Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Nucleossíntese

Índice Nucleossíntese

A nucleossíntese é o processo de criação de novos núcleos atômicos a partir dos núcleos pré-existentes (prótons e nêutrons) para chegar a gerar o restante dos elementos da tabela periódica.

67 relações: Alastair Cameron, Arthur Stanley Eddington, Artigo B²FH, Astrofísica, Bário, Berílio, Big Bang, Boro, Cadeia próton-próton, Carbono, Ciclo CNO, Cobalto, Crômio, Década de 1950, Década de 1960, Deutério, Elemento (química), Estrela, Evolução estelar, Ferro, Fissão nuclear, Fotodesintegração, Fred Hoyle, Fusão nuclear, Fusão nuclear do carbono, Fusão nuclear do hélio, Fusão nuclear do neônio, Fusão nuclear do oxigênio, Fusão nuclear do silício, Gigante vermelha, Glúon, Hans Bethe, Isóbaro, Lítio, Nêutron, Níquel, Nebulosa planetária, Nucleossíntese de supernova, Nucleossíntese estelar, Nucleossíntese primordial, Oxigénio, Plasma de quarks e glúons, Poeira interestelar, Prótio, Próton, Processo p, Processo r, Processo rp, Processo s, Quark, ..., Radiação gama, Raio cósmico, Reviews of Modern Physics, Segunda Guerra Mundial, Supernova, Tabela periódica, Tório, Tecnécio, Titânio, Urânio, Vento solar, William Alfred Fowler, 1920, 1957, 1969, 1975, 1987. Expandir índice (17 mais) »

Alastair Cameron

Alastair Graham Walter Cameron (Winnipeg, —) foi um astrofísico canadense e cientista espacial.

Novo!!: Nucleossíntese e Alastair Cameron · Veja mais »

Arthur Stanley Eddington

Arthur Stanley Eddington, OM (Kendal, 28 de dezembro de 1882 — Cambridge, 22 de novembro de 1944) foi um astrofísico britânico do início do.

Novo!!: Nucleossíntese e Arthur Stanley Eddington · Veja mais »

Artigo B²FH

B²FH (pronuncia-se "B ao quadrado F H") são as iniciais de Geoffrey '''B'''urbidge, Margaret '''B'''urbidge, William '''F'''owler e Fred '''H'''oyle, e é usado em referência a um muito conhecido artigo de Astrofísica intitulado Synthesis of elements in stars (Síntese de elementos nas estrelas) publicado em 1957; o artigo é tão famoso que ele é tipicamente referido somente como B²FH.

Novo!!: Nucleossíntese e Artigo B²FH · Veja mais »

Astrofísica

Astrofísica é o ramo da física e da astronomia responsável por estudar o universo através da aplicação de leis e conceitos da física, tais como luminosidade, densidade, temperatura e composição química, a objetos astronômicos como estrelas, galáxias e o meio interestelar.

Novo!!: Nucleossíntese e Astrofísica · Veja mais »

Bário

O bário (do grego "barýs", pesado) é um elemento químico de símbolo Ba, número atômico 56 (56 prótons e 56 elétrons) com massa atómica 137 u. À temperatura ambiente, o bário encontra-se no estado sólido.

Novo!!: Nucleossíntese e Bário · Veja mais »

Berílio

O berílio (do grego βερυλλoς, berilo) é um elemento químico de símbolo Be, com número atômico 4 (4 prótons e 4 elétrons) e massa atômica 9 u. É um elemento alcalino-terroso, bivalente, tóxico, de coloração cinza, duro, leve, quebradiço e sólido na temperatura ambiente.

Novo!!: Nucleossíntese e Berílio · Veja mais »

Big Bang

Este é o conceito artístico da expansão do Universo, onde o espaço (incluindo hipotéticas partes não observáveis do Universo) é representado em cada momento, em seções circulares. O esquema é decorado com imagens do satélite WMAP. Big Bang ou Grande Expansão é a teoria cosmológica dominante sobre o desenvolvimento inicial do universo.

Novo!!: Nucleossíntese e Big Bang · Veja mais »

Boro

O boro é um elemento químico de símbolo B, número atômico 5 (5 prótons e 5 elétrons) com massa atómica 11 u. Ele é exclusivamente produzido pela espalação de raios cósmicos e não pela nucleossíntese estelar e, por esse motivo, ele é um elemento escasso tanto no sistema solar e na crosta terrestre.

Novo!!: Nucleossíntese e Boro · Veja mais »

Cadeia próton-próton

A cadeia próton-próton ou ciclo próton-próton é uma das reações de fusão que se produzem nas estrelas para converter o hidrogênio em hélio, o outro processo conhecido é o ciclo CNO.

Novo!!: Nucleossíntese e Cadeia próton-próton · Veja mais »

Carbono

O carbono (do latim carbo, carvão) é um elemento químico, símbolo C, número atômico 6 (6 prótons e 6 elétrons), massa atómica 12 u, sólido à temperatura ambiente.

Novo!!: Nucleossíntese e Carbono · Veja mais »

Ciclo CNO

O ciclo CNO (carbono-nitrogênio-oxigênio) é uma das reações de fusão pelas quais as estrelas convertem hidrogênio em hélio, sendo a outra a cadeia próton-próton.

Novo!!: Nucleossíntese e Ciclo CNO · Veja mais »

Cobalto

O cobalto (do alemão Kobold, duende, demônio das minas) é um elemento químico, símbolo Co, número atômico 27 (27 prótons e 27 elétrons) e massa atómica 59 uma, encontrado em temperatura ambiente no estado sólido.

Novo!!: Nucleossíntese e Cobalto · Veja mais »

Crômio

O crômio ou cromo (ambas as formas são aceitas, com predileção por crômio PB no Brasil e crómioPE em Portugal) do grego χρώμα, pronunciado como "chróma", significando cor, é um elemento químico de símbolo Cr, número atômico 24 (24 prótons e 24 elétrons) e massa atômica 52 u, sólido em temperatura ambiente.

Novo!!: Nucleossíntese e Crômio · Veja mais »

Década de 1950

A década de 1950, também referida como anos 1950 ou ainda anos 50, compreende o período de tempo entre 1º de janeiro de 1950 e 31 de dezembro de 1959.

Novo!!: Nucleossíntese e Década de 1950 · Veja mais »

Década de 1960

A década de 1960, também referida como anos 1960 ou ainda anos 60, compreende o período de tempo entre os dias 1 de janeiro de 1960 e 31 de dezembro de 1969.

Novo!!: Nucleossíntese e Década de 1960 · Veja mais »

Deutério

O deutério (símbolo ²H ou informalmente D) também conhecido como hidrogênio pesado é um dos isótopos instáveis do hidrogênio.

Novo!!: Nucleossíntese e Deutério · Veja mais »

Elemento (química)

Denomina-se elemento químico um conjunto de átomos que têm o mesmo número de prótons em seu núcleo atômico, ou seja, o mesmo número atômico (Z).

Novo!!: Nucleossíntese e Elemento (química) · Veja mais »

Estrela

Uma estrela é uma grande e luminosa esfera de plasma, mantida íntegra pela gravidade e pela pressão de radiação.

Novo!!: Nucleossíntese e Estrela · Veja mais »

Evolução estelar

Em astronomia, evolução estelar é a sequência de mudanças radicais que uma estrela sofre durante seu tempo de vida.

Novo!!: Nucleossíntese e Evolução estelar · Veja mais »

Ferro

O ferro (do latim ferrum) é um elemento químico, símbolo Fe, de número atômico 26 (26 prótons e 26 elétrons) e massa atômica 56 u. À temperatura ambiente, o ferro encontra-se no estado sólido.

Novo!!: Nucleossíntese e Ferro · Veja mais »

Fissão nuclear

Na física nuclear o processo de fissão nuclear é a quebra do núcleo de um átomo instável em dois núcleos menores pelo bombardeamento de partículas como nêutrons.

Novo!!: Nucleossíntese e Fissão nuclear · Veja mais »

Fotodesintegração

Fotodesintegração é um processo no qual raios gama de energia extremamente alta interagem com um núcleo atômico e causam uma extrema excitação deste, o qual imediatamente decai em dois ou mais núcleos filhos.

Novo!!: Nucleossíntese e Fotodesintegração · Veja mais »

Fred Hoyle

Fred Hoyle, Kt. (Bingley, Yorkshire, 24 de junho de 1915 — Bournemouth, Dorset, 20 de agosto de 2001) foi um astrônomo britânico famoso por algumas teorias que iam de encontro à opinião científica corrente e um escritor de ficção científica, incluindo alguns livros co-escritos pelo filho, Geoffrey Hoyle.

Novo!!: Nucleossíntese e Fred Hoyle · Veja mais »

Fusão nuclear

Fusão nuclear é o processo no qual dois ou mais núcleos atômicos se juntam e formam um outro núcleo de maior número atômico.

Novo!!: Nucleossíntese e Fusão nuclear · Veja mais »

Fusão nuclear do carbono

A fusão nuclear do carbono é uma reação nuclear de fusão que se dá em estrelas massivas (com no mínimo 4 MSol desde seu nascimento) que já tenham usado todos os elementos químicos mais leves em processos de fusão nuclear em seu núcleo.

Novo!!: Nucleossíntese e Fusão nuclear do carbono · Veja mais »

Fusão nuclear do hélio

A fusão nuclear do hélio é um dos processos de nucleossíntese que ocorrem nas estrelas.

Novo!!: Nucleossíntese e Fusão nuclear do hélio · Veja mais »

Fusão nuclear do neônio

A fusão nuclear do neônio é um tipo de reação nuclear que só ocorre em estrelas massivas (pelo menos 8 MSolar).

Novo!!: Nucleossíntese e Fusão nuclear do neônio · Veja mais »

Fusão nuclear do oxigênio

A fusão nuclear do oxigênio é uma reação de fusão nuclear que ocorre em estrelas massivas que tenham exaurido os elementos mais leves em seus núcleos.

Novo!!: Nucleossíntese e Fusão nuclear do oxigênio · Veja mais »

Fusão nuclear do silício

Em astrofísica, a fusão nuclear do silício é uma sequência de duas semanas de reações nucleares que ocorrem em estrelas massivas com um mínimo de 8–11 massas solares.

Novo!!: Nucleossíntese e Fusão nuclear do silício · Veja mais »

Gigante vermelha

Uma gigante vermelha é uma estrela gigante luminosa de massa pequena ou intermediária (entre 0,5 e 10 massas solares), numa fase avançada da evolução estelar.

Novo!!: Nucleossíntese e Gigante vermelha · Veja mais »

Glúon

são partículas fundamentais que agem como partículas de troca (ou bósons de calibre) para a força forte entre quarks, análoga à troca de fótons na força eletromagnética entre duas partículas carregadas.

Novo!!: Nucleossíntese e Glúon · Veja mais »

Hans Bethe

Hans Albrecht Bethe (Estrasburgo, — Ithaca) foi um físico estadunidense nascido na Alemanha.

Novo!!: Nucleossíntese e Hans Bethe · Veja mais »

Isóbaro

Isóbaros são átomos de diferentes elementos químicos e, portanto, de diferentes números atômicos, que apresentam o mesmo número de massa.

Novo!!: Nucleossíntese e Isóbaro · Veja mais »

Lítio

O lítio (do grego líthos, ou, "pedra", "cálculo" + sufixo nominal "io") é um elemento químico de símbolo Li, número atômico 3 e massa atômica 7, contendo, na sua estrutura, três prótons e três elétrons.

Novo!!: Nucleossíntese e Lítio · Veja mais »

Nêutron

Um é um bárion eletricamente neutro.

Novo!!: Nucleossíntese e Nêutron · Veja mais »

Níquel

Níquel é um elemento químico de símbolo Ni de número atômico 28 (28 prótons e 28 elétrons) e de massa atómica 58,7 uma.

Novo!!: Nucleossíntese e Níquel · Veja mais »

Nebulosa planetária

Uma nebulosa planetária é um objecto astronómico (nomeadamente, uma nebulosa de emissão) que é constituído por um invólucro brilhante em expansão de plasma e gás ionizado, expulsa durante a fase de ramo gigante assimptótico que atravessam as estrelas gigantes vermelhas nos últimos momentos das suas vidas.

Novo!!: Nucleossíntese e Nebulosa planetária · Veja mais »

Nucleossíntese de supernova

Imagem composta da Supernova de Kepler Nucleossíntese de supernova é uma teoria da produção de muitos elementos químicos diferentes em explosões de supernova, apresentado por Fred Hoyle em 1954.

Novo!!: Nucleossíntese e Nucleossíntese de supernova · Veja mais »

Nucleossíntese estelar

A nucleossíntese estelar é o conjunto de reações nucleares que tem lugar nas estrelas para fabricar elementos mais pesados.

Novo!!: Nucleossíntese e Nucleossíntese estelar · Veja mais »

Nucleossíntese primordial

Em Cosmologia, a nucleossíntese primordial (ou nucleossíntese do Big Bang) se refere ao período durante o qual se formaram determinados elementos químicos leves: o abundante H-1 (ou hidrogênio "leve"), seu isótopo o deutério (H-2 ou D), os isótopos do hélio He-3 e He-4, o isótopo do lítio Li-7 e o Berílio.

Novo!!: Nucleossíntese e Nucleossíntese primordial · Veja mais »

Oxigénio

O, é um elemento químico de número atómico 8 e símbolo O (8 protões e 8 eletrões) representando com massa atómica 16 u. Constitui parte do grupo dos calcogénios e é um não metal reactivo e um forte agente oxidante que facilmente forma compostos com a maioria doutros elementos, principalmente óxidos.

Novo!!: Nucleossíntese e Oxigénio · Veja mais »

Plasma de quarks e glúons

O plasma de quark-glúons (PQG ou QGP do inglês quark-gluon plasma) é uma fase da cromodinâmica quântica (QCD, do inglês quantum chromodynamics) que existe quando a temperatura e/ou a densidade são muito altas.

Novo!!: Nucleossíntese e Plasma de quarks e glúons · Veja mais »

Poeira interestelar

Poeira interestelar é o complexo de pequenas partículas de matéria que, juntamente com o gás, está contido no meio interestelar - o espaço entre as estrelas no interior das galáxias.

Novo!!: Nucleossíntese e Poeira interestelar · Veja mais »

Prótio

O Prótio, também chamado de Monotério, Hidrogenio Leve é um dos isótopos estáveis do hidrogênio (símbolo 1H). É o isótopo mais abundante o hidrogênio contém 99,986% de prótio.

Novo!!: Nucleossíntese e Prótio · Veja mais »

Próton

Sem descrição

Novo!!: Nucleossíntese e Próton · Veja mais »

Processo p

Inicialmente se pensou que o processo p fosse um processo de captura protônica que se dá durante as supernovas.

Novo!!: Nucleossíntese e Processo p · Veja mais »

Processo r

O processo r, citado também como processo R (de rápido), é um processo de captura neutrônica para elementos radiativos que se dá em condições de alta densidade neutrônica.

Novo!!: Nucleossíntese e Processo r · Veja mais »

Processo rp

O processo rp (captura rápida de prótons) consiste em uma série de capturas protônicas por núcleos iniciais que dão lugar a elementos mais pesados.

Novo!!: Nucleossíntese e Processo rp · Veja mais »

Processo s

O processo-s, citado também como processo S (de slow, lento, em inglês), ou captura lenta de nêutrons é um tipo de nucleossíntese que requer condições de menor densidade neutrônica e menor temperatura nas estrelas que o processo r. Nessas condições o índice de captura neutrônica pelos núcleos é lento se o comparamos com a velocidade de desintegração beta.

Novo!!: Nucleossíntese e Processo s · Veja mais »

Quark

Representação esquemática de um nêutron, composto por dois quarks down e um quark up. O quark, na física de partículas, é uma partícula elementar e um dos dois elementos básicos que constituem a matéria (o outro é o lépton). Quarks se combinam para formar partículas compostas chamadas hádrons; os mais estáveis desse tipo são os prótons e os nêutrons, que são os principais componentes dos núcleos atômicos.

Novo!!: Nucleossíntese e Quark · Veja mais »

Radiação gama

Ilustração da emissão de raios gama a partir do núcleo atômico Radiação gama ou raio gama (γ) é um tipo de radiação eletromagnética de alta frequência produzida geralmente por elementos radioativos, processos subatômicos como a aniquilação de um par pósitron e elétron.

Novo!!: Nucleossíntese e Radiação gama · Veja mais »

Raio cósmico

Fluxo de raios cósmicos Raios cósmicos são partículas extremamente penetrantes, dotadas de alta energia, que se deslocam a velocidades próximas à da luz no espaço sideral.

Novo!!: Nucleossíntese e Raio cósmico · Veja mais »

Reviews of Modern Physics

Reviews of Modern Physics (traduzido para "Avaliações da Física Moderna") é uma revista científica.

Novo!!: Nucleossíntese e Reviews of Modern Physics · Veja mais »

Segunda Guerra Mundial

A Segunda Guerra Mundial foi um conflito militar global que durou de 1939 a 1945, envolvendo a maioria das nações do mundo — incluindo todas as grandes potências — organizadas em duas alianças militares opostas: os Aliados e o Eixo.

Novo!!: Nucleossíntese e Segunda Guerra Mundial · Veja mais »

Supernova

Supernova de Kepler constelação do Cisne. Supernova é um evento astronômico que ocorre durante os estágios finais da evolução de algumas estrelas, que é caracterizado por uma explosão muito brilhante.

Novo!!: Nucleossíntese e Supernova · Veja mais »

Tabela periódica

400px A tabela periódica é uma disposição sistemática dos elementos químicos ordenados por seus números atômicos, configuração eletrônica, e recorrência das propriedades periódicas.

Novo!!: Nucleossíntese e Tabela periódica · Veja mais »

Tório

O tório(ou Thorium) (homenagem ao deus escandinavo do trovão Thor) é um elemento químico de símbolo Th e de número atômico igual a 90 (90 prótons e 90 elétrons), com massa atómica aproximada de 232,0 u. À temperatura ambiente, encontra-se no estado sólido.

Novo!!: Nucleossíntese e Tório · Veja mais »

Tecnécio

O tecnécio (technetium) é um elemento químico de símbolo Tc de número atômico 43 e de massa atómica igual a 98 u. À temperatura ambiente, o tecnécio encontra-se no estado sólido.

Novo!!: Nucleossíntese e Tecnécio · Veja mais »

Titânio

O titânio é um elemento químico de símbolo Ti, número atômico 22 (22 prótons e 22 elétrons) com massa atômica 47,90 u. Trata-se de um metal de transição leve, forte, cor branca metálica, lustroso e resistente à corrosão, sólido na temperatura ambiente.

Novo!!: Nucleossíntese e Titânio · Veja mais »

Urânio

O urânio (homenagem ao planeta Urano), é um elemento químico de símbolo U e de massa atômica igual a 238 u, apresenta número atômico 92 (92 prótons e 92 elétrons), é um elemento natural e comum, muito mais abundante que a prata, abundância comparável à do molibdênio e arsênio, porém, quatro vezes menos abundante que o tório.

Novo!!: Nucleossíntese e Urânio · Veja mais »

Vento solar

O vento solar é a emissão contínua de partículas carregadas provenientes da coroa solar.

Novo!!: Nucleossíntese e Vento solar · Veja mais »

William Alfred Fowler

William Alfred Fowler (Pittsburgh, — Pasadena) foi um físico estadunidense.

Novo!!: Nucleossíntese e William Alfred Fowler · Veja mais »

1920

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XX do atual calendário gregoriano e as suas letras dominicais foram D e C (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou a uma sexta-feira.

Novo!!: Nucleossíntese e 1920 · Veja mais »

1957

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Nucleossíntese e 1957 · Veja mais »

1969

Sem descrição

Novo!!: Nucleossíntese e 1969 · Veja mais »

1975

Sem descrição

Novo!!: Nucleossíntese e 1975 · Veja mais »

1987

Sem descrição

Novo!!: Nucleossíntese e 1987 · Veja mais »

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »