Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Argumentum ad verecundiam

Índice Argumentum ad verecundiam

O argumentum ad verecundiam ou argumentum magister dixit é uma expressão em latim que significa apelo à autoridade ou argumento de autoridade.

19 relações: Apelo à autoridade anônima, Argumentum ad baculum, Ateísmo, Caso Sokal, Ciência, Citação fora do contexto, Desenganador, Desinformação, Dialética erística, Disputa (escolástica), E pur si muove!, Educação científica, Falácia, Falácia formal, Juízo de valor, Poder explicativo, Progresso (filosofia), Propaganda, Trilema de Münchhausen.

Apelo à autoridade anônima

Apelo à autoridade anônima é uma falácia que consiste em atribuir afirmações a autoridades sem nomeá-las.

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e Apelo à autoridade anônima · Veja mais »

Argumentum ad baculum

O apelo à força (da expressão latina: argumentum ad baculum, lit. "argumento do porrete"), é uma falácia em que força e coerção são apresentadas como argumento para se concordar com o autor de uma conclusãoLeônidas Hegenberg; Flávio E. Novaes Hegenberg (2009).

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e Argumentum ad baculum · Veja mais »

Ateísmo

Ateísmo, num sentido amplo, é a ausência de crença na existência de divindades.

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e Ateísmo · Veja mais »

Caso Sokal

O Caso Sokal, também chamado de Escândalo Sokal,Derrida (1997) foi um escândalo de publicação acadêmica perpetrado por Alan Sokal, um professor de física na Universidade de Nova Iorque e na University College London.

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e Caso Sokal · Veja mais »

Ciência

Ciência (do latim scientia, traduzido por "conhecimento") refere-se a qualquer conhecimento ou prática sistemáticos.

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e Ciência · Veja mais »

Citação fora do contexto

A prática de citar fora do contexto é uma falácia informal e um tipo de falsa atribuição em que uma passagem é removida da sua matéria circundante de tal forma a distorcer o significado pretendido.

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e Citação fora do contexto · Veja mais »

Desenganador

Um desenganador é um cético engajado no combate a charlatões e ideias que, na sua visão, são falsas e não-científicas.

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e Desenganador · Veja mais »

Desinformação

Desinformação é a utilização das técnicas de comunicação e informação para induzir a erro ou dar uma falsa imagem da realidade, mediante a supressão ou ocultação de informações, minimização da sua importância ou modificação do seu sentido.

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e Desinformação · Veja mais »

Dialética erística

Como vencer um debate sem precisar ter razão – em 38 estratagemas (dialética erística), ou simplesmente Dialética erística, é um importante, porém inconcluso, acréscimo do sistema filosófico de Arthur Schopenhauer, publicado póstumo por Julius Frauenstädt.

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e Dialética erística · Veja mais »

Disputa (escolástica)

Uma disputa entre escolásticos judeus e cristãos, (1483). No sistema escolástico de educação da Idade Média, disputas (em Latim: disputationes, singular: disputatio) ofereciam um método formal de debate designado para descobrir verdades na teologia e nas ciências.

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e Disputa (escolástica) · Veja mais »

E pur si muove!

Eppur si muove ou E pur si muove (mas se movimenta ou no entanto ela se move, em português) é uma frase polêmica que, segundo a tradição, Galileu Galilei pronunciou depois de renegar a visão heliocêntrica do mundo perante o tribunal da Inquisição.

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e E pur si muove! · Veja mais »

Educação científica

Educação científica é uma área de pesquisa que se dedica ao compartilhamento de informação relacionada à Ciência com indivíduos que não são tradicionalmente considerados como parte da comunidade científica.

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e Educação científica · Veja mais »

Falácia

O termo falácia deriva do verbo latino fallere, que significa enganar.

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e Falácia · Veja mais »

Falácia formal

Na lógica filosófica, uma falácia formal é um padrão de raciocínio que é inválido devido a uma falha em sua estrutura lógica, que pode perfeitamente ser expresso em um sistema padrão de lógica, por exemplo.

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e Falácia formal · Veja mais »

Juízo de valor

Um juízo de valor é um juízo sobre a correção ou incorreção de algo, ou da utilidade de algo, baseado num ponto de vista pessoal.

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e Juízo de valor · Veja mais »

Poder explicativo

Poder explicativo é a habilidade de uma teoria em efetivamente explicar o assunto ao qual pertence.

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e Poder explicativo · Veja mais »

Progresso (filosofia)

Em historiografia e em filosofia da história, o progresso (do latim Progressus, "um avanço") é a ideia de que o mundo pode se tornar gradativamente melhor no que diz respeito à ciência, tecnologia, modernização, liberdade, democracia, qualidade de vida, etc.

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e Progresso (filosofia) · Veja mais »

Propaganda

Propagandas do regime militar de 1964. Nota: se você está procurando pela banda, veja Propaganda (banda) Propaganda é um modo específico sistemático de persuadir visando influenciar com fins ideológicos, políticos as emoções, atitudes, opiniões ou ações do público alvo.

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e Propaganda · Veja mais »

Trilema de Münchhausen

O Trilema de Münchhausen, também conhecido como Trilema de Agripa (referência ao cético grego de mesmo nome), é um termo cunhado pela filosofia para ressaltar a alegada impossibilidade de se provar qualquer verdade garantida mesmo nos campos da lógica e matemática.

Novo!!: Argumentum ad verecundiam e Trilema de Münchhausen · Veja mais »

Redireciona aqui:

Ad verecundiam, Apelo à autoridade, Argumento de autoridade, Argumentum Magister Dixit, Argumentum ad Verecundiam, Argumentum magister dixit.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »