Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Instalar
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Monarquia tradicional

Índice Monarquia tradicional

A monarquia tradicional, que foi defendida pelo miguelismo e depois pelo integralismo lusitano, a mesma que se opõe à monarquia constitucional partidocrática e à monarquia absolutista, não é senão uma monarquia regida pelos princípios do tradicionalismo ou da tradição, organizada na base da família e da propriedade, que foi sacrificada pelo pombalismo, pelo absolutismo e pelo republicanismo.

48 relações: Alfredo Pimenta, António Sardinha, Assembleia, Assembleia dos Estados Gerais, Casa dos Vinte e Quatro, Comunidade, Condado, Confraria, Cortes (política), Despotismo, Dinastia filipina, Doutrina Social da Igreja, Estado, Família, Foral, Geração, Governo, Integralismo Lusitano, João Pinto Ribeiro, José I de Portugal, Miguelista, Monarca, Monarquia, Monarquia absoluta, Monarquia constitucional, Monarquia hereditária, Município, Municipalismo, Os Conjurados, Parlamento, Parlamento do Reino Unido, Partidocracia, Pátria, Portugal, Propriedade (direito), Regime político, Rei, Reino de Portugal, Republicanismo, Restauração da Independência, Sebastião José de Carvalho e Melo, Senhorio, Sociedade, Sufrágio universal, Tomás de Aquino, Tradição, Tradicionalismo, 1640.

Alfredo Pimenta

Frase de Alfredo Pimenta em azulejos de Jorge Colaço. Alfredo Augusto Lopes Pimenta (Guimarães, 3 de Dezembro de 1882 – Lisboa, 15 de Outubro de 1950) foi um historiador, poeta e escritor português.

Novo!!: Monarquia tradicional e Alfredo Pimenta · Veja mais »

António Sardinha

António Maria de Sousa Sardinha (Monforte, 9 de Setembro de 1887 — Elvas, 10 de Janeiro de 1925) foi um político, historiador e poeta português.

Novo!!: Monarquia tradicional e António Sardinha · Veja mais »

Assembleia

Uma assembleia é o conjunto de representantes de uma comunidade que possuem poderes de legislação.

Novo!!: Monarquia tradicional e Assembleia · Veja mais »

Assembleia dos Estados Gerais

Na França do Antigo Regime, a Assembleia dos Estados Gerais, ou simplesmente Estados Gerais (em francês, États Généraux) era uma assembleia consultiva e legislativa das três classes sociais (estados) do país.

Novo!!: Monarquia tradicional e Assembleia dos Estados Gerais · Veja mais »

Casa dos Vinte e Quatro

A Casa dos Vinte e Quatro constituía um órgão deliberativo da administração municipal de Lisboa - e, mais tarde, de outras cidades do Reino de Portugal e do Império Português - composto por representantes das corporações de ofícios ou guildas.

Novo!!: Monarquia tradicional e Casa dos Vinte e Quatro · Veja mais »

Comunidade

Comunidade é comumente considerada uma unidade social que compartilham algo em comum, como normas, valores, identidade e lugar em que estão situadas em uma determinada área geográfica ou não, podendo estar localizada em aldeias, bairros, cidades ou espalhadas pelo globo.

Novo!!: Monarquia tradicional e Comunidade · Veja mais »

Condado

Condado (do provençal comtat, por sua vez do latim tardio comitatus -us) era, na Idade Média, um território governado por um conde.

Novo!!: Monarquia tradicional e Condado · Veja mais »

Confraria

Confraria, irmandade ou fraternidade é um grupo de pessoas que se associa em torno de interesses ou objetivos comuns, seja o mesmo ofício, a mesma profissão, modo de vida ou religiosos ou espirituais.

Novo!!: Monarquia tradicional e Confraria · Veja mais »

Cortes (política)

Cortes (do termo latino cohors) foram políticos de carácter consultivo e deliberativo das monarquias tradicionais.

Novo!!: Monarquia tradicional e Cortes (política) · Veja mais »

Despotismo

Despotismo é uma forma de governo na qual uma única entidade governa com poder absoluto.

Novo!!: Monarquia tradicional e Despotismo · Veja mais »

Dinastia filipina

A dinastia filipina ou dinastia de Habsburgo (igualmente conhecida por terceira dinastia, dinastia dos Áustrias, dinastia de Espanha, dinastia dos Filipes ou União Ibérica) foi a dinastia real que reinou em Portugal durante o período de união pessoal entre este país e a Espanha, isto é, em que o Rei de Espanha era simultaneamente o Rei de Portugal.

Novo!!: Monarquia tradicional e Dinastia filipina · Veja mais »

Doutrina Social da Igreja

Doutrina Social da Igreja (DSI) é o conjunto dos ensinamentos contidos na doutrina da Igreja Católica e no Magistério da Igreja Católica, constante de numerosas encíclicas e pronunciamentos dos papas inseridos na tradição multissecular, e que tem suas origens nos primórdios do cristianismo.

Novo!!: Monarquia tradicional e Doutrina Social da Igreja · Veja mais »

Estado

Leviatã'', de Thomas Hobbes. A obra defende um estado com um governo forte, que impeça a anarquia. O termo Estado (do latim status: modo de estar, situação, condição) data do século XIII e se refere a qualquer país soberano, com estrutura própria e politicamente organizado, bem como designa o conjunto das instituições que controlam e administram uma nação.

Novo!!: Monarquia tradicional e Estado · Veja mais »

Família

A família (do termo latino familia) é um agrupamento humano formado por indivíduos com ancestrais em comum e/ou ligados por laços afetivos e que, geralmente, vivem numa mesma casa.

Novo!!: Monarquia tradicional e Família · Veja mais »

Foral

Uma carta de foral, ou simplesmente foral, era um documento real utilizado em Portugal, que visava estabelecer um concelho e regular a sua administração, deveres e privilégios.

Novo!!: Monarquia tradicional e Foral · Veja mais »

Geração

Geração (do termo latino generatione), também conhecida como procriação em ciências biológicas, é o ato de se produzir descendentes.

Novo!!: Monarquia tradicional e Geração · Veja mais »

Governo

O Governo é a organização que é a autoridade governante de uma unidade política"; "o poder de regrar uma sociedade política"; ou o aparato pelo qual o corpo governante funciona e exerce autoridade.

Novo!!: Monarquia tradicional e Governo · Veja mais »

Integralismo Lusitano

O Integralismo Lusitano (IL) designa um agrupamento sócio-político tradicionalista português e monárquico, activo e influente entre 1914 e 1932 que se opunha à Implantação da República Portuguesa, inclusivamente ao Estado Novo de Oliveira Salazar, à Monarquia Constitucional e Liberalismo.

Novo!!: Monarquia tradicional e Integralismo Lusitano · Veja mais »

João Pinto Ribeiro

João Pinto Ribeiro (Lisboa, 1590 – Lisboa, 10 de Agosto de 1649) foi um célebre conjurado da revolução de 1 de Dezembro de 1640.

Novo!!: Monarquia tradicional e João Pinto Ribeiro · Veja mais »

José I de Portugal

José I (Lisboa, – Sintra), apelidado de "o Reformador", foi o Rei de Portugal e Algarves de 1750 até sua morte.

Novo!!: Monarquia tradicional e José I de Portugal · Veja mais »

Miguelista

Miguelista é o nome dado na historiografia portuguesa aos apoiantes do chamado Miguelismo, nomeadamente os que lutaram pela legitimidade permanente do ex-infante D. Miguel de Bragança na linha de sucessão ao trono português e que vieram depois a fundar o Partido Legitimista e o Partido Realista que nele se integrou.

Novo!!: Monarquia tradicional e Miguelista · Veja mais »

Monarca

Um monarca exerce a posição de chefe de estado e chefe de governo de uma entidade política nacional ou somente de chefe de estado de uma entidade política nacional, concedida ao indivíduo que a ocupa normalmente em caráter vitalício e/ou hereditário.

Novo!!: Monarquia tradicional e Monarca · Veja mais »

Monarquia

Monarquia é a mais antiga forma de governo ainda em vigor.

Novo!!: Monarquia tradicional e Monarquia · Veja mais »

Monarquia absoluta

Monarquia absoluta ou absolutista, que se opõe à monarquia tradicional e à monarquia constitucional, é segundo a definição clássica a forma de governo monárquico ou monarquia na qual o monarca ou rei exerce o poder absoluto, isto é, independente e superior ao poder de outros órgãos do Estado.

Novo!!: Monarquia tradicional e Monarquia absoluta · Veja mais »

Monarquia constitucional

Uma monarquia constitucional ou monarquia parlamentarista, que se opõe à monarquia tradicional e à monarquia absolutista, é um sistema político em monarquia que reconhece um rei eleito ou hereditário como chefe do Estado, mas em que há uma constituição (série de leis fundamentais) que limita os poderes do mesmo monarca.

Novo!!: Monarquia tradicional e Monarquia constitucional · Veja mais »

Monarquia hereditária

Uma monarquia hereditária é o estilo mais comum de monarquia e é a forma de governo que é usada por quase todos os países onde existem monarquias.

Novo!!: Monarquia tradicional e Monarquia hereditária · Veja mais »

Município

Prefeitura do Município de São Paulo Um município ou concelho é geralmente uma divisão administrativa urbana com estatuto corporativo e que, geralmente, possui governo e (ou) jurisdição próprios.

Novo!!: Monarquia tradicional e Município · Veja mais »

Municipalismo

O Municipalismo ou Municipalismo Libertário, consiste em uma ideologia política que objetiva oferecer maior autonomia aos municípios, atendendo especialmente à organização e prerrogativas das cidades, por meio de uma descentralização da administração pública.

Novo!!: Monarquia tradicional e Municipalismo · Veja mais »

Os Conjurados

Os Conjurados foram um grupo nacionalista e patriótico português, nascido clandestinamente na parte final do domínio espanhol sobre Portugal, responsável pelo golpe de Estado do 1.º de Dezembro de 1640 que eliminou a possibilidade do Reino de Espanha se manter em união dinástica com o Reino de Portugal, tornando-se este último um estado independente e soberano em relação a Espanha e ao Mundo.

Novo!!: Monarquia tradicional e Os Conjurados · Veja mais »

Parlamento

Parlamento é a assembleia composta por membros eleitos, denominado "parlamentares", para a representação política dos cidadãos dentro da estrutura governamental de um regime constitucional.

Novo!!: Monarquia tradicional e Parlamento · Veja mais »

Parlamento do Reino Unido

O Parlamento do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte é o corpo legislativo supremo do Reino Unido e territórios britânicos ultramarinos.

Novo!!: Monarquia tradicional e Parlamento do Reino Unido · Veja mais »

Partidocracia

O termo partidocracia constitui um neologismo usado para definir a liberal vontade que seja um ou mais partidos a exercerem o domínio político sobre a governação dum país ou nação e que surge do pluripartidarismo.

Novo!!: Monarquia tradicional e Partidocracia · Veja mais »

Pátria

Pátria (do latim "patriota", terra paterna) indica a terra natal ou adotiva de um ser humano, que se sente ligado por vínculos afetivos, culturais, valores e história.

Novo!!: Monarquia tradicional e Pátria · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense,  estabelecido no século XI por Vímara Peres, um vassalo do rei das Astúrias. O condado tornou-se parte do Reino de León em 1097, e os condes de Portugal estabeleceram-se como governantes independentes do reino no século XII, após a batalha de São Mamede. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: Monarquia tradicional e Portugal · Veja mais »

Propriedade (direito)

Propriedade é o direito natural que permite a uma pessoa (denominada então "proprietário") a posse de uma coisa, em todas as suas relações como indivíduo.

Novo!!: Monarquia tradicional e Propriedade (direito) · Veja mais »

Regime político

Países que não se encaixam em nenhum dos sistemas acima. div col fim Regime político, na ciência política, é o nome que se dá ao conjunto de instituições políticas por meio das quais um Estado se organiza de maneira a exercer o seu poder sobre a sociedade.

Novo!!: Monarquia tradicional e Regime político · Veja mais »

Rei

Um rei (no feminino: rainha) é um chefe de Estado ocupante de um trono real ou um súdito de um imperador por exemplo ou de outra espécie de soberano; ou um ex-soberano que virou escravo de um dominador.

Novo!!: Monarquia tradicional e Rei · Veja mais »

Reino de Portugal

O Reino de Portugal era a denominação de Portugal sob a governação de um regime monárquico, e no início ainda sem o reino dos Algarves.

Novo!!: Monarquia tradicional e Reino de Portugal · Veja mais »

Republicanismo

O republicanismo é a ideologia segundo o qual uma nação é governada como uma república, na qual o chefe de Estado é indicado por métodos não-hereditários, frequentemente por eleições.

Novo!!: Monarquia tradicional e Republicanismo · Veja mais »

Restauração da Independência

A Restauração da Independência, mais precisamente A Restauração de Portugal como país soberano, é o nome que se dá ao golpe de estado revolucionário ocorrido a, chefiado por um grupo designado de Os Quarenta Conjurados e que se alastrou por todo o Reino, pela revolta dos portugueses contra a tentativa da anulação da independência do Reino de Portugal pela governação da dinastia filipina castelhana.

Novo!!: Monarquia tradicional e Restauração da Independência · Veja mais »

Sebastião José de Carvalho e Melo

Sebastião José de Carvalho e Melo, Marquês de Pombal e Conde de Oeiras (Lisboa, 13 de maio de 1699 – Pombal, 8 de maio de 1782) foi um nobre, diplomata e estadista português.

Novo!!: Monarquia tradicional e Sebastião José de Carvalho e Melo · Veja mais »

Senhorio

220 d.C.. Hebei, China. O senhorio é o proprietário de um apartamento, condomínio, casa, terra ou bens imobiliários que são alugados ou arrendados a um indivíduo ou a uma empresa, que recebe o nome de inquilino (ou também arrendatário ou locatário).

Novo!!: Monarquia tradicional e Senhorio · Veja mais »

Sociedade

étnico. Em sociologia, uma sociedade (do termo latino societas, que significa "associação amistosa com outros") é o conjunto de pessoas que compartilham propósitos, gostos, preocupações e costumes, e que interagem entre si constituindo uma comunidade.

Novo!!: Monarquia tradicional e Sociedade · Veja mais »

Sufrágio universal

O sufrágio universal, em oposição ao sufrágio restrito, amplia o direito de votar e ser votado para cargos públicos eletivos.,. No Brasil.

Novo!!: Monarquia tradicional e Sufrágio universal · Veja mais »

Tomás de Aquino

Tomás de Aquino, em italiano Tommaso d'Aquino (Roccasecca, 1225 – Fossanova, 7 de março de 1274), foi um frade católico da Ordem dos Pregadores (dominicano) italiano cujas obras tiveram enorme influência na teologia e na filosofia, principalmente na tradição conhecida como Escolástica, e que, por isso, é conhecido como "Doctor Angelicus", "Doctor Communis" e "Doctor Universalis".

Novo!!: Monarquia tradicional e Tomás de Aquino · Veja mais »

Tradição

Tradição (do latim traditio, tradere.

Novo!!: Monarquia tradicional e Tradição · Veja mais »

Tradicionalismo

O tradicionalismo é um sistema filosófico ou político que coloca a tradição como critério e regra de decisão, entendendo-a como o conjunto de hábitos e tendências que procuram manter uma sociedade no equilíbrio das forças que lhe deram origem.

Novo!!: Monarquia tradicional e Tradicionalismo · Veja mais »

1640

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram A e G (52 semanas), teve início a um domingo e terminou a uma segunda-feira.

Novo!!: Monarquia tradicional e 1640 · Veja mais »

Redireciona aqui:

Monarquia Temperada, Monarquia Tradicional, Monarquia de Regime Misto, Monarquia temperada, Monarquia tradicionalista.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »