Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Toponímia

Índice Toponímia

Toponímia (do gregos τόπος, "lugar", e ὄνομα, "nome", significando, portanto, "nome de lugar") é a divisão da onomástica que estuda os nomes geográficos ou topônimos, ou seja, nomes próprios de lugares, da sua origem e evolução; é considerada uma parte da linguística, com fortes ligações com a história, arqueologia e a geografia.

48 relações: Albergaria-a-Velha, Albert Dauzat, Alcácer do Sal, Alcobaça (Portugal), Arqueologia, Budapeste, Cidade, Curitiba, Exônimo, Freixo de Cima, Gentílico, Geografia, Geonímia, Guarujá, História, José de Anchieta, Latim, Língua árabe, Língua grega, Língua tupi, Lisboa, Manuel da Nóbrega, Município, Nome próprio, Onomástica, País, Pará de Minas, Paris, Portalegre (Portugal), Porto, Porto Alegre, Portugal, Província, Rio de Janeiro, Rio Guadiana, São Paulo, São Sebastião do Rio Verde, Serra Nevada (Espanha), Taxonomia, Tóquio, Topónimos árabes em Portugal, Topónimos celtas em Portugal, Topónimos romanos em Portugal, Toponímia do Brasil, Vila, Villahermosa (Espanha), 1554, 25 de janeiro.

Albergaria-a-Velha

Albergaria-a-Velha é uma cidade portuguesa pertencente à Região de Aveiro da zona Centro do país, com habitantes.

Novo!!: Toponímia e Albergaria-a-Velha · Veja mais »

Albert Dauzat

Albert Dauzat (Guéret, 4 de julho de 1877 — Argel, 31 de outubro de 1955) foi um lingüista francês, autor de mais de cinqüenta obras e um dos pioneiros no estudo da Onomástica.

Novo!!: Toponímia e Albert Dauzat · Veja mais »

Alcácer do Sal

Alcácer do Sal é uma cidade portuguesa pertencente ao Distrito de Setúbal, região (NUTS II) Alentejo e sub-região (NUTS III) do Alentejo Litoral, com cerca de habitantes.

Novo!!: Toponímia e Alcácer do Sal · Veja mais »

Alcobaça (Portugal)

Alcobaça DmTE é uma cidade portuguesa do distrito de Leiria, situada na histórica província da Estremadura e integrando a Comunidade Intermunicipal do Oeste na região do Centro, com cerca de habitantes no seu núcleo central.

Novo!!: Toponímia e Alcobaça (Portugal) · Veja mais »

Arqueologia

romano em Alexandria, Egito. Arqueologia é a ciência que estuda as culturas e os modos de vida das diferentes sociedades humanas - do passado e presente - a partir da análise de vestígios materiais.

Novo!!: Toponímia e Arqueologia · Veja mais »

Budapeste

Budapeste (em húngaro: Budapest) é a capital, cidade mais populosa e principal centro financeiro, corporativo, mercantil e cultural da Hungria.

Novo!!: Toponímia e Budapeste · Veja mais »

Cidade

Uma cidade ou urbe é uma área urbanizada, que se diferencia de vilas e outras entidades urbanas através de vários critérios, os quais incluem população, densidade populacional ou estatuto legal, embora sua clara definição não seja precisa, sendo alvo de discussões diversas.

Novo!!: Toponímia e Cidade · Veja mais »

Curitiba

Curitiba é um município brasileiro, capital do estado do Paraná, localizado a 934 metros de altitude no primeiro planalto paranaense, a aproximadamente 110 quilômetros do Oceano Atlântico, distante a sul de Brasília, capital federal.

Novo!!: Toponímia e Curitiba · Veja mais »

Exônimo

Um (do grego ἔξω (éxō) 'externo' + ὄνυμα (ónyma) 'nome') é um nome pelo qual um nome próprio é conhecido em outra língua que não aquela(s) falada(s) nativamente.

Novo!!: Toponímia e Exônimo · Veja mais »

Freixo de Cima

Freixo de Cima foi uma freguesia portuguesa do concelho de Amarante, com 2,96 km² de área e 2 203 habitantes (2011).

Novo!!: Toponímia e Freixo de Cima · Veja mais »

Gentílico

Os gentílicos, também chamados, quando adjetivos, adjetivos pátrios, são uma classe de palavras que designam um indivíduo de acordo com o seu local de nascimento ou residência - um grupo a parte de adjetivos derivados de substantivos relacionados a países, estados, continentes, regiões, províncias, cidades, aldeias, vilas e povoados.

Novo!!: Toponímia e Gentílico · Veja mais »

Geografia

A Geografia é uma ciência que tem por objetivo o estudo da superfície terrestre e a distribuição espacial de fenômenos significativos na paisagem.

Novo!!: Toponímia e Geografia · Veja mais »

Geonímia

Geonímia é uma divisão da Geografia que estuda os topônimos associados a uma determinada coordenada geográfica.

Novo!!: Toponímia e Geonímia · Veja mais »

Guarujá

Guarujá é um município brasileiro do estado de São Paulo.

Novo!!: Toponímia e Guarujá · Veja mais »

História

grego Nikolaos Gysis (1892). História (do grego antigo ἱστορία, transl.: historía, que significa "pesquisa", "conhecimento advindo da investigação") é a ciência que estuda o ser humano e sua ação no tempo e no espaço concomitantemente à análise de processos e eventos ocorridos no passado.

Novo!!: Toponímia e História · Veja mais »

José de Anchieta

São José de Anchieta SJ (San Cristóbal de La Laguna, — Reritiba) foi um padre jesuíta espanhol, santo da Igreja Católica e um dos fundadores da cidade brasileira de São Paulo.

Novo!!: Toponímia e José de Anchieta · Veja mais »

Latim

A língua latina ou latim é uma antiga língua indo-europeia do ramo itálico originalmente falada no Lácio, a região do entorno da cidade de Roma.

Novo!!: Toponímia e Latim · Veja mais »

Língua árabe

O árabe (العربية, transl. al-ʿarabiyyah,, ou عربي, transl. ʿarabī) é uma língua semita central, parente próximo do hebraico e das línguas neo-aramaicas.

Novo!!: Toponímia e Língua árabe · Veja mais »

Língua grega

A língua grega (ελληνικά, ou ελληνική γλώσσα, AFI:, lit. "língua helênica") é um ramo independente da família linguística indo-europeia.

Novo!!: Toponímia e Língua grega · Veja mais »

Língua tupi

O tupi ou tupi antigo era a língua falada pelos povos tupis que habitavam a maior parte do litoral do Brasil no século XVI (tupinambás, tupiniquins, caetés, tamoios, potiguaras, temiminós, tabajaras etc.). Foi aprendida pelos colonizadores portugueses que aí aportaram a partir desse século e, por intermédio deles e de seus descendentes mestiços (como, por exemplo, os bandeirantes), se tornou o idioma mais usado não só no litoral, mas em todo o atual território brasileiro durante os séculos XVI e XVIINAVARRO, E. A. Método moderno de tupi antigo: a língua do Brasil dos primeiros séculos.

Novo!!: Toponímia e Língua tupi · Veja mais »

Lisboa

Lisboa GCTE é a capital de Portugal e a cidade mais populosa do país.

Novo!!: Toponímia e Lisboa · Veja mais »

Manuel da Nóbrega

Manuel da Nóbrega (Sanfins do Douro, Alijó, — Rio de Janeiro) foi um sacerdote jesuíta português, chefe da primeira missão jesuítica à América.

Novo!!: Toponímia e Manuel da Nóbrega · Veja mais »

Município

Prefeitura do Município de São Paulo Um município ou concelho é geralmente uma divisão administrativa urbana com estatuto corporativo e que, geralmente, possui governo e (ou) jurisdição próprios.

Novo!!: Toponímia e Município · Veja mais »

Nome próprio

Um nome próprio é um substantivo que distingue e identifica algo de forma específica, como uma pessoa, um lugar ou entidade geográfica.

Novo!!: Toponímia e Nome próprio · Veja mais »

Onomástica

A onomástica (do grego antigo ὀνομαστική, ato de nomear, dar nome) é o estudo dos nomes próprios de todos os gêneros, das suas origens e dos processos de denominação no âmbito de uma ou mais línguas ou dialectos.

Novo!!: Toponímia e Onomástica · Veja mais »

País

ONU. País é uma região geográfica considerada o território físico de um Estado soberano, ou de uma menor ou antiga divisão política dentro de uma região geográfica.

Novo!!: Toponímia e País · Veja mais »

Pará de Minas

Pará de Minas é um município brasileiro do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país.

Novo!!: Toponímia e Pará de Minas · Veja mais »

Paris

Paris é a capital e a mais populosa cidade da França, bem como a capital da região administrativa de Ilha de França.

Novo!!: Toponímia e Paris · Veja mais »

Portalegre (Portugal)

Portalegre é uma cidade portuguesa, capital do distrito de Portalegre, situada na região do Alentejo, sub-região do Alto Alentejo, com 15 374 habitantes.

Novo!!: Toponímia e Portalegre (Portugal) · Veja mais »

Porto

Porto OTE é a segunda cidade e o quarto município mais populoso de Portugal, situada no noroeste do país e capital da Área Metropolitana do Porto (NUTS III e área metropolitana), da região Norte (NUTS II) e do Distrito do Porto.

Novo!!: Toponímia e Porto · Veja mais »

Porto Alegre

Porto Alegre é um município brasileiro e a capital do estado mais meridional do Brasil, o Rio Grande do Sul.

Novo!!: Toponímia e Porto Alegre · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense,  estabelecido no século XI por Vímara Peres, um vassalo do rei das Astúrias. O condado tornou-se parte do Reino de León em 1097, e os condes de Portugal estabeleceram-se como governantes independentes do reino no século XII, após a batalha de São Mamede. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: Toponímia e Portugal · Veja mais »

Província

Província é a divisão territorial de nível superior utilizada em muitos países.

Novo!!: Toponímia e Província · Veja mais »

Rio de Janeiro

Rio de Janeiro (frequentemente referida simplesmente como Rio) é um município brasileiro, capital do estado homônimo, situado no Sudeste do país.

Novo!!: Toponímia e Rio de Janeiro · Veja mais »

Rio Guadiana

O rio Guadiana ou Odiana é um rio da Península Ibérica que nasce a uma altitude de cerca de 1700m, nas lagoas de Ruidera, na província espanhola de Ciudad Real, renasce nos Ojos del Guadiana e desagua no oceano Atlântico (mais precisamente no golfo de Cádis), entre a cidade portuguesa de Vila Real de Santo António e a espanhola de Ayamonte.

Novo!!: Toponímia e Rio Guadiana · Veja mais »

São Paulo

São Paulo (pronuncia-se link.

Novo!!: Toponímia e São Paulo · Veja mais »

São Sebastião do Rio Verde

São Sebastião do Rio Verde é um município brasileiro do estado de Minas Gerais.

Novo!!: Toponímia e São Sebastião do Rio Verde · Veja mais »

Serra Nevada (Espanha)

Vista de Sierra Nevada A Serra Nevada Sierra Nevada é um maciço montanhoso pertencente ao conjunto das Béticas, concretamente aos sistemas Penibéticos e situado na Andaluzia, Espanha, que se estende pela zona centro-sudeste da província de Granada e parte do sudoeste da província de Almería.

Novo!!: Toponímia e Serra Nevada (Espanha) · Veja mais »

Taxonomia

Taxonomia (do grego antigo τάξις táxis, arranjo e nomia νομία, método) é a disciplina biológica que define os grupos de organismos biológicos, com base em características comuns e dá nomes a esses grupos.

Novo!!: Toponímia e Taxonomia · Veja mais »

Tóquio

Tóquio (em japonês: 東京, transl Tōkyō,, literalmente "capital do Leste"), oficialmente, é a capital do país e de uma das 47 prefeituras do Japão.

Novo!!: Toponímia e Tóquio · Veja mais »

Topónimos árabes em Portugal

Esta é uma lista de nomes de cidades, vilas e freguesias portuguesas em árabe (sendo que em algumas situações o nome actual deriva directamente do topónimo árabe).

Novo!!: Toponímia e Topónimos árabes em Portugal · Veja mais »

Topónimos celtas em Portugal

x Na área correspondente ao actual Portugal, diversas localidades com toponímica celta encontram-se citadas por autores antigos.

Novo!!: Toponímia e Topónimos celtas em Portugal · Veja mais »

Topónimos romanos em Portugal

Portugal fez parte do Império Romano, província romana da Galécia, e principalmente da Lusitânia, e muitas cidades portuguesas foram criadas durante essa época, outras já existiam antes da época romana e foram então expandidas.

Novo!!: Toponímia e Topónimos romanos em Portugal · Veja mais »

Toponímia do Brasil

A toponímia do Brasil é o conjunto de topônimos mais utilizados no Brasil, e demonstra claramente o modo de ocupação da terra a partir do descobrimento e do início da colonização.

Novo!!: Toponímia e Toponímia do Brasil · Veja mais »

Vila

Vila é um aglomerado populacional de tamanho intermédio entre a aldeia e a cidade, dotado de uma economia quase auto-suficiente, sendo o que caracteriza a sua passagem de aldeia para vila, em que o sector terciário (comércio e serviços) tem uma importância relevante e lhe proporciona alguma auto-suficiência econômica.

Novo!!: Toponímia e Vila · Veja mais »

Villahermosa (Espanha)

Villahermosa é um município da Espanha na província de Ciudad Real, comunidade autónoma de Castilla-La Mancha, de área 362,31 km² com população de 2453 habitantes (2004) e densidade populacional de 6,77 hab/km².

Novo!!: Toponímia e Villahermosa (Espanha) · Veja mais »

1554

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Toponímia e 1554 · Veja mais »

25 de janeiro

Protestos no Cairo durante a Revolução Egípcia de 2011.

Novo!!: Toponímia e 25 de janeiro · Veja mais »

Redireciona aqui:

Nome de locais, Toponimia, Toponímica, Toponímico, Topónimo, Topónimos, Topônimo, Topônimos.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »