Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Ministério da Indústria e Tecnologia

Índice Ministério da Indústria e Tecnologia

O Ministério da Indústria e Tecnologia foi a designação de um departamento dos IV, V e VI Governos Provisórios e I, II, III e IV Governos Constitucionais de Portugal.

21 relações: Alfredo Nobre da Costa, Álvaro Barreto, Carlos Melancia, Fernando Santos Martins, Governo da República Portuguesa, I Governo Constitucional de Portugal, II Governo Constitucional de Portugal, III Governo Constitucional de Portugal, IV Governo Constitucional de Portugal, IV Governo Provisório de Portugal, João Cravinho, Ministério, Ministério da Indústria, Portugal, V Governo Provisório de Portugal, VI Governo Provisório de Portugal, Walter Rosa, 1975, 1976, 1978, 1979.

Alfredo Nobre da Costa

Alfredo Jorge Nobre da Costa ComC • GCC (Lisboa, Lapa, 10 de Setembro de 1923 — Lisboa, 4 de Fevereiro de 1996) foi o primeiro-ministro do III Governo Constitucional de Portugal (28 de Agosto a 22 de Novembro de 1978), para além de ter ainda participado no VI Governo Provisório e no I Constitucional.

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e Alfredo Nobre da Costa · Veja mais »

Álvaro Barreto

Álvaro Roque de Pinho de Bissaia Barreto ComMAI (Lisboa, 1 de janeiro de 1936) é um gestor e político português.

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e Álvaro Barreto · Veja mais »

Carlos Melancia

Carlos Montez Melancia (em chinês tradicional: 文禮治) (21 de Agosto de 1927) é um político português.

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e Carlos Melancia · Veja mais »

Fernando Santos Martins

Fernando Augusto dos Santos Martins (Leiria, 1930 — Lisboa, 15 de novembro de 2006) foi um engenheiro e político português.

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e Fernando Santos Martins · Veja mais »

Governo da República Portuguesa

O Governo da República Portuguesa é um dos quatro órgãos de soberania da República Portuguesa.

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e Governo da República Portuguesa · Veja mais »

I Governo Constitucional de Portugal

O I Governo Constitucional de Portugal tomou posse a 23 de julho de 1976, sob chefia de Mário Soares, sendo constituído pelo Partido Socialista, com base nos resultados das eleições legislativas de 25 de abril de 1976.

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e I Governo Constitucional de Portugal · Veja mais »

II Governo Constitucional de Portugal

O II Governo Constitucional de Potugal tomou posse a 23 de janeiro de 1978, sendo chefiado por Mário Soares e constituído por uma coligação entre o Partido Socialista e o Centro Democrático Social.

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e II Governo Constitucional de Portugal · Veja mais »

III Governo Constitucional de Portugal

O III Governo Constitucional de Portugal tomou posse a 29 de agosto de 1978, sendo chefiado por Alfredo Nobre da Costa e constituído por iniciativa do Presidente da República.

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e III Governo Constitucional de Portugal · Veja mais »

IV Governo Constitucional de Portugal

O IV Governo Constitucional de Portugal tomou posse a 22 de novembro de 1978, sendo chefiado por Carlos Alberto da Mota Pinto e constituído por iniciativa do Presidente da República.

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e IV Governo Constitucional de Portugal · Veja mais »

IV Governo Provisório de Portugal

O IV Governo Provisório de Portugal foi chefiado por Vasco Gonçalves, cuja tomada de posse se deu a 26 de Março de 1975, tendo o Governo caído a 8 de Agosto de 1975, altura do Verão Quente.

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e IV Governo Provisório de Portugal · Veja mais »

João Cravinho

João Cardona Gomes Cravinho GCC (Angola, 19 de setembro de 1936) é um político português.

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e João Cravinho · Veja mais »

Ministério

Ministério dos Negócios Estrangeiros francês, no Quai d'Orsay em Paris, França Um ministério é um dos departamentos superiores em que se articula a administração pública de um país ou de outro território dotado de governo próprio.

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e Ministério · Veja mais »

Ministério da Indústria

O Ministério da Indústria era um antigo departamento do Governo de Portugal responsável pelas áreas da Indústria, Energia e Tecnologia.

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e Ministério da Indústria · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense,  estabelecido no século XI por Vímara Peres, um vassalo do rei das Astúrias. O condado tornou-se parte do Reino de León em 1097, e os condes de Portugal estabeleceram-se como governantes independentes do reino no século XII, após a batalha de São Mamede. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e Portugal · Veja mais »

V Governo Provisório de Portugal

O V Governo Provisório de Portugal, chefiado por Vasco Gonçalves, cuja tomada de posse se deu a 8 de Agosto de 1975, viria a cair a 19 de Setembro de 1975.

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e V Governo Provisório de Portugal · Veja mais »

VI Governo Provisório de Portugal

O VI Governo Provisório de Portugal (e último dos governos provisórios da Terceira República Portuguesa), foi chefiado por Pinheiro de Azevedo, cuja tomada de posse se deu a 19 de setembro de 1975, e que seria substituído a 23 de junho de 1976, de forma interina, devido a um problema de saúde, por Almeida e Costa.

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e VI Governo Provisório de Portugal · Veja mais »

Walter Rosa

Walter Ruivo Pinto Gomes Rosa (Lisboa, 20 de novembro de 1919 &mdash) Eng.º Electrotécnico de formação, foi um político português.

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e Walter Rosa · Veja mais »

1975

Sem descrição

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e 1975 · Veja mais »

1976

Sem descrição

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e 1976 · Veja mais »

1978

Foi declarado pela ONU como o "Ano Internacional Antiapartheid" e corresponde, no ciclo de doze anos que forma o calendário chinês a um ano do signo "Cavalo".

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e 1978 · Veja mais »

1979

Foi declarado pela ONU como o "Ano Internacional da Criança e Ano Internacional de Solidariedade com o Povo da Namíbia" e corresponde, no ciclo de doze anos que forma o calendário chinês a um ano do signo "Cabra".

Novo!!: Ministério da Indústria e Tecnologia e 1979 · Veja mais »

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »