Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Instalar
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Semiótica

Índice Semiótica

A semiótica é o estudo da construção de significado, o estudo do processo de signo (semiose) e do significado de comunicação.

60 relações: Agostinho de Hipona, Alegoria, Algirdas Julius Greimas, Analogia, Biossemiótica, Charles Sanders Peirce, Cinema, Claude Lévi-Strauss, Compreensão, Comunicação, Décio Pignatari, Dicotomias saussurianas, Ensaio acerca do Entendimento Humano, Estruturalismo, Etnossemiótica, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, Fala, Ferdinand de Saussure, Filosofia, Forma (filosofia da linguagem), Fotografia, França, Grécia, Grego, Jacques Derrida, John Locke, Joseph Kosuth, Linguagem, Linguística, Louis Hjelmslev, Lucia Santaella, Matéria, Metassemiótica, Metáfora, Metonímia, Mito, Moscovo, Onomatopeia, Paradigma, Platão, Português brasileiro, Pragmaticismo, Publicidade, Roland Barthes, Roman Jakobson, Símbolo, Semelhança, Semiótica psicanalítica, Semiologia, Semiose, ..., Signo, Simbolismo, Sintagma, Teoria do significado, Teoria semiótica da complexidade, Umberto Eco, Vilém Flusser, Winfried Nöth, Yuri Lotman, 1983. Expandir índice (10 mais) »

Agostinho de Hipona

Agostinho de Hipona (Aurelius Augustinus Hipponensis), conhecido universalmente como Santo Agostinho, foi um dos mais importantes teólogos e filósofos dos primeiros anos do cristianismo cujas obras foram muito influentes no desenvolvimento do cristianismo e filosofia ocidental.

Novo!!: Semiótica e Agostinho de Hipona · Veja mais »

Alegoria

Uma alegoria (do grego αλλος, allos, "outro", e αγορευειν, agoreuein, "falar em público", pelo latim allegoria) é uma figura de linguagem, mais especificamente de uso retórico, que produz a virtualização do significado, ou seja, sua expressão transmite um ou mais sentidos além do literal.

Novo!!: Semiótica e Alegoria · Veja mais »

Algirdas Julius Greimas

Algirdas Julius Greimas, ou Algirdas Julien Greimas (Tula, Rússia, – Paris), foi um linguista lituano de origem russa que contribuiu para a teoria da semiótica e da narratologia, além de ter prosseguido diversas pesquisas sobre mitologia lituana.

Novo!!: Semiótica e Algirdas Julius Greimas · Veja mais »

Analogia

Analogia (do grego αναλογία – analogia, "proporção") é um processo cognitivo de transferência de informação ou significado de um sujeito particular (fonte) para outro sujeito particular (alvo), e também pode significar uma expressão linguística, correspondendo a este processo.

Novo!!: Semiótica e Analogia · Veja mais »

Biossemiótica

A Biossemiótica (do grego bios que significa "vida" e semion significando "signo / sinal"), é um campo crescente que estuda a produção de ação e interpretação dos sinais do reino biológico, em uma tentativa de integrar as descobertas científicas da biologia e da semiótica para formar uma Nova visão da vida e do significado de imanentes elementos do mundo natural.

Novo!!: Semiótica e Biossemiótica · Veja mais »

Charles Sanders Peirce

Charles Sanders Peirce (pronúncia semelhante a da palavra inglesa "purse" - bolsa); (Cambridge, 10 de setembro de 1839 — Milford 19 de abril de 1914), foi um filósofo, pedagogista, cientista, linguista e matemático americano.

Novo!!: Semiótica e Charles Sanders Peirce · Veja mais »

Cinema

Cinema (do grego: κίνημα - kinema "movimento") é a técnica e a arte de fixar e de reproduzir imagens que suscitam impressão de movimento, assim como a indústria que produz estas imagens.

Novo!!: Semiótica e Cinema · Veja mais »

Claude Lévi-Strauss

Claude Lévi-Strauss (Bruxelas, — Paris) foi um antropólogo, professor e filósofo belga.

Novo!!: Semiótica e Claude Lévi-Strauss · Veja mais »

Compreensão

A compreensão (do termo latino comprehensione) é um processo psicológico que indica o entendimento do significado de algo.

Novo!!: Semiótica e Compreensão · Veja mais »

Comunicação

Comunicar é um campo de conhecimento acadêmico que estuda os processos de comunicação humana.

Novo!!: Semiótica e Comunicação · Veja mais »

Décio Pignatari

Décio Pignatari (Jundiaí, — São Paulo) foi um publicitário, poeta, ator, ensaísta, professor e tradutor brasileiro.

Novo!!: Semiótica e Décio Pignatari · Veja mais »

Dicotomias saussurianas

A elipse na ilustração acima é o signo; a palavra "tree" é o significante (forma), e a "imagem da árvore" é o significado (conteúdo). Nos estudos linguísticos que Ferdinand de Saussure ministrou entre 1907 e 1910 na Universidade de Genebra, que acabaram sendo compilados por dois de seus alunos no notório livro Curso de linguística geral, diversas dicotomias são utilizadas na construção de uma ciência que viria a ser a Linguística.

Novo!!: Semiótica e Dicotomias saussurianas · Veja mais »

Ensaio acerca do Entendimento Humano

Do original An Essay Concerning Human Understanding, a obra de John Locke fez parte da corrente do empirismo inglês.

Novo!!: Semiótica e Ensaio acerca do Entendimento Humano · Veja mais »

Estruturalismo

O estruturalismo é uma corrente de pensamento nas ciências humanas que se inspirou no modelo da linguística e que depreende a realidade social a partir de um conjunto considerado elementar (ou formal) de relações.

Novo!!: Semiótica e Estruturalismo · Veja mais »

Etnossemiótica

A etnossemiótica é uma perspectiva disciplinar que combina a conceitualidade semiótica e a metodologia etnográfica.

Novo!!: Semiótica e Etnossemiótica · Veja mais »

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo

A Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU ou FAUUSP) é responsável pelo ensino de graduação, pós-graduação, pesquisa e extensão de serviços à sociedade nas áreas de Design, Arquitetura e Urbanismo e nos campos de conhecimento que lhes são correlatos, como o Paisagismo.

Novo!!: Semiótica e Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo · Veja mais »

Fala

Fala é algum padrão das diversas línguas que existem no mundo.

Novo!!: Semiótica e Fala · Veja mais »

Ferdinand de Saussure

Ferdinand de Saussure (Genebra, 26 de novembro de 1857 — Morges, 22 de fevereiro de 1913) foi um linguista e filósofo suíço, cujas elaborações teóricas propiciaram o desenvolvimento da linguística enquanto ciência autônoma.

Novo!!: Semiótica e Ferdinand de Saussure · Veja mais »

Filosofia

Filosofia (do grego Φιλοσοφία, philosophia, literalmente «amor pela sabedoria») é o estudo das questões gerais e fundamentais relacionadas com a natureza da existência humana; do conhecimento; da verdade; dos valores morais e estéticos; da mente; da linguagem, bem como do universo em sua totalidade.

Novo!!: Semiótica e Filosofia · Veja mais »

Forma (filosofia da linguagem)

Na filosofia da linguagem, a forma é dos funtivos que, junto com a noção de "conteúdo", compõem a totalidade da noção de "signo".

Novo!!: Semiótica e Forma (filosofia da linguagem) · Veja mais »

Fotografia

Câmera fotográfica de grande formato Fotografia (do grego φως ("luz"), e γραφις ("estilo", "pincel") ou γραφη grafê, e significa "desenhar com luz e contraste"), por definição,Novo Dicionário Aurélio é essencialmente a técnica de criação de imagens por meio de exposição luminosa, fixando-as em uma superfície sensível.

Novo!!: Semiótica e Fotografia · Veja mais »

França

França (France; 10px ouça), oficialmente República Francesa (République française) é um país, ou, mais especificamente, um Estado unitário desconcentrado, localizado na Europa Ocidental, com várias ilhas e territórios ultramarinos noutros continentes.

Novo!!: Semiótica e França · Veja mais »

Grécia

Grécia (Elláda), oficialmente República (Ellīnikī́ Dīmokratía) e conhecida desde a antiguidade como Hélade (Hellás), é um país localizado no sul da Europa.

Novo!!: Semiótica e Grécia · Veja mais »

Grego

* Gregos — pessoas cuja origem é a Grécia.

Novo!!: Semiótica e Grego · Veja mais »

Jacques Derrida

Jacques Derrida (El Biar, Argélia, 15 de julho de 1930 — Paris, 9 de outubro de 2004) foi um filósofo franco-magrebino, que iniciou durante os anos 1960 a Desconstrução em filosofia.

Novo!!: Semiótica e Jacques Derrida · Veja mais »

John Locke

John Locke (Wrington, 29 de agosto de 1632 — Harlow, 28 de outubro de 1704) foi um filósofo inglês conhecido como o "pai do liberalismo", sendo considerado o principal representante do empirismo britânico e um dos principais teóricos do contrato social.

Novo!!: Semiótica e John Locke · Veja mais »

Joseph Kosuth

Joseph Kosuth (Toledo, Ohio, 31 de janeiro de 1945) é um influente artista conceitual americano.

Novo!!: Semiótica e Joseph Kosuth · Veja mais »

Linguagem

Linguagem pode se referir tanto à capacidade especificamente humana para aquisição e utilização de sistemas complexos de comunicação, quanto a uma instância específica de um sistema de comunicação complexo3.

Novo!!: Semiótica e Linguagem · Veja mais »

Linguística

Linguística é a área de estudo científico da Linguagem.

Novo!!: Semiótica e Linguística · Veja mais »

Louis Hjelmslev

Louis Trolle Hjelmslev (- Copenhague, 3 de Outubro de 1899 - 30 de Maio de 1965) foi um linguista dinamarquês cujas ideias formaram a base do Círculo Linguístico de Copenhague.

Novo!!: Semiótica e Louis Hjelmslev · Veja mais »

Lucia Santaella

Maria Lucia Santaella Braga (Catanduva, 13 de agosto de 1944) é uma das principais divulgadoras da semiótica e do pensamento de Charles Peirce no Brasil, contando com mais de quarenta livros publicados.

Novo!!: Semiótica e Lucia Santaella · Veja mais »

Matéria

Matéria é tudo que ocupa espaço e possui massa de repouso (ou massa invariante).

Novo!!: Semiótica e Matéria · Veja mais »

Metassemiótica

A metassemiótica é a semiótica que tem por objecto de estudo um sistema semiótico.

Novo!!: Semiótica e Metassemiótica · Veja mais »

Metáfora

Metáfora é uma figura de linguagem que produz sentidos figurados por meio de comparações implícitas.

Novo!!: Semiótica e Metáfora · Veja mais »

Metonímia

(do grego μετωνυμία, transl. metonymía, 'além do nome' ou 'mudança do nome') é uma figura de linguagem que consiste no emprego de uma palavra fora do seu contexto semântico normal, dada a sua contiguidade (e não a similaridade) material ou conceitual com outra palavra.

Novo!!: Semiótica e Metonímia · Veja mais »

Mito

Tor dos viquingues na Batalha contra os gigantes. Pintura de Mårten Eskil Winge (1872) Um mito (mithós) é uma narrativa de caráter simbólico-imagético, ou seja, o mito não é uma realidade independente, mas evolui com as condições históricas e étnicas relacionadas a uma dada cultura, que procura explicar e demonstrar, por meio da ação e do modo de ser das personagens, a origem das coisas (do mundo; dos homens; dos animais; das doenças; dos objetos; das práticas de caça, pesca, medicina entre outros; do amor; do ódio; da mentira e das relações, seja entre homens e homens, homens e mulheres e mulheres e mulheres, humanos e animais etc.). Sendo dessa maneira, é correto dizer que o mito depende de um tempo e espaço para existir e para ser compreendido.

Novo!!: Semiótica e Mito · Veja mais »

Moscovo

(Москва, transl Moskva, lido Maskvá —) é a capital, cidade e subdivisão federal mais populosa da Federação Russa.

Novo!!: Semiótica e Moscovo · Veja mais »

Onomatopeia

Onomatopeia (termo da língua grega antiga que significava "criar um nome", "fazer um nome") é uma figura de linguagem na qual se reproduz um som com um fonema ou palavra.

Novo!!: Semiótica e Onomatopeia · Veja mais »

Paradigma

Paradigma (do latim tardio paradigma, do grego παράδειγμα, derivado de παραδείκνυμι «mostrar, apresentar, confrontar») é um conceito das ciências e da epistemologia (a teoria do conhecimento) que define um exemplo típico ou modelo de algo.

Novo!!: Semiótica e Paradigma · Veja mais »

Platão

Platão (Πλάτων, transl. Plátōn, "amplo", Atenas, 428/427 – Atenas, 348/347 a.C.) foi um filósofo e matemático do período clássico da Grécia Antiga, autor de diversos diálogos filosóficos e fundador da Academia em Atenas, a primeira instituição de educação superior do mundo ocidental.

Novo!!: Semiótica e Platão · Veja mais »

Português brasileiro

Português brasileiro ou português do Brasil (abreviado como pt-BR) é o termo utilizado para classificar a variedade da língua portuguesa falada pelos mais de 200 milhões de brasileiros que vivem dentro e fora do Brasil.

Novo!!: Semiótica e Português brasileiro · Veja mais »

Pragmaticismo

Pragmaticismo foi um termo que Charles Sanders Peirce criou para designar o conceito de Pragmatismo, termo que estava sendo usado erroneamente pelo senso comum, o que empobrecia o conceito desta área filosófica.

Novo!!: Semiótica e Pragmaticismo · Veja mais »

Publicidade

A publicidade é uma atividade profissional dedicada à difusão pública de empresas, produtos ou serviços.

Novo!!: Semiótica e Publicidade · Veja mais »

Roland Barthes

Roland Barthes (Cherbourg, 12 de novembro de 1915 — Paris, 26 de Março de 1980) foi um escritor, sociólogo, crítico literário, semiólogo e filósofo francês.

Novo!!: Semiótica e Roland Barthes · Veja mais »

Roman Jakobson

Roman Osipovich Jakobson (Роман Осипович Якобсон; Moscovo, 11 de outubro de 1896 - Estados Unidos, 18 de julho de 1982) foi um pensador russo que se tornou um dos mais importantes linguistas do século XX e pioneiro da análise estrutural da linguagem, poesia e arte.

Novo!!: Semiótica e Roman Jakobson · Veja mais »

Símbolo

O termo símbolo, com origem no grego symbolon (σύμβολον), designa um tipo de signo em que o significante (realidade concreta) representa algo abstrato (religiões, nações, quantidades de tempo ou matéria etc.) por força de convenção, semelhança ou contiguidade semântica (como no caso da cruz que representa o cristianismo, porque ela é uma parte do todo que é imagem do Cristo morto).

Novo!!: Semiótica e Símbolo · Veja mais »

Semelhança

As figuras da mesma cor são semelhantes. Em geometria, duas figuras são semelhantes se uma se pode obter a partir da outra através de isometrias e homotetias.

Novo!!: Semiótica e Semelhança · Veja mais »

Semiótica psicanalítica

Semiótica psicanalítica é uma área interdisciplinar das ciências humanas que se propõe à reflexão para uma clínica da cultura contemporânea.

Novo!!: Semiótica e Semiótica psicanalítica · Veja mais »

Semiologia

*Semiologia médica — exames e avaliações físicas para o correto diagnóstico de patologias e afins.

Novo!!: Semiótica e Semiologia · Veja mais »

Semiose

Dentro da ciência dos signos (Semiologia; Semiótica), semiose foi o termo introduzido por Charles Sanders Peirce para designar o processo de significação, a produção de significados.

Novo!!: Semiótica e Semiose · Veja mais »

Signo

*Signo, na interpretação da semiótica, é tudo que aparece ou se manifesta ao ser humano, no seu cotidiano, sendo captado por meio dos seus sentidos (produzindo sensações) e podendo ser considerados pensamentos ou ideias.

Novo!!: Semiótica e Signo · Veja mais »

Simbolismo

''A morte do coveiro'' de Carlos Schwabe forma um compêndio visual dos temas fundamentais do simbolismo. Morte, anjos, neve e as poses vexatórias e dramáticas dos personagens. Simbolismo é um movimento literário da poesia e das outras artes que surgiu na França, no final do, como oposição ao realismo, ao naturalismo e ao positivismo da época.

Novo!!: Semiótica e Simbolismo · Veja mais »

Sintagma

Sintagma (do grego σύνταγμα, transl. syntagma: "composto" ou "constituição"), em linguística, refere-se a um grupo de elementos linguísticos contíguos em um enunciado, ou seja, é uma unidade sintática composta de um ou mais vocábulos que formam orações.

Novo!!: Semiótica e Sintagma · Veja mais »

Teoria do significado

Em filosofia, existem dois tipos principais de teoria do significado: a teoria fundamental e a teoria semântica.

Novo!!: Semiótica e Teoria do significado · Veja mais »

Teoria semiótica da complexidade

Teoria semiótica da complexidade é uma teoria científica de âmbito ontológico que estuda a aplicação dos conceitos semióticos na análise dos sinais obtidos no domínio das ciências exatas, em particular na astrofísica.

Novo!!: Semiótica e Teoria semiótica da complexidade · Veja mais »

Umberto Eco

Umberto Eco OMRI (Alexandria, 5 de janeiro de 1932 — Milão, 19 de fevereiro de 2016) foi um escritor, filósofo, semiólogo, linguista e bibliófilo italiano de fama internacional.

Novo!!: Semiótica e Umberto Eco · Veja mais »

Vilém Flusser

Vilém Flusser (Praga, 12 de maio de 1920 — Praga, 27 de novembro de 1991) foi um filósofo tcheco, naturalizado brasileiro.

Novo!!: Semiótica e Vilém Flusser · Veja mais »

Winfried Nöth

Winfried Nöth (nascido em 12 de setembro de 1944 em Gerolzhofen) é um linguista e semiólogo alemão.

Novo!!: Semiótica e Winfried Nöth · Veja mais »

Yuri Lotman

Yuri Mikhailovich Lotman (Ю́рий Миха́йлович Ло́тман, Juri Lotman) (Petrogrado 28 de Fevereiro de 1922 – Tartu, Estônia 28 de Outubro de 1993).

Novo!!: Semiótica e Yuri Lotman · Veja mais »

1983

Sem descrição

Novo!!: Semiótica e 1983 · Veja mais »

Redireciona aqui:

Primeiridade, Secundidade, Semiologia (linguística), Semiótico, Semióticos, Terceiridade.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »