Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Instalar
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Patronímico

Índice Patronímico

O patronímico (do grego πατρωνυμικός, πατήρ "pai" e ὄνομα, "nome") é um nome ou apelido de família (sobrenome) cuja origem encontra-se no nome do pai ou de um ascendente masculino.

85 relações: Alemanha, Alfabeto cirílico, Aragão, Arménia, Ascendência, Ásia Central, Badajoz, Bósnia e Herzegovina, Bel Paese, Bielorrússia, Björk, Brasil, Caso genitivo, Cáucaso, Creta, Croácia, Cronos, Dinamarca, Diogo (nome), Epíteto, Escandinávia, Eslováquia, Eslovénia, Estónia, Europa Setentrional, Extremo Oriente, Filologia, Finlândia, Garcia Íñiguez de Pamplona, Grécia, Grécia Antiga, Harry Martinson, Hipocorístico, Idade Média, Ilhas Feroe, Irlanda (ilha), Irlanda do Norte, Islândia, Itália, Jerez de la Frontera, Jugoslávia, Latim, Língua basca, Língua catalã, Língua galega, Língua grega antiga, Língua russa, Línguas germânicas, Letónia, Linguística, ..., Lituânia, Matronímico, Morus, Navarra, Nome, Noruega, Onomástica, Países Baixos, Pai, Peloponeso, Península Ibérica, Polónia, Ponto (região), Portugal, Prenome, Radical, Ramón Menéndez Pidal, Rússia, Reino de Castela, Reino de Leão, Reino Unido, República Checa, Roma Antiga, Romênia, Século VIII, Sérvia, Sibéria, Slobodan Milošević, Snorri Sturluson, Sobrenome, Suécia, Sufixo, Toponímia, Ucrânia, Zeus. Expandir índice (35 mais) »

Alemanha

Alemanha (Deutschland), oficialmente República Federal da Alemanha (Bundesrepublik Deutschland, 10px ouça), é um país localizado na Europa Central. É limitado a norte pelo mar do Norte, Dinamarca e pelo mar Báltico, a leste pela Polônia e pela República Checa, a sul pela Áustria e pela Suíça e a oeste pela França, Luxemburgo, Bélgica e Países Baixos. O território da Alemanha abrange 357 021 quilômetros quadrados e é influenciado por um clima temperado sazonal. Com 82,2 milhões de habitantes em 31 de dezembro de 2015, o país tem a maior população da União Europeia e é também o lar da terceira maior população de migrantes internacionais em todo o mundo. A região chamada Germânia, habitada por vários povos germânicos, foi conhecida e documentada pelos romanos antes do ano 100. A partir do, os territórios alemães formaram a parte central do Sacro Império Romano-Germânico, que durou até 1806. Durante o, o norte da Alemanha tornou-se o centro da Reforma Protestante. Como um moderno Estado-nação, o país foi unificado pela primeira vez em consequência da Guerra Franco-Prussiana em 1871. Em 1949, após a Segunda Guerra Mundial, a Alemanha foi dividida em dois estados, a Alemanha Ocidental, oficialmente "República Federal da Alemanha", e a "Alemanha Oriental", oficialmente República Democrática Alemã, ao longo das linhas de ocupação aliadas. A Alemanha foi reunificada em 1990. A Alemanha Ocidental foi um dos membros fundadores da Comunidade Europeia (CE), em 1957, que posteriormente se tornou na União Europeia, em 1993. O país é parte do espaço Schengen e passou a adotar a moeda europeia, o euro, desde quando foi instituído, em 1999. A Alemanha é uma república parlamentar federal de dezesseis estados (em alemão Länder). A capital e maior cidade do país é Berlim, localizada no nordeste do território alemão. O país é membro das Nações Unidas, da OTAN, G8, G20, da OCDE e da OMC. É uma grande potência com a quarta maior economia do mundo por PIB nominal e a quinta maior em paridade do poder de compra. É o segundo maior exportador e o segundo maior importador de mercadorias. Em termos absolutos, a Alemanha atribui o segundo maior orçamento anual de ajudas ao desenvolvimento no mundo, enquanto está em sexto lugar em despesas militares. O país tem desenvolvido um alto padrão de vida e estabeleceu um sistema global de segurança social. A Alemanha ocupa uma posição-chave nos assuntos europeus e mantém uma série de parcerias estreitas em um nível global. O país também é reconhecido como líder científico e tecnológico em vários domínios.

Novo!!: Patronímico e Alemanha · Veja mais »

Alfabeto cirílico

O alfabeto cirílico (em búlgaro e macedônio: кирилица; em russo: кириллица; em ucraniano: кирилиця; em bielorrusso: кірыліца; em ruteno: кырилиця; em sérvio: ћирилица), também conhecido como azbuka, é um alfabeto cujas variantes são utilizadas para a grafia de seis línguas nacionais eslavas (bielorrusso, búlgaro, macedônio, russo, sérvio. e ucraniano), além do ruteno, e outras línguas extintas.

Novo!!: Patronímico e Alfabeto cirílico · Veja mais »

Aragão

Aragão é uma comunidade autónoma espanhola resultante do reino histórico homónimo situada no nordeste da Península Ibérica. Geograficamente compreende o médio vale do Rio Ebro, os Pirenéus centrais e as Serras Ibéricas. Limita a norte a região francesa da Occitânia, a oeste com Castela e Leão, Castela-Mancha, Rioja e Navarra, e a este com a Catalunha e a Comunidade Valenciana. O seu Estatuto de Autonomia outorga-lhe o caráter de nacionalidade histórica. O Reino de Aragão, juntamente com o Principado da Catalunha, os reinos de Valência e Maiorca e outros territórios franceses, italianos e gregos formaram, durante séculos, a histórica Coroa de Aragão. Nela, o reino manteve a sua independência, instituições, foros e direitos até ao advento da Guerra da Sucessão Espanhola do século XVIII. Organizada como comunidade autónoma desde 1978, está dividida em três províncias, Osca, Teruel e Saragoça (onde se localiza a capital homónima) e 33 comarcas.

Novo!!: Patronímico e Aragão · Veja mais »

Arménia

A (Hayastan, ou Հայք, Hayq), denominada oficialmente de República da Arménia, Hayastani Hanrapetut'yun, é um país sem costa marítima localizado numa região montanhosa na Eurásia, entre o mar Negro e o mar Cáspio, no sul do Cáucaso.

Novo!!: Patronímico e Arménia · Veja mais »

Ascendência

A ascendência de um indivíduo é constituída por todos os seus antepassados, começando por seus pais.

Novo!!: Patronímico e Ascendência · Veja mais »

Ásia Central

A definição mais aceita atualmente A Ásia Central é uma região que compreende as estepes, montanhas e desertos entre o leste do mar Cáspio e o centro-oeste da China, entre o norte do Irão e Afeganistão, e o sul da Sibéria, porém nunca houve uma demarcação oficial da área.

Novo!!: Patronímico e Ásia Central · Veja mais »

Badajoz

Praça Alta Badajoz é uma cidade e município raiano da Espanha na província homónima, da qual é capital. Faz parte da comunidade autónoma da Estremadura e da comarca da Terra de Badajoz. Tem de área e em tinha habitantes, que representa aproximadamente 20% da população da província e 7% da Estremadura. Batizada pelos seus fundadores muçulmanos Batalyaws (ﺑﻂﻠﻴﻮﺱ), a sua designação em português vernáculo era Badalhouce até ao período da dinastia filipina, um termo que persiste ainda hoje em galego. Além de ser a maior cidade da Estremadura, é também o principal centro económico da região. Situa-se a um par de quilómetros da fronteira com a cidade portuguesa de Elvas, à beira do rio Guadiana, um dos rios mais importantes da Península Ibérica, que atravessa a cidade de leste para oeste, virando em seguida para sul. Apesar da dimensão do município ser bastante menor do que no passado, Badajoz é o terceiro maior município de Espanha em área, a seguir a Cáceres e Lorca. Tem 10 núcleos populacionais, dentre os quais se destacam, além da cidade, Gévora, Valdebótoa e Villafranco del Guadiana, todos com mais de mil habitantes. A cidade foi fundada em 892 por Ibne Maruane, durante a ocupação muçulmana da Península Ibérica, num local habitado desde os tempos pré-históricos mais remotos e sobre um povoado visigodo já então desaparecido ou pelo menos muito degradado, no cimo de uma das duas colinas que dominam a cidade: o Cabeço da Muela ou o Cabeço do Montúrio. Em frente, na margem direita do Guadiana, situam-se as Cuestas (encostas) de Orinaza ou Cerro de San Cristóbal, também conhecidas antigamente como Baxernal ou Baxarnal. A fundação da cidade é comemorada pelos seus habitantes, denominados pacenses, na festa Almossasa Batalyaws, realizada em finais de setembro. A parte mais antiga da cidade é chamada Casco Antigo ou bairro histórico. Aí se encontram vários edifícios classificados como "Bem de Interesse Cultural", nomeadamente a catedral, a alcáçova, as muralhas de estilo Vauban, a Igreja de São Domingos e o Real Mosteiro de Santa Ana. Na década de 2000, a Praça Alta (Plaza Alta) e a Praça de Espanha, dois dos locais mais emblemáticos de Badajoz, foram restauradas em larga escala. A última é onde se encontra o ayuntamiento, a catedral, o Arquivo Histórico Municipal, o Museu Catedralício, a Casa del Cordón e a Casa Buiza. Outra praça importante em termos de património é a da Soledad, onde se encontram edifícios como a La Giralda, Las Tres Campnas e o Conservatório de Música. A quarta praça monumental da cidade é a de San Andrés, onde se situam a igreja homónima, o Hotel Cervantes a Casa Regionalista e a Casa Puebla. A cidade dispõe de vários parques e jardins.

Novo!!: Patronímico e Badajoz · Veja mais »

Bósnia e Herzegovina

A Bósnia e Herzegovina (ou, de forma abreviada, Bósnia; em bósnio, croata e sérvio: Bosna i Hercegovina,; em alfabeto cirílico: Босна и Херцеговина) é uma república federal dos Balcãs, resultante da dissolução da Jugoslávia, limitada a norte e oeste pela Croácia, a leste e a sul pela Sérvia, e a sul pelo Montenegro, dispondo ainda de uma minúscula extensão de litoral, no mar Adriático.

Novo!!: Patronímico e Bósnia e Herzegovina · Veja mais »

Bel Paese

180px Bel Paese um queijo italiano processado da região da Lombardia.

Novo!!: Patronímico e Bel Paese · Veja mais »

Bielorrússia

Bielorrússia ou Belarus (Беларусь, translit Bielarus’,; Беларусь, translit. Belarus’,; ver etimologia; lit. "Rússia Branca"), oficialmente República da Belarus é um país sem saída para o mar localizado na Europa Oriental, que faz fronteira com a Rússia a nordeste, com a Ucrânia, ao sul, com a Polônia a oeste, e com a Lituânia e Letônia a noroeste.

Novo!!: Patronímico e Bielorrússia · Veja mais »

Björk

Björk Guðmundsdóttir (Reykjavík, 21 de novembro de 1965), conhecida simplesmente por Björk (oficialmente estilizado como björk), é uma influente cantora e compositora islandesa, vencedora do Polar Music Prize, conhecido como o "Prêmio Nobel da Música".

Novo!!: Patronímico e Björk · Veja mais »

Brasil

Brasil (pronuncia-se localmente A vocalização do no fim das sílabas geralmente só não acontece em dialetos influenciados pelos vizinhos falantes da língua castelhana, como na pampa rio-grandense – –, entretanto, em dialetos conservadores do interior do planalto, comumente referidos por caipira, o novo semivogal é um rótico retroflexo, fone herdado de línguas indígenas macro-jê, e não lábio-velar, daí, hoje muito menos comum por pressão sociolinguística da variedade de prestígio. Em todas, assume-se uma prosódia de conversa cotidiana. Em uma prosódia mais clara e formal, como a midiática, geralmente usa-se. Esta mudança de pronúncia da vogal átona pré-tônica não ocorre nas variedades de outros países falantes da língua portuguesa, que conservam a redução de para, para e para considerada mais coloquial no Brasil.), oficialmente República Federativa do Brasil, é o maior país da América do Sul e da região da América Latina, sendo o quinto maior do mundo em área territorial (equivalente a 47% do território sul-americano) e sexto em população (com mais de 200 milhões de habitantes).

Novo!!: Patronímico e Brasil · Veja mais »

Caso genitivo

O caso genitivo é um caso gramatical que indica uma relação, principalmente de posse, entre o nome no caso genitivo e outro nome.

Novo!!: Patronímico e Caso genitivo · Veja mais »

Cáucaso

Cáucaso e Caucásia (em russo Кавказ (Kavkaz), em turco Kafkas e em georgiano კავკასია (K'avk'asia)), são nomes dados a uma região da Europa oriental e da Ásia ocidental, entre o mar Negro e o mar Cáspio, que inclui a cordilheira do mesmo nome e as planícies adjacentes.

Novo!!: Patronímico e Cáucaso · Veja mais »

Creta

Creta (Kríti) é a maior e mais populosa ilha da Grécia.

Novo!!: Patronímico e Creta · Veja mais »

Croácia

Croácia (Hrvatska), oficialmente República da Croácia (em croata), é um país europeu que se limita ao norte com a Eslovénia e Hungria, a nordeste com a Sérvia, a leste com a Bósnia e Herzegovina e ao sul com Montenegro.

Novo!!: Patronímico e Croácia · Veja mais »

Cronos

Cronos (Krónos), na mitologia grega, é o mais jovem dos titãs, filho de Urano, o céu estrelado, e Gaia, a terra. Cronos era o rei dos titãs e o grande deus do tempo, sobretudo quando este é visto em seu aspecto destrutivo, o tempo inexpugnável que rege os destinos e a tudo devora. O titã Cronos serviu de inspiração para a antiga seita órfica criar a figura de Chronos, a quem chamavam de o "deus primordial do tempo". Vale ressaltar que o modo de vida dos órficos causava grande estranheza entre os gregos e a nova teogonia criada por eles era, da mesma forma, repudiada pelo culto cívico e popular das póleis gregas. O que quer dizer que, para os gregos comuns, o titã Cronos (e somente ele) era o deus do tempo por excelência. A pedido de sua mãe se tornou senhor do céu, castrando o pai com um golpe de foice. A partir de então, o mundo foi governado pela linhagem dos titãs que, segundo Hesíodo, constituía a segunda geração divina. Foi durante o reinado de Cronos que a humanidade (recém-nascida) viveu a sua "Idade de Ouro". ''Cronos e Reia'' Reprodução de baixo-relevo romano Cronos casou com a sua irmã Reia, que lhe deu seis filhos (os crónidas): três mulheres, Héstia, Deméter e Hera e três homens, Hades, Posídon e Zeus. Como tinha medo de ser destronado por causa de uma maldição de um oráculo, Cronos engolia os filhos ao nascerem. Comeu todos, exceto Zeus, que Reia conseguiu salvar enganando Cronos ao enrolar uma pedra em um pano, a qual ele engoliu sem perceber a troca. Quando Zeus cresceu, resolveu vingar-se de seu pai, solicitando para esse feito o apoio de Métis - a Prudência - filha do titã Oceano. Esta ofereceu a Cronos uma poção mágica, que o fez vomitar os filhos que tinha devorado. Então Zeus tornou-se senhor do céu e divindade suprema da terceira geração de deuses da mitologia grega, ao banir os titãs para o Tártaro e afastar o pai do trono. Segundo as palavras de Homero, Zeus prendeu-o com correntes no mundo subterrâneo, onde foi encontrado, após dez anos de luta encarniçada, pelos seus irmãos, os titãs, que tinham pensado poder reconquistar o poder de Zeus e dos deuses do Olimpo. Em algumas variantes do mito, Cronos e os titãs são alcançados pela misericórdia de Zeus, libertados do Tártaro e cada qual retoma a sua função cosmológica no universo. Com a permissão do filho, Cronos torna-se, então, o governante dos Campos Elísios, o paraíso da mitologia grega e lugar de descanso para os mortos bem-aventurados. Categoria:Titãs (mitologia) Categoria:Deidades do tempo e destino Categoria:Deuses da Grécia Categoria:Saturno (mitologia).

Novo!!: Patronímico e Cronos · Veja mais »

Dinamarca

Dinamarca (em dinamarquês: Danmark), oficialmente Reino da Dinamarca, é um país nórdico da Europa setentrional e membro sênior do Reino da Dinamarca.

Novo!!: Patronímico e Dinamarca · Veja mais »

Diogo (nome)

O prenome Diogo deriva do latim Iacobus, que por sua vez é uma latinização do nome hebreu Ya'akov (יעקב).

Novo!!: Patronímico e Diogo (nome) · Veja mais »

Epíteto

Epíteto (acrescido, posto ao lado) é um substantivo, adjetivo ou expressão que se associa a um nome para qualificá-lo.

Novo!!: Patronímico e Epíteto · Veja mais »

Escandinávia

A Escandinávia e os países escandinavos A Escandinávia é uma região geográfica e histórica da Europa Setentrional e que abrange, no sentido mais estrito, a Dinamarca, a Suécia e a Noruega.

Novo!!: Patronímico e Escandinávia · Veja mais »

Eslováquia

Eslováquia (Slovensko), cujo nome oficial é República Eslovaca (Slovenská republika), é um país na Europa Central.

Novo!!: Patronímico e Eslováquia · Veja mais »

Eslovénia

A (em esloveno Slovenija), oficialmente República da Eslovénia (em esloveno: Republika Slovenija), é um pequeno país do Leste Europeu, limitado a norte pela Áustria, a leste pela Hungria, a leste e a sul pela Croácia e a oeste pela Itália e pelo mar Adriático.

Novo!!: Patronímico e Eslovénia · Veja mais »

Estónia

A (pt), oficialmente República da Estónia pronunciado: é um dos três Países Bálticos, situado na Europa Setentrional, constituído por uma porção continental e um grande arquipélago no mar Báltico. Limita ao norte com o golfo da Finlândia que o separa da Finlândia, a leste limita com a Rússia, ao sul com a Letónia e a oeste com o mar Báltico, que a separa da Suécia. Tem 45 mil quilômetros quadrados de área e em 2000 tinha habitantes. A Estónia é membro da União Europeia desde 1 de maio de 2004 e da OTAN desde 29 de março de 2004. Os estonianos são um povo fínico íntima e etnicamente ligado aos finlandeses e aos lapões. O país tem ligações culturais e históricas com os países nórdicos, particularmente com a Finlândia, a Suécia e a Dinamarca. A língua estónia faz parte do grupo fino-úgrico e é próxima do finlandês e distantemente ligada ao húngaro, outras duas línguas pertencentes ao grupo fino-úgrico. Juntamente com o finlandês, o húngaro e o maltês, o estoniano forma o grupo de línguas oficiais da União Europeia que não é de origem indo-europeia. O nome atual de Estónia provavelmente provém do historiador romano Tácito, que em seu livro ''Germânia'' (ca.) descreveu o povo que morava na região da atual Estónia como os éstios, um povo bárbaro que era distinto dos outros povos da região. Igualmente, havia nas antigas sagas escandinavas relatos sobre a região da Estónia como Eistland. Em latim arcaico e em outras fontes da Antiguidade, o nome pode ser encontrado como Estia e Hestia descrevendo as terras estonianas. Mas a primeira vez que os próprios estonianos se chamaram assim foi durante o período de fortalecimento da cultura estoniana no meio do, os "habitantes das terras do leste" ou Eesti. Durante séculos os estonianos tiveram a sua terra ocupada por outros povos, o que caracteriza um pouco da influência da Rússia, Dinamarca, Suécia, Finlândia e Alemanha na cultura estoniana. A noção de país veio muito mais tarde, apenas na metade do, com um forte crescimento cultural somado ao crescimento da população urbana, em decorrência da industrialização e da elevação do nível cultural da população, o que favoreceu a união de povos de mesma origem, resultando em um Estado autônomo, estabelecido com a promulgação da constituição de 1917.

Novo!!: Patronímico e Estónia · Veja mais »

Europa Setentrional

Europa Setentrional Europa Meridional A Europa Setentrional é a porção norte do continente europeu.

Novo!!: Patronímico e Europa Setentrional · Veja mais »

Extremo Oriente

O Extremo Oriente é uma sub-região da Ásia essencialmente coincidente com o Leste da Ásia ou Ásia Oriental.

Novo!!: Patronímico e Extremo Oriente · Veja mais »

Filologia

Filologia (do grego antigo Φιλολογία, "amor ao estudo, à instrução") é o estudo da linguagem em fontes históricas escritas, incluindo literatura, história e linguística.

Novo!!: Patronímico e Filologia · Veja mais »

Finlândia

Finlândia (em finlandês:,; em sueco), oficialmente República da Finlândia, é um país nórdico situado na região da Fino-Escandinávia, no norte da Europa.

Novo!!: Patronímico e Finlândia · Veja mais »

Garcia Íñiguez de Pamplona

Garcia Íñiguez (Garsiya ibn Wannaqo al Baškuniši; Garsea Enneconis —), filho do rei Íñigo Arista, foi regente desde 842 por invalidez do pai, o primeiro rei da Dinastia Iñiguez a quem sucedeu no trono de Pamplona entre 851-2.

Novo!!: Patronímico e Garcia Íñiguez de Pamplona · Veja mais »

Grécia

Grécia (Elláda), oficialmente República (Ellīnikī́ Dīmokratía) e conhecida desde a antiguidade como Hélade (Hellás), é um país localizado no sul da Europa.

Novo!!: Patronímico e Grécia · Veja mais »

Grécia Antiga

O Partenon, um templo dedicado à deusa Atena, localizado na Acrópole de Atenas, é um dos símbolos mais representativos da cultura e da sofisticação dos gregos antigos Mapa das colônias gregas no mar Mediterrâneo durante o Período Arcaico. Grécia Antiga é o termo geralmente usado para descrever o mundo antigo grego e áreas próximas (tais como Chipre, Anatólia, sul da Itália, da França e costa do mar Egeu, além de assentamentos gregos no litoral de outros países, como o Egito).

Novo!!: Patronímico e Grécia Antiga · Veja mais »

Harry Martinson

Harry Martinson (Jämshög, – Estocolmo) foi um escritor e poeta sueco, originário da província de Blecíngia no sudeste da Suécia.

Novo!!: Patronímico e Harry Martinson · Veja mais »

Hipocorístico

Hipocorístico (do grego antigo ὑποκοριστικός, derivado de ὑποκορίζομαι que significa "chamar com voz suave") é uma palavra cuja formação fonética tem o objetivo de suavizar ou atenuar o som da palavra de que se origina.

Novo!!: Patronímico e Hipocorístico · Veja mais »

Idade Média

p.

Novo!!: Patronímico e Idade Média · Veja mais »

Ilhas Feroe

Ilhas Féroe ou Ilhas Faroé(s) (em feroês Føroyar ou Føroyarland, em dinamarquês Færøerne e em nórdico antigo Færeyjar) são um território dependente da Dinamarca, localizado no Atlântico Norte entre a Escócia e a Islândia.

Novo!!: Patronímico e Ilhas Feroe · Veja mais »

Irlanda (ilha)

A Ilha da Irlanda (Éire; em escocês do Ulster: Airlann; Ireland; também conhecida como Ilha Esmeralda por suas vastas estepes verde-claras) é a terceira maior ilha da Europa e a vigésima maior do mundo.

Novo!!: Patronímico e Irlanda (ilha) · Veja mais »

Irlanda do Norte

Irlanda do Norte (em inglês: Northern Ireland; em irlandês: Tuaisceart Éireann; em scots de Ulster: Norlin Airlann) é uma nação constituinte do Reino Unido, a única não-situada na Grã-Bretanha.

Novo!!: Patronímico e Irlanda do Norte · Veja mais »

Islândia

Islândia é um país nórdico insular europeu situado no oceano Atlântico Norte.

Novo!!: Patronímico e Islândia · Veja mais »

Itália

Itália (Italia), oficialmente República Italiana nome, é uma república parlamentar unitária localizada no centro-sul da Europa.

Novo!!: Patronímico e Itália · Veja mais »

Jerez de la Frontera

Xerez da Fronteira (em castelhano, Jerez de la Frontera) é um município da província de Cádis, na comunidade autónoma da Andaluzia, na Espanha.

Novo!!: Patronímico e Jerez de la Frontera · Veja mais »

Jugoslávia

República Socialista Federal da Jugoslávia (1945-1992)República Federal da Jugoslávia (1992-2003) foi um país que existiu na região dos Bálcãs na Europa durante a maior parte do século XX.

Novo!!: Patronímico e Jugoslávia · Veja mais »

Latim

A língua latina ou latim é uma antiga língua indo-europeia do ramo itálico originalmente falada no Lácio, a região do entorno da cidade de Roma.

Novo!!: Patronímico e Latim · Veja mais »

Língua basca

O basco (endônimo: euskara) é o idioma ancestral dos bascos, povo que habita historicamente o País Basco, região que abrange uma área do nordeste da Espanha e sudoeste da França.

Novo!!: Patronímico e Língua basca · Veja mais »

Língua catalã

O catalão é uma língua românica derivada do latim vulgar falado pelos romanos na Idade Antiga.

Novo!!: Patronímico e Língua catalã · Veja mais »

Língua galega

A língua galega ou galego (pronúncia galega) é a língua ibero-românica ocidental de caráter oficial na Comunidade Autónoma da Galiza, e falada também nas Astúrias, Castela e Leão e pela diáspora galega, localizada principalmente na Argentina, Brasil, Cuba ou Uruguai. Com raízes comuns, iniciou a sua divergência da língua portuguesa no século XIV, e é regulada pela Real Academia Galega. Devido às semelhanças que mantém com o português, é por vezes referida no contexto do galego-português, "português da Galiza ou o codialecto galego do português", uma perspetiva organizada na forma do reintegracionismo galego, cujas normas ortográficas seguem estreitamente as do português. Porém, é definida como língua em próprio direito no dicionário da RAG, uma postura seguida pelas instituições autonómicas e respeitada pelo Governo Português. A fala de Xálima, com influências leonesas, também pode ser classificada no seu âmbito.

Novo!!: Patronímico e Língua galega · Veja mais »

Língua grega antiga

A língua grega antiga ou clássica (ἡ Ἑλληνικὴ γλῶσσα, hē Hellēnikḕ glō̃ssa, em grego antigo) é uma língua indo-europeia extinta, falada na Grécia durante a Antiguidade e que evoluiu para o grego moderno.

Novo!!: Patronímico e Língua grega antiga · Veja mais »

Língua russa

O russo (русский язык, transl. russkij jazyk ou russkiy yazyk,, lit. "língua russa") é uma língua eslava falada como língua materna na Rússia, Bielorrússia, Cazaquistão, Azerbaijão, Quirguistão, Moldávia e em diversos outros países que formavam as repúblicas constituintes da extinta União Soviética.

Novo!!: Patronímico e Língua russa · Veja mais »

Línguas germânicas

As línguas germânicas são um ramo da família indo-europeia.

Novo!!: Patronímico e Línguas germânicas · Veja mais »

Letónia

(em letão: Latvija), oficialmente República da Letônia (em letão Latvijas Republika), é uma nação europeia, sendo uma das três repúblicas bálticas.

Novo!!: Patronímico e Letónia · Veja mais »

Linguística

Linguística é a área de estudo científico da Linguagem.

Novo!!: Patronímico e Linguística · Veja mais »

Lituânia

A Lituânia (Lietuva), oficialmente República da Lituânia nome, é uma das três repúblicas bálticas.

Novo!!: Patronímico e Lituânia · Veja mais »

Matronímico

Matronímico (do latim mater, "mãe", e do grego antigo ὄνομα "nome") é um nome ou apelido de família (sobrenome) cuja origem encontra-se no nome da mãe ou de um ancestral do sexo feminino.

Novo!!: Patronímico e Matronímico · Veja mais »

Morus

Morus é o nome de um género de árvores caducifólias, que são conhecidas por amoreiras, nativas das regiões temperadas e subtropicais da Ásia, África e América do Norte, sendo que a maioria das espécies do género é asiática.

Novo!!: Patronímico e Morus · Veja mais »

Navarra

Navarra (em basco, Nafarroa), oficialmente denominada Comunidade Foral de Navarra (em castelhano: Comunidad Foral de Navarra; em basco: Nafarroako Foru Erkidegoa) é uma comunidade autónoma da Espanha, cujo território equivale ao da província do mesmo nome e, historicamente, corresponde ao antigo Reino de Navarra.

Novo!!: Patronímico e Navarra · Veja mais »

Nome

O Nome (do latim nōmen, cuja raiz é comum a várias outras línguas indo-europeias, como o grego) é - num sentido amplo na gramática e na linguística - qualquer palavra que siga a flexão nominal, ou seja, a declinação em contraposição à flexão verbal (ou conjugação).

Novo!!: Patronímico e Nome · Veja mais »

Noruega

A Noruega (em bokmål:; em nynorsk), oficialmente Reino da Noruega (em bokmål: Kongeriket Norge, em nynorsk: Kongeriket Noreg), é um país nórdico da Europa setentrional que ocupa a parte ocidental da Península Escandinava, a ilha de Jan Mayen e o arquipélago ártico de Svalbard, através do Tratado de Svalbard.

Novo!!: Patronímico e Noruega · Veja mais »

Onomástica

A onomástica (do grego antigo ὀνομαστική, ato de nomear, dar nome) é o estudo dos nomes próprios de todos os gêneros, das suas origens e dos processos de denominação no âmbito de uma ou mais línguas ou dialectos.

Novo!!: Patronímico e Onomástica · Veja mais »

Países Baixos

Os Países Baixos (literalmente "país baixo"), também conhecidos como Holanda (ver abaixo), são uma nação constituinte do Reino dos Países Baixos localizada na Europa ocidental.

Novo!!: Patronímico e Países Baixos · Veja mais »

Pai

Pai (do latim patre; também chamado de genitor, progenitor, ou ainda gerador) é a figura masculina de uma família que tenha um ou mais filhos e assume o primeiro grau de uma linha ascendente de parentesco.

Novo!!: Patronímico e Pai · Veja mais »

Peloponeso

O Peloponeso é uma extensa península no sul da Grécia, separada do continente pelo Istmo de Corinto.

Novo!!: Patronímico e Peloponeso · Veja mais »

Península Ibérica

A Península Ibérica está situada no sudoeste da Europa.

Novo!!: Patronímico e Península Ibérica · Veja mais »

Polónia

(Polska), oficialmente República da Polónia (Rzeczpospolita Polska), é um país da Europa Central que tem fronteiras comuns com a Alemanha a oeste; com a República Checa e a Eslováquia ao sul; com a Ucrânia e a Bielorrússia a leste; com o Mar Báltico, o Oblast de Kaliningrado (um exclave russo) e a Lituânia ao norte.

Novo!!: Patronímico e Polónia · Veja mais »

Ponto (região)

O Ponto (Pontus Pontos; "mar") é uma designação histórica para a região na costa meridional do mar Negro, que atualmente se situa no nordeste da Turquia.

Novo!!: Patronímico e Ponto (região) · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense,  estabelecido no século XI por Vímara Peres, um vassalo do rei das Astúrias. O condado tornou-se parte do Reino de León em 1097, e os condes de Portugal estabeleceram-se como governantes independentes do reino no século XII, após a batalha de São Mamede. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: Patronímico e Portugal · Veja mais »

Prenome

O prenome (do latim praenōmen, composto do prefixo prae- «pre-» e nomen «nome») é o elemento onomástico que precede o apelido de família (sobrenome) na forma de designar as pessoas.

Novo!!: Patronímico e Prenome · Veja mais »

Radical

*Radicalismo.

Novo!!: Patronímico e Radical · Veja mais »

Ramón Menéndez Pidal

Ramón Menéndez Pidal (Corunha, — Madrid, foi um filólogo, historiador, folclorista e medievalista espanhol. Criador da escola filológica espanhola, foi um membro erudito da Geração de 98 e avô do filólogo Diego Catalán.

Novo!!: Patronímico e Ramón Menéndez Pidal · Veja mais »

Rússia

A Rússia (Россия), oficialmente Federação Russa (Российская Федерация), é um país localizado no norte da Eurásia.

Novo!!: Patronímico e Rússia · Veja mais »

Reino de Castela

O Reino de Castela foi um dos antigos reinos da Península Ibérica formados durante a Reconquista.

Novo!!: Patronímico e Reino de Castela · Veja mais »

Reino de Leão

O Reino de Leão foi um dos antigos reinos ibéricos surgidos no período da reconquista cristã sendo independente durante três períodos: de 910 a 1037 (sob domínio da casa Leonesa), de 1065 a 1072 (sob o domínio da casa de Navarra) e de 1157 a 1230 (sob o domínio da casa da Borgonha).

Novo!!: Patronímico e Reino de Leão · Veja mais »

Reino Unido

Reino Unido (United Kingdom - UK), oficialmente Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte(), é um Estado soberano insular localizado em frente à costa noroeste do continente europeu.

Novo!!: Patronímico e Reino Unido · Veja mais »

República Checa

Chéquia ou Tchéquia (em checo, Česko), oficialmente República Checa ou Tcheca (Česká republika), é um país da Europa Central, limitado ao norte pela Polónia e pela Alemanha; a leste, pela Eslováquia; ao sul, pela Áustria; a oeste, pela Alemanha.

Novo!!: Patronímico e República Checa · Veja mais »

Roma Antiga

Roma Antiga foi uma civilização itálica que surgiu no século VIII a.C. Localizada ao longo do Mar Mediterrâneo e centrada na cidade de Roma, na Península Itálica, expandiu-se para se tornar um dos maiores impérios do mundo antigo, com uma estimativa de 50 a 90 milhões de habitantes (cerca de 20% da população global na épocaMcEvedy and Jones (1978).an average of figures from different sources as listed at the US Census Bureau's; see also *Kremer, Michael (1993). "Population Growth and Technological Change: One Million B.C. to 1990" in The Quarterly Journal of Economics 108(3): 681–716.) e cobrindo 6,5 milhões de quilômetros quadrados no seu auge entre os séculos I e II.

Novo!!: Patronímico e Roma Antiga · Veja mais »

Romênia

(România) é uma república unitária semipresidencialista localizada no centro-sudeste da Europa, no norte da península dos Bálcãs e na costa ocidental do mar Negro.

Novo!!: Patronímico e Romênia · Veja mais »

Século VIII

O século VIII começou em 1 de Janeiro de 701 e terminou em 31 de Dezembro de 800.

Novo!!: Patronímico e Século VIII · Veja mais »

Sérvia

A Sérvia (Србија, transl. Srbija), oficialmente República da Sérvia (em sérvio: Република Србија, transl. Republika Srbija), é um país europeu, cuja capital é Belgrado, localizado no sudeste da Europa, na região balcânica.

Novo!!: Patronímico e Sérvia · Veja mais »

Sibéria

A Sibéria (Russo: Сиби́рь, Sibír') é uma vasta região da Rússia e do norte do Cazaquistão, integralmente no norte da Ásia, estendendo-se dos Urais ao oceano Pacífico, e para sul desde o oceano Ártico até aos montes do centro-norte do Cazaquistão e até à fronteira com a Mongólia e República Popular da China.

Novo!!: Patronímico e Sibéria · Veja mais »

Slobodan Milošević

Slobodan Milošević, em sérvio Слободан Милошевић; AFI, (Požarevac, 20 de agosto de 1941 — Haia, 11 de março de 2006) foi presidente da Sérvia de 1989 a 1997 e da República Federal da Jugoslávia de 1997 a 2000.

Novo!!: Patronímico e Slobodan Milošević · Veja mais »

Snorri Sturluson

Snorri Sturluson (Snorre Sturlason; Snorre Sturlasson; 1178 – 23 de setembro de 1241) foi um historiador, poeta, político e homem de leis islandês da Idade Média.

Novo!!: Patronímico e Snorri Sturluson · Veja mais »

Sobrenome

Sobrenome, apelido ou nome de família é a porção do nome do indivíduo que está relacionada com a sua ascendência.

Novo!!: Patronímico e Sobrenome · Veja mais »

Suécia

A Suécia (SUECO Sverige; PRONÚNCIA APROXIMADA své-rié; IPA) é um país nórdico, localizado na península Escandinava na Europa do Norte. Tem fronteiras terrestres com a Noruega, a oeste, e com a Finlândia, a nordeste, além de estar ligada à Dinamarca através da Ponte de Öresund, no sul. Com km², a Suécia é o terceiro maior país da União Europeia em termos de área, e possui uma população total de cerca de milhões de habitantes. A Suécia tem uma baixa densidade populacional, com cerca de 23 habitantes por quilômetro quadrado, mas com uma densidade consideravelmente maior na metade sul do país. Cerca de 85% da população vive em áreas urbanas. A capital e maior cidade da Suécia é Estocolmo (com uma população de 1,3 milhão na área urbana e de 2 milhões na área metropolitana), centro do poder político e econômico do país. A Suécia é uma monarquia constitucional com um sistema parlamentar de governo, com uma economia altamente desenvolvida e diversificada. O país ocupa o quarto lugar do mundo no Índice de democracia, depois da Islândia, da Dinamarca e da Noruega, segundo a prestigiada revista inglesa The Economist. O país ainda é considerado um dos mais socialmente justos da atualidade, apresentando um dos mais baixos níveis de desigualdade de renda do mundo. A Suécia é membro fundador da Organização das Nações Unidas, da União Europeia desde 1 de janeiro de 1995, e da OCDE. Isso se reflete no fato da Suécia estar, desde que a ONU começou a calcular o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) de seus membros na década de 1980, entre os mais bem colocados países do mundo de acordo com o indicador. A Suécia emergiu como um país independente e unificado durante a Idade Média. No o país expandiu seus territórios para formar o Império Sueco. A maior parte dos territórios conquistados fora da península Escandinava foram perdidos durante os séculos XVIII e XIX. A metade oriental da Suécia, o que hoje é a Finlândia, foi perdida para a Rússia em 1809. A última guerra na qual a Suécia esteve diretamente envolvida foi em 1814, quando a Suécia forçou por meios militares a Noruega a se juntar ao país e criar o Reinos Unidos da Suécia e Noruega, uma união que durou até 1905. Desde então, a Suécia ficou em paz, com a adoção de uma política externa não-alinhada em tempos de paz e de neutralidade em tempo de guerra.

Novo!!: Patronímico e Suécia · Veja mais »

Sufixo

Em gramática, sufixo é um afixo que se adiciona ao final de um radical (ao contrário do prefixo, que se coloca no início).

Novo!!: Patronímico e Sufixo · Veja mais »

Toponímia

Toponímia (do gregos τόπος, "lugar", e ὄνομα, "nome", significando, portanto, "nome de lugar") é a divisão da onomástica que estuda os nomes geográficos ou topônimos, ou seja, nomes próprios de lugares, da sua origem e evolução; é considerada uma parte da linguística, com fortes ligações com a história, arqueologia e a geografia.

Novo!!: Patronímico e Toponímia · Veja mais »

Ucrânia

A Ucrânia (Україна) é um país da Europa Oriental que faz fronteira com a Rússia a leste e nordeste; Bielorrússia a noroeste; Polônia, Eslováquia e Hungria a oeste; Romênia e Moldávia a sudoeste; e Mar Negro e Mar de Azov ao sul e sudeste, respectivamente.

Novo!!: Patronímico e Ucrânia · Veja mais »

Zeus

Zeus (em grego antigo: Ζεύς; transl. Zeús; em grego moderno: Δίας, transl. Días), é o pai dos deuses (πατὴρ ἀνδρῶν τε θεῶν τε, patēr andrōn te theōn te), que exercia a autoridade sobre os deuses olímpicos na antiga religião grega.

Novo!!: Patronímico e Zeus · Veja mais »

Redireciona aqui:

Patronímica, Peres (sobrenome), Pérez (sobrenome).

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »