Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Instalar
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Bitola métrica

Índice Bitola métrica

Bitola métrica é a denominação que se dá às ferrovias cuja bitola seja igual a 1.000 mm, sendo portanto mais estreita que a bitola internacional.

172 relações: Aigle, América Latina Logística, Automotora, Baldwin-Whitcomb 60T, Bernina Express, Bitola, Bitola finlandesa, Bitola ibérica, Bitola indiana, Bitola japonesa, Bitola larga, Bitola larga no Brasil, Bitola padrão, Bitola russa, Brasil Ferrovias, Caminho de ferro de Gornergrat, Caminho de Ferro de Penafiel à Lixa e Entre-os-Rios, Caminho de ferro de via estreita, Caminho de ferro do Appenzell, Caminho de ferro do Jungfrau, Caminho de ferro do Montenvers, Caminho de Ferro Mineiro do Lena, Companhia Brasileira de Trens Urbanos, Companhia Genebrina dos Tramways Eléctricos, Conquista de Damasco (1918), Dhanushkodi, EF-369, Elétricos de Lisboa, Elétricos de Sintra, Elétricos do Porto, EMD DDM45, EMD G12, EMD G22U, EMD G8, EMD GT26CUM, Escala 3, Escala G, Escala HO, Escala S, Estação Ângelo de Souza, Estação Cabo, Estação Cajueiro Seco, Estação Curado, Estação de Nyon, Estação de Saint-Gervais-les-Bains-Le Fayet, Estação Ferroviária de Viseu, Estação Jorge Lins, Estação Leopoldina, Estação Marcos Freire, Estação Ponte dos Carvalhos, ..., Estação Pontezinha, Estação Santa Luzia (CTB), Estação Santo Inácio, Estação Varginha, Estrada de ferro Addis Ababa–Djibouti, Estrada de Ferro do Norte, Estrada de Ferro Elétrica Votorantim, Estrada de Ferro Guararense, Estrada de Ferro Machadense, Estrada de Ferro Minas e Rio, Estrada de Ferro Muzambinho, Estrada de Ferro Oeste de Minas, Estrada de Ferro Paracatu, Estrada de Ferro Pirahyense, Estrada de Ferro Santa Isabel do Rio Preto, Estrada de Ferro Sorocabana, Estrada de Ferro Trespontana, Estrada de Ferro Vitória a Minas, Eusko Trenbideak - Ferrocarriles Vascos, S.A., Extensão Juquiá-Cajati, Ferrocarril General Manuel Belgrano, Ferroeste, Ferrovia, Ferrovia Bandeirantes S.A., Ferrovia Norte-Sul, Ferrovia Novoeste S.A., Ferrovia Paraná S.A., Ferrovia Rética, Ferrovia Transnordestina Logística, Frota da Estrada de Ferro Sorocabana, Funicular do Vale dos Caídos, GE BB40-9M, GE BB40-9WM, GE C22-7i, GE ES43BBi, GE U20C, GE U8B, Glacier Express, GMD B12, História da Linha do Corgo, Hokkaido Railway Company, Intercidades (CP), KM ML4000, Lézard rouge, Leysin, Linha 9 da CPTM, Linha Aigle-Leysin, Linha Aigle-Ollon-Monthey-Champéry, Linha Aigle-Sépey-Diablerets, Linha Bex-Villars-Bretaye, Linha Bière-Apples-Morges, Linha da Bernina, Linha da Furka, Linha de Albula, Linha de Crestuma, Linha de Guimarães, Linha de Lamego, Linha de Saint-Gervais-les-Bains-Le Fayet a Vallorcine, Linha de Tomar à Nazaré e Leiria, Linha do Alto Minho, Linha do Cávado, Linha do Entroncamento a Rio Maior, Linha do Litoral do Minho, Linha do Porto à Póvoa e Famalicão, Linha do Tua, Linha do Vale do Lima, Linha Martigny-Châtelard, Linha Matterhorn-Gotthard, Linha Nyon–St.Cergue–LaCure-Morez, Linha Santos-Juquiá (Sorocabana), Linha Saracuruna da SuperVia, Lista de bitolas, Lista de empresas ferroviárias da Suíça, Lista de padrões de escala para ferromodelismo, Lydya (locomotiva), Marines (Val-d'Oise), Metro Ligeiro de Mirandela, Metropolitano de Atenas, Metropolitano de Bruxelas, Museu Ferroviário de Lousado, Ponte do Pocinho, Ramal de Matosinhos, Ramal Santiago–Santo Ângelo, Rede Mineira de Viação, Rede Sul Mineira, Rio Grande do Sul, Série 1-2 da CCFPP, Série 9000 da CP, Série 9020 da CP, Série 9100 da CP, Série 9300 da CP, Série 9400 da CP, Série 9600 da CP, Série 9630 da CP, Série 9700 da CP, Série E141 a E144 da CP, Série E161 a E170 da CP, Série E201 a E216 da CP, Série ME 21 da CP, Sistema de Trens do Subúrbio de Salvador, Sistema de Trens Urbanos de João Pessoa, Sistema de Trens Urbanos de Maceió, Sistema de Trens Urbanos de Natal, Sistema Decauville, SuperVia, Túnel da Mantiqueira, Túnel de Albula, Túnel de base da Furka, Transnordestina, Transporte ferroviário em Portugal, Transporte ferroviário na Índia, Transporte ferroviário no Brasil, Transportes do Rio Grande do Sul, Transportes públicos do Chablais, Transversal de Valpaços, Trâmuei do Monte Branco, Trem do Corcovado, TUE Kawasaki/Toshiba - Série 4800, Valor da Logística Integrada, Viação Férrea Sapucaí, Villefranche-de-Conflent, Viseu. Expandir índice (122 mais) »

Aigle

Aigle é uma comuna suíça do Cantão de Vaud, pertencente ao distrito de d'Aigle, da qual é a capital e que fica rodeada por Yvorne, Leysin, Ormont-Dessous, Ollon e no Collombey-Muraz e Vouvry.

Novo!!: Bitola métrica e Aigle · Veja mais »

América Latina Logística

A América Latina Logística - ALL, foi uma empresa brasileira de logística, sendo concessionária de ferrovias no Brasil e na Argentina.

Novo!!: Bitola métrica e América Latina Logística · Veja mais »

Automotora

Automotora X-2426 Uma designa tradicionalmente um veículo ferroviário constituído por um posto de condução a cada extremidade da unidade de material rolante único, e movida por um motor térmico, geralmente diesel ou elétrico.

Novo!!: Bitola métrica e Automotora · Veja mais »

Baldwin-Whitcomb 60T

As Baldwin-Whitcomb 60T foram fabricadas pela Whitcomb Locomotive Works, subsidiária da Baldwin Locomotive Works, junto com as Whitcomb 66T (RVC e VFFLB) e Whitcomb 94T (EFS).

Novo!!: Bitola métrica e Baldwin-Whitcomb 60T · Veja mais »

Bernina Express

O Bernina Express é uma linha de caminho de ferro pertencente á Ferrovia Rética de via métrica que circula entre Tirano e Coira ou Chur (em alemão).

Novo!!: Bitola métrica e Bernina Express · Veja mais »

Bitola

Trilhos de várias '''bitolas''' em Kanagawa, Japão.Bitola é a largura determinada pela distância medida entre as faces interiores das cabeças de dois em uma via férrea.

Novo!!: Bitola métrica e Bitola · Veja mais »

Bitola finlandesa

Bitola finlandesa é uma bitola mais larga que a bitola internacional, com o valor nominal de 1.524 mm, correspondente a 5 pés.

Novo!!: Bitola métrica e Bitola finlandesa · Veja mais »

Bitola ibérica

comunidade de Castela e Leão, em Espanha.

Novo!!: Bitola métrica e Bitola ibérica · Veja mais »

Bitola indiana

Bitola indiana é a denominação genérica da bitola utilizada no Transporte ferroviário na Índia e possui 1.676 mm (5 pés e 6 polegadas) de distância entre as faces internas dos, sendo portanto mais larga que a padrão.

Novo!!: Bitola métrica e Bitola indiana · Veja mais »

Bitola japonesa

Bitola japonesa ou Bitola sul-africana (mais conhecida por Bitola do Cabo) é a bitola utilizada no transporte ferroviário japonês e possui 1.067 mm (3 pés e 6 polegadas) de distância interna entre trilhos, sendo portanto uma bitola mais estreita que a internacional.

Novo!!: Bitola métrica e Bitola japonesa · Veja mais »

Bitola larga

Bitola larga é a denominação que se dá às ferrovias cuja bitola é maior que os 1435 mm da bitola padrão.

Novo!!: Bitola métrica e Bitola larga · Veja mais »

Bitola larga no Brasil

A bitola larga do Brasil é a largura determinada pela distância entre as faces interiores das cabeças de dois trilhos em uma ferrovia, adotada como sendo de 1.600 mm pelo Plano Nacional de Viação.

Novo!!: Bitola métrica e Bitola larga no Brasil · Veja mais »

Bitola padrão

Bitola padrão ou Bitola internacional é a bitola de, usada em aproximadamente 60% das linhas ferroviárias de todo o mundo.

Novo!!: Bitola métrica e Bitola padrão · Veja mais »

Bitola russa

Bitola russa é uma bitola mais larga que a bitola internacional dos transportes ferroviários.

Novo!!: Bitola métrica e Bitola russa · Veja mais »

Brasil Ferrovias

O grupo Brasil Ferrovias S.A. foi uma grande empresa ferroviária, criada em 2002, a partir da fusão das concessionárias de ferrovias Ferronorte S.A., Ferrovia Novoeste S.A. e Ferrovia Bandeirantes S.A., ou seja, da união das concessionárias das Malha Norte (Ferronorte), Malhas Oeste (Novoeste) e Malha Paulista (Fepasa), da antiga Rede Ferroviária Federal.

Novo!!: Bitola métrica e Brasil Ferrovias · Veja mais »

Caminho de ferro de Gornergrat

O Caminho de ferro de Gornergrat também conhecida por Linha de Gornergrat (Gornergrat Bahn SA (GGB)) é uma linha de caminho de ferro pertencente à Gornergratbahn e que explora a ligação Zermatt-Gornergrat de onde se acede facilmente ao Maciço do Monte Rosa.

Novo!!: Bitola métrica e Caminho de ferro de Gornergrat · Veja mais »

Caminho de Ferro de Penafiel à Lixa e Entre-os-Rios

| O Caminho de Ferro de Penafiel à Lixa e Entre-os-Rios era uma linha ferroviária que ligava, em via métrica, Penafiel à Lixa e Entre-os-Rios, no noroeste de Portugal.

Novo!!: Bitola métrica e Caminho de Ferro de Penafiel à Lixa e Entre-os-Rios · Veja mais »

Caminho de ferro de via estreita

O caminho de ferro de via estreita, caminho de ferro de via angusta ou caminho de ferro de bitola angusta é um tipo de transporte ferroviário cuja largura da via ou bitola é inferior ao considerado "normal" no transporte ferroviário.

Novo!!: Bitola métrica e Caminho de ferro de via estreita · Veja mais »

Caminho de ferro do Appenzell

Uma locomotiva elétrica da '''AB''' Mapa das linhas da '''AB''' O caminho de ferro do Appenzell (Appenzeller Bahnen) é gerido por uma empresa de caminhos-de-ferro no cantão suíço de Appenzell Exterior, cujos acionistas são o cantão, a Confederação Helvética e diversas comunas suíças ligadas à rede.

Novo!!: Bitola métrica e Caminho de ferro do Appenzell · Veja mais »

Caminho de ferro do Jungfrau

O caminho de ferro do Jungfrau (Jungfraubahn) é uma linha de caminho de ferro na Suíça, que liga a gare Kleine Scheidegg ao Jungfraujoch, um colo entre as montanhas Mönch e Jungfrau, e atravessa um túnel no Mönch e outro no Eiger.

Novo!!: Bitola métrica e Caminho de ferro do Jungfrau · Veja mais »

Caminho de ferro do Montenvers

Vista do comboio a partir do caminho O caminho de ferro de Montenvers liga a estação de Chamonix com Montenvers, no Maciço do Monte Branco.

Novo!!: Bitola métrica e Caminho de ferro do Montenvers · Veja mais »

Caminho de Ferro Mineiro do Lena

| O Caminho de Ferro Mineiro do Lena, igualmente denominado de Ramal ou Linha do Lena, era a denominação de um sistema ferroviário privado em Portugal, que operava na Linha de Martingança à Mendiga e os seus ramais, com ligação à rede ferroviária nacional na Estação de Martingança, na Linha do Oeste; a sua função principal era transportar o minério desde as Minas da Barrojeira e Bezerra até à Martingança.

Novo!!: Bitola métrica e Caminho de Ferro Mineiro do Lena · Veja mais »

Companhia Brasileira de Trens Urbanos

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) é uma empresa federal brasileira, constituída na forma de sociedade de economia mista vinculada ao Ministério das Cidades.

Novo!!: Bitola métrica e Companhia Brasileira de Trens Urbanos · Veja mais »

Companhia Genebrina dos Tramways Eléctricos

A Companhia Genebrina dos Tramways Eléctricos (CGTE) (Compagnie Genevoise des Tramways Electriques) foi fundada em 1900 em Genebra na Suíça com a fusão da Compagnie générale des tramways suisses (TS) e da Société genevoise des chemins de fer à voie étroite (VE) e cujos veículos foram os ónibus ("omnibus" segundo a grafia da época), aos quais se seguiram os a vapor antes que aparecessem os "nossos" carros eléctricos.

Novo!!: Bitola métrica e Companhia Genebrina dos Tramways Eléctricos · Veja mais »

Conquista de Damasco (1918)

A conquista de Damasco pelos Aliados teve lugar entre e, no âmbito do teatro de operações do Médio Oriente da Primeira Guerra Mundial.

Novo!!: Bitola métrica e Conquista de Damasco (1918) · Veja mais »

Dhanushkodi

Dhanushkodi é uma cidade fantasma na ponta sudeste da ilha de Pamban, no estado de Tamil Nadu, no sul de Índia.

Novo!!: Bitola métrica e Dhanushkodi · Veja mais »

EF-369

A EF-369 é o projeto de uma ferrovia diagonal brasileira, em bitola métrica, com aproximadamente 683 km, com ligação entre Ourinhos (SP) e Porto Mendes (PR), às margens do rio Paraná.

Novo!!: Bitola métrica e EF-369 · Veja mais »

Elétricos de Lisboa

A rede de elétricos da Carris, empresa de transportes públicos de Lisboa, em Portugal, é composta atualmente por seis carreiras e percorre um total de 29 km de rede (54 km de linha dupla em bitola de 900 mm, sendo 13 km em faixa reservada).

Novo!!: Bitola métrica e Elétricos de Lisboa · Veja mais »

Elétricos de Sintra

O Elétrico de Sintra (oficialmente Companhia Sintra-Atlântico) é uma ferrovia sazonal de bitola estreita (1000 mm) e tracção eléctrica por trólei que liga, desde 1904, a vila de Sintra à Praia das Maçãs, na costa do centro de Portugal, ao longo de um trajecto de pouco menos de 13 km, com oito paragens — passando por Colares, Mucifal, Galamares, e perto da Praia Grande.

Novo!!: Bitola métrica e Elétricos de Sintra · Veja mais »

Elétricos do Porto

Carmo. A rede de eléctricos da cidade do Porto, existente desde 1895, é explorada pela STCP, contando, em 2011, com três carreiras regulares de serviço de passageiros.

Novo!!: Bitola métrica e Elétricos do Porto · Veja mais »

EMD DDM45

Locomotiva diesel-elétrica da Electro-Motive Division com 8 eixos, sendo 2 truques de 4 eixos, com arranjo de rodas tipo D-D. Um total de 83 locomotivas foram fabricada entre 1970 e 1976 pela EMD para rodar no Brasil, na Estrada de Ferro Vitória-Minas (EFVM).

Novo!!: Bitola métrica e EMD DDM45 · Veja mais »

EMD G12

A G12 é uma Locomotiva que foi produzida pela GM-EMD para exportação, com grande parte das unidades montadas nas décadas de 50 e 60 para ferrovias de todo mundo, adaptável para qualquer bitola entre 1 676 e 1 000 mm.

Novo!!: Bitola métrica e EMD G12 · Veja mais »

EMD G22U

A GM G22U é uma locomotiva projetada pela EMD para ser a sucessora da EMD GM G12 com a substituição do motor 567 pelo 645 em 1966.

Novo!!: Bitola métrica e EMD G22U · Veja mais »

EMD G8

A locomotiva diesel elétrica EMD G8 foi construída em número de 382 entre 1954 e 1965 tanto para exportação quanto para uso doméstico (USA).

Novo!!: Bitola métrica e EMD G8 · Veja mais »

EMD GT26CUM

A EFVM que estava nos anos 70 com seu parque de tração dividido entre maquinas de altíssima potência como as Krauss Maffei de 3.480 HP e as DDM45 de 3.600 HP e máquinas de modelo de exportação da EMD como as G16 com seus modestos 1.800HP, decidiu testar em suas linhas maquinas de potência intermediária, para serviços onde tanto duas locomotivas “pequenas” quanto uma grande se demonstrassem inadequadas, fechando esta lacuna de potência em seu parque de tração.

Novo!!: Bitola métrica e EMD GT26CUM · Veja mais »

Escala 3

A escala 3 ou bitola 3 (algumas vezes citada como G64), é uma escala que designa modelos construídos para circular em pistas de 63,5 mm, e com proporção de 13,5 mm para um pé.

Novo!!: Bitola métrica e Escala 3 · Veja mais »

Escala G

A escala G é uma escala comumente usada para trens de brinquedo e ferromodelismo.

Novo!!: Bitola métrica e Escala G · Veja mais »

Escala HO

A escala H0 é a escala mais popular do ferromodelismo nos dias de hoje.

Novo!!: Bitola métrica e Escala HO · Veja mais »

Escala S

A escala S, ou bitola S, é uma escala comumente usada para trens de ferromodelismo.

Novo!!: Bitola métrica e Escala S · Veja mais »

Estação Ângelo de Souza

A Estação Ângelo de Souza é uma das estações do VLT do Recife, situada em Jaboatão dos Guararapes, entre a Estação Cajueiro Seco e a Estação Pontezinha.

Novo!!: Bitola métrica e Estação Ângelo de Souza · Veja mais »

Estação Cabo

A Estação Cabo é uma das estações do VLT do Recife, situada em Cabo de Santo Agostinho, ao lado da Estação Santo Inácio.

Novo!!: Bitola métrica e Estação Cabo · Veja mais »

Estação Cajueiro Seco

A Estação Cajueiro Seco é uma das estações do Metrô do Recife e do VLT do Recife, situada em Jaboatão dos Guararapes, entre a Estação Prazeres, a Estação Marcos Freire e a Estação Ângelo de Souza.

Novo!!: Bitola métrica e Estação Cajueiro Seco · Veja mais »

Estação Curado

A Estação Curado é uma das estações do Metrô do Recife e do VLT do Recife, situada em Recife, entre a Estação Alto do Céu, a Estação Rodoviária e a Estação Jorge Lins.

Novo!!: Bitola métrica e Estação Curado · Veja mais »

Estação de Nyon

A Estação de Nyon é uma estação ferroviária localizada na cidade de Nyon, na Suíça.

Novo!!: Bitola métrica e Estação de Nyon · Veja mais »

Estação de Saint-Gervais-les-Bains-Le Fayet

Três comboios, três destinos A estação de Saint-Gervais-les-Bains-Le Fayet é uma estação de caminho de ferro e começo da linha de Saint-Gervais-les-Bains-Le Fayet a Vallorcine na região francesa de Ródano-Alpes, linha que a partir de Vallorcine se prolonga pela linha Martigny-Châtelard do lado suíço.

Novo!!: Bitola métrica e Estação de Saint-Gervais-les-Bains-Le Fayet · Veja mais »

Estação Ferroviária de Viseu

A Estação Ferroviária de Viseu, originalmente denominada de Vizeu, foi uma interface ferroviária das Linhas do Dão e Vouga, que servia a cidade de Viseu, no Distrito de Viseu, em Portugal.

Novo!!: Bitola métrica e Estação Ferroviária de Viseu · Veja mais »

Estação Jorge Lins

A Estação Jorge Lins é uma das estações do VLT do Recife, situada em Jaboatão dos Guararapes, entre a Estação Curado e a Estação Marcos Freire.

Novo!!: Bitola métrica e Estação Jorge Lins · Veja mais »

Estação Leopoldina

A Estação Barão de Mauá (também chamada Estação Leopoldina) era uma estação ferroviária que foi inaugurada em 1926 e fechada em 2004, quando tinha seu direito de uso cedido à SuperVia.

Novo!!: Bitola métrica e Estação Leopoldina · Veja mais »

Estação Marcos Freire

A Estação Marcos Freire é uma das estações do VLT do Recife, situada em Jaboatão dos Guararapes, entre a Estação Jorge Lins e a Estação Cajueiro Seco.

Novo!!: Bitola métrica e Estação Marcos Freire · Veja mais »

Estação Ponte dos Carvalhos

A Estação Ponte dos Carvalhos é uma das estações do VLT do Recife, situada em Cabo de Santo Agostinho, entre a Estação Pontezinha e a Estação Santo Inácio.

Novo!!: Bitola métrica e Estação Ponte dos Carvalhos · Veja mais »

Estação Pontezinha

A Estação Pontezinha é uma das estações do VLT do Recife, situada em Cabo de Santo Agostinho, entre a Estação Ângelo de Souza e a Estação Ponte dos Carvalhos.

Novo!!: Bitola métrica e Estação Pontezinha · Veja mais »

Estação Santa Luzia (CTB)

A Estação Santa Luzia é uma das estações do Sistema de Trens do Subúrbio de Salvador, situada em Salvador, entre a Estação Calçada e a Estação Lobato.

Novo!!: Bitola métrica e Estação Santa Luzia (CTB) · Veja mais »

Estação Santo Inácio

A Estação Santo Inácio é uma das estações do VLT do Recife, situada em Cabo de Santo Agostinho, entre a Estação Ponte dos Carvalhos e a Estação Cabo.

Novo!!: Bitola métrica e Estação Santo Inácio · Veja mais »

Estação Varginha

A Estação Varginha será a vigésima estação ferroviária da Linha 9 – Esmeralda da CPTM.

Novo!!: Bitola métrica e Estação Varginha · Veja mais »

Estrada de ferro Addis Ababa–Djibouti

| A Ferrovia Addis Abeba–Djibuti é um caminho de ferro internacional inaugurado por completo em janeiro de 2017.

Novo!!: Bitola métrica e Estrada de ferro Addis Ababa–Djibouti · Veja mais »

Estrada de Ferro do Norte

A Estrada de Ferro do Norte, também chamada de Estrada de Ferro São Paulo ao Rio de Janeiro, foi uma ferrovia paulista em bitola métrica, construída pela Companhia São Paulo e Rio de Janeiro, ligando a Estação do Norte (ao lado da Estação Brás da São Paulo Railway em São Paulo), até a Estação Cachoeira, em Cachoeira Paulista), onde em 1877, se encontrou com a Estrada de Ferro D. Pedro II, em bitola larga, mas que com baldeação de composições, podia seguir até o Rio de Janeiro. Em 1896, o trecho com com 231 km de extensão da E. F. do Norte foi incorporado pela Estrada de Ferro D. Pedro II, com o propósito de alargar a bitola e unificar as duas linhas, no que passaria a ser chamado de Ramal de São Paulo.

Novo!!: Bitola métrica e Estrada de Ferro do Norte · Veja mais »

Estrada de Ferro Elétrica Votorantim

A Estrada de Ferro Elétrica Votorantim (EFEV), inicialmente chamada de Estrada de Ferro Votorantim, foi uma pequena ferrovia paulista, em bitola métrica e eletrificada, com cerca de treze quilômetros, que durante o século XX, serviu o transporte de cargas da Fábrica de Tecidos Votorantim e de passageiros na região de Votorantim, antigo distrito de Sorocaba.

Novo!!: Bitola métrica e Estrada de Ferro Elétrica Votorantim · Veja mais »

Estrada de Ferro Guararense

A Estrada de Ferro Guararense existiu não mais que somente por dez meses e tinha como objetivo ligar o município de Guarará ao seu distrito e vila (hoje o município de Bicas), na Zona da Mata mineira, um trecho de 4 km.

Novo!!: Bitola métrica e Estrada de Ferro Guararense · Veja mais »

Estrada de Ferro Machadense

A Estrada de Ferro Machadense foi aberta em 1922, ligando a Estação da RSM de Gaspar Lopes, Distrito de Alfenas, à Machado.

Novo!!: Bitola métrica e Estrada de Ferro Machadense · Veja mais »

Estrada de Ferro Minas e Rio

A Estrada de Ferro Minas e Rio foi uma ferrovia inaugurada em 1884, foi incorporada à RSM em 1910.

Novo!!: Bitola métrica e Estrada de Ferro Minas e Rio · Veja mais »

Estrada de Ferro Muzambinho

A Estrada de Ferro Muzambinho foi uma ferrovia inaugurada na década de 1890, foi incorporada à Estrada de Ferro Minas e Rio em 1908.

Novo!!: Bitola métrica e Estrada de Ferro Muzambinho · Veja mais »

Estrada de Ferro Oeste de Minas

A Estrada de Ferro Oeste de Minas - EFOM - (São João del-Rei, 02 de fevereiro de 1878 - Belo Horizonte, 23 de janeiro de 1931) foi uma empresa ferroviária mineira.

Novo!!: Bitola métrica e Estrada de Ferro Oeste de Minas · Veja mais »

Estrada de Ferro Paracatu

A Estrada de Ferro Paracatu foi inaugurada na década de 1910 e incorporada à Estrada de Ferro Oeste de Minas em 1922.

Novo!!: Bitola métrica e Estrada de Ferro Paracatu · Veja mais »

Estrada de Ferro Pirahyense

A Estrada de Ferro Pirahyense iniciou seus trabalhos de construção da linha de Sant'Anna (atual Santanésia) a Passa Três, no município de Rio Claro, em 24 de novembro de 1879.

Novo!!: Bitola métrica e Estrada de Ferro Pirahyense · Veja mais »

Estrada de Ferro Santa Isabel do Rio Preto

A Estrada de Ferro Santa Isabel do Rio Preto foi uma ferrovia cujos trabalhos se iniciaram em 23 de agosto de 1878, tendo primeiro trecho inaugurado em 1881.

Novo!!: Bitola métrica e Estrada de Ferro Santa Isabel do Rio Preto · Veja mais »

Estrada de Ferro Sorocabana

A Estrada de Ferro Sorocabana foi uma companhia ferroviária brasileira.

Novo!!: Bitola métrica e Estrada de Ferro Sorocabana · Veja mais »

Estrada de Ferro Trespontana

A Estrada de Ferro Trespontana foi inaugurada em 1895, com apenas uma estação, a terminal em Três Pontas.

Novo!!: Bitola métrica e Estrada de Ferro Trespontana · Veja mais »

Estrada de Ferro Vitória a Minas

A Concessionária Estrada de Ferro Vitória a Minas S.A., também conhecida pela abreviação EFVM, é uma empresa ferroviária brasileira que interliga a Região Metropolitana de Vitória, no Espírito Santo, a Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais — trecho da EF-262.

Novo!!: Bitola métrica e Estrada de Ferro Vitória a Minas · Veja mais »

Eusko Trenbideak - Ferrocarriles Vascos, S.A.

Composição do EuskoTran em Bilbau A Eusko Trenbideak - Ferrocarriles Vascos, S.A. é uma empresa de capitais públicos do governo basco criada em 1982 para operar as linhas ferroviárias de bitola métrica dentro da comunidade autónoma do País Basco, Espanha, no âmbito do.

Novo!!: Bitola métrica e Eusko Trenbideak - Ferrocarriles Vascos, S.A. · Veja mais »

Extensão Juquiá-Cajati

A extensão Juquiá-Cajati foi construída pela FEPASA entre os anos de 1981 e 1987, sendo inaugurada no dia 18 de Maio de 1987.

Novo!!: Bitola métrica e Extensão Juquiá-Cajati · Veja mais »

Ferrocarril General Manuel Belgrano

O Ferrocarril General Manuel Belgrano (FCGMB), chamado assim em honra ao prócer argentino Manuel Belgrano, é o mais extenso da rede ferroviária argentina.

Novo!!: Bitola métrica e Ferrocarril General Manuel Belgrano · Veja mais »

Ferroeste

A Estrada de Ferro Paraná Oeste S.A., ou Ferroeste, é uma empresa ferroviária estatal brasileira criada em 15 de março de 1988 e que tem como principal acionista o estado do Paraná.

Novo!!: Bitola métrica e Ferroeste · Veja mais »

Ferrovia

Uma ferrovia (chamada também de via férrea) é um sistema de transporte baseado em trens (comboio) correndo sobre carris (trilhos) previamente dispostos.

Novo!!: Bitola métrica e Ferrovia · Veja mais »

Ferrovia Bandeirantes S.A.

Ferrovias Bandeirantes S.A. (ou Simplesmente "Ferroban"), empresa de transição que arrematou a Malha Paulista da Rede Ferroviária Federal em 1998, em processo de privatização, após a transferência da FEPASA pelo Estado de São Paulo para a Rede Ferroviária Federal.

Novo!!: Bitola métrica e Ferrovia Bandeirantes S.A. · Veja mais »

Ferrovia Norte-Sul

A Ferrovia Norte-Sul (EF-151) é uma ferrovia longitudinal brasileira, em bitola larga, projetada para ser a espinha dorsal do sistema ferroviário nacional, interligando as principais malhas ferroviárias das cinco regiões do país.

Novo!!: Bitola métrica e Ferrovia Norte-Sul · Veja mais »

Ferrovia Novoeste S.A.

A Ferrovia Novoeste S.A. foi uma empresa ferroviária brasileira, que arrematou a concessão da Malha Oeste da Rede Ferroviária Federal em 1996, oriunda da antiga Estrada de Ferro Noroeste do Brasil.

Novo!!: Bitola métrica e Ferrovia Novoeste S.A. · Veja mais »

Ferrovia Paraná S.A.

A Ferrovia Paraná S.A. (Ferropar) foi uma empresa privada brasileira que operou a partir de 1997 a Ferroeste.

Novo!!: Bitola métrica e Ferrovia Paraná S.A. · Veja mais »

Ferrovia Rética

Categoria:Patrimônio Mundial da UNESCO na Suíça A Ferrovia Rética (Rhätische Bahn; Ferrovia Retica; língua romanche: Viafer Retica), também conhecida pela sigla em alemão RhB, é a maior companhia ferroviária privada da Suíça e segunda mais importante, depois da estatal SBB-CFF-FFS.

Novo!!: Bitola métrica e Ferrovia Rética · Veja mais »

Ferrovia Transnordestina Logística

A Ferrovia Transnordestina Logística (FTL) é uma empresa privada controlada pelo Grupo CSN criada a partir da cisão da Transnordestina Logística S/A em 29 de outubro de 2012 e aprovada em 22 de fevereiro de 2013, a partir da Resolução nº 4042 da ANTT.

Novo!!: Bitola métrica e Ferrovia Transnordestina Logística · Veja mais »

Frota da Estrada de Ferro Sorocabana

A Frota da Estradas de Ferro Sorocabana nessa lista abaixo apresenta as locomotivas da Estrada de Ferro Sorocabana.

Novo!!: Bitola métrica e Frota da Estrada de Ferro Sorocabana · Veja mais »

Funicular do Vale dos Caídos

O Funicular do Vale dos Caídos está situado no Valle de los Caídos, a cerca de 40 km de Madrid, no município de San Lorenzo de El Escorial Espanha, ligando a basílica à cruz monumental.

Novo!!: Bitola métrica e Funicular do Vale dos Caídos · Veja mais »

GE BB40-9M

As GE BB40-9 são locomotivas Diesel-Elétrica, que foram compradas pela Estrada de Ferro Vitória a Minas em 1995.

Novo!!: Bitola métrica e GE BB40-9M · Veja mais »

GE BB40-9WM

As GE Dash 9-40BBW são locomotivas Diesel-Elétrica que foram compradas pela Estrada de Ferro Vitória a Minas a partir de 1997, versão de bitola estreita da popular locomotiva GE Dash 9-40CW.

Novo!!: Bitola métrica e GE BB40-9WM · Veja mais »

GE C22-7i

A Locomotiva Diesel - Elétrica GE C22-7i é uma locomotiva diesel - elétrica produzida pela GE nos anos 90, para ser utilizada em países em desenvolvimento ou com exigência de baixo peso por eixo para o transporte de cargas, em substituição ao modelo U20C.

Novo!!: Bitola métrica e GE C22-7i · Veja mais »

GE ES43BBi

A locomotiva GE ES43BBi é uma locomotiva diesel - elétrica produzida pela GE Transportation a partir de 2014 e será operada pela América Latina Logística / Klabin (inicialmente), principalmente no transporte de papel e celulose até o Porto de Paranaguá.

Novo!!: Bitola métrica e GE ES43BBi · Veja mais »

GE U20C

A GE U20C é uma locomotiva diesel - elétrica produzida pela GE entre os anos de 1960 e final dos anos de 1990.

Novo!!: Bitola métrica e GE U20C · Veja mais »

GE U8B

A Locomotiva Diesel - Elétrica GE U8B é uma locomotiva diesel - elétrica produzida pela GE entre 1960 e 1965, sendo utilizada no Brasil, Guatemala e Vietnã.

Novo!!: Bitola métrica e GE U8B · Veja mais »

Glacier Express

O Glacier Express - o Expresso do Glaciar - é o nome de um comboio turístico na Suíça entre St Moritz e Zermatt via Coira, Disentis/Mustér, Andermatt e Briga (Valais).

Novo!!: Bitola métrica e Glacier Express · Veja mais »

GMD B12

GMD B12 foi uma classe de locomotiva produzida pela Electro-Motive Diesel no Canadá, utilizando-se do motor a diesel EMD 567 para exportação na década de 1950.

Novo!!: Bitola métrica e GMD B12 · Veja mais »

História da Linha do Corgo

A Linha do Corgo, originalmente denominada de Linha do Valle do Corgo e de Caminho de Ferro da Regoa a Chaves, foi uma ligação ferroviária entre a Estação de Régua, na Linha do Douro, e a cidade de Chaves, no Distrito de Vila Real, em Portugal.

Novo!!: Bitola métrica e História da Linha do Corgo · Veja mais »

Hokkaido Railway Company

A é uma das empresas constituintes da Japan Railway, sendo mais conhecida como.

Novo!!: Bitola métrica e Hokkaido Railway Company · Veja mais »

Intercidades (CP)

right O serviço Intercidades refere-se a uma família de comboios de passageiros de longa distância em Portugal, gerida pela CP - Comboios de Portugal, E.P.E..

Novo!!: Bitola métrica e Intercidades (CP) · Veja mais »

KM ML4000

Locomotiva diesel-hidráulica produzida pela Krauss-Maffei da Alemanha para a EFVM.

Novo!!: Bitola métrica e KM ML4000 · Veja mais »

Lézard rouge

O "Lagarto Vermelho" nas gargantas de Selja Lézard rouge ("lagarto vermelho" em) é o nome de um comboio turístico da Tunísia, que percorre as gargantas de Selja, um desfiladeiro de paredes a pique por onde corre o uádi Selja e que liga o vale de Gafsa ao planalto de Redeyef.

Novo!!: Bitola métrica e Lézard rouge · Veja mais »

Leysin

Leysin é uma comuna suíça de, situada no districto de Aigle.

Novo!!: Bitola métrica e Leysin · Veja mais »

Linha 9 da CPTM

A Linha 9–Esmeralda da CPTM compreende o trecho da rede metropolitana definida entre as estações Osasco ↔ Grajaú.

Novo!!: Bitola métrica e Linha 9 da CPTM · Veja mais »

Linha Aigle-Leysin

A Linha Aigle-Leysin (AL) é linha de caminho de ferro de 6,2 km, a via única, de bitola métrica que circula no cantão de entre Aigle e Leysin.

Novo!!: Bitola métrica e Linha Aigle-Leysin · Veja mais »

Linha Aigle-Ollon-Monthey-Champéry

A Linha Aigle-Ollon-Monthey-Champéry (AOMC) é uma linha de caminho de ferro de 23 km, a via única, de bitola métrica que circula no cantão de entre Aigle e Champéry.

Novo!!: Bitola métrica e Linha Aigle-Ollon-Monthey-Champéry · Veja mais »

Linha Aigle-Sépey-Diablerets

A Linha Aigle-Sépey-Diablerets (ASD) é uma linha de caminho de ferro de 23 km, a via única, de bitola métrica que circula em entre Aigle e Diablerets.

Novo!!: Bitola métrica e Linha Aigle-Sépey-Diablerets · Veja mais »

Linha Bex-Villars-Bretaye

A Linha Bex-Villars-Bretaye (BVB) é uma linha de caminho de ferro de 17 km, a via única, de bitola métrica, a cremalheira sistema Abt, e que circula em entre Bex e Bretaye.

Novo!!: Bitola métrica e Linha Bex-Villars-Bretaye · Veja mais »

Linha Bière-Apples-Morges

A Linha Bière-Apples-Morges (BAM), é uma linha de caminho de ferro, de 30 km a via única, de bitola métrica, que liga a estação de Morges a Bière via Aples, e que tem uma linha secundário de Apple a l'Isle.

Novo!!: Bitola métrica e Linha Bière-Apples-Morges · Veja mais »

Linha da Bernina

A Linha de Bernina (Ligne de la Bernina, Berninabahn.) é uma linha de caminho de ferro pertencente á Ferrovia Rética de bitola métrica que circula entre Tirano na Itália e Saint Moritz no cantão dos Grisões na Suíça.

Novo!!: Bitola métrica e Linha da Bernina · Veja mais »

Linha da Furka

A linha de cume da Furka é uma linha de caminho de ferro a cremalheira de bitola métrica entre Realp e Oberwald, na, e que utiliza o antigo túnel no Passo da Furka.

Novo!!: Bitola métrica e Linha da Furka · Veja mais »

Linha de Albula

A Linha de Albula (Ligne de l'Albula - Albulabahn) é uma uma linha de caminho de ferro pertencente á Ferrovia Rética de bitola métrica que circula no cantão suiço dos Grisões.

Novo!!: Bitola métrica e Linha de Albula · Veja mais »

Linha de Crestuma

| A Linha de Crestuma foi um caminho de ferro de via estreita que foi planeado mas nunca construído, que deveria ter ligado a Estação Ferroviária da Senhora da Hora, na Linha da Póvoa, à Linha do Vouga, em Portugal.

Novo!!: Bitola métrica e Linha de Crestuma · Veja mais »

Linha de Guimarães

A Linha de Guimarães, originalmente denominada de Caminho de Ferro de Guimarãis, é uma linha férrea portuguesa de serviço maioritariamente urbano, que se compreendeu, na sua extensão máxima, entre a Estação Ferroviária de Porto-Trindade e Fafe.

Novo!!: Bitola métrica e Linha de Guimarães · Veja mais »

Linha de Lamego

| A Linha de Lamego foi um projecto, não concluído, de um caminho de ferro em via estreita (1000 mm), com cerca de 20 quilómetros de extensão, que ligaria a Régua a Lamego, em Portugal.

Novo!!: Bitola métrica e Linha de Lamego · Veja mais »

Linha de Saint-Gervais-les-Bains-Le Fayet a Vallorcine

Um conjunto Z 8000 no viaduto Sainte-Marie A Linha de Saint-Gervais-les-Bains-Le Fayet a Vallorcine é uma linha de caminho de ferro de via única e bitola métrica com 36.9 km de comprimento que liga a estação de Saint-Gervais-les-Bains-Le Fayet (via Chamonix-Monte-Branco), com a estação Châtelard na fronteira franco-suíça, e término da Linha Martigny-Châtelard na Suíça.

Novo!!: Bitola métrica e Linha de Saint-Gervais-les-Bains-Le Fayet a Vallorcine · Veja mais »

Linha de Tomar à Nazaré e Leiria

| A Linha de Tomar à Nazaré e Leiria foi um caminho de ferro de via estreita que esteve planeado mas nunca chegou a ser construído, que deveria ter ligado as localidades de Tomar à Nazaré e Leiria, em Portugal.

Novo!!: Bitola métrica e Linha de Tomar à Nazaré e Leiria · Veja mais »

Linha do Alto Minho

| A Linha do Alto Minho foi um projecto ferroviário abandonado em Portugal, que tinha como objectivo ligar a cidade de Braga a Monção, servindo desta forma a região do Minho interior.

Novo!!: Bitola métrica e Linha do Alto Minho · Veja mais »

Linha do Cávado

| A Linha do Cávado, igualmente conhecida como Linha do Vale do Cávado, foi um caminho de ferro de via estreita que foi projectado mas nunca construído, que deveria ligar Esposende a Braga, no Distrito de Braga, em Portugal.

Novo!!: Bitola métrica e Linha do Cávado · Veja mais »

Linha do Entroncamento a Rio Maior

| A Linha do Entroncamento a Rio Maior foi um caminho de ferro de via estreita que esteve planeado mas nunca chegou a ser construído, que deveria ter unir a Estação de Entroncamento ao centro mineiro de Rio Maior, em Portugal.

Novo!!: Bitola métrica e Linha do Entroncamento a Rio Maior · Veja mais »

Linha do Litoral do Minho

| A Linha do Litoral do Minho foi um projecto ferroviário de via métrica em Portugal, nunca concretizado, cujo objectivo era de ligar a Senhora da Hora a Viana do Castelo, aproveitando parte do traçado da Linha do Porto à Póvoa e Famalicão.

Novo!!: Bitola métrica e Linha do Litoral do Minho · Veja mais »

Linha do Porto à Póvoa e Famalicão

| A Linha do Porto à Póvoa e Famalicão, igualmente conhecida como Linha do Litoral do Minho ou Linha da Póvoa, foi uma via-férrea de via estreita em Portugal, que ligava a cidade do Porto às localidades de Póvoa de Varzim e Famalicão.

Novo!!: Bitola métrica e Linha do Porto à Póvoa e Famalicão · Veja mais »

Linha do Tua

A Linha do Tua é uma ligação ferroviária de via estreita que ligava Foz Tua, na Linha do Douro, até à cidade de Bragança, na região portuguesa de Trás-os-Montes.

Novo!!: Bitola métrica e Linha do Tua · Veja mais »

Linha do Vale do Lima

| A Linha do Vale do Lima foi uma via férrea projectada mas nunca concluída, em via estreita (1000 mm) eletrificadaManuel Margarido TÃO: “150 Anos de Material Motor Francês em Portugal” O Foguete 17 (2007.01-03): p. 23-24.

Novo!!: Bitola métrica e Linha do Vale do Lima · Veja mais »

Linha Martigny-Châtelard

Chegada a Châtelard A Linha Martigny-Châtelard faz parte da companhia, Transportes de Martigny e Região que além desta também explora a Linha Martigny–Orsières.

Novo!!: Bitola métrica e Linha Martigny-Châtelard · Veja mais »

Linha Matterhorn-Gotthard

A Linha Matterhorn-Gotthard - em alemão Matterhorn-Gotthard Bahn (MGB) - é o resultado da fusão da Furka-Oberalp (FO) e de Brig-Visp-Zermatt (BVZ).

Novo!!: Bitola métrica e Linha Matterhorn-Gotthard · Veja mais »

Linha Nyon–St.Cergue–LaCure-Morez

A Linha Nyon–St-Cergue–La Cure-Morez (NStCM) é uma linha ferroviária a via única, de bitola métrica, com 27 km d comprimento, que parte da estação dos Caminhos de Ferro Federais da Suíça (CFF) em Nyon até à fronteira francesa de La Cure, depois de passar por Saint-Cergue.

Novo!!: Bitola métrica e Linha Nyon–St.Cergue–LaCure-Morez · Veja mais »

Linha Santos-Juquiá (Sorocabana)

O Ramal Cajati-Santos é uma ferrovia brasileira que liga a cidade de Santos com a cidade de Cajati, passando por Juquiá e Itanhaém.

Novo!!: Bitola métrica e Linha Santos-Juquiá (Sorocabana) · Veja mais »

Linha Saracuruna da SuperVia

A Linha Saracuruna: Central do Brasil ↔ Saracuruna é uma das linhas da Supervia.

Novo!!: Bitola métrica e Linha Saracuruna da SuperVia · Veja mais »

Lista de bitolas

As ferrovias com bitola maior que a bitola padrão (1435 mm) são sempre denominada de bitola larga.

Novo!!: Bitola métrica e Lista de bitolas · Veja mais »

Lista de empresas ferroviárias da Suíça

Lista de empresas ferroviárias da Suíça.

Novo!!: Bitola métrica e Lista de empresas ferroviárias da Suíça · Veja mais »

Lista de padrões de escala para ferromodelismo

Algumas das escalas do ferromodelismo. Essa lista inclui os padrões de escala mais relevantes para o ferromodelismo.

Novo!!: Bitola métrica e Lista de padrões de escala para ferromodelismo · Veja mais »

Lydya (locomotiva)

A Lydya foi o nome de uma locomotiva diesel experimental da Companhia Nacional de Caminhos de Ferro, em Portugal.

Novo!!: Bitola métrica e Lydya (locomotiva) · Veja mais »

Marines (Val-d'Oise)

Marines é uma comuna francesa situada no departamento de Val-d'Oise na região da Ilha de França.

Novo!!: Bitola métrica e Marines (Val-d'Oise) · Veja mais »

Metro Ligeiro de Mirandela

O Metropolitano Ligeiro de Mirandela é uma empresa criada pela Câmara Municipal de Mirandela para transporte coletivo de passageiros em meio ferroviário ligeiro de superfície.

Novo!!: Bitola métrica e Metro Ligeiro de Mirandela · Veja mais »

Metropolitano de Atenas

O metropolitano de Atenas (Μετρό Αθήνας) é o sistema de metropolitano que opera na cidade de Atenas, capital da Grécia.

Novo!!: Bitola métrica e Metropolitano de Atenas · Veja mais »

Metropolitano de Bruxelas

O Metropolitano de Bruxelas, capital da Bélgica, é uma rede de metropolitano com quatro linhas que perfazem um total de cerca de 50 km de comprimento com 69 estações.

Novo!!: Bitola métrica e Metropolitano de Bruxelas · Veja mais »

Museu Ferroviário de Lousado

O Museu dos Caminhos de Ferro de Lousado, Famalicão está instalado nas antigas oficinas do Caminho-de-Ferro de Guimarães (1883-1927), que constituem hoje um ícone a considerar no âmbito da arqueologia industrial portuguesa.

Novo!!: Bitola métrica e Museu Ferroviário de Lousado · Veja mais »

Ponte do Pocinho

A Ponte Rodo-Ferroviária do Pocinho, também conhecida por Ponte do Pocinho, é uma infraestrutura rodo-ferroviária da Linha do Sabor, que cruza o Rio Douro no Concelho de Vila Nova de Foz Côa, em Portugal; encontra-se encerrada ao serviço, para ambos os tipos de tráfego.

Novo!!: Bitola métrica e Ponte do Pocinho · Veja mais »

Ramal de Matosinhos

| O Ramal de Matosinhos, originalmente conhecido como Ramal de Leixões (não confundir com a Linha de Leixões), e também conhecido como Linha de Leça, foi um troço ferroviário, em bitola métrica (1,000 m), que ligava a Estação Ferroviária de Senhora da Hora, na Linha do Porto à Póvoa e Famalicão, ao Porto de Leixões, em Portugal.

Novo!!: Bitola métrica e Ramal de Matosinhos · Veja mais »

Ramal Santiago–Santo Ângelo

O Ramal Santiago–Santo Ângelo é um ramal ferroviário de bitola métrica localizado no Noroeste do Rio Grande do Sul.

Novo!!: Bitola métrica e Ramal Santiago–Santo Ângelo · Veja mais »

Rede Mineira de Viação

Rede Mineira de Viação (1931-1965) foi uma ferrovia do Brasil.

Novo!!: Bitola métrica e Rede Mineira de Viação · Veja mais »

Rede Sul Mineira

A Rede Sul Mineira foi resultado da fusão de duas ferrovias sul-mineiras, sendo elas: Estrada de Ferro Minas e Rio e Viação Férrea Sapucaí, ocorrida em 1910, sendo incorporada à RMV em 1931.

Novo!!: Bitola métrica e Rede Sul Mineira · Veja mais »

Rio Grande do Sul

Rio Grande do Sul é uma das 27 unidades federativas do Brasil.

Novo!!: Bitola métrica e Rio Grande do Sul · Veja mais »

Série 1-2 da CCFPP

A Série 1-2, igualmente conhecida como Fairlie, foi um tipo de locomotiva a tracção a vapor, que foi utilizado pela Companhia do Caminho de Ferro do Porto à Póvoa e Famalicão, em Portugal.

Novo!!: Bitola métrica e Série 1-2 da CCFPP · Veja mais »

Série 9000 da CP

A Série 9000 refere-se a um tipo de locomotiva a tracção diesel eléctrica, que foi utilizada pela companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses nas Linhas do Vouga, Corgo, Tâmega, Porto à Póvoa e Famalicão e Guimarães, e no Ramal de Aveiro.

Novo!!: Bitola métrica e Série 9000 da CP · Veja mais »

Série 9020 da CP

A Série 9020 refere-se a um tipo de locomotiva a tracção diesel eléctrica, que foi utilizada pela companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses nas Linhas do Porto à Póvoa e Famalicão, Corgo, Tua e Guimarães.

Novo!!: Bitola métrica e Série 9020 da CP · Veja mais »

Série 9100 da CP

A Série 9100 corresponde a um tipo de automotora, que foi utilizada pela operadora Caminhos de Ferro Portugueses na Linha do Tâmega, em Portugal.

Novo!!: Bitola métrica e Série 9100 da CP · Veja mais »

Série 9300 da CP

A Série 9300 (9301-9310) refere-se a um tipo de automotora, que era utilizada pela companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses nas Linhas do Vouga, Dão, Porto à Póvoa e Famalicão, Guimarães e Tua, e nos Ramais de Aveiro e Matosinhos.

Novo!!: Bitola métrica e Série 9300 da CP · Veja mais »

Série 9400 da CP

A Série 9400 corresponde a um tipo de automotora, que foi utilizada pela operadora Caminhos de Ferro Portugueses na Linha do Vouga e no Ramal de Aveiro, em Portugal.

Novo!!: Bitola métrica e Série 9400 da CP · Veja mais »

Série 9600 da CP

A Série 9600 da CP é um conjunto de 22 automotoras de via estreita idênticas, que estiveram ao serviço da operadora Caminhos de Ferro Portugueses e da sua sucessora, Comboios de Portugal, entre 1976 e 2002.

Novo!!: Bitola métrica e Série 9600 da CP · Veja mais »

Série 9630 da CP

A Série 9630, também conhecida como Vouguinha, é um tipo de automotora, utilizada pela companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses na Linha do Vouga e no Ramal de Aveiro, em Portugal.

Novo!!: Bitola métrica e Série 9630 da CP · Veja mais »

Série 9700 da CP

A Série 9700, também conhecida pela sua alcunha, Xepas, foi um tipo de automotora, que foi utilizada pela companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses nas Linhas do Corgo, Tua e Vouga.

Novo!!: Bitola métrica e Série 9700 da CP · Veja mais »

Série E141 a E144 da CP

A Série E141 a E144, igualmente classificada como Série E140, foi um tipo de locomotiva-tanque a tracção a vapor, que foi utilizada pela Companhia dos Caminhos de Ferro do Norte de Portugal, e, posteriormente, pela Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses.

Novo!!: Bitola métrica e Série E141 a E144 da CP · Veja mais »

Série E161 a E170 da CP

A Série E161 a E170, igualmente conhecida como Série E160, foi um tipo de locomotiva a tracção a vapor, que foi utilizada pelos Caminhos de Ferro do Estado e pela Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses.

Novo!!: Bitola métrica e Série E161 a E170 da CP · Veja mais »

Série E201 a E216 da CP

A Série E201 a E216, igualmente conhecida como Série E200, foi uma família de locomotivas a tracção a vapor, que foram utilizadas pela Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses.

Novo!!: Bitola métrica e Série E201 a E216 da CP · Veja mais »

Série ME 21 da CP

A Série ME 21, popularmente conhecida como peixeira, corresponde a um tipo de automotora de mercadorias, que foi utilizada pela Companhia do Vouga e pela sua sucessora, a Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses, na Linha do Vouga, em Portugal.

Novo!!: Bitola métrica e Série ME 21 da CP · Veja mais »

Sistema de Trens do Subúrbio de Salvador

O Sistema de Trens do Subúrbio de Salvador, por vezes Sistema Ferroviário do Subúrbio de Salvador, é um sistema ferroviário em operação na cidade brasileira de Salvador, Bahia.

Novo!!: Bitola métrica e Sistema de Trens do Subúrbio de Salvador · Veja mais »

Sistema de Trens Urbanos de João Pessoa

O Sistema de Trens Urbanos de João Pessoa é o sistema de trens metropolitanos da Região Metropolitana de João Pessoa.

Novo!!: Bitola métrica e Sistema de Trens Urbanos de João Pessoa · Veja mais »

Sistema de Trens Urbanos de Maceió

O Sistema de Trens Urbanos de Maceió é o sistema de trens metropolitanos da Região Metropolitana de Maceió.

Novo!!: Bitola métrica e Sistema de Trens Urbanos de Maceió · Veja mais »

Sistema de Trens Urbanos de Natal

O Sistema de Trens Urbanos de Natal é o sistema de metrô de superfície da Região Metropolitana de Natal.

Novo!!: Bitola métrica e Sistema de Trens Urbanos de Natal · Veja mais »

Sistema Decauville

O Decauville é um sistema de caminho-de-ferro de via ultra-estreita (bitola de 400 a 600 milímetros) que ficou conhecido pelo nome do inventor — Paul Decauville (1846-1922).

Novo!!: Bitola métrica e Sistema Decauville · Veja mais »

SuperVia

SuperVia é o nome da empresa criada pelo consórcio então vencedor da licitação (Consórcio Espanhol Bolsa 2000) que recebeu do Governo do Estado do Rio de Janeiro a concessão por 25 anos, renováveis por mais 25 anos, para operação comercial e manutenção da malha ferroviária urbana de passageiros da região metropolitana do Rio de Janeiro, a partir do dia 1 de novembro de 1998.

Novo!!: Bitola métrica e SuperVia · Veja mais »

Túnel da Mantiqueira

O Túnel da Mantiqueira é um túnel ferroviário com 997 metros de extensão, localizado nos km 23 e 24 da Estrada de Ferro Minas e Rio, precisamente na fronteira entre os Estados de São Paulo e Minas Gerais, e também os municípios de Cruzeiro-SP e Passa Quatro-MG.

Novo!!: Bitola métrica e Túnel da Mantiqueira · Veja mais »

Túnel de Albula

O Túnel de Albula, é um túnel ferroviário na linha de Albula no cantão de Grisões, na Suíça, na linha na Ferrovia Rética (RhB) entre Thusis e São Moritz, linha que comporta 39 tuneis e 55 pontes entre as quais o viaduto Landwasser.

Novo!!: Bitola métrica e Túnel de Albula · Veja mais »

Túnel de base da Furka

O Túnel de base da Furka é um túnel de caminho de ferro de 15,35 km entre Oberwald Valais, a 1 368 m de altitude, e Realp Uri, a 1 538 m, e que veio substituir a linha de montanha da Furka que culmina a 2 160 m e que actualmente é explorada por uma associação de voluntários.

Novo!!: Bitola métrica e Túnel de base da Furka · Veja mais »

Transnordestina

A Ferrovia Nova Transnordestina (EF-232 e EF-116) é uma ferrovia brasileira, em bitola mista, projetada para ligar o Porto de Pecém, no Ceará, ao Porto de Suape, em Pernambuco, além do cerrado do Piauí, no município de Eliseu Martins, com extensão total de 1.728 km.

Novo!!: Bitola métrica e Transnordestina · Veja mais »

Transporte ferroviário em Portugal

O transporte ferroviário em Portugal é composto, essencialmente, pelas infra-estruturas de via e apoio ao tráfego, cuja gestão está entregue à empresa Infraestruturas de Portugal, e pela exploração de passageiros e carga, efectuada, principalmente, pela operadora Comboios de Portugal, e por outras empresas, como a Medway, Fertagus e Takargo.

Novo!!: Bitola métrica e Transporte ferroviário em Portugal · Veja mais »

Transporte ferroviário na Índia

Mapa da rede ferroviária indiana e tempo de viagem entre as estações principais O transporte ferroviário na Índia é um modo de transporte a longa distância que consiste em operações ferroviárias manipuladas quase sempre por uma empresa estatal, a Indian Railways, sob controle do Ministério Federal da Ferrovia.

Novo!!: Bitola métrica e Transporte ferroviário na Índia · Veja mais »

Transporte ferroviário no Brasil

O transporte ferroviário no Brasil possui uma rede de quilômetros de extensão, dos quais quilômetros são eletrificados, espalhados por 22 estados brasileiros mais o Distrito Federal, divididos em quatro tipos de bitolas.

Novo!!: Bitola métrica e Transporte ferroviário no Brasil · Veja mais »

Transportes do Rio Grande do Sul

Os transportes do Rio Grande do Sul são um domínio de estudos e conhecimentos sobre as características da malha viária do estado.

Novo!!: Bitola métrica e Transportes do Rio Grande do Sul · Veja mais »

Transportes públicos do Chablais

O AL, ASD e AOM na estação de Aigle; Os Transportes públicos do Chablais (TPC) são uma empresa ferroviária que foi criada em 1999 com a fusão de quatro companhias de caminho de ferro a bitola métrica na região do Chablais Vaudois, Além do caminho de ferro esta empresa também possui uma rede de autocarros.

Novo!!: Bitola métrica e Transportes públicos do Chablais · Veja mais »

Transversal de Valpaços

| A Transversal de Valpaços foi um projecto abandonado para uma linha férrea de bitola métrica em Portugal, que ligaria as estações de Pedras Salgadas ou Vila Pouca de Aguiar, na Linha do Tâmega, a Mirandela, na Linha do Tua.

Novo!!: Bitola métrica e Transversal de Valpaços · Veja mais »

Trâmuei do Monte Branco

Trâmuei do Monte Branco (Tramway du Mont-Blanc) é na realidade o nome de uma linha de caminho de ferro de bitola métrica usada no maciço do Monte Branco para ligar a estação de Saint-Gervais-les-Bains-Le Fayet que se encontra a 580 m de altura, com o glaciar de Bionnassay e mais precisamente com a estação do Ninho da Águia a 2 372 m, pelo que é a mais alta linha de caminho de ferro da França.

Novo!!: Bitola métrica e Trâmuei do Monte Branco · Veja mais »

Trem do Corcovado

O Trem do Corcovado é uma linha férrea localizada na cidade do Rio de Janeiro.

Novo!!: Bitola métrica e Trem do Corcovado · Veja mais »

TUE Kawasaki/Toshiba - Série 4800

O TUE Kawasaki/Toshiba Série 4800 é um Trem unidade elétrico pertencente ao Material Rodante da CPTM.

Novo!!: Bitola métrica e TUE Kawasaki/Toshiba - Série 4800 · Veja mais »

Valor da Logística Integrada

A VLI Multimodal S.A. (antigo acrônimo para Valor da Logística Integrada) é uma empresa de logística do Brasil que controla as concessionárias de transporte ferroviário de cargas Ferrovia Centro-Atlântica S.A. (FCA S.A.) e Ferrovia Norte-Sul S.A. (FNS S.A.), no trecho entre Açailândia e Palmas, totalizando 7.940 quilômetros de extensão.

Novo!!: Bitola métrica e Valor da Logística Integrada · Veja mais »

Viação Férrea Sapucaí

A Viação Férrea Sapucaí surge em 1889, quando a Estrada de Ferro Sapucaí incorporou a Estrada de Ferro Santa Isabel do Rio Preto e a Estrada de Ferro Pirahyense (Estrada de Ferro Santana).

Novo!!: Bitola métrica e Viação Férrea Sapucaí · Veja mais »

Villefranche-de-Conflent

Villefranche-de-Conflent Vilafranca de Conflent é uma comuna francesa do departamento dos Pirenéus Orientais, região da Occitânia.

Novo!!: Bitola métrica e Villefranche-de-Conflent · Veja mais »

Viseu

Viseu é uma cidade portuguesa do distrito homónimo, situada na província da Beira Alta, região centro e sub-região do Dão-Lafões, com cerca de 68000 habitantes, sendo a segunda maior cidade da região do Centro de Portugal depois de Coimbra.

Novo!!: Bitola métrica e Viseu · Veja mais »

Redireciona aqui:

Bitola Métrica, Via métrica.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »