo a Badajoz, Espanha, confrontando os reinos cristãos da Península Ibérica e os Almorávidas da Mauritânia, que vieram em auxílio dos reis de Badajoz, Granada e de Sevilha.

Novo!!: Al-Andalus e Batalha de Zalaca · Veja mais »

Batismo

O é um rito de passagem, feito normalmente com água sagrada sobre o iniciado através da imersão, efusão ou aspersão.

Novo!!: Al-Andalus e Batismo · Veja mais »

Beja

Beja é uma cidade portuguesa pertencente à região do Alentejo e sub-região do Baixo Alentejo, capital do Distrito de Beja e Capital do Baixo Alentejo com cerca de habitantes no seu perímetro urbano, sendo a capital do Distrito de Beja e sede da Diocese de Beja.

Novo!!: Al-Andalus e Beja · Veja mais »

Berberes

Mapa dos grupos berberes Os berberes (que chamam a si próprios Imazighen, ou seja, "homens livres"; singular Amazigh) referem-se ao conjunto de povos do Norte de África que falam línguas berberes, da família de línguas afro-asiáticas.

Novo!!: Al-Andalus e Berberes · Veja mais »

Beringela

A é o fruto da planta Solanum melongena, uma solanaceae arbustiva, anual, originária da Índia, considerada de fácil cultivo nos trópicos, e que pertence à mesma família do pimentão.

Novo!!: Al-Andalus e Beringela · Veja mais »

Boabdil

Abû `Abd Allâh Mohammed ben Abî al-Hasan `Alî ou Abū ‘Abd Allāh Muḥammad al-thānī ‘ashar (أبو عبد الله محمد الثاني عشر; Granada, — Fez, ca. 1533) foi o 22º e último rei nasrida de Granada.

Novo!!: Al-Andalus e Boabdil · Veja mais »

Botânica

A botânica (do botané, que significa "planta", que deriva, por sua vez, do verbo boskein: "alimentar") ou biologia vegetal é o estudo científico da vida das plantas e algas. Como um campo da biologia, a botânica abrange uma miríade de disciplinas científicas que estudam crescimento, reprodução, metabolismo, desenvolvimento, doenças e evolução da vida das plantas.

Novo!!: Al-Andalus e Botânica · Veja mais »

Califa

Califa (khalīfah, "sucessor" ou "representante") é o chefe de Estado em um Califado, e o título para o governante da Umma muçulmana, uma comunidade islâmica governada pela sharia.

Novo!!: Al-Andalus e Califa · Veja mais »

Califado Abássida

O Califado Abássida (al-‘abbāsīyūn), foi o terceiro califado islâmico.

Novo!!: Al-Andalus e Califado Abássida · Veja mais »

Califado Almóada

O Califado Almóada (ou Almôada, ou Almôade) foi uma potência religiosa berbere governada pela quinta dinastia moura, tendo se destacado do até meados do.

Novo!!: Al-Andalus e Califado Almóada · Veja mais »

Califado de Córdova

O Califado de Córdova (929 – 1031) foi a forma de governo islâmico que dominou a maior parte da Península Ibérica e do Norte de África com capital em Córdova.

Novo!!: Al-Andalus e Califado de Córdova · Veja mais »

Califado Fatímida

O Califado Fatímida foi um califado formado com a ascensão da dinastia dos Fatímidas, uma dinastia xiita ismaelita constituída por catorze califas, que reinou na África do Norte entre 909 e 1048 e no Egito entre 969 e 1171.

Novo!!: Al-Andalus e Califado Fatímida · Veja mais »

Califado Omíada

O Califado Omíada (Umawiyy; Omaviyân; Emevi) foi o segundo dos quatro principais califados islâmicos estabelecidos após a morte de Maomé.

Novo!!: Al-Andalus e Califado Omíada · Veja mais »

Cana-de-açúcar

Cana-de-açúcar é um grupo de espécies de gramíneas perenes altas do gênero Saccharum, tribo Andropogoneae, nativas das regiões tropicais do sul da Ásia e da Melanésia e utilizadas principalmente para a produção de açúcar e etanol.

Novo!!: Al-Andalus e Cana-de-açúcar · Veja mais »

Cantábria

Cantábria é uma comunidade autónoma monoprovincial localizada no norte de Espanha.

Novo!!: Al-Andalus e Cantábria · Veja mais »

Capitulação de Granada

Situada na região da Andaluzia, Espanha, a cidade de Granada, fundada em 756 pelos árabes, é desde o século XIII a capital do reino muçulmano de Granada.

Novo!!: Al-Andalus e Capitulação de Granada · Veja mais »

Carlos Magno

Carlos Magno (em latim: Carolus Magnus, alemão: Karl der Große, francês: Charlemagne; — Aachen, 28 de janeiro de 814) foi o primeiro Imperador dos Romanos de 800 até sua morte, além de Rei dos Lombardos a partir de 774 e Rei dos Francos começando em 768.

Novo!!: Al-Andalus e Carlos Magno · Veja mais »

Carlos Martel

Carlos Martel (Charles Martel; Karl Martell; Carolus Martellus; — Quierzy-sur-Oise,; foi mordomo do palácio de 717 a 741 e duque da Austrasia e o soberano de facto dos Francos. Filho ilegítimo de Pepino de Herstal, prefeito do palácio da Austrásia com sua concubina Alpaida, e nascido em Herstal, no que agora é a Valônia, na Bélgica, Martel expandiu seu domínio sobre os três reinos francos: Austrásia, Nêustria e Borgonha. É mais lembrado por ter vencido a Batalha de Poitiers (ou batalha de Tours) em 732, tradicionalmente considerada a ação que salvou a Europa do expansionismo muçulmano que já havia conquistado a Península Ibérica; a partir de então não houve mais invasões muçulmanas nos territórios francos, e a vitória de Carlos é considerada decisiva para a história medieval na medida em que conteve a expansão islâmica nas fronteiras francas. Embora inicialmente lembrado simplesmente como o líder do exército cristão que prevaleceu em Tours, Carlos Martel foi um verdadeiro gigante do início da Idade Média. Um general brilhante numa época privada desse talento, ele é considerado o pai da cavalaria pesada ocidental, das ordens de cavalaria e fundador do Império Carolíngio (Pepino o Breve, seu filho, daria o nome de Império Carolíngio devido a Carlos Martel e não devido a Carlos Magno, neto de Carlos Martel), e um catalisador para o sistema feudal que acompanharia a Europa através da Idade Média (embora descobertas acadêmicas recentes sugiram que ele era mais um dos beneficiários do sistema feudal que um agente causador das mudanças sociais). Foi prefeito do palácio (ou seja, responsável pela administração sob o Rei) do Reino Franco do Oriente, a partir de 717. Em 731 tomou as rédeas da totalidade do Reino. Recebeu do Papa Gregório III o título de Herói da Cristandade.

Novo!!: Al-Andalus e Carlos Martel · Veja mais »

Córdova (Espanha)

Córdova é um município da província homónima, na comunidade autónoma da Andaluzia, na Espanha.

Novo!!: Al-Andalus e Córdova (Espanha) · Veja mais »

Ceuta

Mapa de Ceuta Ceuta é uma cidade autónoma de Espanha situada na margem africana da desembocadura oriental do estreito de Gibraltar, na pequena península de Almina, em frente a Algeciras e ao território britânico de Gibraltar, situadas no lado oposto do estreito.

Novo!!: Al-Andalus e Ceuta · Veja mais »

Cevada

A cevada (Hordeum vulgare) é uma gramínea cerealífera e representa a quinta maior colheita e uma das principais fontes de alimento para pessoas e animais.

Novo!!: Al-Andalus e Cevada · Veja mais »

Chuva

A chuvaBrasil Escola.

Novo!!: Al-Andalus e Chuva · Veja mais »

Ciência

Ciência (do latim scientia, traduzido por "conhecimento") refere-se a qualquer conhecimento ou prática sistemáticos.

Novo!!: Al-Andalus e Ciência · Veja mais »

Coelho

Os coelhos são mamíferos lagomorfos da família dos leporídeos, em geral dos gêneros Oryctolagus e Sylvilagus.

Novo!!: Al-Andalus e Coelho · Veja mais »

Coimbra

Coimbra OTE é uma cidade portuguesa, capital do distrito de Coimbra, situada na província da Beira Litoral, região do Centro (Região das Beiras), sub-região estatística do Baixo Mondego, e comunidade intermunicipal da Região de Coimbra.

Novo!!: Al-Andalus e Coimbra · Veja mais »

Colunas de Hércules

Colunas de Hércules era o nome dado aos promontórios que existem no estreito de Gibraltar, um em África (conforme as versões, o monte Hacho ou o monte Musa) e outro na Europa (o rochedo de Gibraltar).

Novo!!: Al-Andalus e Colunas de Hércules · Veja mais »

Concílio

Um concílio é uma reunião de autoridades eclesiásticas com o objetivo de discutir e deliberar sobre questões pastorais, de doutrina, fé e costumes (moral).

Novo!!: Al-Andalus e Concílio · Veja mais »

Conde Julião

O conde Julião ou Olião foi um conde cristão, governador de Ceuta no século VIII.

Novo!!: Al-Andalus e Conde Julião · Veja mais »

Cristianismo

Cristianismo (do grego Xριστός, "Christós", messias, ungido, do heb. משיח "Mashiach") é uma religião abraâmica monoteístaO status do cristianismo como religião monoteísta é confirmado, entre outras fontes, na Catholic Encyclopedia (artigo ""); William F. Albright, From the Stone Age to Christianity; H. Richard Niebuhr; About.com,; Kirsch, God Against the Gods; Woodhead, An Introduction to Christianity; The Columbia Electronic Encyclopedia; The New Dictionary of Cultural Literacy,; New Dictionary of Theology,, pp.

Novo!!: Al-Andalus e Cristianismo · Veja mais »

Cruzada

Cruzada é um termo utilizado para designar qualquer dos movimentos militares de inspiração cristã que partiram da Europa Ocidental em direção à Terra Santa e à cidade de Jerusalém com o intuito de conquistá-las, ocupá-las e mantê-las sob domínio cristão.

Novo!!: Al-Andalus e Cruzada · Veja mais »

Damasco

Damasco (دِمَشقُ, transliterado Dimashq; comumente conhecida como الشام, ash-Shām, ou مدينة الياسمين, Madīnatul Yāsmīn, literalmente "Cidade do Jasmim") é a capital da Síria, e um dos 14 distritos do país.

Novo!!: Al-Andalus e Damasco · Veja mais »

Dinar

O dinar é a moeda nacional de vários países, a maioria deles árabes, ex-integrantes do extinto Império Otomano.

Novo!!: Al-Andalus e Dinar · Veja mais »

Dinastia

Dinastia é uma sequência de governantes considerados como membros da mesma família.

Novo!!: Al-Andalus e Dinastia · Veja mais »

Dreses

Um mapa-múndi feito por Dreses. Note-se que o sul está localizado no topo do mapa Abu Abdulá Maomé Idrissi (Abu Abdullah Muhammad al-Idrisi; Ceuta, 1110 - Sicília, 1165 ou 1166), também conhecido como Idrissi (al-Idrisi), Xarife Idrissi (Sharif Al-Idrisi) ou simplesmente Edrisi ou Idris ou, ainda, pelo nome latino de Dreses, sendo também referido na literatura como o Árabe da Núbia, enquanto seu nome completo era Abu Abdalá Maomé ibne Maomé ibne Abdalá ibne Idris Alcurtubi Hassani (Abu Abdallah Muhammad Ibn Muhammad Ibn Abdallah Ibn Idris al-Qurtubi al-Hassani, lit. "Abu Abdalá Maomé, filho de Maomé, filho de Abdalá, filho de Idris Alcurtubi Hassani"), foi um geógrafo, cartógrafo e botânico árabe, famoso pela qualidade de seus mapas, tanto no desenho quanto na precisão.

Novo!!: Al-Andalus e Dreses · Veja mais »

Ebro

O rio Ebro (grego: Ίβηρ, latim: Iberus, catalão: Ebre) é um dos maiores rios da Espanha e da Península Ibérica.

Novo!!: Al-Andalus e Ebro · Veja mais »

Economia

alt.

Novo!!: Al-Andalus e Economia · Veja mais »

Emir

Emir ou amir (termo que, em língua árabe, significa "comandante") é um título de nobreza, equivalente no Ocidente a príncipe, sendo historicamente usado nas nações islâmicas do Médio Oriente e Norte de África.

Novo!!: Al-Andalus e Emir · Veja mais »

Emirado

Emirado (imarah, plural: imarat) é o território administrado por um emir, mas pode significar também outros tipos de territórios.

Novo!!: Al-Andalus e Emirado · Veja mais »

Emirado de Córdova

O Emirado de Córdova (.

Novo!!: Al-Andalus e Emirado de Córdova · Veja mais »

Ermida do Cristo de la Luz

A Ermida do Cristo de la Luz é uma mesquita da época califal, aproximadamente do ano 1000 d.C, que foi depois transformada, quando da construção de um abside na sua parte posterior, a fim de a reconverter em um templo de culto cristão na época de Afonso VII, e dedicada desde então à religião cristã.

Novo!!: Al-Andalus e Ermida do Cristo de la Luz · Veja mais »

Escravidão

francês Jean-Léon Gérôme Fotografia de um menino escravo em Zanzibar, em 1890 A escravidão (denominada também de escravismo, escravagismo ou escravatura) é a prática social em que um ser humano assume direitos de propriedade sobre outro designado por escravo, imposta por meio da força.

Novo!!: Al-Andalus e Escravidão · Veja mais »

Eslavos

Eslavos meridionais Eslavos é o termo usado para se referir a uma ramificação étnica e linguística de povos indo-europeus que vivem principalmente na Europa central e oriental.

Novo!!: Al-Andalus e Eslavos · Veja mais »

Espanha

Espanha (España), também conhecido como Reino de/da Espanha Reino de España é um país situado na Europa meridional, na Península Ibérica.

Novo!!: Al-Andalus e Espanha · Veja mais »

Estreito de Gibraltar

O estreito de Gibraltar é uma separação natural entre o Mar Mediterrâneo e o Oceano Atlântico, e entre dois continentes - Europa e África.

Novo!!: Al-Andalus e Estreito de Gibraltar · Veja mais »

Europa

A Europa é, por convenção, um dos seis continentes do mundo.

Novo!!: Al-Andalus e Europa · Veja mais »

Farmacologia

A farmacologia (do grego: ϕάρμακον, fármacon ("droga"), e λογία, derivado de -λόγος lógos ("palavra", "discurso"), sintetizado em "ciência") é a área da Farmácia que estuda como as substâncias químicas interagem com os sistemas biológicos.

Novo!!: Al-Andalus e Farmacologia · Veja mais »

Faro

Faro é uma cidade portuguesa com cerca de habitantes, capital do Distrito de Faro, da região, sub-região e ainda da antiga província do Algarve.

Novo!!: Al-Andalus e Faro · Veja mais »

Fernando I de Leão

Fernando I de Leão (1016 — 27 de dezembro de 1065), cognominado o Grande ou o Magno, Rei de Leão (1037-1065), Conde de Castela (1035-1065), conquistou Viseu e Coimbra em 1064. Era filho de Sancho Garcês III de Pamplona e da Rainha Munia Mayor de Castela. De sua mãe herdou o condado de Castela, e conquistou pela força das armas o reino de Leão, coroa da qual se tornou rei consorte pelo casamento com a irmã do rei Bermudo III de Leão, a rainha Sancha I de Leão. Em 20 de janeiro de 1064 parte para Santiago de Compostela, em peregrinação para pedir a intercessão de Santiago, para o cerco que iria a efectuar em Coimbra. Nesta viagem, parte com a sua esposa Sancha, os bispos de Santiago, Lugo, Mondonhedo e Sesnando, este último do Porto, para além dos abades de Celanova e Guimarães, para além de outras personagens notáveis. Depois de um cerco de seis meses, rendidos pela fome, as tropas de Almançor rendem-se a 9 de julho de 1064. Depois desta vitória, Fernando Magno parte juntamente com Sesnando para Santiago de Compostela, para agradecer o feito, tornando-se na primeira peregrinação a partir de terras portuguesas, que se tenha conhecimento por documentação histórica. Tal como fez seu pai, também dividiu o seu reino à hora da morte; assim, o seu primogénito, Sancho, herdou o reino principal, Castela; o resto dos seus domínios foi repartido por Afonso (Leão), Garcia (Galiza), e ainda Elvira e Urraca (a quem deixou a posse de dois mosteiros). Fernando acabou por falecer na Festa de São João Batista, a 27 de dezembro de 1065.

Novo!!: Al-Andalus e Fernando I de Leão · Veja mais »

Fernando II de Aragão

Fernando II & V (Sos, – Madrigalejo), apelidado de "o Católico", foi o Rei de Aragão e das Coroas Aragonesas como Fernando II de 1479 até sua morte, e também Rei de Castela e Leão como Fernando V entre 1475 e 1504 em direito de sua esposa a rainha Isabel I. Além disso, ele foi regente de sua filha Joana em Castela e Leão de 1508 até sua morte e imperador titular do Império Bizantino de 1502 a 1516.

Novo!!: Al-Andalus e Fernando II de Aragão · Veja mais »

Fez

Fez (Fas; ⴼⴰⵙ; Fès) é uma cidade do centro-norte de Marrocos.

Novo!!: Al-Andalus e Fez · Veja mais »

Figueira-comum

A figueira-comum, também designada como figueira-da-europa, figueira-de-baco, figueira-de-portugal, figueira-do-reino e figueira-mansa (Ficus carica) árvore da família Moraceae, que pode atingir em média oito metros de altura.

Novo!!: Al-Andalus e Figueira-comum · Veja mais »

Gallus gallus domesticus

Galinha e Galo são, respectivamente, a fêmea e o macho da espécie Gallus gallus domesticus de aves galiformes e fasianídeas.

Novo!!: Al-Andalus e Gallus gallus domesticus · Veja mais »

Gália

58 d.C. O termo Gália é usado para referir, quer o moderno território francês, quer a antiga região povoada pelos Gauleses (que era, no entanto, um pouco mais vasta que a moderna França), e que constituiu uma província do Império Romano.

Novo!!: Al-Andalus e Gália · Veja mais »

Gália Narbonense

Gália Narbonense era o nome de uma província do Império Romano localizada na moderna região do Languedoque e Provença no sul da França.

Novo!!: Al-Andalus e Gália Narbonense · Veja mais »

Geografia

A Geografia é uma ciência que tem por objetivo o estudo da superfície terrestre e a distribuição espacial de fenômenos significativos na paisagem.

Novo!!: Al-Andalus e Geografia · Veja mais »

Giralda

A Giralda A Giralda (em castelhano La Giralda) é um antigo minarete que foi convertido em torre sineira para a Catedral de Sevilha, considerada desde 1987 um Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Novo!!: Al-Andalus e Giralda · Veja mais »

Godos

Godos Os godos (em gótico Gut-þiuda; em nórdico antigo Gutar/Gotar) eram um povo germânico originário, segundo Jordanes, das regiões meridionais da Escandinávia.

Novo!!: Al-Andalus e Godos · Veja mais »

Granada (Espanha)

Granada é uma cidade e município espanhol, capital da homónima e da comarca da Veiga de Granada. Tem de área e em tinha habitantes. Em 2011, a área metropolitana de Granada tinha habitantes. A cidade situa-se na ampla depressão de Granada formada pelo rio Genil, para o qual confluem na cidade os rios Darro e Beiro. A planície fértil da Veiga de Granada é limitada pelas serras de Huétor, situado a nordeste da cidade, Tejeda, Almijara e Alhama a sudoeste e pela Serra Nevada a sudeste. Nesta última encontram-se as montanhas mais altas da Península Ibérica. A cidade destacou-se na história como capital dos reinos muçulmanos Zirida e Nasrida (séculos XIII a XV). Após a conquista pelos Reis Católicos em 1492, manteve-se como capital do reino castelhano de Granada, que mais não era que uma jurisdição territorial que perdurou até 1833, quando foi levada a cabo a divisão da Espanha em províncias que ainda vigora atualmente. O seu escudo municipal ostenta os títulos de "Mui nobre, mui leal, nomeada, grande, celebérrima e heroica cidade de Granada". Granada é sede da arquidiocese homónima, do “Tribunal Superior de Justiça da Andaluzia, Ceuta e Melilla” e do “Conselho Consultivo da Andaluzia”. Estes últimos são órgãos autonómicos da comunidade da Andaluzia, apesar da capital oficial ser Sevilha. Atualmente é um centro turístico importante, devido aos seus monumentos e à proximidade da estância de esqui, bem como da região histórica das Alpujarras e também da zona balnear mediterrânica conhecida como Costa Tropical. Dentre os seus numerosos monumentos, destaca-se a Alhambra, um dos célebres de Espanha, classificado como Património da Humanidade pela UNESCO em 1984 juntamente com os vizinhos jardim do Generalife e bairro de Albaicín. A catedral é considerada a primeira igreja. Em 2007 a Universidade de Granada era a quarta maior universidade de Espanha em número de alunos e era um dos cinco destinos mais populares dos universitários do Erasmus. A cidade é servida pelo Aeroporto Federico García Lorca, situado 15 km a oeste do núcleo urbano. Foi inaugurado em 1973 e remodelado na década de 1990. Em 2007 serviu passageiros, mas desde então o tráfego tem vindo a diminuir e em 2011 teve passageiros.

Novo!!: Al-Andalus e Granada (Espanha) · Veja mais »

Guerra civil do al-Andalus

A guerra civil do al-Andalus ou fitna do al-Andalus foi o período de instabilidade e guerra civil que levou o Califado de Córdova ao colapso.

Novo!!: Al-Andalus e Guerra civil do al-Andalus · Veja mais »

Gueto

Gueto (do ghetto) é um bairro ou região de uma cidade onde vivem os membros de uma etnia ou qualquer outro grupo minoritário, frequentemente devido a injunções, pressões ou circunstâncias econômicas ou sociais.

Novo!!: Al-Andalus e Gueto · Veja mais »

Haje

Milhares de muçulmanos reunidos na peregrinação do Haje Haje (Hajj ou Hadj) é o nome dado à peregrinação realizada à cidade santa de Meca pelos muçulmanos.

Novo!!: Al-Andalus e Haje · Veja mais »

Hamame

Um estabelecimento de banhos turcos de Nova Iorque fotografado em 1884 Hamame, hamam ou amã (do حمّام; "água quente"), também conhecido como banho turco, banho a vapor ou sauna a vapor, é um tipo de banho que consiste em permanecer em um ambiente quente e cheio de vapor.

Novo!!: Al-Andalus e Hamame · Veja mais »

Hájibe

Hájibe (al-ḥājib æl ˈħæːdʒib, háchib, hàjib) era um funcionário do governo do al-Ândalus e do Egito.

Novo!!: Al-Andalus e Hájibe · Veja mais »

Hispânia

Hispânia (em latim Hispania), foi o nome dado pelos romanos à Península Ibérica (atuais Portugal, Espanha, Andorra, Gibraltar e uma pequena parte a sul da França).

Novo!!: Al-Andalus e Hispânia · Veja mais »

Hispânia Bética

Hispânia Bética (Hispania Baetica) foi uma das três províncias romanas na Hispânia (região que corresponde à moderna Península Ibérica).

Novo!!: Al-Andalus e Hispânia Bética · Veja mais »

Iémen

O (em árabe اليَمَن, transl. al-Yaman) é um país árabe que ocupa a extremidade sudoeste da Península da Arábia.

Novo!!: Al-Andalus e Iémen · Veja mais »

Iúçufe ibne Taxufine

Iúçufe ibn(e) Taxufine (Yûsuf bnu Tâšfîn Nâçereddîn bnu Tâlâkâkîn as-Sanhâjî; –), também conhecido como Iúçufe ibn(e) Texufine, Iúçufe ibne Taxfine, Iúçufe ibne Texefine, Iúçufe ben Texufin e Iúçufe ben Taxefine, foi um emir almorávida, o primeiro da dinastia berbere dos almorávidas que reinou sobre parte do Magrebe (os atuais Marrocos, Mauritânia, Senegal e oeste da Argélia) e Alandalus até 1147.

Novo!!: Al-Andalus e Iúçufe ibne Taxufine · Veja mais »

Ibne al-Baitar

Ḍiyāʾ Al-Dīn Abū Muḥammad ʿAbdllāh Ibn Aḥmad al-Mālaqī (o de Málaga) e al-Nabati (o botânico); habitualmente conhecido como Ibn al-Baitar (o filho do veterinário; em árabe: ابن البيطار, Ibn al-Bayṭār) (Benalmádena?, província de Málaga, c. 1190 ou 1197 - Damasco, 1248) foi um médico e botânico andaluz Al-Baitar estudou com o biólogo Abu al-Abbas al-Nabati em Sevilha onde começou uma coleção de plantas cujo estudo se focava nas suas propriedades medicinais.

Novo!!: Al-Andalus e Ibne al-Baitar · Veja mais »

Ibne Tumarte

A mesquita e aldeia de Tinmel, reduto de ibne Tumarte nas montanhas do Alto Atlas Ruínas do interior da mesquita de Tinmel, construída por Abde Almumine, sucessor de ibne Tumarte Abu Abdalá Maomé ibne Tumarte (Abu Abd Allah Muhammad ibn Tumart; -) (do berber amghār, filho da terra, em árabe أبو عبدالله محمد ابن تومرت), foi o líder religioso da tribo berber Masmuda e o fundador do movimento religioso dos mouros almóadas, que viria a dominar a região do Alandalus (Ibéria muçulmana).

Novo!!: Al-Andalus e Ibne Tumarte · Veja mais »

Idade de ouro islâmica

A Idade de ouro islâmica, também conhecida como Renascimento islâmico é datada comumente entre os séculos VIII e XIII, embora alguns a estendam até ao ou XV.

Novo!!: Al-Andalus e Idade de ouro islâmica · Veja mais »

Idade Média

p.

Novo!!: Al-Andalus e Idade Média · Veja mais »

Ifríquia

Ifríquia ou Ifriquia é, na história do islamismo medieval, um território do norte do Norte de África que corresponde à atual Tunísia (excluindo as partes mais desérticas), noroeste da Líbia e nordeste da Argélia.

Novo!!: Al-Andalus e Ifríquia · Veja mais »

Igreja de Nossa Senhora da Anunciação (Mértola)

A Igreja de Nossa Senhora da Anunciação, também referida como Igreja Matriz de Mértola, no Alentejo, localiza-se na freguesia, vila e concelho de Mértola, distrito de Beja, em Portugal.

Novo!!: Al-Andalus e Igreja de Nossa Senhora da Anunciação (Mértola) · Veja mais »

Império Almorávida

Almorávidas (al-Murābiṭūn, sing. مرابط, Murābiṭ, "marabuto", espécie de ermitão muçulmano) foram originariamente uns monges-soldados saídos de grupos nómadas provenientes do Saara.

Novo!!: Al-Andalus e Império Almorávida · Veja mais »

Império Bizantino

O Império Bizantino foi a continuação do Império Romano na Antiguidade Tardia e Idade Média.

Novo!!: Al-Andalus e Império Bizantino · Veja mais »

Império Merínida

Os Merínidas ou Banu Marin (em português arcaico: Benamerim; Imrinen) foram uma dinastia berbere que reinou em Marrocos, no chamado Reino de Fez, após a queda do Califado Almóada entre os séculos XIII e XV.

Novo!!: Al-Andalus e Império Merínida · Veja mais »

Imposto

Imposto (do latim imposìtu-, particípio passado de imponère: "impor", "pôr como obrigação") é a imposição de um encargo financeiro ou outro tributo sobre o contribuinte (pessoa física ou jurídica) por um estado ou o equivalente funcional de um estado a partir da ocorrência de um fato gerador, sendo calculado mediante a aplicação de uma alíquota a uma base de cálculo de forma que o não pagamento do mesmo acarreta irremediavelmente sanções civis e penais impostas à entidade ou indivíduo não pagador, sob forma de leis.

Novo!!: Al-Andalus e Imposto · Veja mais »

Independência

Independência é a desassociação de um ser em relação a outro, do qual dependia ou era por ele dominado.

Novo!!: Al-Andalus e Independência · Veja mais »

Intolerância religiosa

Intolerância religiosa A execução do Inca Atahualpa pelos espanhóis. As religiões nativas foram proscritas pelo cristianismo, introduzido pelos invasores. Ilustração de A.B. Greene, 1891. Intolerância religiosa é um termo que descreve a atitude mental caracterizada pela falta de habilidade ou vontade em reconhecer e respeitar diferenças ou crenças religiosas de terceiros.

Novo!!: Al-Andalus e Intolerância religiosa · Veja mais »

Invasão muçulmana da Península Ibérica

A invasão islâmica da península Ibérica, também referida como invasão muçulmana, conquista árabe ou expansão muçulmana, refere-se a uma série de deslocamentos militares e populacionais ocorridos a partir de 711, e até 726, quando tropas islâmicas oriundas do Norte de África, sob o comando do general berbere Tárique, cruzaram o estreito de Gibraltar, penetraram na península Ibérica, e venceram Rodrigo, o último rei dos Visigodos da Hispânia, na batalha de Guadalete.

Novo!!: Al-Andalus e Invasão muçulmana da Península Ibérica · Veja mais »

Isabel I de Castela

Isabel I (Madrigal de las Altas Torres, – Medina del Campo), apelidada de "a Católica", foi a Rainha de Castela e Leão de 1474 até sua morte, além de Rainha Consorte de Aragão a partir de 1479 e Imperatriz titular do Império Bizantino de 1502 até sua morte.

Novo!!: Al-Andalus e Isabel I de Castela · Veja mais »

Islão

Islamismo, (Islām), é uma religião abraâmica monoteísta articulada pelo Alcorão, um texto considerado pelos seus seguidores como a palavra literal de Deus (Alá, Allāh), e pelos ensinamentos e exemplos normativos (a chamada suna, parte do hádice) de Maomé, considerado pelos fiéis como o último profeta de Deus.

Novo!!: Al-Andalus e Islão · Veja mais »

Jizia

Jizia (transliterada como jizya, jizyah, yizya, djizîa ou djizîat;;;; ambos derivados do pálavi e possivelmente do gaziyat) é um imposto per capita cobrado a uma parte dos cidadãos não muçulmanos de um estado islâmico.

Novo!!: Al-Andalus e Jizia · Veja mais »

Johannes Kepler

Johannes Kepler (Weil der Stadt, — Ratisbona) foi um astrônomo, astrólogo e matemático alemão.

Novo!!: Al-Andalus e Johannes Kepler · Veja mais »

José Hermano Saraiva

José Hermano Baptista Saraiva GCIH • GCIP • ComNSC (Leiria, 3 de outubro de 1919 — Palmela, 20 de julho de 2012) foi um advogado, historiador, professor liceal, político, diplomata, divulgador e comunicador televisivo português.

Novo!!: Al-Andalus e José Hermano Saraiva · Veja mais »

José Mattoso

José João da Conceição Gonçalves Mattoso GOSE (Leiria, Leiria, 22 de Janeiro de 1933) é um historiador medievista e professor universitário português.

Novo!!: Al-Andalus e José Mattoso · Veja mais »

Judeus

Um judeu (em hebraico: יְהוּדִי, transl. Yehudi, no singular; יְהוּדִים, Yehudim, no plural; ladino: ג׳ודיו, Djudio, sing.; ג׳ודיוס, Djudios, pl.; iídiche: ייִד, Yid, sing.; ייִדן, Yidn, pl.) é um membro do grupo étnico e religioso originado nas Tribos de Israel ou hebreus do Antigo Oriente.

Novo!!: Al-Andalus e Judeus · Veja mais »

Latim

A língua latina ou latim é uma antiga língua indo-europeia do ramo itálico originalmente falada no Lácio, a região do entorno da cidade de Roma.

Novo!!: Al-Andalus e Latim · Veja mais »

A lã é derivada do pêlo da ovelha que, depois de tosquiado, é processado industrialmente para usos têxteis, limpeza e coloração.

Novo!!: Al-Andalus e Lã · Veja mais »

Língua árabe

O árabe (العربية, transl. al-ʿarabiyyah,, ou عربي, transl. ʿarabī) é uma língua semita central, parente próximo do hebraico e das línguas neo-aramaicas.

Novo!!: Al-Andalus e Língua árabe · Veja mais »

Levante peninsular

Levante peninsular Levante peninsular ou levante espanhol é a zona geográfica da Península Ibérica da costa mediterrânica correspondendo com a Catalunha, Ilhas Baleares, a Comunidade Valenciana, a Região de Múrcia e a zona mais oriental de Castilla-La Mancha e Aragão, embora não corresponda a nenhuma entidade política, territorial ou administrativa espanhola que a englobe ou se ocupe dela.

Novo!!: Al-Andalus e Levante peninsular · Veja mais »

Liberdade religiosa

Liberdade religiosa deriva da liberdade de pensamento, uma vez que quando é mantida exteriorizada torna-se uma forma de manifestação do pensamento.

Novo!!: Al-Andalus e Liberdade religiosa · Veja mais »

Lisboa

Lisboa GCTE é a capital de Portugal e a cidade mais populosa do país.

Novo!!: Al-Andalus e Lisboa · Veja mais »

Lista de monarcas de Portugal

Bandeira dos Reis de Portugal (séculos XVIII–XX) Esta é uma lista de Reis de Portugal desde a independência do Condado Portucalense em relação ao reino de Leão, em 1139, sob a chefia de Dom Afonso Henriques, então conde de Portucale, e primeiro rei de Portugal como, até à Implantação da República Portuguesa, em 5 de outubro de 1910, que depôs o último rei português, Dom Manuel II.

Novo!!: Al-Andalus e Lista de monarcas de Portugal · Veja mais »

Lista de reis visigodos

Lista de reis godos, segundo Nicolas Lenglet-DufresnoyNicolas Lenglet-Dufresnoy, Tablettes chronologiques de l'histoire universelle sacrée et profane, ecclésiastique et civile, depuis la création du monde, jusqu'à l'an 1743..., Histoire d'Espagne, Rois goths, p. 406 (anos 369-567), p. 412 (anos 568-642).

Novo!!: Al-Andalus e Lista de reis visigodos · Veja mais »

Lusitânia

Lusitânia (Lusitania) foi o nome atribuído na Antiguidade ao território oeste da Península Ibérica onde viviam os povos lusitanos desde o Neolítico.

Novo!!: Al-Andalus e Lusitânia · Veja mais »

Maçã

A maçã é o pseudofruto pomáceo da macieira (Malus domestica), árvore da família Rosaceae.

Novo!!: Al-Andalus e Maçã · Veja mais »

Madrid

Madrid ou Madri (apenas em português brasileiro) (Madrid) é a capital e a maior cidade da Espanha.

Novo!!: Al-Andalus e Madrid · Veja mais »

Magrebe

O Magrebe ou Magreb (em língua árabe, المغرب, Al-Maghrib, que significa "poente" ou "ocidente") é a região noroeste da África.

Novo!!: Al-Andalus e Magrebe · Veja mais »

Maomé I de Granada

Muhammad ibn Nasr (محمد بن نصر; Arjona, 1194 — Granada). Foi o primeiro rei de Granada e fundador da dinastia epônima dos nasridas.

Novo!!: Al-Andalus e Maomé I de Granada · Veja mais »

Mar Mediterrâneo

O mar Mediterrâneo é um mar entre a Europa e a África, tendo abertura e comunicação direta com o Atlântico através do estreito de Gibraltar e o Oriente Médio como limite oriental.

Novo!!: Al-Andalus e Mar Mediterrâneo · Veja mais »

Marfim

Marfim é o nome dado à matéria que forma nos dentes dos elefantes em especial quando é removido do animal e trabalhado em obras de arte.

Novo!!: Al-Andalus e Marfim · Veja mais »

Marraquexe

XX da dita Porta da Cutubia Vista panorâmica parcial da cidade, com os seus característicos edifícios cor-de-rosa Marraquexe (Marrakech; Marrākuš; Meṛṛakec) é uma cidade do centro-sudoeste de Marrocos, situada perto do sopé norte da cordilheira do Alto Atlas. Conhecida como a "cidade vermelha", a "pérola do sul" ou a "porta do sul", é a capital da prefeitura homónima e da região de Marraquexe-Safim. e habitantes na prefeitura. É a quarta maior cidade do país, a seguir a Casablanca, Fez e Tânger. Situa-se 580 km a sudoeste de Tânger, 327 km a sudoeste de Rabate, 240 km a sudoeste de Casablanca e 246 km a nordeste de Agadir. É das chamadas quatro cidades imperiais de Marrocos (as outras são Fez, Mequinez e Rabate) e a que atrai mais turistas. A zona é habitada desde o Neolítico, quando agricultores berberes ali viviam, mas a cidade só foi fundada em 1062 por Abu Becre ibne Omar, um caudilho berbere primo do rei almorávida Iúçufe ibne Taxufine. No os Almorávidas construíram muitas madraças (escolas islâmicas) e mesquitas na cidade que apresentavam influências da arquitetura do al-Andalus (Ibéria muçulmana). As muralhas avermelhadas da cidade, construídas por Ali ibne Iúçufe em 1122-1123 e vários edifícios construídos em pedra igualmente avermelhada durante este período estão na origem de uma das suas alcunhas — "cidade vermelha" ou "cidade ocre". Marraquexe desenvolveu-se rapidamente e tornou-se um centro cultural, religioso e comercial para o Magrebe e para a região subsariana de África. A praça Jemaa el-Fna ainda hoje é a mais movimentada e animada de África; em 2001 foi inscrita nas listas do Património Cultural Imaterial da Humanidade. Depois de um período de declínio, a cidade foi ultrapassada por Fez, mas no princípio do tornou-se novamente a capital de Marrocos. Marraquexe ganhou de nova a sua proeminência durante os reinado dos ricos sultões saadianos Abu Abdalá Alcaim e, que a embelezaram com sumptuosos palácios como o el Badi (1578) e restauraram muitos monumentos em ruínas. A partir do, a cidade tornou-se popular entre os peregrinos sufistas devido a nele se situarem os túmulos dos chamados Sete Santos de Marraquexe. À semelhança de muitas cidades marroquinas, Marraquexe tem uma parte antiga (ou almedina), correspondente à cidade primitiva, cercada de muralhas, fortificada, com ruas pejadas de lojas e vendedores de rua, rodeada por bairros modernos, nomeadamente Gueliz, o mais elegante deles, situado junto ao centro. A almedina de Marraquexe está classificada como Património Mundial desde 1985. A cidade é atualmente um importante centro económico e um destino turístico de fama mundial. Marraquexe tem também o maior maior soco (suq, mercado tradicional) berbere, com os 18 socos especializados que se concentram na almedina, onde se vendem e por vezes também se fabricam os mais variados produtos, que vão desde os tapetes tradicionais berberes até à eletrónica de consumo moderna. O artesanato ocupa uma parte significativa da população, e a sua produção destina-se principalmente aos turistas.

Novo!!: Al-Andalus e Marraquexe · Veja mais »

Málaga

Málaga é uma cidade da Andaluzia, na Espanha.

Novo!!: Al-Andalus e Málaga · Veja mais »

Médio Oriente

Oriente Médio Oriente médio O (em árabe الشرق الأوسط, ash-sharq-al-awsat) é um termo que se refere a uma área geográfica à volta das partes leste e sul do mar Mediterrâneo.

Novo!!: Al-Andalus e Médio Oriente · Veja mais »

Mérida (Espanha)

Circo romano Mérida é um município da Espanha e cidade capital da comunidade autónoma da Estremadura, nas margens do rio Guadiana, de área.

Novo!!: Al-Andalus e Mérida (Espanha) · Veja mais »

Mértola

Mértola é uma vila raiana portuguesa do distrito de Beja, região do Alentejo e sub-região do Baixo Alentejo, com mais de habitantes.

Novo!!: Al-Andalus e Mértola · Veja mais »

Múrcia

Múrcia Murcia é um município da província e comunidade autónoma de Múrcia, na Espanha.

Novo!!: Al-Andalus e Múrcia · Veja mais »

Meca

Meca (Makka; por inteiro: lit.) é uma cidade da Arábia Saudita considerada a mais sagrada no mundo para os muçulmanos, situada na província homônima.

Novo!!: Al-Andalus e Meca · Veja mais »

Medicina

caduceu de Asclépio é o símbolo da medicina. A medicina é uma das muitas áreas do conhecimento ligada à manutenção e restauração da saúde.

Novo!!: Al-Andalus e Medicina · Veja mais »

Medina Azhara

Na imagem, a secção dos oficiais/cortesãos, com destaque para o arco que dava acesso à casa do Ministro. Medina Al-Azhara - Arcos em ferradura. Porta do Primeiro Ministro. Madinat al-Zahr, ou em português Medina Al-Azhara (nome árabe مدينة الزهراء (Madīnat al-Zahrā)', que significa "a cidade de Zahra"), era uma cidade palatina ou áulica localizada a cerca de 5 km de Córdoba, em direção oeste, junto do Monte da Desposada.

Novo!!: Al-Andalus e Medina Azhara · Veja mais »

Mel

Mel O mel (plural: meles ou méis) (pronúncia br:// pronúncia pt://) é um alimento, geralmente encontrado em estado líquido viscoso e açucarado, que é produzido pelas abelhas a partir do néctar recolhido de flores e processado pelas enzimas digestivas desses insetos, sendo armazenado em favos em suas colmeias para servir-lhes de alimento.

Novo!!: Al-Andalus e Mel · Veja mais »

Mercado

Um mercado, como este no Funchal, é o exemplo clássico do local de venda de bens por unidade monetária. Designa-se por mercado o local no qual agentes econômicos procedem à troca de bens por uma unidade monetária ou por outros bens.

Novo!!: Al-Andalus e Mercado · Veja mais »

Mesquita

A Masjid al-Haram rodeia a Caaba, a qual é o lugar mais sagrado no Islão A mesquita é a denominação para o local de culto dos seguidores da fé islâmica.

Novo!!: Al-Andalus e Mesquita · Veja mais »

Mesquita-Catedral de Córdova

A Catedral de Córdoba, também conhecida apenas como Mesquita de Córdoba ou Catedral de Córdoba, situa-se em Córdoba, na Andaluzia, Espanha.

Novo!!: Al-Andalus e Mesquita-Catedral de Córdova · Veja mais »

Minarete

Minarete (do turco minare, por sua vez do árabe منارة ou مئذنة, transl. manāra, "farol") é a torre de uma mesquita, local do qual o almuadem anuncia as cinco chamadas diárias à oração.

Novo!!: Al-Andalus e Minarete · Veja mais »

Moçárabes

Os moçárabes (do árabe مستعرب musta'rib, "arabizado") eram cristãos ibéricos que viviam sob o governo muçulmano no Alandalus.

Novo!!: Al-Andalus e Moçárabes · Veja mais »

Moinho de água

Um moinho de água, ou azenha, é qualquer tipo de mecanismo capaz de aproveitar a energia cinética da movimentação de águas e que permite, moer grãos, irrigar grandes arrozais, drenar terras alagadas e até gerar eletricidade.

Novo!!: Al-Andalus e Moinho de água · Veja mais »

Mouros

"Mouriscos do Reino de Granada, passeando pelo campo com mulher e criança". Desenho de Christoph Weiditz (1529) Mouros, mauritanos, mauros ou sarracenos são considerados, originalmente, os povos oriundos do Norte de África, praticantes do Islão, nomeadamente Marrocos, Argélia, Mauritânia e Saara Ocidental, invasores da região da Península Ibérica, Sicília, Malta e parte de França, durante a Idade Média.

Novo!!: Al-Andalus e Mouros · Veja mais »

Muça ibne Noçáir

Muça ibne Noçáir (Musa ibn Nusair - "lit. Muça, filho de Noçáir"; —) foi um muçulmano do Iémen, governador de Ceuta e general ao serviço dos Omíadas.

Novo!!: Al-Andalus e Muça ibne Noçáir · Veja mais »

Muladi

O termo muladi (do árabe مولدونor, translit. muwallad, pl. muwalladun ou muwalladeen: "concebido por mãe não árabe"), pode designar três grupos sociais presentes na Península Ibérica, na Idade Média.

Novo!!: Al-Andalus e Muladi · Veja mais »

Navarra

Navarra (em basco, Nafarroa), oficialmente denominada Comunidade Foral de Navarra (em castelhano: Comunidad Foral de Navarra; em basco: Nafarroako Foru Erkidegoa) é uma comunidade autónoma da Espanha, cujo território equivale ao da província do mesmo nome e, historicamente, corresponde ao antigo Reino de Navarra.

Novo!!: Al-Andalus e Navarra · Veja mais »

Negros

Negros ou povo negro são termos usados em sistemas de classificação racial para os seres humanos com um fenótipo de pele escura, em relação a outros grupos raciais.

Novo!!: Al-Andalus e Negros · Veja mais »

Niebla

Localização de Niebla Niebla é um município da Espanha na província de Huelva, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 225 km² com população de 4,072 habitantes (2007) e densidade populacional de 17,60 hab/km².

Novo!!: Al-Andalus e Niebla · Veja mais »

Nomadismo

O nomadismo é a prática dos povos, ou seja, que não têm uma habitação fixa, que vivem permanentemente mudando de lugar.

Novo!!: Al-Andalus e Nomadismo · Veja mais »

Nora (água)

Nora na Andaluzia. Nora é um engenho ou aparelho para tirar água de poços ou cisternas.

Novo!!: Al-Andalus e Nora (água) · Veja mais »

Normandos

Os normandos foram um povo medieval estabelecido no norte da França, cuja aristocracia descendia em grande parte de viquingues da Escandinávia (a palavra viquingue vem de vikingr do nórdico antigo e se refere a expedições no mar).

Novo!!: Al-Andalus e Normandos · Veja mais »

Norte de África

O Norte de África (Norte da África, Norte d'África, África do Norte, África setentrional ou África branca (por oposição à África Negra)) compreende os países localizados no norte do continente africano, junto ao Mediterrâneo, nomeadamente Marrocos, Tunísia, Argélia, Líbia e Egito.

Novo!!: Al-Andalus e Norte de África · Veja mais »

Países Baixos

Os Países Baixos (literalmente "país baixo"), também conhecidos como Holanda (ver abaixo), são uma nação constituinte do Reino dos Países Baixos localizada na Europa ocidental.

Novo!!: Al-Andalus e Países Baixos · Veja mais »

Paganismo

Paganismo (do latim paganus, que significa "camponês", "rústico") é um termo geral, normalmente usado para se referir a tradições religiosas politeístas.

Novo!!: Al-Andalus e Paganismo · Veja mais »

Palácio

Palácio ou Paço é um edifício sumptuoso às vezes destinado à habitação de um chefe de Estado ou chefe de governo, assim como paço ou solar de alguns nobres, bispos e patriarcas.

Novo!!: Al-Andalus e Palácio · Veja mais »

Palácio da Aljafería

Categoria:Patrimônio Mundial da UNESCO na Espanha A Aljafería é um palácio fortificado construído na segunda metade do, na época de Amade Almoctadir, em Saragoça, como residência dos reis hudidas, e reflete o esplendor alcançado pela Taifa de Saragoça no momento de seu máximo apogeu político e cultural.

Novo!!: Al-Andalus e Palácio da Aljafería · Veja mais »

Pão

Pão tradicional português Pão é um alimento elaborado com farinha, geralmente de trigo ou outro cereal, água e sal, formando uma massa com uma consistência elástica que permite dar-lhe várias formas.

Novo!!: Al-Andalus e Pão · Veja mais »

Pelágio das Astúrias

Pelágio (Pelagius; galego Paio e castelhano Pelayo) foi um nobre, fundador e o primeiro monarca do Reino das Astúrias, governando em Cangas de Onís, Astúrias, de 718 a 737, data de sua morte.

Novo!!: Al-Andalus e Pelágio das Astúrias · Veja mais »

Península Ibérica

A Península Ibérica está situada no sudoeste da Europa.

Novo!!: Al-Andalus e Península Ibérica · Veja mais »

Pera

Exemplo de pera de coloração amarela A é o fruto comestível da pereira, uma árvore do género Pyrus L., família Rosaceae, e uma das mais importantes frutas de regiões temperadas.

Novo!!: Al-Andalus e Pera · Veja mais »

Pesca

Pescadores de Bangladesh voadeira no Pantanal brasileiro. Pesca é a extração de organismos aquáticos, do meio onde se desenvolveram para diversos fins, alimentação, a recreação (pesca recreativa ou pesca desportiva), a ornamentação (captura de espécies ornamentais), ou para fins Comestíveis industriais, incluindo o fabrico de rações para o alimento de animais em criação e a produção de substâncias com interesse para a saúde - como o "famoso" óleo de fígado de peixe (especialmente o óleo de fígado de bacalhau).

Novo!!: Al-Andalus e Pesca · Veja mais »

Picota (ferramenta)

A picota é uma máquina simples que serve para retirar água de poços.

Novo!!: Al-Andalus e Picota (ferramenta) · Veja mais »

Pireneus

Os são uma cordilheira no sudoeste da Europa cujos montes formam uma fronteira natural entre a França e a Espanha.

Novo!!: Al-Andalus e Pireneus · Veja mais »

Planetário

Um planetário é um local onde ocorrem apresentações teatrais sobre astronomia, e que simula o céu, sobretudo noturno, de acordo com a data e local de observação.

Novo!!: Al-Andalus e Planetário · Veja mais »

Platão

Platão (Πλάτων, transl. Plátōn, "amplo", Atenas, 428/427 – Atenas, 348/347 a.C.) foi um filósofo e matemático do período clássico da Grécia Antiga, autor de diversos diálogos filosóficos e fundador da Academia em Atenas, a primeira instituição de educação superior do mundo ocidental.

Novo!!: Al-Andalus e Platão · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense,  estabelecido no século XI por Vímara Peres, um vassalo do rei das Astúrias. O condado tornou-se parte do Reino de León em 1097, e os condes de Portugal estabeleceram-se como governantes independentes do reino no século XII, após a batalha de São Mamede. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: Al-Andalus e Portugal · Veja mais »

Prata

A prata ou argento(do latim vulgar platta*, argentum) é um elemento químico de símbolo Ag e de número atómico igual a 47 (47 prótons e 47 elétrons) sua massa atómica é 107,87.

Novo!!: Al-Andalus e Prata · Veja mais »

Reconquista

Reconquista é o processo histórico em que os reinos cristãos da Península Ibérica procuraram dominar a região durante o período do Alandalus.

Novo!!: Al-Andalus e Reconquista · Veja mais »

Reino de Aragão

O Reino de Aragão (em aragonês: Reino d'Aragón) foi um dos reinos cristãos que nasceram na Península Ibérica durante a Reconquista.

Novo!!: Al-Andalus e Reino de Aragão · Veja mais »

Reino de Castela

O Reino de Castela foi um dos antigos reinos da Península Ibérica formados durante a Reconquista.

Novo!!: Al-Andalus e Reino de Castela · Veja mais »

Reino de Leão

O Reino de Leão foi um dos antigos reinos ibéricos surgidos no período da reconquista cristã sendo independente durante três períodos: de 910 a 1037 (sob domínio da casa Leonesa), de 1065 a 1072 (sob o domínio da casa de Navarra) e de 1157 a 1230 (sob o domínio da casa da Borgonha).

Novo!!: Al-Andalus e Reino de Leão · Veja mais »

Reino de Navarra

O Reino de Navarra foi um dos reinos medievais da Europa, com território no norte da Península Ibérica e nos Pirenéus ocidentais.

Novo!!: Al-Andalus e Reino de Navarra · Veja mais »

Reino nasrida de Granada

A Alhambra, centro do poder do Reino de Granada O Reino ou Emirado nasrida de Granada (إمارة غرناطة, Imarat Gharnāṭah) foi uma unidade política que existiu na Península Ibérica entre 1238 e 1492.

Novo!!: Al-Andalus e Reino nasrida de Granada · Veja mais »

Reis Católicos

O título de Reis Católicos é o nome pelo qual ficou conhecido o casal composto pela Rainha Dona Isabel de Castela e o Rei Dom Fernando II de Aragão.

Novo!!: Al-Andalus e Reis Católicos · Veja mais »

República de Córdova

A República de Córdova foi uma taifa republicana e independente que surgiu em 1031 em Alandalus por causa da desintegração que, de 1008, vinha sofrendo o Califado de Córdova e que desapareceria em 1091 após ser conquistada pela Taifa de Sevilha às mãos de Almutâmide.

Novo!!: Al-Andalus e República de Córdova · Veja mais »

Rio Barbate

O rio Barbate (Río Barbate) é um pequeno rio costeiro da província de Cádiz, no sul da Andaluzia, Espanha.

Novo!!: Al-Andalus e Rio Barbate · Veja mais »

Rio Guadalete

O rio Guadalete é um rio localizado na província espanhola de Cádis, nascendo nas montanhas de Grazalema numa elevação de aproximadamente 1000 m, e fluindo por mais de 172 km até a baía de Cádis em El Puerto de Santa María, a sul da cidade de Cádis.

Novo!!: Al-Andalus e Rio Guadalete · Veja mais »

Rio Guadalquivir

O rio Guadalquivir está situado no sul da Península Ibérica.

Novo!!: Al-Andalus e Rio Guadalquivir · Veja mais »

Rio Senegal

O rio Senegal é um dos maiores rios da África Ocidental.

Novo!!: Al-Andalus e Rio Senegal · Veja mais »

Rio Tejo

O rio Tejo (em espanhol: Tajo) é o rio mais extenso da Península Ibérica.

Novo!!: Al-Andalus e Rio Tejo · Veja mais »

Rito moçárabe

Designa-se por rito moçárabe ou rito hispano-moçárabe aos rituais litúrgicos latinos originariamente criados e praticados pelos primeiros cristãos hispânicos ou ibéricos, ainda sob domínio Romano.

Novo!!: Al-Andalus e Rito moçárabe · Veja mais »

Rodrigo

Rodrigo (Ruderic, Roderic, Roderik, Roderich ou Roderick nas línguas germânicas; Ludharīq لذريق‎ em árabe) (? — 714) foi rei visigodo da Hispânia de 710 a 711.

Novo!!: Al-Andalus e Rodrigo · Veja mais »

Roma Antiga

Roma Antiga foi uma civilização itálica que surgiu no século VIII a.C. Localizada ao longo do Mar Mediterrâneo e centrada na cidade de Roma, na Península Itálica, expandiu-se para se tornar um dos maiores impérios do mundo antigo, com uma estimativa de 50 a 90 milhões de habitantes (cerca de 20% da população global na épocaMcEvedy and Jones (1978).an average of figures from different sources as listed at the US Census Bureau's; see also *Kremer, Michael (1993). "Population Growth and Technological Change: One Million B.C. to 1990" in The Quarterly Journal of Economics 108(3): 681–716.) e cobrindo 6,5 milhões de quilômetros quadrados no seu auge entre os séculos I e II.

Novo!!: Al-Andalus e Roma Antiga · Veja mais »

Ronda

Ronda é uma cidade espanhola, capital do município com o mesmo nome, inserido na província de Málaga, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 481 km² com população de 35836 habitantes (2006) e densidade populacional de 72,68 hab/km².

Novo!!: Al-Andalus e Ronda · Veja mais »

Saara Ocidental

Saara Ocidental, Sara Ocidental, Sáara Ocidental ou Sahara Ocidental الصحراء الغربية; Sahara Occidental; Berbere: Taneẓroft Tutrimt) é um território na África Setentrional, limitado a norte por Marrocos, a leste pela Argélia, a leste e sul pela Mauritânia e a oeste pelo Oceano Atlântico, por onde faz fronteira marítima com a região autónoma espanhola das Canárias. A sua capital é El Aiune. O Saara Ocidental está na lista das Nações Unidas de territórios não autónomos desde a década de 1960. O controle do território é disputado pelo Reino de Marrocos e pelo movimento independentista Frente Polisário. Em 27 de fevereiro de 1976, este movimento proclamou a República Árabe Saaraui Democrática (RASD, Al-Jumhūrīyyah Al-`Arabīyyah Aṣ-Ṣaḥrāwīyyah Ad-Dīmuqrāṭīyyah), um governo no exílio. A RASD é reconhecida internacionalmente por 50 estados e mantém embaixadas em 16 deles, sendo membro da União Africana desde 1984, carecendo no entanto de representação na ONU. O primeiro estado que reconheceu a RASD foi Madagáscar em 28 de Fevereiro de 1976.

Novo!!: Al-Andalus e Saara Ocidental · Veja mais »

Sal

Em química, um sal é um composto que em água se dissocia num cátion diferente de H+ e um ânion diferente de OH-.

Novo!!: Al-Andalus e Sal · Veja mais »

Salá

A Salá, Salat ou Salah (em árabe: صلاة) refere-se às cinco orações públicas que cada muçulmano deve realizar diariamente, voltado para Meca.

Novo!!: Al-Andalus e Salá · Veja mais »

Samarra

Samarra (سامَرّاء - Sāmarrā) é uma cidade no Iraque.

Novo!!: Al-Andalus e Samarra · Veja mais »

Santiago de Compostela

Santiago de Compostela é uma cidade e município (concello em) no noroeste de Espanha.

Novo!!: Al-Andalus e Santiago de Compostela · Veja mais »

Saragoça

Saragoça (em e aragonês: Zaragoza) é um município e a capital da província de Saragoça e da comunidade autônoma de Aragão, na Espanha.

Novo!!: Al-Andalus e Saragoça · Veja mais »

Sardinha

As sardinhas ou manjuasFERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa.

Novo!!: Al-Andalus e Sardinha · Veja mais »

Síria

Síria (sūriyyaħ; ou سوريا; transl.), oficialmente República Árabe Síria (al-jumhūriyyaħ al-ʕarabiyyaħ as-sūriyyaħ) é um país localizado na Ásia Ocidental.

Novo!!: Al-Andalus e Síria · Veja mais »

Seda

Casulo do bicho-da-seda Pintura chinesa do século XII mostrando mulheres fabricando seda Casulos sendo mergulhados em água em fábrica de seda em Suzhou, na República Popular da China Memorial do paraquedista em Sainte-Mère-Église, na Normandia, na França. Durante muito tempo, os paraquedas foram fabricados quase exclusivamente de seda. Um ''scarf'' de seda A seda é uma fibra proteica usada na indústria têxtil.

Novo!!: Al-Andalus e Seda · Veja mais »

Sevilha

Sevilha (em espanhol: Sevilla) é uma cidade espanhola situada a sudoeste da Península Ibérica, é a capital da Província de Sevilha e situa-se na Comunidade Autónoma da Andaluzia.

Novo!!: Al-Andalus e Sevilha · Veja mais »

Sicília

A Sicília (em italiano e siciliano Sicilia) é uma região autônoma com estatuto especial da Itália meridional com 25 710 km² e 5 milhões de habitantes, cuja capital é Palermo, que com 660 mil habitantes, é a quinta maior cidade italiana.

Novo!!: Al-Andalus e Sicília · Veja mais »

Silves (Portugal)

Silves é uma cidade portuguesa no Distrito de Faro, região e sub-região do Algarve, com cerca de habitantes.

Novo!!: Al-Andalus e Silves (Portugal) · Veja mais »

Sintra

Sintra é uma vila portuguesa no distrito, região, e Área Metropolitana de Lisboa, integrando a sua parte norte (Grande Lisboa).

Novo!!: Al-Andalus e Sintra · Veja mais »

Soco (mercado)

Um soco de Marraquexe pouco antes da sua abertura diária Vista da praça Jemaa El Fna, uma das entradas dos socos de Marraquexe Soco (do سوق,, suque; zoco; frequentemente escrito como souk, como em ou souq, como em) é um termo que geralmente designa um mercado tradicional ou feira periódica (tipicamente semanal) no Norte de África e países árabes, mas também é usado para designar zonas comerciais de uma cidade nessas regiões.

Novo!!: Al-Andalus e Soco (mercado) · Veja mais »

Suevos

Os suevos (do proto-germânico *swēbaz, baseado na raiz proto-germânica *swe, "o próprio"; Suevi ou Suebi) foram um grupo de povos germanos, parte dos quais migraram à Hispânia durante as Invasões bárbaras, fundando um reino na antiga província romana da Galécia (atual norte de Portugal e Galiza) que duraria entre 409 e 585 d.C., data em que foi anexado pelos visigodos.

Novo!!: Al-Andalus e Suevos · Veja mais »

Sunismo

Os sunitas formam o maior ramo do Islão, ao qual no ano de 2006 pertenciam 80% do total dos muçulmanos.

Novo!!: Al-Andalus e Sunismo · Veja mais »

Tabela cronológica dos reinos da Península Ibérica

Esta tabela cronológica dos reinos da Península Ibérica é meramente orientativa.

Novo!!: Al-Andalus e Tabela cronológica dos reinos da Península Ibérica · Veja mais »

Taifa

O termo taifa, no contexto da história ibérica, refere-se a um principado muçulmano independente, um emirato ou pequeno reino existente na Península Ibérica (o Alandalus) após o o derrocamento do califa (da dinastia omíada) e a abolição do Califado de Córdoba em 1031.

Novo!!: Al-Andalus e Taifa · Veja mais »

Taifa de Badajoz

O Reino de Badajoz, também conhecido como Emirado de Badajoz ou Taifa de Badajoz (Ta'waif al-Batalyaws) foi uma taifa (reino muçulmano ibérico) centrado na cidade de Badajoz, no que é hoje a Estremadura espanhola.

Novo!!: Al-Andalus e Taifa de Badajoz · Veja mais »

Taifa de Málaga

Taifa de Málaga foi um reino independente muçulmano que surgiu no al-Andalus em 1026, por causa da desintegração que o Califado de Córdova vinha sofrendo desde 1008, e que desapareceria definitivamente em 1238 ao ser conquistada pelo Reino nasrida de Granada.

Novo!!: Al-Andalus e Taifa de Málaga · Veja mais »

Taifa de Saragoça

Máxima extensão da Taifa de Saragoça com Amade Almoctadir (1076) A Taifa de Saragoça (topónimo árabe: Saraqusta) ou Reino de Saragoça, foi uma taifa independente entre 1018 e 1110, isto é, desde a desintegração do Califado de Córdoba no início do até que foi conquistada pelos almorávidas em 1110.

Novo!!: Al-Andalus e Taifa de Saragoça · Veja mais »

Taifa de Toledo

A Taifa de Toledo ou Reino de Toledo foi uma das taifas de Alandalus que surgiu da decomposição do Califado de Córdova a 22 de julho de 1035.

Novo!!: Al-Andalus e Taifa de Toledo · Veja mais »

Tarifa (Espanha)

Tarifa é uma cidade e sede de município da Espanha na província espanhola de Cádis, comunidade autónoma da Andaluzia.

Novo!!: Al-Andalus e Tarifa (Espanha) · Veja mais »

Tárique

Al-Andalus em 910 Tárique ibne Ziade (Tārik ibn Ziyād; ca. —) foi um estratega e general do exército omíada.

Novo!!: Al-Andalus e Tárique · Veja mais »

Terceiro Concílio de Toledo

'''Terceiro Concílio de Toledo''', em 589. O III Concílio de Toledo foi um concílio regional que teve o seu início a 8 de maio de 589.

Novo!!: Al-Andalus e Terceiro Concílio de Toledo · Veja mais »

Termas romanas

inglesa para ''banhos''), Inglaterra. A ruptura do tecto original originou o aparecimento de algas. Termas (Thermae) era o nome usado pelos romanos para designar os locais destinados aos banhos públicos, embora o uso de banhos públicos já fosse praticado pelos caldeus há muito tempo antes.

Novo!!: Al-Andalus e Termas romanas · Veja mais »

Toledo

Toledo (Toletum) é um município da Espanha na província de Toledo, comunidade autónoma de Castela-Mancha.

Novo!!: Al-Andalus e Toledo · Veja mais »

Topónimos árabes em Portugal

Esta é uma lista de nomes de cidades, vilas e freguesias portuguesas em árabe (sendo que em algumas situações o nome actual deriva directamente do topónimo árabe).

Novo!!: Al-Andalus e Topónimos árabes em Portugal · Veja mais »

Tradição cristã

Tradição cristã é uma coleção de crenças ou práticas tradicionais associadas ao Cristianismo ou grupos dentro dele.

Novo!!: Al-Andalus e Tradição cristã · Veja mais »

Tributo

Tributo (do termo latino tributu), no campo das relações entre Estado e cidadão, é toda prestação pecuniária compulsória, em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir, que não constitua sanção de ato ilícito, instituída em lei e cobrada mediante atividade administrativa plenamente vinculada.

Novo!!: Al-Andalus e Tributo · Veja mais »

Trigo

O trigo (Triticum spp.)Belderok, Bob & Hans Mesdag & Dingena A. Donner.

Novo!!: Al-Andalus e Trigo · Veja mais »

Tunísia

A Tunísia (Tunisie,; em berber: ⵜⵓⵏⴻⵙ), oficialmente República Tunisina (الجمهورية التونسية, transl.: al-Jumhūriyyah at-Tūnisiyyah; em francês: République tunisienne; em berber: ⵜⴰⴳⴷⵓⴷⴰ ⵏ ⵜⵓⵏⴻⵙ), é um país da África do Norte que pertence à região do Magrebe.

Novo!!: Al-Andalus e Tunísia · Veja mais »

Uva

A uva é o fruto da videira (Vitis sp.), uma planta da família das Vitaceae.

Novo!!: Al-Andalus e Uva · Veja mais »

Valência

Valência (Valencia,; em valenciano e oficialmente: València) é um município da Espanha, capital da província homónima e da Comunidade Valenciana.

Novo!!: Al-Andalus e Valência · Veja mais »

Vândalos

Saque de Roma pelos vândalos em 455''.Entalhe e policromia em aço de Heinrich Leutemann (c. 1860–1880) Os vândalos eram uma tribo germânica oriental que penetrou no Império Romano durante o século V e criou um estado no norte da África ocupando a cidade de Cartago, antiga cidade fenícia que fora ocupada pelos romanos desde o fim das Guerras Púnicas.

Novo!!: Al-Andalus e Vândalos · Veja mais »

Viseu

Viseu é uma cidade portuguesa do distrito homónimo, situada na província da Beira Alta, região centro e sub-região do Dão-Lafões, com cerca de 68000 habitantes, sendo a segunda maior cidade da região do Centro de Portugal depois de Coimbra.

Novo!!: Al-Andalus e Viseu · Veja mais »

Visigodos

Os visigodos foram um de dois ramos em que se dividiram os godos, um povo germânico originário do leste europeu, sendo o outro os ostrogodos.

Novo!!: Al-Andalus e Visigodos · Veja mais »

Xaém

Xaém (Jaén) é um município da Espanha na província de Jaén, comunidade autónoma da Andaluzia, de área com população de habitantes (2007) e densidade populacional de 274 hab/km².

Novo!!: Al-Andalus e Xaém · Veja mais »

Xiismo

Os xiitas (شيعة, Shīʿah, abreviatura de شيعة علي, Shīʻatu ʻAlī, "partido de Ali") são o segundo maior ramo de crentes do Islão, constituindo 16% do total dos muçulmanos (o maior ramo é o dos muçulmanos sunitas, que são 84% da totalidade dos muçulmanos).

Novo!!: Al-Andalus e Xiismo · Veja mais »

XVI Concílio de Toledo

Concilio de Bispos do reino Visigodo celebrado no ano 693 em Toledo.

Novo!!: Al-Andalus e XVI Concílio de Toledo · Veja mais »

XVII Concílio de Toledo

Concílio de bispos do reino Visigodo, celebrado em Toledo no ano 694.

Novo!!: Al-Andalus e XVII Concílio de Toledo · Veja mais »

716

Sem descrição

Novo!!: Al-Andalus e 716 · Veja mais »

717

Sem descrição

Novo!!: Al-Andalus e 717 · Veja mais »

Redireciona aqui:

Al Andalus, Al Andaluz, Al andalus, Al andaluz, Al-Andaluz, Al-andalus, Al-andaluz, Al-Ândalus, Al-Ândaluz, Al-ândalus, Al-ândaluz, Alandalus, Andalusies, Andaluz, Andaluzes, Andaluzis, Domínio muçulmano na Península Ibérica, Domínio muçulmano na península ibérica, Domínio árabe na Península Ibérica, Domínio árabe na península ibérica, Espanha Islâmica, Espanha islâmica, Hispânia islâmica, Ocupação muçulmana.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »