Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Mnesteu

Índice Mnesteu

Mnesteu (em latim: Mnestheus), na mitologia romana, é um companheiro e homem de confiança de Eneias, que partiu para fundar uma nova cidade na Itália depois da queda de Troia.

23 relações: Anquises, Cartago, Cátulo, Dido, Eneias, Eneida, Evandro (mitologia), Higino, Itália, Júpiter (mitologia), Latim, Lácio, Lucrécio, Mário Sérvio Honorato, Mitologia romana, Rútulos, Rio Tibre, Roma, Sergesto, Sicília, Troia, Turno, Virgílio.

Anquises

''Eneias escapa de Troia em Chamas'', Federico Barocci, 1598 Anquises, na mitologia grega, foi um príncipe troiano, primo do rei Príamo.

Novo!!: Mnesteu e Anquises · Veja mais »

Cartago

Cartago (do fenício: Qart - ḥadašt, "Nova Cidade") foi uma antiga cidade, originariamente uma colônia fenícia no norte da África, situada a leste do lago de Túnis, perto do centro de Túnis, na Tunísia.

Novo!!: Mnesteu e Cartago · Veja mais »

Cátulo

Caio Valério Catulo (em latim: Gaius Valerius Catullus; Verona, 87 ou 84 a.C. - 57 ou 54 a.C.) foi um sofisticado e controverso poeta romano durante o final do período republicano.

Novo!!: Mnesteu e Cátulo · Veja mais »

Dido

1833, no Museu do Louvre Dido, Elissa ou Alyssa foi, segundo a lenda, a primeira rainha de Cartago.

Novo!!: Mnesteu e Dido · Veja mais »

Eneias

Eneias ou Eneas (do latim Æneas, por sua vez do grego antigo Αἰνείας) é um personagem da mitologia greco-romana cuja história é contada na Ilíada, de Homero, e, sobretudo, na Eneida, de Virgílio.

Novo!!: Mnesteu e Eneias · Veja mais »

Eneida

A Eneida (Aeneis em latim) é um poema épico latino escrito por Virgílio no século I a.C..

Novo!!: Mnesteu e Eneida · Veja mais »

Evandro (mitologia)

Evandro (do grego: Εύανδρος, Eúandros, "bom homem" ou "homem forte"; em latim: Euander) é um personagem da mitologia romana que foi, sem dúvida, o mais "célebre" e um dos primeiros que se sabe com este nome, fundador do Palanteu, povoação instalada no Palatino, local onde mais tarde o presunçoso Rômulo "fundaria" Roma.

Novo!!: Mnesteu e Evandro (mitologia) · Veja mais »

Higino

Ruínas no monte Palatino, em Roma. Caio Júlio Higino (Gaius Iulius Hyginus; Valência dos Edetanos, Hispânia, ca. — Roma) foi um escritor da Roma Antiga, discípulo de Alexandre, o Polímata e amigo de Sêneca.

Novo!!: Mnesteu e Higino · Veja mais »

Itália

Itália (Italia), oficialmente República Italiana nome, é uma república parlamentar unitária localizada no centro-sul da Europa.

Novo!!: Mnesteu e Itália · Veja mais »

Júpiter (mitologia)

Júpiter (Iuppiter, Dis Pater ou Deus Pater; Zeu pater; em sânscrito: Dyàuṣpítaḥ) era o deus romano do dia, comumente identificado com o deus grego Zeus.

Novo!!: Mnesteu e Júpiter (mitologia) · Veja mais »

Latim

A língua latina ou latim é uma antiga língua indo-europeia do ramo itálico originalmente falada no Lácio, a região do entorno da cidade de Roma.

Novo!!: Mnesteu e Latim · Veja mais »

Lácio

Lácio e Campânia Lácio (Latium) é uma região histórica da Itália Central na qual a cidade de Roma foi fundada e cresceu até tornar-se capital do Império Romano.

Novo!!: Mnesteu e Lácio · Veja mais »

Lucrécio

Tito Lucrécio Caro (Titus Lucretius Carus; ca. – ca.) foi um poeta e filósofo romano que viveu no.

Novo!!: Mnesteu e Lucrécio · Veja mais »

Mário Sérvio Honorato

XVI de Virgílio com o comentário de Sérvio impresso à esquerda do texto Mário Sérvio Honorato ou Mauro Sérvio Honorato, mais conhecido como Sérvio Servius), era um gramático pagãoA educação cristã dos séculos IV e V não produziu gramáticos. do final do, com a fama em sua época de ser o homem mais instruído de sua geração na Itália. Foi autor de um livro de comentários sobre Virgílio, In tria Virgilii Opera Expositio, o primeiro manuscrito impresso em Florença, por Bernardo Cennini, em 1471. Aparece como um dos interlocutores nas Saturnais de Macróbio. Alusões feitas nesta obra e uma carta de Quinto Aurélio Símaco a Sérvio mostram que ele era pagão. O comentário sobre Virgílio chegou até a época atual em duas tradições manuscritas distintas. Na primeira forma (Servius minor), é um comentário relativamente curto, atribuído a Sérvio pelo cabeçalho dos manuscritos. Essa atribuição é confirmada por outras evidências internas. Um segundo grupo de manuscritos (Servius auctus ou Servius Danielinus), todos procedentes dos séculos X e XI, incluem o mesmo texto num comentário bem mais amplo. As adições abundantes têm um estilo que contrasta com o original. Nenhum desses manuscritos traz o nome de Sérvio. "As matérias acrescentadas são sem dúvida de uma época antiga, datadas de um período pouco afastado de Sérvio, e se baseiam em larga medida em obras de história e de antiguidades que hoje estão perdidas. O autor é anônimo e provavelmente cristão". Um terceiro grupo de manuscritos, escritos em sua maioria na Itália, apresenta o texto central com escólios interpolados, que mostram que a Virgilii Opera Expositio era de uso contínuo. O comentário de Sérvio Mauro Honorato é, na realidade, a única edição completa de um autor clássico escrita antes da queda do Império Romano do Ocidente. Segue em grande parte o princípio de uma edição moderna, baseando-se parcialmente numa ampla literatura crítica virgiliana, boa parte da qual só é conhecida por fragmentos e fatos conservados nesse comentário. As anotações ao texto de Virgílio, embora raras vezes sejam autorizadas pelos manuscritos existentes, que remontam à época de Sérvio e até a um período anterior, oferecem informação valiosa sobre as antigas revisões do texto de Virgílio e críticas à sua obra. Na interpretação gramatical da linguagem de seu autor, Sérvio não se eleva acima das sutilezas rígidas e confusas do seu tempo. E suas etimologias violam todas as leis da Fonética e da Semântica modernas em favor de digressões criativas. Em especial, Sérvio merece reconhecimento por não ter incorrido no método alegórico de exposição dos textos, que prevalecia em sua época. Para o historiador e para quem estuda as coisas antigas, o valor duradouro de sua obra está na preservação de fatos da história, da religião, das antiguidades e da linguagem romanas que, sem ela, estariam perdidos. Boa parte da erudição de Varrão e de outros estudiosos antigos sobrevive em suas páginas.

Novo!!: Mnesteu e Mário Sérvio Honorato · Veja mais »

Mitologia romana

Mitologia romana é estudo das lendas da Roma Antiga, usadas para explicar a formação do mundo, os fenômenos da natureza, os sentimentos e sensações físicas dos humanos e a evolução do conhecimento; de uma maneira pagã.

Novo!!: Mnesteu e Mitologia romana · Veja mais »

Rútulos

Os rútulos (do latim rutuli) eram um povo itálico antigo, que descendia dos úmbrios e dos pelasgos.

Novo!!: Mnesteu e Rútulos · Veja mais »

Rio Tibre

O Tibre (em italiano: Tevere; em latim: Tiberis) é um rio no território italiano, com nascente na Emília-Romanha.

Novo!!: Mnesteu e Rio Tibre · Veja mais »

Roma

Roma (Roma) é uma cidade e uma comuna especial (chamada "Roma Capitale") da Itália.

Novo!!: Mnesteu e Roma · Veja mais »

Sergesto

Na mitologia greco-romana, Sergesto (Sergestus) foi troiano um amigo de Eneias.

Novo!!: Mnesteu e Sergesto · Veja mais »

Sicília

A Sicília (em italiano e siciliano Sicilia) é uma região autônoma com estatuto especial da Itália meridional com 25 710 km² e 5 milhões de habitantes, cuja capital é Palermo, que com 660 mil habitantes, é a quinta maior cidade italiana.

Novo!!: Mnesteu e Sicília · Veja mais »

Troia

Troia AO 1990 (em grego antigo Τροία, transl. Troia, ou Ίλιον, transl. Ílion; em latim Troia ou Ilium; em hitita Wilusa ou Truwisa; em turco Truva) é uma cidade lendária, onde ocorreu a célebre Guerra de Troia, descrita na Ilíada, um dos poemas atribuídos a Homero.

Novo!!: Mnesteu e Troia · Veja mais »

Turno

Turno é, na mitologia romana, rei dos rútulos, filho de Dauno e da ninfa Venília, irmão da ninfa Juturna e neto de Pilumno.

Novo!!: Mnesteu e Turno · Veja mais »

Virgílio

Públio Virgílio Maro ou Marão (Publius Vergilius Maro; Andes, 15 de outubro de 70 a.C. — Brundísio, 21 de setembro de 19 a.C.) foi um poeta romano clássico, autor de três grandes obras da literatura latina, as Éclogas (ou Bucólicas), as Geórgicas, e a Eneida.

Novo!!: Mnesteu e Virgílio · Veja mais »

Redireciona aqui:

Mnestheus.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »