Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

2 Tessalonicenses 3 e Paulo de Tarso

Atalhos: Diferenças, Semelhanças, Coeficiente de Similaridade de Jaccard, Referências.

Diferença entre 2 Tessalonicenses 3 e Paulo de Tarso

2 Tessalonicenses 3 vs. Paulo de Tarso

2 Tessalonicenses 3 é o terceiro e último capítulo da Segunda Epístola aos Tessalonicenses, de autoria do Apóstolo Paulo (junto com Silas e Timóteo), que faz parte do Novo Testamento da Bíblia. Paulo (nascido Saulo de Tarso;, Cilícia – c. 67), comumente conhecido como Paulo de Tarso ou São Paulo, foi um dos mais influentes escritores, teólogos e pregadores do cristianismo, cujas obras compõem parte significativa do Novo Testamento. A influência que exerceu no pensamento cristão, chamada "paulinismo", foi fundamental por causa do seu papel como preeminente apóstolo do Cristianismo durante a propagação inicial do Evangelho pelo Império Romano. Paulo também exerce uma grande influência na filosofia cristã, tendo Agostinho de Hipona e Tomás de Aquino usufruido de seu pensamento. Conhecido também como Saulo, se dedicava à perseguição dos primeiros discípulos de Jesus na região de Jerusalém. De acordo com o relato na Bíblia, durante uma viagem entre Jerusalém e Damasco, numa missão para que, encontrando fiéis por lá, "os levasse presos a Jerusalém", Saulo teve uma visão de Jesus envolto numa grande luz, ficou cego, mas teve a visão recuperada após três dias por Ananias, que também o batizou. Começou então a pregar o Cristianismo. Juntamente com Simão Pedro e Tiago, o Justo, ele foi um dos mais proeminentes líderes do nascente cristianismo. Era também cidadão romano, o que lhe conferia uma situação legal privilegiada. A questão de sua cidadania romana gera certa curiosidade. Paulo afirma em Atos 22, 28 ser romano "de nascimento". Tal declaração parece indicar que o apóstolo herdou essa posição de seu pai. Treze epístolas no Novo Testamento são atribuídas a Paulo, mas a sua autoria em sete delas é contestada por estudiosos modernos. Agostinho desenvolveu a ideia de Paulo que a salvação é baseada na fé e não nas "obras da Lei", vide. A interpretação de Martinho Lutero das obras de Paulo influenciou fortemente sua doutrina de sola fide. A conversão de Paulo mudou radicalmente o curso de sua vida. Com suas atividades missionárias e obras, Paulo acabou transformando as crenças religiosas e a filosofia de toda a região da bacia do Mediterrâneo. Sua liderança, influência e legado levaram à formação de comunidades dominadas por grupos gentios que adoravam o Deus de Israel, aderiam ao código moral judaico, mas que abandonaram o ritual e as obrigações alimentares da Lei Mosaica por causa dos ensinamentos de Paulo sobre a vida e obra de Jesus e seu "Novo Testamento", fundamentados na morte de Jesus e na sua ressurreição.

Semelhanças entre 2 Tessalonicenses 3 e Paulo de Tarso

2 Tessalonicenses 3 e Paulo de Tarso têm 7 coisas em comum (em Unionpedia): Bíblia, Epístolas paulinas, Novo Testamento, Primeira Epístola a Timóteo, Segunda Epístola aos Tessalonicenses, Silas (Bíblia), Timóteo de Éfeso.

Bíblia

Bíblia (do grego koiné,, 'os livros') é uma antologia de textos religiosos ou escrituras sagradas para o cristianismo, o judaísmo, o samaritanismo e muitas outras religiões.

2 Tessalonicenses 3 e Bíblia · Bíblia e Paulo de Tarso · Veja mais »

Epístolas paulinas

As Epístolas Paulinas, Epístolas de Paulo ou Cartas de Paulo são os 14 livros do Novo Testamento da Bíblia que têm o nome Paulo (Παῦλος) como a primeira palavra, portanto, as mesmas reivindicam a autoria do apóstolo Paulo.

2 Tessalonicenses 3 e Epístolas paulinas · Epístolas paulinas e Paulo de Tarso · Veja mais »

Novo Testamento

Novo Testamento (do grego: Διαθήκη Καινὴ, Kaine Diatheke), também chamado de Nova Aliança, é a coleção de livros que compõe a segunda parte da Bíblia cristã, definidos pela Igreja Católica no concilio de Hipona em 393 d.C entre centenas de livros denominados apócrifos, sendo que a primeira parte é chamada pelos cristãos de Antigo Testamento.

2 Tessalonicenses 3 e Novo Testamento · Novo Testamento e Paulo de Tarso · Veja mais »

Primeira Epístola a Timóteo

A Primeira Epístola a Timóteo - é como é conhecida a primeira carta que o apóstolo S. Paulo redigiu a Timóteo.

2 Tessalonicenses 3 e Primeira Epístola a Timóteo · Paulo de Tarso e Primeira Epístola a Timóteo · Veja mais »

Segunda Epístola aos Tessalonicenses

A Segunda Epístola aos Tessalonicenses, geralmente referida apenas como II Tessalonicenses, é o décimo-quarto livro do Novo Testamento da Bíblia, e a segunda carta que o apóstolo Paulo (junto com Silas e Timóteo) redigiu aos cristãos da cidade de Tessalônica, na época pertencente a província da Macedônia no Império Romano.

2 Tessalonicenses 3 e Segunda Epístola aos Tessalonicenses · Paulo de Tarso e Segunda Epístola aos Tessalonicenses · Veja mais »

Silas (Bíblia)

São Silas (em grego: Σίλας ou Σιλουανός), também chamado por vezes de São Silvano, foi um personagem proeminente do cristianismo primitivo e que depois acompanhou Paulo em algumas de suas viagens.

2 Tessalonicenses 3 e Silas (Bíblia) · Paulo de Tarso e Silas (Bíblia) · Veja mais »

Timóteo de Éfeso

Timóteo (Τιμόθεος - Timótheos, que significa "honrando a Deus" ou "honrado por Deus") foi um bispo cristão do que morreu por volta do ano 80 d.C. O Novo Testamento indica que Timóteo esteve com Paulo de Tarso, seu mentor, durante as viagens missionárias que empreendeu.

2 Tessalonicenses 3 e Timóteo de Éfeso · Paulo de Tarso e Timóteo de Éfeso · Veja mais »

A lista acima responda às seguintes perguntas

Comparação entre 2 Tessalonicenses 3 e Paulo de Tarso

2 Tessalonicenses 3 tem 16 relações, enquanto Paulo de Tarso tem 297. Como eles têm em comum 7, o índice de Jaccard é 2.24% = 7 / (16 + 297).

Referências

Este artigo é a relação entre 2 Tessalonicenses 3 e Paulo de Tarso. Para acessar cada artigo visite:

Ei! Agora estamos em Facebook! »