Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Instalar
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Proteína

Índice Proteína

Proteínas são macromoléculas biológicas constituídas por uma ou mais cadeias de aminoácidos.

334 relações: Abatedouro, Abóbora, Actina, Adenina, Alanina, Alfa-hélice, Algodão, Alimento básico, Amamentação, Amendoeira, Amiloide, Amiloidose, Amina, Aminoacil-tRNA sintetase, Aminoácido, Aminoácido essencial, Aminoácido proteinogénico, Amoníaco, Andaime, Angiogenina, Antígeno, Aparelho urinário, Arginina, ARN mensageiro, ARN transportador, ARN-polimerase, Asparagina, Aterosclerose, Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar, Ave de capoeira, Azoto, Ácido desoxirribonucleico, Ácido nucleico, Ácido ribonucleico, Íon, Batata-doce, Bertholletia excelsa, Bioenergética, Biologia celular, Biomolécula, Bioquímica, Biossíntese, C-terminal, Cabelo, Cadeia lateral, Cajueiro, Caloria, Canal iónico, Carboidrato, Carbono, ..., Carbono alfa e beta, Carl von Voit, Carne, Casco (animal), Catarata, Catálise, Cálcio, Cálculo renal, Célula, Código genético, Cefaleia, Cereal, Cereal integral, Chaperona, Ciclo celular, Ciclo da ureia, Ciclo de Krebs, Cinética enzimática, Cinesina, Cisteína, Citólise, Citoesqueleto, Citoplasma, Clara do ovo, Codão, Coenzima, Cofator (bioquímica), Colágeno, Colesterol, Coloide, Complexo proteico, Conformação nativa, Conjunto, Coplanaridade, Criança, Crio-microscopia eletrónica, Cristalografia de raios X, Cristalografia eletrónica, Cromatografia, Deficiência intelectual, Dermatopatia, Desaminação, Desnaturação, Desnutrição proteico-calórica, Diabetes mellitus tipo 2, Diarreia, Dicroísmo circular, Diedro, Dieta, Difusão molecular, Digestão, Dinâmica molecular, Dineína, Doença cardiovascular, Doença de Alzheimer, Doença de Huntington, Doença de Parkinson, Elastina, Eletroforese, Eletroforese bidimensional, Eletroforese em gel, Engenharia genética, Enovelamento de proteínas, Envoltório nuclear, Enzima, Escherichia coli, Escleroproteína, Espectrometria de massa, Espectroscopia, Espermatozoide, Estômago, Estrutura biomolecular, Etiqueta de poli-histidina, Eukaryota, Exosqueleto, Fígado, Fígado gorduroso, Fórmula empírica, Fórmula infantil, Feijão, Fenilalanina, Focalização isoelétrica, Folding@home, Folha-beta, Frederick Sanger, Fruta, Genética, Genómica, Genómica estrutural, Gene, Gene repórter, Gerardus Johannes Mulder, Girassol, Glicina, Gliconeogênese, Glicoproteína, Glicose, Glutamina, Grama, Gravidez, Grão-de-bico, Guanina, Gutação, Hemodiálise, Hemoglobina, Hermann Emil Fischer, Hidrólise, Histidina, Homologia (biologia), Hormona, Imagem por ressonância magnética, Imuno-histoquímica, Imunoglobulina, In silico, In vitro, In vivo, Infecção, Inhame, Inibidor da ribonuclease, Insulina, Interação proteína-proteína, Interactoma, Iogurte, Isoleucina, James Batcheller Sumner, Jöns Jacob Berzelius, John Kendrew, Kwashiorkor, Língua grega, Lípido, Legume, Lei de Liebig, Leite, Leite materno, Lens culinaris, Leucina, Levedura, Ligação covalente, Ligação de hidrogênio, Ligação peptídica, Ligação química, Linfócito B, Linfócito T, Linus Pauling, Lisina, Macromolécula, Mandioca, Massa molecular, Max Perutz, Mayo Clinic, Método de Monte Carlo, Músculo, Mecanismo de reação, Mecânica quântica, Membrana celular, Metabolismo, Metionina, Micro-organismo, Microarranjo de proteínas, Microscópio, Microscópio eletrônico, Mioglobina, Miosina, Modelação por homologia, Modificação pós-traducional de proteínas, Modificação pós-transcricional, Molécula, Monômero, Motilidade, Musa × paradisiaca, Mutagénese sítio-dirigida, N-terminal, Níquel, Núcleo celular, Nogueira-pecã, Noz, Nucleótido, Nucleoide, Obstipação, Oligômero, Organelo, Organismo unicelular, Ouro, Ovo, Ovo (alimento), Oxigénio, Peixe, Pena, Peptídeo, PH, Phaseolus lunatus, Plantae, Plasmócito, Polaridade (química), Polímero, Polipeptídeo, Ponto isoelétrico, Potássio, Precipitação (química), Pressão arterial, Procarionte, Prolina, Protease, Proteassoma, Proteína de fusão, Proteína globular, Proteína membranar, Proteína motora, Proteína transmembranar, Proteína verde fluorescente, Proteômica, Protein Data Bank, Proteoma, Pulmão humano, Purificação de proteínas, Queijo, Queratina, Raiz, Receptor (bioquímica), Reino (biologia), Relargagem, Reparo de ADN, Replicação do DNA, Reprodução sexuada, Ressonância (química), Ressonância magnética nuclear de proteínas, Retículo endoplasmático, Ribossoma, Rim, Rodopsina, Sangue, Síntese de peptídeos, Síntese orgânica, Síntese proteica, Sítio ativo, Sítio de ligação, Sódio, Secreção, Semente, Sequência de DNA, Sequência peptídica, Sequenciação de proteínas, Serina, Sesamum indicum, Sinalização celular, Sistema de duplo híbrido, Sistema de processamento distribuído, Sistema imune adaptativo, Sistema imunitário, Sistema nervoso central, Soja, Solubilidade, Substrato (química), Suplemento alimentar, Tecido, Tecido cartilaginoso, Tecido conjuntivo, Tirosina, Titina, Toxina, Tradução (genética), Transcrição (genética), Transdução de sinal, Tremoço, Treonina, Triptófano, Tubérculo, Tubulina, Ultracentrifugação, Unha, Unidade de massa atômica, Universidade Stanford, Uracilo, Urease, Ureia, Valina, Vírus, Vírus da imunodeficiência humana, Veganismo, Vegetarianismo, Vertebrados, Vigna radiata, Vigna unguiculata, William Astbury. Expandir índice (284 mais) »

Abatedouro

Veterinário inspeciona carcaças de suínos. Abatedouro, matadouro ou frigorífico (português brasileiro), matadouro ou açougue (português europeu) é a instalação industrial destinada ao abate, processamento e armazenamento de produtos de origem animal.

Novo!!: Proteína e Abatedouro · Veja mais »

Abóbora

Abóboras Campo de cultivo de abóboras do género Cucurbita. Abóbora ou jerimum, fruto da aboboreira, é uma designação popular atribuída a diversas espécies de plantas da família Cucurbitaceae (ordem Cucurbitales), nomeadamente às classificadas nos géneros.

Novo!!: Proteína e Abóbora · Veja mais »

Actina

A actina é uma proteína, faz parte da família das proteínas globulares que formam microfilamentos.

Novo!!: Proteína e Actina · Veja mais »

Adenina

A adenina é uma purina que possui uma grande variedade de papéis em bioquímica participando da respiração celular, na forma de adenosina trifosfato (ATP), dinucleotídeo nicotinamida-adenina (NAD) e dinucleotídeo flavina-adenina (FAD).

Novo!!: Proteína e Adenina · Veja mais »

Alanina

Alanina (ALA ou A) é um dos aminoácidos que formam as proteínas nos seres vivos.

Novo!!: Proteína e Alanina · Veja mais »

Alfa-hélice

Alfa-hélice ou α-hélice está presente na estrutura secundária dos níveis de organização das proteínas.

Novo!!: Proteína e Alfa-hélice · Veja mais »

Algodão

O algodão (do árabe القُطُن al-qutun) é uma fibra branca (esbranquiçada) que cresce a volta das sementes de algumas espécies do gênero Gossypium, família Malvaceae.

Novo!!: Proteína e Algodão · Veja mais »

Alimento básico

O alimento básico é considerado como aquele alimento imprescindível pelo conteúdo de seus nutrientes em uma dieta.

Novo!!: Proteína e Alimento básico · Veja mais »

Amamentação

Bebé a ser amamentado pela mãe. Amamentação ou aleitamento é a alimentação de bebés e crianças pequenas com leite produzido pelas mamas de uma mulher.

Novo!!: Proteína e Amamentação · Veja mais »

Amendoeira

Prunus dulcis (antes classificada como Prunus amygdalus ou Amygdalus communis), popularmente conhecida como amendoeira, amêndoa-de-coco, amêndoa-durázio e amêndoa-molar,FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa.

Novo!!: Proteína e Amendoeira · Veja mais »

Amiloide

Amilóides são fibrilas proteicas que podem depositar em vários tecidos (epitelial, ósseo, muscular, etc.), prejudicando a função de vários órgãos (rins, pulmões, coração, intestino, cérebro, etc).

Novo!!: Proteína e Amiloide · Veja mais »

Amiloidose

Amiloidose é o acúmulo proteico anormal em diversos órgãos e tecidos celulares.

Novo!!: Proteína e Amiloidose · Veja mais »

Amina

As aminas são uma classe de compostos químicos orgânicos nitrogenados derivados do amoníaco (NH3) e que resultam da substituição parcial ou total dos hidrogênios da molécula por grupos hidrocarbónicos (radicais alquilo ou arilo – frequentemente abreviados pela letra R).

Novo!!: Proteína e Amina · Veja mais »

Aminoacil-tRNA sintetase

Uma aminoacil-tRNA sintetase (aaRS) é uma enzima que catalisa a esterificação de um específico aminoácido (ou de um seu precursor) em um dos possíveis tRNA correspondentes, com vista a formar um aminoacil-tRNA.

Novo!!: Proteína e Aminoacil-tRNA sintetase · Veja mais »

Aminoácido

Aminoácidos são compostos quaternários de carbono (C), hidrogênio (H), oxigênio (O) e nitrogênio nio (N) - também chamado de azoto em Portugal- às vezes contêm enxofre (S), como a cisteína.

Novo!!: Proteína e Aminoácido · Veja mais »

Aminoácido essencial

Um aminoácido essencial é aquele que o organismo (normalmente, o humano) não é capaz de sintetizar, mas é necessário para o seu funcionamento.

Novo!!: Proteína e Aminoácido essencial · Veja mais »

Aminoácido proteinogénico

são aminoácidos precursores das proteínas e que são produzidos pelas células mediante o código genético de cada organismo.

Novo!!: Proteína e Aminoácido proteinogénico · Veja mais »

Amoníaco

O é um composto químico constituído por um átomo de nitrogênio (N) e por três átomos de hidrogênio (H).

Novo!!: Proteína e Amoníaco · Veja mais »

Andaime

Andaime é o termo utilizado para se designar a estrutura montada para dar acesso a algum lugar ou escorar algo.

Novo!!: Proteína e Andaime · Veja mais »

Angiogenina

Angiogenina (Ang) ou ribonuclease 5 é uma proteína que nos seres humanos é codificada pelo gene ANG.

Novo!!: Proteína e Angiogenina · Veja mais »

Antígeno

é toda substância que ao entrar em um organismo é capaz de se ligar a anticorpos ou a receptor de célula B e, geralmente, inicia uma resposta imune, ativando seus linfócitos que por sua vez se multiplicam e mandam sinais (citocinas) que ativam outras respostas imunes adequadas ao invasor.

Novo!!: Proteína e Antígeno · Veja mais »

Aparelho urinário

O Aparelho urinário ou sistema urinário é um conjunto de órgãos envolvidos com a formação, depósito e eliminação da urina.

Novo!!: Proteína e Aparelho urinário · Veja mais »

Arginina

Arginina (ácido 2-amino-5-guanidino-pentanoico) é um aminoácido polar básico.

Novo!!: Proteína e Arginina · Veja mais »

ARN mensageiro

O ARN mensageiro, RNA mensageiro, ARNm, mARN, RNAm ou mRNA é o ácido ribonucleico responsável pela transferência de informações do ADN (ou, em inglês, DNA) até o citoplasma.

Novo!!: Proteína e ARN mensageiro · Veja mais »

ARN transportador

Ácido ribonucleico transportador (ARN transportador, ARN de transferência ou RNA transportador), abreviado como ARNt, tARN, tRNA ou RNAt, é um ácido ribonucleico (ARN) de menor peso molecular que transporta os aminoácidos para a síntese proteica.

Novo!!: Proteína e ARN transportador · Veja mais »

ARN-polimerase

ARNs-polimerases são enzimas responsáveis pela síntese de RNA a partir de sequências de DNA ou RNA, sendo, portanto, classificadas em RNA polimerase dependente de DNA ou RNA, respectivamente.Essas proteínas podem originar moléculas de RNA como intermediárias para o processo de tradução (mRNA) ou como produto final, podendo apresentar ação catalítica, reguladora ou estrutural.

Novo!!: Proteína e ARN-polimerase · Veja mais »

Asparagina

A Asparagina é um dos aminoácidos codificados pelo código genético, sendo portanto um dos componentes das proteínas dos seres vivos.

Novo!!: Proteína e Asparagina · Veja mais »

Aterosclerose

Aterosclerose é uma doença vascular crónica e progressiva que normalmente manifesta-se na idade adulta ou idade avançada.

Novo!!: Proteína e Aterosclerose · Veja mais »

Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar

A Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar (sigla: EFSA) é um organismo da União Europeia que visa fornecer à Comissão Europeia e ao público pareceres científicos independentes sobre a segurança alimentar e os riscos possíveis na cadeia alimentar "da quinta até à mesa".

Novo!!: Proteína e Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar · Veja mais »

Ave de capoeira

Uma ave de capoeira ou ave de criação é uma ave domesticada utilizada na alimentação quer na forma de carne quer pelos seus ovos. Destas aves ainda podem ser aproveitadas as suas penas ou ainda serem utilizadas como animais de estimação.

Novo!!: Proteína e Ave de capoeira · Veja mais »

Azoto

O é um elemento químico com símbolo N, número atómico 7 e de massa atómica 14,00674 u (7 protões e 7 neutrões), representado no grupo (ou família) 15 (antigo VA) da tabela periódica.

Novo!!: Proteína e Azoto · Veja mais »

Ácido desoxirribonucleico

Estrutura de um ADN. Animação de um ADN de dupla hélice. O ácido desoxirribonucleico (ADN, em português: ácido desoxirribonucleico; ou DNA, em inglês: deoxyribonucleic acid) é um composto orgânico cujas moléculas contêm as instruções genéticas que coordenam o desenvolvimento e funcionamento de todos os seres vivos e alguns vírus, e que transmitem as características hereditárias de cada ser vivo.

Novo!!: Proteína e Ácido desoxirribonucleico · Veja mais »

Ácido nucleico

Os ácidos nucleicos são moléculas gigantes (macromoléculas), formadas por unidades monoméricas menores conhecidas como nucleotídeos.

Novo!!: Proteína e Ácido nucleico · Veja mais »

Ácido ribonucleico

Estrutura do RNA. Bases duma molécula de ARN. O ácido ribonucleico ou ARN (RNA nas suas siglas em inglês), é um tipo de ácido nucleico, uma molécula polimérica linear formada por unidades menores chamadas nucleótidos.

Novo!!: Proteína e Ácido ribonucleico · Veja mais »

Íon

Um é uma espécie química eletricamente carregada, que resulta de um átomo ou molécula que perdeu ou ganhou elétrons.

Novo!!: Proteína e Íon · Veja mais »

Batata-doce

A batata-doce (Ipomoea batatas), também chamada batata-da-terra, batata-da-ilha, jatica e jetica, é uma planta da família das convolvuláceas, da ordem das Solanales (a mesma da batata, do tomate, das pimentas etc.). Originária dos Andes, se espalhou pelos trópicos e subtrópicos de todo o mundo.

Novo!!: Proteína e Batata-doce · Veja mais »

Bertholletia excelsa

A Bertholletia excelsa, popularmente conhecida como castanha-do-brasil, - Folder EmbrapaCOSTA, J. R. (et. all.). - Acta Amazônica vol.

Novo!!: Proteína e Bertholletia excelsa · Veja mais »

Bioenergética

Bioenergética é uma técnica corporal desenvolvida pelo psicanalista estadunidense Alexander Lowen, a partir dos estudos de Wilhelm Reich.

Novo!!: Proteína e Bioenergética · Veja mais »

Biologia celular

thumb Biologia celular, ou Citologia, é o ramo da biologia que estuda as células, tanto eucariontes como procariontes, no que diz respeito às suas estruturas internas ou externas, funções, e sua importância na constituição, benéfica ou maléfica, dos seres vivos.

Novo!!: Proteína e Biologia celular · Veja mais »

Biomolécula

Biomoléculas são moléculas sintetizadas por seres vivos e que participam da estrutura e dos processos bioquímicos dos organismos.

Novo!!: Proteína e Biomolécula · Veja mais »

Bioquímica

Bioquímica é a ciência e tecnologia que estuda e aplica a química da vida e os processos químicos que ocorrem nos organismos vivos.

Novo!!: Proteína e Bioquímica · Veja mais »

Biossíntese

Biossíntese é um fenômeno em que são produzidos compostos químicos complexos, como proteínas e ácidos nucleicos a partir de reagentes mais simples, geralmente catalisados por enzimas.

Novo!!: Proteína e Biossíntese · Veja mais »

C-terminal

C-terminal (carboxi-terminal) é uma das extremidades da cadeia polipeptídica.

Novo!!: Proteína e C-terminal · Veja mais »

Cabelo

O cabelo (do latim capĭllus) é cada um dos pelos que crescem no couro cabeludo (parte superior da cabeça do corpo humano).

Novo!!: Proteína e Cabelo · Veja mais »

Cadeia lateral

Uma cadeia lateral em química orgânica e em bioquímica é uma parte de uma molécula que é atacada por uma estrutura nuclear.

Novo!!: Proteína e Cadeia lateral · Veja mais »

Cajueiro

O cajueiro (nome científico Anacardium occidentale) é uma planta da família Anacardiaceae originária da região nordeste do Brasil, com arquitetura de copa tortuosa e de diferentes portes.

Novo!!: Proteína e Cajueiro · Veja mais »

Caloria

Caloria (símbolo: cal) é uma unidade de medida de energia que não pertence ao Sistema Internacional de Unidades.

Novo!!: Proteína e Caloria · Veja mais »

Canal iónico

Canais iónicos são proteínas de membrana que formam poros aquosos através da bicamada lipídica, pelos quais passam os iões entre o meio extracelular e intracelular.

Novo!!: Proteína e Canal iónico · Veja mais »

Carboidrato

Diihidroxi-acetona Carboidratos, glicídios, glícidos, glucídios, glúcides ou hidratos de carbono, são compostos de função mista do tipo poliálcool-aldeído ou poliálcool-cetona e outros compostos que, por hidrólise, dão poliálcoois-aldeídos e/ou poliálcoois-cetonas.

Novo!!: Proteína e Carboidrato · Veja mais »

Carbono

O carbono (do latim carbo, carvão) é um elemento químico, símbolo C, número atômico 6 (6 prótons e 6 elétrons), massa atómica 12 u, sólido à temperatura ambiente.

Novo!!: Proteína e Carbono · Veja mais »

Carbono alfa e beta

O carbono alfa em química orgânica refere-se ao carbono adjacente ao grupo funcional (o carbono é ligado a primeira posição, ou posição alfa, logo após o carbono que possui a função).

Novo!!: Proteína e Carbono alfa e beta · Veja mais »

Carl von Voit

Carl von Voit (Amberg, – Munique) foi um médico, químico e nutricionista alemão, considerado por muitos o pai do nutricionismo moderno.

Novo!!: Proteína e Carl von Voit · Veja mais »

Carne

Dá-se o nome de carne (do termo latino carne) ou vianda (do francês viande, "alimento") ao tecido muscular dos animais, inclusive do homem.

Novo!!: Proteína e Carne · Veja mais »

Casco (animal)

O casco é a cobertura córnea ou unha espessa na última falange dos dedos dos ungulados.

Novo!!: Proteína e Casco (animal) · Veja mais »

Catarata

Catarata é uma opacificação do cristalino do olho que causa diminuição da capacidade visual.

Novo!!: Proteína e Catarata · Veja mais »

Catálise

Catálise, em química, é o aumento da velocidade de uma reação, devido à adição de uma substância (catalisador); sendo assim, a catálise pode ser simplesmente definida como sendo a ação do catalisador.

Novo!!: Proteína e Catálise · Veja mais »

Cálcio

O cálcio é um elemento químico, símbolo Ca, de número atómico 20 (20 prótons e 20 elétrons) e massa atómica 40.

Novo!!: Proteína e Cálcio · Veja mais »

Cálculo renal

Calculose renal, conhecida vulgarmente por pedra no rim, é a presença no trato urinário de um cálculo formado a partir de sais minerais presentes na urina.

Novo!!: Proteína e Cálculo renal · Veja mais »

Célula

Células do gênero Allium em diferentes fases do ciclo celular As células são as unidades estruturais e funcionais dos organismos vivos.

Novo!!: Proteína e Célula · Veja mais »

Código genético

Código genético é a relação entre a sequência de bases no DNA e a sequência correspondente de aminoácidos, na proteína.

Novo!!: Proteína e Código genético · Veja mais »

Cefaleia

Cefaleia ou cefalgia são os termos médicos para dor de cabeça.

Novo!!: Proteína e Cefaleia · Veja mais »

Cereal

Cereais são as plantas cultivadas por seus frutos (do tipo cariopse) comestíveis, normalmente chamados grãos e são na maior parte gramíneas, compondo uma família com mais de 6 mil espécies.

Novo!!: Proteína e Cereal · Veja mais »

Cereal integral

Um cereal integral é um cereal que contém todos os três componentes do grão completo, farelo, endosperma e gérmen, ao contrário dos cereais refinados, que contém apenas o endosperma.

Novo!!: Proteína e Cereal integral · Veja mais »

Chaperona

Chaperona (do francês chaperon, "dama de companhia") são proteínas do corpo humano.

Novo!!: Proteína e Chaperona · Veja mais »

Ciclo celular

Ciclo Celular é o conjunto de fases que uma célula passa com o intuito de duplicar-se, dando origem a duas células novas.

Novo!!: Proteína e Ciclo celular · Veja mais »

Ciclo da ureia

Uréia Ciclo da ureia ou Ciclo da Ornitina, é um ciclo de reações bioquímicas que ocorrem nos animais terrestres para produzir ureia a partir de amoníaco (NH3-). Ocorre parte nas mitocôndrias e parte no citoplasma principalmente dos hepatócitos (células do fígado), mas também, em menor grau, nos rins.

Novo!!: Proteína e Ciclo da ureia · Veja mais »

Ciclo de Krebs

O ciclo de Krebs, tricarboxílico ou do ácido cítrico, também referido como ciclo dos ácidos tricarboxílicos (em inglês, TCA) é a uma série de reações químicas que ocorrem na vida da célula e seu metabolismo.

Novo!!: Proteína e Ciclo de Krebs · Veja mais »

Cinética enzimática

A cinética enzimática estuda as reacções químicas catalisadas pelas enzimas, em especial a velocidade de reacção.

Novo!!: Proteína e Cinética enzimática · Veja mais »

Cinesina

As cinesinas são motores protéicos que têm a capacidade de se locomover usando microtúbulos como trilhos.

Novo!!: Proteína e Cinesina · Veja mais »

Cisteína

A cisteína é um dos aminoácidos codificados pelo código genético, sendo portanto um dos componentes das proteínas dos seres vivos.

Novo!!: Proteína e Cisteína · Veja mais »

Citólise

Citólise é a destruição de uma célula viva por dissolução dos seus elementos devido ao excesso de água provocado por um desequilíbrio osmótico.

Novo!!: Proteína e Citólise · Veja mais »

Citoesqueleto

O Citoesqueleto é responsável por manter a forma da célula e as junções celulares, auxiliando nos movimentos celulares.

Novo!!: Proteína e Citoesqueleto · Veja mais »

Citoplasma

O citoplasma é o espaço intracelular entre a membrana plasmática e o envoltório nuclear em seres eucariontes, enquanto nos procariontes corresponde à totalidade da área intracelular.

Novo!!: Proteína e Citoplasma · Veja mais »

Clara do ovo

Clara de ovo ou albúmen é a parte transparente da célula de ovo, que circunda a gema e é formada predominantemente por água e pela proteína albumina.

Novo!!: Proteína e Clara do ovo · Veja mais »

Codão

Na genética, um é uma sequência de três bases nitrogenadas de RNA mensageiro que codificam um determinado aminoácido ou que indicam o ponto de início ou fim de tradução da cadeia de RNAm.

Novo!!: Proteína e Codão · Veja mais »

Coenzima

Coenzima é uma molécula orgânica ou metalorgânica unida a uma enzima, que juntas tem uma função catalítica, e que é necessária ao funcionamento da mesma.

Novo!!: Proteína e Coenzima · Veja mais »

Cofator (bioquímica)

Os são substâncias inorgânicas necessárias ao funcionamento das enzimas.

Novo!!: Proteína e Cofator (bioquímica) · Veja mais »

Colágeno

Representação da trípla hélice do colágeno. O colágeno PB ou colagénio PE é uma proteína de importância fundamental na constituição da matriz extracelular do tecido conjuntivo, sendo responsável por grande parte de suas propriedades físicas.

Novo!!: Proteína e Colágeno · Veja mais »

Colesterol

Colesterol é um álcool policíclico de cadeia longa, usualmente considerado um esteroide, encontrado nas membranas celulares e transportado no plasma sanguíneo de todos os animais.

Novo!!: Proteína e Colesterol · Veja mais »

Coloide

Em química, coloides (ou sistemas coloidais ou ainda dispersões coloidais) são sistemas nos quais um ou mais componentes apresentam pelo menos uma das suas dimensões dentro do intervalo de 1nm a 1µm.

Novo!!: Proteína e Coloide · Veja mais »

Complexo proteico

Um complexo protéico (ou complexo multiproteína) é um grupo de duas ou mais cadeias polipeptídicas associadas.

Novo!!: Proteína e Complexo proteico · Veja mais »

Conformação nativa

A conformação nativa de uma proteína ou de um ácido nucleico denomina a estrutura tridimensional na qual essa molécula está biologicamente ativa e apresenta propriedades biológicas naturais.

Novo!!: Proteína e Conformação nativa · Veja mais »

Conjunto

Na matemática, um conjunto é uma coleção de elementos.

Novo!!: Proteína e Conjunto · Veja mais »

Coplanaridade

Em geometria, um conjunto de pontos no espaço possui complanaridade, é dito complanar, se todos os pontos estão no mesmo plano geométrico.

Novo!!: Proteína e Coplanaridade · Veja mais »

Criança

Uma criança (do latim creantia) é um ser humano no início de seu desenvolvimento.

Novo!!: Proteína e Criança · Veja mais »

Crio-microscopia eletrónica

Crio-microscopia eletrónica (crio-ME) é uma forma de microscopia eletrónica de transmissão na qual a amostra biológica é estudada a temperaturas criogénicas e preservada em gelo amorfo.

Novo!!: Proteína e Crio-microscopia eletrónica · Veja mais »

Cristalografia de raios X

Determinação de uma estrutura por cristalografia de raios X. A cristalografia de raios X é uma técnica que consiste em fazer passar um feixe de raios X, uma forma de radiação eletromagnética, através de um cristal da substância sujeita ao estudo.

Novo!!: Proteína e Cristalografia de raios X · Veja mais »

Cristalografia eletrónica

é um método usado para determinar a disposição de átomos em sólidos através de um microscópio electrónico de transmissão.

Novo!!: Proteína e Cristalografia eletrónica · Veja mais »

Cromatografia

A cromatografia (do grego χρώμα:chroma, cor e γραφειν:"grafein", grafia) é uma técnica analítica que tem por finalidade geral a separação e/ou purificação de misturas, quando acoplados com detectores de massas ou UV/Vis fornecem também informações a cerca da identidade da molécula.

Novo!!: Proteína e Cromatografia · Veja mais »

Deficiência intelectual

Deficiência mental corresponde a expressões como insuficiência, falta, falha, carência, imperfeição associadas ao significado de deficiência (do latim deficientia) aplicadas ao conceito de mente ou intelecto.

Novo!!: Proteína e Deficiência intelectual · Veja mais »

Dermatopatia

Dermatopatia (do grego dérmato-, pele e -páthos, sofrimento) ou dermatose (-ose, outro sufixo para doenças) é a denominação genérica das doenças que afetam o sistema tegumentário (pele, unhas, glândulas sudoríparas e pelos).

Novo!!: Proteína e Dermatopatia · Veja mais »

Desaminação

Desaminação é o processo pelo qual o aminoácido libera o seu grupo amina na forma de amônia e se transforma em um cetoácido correspondente.

Novo!!: Proteína e Desaminação · Veja mais »

Desnaturação

Desnaturação é um processo que se dá em moléculas biológicas, principalmente nas proteínas, expostas a condições diferentes àquelas em que foram produzidas, como variações de temperatura, mudanças de pH, força iônica, entre outras.

Novo!!: Proteína e Desnaturação · Veja mais »

Desnutrição proteico-calórica

Desnutrição proteico-calórica ou Desnutrição proteico-energética é uma forma de desnutrição caracterizada pelo consumo insuficiente de calorias ou proteínas.

Novo!!: Proteína e Desnutrição proteico-calórica · Veja mais »

Diabetes mellitus tipo 2

Diabetes mellitus do tipo 2 é um distúrbio metabólico caracterizado pelo elevado nível de glicose no sangue, resistência à insulina e relativa falta de insulina.

Novo!!: Proteína e Diabetes mellitus tipo 2 · Veja mais »

Diarreia

Diarreia é a condição médica em que se verificam pelo menos três movimentos intestinais aquosos ou pouco consistentes por dia.

Novo!!: Proteína e Diarreia · Veja mais »

Dicroísmo circular

Dicroísmo circular (CD, do inglês circular dichroism) é uma forma de espectroscopia que faz uso da absorção diferenciada da luz polarizada no sentido horário ou no sentido anti-horário.

Novo!!: Proteína e Dicroísmo circular · Veja mais »

Diedro

Em geometria, diedro, ângulo diedro ou ângulo diédrico é uma expansão do conceito de ângulo a um espaço tridimensional.

Novo!!: Proteína e Diedro · Veja mais »

Dieta

Dieta refere-se aos hábitos alimentares individuais.

Novo!!: Proteína e Dieta · Veja mais »

Difusão molecular

soluto ao lado esquerdo da barreira (linha púrpura) e nenhuma no lado direito. A barreira é removida, e o soluto difunde-se preenchendo inteiramente o recipiente. No topo: Uma única molécula move-se aleatoriamente. Centro: Com mais moléculas, há uma tendência clara, na qual o soluto enche o recipiente mais e mais uniformemente. Abaixo: Com um enorme número de moléculas de soluto, toda a aleatoriedade se vai: O soluto parece mover-se suave e sistematicamente das áreas de alta concentração para áreas de baixa concentração, seguindo as leis de Fick. A difusão molecular, frequentemente chamada exemplo de fenômeno de transporte de matéria onde um soluto é transportado devido aos movimentos das moléculas de um fluido (líquido ou gás), pelo movimento térmico de todas as partículas a temperaturas acima do zero absoluto.

Novo!!: Proteína e Difusão molecular · Veja mais »

Digestão

Sistema digestivo humano. A digestão é o conjunto das transformações químicas e físicas que os alimentos orgânicos sofrem ao longo de um sistema digestivo, para se converterem em compostos menores hidrossolúveis e absorvíveis.

Novo!!: Proteína e Digestão · Veja mais »

Dinâmica molecular

Dinâmica molecular (DM) é um método de simulação computacional que estuda o movimentos físico dos átomos e moléculas das quais se conhecem o potencial de interacção entre estas partículas e as equações que regem o seu movimento.

Novo!!: Proteína e Dinâmica molecular · Veja mais »

Dineína

As dineinas são proteínas motoras formadas em geral por duas cadeias pesadas de 470-540 kDa, e várias outras cadeias pequenas e médias que somam mais de 1000 kDa.

Novo!!: Proteína e Dineína · Veja mais »

Doença cardiovascular

Doenças cardiovasculares são uma classe de doenças que afetam o coração ou os vasos sanguíneos.

Novo!!: Proteína e Doença cardiovascular · Veja mais »

Doença de Alzheimer

Doença de Alzheimer é uma doença neurodegenerativa crónica e a forma mais comum de demência.

Novo!!: Proteína e Doença de Alzheimer · Veja mais »

Doença de Huntington

A doença de Huntington ou coreia de Huntington é uma doença hereditária que causa a morte das células do cérebro.

Novo!!: Proteína e Doença de Huntington · Veja mais »

Doença de Parkinson

A doença de Parkinson (DP) é uma perturbação degenerativa crónica do sistema nervoso central que afeta principalmente a coordenação motora.

Novo!!: Proteína e Doença de Parkinson · Veja mais »

Elastina

A elastina é uma proteína de função estrutural que forma fibras elásticas.

Novo!!: Proteína e Elastina · Veja mais »

Eletroforese

A eletroforese é uma técnica de separação que se baseia no princípio de migração de íons em um campo elétrico.

Novo!!: Proteína e Eletroforese · Veja mais »

Eletroforese bidimensional

Eletroforese bidimensional em gel, abreviado como 2-DE ou eletroforese 2-D, é uma forma de eletroforese em gel geralmente utilizada para análise e separação de proteínas em mistura.

Novo!!: Proteína e Eletroforese bidimensional · Veja mais »

Eletroforese em gel

TTGE profiles representing the bifidobacterial diversity of fecal samples from two healthy volunteers (A and B) before and after AMC (Oral Amoxicillin-Clavulanic Acid) treatment A eletroforese em gel é uma técnica de separação de moléculas que envolve a migração de partículas em um determinado gel durante a aplicação de uma diferença de potencial.

Novo!!: Proteína e Eletroforese em gel · Veja mais »

Engenharia genética

Manipulação genética e modificação genética são termos para o processo de manipulação dos genes num organismo, geralmente fora do processo normal reprodutivo deste.

Novo!!: Proteína e Engenharia genética · Veja mais »

Enovelamento de proteínas

O enovelamento de proteínas (em inglês: Protein Folding) é um processo químico em que a estrutura de uma proteína assume a sua configuração funcional.

Novo!!: Proteína e Enovelamento de proteínas · Veja mais »

Envoltório nuclear

A membrana nuclear, também conhecido como Carioteca, invólucro nuclear, envelope nuclear ou membrana nuclear (este termo não é muito apropriado, pois é formado na verdade por duas membranas), é uma estrutura que envolve o núcleo das células eucarióticas, responsável por separar o conteúdo do núcleo celular (em particular o DNA) do citosol (citoplasma) É formada por dois folhetos ou membranas (constituídos por uma bicamada lipídica), um interno e um externo, com um espaço entre eles de 20 a 100 nm de espessura.

Novo!!: Proteína e Envoltório nuclear · Veja mais »

Enzima

Modelo da enzima ''Purina nucleósido fosforilase'' (PNP) gerado por computador. Enzimas são grupos de substâncias orgânicas de natureza normalmente proteica (existem também enzimas constituídas de RNA, as ribozimas), com atividade intra ou extracelular que têm funções catalisadoras, catalisando reações químicas que, sem a sua presença, dificilmente aconteceriam.

Novo!!: Proteína e Enzima · Veja mais »

Escherichia coli

Escherichia coli (mais conhecida pela abreviatura E. coli), é uma bactéria bacilar Gram-negativa que se encontra normalmente no trato gastrointestinal inferior dos organismos de sangue quente (endotérmicos).

Novo!!: Proteína e Escherichia coli · Veja mais »

Escleroproteína

Escleroproteínas ou proteínas fibrilares são proteínas longas e filamentosas e uma das duas principais classes de estrutura terciária de proteínas (a segunda sendo as proteínas globulares).

Novo!!: Proteína e Escleroproteína · Veja mais »

Espectrometria de massa

Espectrômetro de massa. A espectrometria de massas é uma técnica analítica física para detectar e identificar moléculas de interesse por meio da medição da sua massa e da caracterização de sua estrutura química.

Novo!!: Proteína e Espectrometria de massa · Veja mais »

Espectroscopia

dispersão da luz enquanto atravessa um prisma triangular Em química e física, o termo espectroscopia é a designação para toda técnica de levantamento de dados físico-químicos através da transmissão, absorção ou reflexão da energia radiante incidente em uma amostra.

Novo!!: Proteína e Espectroscopia · Veja mais »

Espermatozoide

é a célula reprodutiva masculina de todos os animais que se reproduzem a partir de reprodução sexuada.

Novo!!: Proteína e Espermatozoide · Veja mais »

Estômago

O estômago é um órgão presente no tubo digestivo, situado logo abaixo do diafragma, mais precisamente entre o esôfago e o duodeno.

Novo!!: Proteína e Estômago · Veja mais »

Estrutura biomolecular

Uma estrutura biomolecular é uma estrutura de biomoléculas, fundamentalmente proteínas e os ácidos nucleicos ADN e ARN.

Novo!!: Proteína e Estrutura biomolecular · Veja mais »

Etiqueta de poli-histidina

Uma etiqueta de poli-histidina ou his-tag é um motivo de aminoácidos numa proteína que consiste em pelo menos seis resíduos de histidina, geralmente nos terminais N ou C dessa proteína.

Novo!!: Proteína e Etiqueta de poli-histidina · Veja mais »

Eukaryota

O domínio taxonômico Eukariota, Eukaria, Eukarya, Eukaryota, também referido como eucariotas ou eucariontes (do grego ευ, translit.: eu, "bom, perfeito"; e κάρυον, translit.: karyon, noz ou amêndoa, núcleo) inclui todos os seres vivos com células eucarióticas, ou seja, com um núcleo celular rodeado por uma membrana (DNA compartimentado, consequentemente separado do citoplasma) e com vários organelos.

Novo!!: Proteína e Eukaryota · Veja mais »

Exosqueleto

Em zoologia, chama-se exoesqueleto (literalmente significa "externo/exterior") à cutícula resistente, mas flexível, que cobre o corpo de muitos animais e protistas, fornecendo proteção para os órgãos internos, suporte para os músculos e evita também a perda de água.

Novo!!: Proteína e Exosqueleto · Veja mais »

Fígado

Fígado (do latim ficatu) é a maior glândula e o segundo maior órgão do corpo humano.

Novo!!: Proteína e Fígado · Veja mais »

Fígado gorduroso

Fígado gorduroso, também conhecido como esteatose hepática ou doença hepática gordurosa é uma condição reversível na qual grandes quantidades de triglicéridos(um tipo comum de gordura) acumulam anormalmente nas células do fígado (hepatócito) formando grandes vesículas (vacúolos).

Novo!!: Proteína e Fígado gorduroso · Veja mais »

Fórmula empírica

Fórmula empírica, em química, é a que representa um composto químico através dos símbolos atômicos dos elementos que o compõem, com os menores subscritos possíveis.

Novo!!: Proteína e Fórmula empírica · Veja mais »

Fórmula infantil

Fórmula infantil ou leite artificial é um alimento processado, concebido e comercializado para a alimentação de bebés e recém-nascidos com menos de 12 meses de idade.

Novo!!: Proteína e Fórmula infantil · Veja mais »

Feijão

Feijão é um nome comum para uma grande variedade de sementes de plantas de alguns gêneros da família Fabaceae.

Novo!!: Proteína e Feijão · Veja mais »

Fenilalanina

A Fenilalanina é um dos aminoácidos essenciais ao ser humano, ou seja, não pode ser sintetizado pelo organismo humano e tem de ser adquirido através da dieta. É um composto natural que está presente em todas as proteínas (vegetais ou animais). O corpo humano necessita da fenilalanina, pois é uma parte integral de todas as proteínas do nosso corpo. A fenilalanina é encontrada no aspartame, um adoçante, substituto do açúcar e muito utilizado em bebidas, principalmente refrigerantes. Existe um grupo de pessoas que sofrem da uma doença hereditária chamada fenilcetonúria (FCU). A estas pessoas falta uma enzima que é necessária para digerir a fenilalanina. Esta, como não é absorvida, passa a acumular-se no organismo até ser convertida em compostos tóxicos, designados por fenilcetonas (como o fenilacetato e a fenetilamina), que são expelidos pela urina. Os doentes com PKU que ingerem a fenilalanina sofrem de diferentes sintomas de toxicidade, incluindo atrasos mentais especialmente em crianças, e distúrbios intelectuais nos adultos. Sem o diagnóstico e orientações médicas seguidas corretamente, a fenilcetonúria leva a convulsões, problemas de pele e cabelo, deficiência mental e até mesmo invalidez permanente. A fenilcetonúria é diagnosticada através do teste do pezinho nos bebês e requer tratamento por toda a vida. Categoria:Aminoácidos Categoria:Compostos aromáticos Categoria:Adoçantes.

Novo!!: Proteína e Fenilalanina · Veja mais »

Focalização isoelétrica

A eletroforese é um conjunto de técnicas que visa separar, por cargas, diferentes biomoléculas e partículas em um fluído sob influência de um campo elétrico.

Novo!!: Proteína e Focalização isoelétrica · Veja mais »

Folding@home

O Folding@home é um projeto de computação distribuída desenhado para realizar simulações de enrolamentos de proteínas.

Novo!!: Proteína e Folding@home · Veja mais »

Folha-beta

Folha-beta é um padrão estrutural encontrado em várias proteínas, nas quais regiões vizinhas da cadeia polipeptídica associam-se por meio de ligações de hidrogênio resultando em uma estrutura achatada e rígida.

Novo!!: Proteína e Folha-beta · Veja mais »

Frederick Sanger

Frederick Sanger OM, CH, CBE, FRS (Rendcombe, Gloucestershire, —) foi um bioquímico inglês.

Novo!!: Proteína e Frederick Sanger · Veja mais »

Fruta

Fruta é um conceito existente em Português, sem correspondente em outras línguas, como o Inglês ou o Francês, e cuja definição não é precisa, mas em geral abarca os frutos e pseudofrutos comestíveis e de sabor adocicado, ainda que haja autores que discordem desta definição, por ser em suas opiniões, demais simplista.

Novo!!: Proteína e Fruta · Veja mais »

Genética

Para uma introdução ao tema mais geral e menos técnica, veja Introdução à genética. Genética (do grego geno; fazer nascer) é a especialidade da biologia que estuda os genes, a hereditariedade e a variação dos organismos e a forma como estes transmitem as características biológicas de geração para geração.

Novo!!: Proteína e Genética · Veja mais »

Genómica

é um ramo da bioquímica que estuda o genoma completo de um organismo.

Novo!!: Proteína e Genómica · Veja mais »

Genómica estrutural

é um campo de investigação que tem como objetivo caracterizar e localizar os vários genes de um genoma.

Novo!!: Proteína e Genómica estrutural · Veja mais »

Gene

Gene, na definição da genética clássica, é a unidade fundamental da hereditariedade.

Novo!!: Proteína e Gene · Veja mais »

Gene repórter

O gene repórter é usado para definir um gene cuja expressão gera um fenótipo prontamente mensurável que pode ser distinguido facilmente frente a um conjunto basal de proteínas endógenas.

Novo!!: Proteína e Gene repórter · Veja mais »

Gerardus Johannes Mulder

Gerardus Johannes Mulder (Gerrit Jan Mulder) (Utrecht -, Bennekom) foi um químico orgânico holandês.

Novo!!: Proteína e Gerardus Johannes Mulder · Veja mais »

Girassol

O girassol (Helianthus annuus) é uma planta anual da família das Asteraceae.

Novo!!: Proteína e Girassol · Veja mais »

Glicina

A glicina (do grego glykos, "doce", nome devido ao seu sabor adocicado) é um dos aminoácidos codificados pelo código genético, sendo portanto um dos componentes das proteínas dos seres vivos.

Novo!!: Proteína e Glicina · Veja mais »

Gliconeogênese

Molécula da glicose Gliconeogênese ou neoglicogénese ou ainda neoglucogénese("formação de novo açúcar") é a rota pela qual é produzida glicose a partir de compostos aglicanos (não-açúcares ou não-carboidratos), sendo a maior parte deste processo realizado no fígado (principalmente sob condições de jejum) e uma menor parte no córtex dos rins.

Novo!!: Proteína e Gliconeogênese · Veja mais »

Glicoproteína

As glicoproteínas são proteínas que contêm cadeias de oligossacarídeos (glicanos) covalentemente ligados a cadeias laterais de polipeptídeos.

Novo!!: Proteína e Glicoproteína · Veja mais »

Glicose

A glicose, glucose ou dextrose, é um monossacarídeo e é um dos carboidratos mais importantes na biologia.

Novo!!: Proteína e Glicose · Veja mais »

Glutamina

A Glutamina é um dos aminoácido codificados pelo código genético, sendo portanto um dos componentes das proteínas dos seres vivos.

Novo!!: Proteína e Glutamina · Veja mais »

Grama

O grama (símbolo: g) é uma unidade de medida de massa.

Novo!!: Proteína e Grama · Veja mais »

Gravidez

Gravidez é o período de cerca de nove meses de gestação nos seres humanos, contado a partir da fecundação e implantação de um óvulo no útero até ao nascimento.

Novo!!: Proteína e Gravidez · Veja mais »

Grão-de-bico

O grão-de-bico, também chamado de gravanço, ervanço, chícharo, ervilha-de-galinha ou ervilha-de-bengala, é uma leguminosa da família das fabáceas, muito distribuída na Índia e no Mediterrâneo.

Novo!!: Proteína e Grão-de-bico · Veja mais »

Guanina

Guanina é uma base nitrogenada, orgânica, assim como a adenina, a citosina e a timina, que se une com uma molécula de desoxirribose (pentose, monossacarídeo) e com um ácido fosfórico, geralmente o fosfato, para formar um nucleotídeo, principal base para formar cadeias polinucleotídeas que, por sua vez, formam o ADN (ácido desoxirribonucléico).

Novo!!: Proteína e Guanina · Veja mais »

Gutação

Gutação é a eliminação de água em estado líquido pelos hidatódios nas folhas.

Novo!!: Proteína e Gutação · Veja mais »

Hemodiálise

A hemodiálise é um tratamento que consiste na remoção do líquido e substâncias tóxicas do sangue, como se fosse um rim artificial.

Novo!!: Proteína e Hemodiálise · Veja mais »

Hemoglobina

A hemoglobina (frequentemente abreviada como Hb) é uma metaloproteína que contém ferro presente nos glóbulos vermelhos (eritrócitos) e que permite o transporte de oxigénio pelo sistema circulatório.

Novo!!: Proteína e Hemoglobina · Veja mais »

Hermann Emil Fischer

Hermann Emil Fischer (Euskirchen, — Berlim) foi um químico alemão que recebeu o Nobel de Química de 1902.

Novo!!: Proteína e Hermann Emil Fischer · Veja mais »

Hidrólise

Hidrólise (do grego hidro-, significando água, e -lysis, significando separação) é uma reação química de quebra de ligação química de uma molécula com a adição de uma molécula água.

Novo!!: Proteína e Hidrólise · Veja mais »

Histidina

Histidina (abreviadamente, His ou H) é um aminoácido essencial.

Novo!!: Proteína e Histidina · Veja mais »

Homologia (biologia)

Homologia de vários ossos (mostrados em cores diferentes) dos membros anteriores de quatro vertebrados. Homologia (do grego ομοως, "igualmente" e λοlÄγος, "ciência", "razão")AMORIM, Dalton de Sousa.

Novo!!: Proteína e Homologia (biologia) · Veja mais »

Hormona

Adrenalina, uma hormona é uma substância química específica fabricada pelo sistema endócrino ou por neurónios altamente especializados e que funciona como um sinalizador celular.

Novo!!: Proteína e Hormona · Veja mais »

Imagem por ressonância magnética

A ressonância magnética (MRI) é uma técnica de imagem médica usada em radiologia para formar imagens da anatomia e dos processos fisiológicos do corpo, tanto na saúde como na doença.

Novo!!: Proteína e Imagem por ressonância magnética · Veja mais »

Imuno-histoquímica

autonômicos simpáticos. A imuno-histoquímica (IHQ) é um método de localização de antígenos (e.g. proteínas) em tecidos, explorando o princípio da ligação específica de anticorpos a antígenos no tecido biológico.

Novo!!: Proteína e Imuno-histoquímica · Veja mais »

Imunoglobulina

Os anticorpos (Ac) (também conhecidos como imunoglobulinas, abreviado Ig) são glicoproteínas do tipo gamaglobulina, a fracção de globulinas mais abundante no plasma sanguíneo.

Novo!!: Proteína e Imunoglobulina · Veja mais »

In silico

In silico é uma expressão usada no âmbito da simulação computacional e áreas correlatas para indicar algo ocorrido "em ou através de uma simulação computacional".

Novo!!: Proteína e In silico · Veja mais »

In vitro

In vitro ("em vidro") é uma expressão latina que designa todos os processos biológicos que têm lugar fora dos sistemas vivos, no ambiente controlado e fechado de um laboratório e que são feitos normalmente em recipientes de vidro.

Novo!!: Proteína e In vitro · Veja mais »

In vivo

In vivo (Latim: dentro do vivo) significa "que ocorre ou tem lugar dentro de um organismo".

Novo!!: Proteína e In vivo · Veja mais »

Infecção

é a invasão de tecidos corporais de um organismo hospedeiro por parte de organismos capazes de provocar doenças; a multiplicação destes organismos; e a reação dos tecidos do hospedeiro a estes organismos e às toxinas por eles produzidas.

Novo!!: Proteína e Infecção · Veja mais »

Inhame

Inhame (''Dioscorea trifida'') no mercado de Brixton, Londres. Inhame e cará são nomes comuns de várias espécies de plantas bem diferentes, dos gêneros Dioscorea, Alocasia, Colocasia, Xanthosoma, e Ipomoea, e de suas "batatas" (rizomas ou cormos amiláceos)Gilberto Pedralli, 2002,, in Carmo, C.A.S, Inhame e taro.

Novo!!: Proteína e Inhame · Veja mais »

Inibidor da ribonuclease

Inibidor da ribonuclease (abreviado na literatura como RI, do inglês ribonuclease inhibitor) é uma proteína constituída por repetição rica em leucina, grande (~450 resíduos, ~49 kDa), ácida (pI ~4.7), que forma complexos extremamente estreitos com certas ribonucleases.

Novo!!: Proteína e Inibidor da ribonuclease · Veja mais »

Insulina

glucagina e '''insulina''' Insulina é uma hormona responsável pela redução da glicémia (taxa de glicose no sangue), ao promover a entrada de glicose nas células.

Novo!!: Proteína e Insulina · Veja mais »

Interação proteína-proteína

Interações proteína-proteína designam o contacto físico e intencional entre duas ou mais proteínas enquanto resultado de eventos bioquímicos ou forças electrostáticas.

Novo!!: Proteína e Interação proteína-proteína · Veja mais »

Interactoma

editor-nome1.

Novo!!: Proteína e Interactoma · Veja mais »

Iogurte

O iogurte (do turco yoğurt, pronúncia, do adjetivo yoğun, "denso" ou "tornar denso") é uma forma de leite em que o açúcar (a lactose) foi transformado em ácido láctico, por fermentação bacteriana.

Novo!!: Proteína e Iogurte · Veja mais »

Isoleucina

Isoleucina, também chamada de L-isoleucina ou ácido (2S,3S)-2-Amino-3-metilpentanóico, é um aminoácido essencial de fórmula C6H13NO2 e peso molecular 131,175 g/mol, que possui cadeia lateral alifática e apolar.

Novo!!: Proteína e Isoleucina · Veja mais »

James Batcheller Sumner

James Batcheller Sumner (Canton, — Buffalo) foi um químico estadunidense.

Novo!!: Proteína e James Batcheller Sumner · Veja mais »

Jöns Jacob Berzelius

Jöns Jacob Berzelius, mais conhecido como Jacob Berzelius (Väfversunda, Östergötland, — Estocolmo), foi um químico sueco.

Novo!!: Proteína e Jöns Jacob Berzelius · Veja mais »

John Kendrew

John Cowdery Kendrew (Oxford, — Cambridge) foi um químico britânico.

Novo!!: Proteína e John Kendrew · Veja mais »

Kwashiorkor

Kwashiorkor ou desnutrição intermediária é um tipo de doença decorrente da falta de proteínas e vitaminas, geralmente associado com elevado consumo de carboidratos (arroz, batata, milho, salgadinhos, doces...). Seu nome foi originado de um dos idiomas de Gana, país da África, e significa "mal do filho mais velho", pois costuma ocorrer quando a criança era desmamada e alimentada com muito carboidrato e pouca proteína.

Novo!!: Proteína e Kwashiorkor · Veja mais »

Língua grega

A língua grega (ελληνικά, ou ελληνική γλώσσα, AFI:, lit. "língua helênica") é um ramo independente da família linguística indo-europeia.

Novo!!: Proteína e Língua grega · Veja mais »

Lípido

Os, lipídeos ou lípidos são um amplo grupo de compostos químicos orgânicos naturais, que constituem uns dos principais componentes dos seres vivos, formados principalmente por carbono, hidrogénio e oxigénio, apesar de também poder conter fósforo, nitrogénio e enxofre, entre os quais se incluem gorduras, ceras, esteróis, vitaminas lipossolúveis (como as vitaminas A, D, E, e K), fosfolipídios, entre outros.

Novo!!: Proteína e Lípido · Veja mais »

Legume

Feijão-preto, um dos legumes mais apreciados na culinária do Brasil. Legume (do latim legumen), olerácea ou vagem é o nome comum para o fruto das leguminosas e que, fecundando dentro de um carpelo, caracteristicamente, se abre em duas fendas.

Novo!!: Proteína e Legume · Veja mais »

Lei de Liebig

A Lei de Liebig, também conhecida por Lei do Mínimo é um princípio utilizado principalmente na agricultura que estabelece que o desenvolvimento de uma planta será limitado por aquele nutrientes faltoso ou deficitário, mesmo que todos os outros elementos ou fatores estejam presentes.

Novo!!: Proteína e Lei de Liebig · Veja mais »

Leite

Leite é uma secreção nutritiva de cor esbranquiçada e opaca produzida pelas glândulas mamárias das fêmeas dos mamíferos (incluindo os monotremados).

Novo!!: Proteína e Leite · Veja mais »

Leite materno

Um bebê se alimentando do leite materno Leite materno se refere ao leite produzido pela mulher e é utilizado para alimentar seu bebê por meio do aleitamento materno.

Novo!!: Proteína e Leite materno · Veja mais »

Lens culinaris

Produção mundial de lentilhas. Três tipos de lentilhas. Lens culinaris, popularmente chamada de lentilha,Julio Seabra Inglez Souza (1995).

Novo!!: Proteína e Lens culinaris · Veja mais »

Leucina

A leucina é um dos aminoácidos codificados pelo código genético, sendo portanto um dos componentes das proteínas dos seres vivos.

Novo!!: Proteína e Leucina · Veja mais »

Levedura

As leveduras são fungos assim como os bolores e os cogumelos.

Novo!!: Proteína e Levedura · Veja mais »

Ligação covalente

Ligação covalente é uma ligação química caracterizada pelo compartilhamento de um ou mais pares de elétrons entre átomos.

Novo!!: Proteína e Ligação covalente · Veja mais »

Ligação de hidrogênio

O hidrogênio é capaz de fazer tanto ligações covalentes (ligação química em que há compartilhamento de elétrons) quanto ligações que não são químicas, apenas interações.

Novo!!: Proteína e Ligação de hidrogênio · Veja mais »

Ligação peptídica

Uma ligação peptídica é uma ligação química que ocorre entre duas moléculas quando o grupo carboxilo de uma molécula reage com o grupo amina de outra molécula, libertando uma molécula de água (H2O).

Novo!!: Proteína e Ligação peptídica · Veja mais »

Ligação química

Ligações químicas são conjunções estabelecidas entre átomos para formarem moléculas ou, no caso de ligações iônicas ou metálicas, agregados atômicos (superátomos) organizados de forma a constituírem a estrutura básica de uma substância ou composto.

Novo!!: Proteína e Ligação química · Veja mais »

Linfócito B

Linfócito B ou célula B é um tipo de linfócito que constitui o sistema imunitário.

Novo!!: Proteína e Linfócito B · Veja mais »

Linfócito T

Linfócitos T ou células T são um grupo de glóbulos brancos(leucócitos) responsáveis pela defesa do organismo contra agentes desconhecidos (antígenos).

Novo!!: Proteína e Linfócito T · Veja mais »

Linus Pauling

Linus Carl Pauling (Portland, — Big Sur) foi um químico quântico e bioquímico dos Estados Unidos.

Novo!!: Proteína e Linus Pauling · Veja mais »

Lisina

A Lisina é um aminoácido polar básico, codificado pelos códons AAA e AAG. Altamente solúvel em água, foi descoberta em 1889 por Edmund Drechsel, que a isolou pela primeira vez a partir da caseína. Sua estrutura foi elucidada três anos depois. Em humanos, o aminoácido lisina é exclusivamente cetogênico. A degradação do aminoácido lisina em mamíferos ocorre através de duas vias catabólicas: a via de sacaropina e a via do ácido pipecólico. Ambas as vias geram acetil-CoA, importante componente do Ciclo de Krebs. Em circunstâncias normais, um ser humano consome quantidade suficiente de lisina através da alimentação. A falta desse aminoácido pode ocasionar crescimento lento, fadiga, náusea, tontura, perda de apetite e distúrbios reprodutivos. É encontrada principalmente em alimentos ricos em proteínas como: carnes, frutos do mar, produtos à base de soja, leite e derivados. Em menor concentração, é encontrada em verduras e legumes. O excesso de lisina no organismo pode resultar em diarreia, dor de estômago, aumento do colesterol, danos hepáticos e renais. O aminoácido lisina começou a ser adicionado na ração de animais de abate na segunda metade do século passado. Para alguns animais, como porcos, é um aminoácido limitante. A suplementação com lisina proporciona a utilização de rações com componentes mais baratos, porém mantém boas taxas de proteínas e crescimento para os animais. Estima-se que a produção anual do aminoácido ultrapasse 600.000 toneladas.

Novo!!: Proteína e Lisina · Veja mais »

Macromolécula

Macromolécula define-se como uma molécula orgânica de elevada massa molecular relativa podendo ou não apresentar unidades de repetição (aquelas que apresentam unidades de repetição são denominadas polímeros) Inerindo e forma proeminente aos dissacarídeos.

Novo!!: Proteína e Macromolécula · Veja mais »

Mandioca

Mandioca, aipi, aipim, castelinha, uaipi, macaxeira, mandioca-doce, mandioca-mansa, maniva, maniveira, pão-de-pobre, mandioca-brava e mandioca-amarga são termos brasileiros para designar a espécie Manihot esculenta (sinônimo M. utilissima).

Novo!!: Proteína e Mandioca · Veja mais »

Massa molecular

A massa molecular de uma substância é a massa de uma molécula dessa substância relativa à unidade de massa atômica u (igual a 1/12 da massa do isótopo carbono-12, 12C).

Novo!!: Proteína e Massa molecular · Veja mais »

Max Perutz

Max Ferdinand Perutz, OM, CBE (Viena, — Cambridge) foi um biólogo molecular austríaco.

Novo!!: Proteína e Max Perutz · Veja mais »

Mayo Clinic

Mayo Clinic é uma organização sem fins lucrativos da área de serviços médicos e de pesquisas médico-hospitalares localizadas em três metrópoles: Rochester, em Minnesota; Scottsdale/Phoenix, no Arizona; e Jacksonville, na Flórida.

Novo!!: Proteína e Mayo Clinic · Veja mais »

Método de Monte Carlo

Designa-se por método de Monte Carlo (MMC) qualquer método de uma classe de métodos estatísticos que se baseiam em amostragens aleatórias massivas para obter resultados numéricos, isto é, repetindo sucessivas simulações um elevado numero de vezes, para calcular probabilidades heuristicamente, tal como se, de fato, se registrassem os resultados reais em jogos de casino (daí o nome).

Novo!!: Proteína e Método de Monte Carlo · Veja mais »

Músculo

Os músculos são os tecidos responsáveis pelos movimentos dos animais, tanto os movimentos voluntários, com os quais o animal interage com o meio ambiente, como os movimentos dos seus órgãos internos, o coração ou o intestino.

Novo!!: Proteína e Músculo · Veja mais »

Mecanismo de reação

O mecanismo de reação é o conjunto das fases ou estados que constituem uma reação química, em outros termos é a sequência, etapa por etapa de reações elementares pela qual toda a reação química ocorre.

Novo!!: Proteína e Mecanismo de reação · Veja mais »

Mecânica quântica

A mecânica quântica é a teoria física que obtém sucesso no estudo dos sistemas físicos cujas dimensões são próximas ou abaixo da escala atômica, tais como moléculas, átomos, elétrons, prótons e de outras partículas subatômicas, muito embora também possa descrever fenômenos macroscópicos em diversos casos.

Novo!!: Proteína e Mecânica quântica · Veja mais »

Membrana celular

A expressão membrana celular utiliza-se com dois significados diferentes.

Novo!!: Proteína e Membrana celular · Veja mais »

Metabolismo

Estrutura do trifosfato de adenosina, um intermediário central no metabolismo energético. Metabolismo (do grego metabolismos, μεταβολισμός, que significa "mudança", troca) é o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos.

Novo!!: Proteína e Metabolismo · Veja mais »

Metionina

A metionina (Met) é um dos aminoácidos codificados pelo código genético, sendo portanto um dos componentes das proteínas dos seres vivos, com exceção das bactérias procariontes (as quais possuem N-Formil Metionina).

Novo!!: Proteína e Metionina · Veja mais »

Micro-organismo

, microrganismos ou micróbios são organismos que só podem ser vistos ao microscópio.

Novo!!: Proteína e Micro-organismo · Veja mais »

Microarranjo de proteínas

Microarranjo de proteínas (em inglês: protein microarray) é uma técnica de larga escala usada para rastrear as interações e atividade de proteínas e determinar a sua função.

Novo!!: Proteína e Microarranjo de proteínas · Veja mais »

Microscópio

Diagrama óptico de um microscópio. Elementos de um microscópio óptico. 1-Ocular; 2-Revólver; 3-Objectiva; 4-Parafuso macrométrico; 5-Parafuso micrométrico; 6-Platina; 7-Espelho; 8-Condensador O microscópio é um instrumento óptico com capacidade de ampliar imagens de objetos muito pequenos graças ao seu poder de resolução.

Novo!!: Proteína e Microscópio · Veja mais »

Microscópio eletrônico

Um microscópio eletrônico. O microscópio é um microscópio com potencial de aumento muito superior ao óptico.

Novo!!: Proteína e Microscópio eletrônico · Veja mais »

Mioglobina

A mioglobina (Mb) é uma proteína globular dos vertebrados.

Novo!!: Proteína e Mioglobina · Veja mais »

Miosina

A proteína miosina é uma ATPase que se movimenta ao longo da actina e em presença de ATP, são responsáveis pela contração muscular.

Novo!!: Proteína e Miosina · Veja mais »

Modelação por homologia

A modelação por homologia de proteínas refere-se à construção de um modelo de resolução atómica de uma proteína-alvo a partir da sua sequência de aminoácidos.

Novo!!: Proteína e Modelação por homologia · Veja mais »

Modificação pós-traducional de proteínas

Modificação pós-traducional de proteínas é a modificação química de uma cadeia proteica depois de sua tradução.

Novo!!: Proteína e Modificação pós-traducional de proteínas · Veja mais »

Modificação pós-transcricional

As modificações pós-transcricionais representam o conjunto de modificações nos três tipos principias de RNA - tRNA, rRNA e mRNA - para gerar a forma funcional do RNA em questão, que desde modo estará apto a executar as suas funções.

Novo!!: Proteína e Modificação pós-transcricional · Veja mais »

Molécula

Uma molécula é uma entidade eletricamente neutra que possui pelo menos dois átomos, todos ligados entre si mediante uma ligação covalente.

Novo!!: Proteína e Molécula · Veja mais »

Monômero

Em química, um (do grego "mono", "um" e "meros", "parte") é uma pequena molécula que pode ligar-se a outros monômeros formando moléculas maiores denominadas polímeros.

Novo!!: Proteína e Monômero · Veja mais »

Motilidade

Motilidade é, literalmente, a capacidade ou facilidade de se mover.

Novo!!: Proteína e Motilidade · Veja mais »

Musa × paradisiaca

A banana-da-terra, banana-comprida, pacova ou chifre de boi (do grupo das Angiospermas, monocotiledôneas - família das musáceas) é uma variedade de banana de grande porte oriunda da África, chegando a aproximadamente 30 cm de comprimento (sendo a maior banana conhecida) e tem massa de aproximadamente 500 g cada fruto.

Novo!!: Proteína e Musa × paradisiaca · Veja mais »

Mutagénese sítio-dirigida

Mutagénese sítio-dirigida ou mutagénese sítio-específica é uma método de biologia molecular usado para realizar alterações específicas e intencionais na sequência de ADN de um gene ou de quaisquer produtos génios.

Novo!!: Proteína e Mutagénese sítio-dirigida · Veja mais »

N-terminal

N-terminal (amino-terminal) é uma das extremidades da cadeia polipeptídica.

Novo!!: Proteína e N-terminal · Veja mais »

Níquel

Níquel é um elemento químico de símbolo Ni de número atômico 28 (28 prótons e 28 elétrons) e de massa atómica 58,7 uma.

Novo!!: Proteína e Níquel · Veja mais »

Núcleo celular

Poros nucleares. (4) Nucléolo. (5) Cromatina. (6) Núcleo. (7) Retículo endoplasmático. (8) Nucleoplasma. O núcleo celular, primeiramente descrito por Franz Bauer, em 1802, é uma estrutura presente nas células eucariontes, que contém o ADN (ou DNA) da célula.

Novo!!: Proteína e Núcleo celular · Veja mais »

Nogueira-pecã

Nogueira-pecã (ou pecan), cujo nome científico é Carya illinoinensis K., é uma árvore originária do sul dos Estados Unidos da América.

Novo!!: Proteína e Nogueira-pecã · Veja mais »

Noz

Um fruto de casca rija, em botânica, é um fruto seco com apenas uma semente (raramente duas) no qual a parede do ovário ou parte dela torna-se muito dura na maturidade.

Novo!!: Proteína e Noz · Veja mais »

Nucleótido

, em bioquímica, são os blocos construtores dos ácidos nucleicos, o DNA e o RNA.

Novo!!: Proteína e Nucleótido · Veja mais »

Nucleoide

O nucleoide (significa semelhante ao núcleo) é uma região de forma irregular dentro da célula de um procariota que contenha a totalidade ou a maior parte do material genético.

Novo!!: Proteína e Nucleoide · Veja mais »

Obstipação

Obstipação ou constipação intestinal, popularmente denominada prisão de ventre, é uma condição caracterizada por defecações pouco frequentes ou de difícil passagem.

Novo!!: Proteína e Obstipação · Veja mais »

Oligômero

Em química, um consiste de um finito número de unidades de monômeros (ολιγος, ou oligos, é a palavra grega para "uns poucos"), em contraste a um polímero o qual, ao menos em princípio, consiste de um número não limitado de monômeros.

Novo!!: Proteína e Oligômero · Veja mais »

Organelo

Em biologia celular, organelas, organelos, ou ainda organitos, ("pequenos órgãos") são compartimentos delimitados por membrana que têm papeis específicos a desempenhar na função global de uma célula.

Novo!!: Proteína e Organelo · Veja mais »

Organismo unicelular

Um organismo unicelular é um organismo que consiste em apenas uma célula, ao contrário de um organismo pluricelular que consiste de várias células.

Novo!!: Proteína e Organismo unicelular · Veja mais »

Ouro

O ouro (do latim aurum, "brilhante") é um elemento químico (símbolo Au) de número atómico 79 (79 prótons e 79 eléctrons) que está situado no grupo onze (IB) da tabela periódica, e de massa atómica 197 u. Na natureza, o ouro é produzido a partir da colisão de duas estrelas de nêutrons.

Novo!!: Proteína e Ouro · Veja mais »

Ovo

Diagrama de um ovo – '''Legenda:''' 1- Conquilha ou casca, 2- Membrana externa,3– Membrana interna, 4– Calaza, 5– Albumina exterior, 6– Albumina média ou clara, 7 – Membrana vitelina, 8– Núcleo, 9– Gérmen, 10– Gema amarela, 11 – Gema branca, 12– Albumina interior, 13 – Calaza, 14– Câmara de Ar,15 – Conquilha ou casca. O ovo, do ponto de vista da biologia, é o zigoto dos animais.

Novo!!: Proteína e Ovo · Veja mais »

Ovo (alimento)

Do ponto de vista alimentício, o Ovo é um alimento de origem animal, podendo ser de diversas espécies animais, incluindo aves, répteis, anfíbios e peixes.

Novo!!: Proteína e Ovo (alimento) · Veja mais »

Oxigénio

O, é um elemento químico de número atómico 8 e símbolo O (8 protões e 8 eletrões) representando com massa atómica 16 u. Constitui parte do grupo dos calcogénios e é um não metal reactivo e um forte agente oxidante que facilmente forma compostos com a maioria doutros elementos, principalmente óxidos.

Novo!!: Proteína e Oxigénio · Veja mais »

Peixe

Os peixes são animais vertebrados, aquáticos, tipicamente ectotérmicos, que possuem o corpo fusiforme, os membros transformados em barbatanas ou nadadeiras (ausentes em alguns grupos) sustentadas por raios ósseos ou cartilaginosos, guelras ou brânquias com que respiram o oxigénio dissolvido na água (embora os dipnóicos usem pulmões) e, na sua maior parte, o corpo coberto de escamas.

Novo!!: Proteína e Peixe · Veja mais »

Pena

A pena é uma das estruturas epidérmicas que formam o revestimento externo distintivo ou plumagem, nas Aves.

Novo!!: Proteína e Pena · Veja mais »

Peptídeo

Os peptídios, peptídeos ou péptidos são biomoléculas formadas pela ligação de dois ou mais aminoácidos atrávés de ligações peptídicas, estabelecidas entre um grupo amina de um aminoácido, e um grupo carboxilo do outro aminoácido.

Novo!!: Proteína e Peptídeo · Veja mais »

PH

Em química, o potencial hidrogeniônico — referido comumente como pH — é uma escala numérica adimensional utilizada para especificar a acidez ou basicidade de uma solução aquosa.

Novo!!: Proteína e PH · Veja mais »

Phaseolus lunatus

O Phaseolus lunatus, também conhecido pelos nomes de feijão-de-lima,Julio Seabra Inglez Souza (1995).

Novo!!: Proteína e Phaseolus lunatus · Veja mais »

Plantae

O Reino Plantae, Metaphyta ou Vegetabilia (Vegetal) é um dos maiores grupos de seres vivos na Terra (com cerca de 400.000 espécies conhecidas, incluindo uma grande variedade de ervas, árvores, arbustos, plantas microscópicas, etc).

Novo!!: Proteína e Plantae · Veja mais »

Plasmócito

Um plasmócito é uma célula agranulócita com aspecto ovóide.

Novo!!: Proteína e Plasmócito · Veja mais »

Polaridade (química)

Polaridade, em Química refere-se à separação das cargas elétricas fazendo com que moléculas ou grupos funcionais formem dipolos elétricos.

Novo!!: Proteína e Polaridade (química) · Veja mais »

Polímero

Polímeros são macromoléculas formadas a partir de unidades estruturais menores (os monómeros).

Novo!!: Proteína e Polímero · Veja mais »

Polipeptídeo

As proteínas são compostos orgânicos formados pela associação de alfa-aminoácidos.

Novo!!: Proteína e Polipeptídeo · Veja mais »

Ponto isoelétrico

Ponto isoelétrico, ponto isoeléctrico ou pI, é o valor de pH onde uma molécula, por exemplo, um aminoácido ou uma proteína, apresenta carga elétrica líquida igual a zero.

Novo!!: Proteína e Ponto isoelétrico · Veja mais »

Potássio

O potássio é um elemento químico de símbolo K (do grego κάλιο "kalium", nome original da sua base KOH), número atômico 19 (19 prótons e 19 elétrons), metal alcalino, de massa atómica 39 u, coloração branco prateado, abundante na natureza, encontrado principalmente nas águas salgadas e outros minerais.

Novo!!: Proteína e Potássio · Veja mais »

Precipitação (química)

A precipitação é a formação de um sólido durante a reação química, este sólido formado é chamado de precipitado.

Novo!!: Proteína e Precipitação (química) · Veja mais »

Pressão arterial

Aferição da pressão arterial A expressão pressão arterial (PA) ou pressão sanguínea refere-se à pressão exercida pelo sangue contra a parede das artérias.

Novo!!: Proteína e Pressão arterial · Veja mais »

Procarionte

Procariontes, procariotes ou procariotos (originado do latim pro- primitivo e carionte - relativo à carioteca) são organismos unicelulares na sua vasta maioria e não apresentam seu material genético delimitado por uma membrana.

Novo!!: Proteína e Procarionte · Veja mais »

Prolina

A prolina faz parte do grupo dos 20 aminoácidos que participam da composição de proteínas, desse modo, chamados de aminoácidos proteicos ou α-aminoácidos, visto que possuem um grupo amino primário e um grupo carboxila ligados ao mesmo átomo de carbono.

Novo!!: Proteína e Prolina · Veja mais »

Protease

Proteases (proteínases, peptidases ou enzimas proteolíticas) são enzimas que quebram ligações peptídicas entre os aminoácidos das proteínas.

Novo!!: Proteína e Protease · Veja mais »

Proteassoma

Proteassoma é uma protease dependente de ATP usada para destruir proteínas danificadas ou proteínas com erros de síntese, as quais são marcadas para degradação através da ligação de cadeias de ubiquitina em série, que serão reconhecidas para que o processo se inicie.

Novo!!: Proteína e Proteassoma · Veja mais »

Proteína de fusão

Uma proteína de fusão ou proteína híbrida é uma proteína artificial obtida a partir de um gene de fusão, o qual é criado ao juntar partes de dois genes diferentes.

Novo!!: Proteína e Proteína de fusão · Veja mais »

Proteína globular

Estrutura tridimensional da hemoglobina, uma proteína globular. As proteínas globulares são um dos dois tipos principais de proteínas.

Novo!!: Proteína e Proteína globular · Veja mais »

Proteína membranar

Proteínas membranares ou proteínas de membrana são proteínas que interagem com membranas biológicas.

Novo!!: Proteína e Proteína membranar · Veja mais »

Proteína motora

Proteínas motoras são uma classe de motores moleculares que têm a capacidade de se mover ao longo da superfície de um substrato.

Novo!!: Proteína e Proteína motora · Veja mais »

Proteína transmembranar

Uma proteína transmembranar é um tipo de proteína membranar que envolve a totalidade da membrana biológica à qual é permanentemente ligada - ou seja, recobre essa membrana de um lado a outro, podendo cobrir a bicamada lipídica uma vez (unipasso) ou várias vezes (multipasso).

Novo!!: Proteína e Proteína transmembranar · Veja mais »

Proteína verde fluorescente

A proteína verde fluorescente, mais conhecida por GFP (abreviatura do inglês green fluorescent protein), é uma proteína produzida pelo cnidário Aequorea victoria que emite fluorescência na zona verde do espectro visível.

Novo!!: Proteína e Proteína verde fluorescente · Veja mais »

Proteômica

é a ciência da área de biotecnologia que estuda o conjunto de proteínas e suas isoformas contidas em uma amostra biológica seja esta um organismo, seja tecido, seja organela celular ou célula, que são determinadas pelo genoma da mesma.

Novo!!: Proteína e Proteômica · Veja mais »

Protein Data Bank

O PDB (Protein Data Bank; em português: Banco de Dados de Proteínas) é um banco de dados em 3D de proteínas e ácidos nucléicos.

Novo!!: Proteína e Protein Data Bank · Veja mais »

Proteoma

O proteoma é o conjunto de proteínas e variantes de proteínas que podem ser encontrados numa célula específica quando esta está sujeita a um certo estímulo.

Novo!!: Proteína e Proteoma · Veja mais »

Pulmão humano

Os pulmões do ser humano são órgãos do sistema respiratório, responsáveis pelas trocas gasosas entre o ambiente e o sangue.

Novo!!: Proteína e Pulmão humano · Veja mais »

Purificação de proteínas

A purificação de proteínas é um processo pelo qual obtém-se uma proteína de interesse a partir de uma amostra biológica, como um tecido.

Novo!!: Proteína e Purificação de proteínas · Veja mais »

Queijo

Queijo é um alimento sólido feito a partir do leite de vacas, cabras, ovelhas, búfalas e/ou outros mamíferos.

Novo!!: Proteína e Queijo · Veja mais »

Queratina

Queratina (do grego kéras que significa chifre) ou ceratina é uma proteína sintetizada por muitos animais para formar diversas estruturas do corpo.

Novo!!: Proteína e Queratina · Veja mais »

Raiz

Rizóforos (caule com geotropismo positivo) em um manguezal no Brasil. A raiz é o órgão da planta que normalmente se encontra abaixo da superfície do solo.

Novo!!: Proteína e Raiz · Veja mais »

Receptor (bioquímica)

Esquema de receptor transmembrana. '''E''': espaço extracelular; '''I''': espaço intracelular; '''P''': membrana plasmática Em citologia, o termo receptores designa as proteínas que permitem a interação de determinadas substâncias com os mecanismos do metabolismo celular.

Novo!!: Proteína e Receptor (bioquímica) · Veja mais »

Reino (biologia)

O Reino é a categoria superior da classificação científica dos organismos introduzida por Linnaeus no século XVIII.

Novo!!: Proteína e Reino (biologia) · Veja mais »

Relargagem

A relargagem, por vezes referenciada com sua designação em inglês como salting-out, é um processo pelo qual substâncias solúveis em água são excluídas da fase aquosa pela adição de sais.

Novo!!: Proteína e Relargagem · Veja mais »

Reparo de ADN

Lesões no ADN resultando de múltiplas fraturas nos cromossomos. Paul Modrich Reparação de ADN é um conjunto de processos pela qual a célula identifica e corrige os danos das moléculas de DNA que codificam o seu genoma.

Novo!!: Proteína e Reparo de ADN · Veja mais »

Replicação do DNA

A replicação é o processo de duplicação de uma molécula de DNA de dupla cadeia (hélice).

Novo!!: Proteína e Replicação do DNA · Veja mais »

Reprodução sexuada

A reprodução sexuada é uma forma de reprodução que se realiza por meio da fusão de dois tipos de células reprodutoras especializadas chamadas gâmetas.

Novo!!: Proteína e Reprodução sexuada · Veja mais »

Ressonância (química)

Estruturas de ressonância do benzeno (Exemplo clássico) A ressonância (denominada também por mesomeria) em química é uma ferramenta empregue (predominantemente em química orgânica) para representar certos tipos de estruturas moleculares.

Novo!!: Proteína e Ressonância (química) · Veja mais »

Ressonância magnética nuclear de proteínas

A espectroscopia mediante ressonância magnética nuclear de proteínas, também chamada de RMN de proteínas, é um campo da biologia estrutural no qual se utiliza espectroscopia RMN para obter informação sobre a estrutura e dinâmica das proteínas.

Novo!!: Proteína e Ressonância magnética nuclear de proteínas · Veja mais »

Retículo endoplasmático

O retículo endoplasmático, ou ergastoplasma, é um organelo exclusivo de células eucariontes.

Novo!!: Proteína e Retículo endoplasmático · Veja mais »

Ribossoma

Os ribossomos(3) são grânulos localizados tanto no retículo endoplasmático como espalhados pelo citoplasma.http://www.brasilescola.com/biologia/ribossomos.htm Os ribossomos são as estruturas nas quais são produzidas as proteínas das células.

Novo!!: Proteína e Ribossoma · Veja mais »

Rim

Rim (lat. ren, grc. νεφρός) é cada um dos dois órgãos excretores, em forma de feijão (tendo no ser humano, aproximadamente 11 cm de comprimento, 5 cm de largura e 3 cm de espessura).

Novo!!: Proteína e Rim · Veja mais »

Rodopsina

A rodopsina é uma proteína transmembranar que se encontra nos bastonetes, encontrados no epitélio pigmentar da retina dos olhos.

Novo!!: Proteína e Rodopsina · Veja mais »

Sangue

O sangue é um tecido conjuntivo líquido que circula pelo sistema vascular em animais com sistemas circulatórios fechados; formado por uma porção celular de natureza diversificada - pelos "elementos figurados" do sangue - que circula em suspensão em meio fluido, o plasma.

Novo!!: Proteína e Sangue · Veja mais »

Síntese de peptídeos

Em química orgânica, síntese de peptídeos designa a produção de peptídeos, que são compostos orgânicos nos quais vários aminoácidos se ligam entre si através de várias ligações peptídicas.

Novo!!: Proteína e Síntese de peptídeos · Veja mais »

Síntese orgânica

Síntese orgânica é o campo da química orgânica responsável pela construção de moléculas orgânicas através de processos químicos.

Novo!!: Proteína e Síntese orgânica · Veja mais »

Síntese proteica

A síntese das proteínas é o processo por meio do qual as células biológicas geram novas proteínas; é um fenómeno rápido e muito complexo que ocorre em quase todos os organismos, e que se desenvolve no interior das células.

Novo!!: Proteína e Síntese proteica · Veja mais »

Sítio ativo

O sítio ativo (ou centro ativo) é a pequena região de uma enzima onde ocorrerá uma reação química.

Novo!!: Proteína e Sítio ativo · Veja mais »

Sítio de ligação

Em bioquímica, um sítio de ligação é a região de uma proteína que se associa com um ligante.

Novo!!: Proteína e Sítio de ligação · Veja mais »

Sódio

O sódio é um elemento químico de símbolo Na (Natrium em latim), de número atômico 11 (11 prótons e 11 elétrons), massa atômica 23 u (nº de protões + nº de neutrões).

Novo!!: Proteína e Sódio · Veja mais »

Secreção

Em fisiologia, a secreção é o meio através do qual as células descarregam substâncias que produziram internamente para o meio externo.

Novo!!: Proteína e Secreção · Veja mais »

Semente

Sementes de trigo. Semente é o óvulo maduro e já fecundado das plantas gimnospermas ou angiospermas..

Novo!!: Proteína e Semente · Veja mais »

Sequência de DNA

Uma sequência de ADN ou sequência genética é uma série de letras representando a estrutura primária de uma molécula ou cadeia de ADN, real ou hipotética, com a capacidade de carregar informações.

Novo!!: Proteína e Sequência de DNA · Veja mais »

Sequência peptídica

A sequência peptídica ou sequência dos aminoácidos é a ordem pela qual os resíduos de aminoácidos, unidos por ligações peptídicas, se encontram na cadeia em peptídios e proteínas.

Novo!!: Proteína e Sequência peptídica · Veja mais »

Sequenciação de proteínas

Sequenciação de proteínas é a determinação das sequências de aminoácidos que constituem um péptido; e também a determinação da conformação que adopta e se é complexado com outras moléculas não-péptidas.

Novo!!: Proteína e Sequenciação de proteínas · Veja mais »

Serina

A serina (Ser ou S) é um α-aminoácido usado na biossíntese de proteínas.

Novo!!: Proteína e Serina · Veja mais »

Sesamum indicum

O (Sesamum indicum), é uma planta anual herbácea, gamopétala, originária do Oriente, pertencente à família das pedaliáceas, com propriedades medicinais, de flores alvas, róseas ou vermelhas, hermafroditas, malcheirosas, dispostas nas axilas das folhas, e cujo fruto é cápsula oblonga, pubescente, com sementes oleaginosas, pequenas, amarelas, alvas ou pretas, arredondadas e levemente comprimidas.

Novo!!: Proteína e Sesamum indicum · Veja mais »

Sinalização celular

A sinalização celular faz parte de um complexo sistema de comunicação que governa e coordena as atividades e funções celulares.

Novo!!: Proteína e Sinalização celular · Veja mais »

Sistema de duplo híbrido

O sistema de duplo híbrido (em inglês: Two-hybrid screening) é uma técnica de biologia molecular usada na identificação e descoberta de interações proteína-proteína ou proteína-ADN através do teste de interações físicas entre duas proteínas ou entre uma proteína e uma molécula de ADN, respetivamente.

Novo!!: Proteína e Sistema de duplo híbrido · Veja mais »

Sistema de processamento distribuído

Um sistema de processamento distribuído ou paralelo é um sistema que interliga vários nós de processamento (computadores individuais, não necessariamente homogéneos) de maneira que um processo de grande consumo seja executado no nó "mais disponível", ou mesmo subdividido por vários nós.

Novo!!: Proteína e Sistema de processamento distribuído · Veja mais »

Sistema imune adaptativo

O sistema imune adaptativo, sistema imune adquirido ou imunidade adquirida é a imunidade que um indivíduo recebe após ter tido contato com certo agente invasor.

Novo!!: Proteína e Sistema imune adaptativo · Veja mais »

Sistema imunitário

neutrófilo (a amarelo) envolve uma bactéria de antraz (a laranja), numa imagem obtida através de microscópio eletrónico de varrimento. O sistema imunitário, sistema imunológico ou ainda sistema imune é um sistema de estruturas e processos biológicos que protege o organismo contra doenças.

Novo!!: Proteína e Sistema imunitário · Veja mais »

Sistema nervoso central

Em anatomia, chama-se sistema nervoso central (SNC), ou neuroeixo, ao conjunto do encéfalo e da medula espinhal dos vertebrados.

Novo!!: Proteína e Sistema nervoso central · Veja mais »

Soja

A soja (Glycine max), também conhecida como feijão-soja e feijão-chinês, é uma planta pertence à família Fabaceae, família esta que compreende também plantas como o feijão, a lentilha e a ervilha.

Novo!!: Proteína e Soja · Veja mais »

Solubilidade

Solubilidade ou coeficiente de solubilidade (CS) é a quantidade máxima que uma substância pode dissolver-se em um líquido, e expressa-se em mols por litro, gramas por litro ou em porcentagem de soluto/solvente.

Novo!!: Proteína e Solubilidade · Veja mais »

Substrato (química)

Em bioquímica, é designado substrato um composto químico que sofre uma boa Um exemplo de substrato é composto pela bílis, que é produzida pelo fígado, e também de uma ou mais moléculas de glicogênio.

Novo!!: Proteína e Substrato (química) · Veja mais »

Suplemento alimentar

Exemplo de suplemento alimentar. Os suplementos alimentares são preparações destinadas a complementar a dieta e fornecer nutrientes, como vitaminas, minerais, fibras, ácidos graxos ou aminoácidos, que podem estar faltando ou não podem ser consumidos em quantidade suficiente na dieta de uma pessoa.

Novo!!: Proteína e Suplemento alimentar · Veja mais »

Tecido

muscular humano Do ponto de vista da biologia, um tecido é um conjunto de células especializadas, iguais ou diferentes entre si, separadas ou não por líquidos e substâncias intercelulares, que realizam determinada função num organismo multicelular.

Novo!!: Proteína e Tecido · Veja mais »

Tecido cartilaginoso

O tecido cartilaginoso, ou simplesmente cartilagem, é uma forma de tecido conjuntivo mais rígido que possui uma cicatrização lenta por ser avascular, é branco ou acinzentado, aderente às superfícies articulares dos ossos.

Novo!!: Proteína e Tecido cartilaginoso · Veja mais »

Tecido conjuntivo

Tecidos conjuntivo frouxo é aquele que possui muita substância fundamental e poucas fibras. Tecido conjuntivo ou tecido conectivo caracteriza-se por apresentar variados tipos celulares, que são separados por uma matriz extracelular composta de fibras e substância fundamental.

Novo!!: Proteína e Tecido conjuntivo · Veja mais »

Tirosina

A tirosina (abreviadamente Tyr ou Y) ou 4-hidroxifenilalanina, É um dos 20 aminoácidos que fazem parte das proteínas.

Novo!!: Proteína e Tirosina · Veja mais »

Titina

Titina são imensos filamentos de polipeptídeos, que mantêm a integridade estrutural dos sarcômeros (Kellermayer et al.,1997).

Novo!!: Proteína e Titina · Veja mais »

Toxina

Uma toxina, num contexto científico, é uma substância de origem biológica que provoca danos à saúde de um ser vivo ao entrar em contacto ou através de absorção, tipicamente por interacção com macromoléculas biológicas, tais como enzimas e receptor.

Novo!!: Proteína e Toxina · Veja mais »

Tradução (genética)

Em biologia, tradução é o nome dado ao processo biológico no qual a sequência nucleo de uma molécula de RNAm (RNA mensageiro) é utilizada para ordenar a síntese de uma cadeia nucleotidea, cuja sequência de aminoácidos determina uma proteínaLODISH, H.; BERK, A.; MATSUDAIRA, P.; KAISER, C. A.; KRIEGER, M.; SCOTT, M. P.; ZIPURSKY, L.; DARNELL, J..

Novo!!: Proteína e Tradução (genética) · Veja mais »

Transcrição (genética)

Transcrição é o processo de formação do RNA a partir da cadeia-molde de DNA.

Novo!!: Proteína e Transcrição (genética) · Veja mais »

Transdução de sinal

Em biologia, transdução de sinal refere-se a qualquer processo através do qual uma célula converte um tipo de sinal ou estímulo em outro.

Novo!!: Proteína e Transdução de sinal · Veja mais »

Tremoço

Tremoços (sementes de ''Lupinus albus''). Os tremoços são as sementes das plantas fabáceas conhecidas como tremoceiro (especialmente o "tremoceiro-comum" - Lupinus albus), pertencentes ao género Lupinus e usadas na fixação de azoto nos solos.

Novo!!: Proteína e Tremoço · Veja mais »

Treonina

A treonina (abreviada como Thr ou T) é um dos aminoácidos codificados pelo código genético, sendo portanto um dos componentes das proteínas dos seres vivos.

Novo!!: Proteína e Treonina · Veja mais »

Triptófano

O triptofano é um aminoácido utilizado na biossíntese de proteínas, sendo codificado pelo codão UGG.

Novo!!: Proteína e Triptófano · Veja mais »

Tubérculo

Desenho de um pé de batata Em botânica, tubérculo se refere ao caule arredondado que algumas plantas verdes desenvolvem abaixo da superfície do solo como órgãos de reserva de energia (em geral amido e inulina).

Novo!!: Proteína e Tubérculo · Veja mais »

Tubulina

A tubulina é um dos vários membros de uma pequena família de proteínas globulares.

Novo!!: Proteína e Tubulina · Veja mais »

Ultracentrifugação

Ultracentrifugação é um procedimento comum em microbiologia e consiste na centrifugação a velocidade muito elevada, através de uma ultracentrifugadora que pode atingir rotações por minuto.

Novo!!: Proteína e Ultracentrifugação · Veja mais »

Unha

A unha é uma estrutura composta por queratina presente na ponta dos dedos da maioria dos vertebrados terrestres.

Novo!!: Proteína e Unha · Veja mais »

Unidade de massa atômica

A unidade de massa, ou dalton é uma unidade de medida de massa utilizada para expressar a massa de partículas atômicas (massas atômicas de elementos ou compostos).

Novo!!: Proteína e Unidade de massa atômica · Veja mais »

Universidade Stanford

A Universidade Stanford (Stanford University, abreviação de Leland Stanford Junior University) é uma universidade de pesquisa privada situada em Palo Alto, Califórnia, e uma das instituições mais prestigiadas do mundo, com a maior seletividade de graduação e a posição de primeira colocada em várias pesquisas e medições nos Estados Unidos.

Novo!!: Proteína e Universidade Stanford · Veja mais »

Uracilo

Uracilo ou uracila é uma base nitrogenada.

Novo!!: Proteína e Uracilo · Veja mais »

Urease

A urease é um enzima que catalisa a hidrólise da ureia em dióxido de carbono e amónia.

Novo!!: Proteína e Urease · Veja mais »

Ureia

Ureia é um composto orgânico cristalino, incolor, de fórmula (NH2)2CO, com um ponto de fusão de 132,7 °C.

Novo!!: Proteína e Ureia · Veja mais »

Valina

A valina (VAL ou V) é um α-aminoácido de cadeia ramificada usado para a biossíntese de proteínas.

Novo!!: Proteína e Valina · Veja mais »

Vírus

Vírus (do latim virus, "veneno" ou "toxina") são pequenos agentes infecciosos (20-300 ηm de diâmetro) que apresentam genoma constituído de uma ou várias moléculas de ácido nucleico (DNA ou RNA), as quais possuem a forma de fita simples ou dupla.

Novo!!: Proteína e Vírus · Veja mais »

Vírus da imunodeficiência humana

O Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH ou HIV, do inglês Human Immunodeficiency Virus) é um lentivírus que está na origem da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, uma condição em seres humanos na qual a deterioração progressiva do sistema imunitário propicia o desenvolvimento de infeções oportunistas e cancros potencialmente mortais.

Novo!!: Proteína e Vírus da imunodeficiência humana · Veja mais »

Veganismo

Veganismo é um movimento a respeito dos direitos animais.

Novo!!: Proteína e Veganismo · Veja mais »

Vegetarianismo

Vegetarianismo ou vegetarismo é um regime alimentar baseado no consumo de alimentos de origem vegetal.

Novo!!: Proteína e Vegetarianismo · Veja mais »

Vertebrados

Os vertebrados (Vertebrata) constituem um subfilo de animais cordados, compreendendo os peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos.

Novo!!: Proteína e Vertebrados · Veja mais »

Vigna radiata

O feijão-da-china ou feijão-mungo (Vigna radiata) é uma planta anual que chega a medir até 65 cm, da família das leguminosas, subfamília papilionoídea, provavelmente nativa da Indonésia e muito cultivada no Sudeste da Ásia, na Índia, África, América do Norte e Brasil.

Novo!!: Proteína e Vigna radiata · Veja mais »

Vigna unguiculata

Vigna unguiculata, popularmente conhecida como feijão-miúdo, feijão-de-cordaJulio Seabra Inglez Souza (1995).

Novo!!: Proteína e Vigna unguiculata · Veja mais »

William Astbury

William Thomas Astbury (25 de Fevereiro de 1898 —) foi um físico e biólogo molecular inglês, que fez estudos pioneiros em moléculas biológicas, utilizando a técnica de difracção de raios-X. O seu trabalho sobre a queratina providenciou as bases para a descoberta da alfa-hélice por Linus Pauling.

Novo!!: Proteína e William Astbury · Veja mais »

Redireciona aqui:

Ciclina, Proteina, Proteinas, Proteínas, Protéica, Protídeos, Prótido, Prótidos, Valor proteico.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »