Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Instalar
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Mercantilismo

Índice Mercantilismo

Quadro de Claude Lorrain que representa um porto de mar francês de 1638, no momento fundamental do mercantilismo. Mercantilismo é o nome dado a um conjunto de práticas econômicas desenvolvido na Europa na Idade Moderna, entre o século XV e o final do século XVIII.

375 relações: A Riqueza das Nações, Abraham Lincoln, Acordo Geral de Tarifas e Comércio, Adam Smith, Agente económico, Agricultura, Agricultura de subsistência, Airbus, Albrecht Dürer, Alemanha, Alexander Hamilton, Amesterdão, Antiglobalização, Antigo Regime, Arbitrismo, Aristóteles, Asilo, Ato de Navegação, Ásia, Índias Ocidentais, Baixa Idade Média na Espanha, Balança comercial, Balança de pagamentos, Banco Mundial, Barreira tarifária, Bem comum, Boeing, Brasil, Bruxa, Bulionismo, Burgos, Burguesia, Cadastro de Ensenada, Cancún, Capital (economia), Capitalismo, Caridade, Carlos I de Espanha, Carlos II, Carlos III, Carta-patente, Casa de Contratação das Índias, Casa de Habsburgo, Casa de Stuart, Casa de Tudor, Catedral de Sevilha, Cádis, Câmara baixa, Câmbio, Centro financeiro, ..., Ciclo da cana-de-açúcar, Colbert, Colbertismo, Colonialismo, Colonização, Colonização do Brasil, Colonização europeia da América, Comércio, Comércio internacional, Common law, Companhia Britânica das Índias Orientais, Companhia da Baía de Hudson, Companhia Francesa das Índias Orientais, Companhia Holandesa das Índias Ocidentais, Companhia Holandesa das Índias Orientais, Companhia majestática, Competitividade, Concorrência (economia), Congresso dos Estados Unidos, Consulado do Mar, Consumo, Contabilidade, Contrarreforma, Corn Laws, Coroa de Aragão, Corporações de ofício, Corrupção, Cortes, Cosmovisão, Crédito, Crematística, Cristão-novo, Cristianismo, Cristiano IV da Dinamarca, Cristina da Suécia, David Hume, David Ricardo, Débito, Democratas, Descobrimento da América, Desenvolvimento econômico, Dilema do prisioneiro, Dinamarca, Dinheiro, Direito, Doutrina, Dudley North, Economia, Economia clássica, Economia doméstica, Economia neoclássica, Educação, Edward Misselden, Empirismo, Empréstimo, Emulador, Era dos Descobrimentos, Escambo, Escandinávia, Escócia, Escola americana (economia), Escola Austríaca, Escola de pensamento, Escola historicista alemã de economia, Escola Ortodoxa (xadrez), Escolástica, Espanha, Espírito, Estado, Estado-nação, Estados Unidos, Europa, Europa Central, Europa Ocidental, Excedente econômico, Exportação, Falácia, Fazenda, Feira, Fernando VI de Espanha, Feudalismo, Filantropia, Filipe V de Espanha, Fisiocracia, Flandres, Florença, Fluxo económico, França, François Quesnay, Frederico II da Prússia, Friedrich List, Frota da prata, Fugger (família), Fundo Monetário Internacional, Ganância, Génova, Globalização, Gobelins, Governo, Governo federal do Brasil, Grande Depressão, Granjeiro, Grã-Bretanha, Guerra Civil de Castela, Guerra Civil Inglesa, Guerra da Sucessão Espanhola, Guerra das Comunidades de Castela, Guerra de Independência dos Estados Unidos, Guerra dos Trinta Anos, Guipúscoa, Hansa, Henry Charles Carey, Henry Clay, História do pensamento económico, Historiografia, Idade Média, Idade Moderna, Ideologia, Igreja Católica, Império Britânico, Imperialismo, Importação, Imposto, Indústria, Inflação, Inglaterra, Intervencionismo (economia), Jacques Necker, Japão, Jean Bodin, Jean-Baptiste Colbert, João Calvino, John Kenneth Galbraith, John Law, John Locke, John Maynard Keynes, Josiah Child, Jovellanos, Juan Luis Vives, Judeus, Juro, Laissez-faire, Lazer, , Lei, Liberalismo, Liberalismo económico, Liquidez, Lista de cortes de Castela, Livre-comércio, Londres, Lucro, Manuel Colmeiro y Penido, Manufatura, Martín de Azpilcueta, Martinho Lutero, Matéria-prima, Max Weber, Mão de obra, Método dedutivo, Mendigo, Mercado interno, Mercado livre, Mercado negro, Mercadoria, Mercenário, Metal, Metal precioso, Metalismo, Metrópole, Microeconomia, Moeda, Monarquia, Monarquia absoluta, Monarquia Católica, Monarquia hispânica, Monarquia parlamentarista, Monetarismo, Monopólio, Montesquieu, Moral, Mundo, Nação, Neomercantilismo, New Deal, Nicolau Maquiavel, Novo Mundo, Ocidente (desambiguação), Oliver Cromwell, Operário, Organização Mundial do Comércio, Ouro, País desenvolvido, País em desenvolvimento, Países Baixos, Pacto Colonial, Papa, Papel-moeda, Parlamento, Particularismo, Partido Republicano (Estados Unidos), Partido Socialista (França), Patrimônio, Paul Krugman, Pecado, Pedro I da Rússia, Pedro Rodríguez de Campomanes, Peru, Philipp von Hörnigk, Piedade, Pisa, Platão, Pobreza, Política, Política comercial, Portugal, Prata, Prússia, Predestinação, Primeira Guerra Anglo-Holandesa, Primeira Guerra Mundial, Produção, Progressismo, Prosperidade, Protecionismo, Puritanismo, Quevedo, Ravi Batra, Rússia, Realpolitik, Reforma Protestante, Reino, Reino Unido, Relação de emprego, Relações internacionais, Religião, Renda, República, Republicanismo, Reservas de ouro, Revolução dos preços, Revolução Francesa, Revolução Industrial, Richard Cantillon, Riqueza, Robert Walpole, Sacro Império Romano-Germânico, Salário, Salmanticenses, Salmon P. Chase, Sébastien Le Prestre de Vauban, Século XIX, Século XV, Século XVI, Século XVII, Século XVIII, Século XX, Segóvia, Segunda Guerra Mundial, Segunda Revolução Industrial, Senso comum, Sevilha, Sistema monetário, Sistema social, Soberania, Sociedade, Soma-zero, Suécia, Sumo, Taxa, Taxa alfandegária, Thomas Gresham, Thomas Hobbes, Thomas Mun, Toledo, Trabalho, Tratado de Maastricht, Tratado de Utrecht, Tribunal de Justiça da União Europeia, União Europeia, Usura, Valor (economia), Vantagem competitiva, Veneza, Vice-Reino da Nova Espanha, Victor Riqueti de Mirabeau, William Holman Hunt, William Petty, 10 de agosto, 13 de março, 1492, 1500, 1525, 1530, 1539, 1575, 1576, 1586, 1596, 1600, 1602, 1618, 1621, 1622, 1623, 1640, 1648, 1651, 1653, 1654, 1660, 1687, 1728, 1750, 1763, 1765, 1776, 1815, 1817, 1865, 1913, 1934, 1968, 1992, 2003. Expandir índice (325 mais) »

A Riqueza das Nações

Uma Investigação sobre a Natureza e as Causas da Riqueza das Nações, mais conhecida simplesmente como A Riqueza das Nações, é a obra mais famosa de Adam Smith.

Novo!!: Mercantilismo e A Riqueza das Nações · Veja mais »

Abraham Lincoln

Abraham Lincoln (Hodgenville, 12 de fevereiro de 1809 — Washington, D.C., 15 de abril de 1865) foi um político norte-americano que serviu como o 16° presidente dos Estados Unidos, posto que ocupou de 4 de março de 1861 até seu assassinato em 15 de abril de 1865.

Novo!!: Mercantilismo e Abraham Lincoln · Veja mais »

Acordo Geral de Tarifas e Comércio

O Acordo Geral sobre Tarifas e Comércio ou Acordo Geral sobre Aduanas e Comércio (em inglês, General Agreement on Tariffs and Trade,GATT) foi um acordo internacional estabelecido em 1947, visando promover o comércio internacional e remover ou reduzir barreiras comerciais, tais como tarifas ou quotas de importação, e a eliminação de preferências entre os signatários, visando obter vantagens mútuas.

Novo!!: Mercantilismo e Acordo Geral de Tarifas e Comércio · Veja mais »

Adam Smith

Adam Smith (Kirkcaldy, 5 de junho de 1723 — Edimburgo, 17 de Julho de 1790) foi um filósofo e economista britânico nascido na Escócia.

Novo!!: Mercantilismo e Adam Smith · Veja mais »

Agente económico

Um agente económico é toda a entidade com autonomia, capaz de realizar operações económicas e de deter valor económico.

Novo!!: Mercantilismo e Agente económico · Veja mais »

Agricultura

Agricultura é o conjunto de técnicas utilizadas para cultivar plantas com o objetivo de obter alimentos, bebidas, fibras, energia, matéria-prima para roupas, construções, medicamentos, ferramentas, ou apenas para contemplação estética.

Novo!!: Mercantilismo e Agricultura · Veja mais »

Agricultura de subsistência

Agricultura de subsistência na Zâmbia. Agricultura de subsistência é uma modalidade que tem como principal objetivo a produção de alimentos para garantir a sobrevivência do agricultor, da sua família e da comunidade em que está inserido, ou seja, ela visa suprir as necessidades alimentares das famílias rurais.

Novo!!: Mercantilismo e Agricultura de subsistência · Veja mais »

Airbus

A Airbus, com sede em Toulouse, França, é líder mundial na fabricação de aviões comerciais, líder europeu no desenvolvimento de programas espaciais e líder mundial na produção de helicópteros para uso civil. Até janeiro de 2014 a empresa foi uma subsidiária da EADS, que detinha 100% da empresa. A BAE Systems detinha 20% das ações do grupo até 2006, quando vendeu sua participação para a EADS. Estas duas empresas foram as maiores fornecedoras de material bélico na Europa. Como a maior empresa aeroespacial e de defesa na Europa, o Grupo Airbus tem como países de origem, França, Alemanha, Espanha e Reino Unido, e em torno de 35.500 fornecedores (ou 65% do gasto total). Desde sua fundação em 2000, o Grupo Airbus criou 15.000 novos postos de trabalho de alta tecnologia, só na Europa. O Grupo Airbus opera em mais de 170 locais em todo o mundo. A maior parte da carteira de encomendas da empresa e presença industrial encontra-se agora para além das fronteiras europeias. Tem linhas de montagem final de aeronaves em Tianjin, China, e Mobile, Alabama (EUA). O Grupo Airbus produz helicópteros no Brasil, mantém centros de pesquisa em Singapura, Índia, nos Estados Unidos da América, China e Rússia, e possui centros nos cinco continentes Maintenance, Repair and Overhaul (MRO). A Airbus empregava em 2013 cerca de 59 mil pessoas em vários países por todo o mundo. As fábricas principais estão localizadas em Toulouse (França) e Hamburgo (Alemanha).

Novo!!: Mercantilismo e Airbus · Veja mais »

Albrecht Dürer

Albrecht Dürer (Nuremberg, 21 de maio de 1471 — Nuremberg, 6 de abril de 1528) foi um gravador, pintor, ilustrador, matemático e teórico de arte alemão e, provavelmente, o mais famoso artista do Renascimento nórdico, tendo influenciado artistas do no seu país e nos Países Baixos.

Novo!!: Mercantilismo e Albrecht Dürer · Veja mais »

Alemanha

Alemanha (Deutschland), oficialmente República Federal da Alemanha (Bundesrepublik Deutschland, 10px ouça), é um país localizado na Europa Central. É limitado a norte pelo mar do Norte, Dinamarca e pelo mar Báltico, a leste pela Polônia e pela República Checa, a sul pela Áustria e pela Suíça e a oeste pela França, Luxemburgo, Bélgica e Países Baixos. O território da Alemanha abrange 357 021 quilômetros quadrados e é influenciado por um clima temperado sazonal. Com 82,2 milhões de habitantes em 31 de dezembro de 2015, o país tem a maior população da União Europeia e é também o lar da terceira maior população de migrantes internacionais em todo o mundo. A região chamada Germânia, habitada por vários povos germânicos, foi conhecida e documentada pelos romanos antes do ano 100. A partir do, os territórios alemães formaram a parte central do Sacro Império Romano-Germânico, que durou até 1806. Durante o, o norte da Alemanha tornou-se o centro da Reforma Protestante. Como um moderno Estado-nação, o país foi unificado pela primeira vez em consequência da Guerra Franco-Prussiana em 1871. Em 1949, após a Segunda Guerra Mundial, a Alemanha foi dividida em dois estados, a Alemanha Ocidental, oficialmente "República Federal da Alemanha", e a "Alemanha Oriental", oficialmente República Democrática Alemã, ao longo das linhas de ocupação aliadas. A Alemanha foi reunificada em 1990. A Alemanha Ocidental foi um dos membros fundadores da Comunidade Europeia (CE), em 1957, que posteriormente se tornou na União Europeia, em 1993. O país é parte do espaço Schengen e passou a adotar a moeda europeia, o euro, desde quando foi instituído, em 1999. A Alemanha é uma república parlamentar federal de dezesseis estados (em alemão Länder). A capital e maior cidade do país é Berlim, localizada no nordeste do território alemão. O país é membro das Nações Unidas, da OTAN, G8, G20, da OCDE e da OMC. É uma grande potência com a quarta maior economia do mundo por PIB nominal e a quinta maior em paridade do poder de compra. É o segundo maior exportador e o segundo maior importador de mercadorias. Em termos absolutos, a Alemanha atribui o segundo maior orçamento anual de ajudas ao desenvolvimento no mundo, enquanto está em sexto lugar em despesas militares. O país tem desenvolvido um alto padrão de vida e estabeleceu um sistema global de segurança social. A Alemanha ocupa uma posição-chave nos assuntos europeus e mantém uma série de parcerias estreitas em um nível global. O país também é reconhecido como líder científico e tecnológico em vários domínios.

Novo!!: Mercantilismo e Alemanha · Veja mais »

Alexander Hamilton

Alexander Hamilton (Charlestown, – Nova Iorque) foi o primeiro Secretário do Tesouro dos Estados Unidos da América.

Novo!!: Mercantilismo e Alexander Hamilton · Veja mais »

Amesterdão

(Amsterdam) é a capital e a cidade mais populosa do Reino dos Países Baixos.

Novo!!: Mercantilismo e Amesterdão · Veja mais »

Antiglobalização

Antiglobalização é um termo genérico, utilizado sobretudo durante os anos 1990, para descrever o movimento de oposição aos aspectos capitalista-liberais da globalização.

Novo!!: Mercantilismo e Antiglobalização · Veja mais »

Antigo Regime

O Antigo Regime refere-se originalmente ao sistema social e político aristocrático que foi estabelecido na França.

Novo!!: Mercantilismo e Antigo Regime · Veja mais »

Arbitrismo

O arbitrismo é o nome genérico que se dá a uma corrente de pensamento político e econômico desenvolvido na Espanha, primariamente na Coroa de Castela, na chamada Escola de Salamanca, durante a segunda metade do século XVI e o século XVII, que pode ser considerada como a primeira literatura econômica digna de tal nome, simultânea e em boa parte precedente do mercantilismo de outras nações europeias, como França e Inglaterra.

Novo!!: Mercantilismo e Arbitrismo · Veja mais »

Aristóteles

Aristóteles (Aristotélēs; Estagira, — Atenas) foi um filósofo grego, aluno de Platão e professor de Alexandre, o Grande.

Novo!!: Mercantilismo e Aristóteles · Veja mais »

Asilo

Asilo é um estabelecimento para abrigo, sustento ou educação de pessoas com dificuldades de se manter, como dependentes químicos, idosos ou órfãos.

Novo!!: Mercantilismo e Asilo · Veja mais »

Ato de Navegação

Em 1651, a assinatura dos Atos de Navegação contribuiu decisivamente para esse crescimento econômico, impulsionando o mercantilismo inglês, ao favorecer a indústria naval e mercadores.

Novo!!: Mercantilismo e Ato de Navegação · Veja mais »

Ásia

Ásia é o maior dos continentes, tanto em área como em população.

Novo!!: Mercantilismo e Ásia · Veja mais »

Índias Ocidentais

A expressão Índias Ocidentais se refere às ilhas do Caribe denominadas Antilhas e Bahamas.

Novo!!: Mercantilismo e Índias Ocidentais · Veja mais »

Baixa Idade Média na Espanha

A Baixa Idade Média sucede cronologicamente à Alta Idade Média e é o período que abarca desde o século XI até ao Renascimento, já no século XV.

Novo!!: Mercantilismo e Baixa Idade Média na Espanha · Veja mais »

Balança comercial

Em contabilidade nacional, a balança comercial resulta da agregação da balança de bens e de serviços, ambas componentes da balança corrente.

Novo!!: Mercantilismo e Balança comercial · Veja mais »

Balança de pagamentos

Em Economia, é um instrumento da contabilidade nacional referente à descrição das relações comerciais de um país com o resto do mundo.

Novo!!: Mercantilismo e Balança de pagamentos · Veja mais »

Banco Mundial

O Banco Mundial é uma instituição financeira internacional que efetua empréstimos a países em desenvolvimento.

Novo!!: Mercantilismo e Banco Mundial · Veja mais »

Barreira tarifária

Uma barreira tarifária é o tipo mais comum de barreira alfandegária.

Novo!!: Mercantilismo e Barreira tarifária · Veja mais »

Bem comum

Bem comum é uma expressão que se refere a vários conceitos da filosofia, teologia, sociologia e ciência política.

Novo!!: Mercantilismo e Bem comum · Veja mais »

Boeing

The Boeing Company é uma corporação multinacional norte-americana de desenvolvimento aeroespacial e de defesa.

Novo!!: Mercantilismo e Boeing · Veja mais »

Brasil

Brasil (pronuncia-se localmente A vocalização do no fim das sílabas geralmente só não acontece em dialetos influenciados pelos vizinhos falantes da língua castelhana, como na pampa rio-grandense – –, entretanto, em dialetos conservadores do interior do planalto, comumente referidos por caipira, o novo semivogal é um rótico retroflexo, fone herdado de línguas indígenas macro-jê, e não lábio-velar, daí, hoje muito menos comum por pressão sociolinguística da variedade de prestígio. Em todas, assume-se uma prosódia de conversa cotidiana. Em uma prosódia mais clara e formal, como a midiática, geralmente usa-se. Esta mudança de pronúncia da vogal átona pré-tônica não ocorre nas variedades de outros países falantes da língua portuguesa, que conservam a redução de para, para e para considerada mais coloquial no Brasil.), oficialmente República Federativa do Brasil, é o maior país da América do Sul e da região da América Latina, sendo o quinto maior do mundo em área territorial (equivalente a 47% do território sul-americano) e sexto em população (com mais de 200 milhões de habitantes).

Novo!!: Mercantilismo e Brasil · Veja mais »

Bruxa

Uma bruxa é geralmente retratada no imaginário popular como uma mulher antiquada, com nariz grande e encarquilhada, exímia e contumaz manipuladora de Magia Negra e dotada de uma gargalhada terrível.

Novo!!: Mercantilismo e Bruxa · Veja mais »

Bulionismo

O bulionismo (do inglês bullion: ouro em pequenos lingotes) ou bulhonismo ou metalismo é uma teoria econômica da Idade Moderna (1453-1789) que quantifica a riqueza através da quantidade de metais preciosos possuídos.

Novo!!: Mercantilismo e Bulionismo · Veja mais »

Burgos

Rio Arlanzon em Burgos, com a catedral ao fundo Burgos é um município da Espanha na província de Burgos, comunidade autónoma de Castela e Leão.

Novo!!: Mercantilismo e Burgos · Veja mais »

Burguesia

O estereótipo do burguês no Monsieur Jourdain, personagem principal da comédia ''Le Bourgeois gentilhomme'', de Molière Burguesia é um termo com vários significados históricos, sociais e culturais.

Novo!!: Mercantilismo e Burguesia · Veja mais »

Cadastro de Ensenada

O Cadastro de Ensenada (Catastro de Ensenada en espanhol) foi uma minuciosa pesquisa em grande escala, realizada desde 1749, nos 15 000 lugares com que contava a Coroa de Castela (excluídas as províncias bascas por estar isentas de impostos), contabilizando os seus habitantes, propriedades territoriais, edifícios, gado, ofícios, rendas, incluindo os censos; mesmo foram registradas as características geográficas de cada lugar.

Novo!!: Mercantilismo e Cadastro de Ensenada · Veja mais »

Cancún

Cancun ou Cancún é uma cidade que fica na costa do estado de Quintana Roo, no México, em uma península que se tornou um dos centros turísticos mais importantes do México, tendo conseguido preservar suas belezas naturais e sua cultura ancestral, representada principalmente em cidades maias, como Tulum, Uxmal ou Chichén Itzá, fundadas no período pré-colombiano.

Novo!!: Mercantilismo e Cancún · Veja mais »

Capital (economia)

Em economia, capital (do latim capitis) é qualquer bem econômico que pode ser utilizado na produção de outros bens ou serviços.

Novo!!: Mercantilismo e Capital (economia) · Veja mais »

Capitalismo

Capitalismo é um sistema econômico e uma ideologia baseada na propriedade privada dos meios de produção e sua operação com fins lucrativos.

Novo!!: Mercantilismo e Capitalismo · Veja mais »

Caridade

Caridade (lat caritate: Amor de Deus e do próximo. Benevolência, bom coração, compaixão. Beneficência, esmola.) é um termo derivante do latim caritas (afeto, amor), que tem origem no vocábulo grego chàris (graça).

Novo!!: Mercantilismo e Caridade · Veja mais »

Carlos I de Espanha

Carlos V & I (Gante, – Cuacos de Yuste) foi o Imperador Romano-Germânico como Carlos V a partir de 1519 e Rei da Espanha como Carlos I de 1516 até sua abdicação em favor de seu irmão mais novo Fernando I no império e seu filho Filipe II na Espanha.

Novo!!: Mercantilismo e Carlos I de Espanha · Veja mais »

Carlos II

*Carlos II de França ou Carlos II, o Calvo — rei de França (843-877) e imperador do Sacro Império (875-877).

Novo!!: Mercantilismo e Carlos II · Veja mais »

Carlos III

*Carlos, o Gordo (839–888) — Imperador Romano-Germânico.

Novo!!: Mercantilismo e Carlos III · Veja mais »

Carta-patente

Cartas-patente são um tipo de documento legal em forma de carta aberta entregue por um monarca ou governo, que garante um ofício, um direito, um monopólio, um título ou um status a uma pessoa ou para alguma entidade, como uma corporação.

Novo!!: Mercantilismo e Carta-patente · Veja mais »

Casa de Contratação das Índias

A Casa de Contratação (em castelhano "Casa de Contratación") foi uma empresa monopolista estatal espanhola.

Novo!!: Mercantilismo e Casa de Contratação das Índias · Veja mais »

Casa de Habsburgo

A Casa de Habsburgo (Haus von Habsburg) também conhecida por Casa da Áustria ou Casa d'Áustria, é uma família nobre europeia que foi uma das mais importantes e influentes da história da Europa do ao.

Novo!!: Mercantilismo e Casa de Habsburgo · Veja mais »

Casa de Stuart

A casa de Stuart, também conhecida por Casa de Stewart (em inglês: House of Stuart ou House of Stewart), é uma família nobre, de origem bretã, com origem no século XI, que deteve o trono da Escócia e depois a coroa da Inglaterra, ambas até 1714.

Novo!!: Mercantilismo e Casa de Stuart · Veja mais »

Casa de Tudor

A Casa de Tudor foi uma família nobre que deu origem a uma dinastia homônima, a dinastia Tudor.

Novo!!: Mercantilismo e Casa de Tudor · Veja mais »

Catedral de Sevilha

A Catedral de Sevilha, também conhecida como Catedral de Santa Maria da Sede, é a maior da Espanha, e a terceira maior do mundo, atrás da Basílica de São Pedro, no Vaticano, e da Basílica de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida.

Novo!!: Mercantilismo e Catedral de Sevilha · Veja mais »

Cádis

O palácio de Cádis Cádis Cádiz é uma cidade no sul de Espanha, banhada pelo Oceano Atlântico.

Novo!!: Mercantilismo e Cádis · Veja mais »

Câmara baixa

Câmara dos Comuns do Reino Unido. O plenário da Câmara dos Deputados no Brasil Câmara dos Representantes da Austrália. A câmara baixa, também referida como câmara inferior, é uma das casas legisladoras de parlamentos bicamerais.

Novo!!: Mercantilismo e Câmara baixa · Veja mais »

Câmbio

;Crime.

Novo!!: Mercantilismo e Câmbio · Veja mais »

Centro financeiro

Centro financeiro é uma área urbana que funciona como principal polo financeiro e comercial de uma cidade.

Novo!!: Mercantilismo e Centro financeiro · Veja mais »

Ciclo da cana-de-açúcar

O ciclo da cana-de-açúcar foi um período da história do Brasil Colônia compreendido entre meados do século XVI e meados do século XVIII.

Novo!!: Mercantilismo e Ciclo da cana-de-açúcar · Veja mais »

Colbert

O nome Colbert pode se referir a.

Novo!!: Mercantilismo e Colbert · Veja mais »

Colbertismo

Colbertismo nasceu no século XVI e XVII e é o Mercantilismo característico da política econômica francesa.

Novo!!: Mercantilismo e Colbertismo · Veja mais »

Colonialismo

Colonialismo é a política de exercer o controle ou a autoridade sobre um território ocupado e administrado por um grupo de indivíduos com poder militar, ou por representantes do governo de um país ao qual esse território não pertencia, contra a vontade dos seus habitantes que, muitas vezes, são desapossados de parte dos seus bens (como terra arável ou de pastagem) e de eventuais direitos políticos que detinham.

Novo!!: Mercantilismo e Colonialismo · Veja mais »

Colonização

ocidente, de 1492 até 2008. Ao longo da história, a formação de colónias foi a forma como a espécie humana se espalhou pelo mundo.

Novo!!: Mercantilismo e Colonização · Veja mais »

Colonização do Brasil

A Colonização do Brasil, processo também conhecido como Brasil Colônia ou Brasil colonial, ocorreu no período colonial entre os séculos XVI e XIX, em que o território brasileiro era uma colônia do império ultramarino português.

Novo!!: Mercantilismo e Colonização do Brasil · Veja mais »

Colonização europeia da América

A história da colonização da América iniciou-se com a chegada do ser humano ao continente em época ainda não totalmente determinada pela ciência.

Novo!!: Mercantilismo e Colonização europeia da América · Veja mais »

Comércio

O comércio baseia-se na troca voluntária de produtos.

Novo!!: Mercantilismo e Comércio · Veja mais »

Comércio internacional

O comércio internacional é a troca de bens e serviços através de fronteiras internacionais ou territórios.

Novo!!: Mercantilismo e Comércio internacional · Veja mais »

Common law

Common law (do inglês "direito comum") é o direito que se desenvolveu em certos países por meio das decisões dos tribunais, e não mediante atos legislativos ou executivos.

Novo!!: Mercantilismo e Common law · Veja mais »

Companhia Britânica das Índias Orientais

A Companhia das Índias Orientais (EIC), também conhecido como a Honorável Companhia das Índias Orientais (HEIC) ou a Companhia Britânica das Índias Orientais e informalmente como John Company, foi uma companhia inglesa e mais tarde britânica, que foi formada para prosseguir o comércio com as Índias Orientais, mas acabou por negociar principalmente com o subcontinente indiano e a China Qing.

Novo!!: Mercantilismo e Companhia Britânica das Índias Orientais · Veja mais »

Companhia da Baía de Hudson

A Companhia da Baía de Hudson (em inglês: Hudson's Bay Company; abreviação oficial: HBC; Compagnie de la Baie d'Hudson), comumente referida como "The Bay" ("La Baie" em francês), é a mais antiga corporação do Canadá e uma das mais antigas do mundo ainda em atividade.

Novo!!: Mercantilismo e Companhia da Baía de Hudson · Veja mais »

Companhia Francesa das Índias Orientais

A Companhia Francesa das Índias Orientais (em francês Compagnie française des Indes orientales) – Companhia francesa para o comércio das Índias Orientais - era una empresa comercial, fundada pelas cartas patentes de 27 de agosto de 1664, cujo objetivo era “navegar e negociar na região que abrange o Cabo da Boa Esperança, os mares orientais e toda a Índia”, com o monopólio comercial de 50 anos.

Novo!!: Mercantilismo e Companhia Francesa das Índias Orientais · Veja mais »

Companhia Holandesa das Índias Ocidentais

Amsterdã(o), sede da WIC de 1623 a 1647 A Companhia Holandesa das Índias Ocidentais ou Companhia Neerlandesa das Índias Ocidentais (em holandês: West-Indische Compagnie ou WIC) foi uma companhia majestática de mercadores holandeses.

Novo!!: Mercantilismo e Companhia Holandesa das Índias Ocidentais · Veja mais »

Companhia Holandesa das Índias Orientais

A Companhia Holandesa das Índias Orientais ou Companhia Neerlandesa das Índias Orientais, formalmente Companhia Unida das Índias Orientais (em holandês,Vereenigde Oost-Indische Compagnie, com a sigla VOC) foi uma companhia majestática formada por holandeses, em 1602 - dois anos depois da formação da Companhia Inglesa das Índias Orientais – com o objectivo de tentar excluir os competidores europeus daquela importante rota comercial.

Novo!!: Mercantilismo e Companhia Holandesa das Índias Orientais · Veja mais »

Companhia majestática

As companhias majestáticas, também chamadas companhias privilegiadas ou companhias de carta (do inglês chartered company), eram companhias privadas portadoras de carta de concessão de um governo que lhes conferia o direito a certos privilégios comerciais.

Novo!!: Mercantilismo e Companhia majestática · Veja mais »

Competitividade

A competitividade é a característica ou capacidade de qualquer organização em lograr cumprir a sua missão, com mais êxito que outras organizações competidoras.

Novo!!: Mercantilismo e Competitividade · Veja mais »

Concorrência (economia)

Em economia, concorrência corresponde à situação de lucro de um mercado em que os diferentes produtores/vendedores de um determinado bem e/ou serviço actuam de forma independente face aos compradores/consumidores, com vista a alcançar um objectivo para o seu negócio – lucros, vendas e/ou quota de mercado – utilizando diferentes instrumentos, tais como os preços, a qualidade dos produtos, os serviços após venda.

Novo!!: Mercantilismo e Concorrência (economia) · Veja mais »

Congresso dos Estados Unidos

O Congresso dos Estados Unidos (em inglês: United States Congress) é o órgão legislativo bicameral do governo federal dos Estados Unidos, sendo composto por duas câmaras legislativas: o Senado e a Câmara dos Representantes.

Novo!!: Mercantilismo e Congresso dos Estados Unidos · Veja mais »

Consulado do Mar

O Consulado do Mar era uma instituição jurídico-mercantil medieval formada por um Prior e vários Cônsules cuja jurisdição era similar aos atuais tribunais mercantis.

Novo!!: Mercantilismo e Consulado do Mar · Veja mais »

Consumo

O consumo é uma atividade económica (uma das principais, ao lado da produção, distribuição, repartição dos rendimentos e acumulação) que consiste na utilização, destruição ou aquisição de bens ou serviços.

Novo!!: Mercantilismo e Consumo · Veja mais »

Contabilidade

O fluxo de caixa é uma das ferramentas mais utilizadas pelas ciências contábeis Contabilidade é uma ciência aplicada que tem como objecto de estudo o patrimônio das entidades (ou a azienda, que é o patrimônio mais a pessoa que o administra), seus fenômenos e variações, tanto no aspecto quantitativo quanto no qualitativo, registrando os fatos e atos de natureza econômico-financeira que o afetam e estudando suas consequências na dinâmica financeira.

Novo!!: Mercantilismo e Contabilidade · Veja mais »

Contrarreforma

São Jerônimo, foi adotada como texto oficial da Igreja Católica pelo Concílio de Trento em 1546., que ficou também conhecida por Reforma Católica, é o nome dado ao movimento que foi criado pela Igreja Católica a partir de 1545, e que, segundo alguns autores, teria sido uma resposta à Reforma Protestante (de 1517) iniciada por Lutero.

Novo!!: Mercantilismo e Contrarreforma · Veja mais »

Corn Laws

As Corn Laws (Leis dos Cereais) foram tarifas à importação para apoiar os preços dos cereais britânicos contra a concorrência de importações estrangeiras mais baratas, que estiveram vigentes entre 1815 e 1846.

Novo!!: Mercantilismo e Corn Laws · Veja mais »

Coroa de Aragão

A Coroa de Aragão (em aragonês: Corona d'Aragón), também conhecida por outros nomes alternativos, abrangia o conjunto dos territórios que estavam sob a jurisdição do Rei de Aragão a partir de 1164 a 1707.

Novo!!: Mercantilismo e Coroa de Aragão · Veja mais »

Corporações de ofício

Corporações de ofício eram associações que surgiram na Idade Média, a partir do, para regulamentar o processo produtivo artesanal nas cidades.

Novo!!: Mercantilismo e Corporações de ofício · Veja mais »

Corrupção

Índice de Percepção de Corrupção em 2013 Corrupção, corrução ou corrompimento, em sentido lato, corresponde à ideia de decomposição.

Novo!!: Mercantilismo e Corrupção · Veja mais »

Cortes

*Cortes (política) — nome que se dá ao parlamento em algumas monarquias ou seu equivalente primitivo (reuniões políticas entre o rei e as diferentes classes sociais, frequentemente com carácter legislativo).

Novo!!: Mercantilismo e Cortes · Veja mais »

Cosmovisão

Cosmovisão ou visão de mundo é um conjunto de crenças e opiniões fundamentais, isto é, a orientação cognitiva fundamental de um indivíduo, de uma coletividade ou, ainda, de toda a sociedade, num dado espaço-tempo, que têm o indivíduo ou o conjunto mais amplo, numa dada época e cultura, a respeito de tudo o que existe, sua gênese, sua natureza, suas propriedades e outros muitos aspectos, sob as ópticas tão amplas e variadas como a científica, a epistemológica, a filosófica, a religiosa (ou, melhor, espiritual), a semiológica e a ontológica), dentre várias. Uma visão de mundo pode incluir a filosofia natural; postulados fundamentais, existenciais e normativos; ou temas, valores, emoções e ética. Esse termo costuma ser reportado univocamente ao termo alemão weltanschauung, composto de Welt ('mundo') e Anschauung ('visão' ou 'percepção'),, o que deve ser evitado. Embora o conceito amplo de cosmovisão não se restrinja apenas a essa específica escola de pensamento filosófico alemão, evidente e necessariamente inclui-a, todavia. A cosmovisão ou visão do mundo continua a ser um conceito complexo e confuso em qualquer cultura, sendo usado de forma muito diferente por cientistas vários. Afinal, trata da "reflexão mais abrangente que se pode fazer"., por essa precisa razão, sugere cinco subcategorias: percepção do mundo, concepção mundial, mentalidade cultural, mundo pessoal e perspectiva (ver 2009, 2011 e 2012). Outras classificações são sempre possíveis, dada a abrangência do tema. As visões do mundo são muitas vezes concebida num nível consciente, diretamente acessíveis à articulação e à discussão, como contraposição a um nível mais profundo e pré-consciente, como a ideia "base" na psicologia da Gestalt e na análise das mídias. No entanto, as crenças centrais da visão mundial são muitas vezes profundamente enraizadas e, portanto, raramente são refletidas pelos indivíduos e são trazidas à superfície apenas em momentos de crise de fé, de algum modo ocorrentes.

Novo!!: Mercantilismo e Cosmovisão · Veja mais »

Crédito

Crédito (do latim creditu) é a confiança que se tem em algo.

Novo!!: Mercantilismo e Crédito · Veja mais »

Crematística

Crematística é um conceito aristotélico que advém das idéias de khréma e atos - busca incessante da produção e do açambarcamento das riquezas por prazer.

Novo!!: Mercantilismo e Crematística · Veja mais »

Cristão-novo

Cristão-novo ou converso era a designação dada em Portugal, Espanha e Brasil aos judeus e muçulmanos convertidos ao cristianismo, em contraposição aos cristãos-velhos.

Novo!!: Mercantilismo e Cristão-novo · Veja mais »

Cristianismo

Cristianismo (do grego Xριστός, "Christós", messias, ungido, do heb. משיח "Mashiach") é uma religião abraâmica monoteístaO status do cristianismo como religião monoteísta é confirmado, entre outras fontes, na Catholic Encyclopedia (artigo ""); William F. Albright, From the Stone Age to Christianity; H. Richard Niebuhr; About.com,; Kirsch, God Against the Gods; Woodhead, An Introduction to Christianity; The Columbia Electronic Encyclopedia; The New Dictionary of Cultural Literacy,; New Dictionary of Theology,, pp.

Novo!!: Mercantilismo e Cristianismo · Veja mais »

Cristiano IV da Dinamarca

Cristiano IV (Hillerød, – Copenhague) foi o Rei da Dinamarca e Noruega de 1588 até sua morte.

Novo!!: Mercantilismo e Cristiano IV da Dinamarca · Veja mais »

Cristina da Suécia

Cristina (Estocolmo, – Roma) foi a Rainha da Suécia de 1632 até sua abdicação em 1654.

Novo!!: Mercantilismo e Cristina da Suécia · Veja mais »

David Hume

David Hume (Edimburgo, 7 de maio (ou 26 de abril-Antigo) de 1711 – Edimburgo, 25 de Agosto de 1776) foi um filósofo, historiador e ensaísta britânico nascido na Escócia que se tornou célebre por seu empirismo radical e seu ceticismo filosófico.

Novo!!: Mercantilismo e David Hume · Veja mais »

David Ricardo

David Ricardo (Londres, 18 de Abril de 1772 — Gatcombe Park, 11 de setembro de 1823) foi um economista e político britânico - um dos mais influentes economistas clássicos, ao lado de Thomas Malthus, Adam Smith e James Mill.

Novo!!: Mercantilismo e David Ricardo · Veja mais »

Débito

Débito (ou dívida) é o que se deve; geralmente se refere ao ativo, mas o termo pode cobrir outras obrigações.

Novo!!: Mercantilismo e Débito · Veja mais »

Democratas

;Política.

Novo!!: Mercantilismo e Democratas · Veja mais »

Descobrimento da América

O chamado Descobrimento da América, que se deu pela armada do navegador Cristóvão Colombo em 12 de outubro de 1492, na tentativa de achar uma rota alternativa para as Índias, representa o início da colonização européia do continente americano.

Novo!!: Mercantilismo e Descobrimento da América · Veja mais »

Desenvolvimento econômico

Introdução:    O conceito de desenvolvimento é estudado em diversos campos do conhecimento e têm diferentes interpretações.

Novo!!: Mercantilismo e Desenvolvimento econômico · Veja mais »

Dilema do prisioneiro

O dilema do prisioneiro é um problema da teoria dos jogos e um exemplo claro, mas atípico, de um problema de soma não nula.

Novo!!: Mercantilismo e Dilema do prisioneiro · Veja mais »

Dinamarca

Dinamarca (em dinamarquês: Danmark), oficialmente Reino da Dinamarca, é um país nórdico da Europa setentrional e membro sênior do Reino da Dinamarca.

Novo!!: Mercantilismo e Dinamarca · Veja mais »

Dinheiro

O dinheiro é o meio usado na troca de bens, na forma de moedas ou notas (cédulas), usado na compra de bens, serviços, força de trabalho, divisas estrangeiras ou nas demais transações financeiras, emitido e controlado pelo governo de cada país, que é o único que tem essa atribuição.

Novo!!: Mercantilismo e Dinheiro · Veja mais »

Direito

A palavra direito possui mais de um significado correlato.

Novo!!: Mercantilismo e Direito · Veja mais »

Doutrina

O termo doutrina pode ser definido como o conjunto de princípios que servem de base a um sistema religioso, político, filosófico, militar, pedagógico, entre outros.

Novo!!: Mercantilismo e Doutrina · Veja mais »

Dudley North

Dudley North(Westminster, 16 de maio de 1641 – Londres, 31 de dezembro de 1691) foi um mercador, político e economista inglês, e escritor sobre livre comércio.

Novo!!: Mercantilismo e Dudley North · Veja mais »

Economia

alt.

Novo!!: Mercantilismo e Economia · Veja mais »

Economia clássica

Economia clássica é o nome dado à primeira escola moderna de pensamento econômico.

Novo!!: Mercantilismo e Economia clássica · Veja mais »

Economia doméstica

A ideia da criação de Cursos de Economia Doméstica, no Brasil, surge em 1945, por ocasião da III Conferência Interamericana de Agricultura, realizada em Caracas, com o tema A mulher e o fomento agrícola.

Novo!!: Mercantilismo e Economia doméstica · Veja mais »

Economia neoclássica

Economia neoclássica é uma expressão genérica utilizada para designar diversas correntes do pensamento econômico que estudam a formação dos preços, a produção e a distribuição da renda através do mecanismo de oferta e demanda dos mercados.

Novo!!: Mercantilismo e Economia neoclássica · Veja mais »

Educação

Educação engloba os processos de ensinar e aprender.

Novo!!: Mercantilismo e Educação · Veja mais »

Edward Misselden

Edward Misselden (*1608? — 1654?) foi um membro destacado dos escritores no grupo de pensamento econômico mercantilista.

Novo!!: Mercantilismo e Edward Misselden · Veja mais »

Empirismo

Na filosofia, empirismo foi uma teoria do conhecimento que afirma que o conhecimento vem apenas, ou principalmente, a partir da experiência sensorial.

Novo!!: Mercantilismo e Empirismo · Veja mais »

Empréstimo

O termo empréstimo é popularmente conhecido como um “contrato” pelo qual uma pessoa entrega a outra pessoa um objeto, que deve ser devolvido ao primeiro em certo prazo de mercado.

Novo!!: Mercantilismo e Empréstimo · Veja mais »

Emulador

Na computação, um emulador é um software que reproduz as funções de um determinado ambiente, a fim de permitir a execução de outros softwares sobre ele.

Novo!!: Mercantilismo e Emulador · Veja mais »

Era dos Descobrimentos

Era dos descobrimentos (ou das Grandes Navegações) é a designação dada ao período da história que decorreu entre o e o início do, durante o qual, inicialmente, portugueses, depois espanhóis e, posteriormente, alguns países europeus exploraram intensivamente o globo terrestre em busca de novas rotas de comércio.

Novo!!: Mercantilismo e Era dos Descobrimentos · Veja mais »

Escambo

Escambo(PB), permuta (PE, PB), troca direta ou, simplesmente, troca é a transacção ou contrato em que cada uma das partes entrega um bem ou presta um serviço para receber da outra parte um bem ou serviço em retorno em forma de Crédito, sem que um dos bens seja moeda.

Novo!!: Mercantilismo e Escambo · Veja mais »

Escandinávia

A Escandinávia e os países escandinavos A Escandinávia é uma região geográfica e histórica da Europa Setentrional e que abrange, no sentido mais estrito, a Dinamarca, a Suécia e a Noruega.

Novo!!: Mercantilismo e Escandinávia · Veja mais »

Escócia

Escócia (Scotland; Alba) é um dos países do Reino Unido e cobre o terço norte da ilha da Grã-Bretanha.

Novo!!: Mercantilismo e Escócia · Veja mais »

Escola americana (economia)

A escola americana de economia política, também conhecida como "sistema nacional", é uma doutrina macroeconômica que dominou a política econômica dos Estados Unidos desde a Guerra de Secessão até a metade do século XX.

Novo!!: Mercantilismo e Escola americana (economia) · Veja mais »

Escola Austríaca

A Escola Austríaca (também conhecida como Escola de Viena) é uma escola de pensamento econômico que enfatiza o poder de organização espontânea do mecanismo de preços.

Novo!!: Mercantilismo e Escola Austríaca · Veja mais »

Escola de pensamento

Uma corrente de pensamento pode ser entendida como sendo os laços pessoais que se constroem para criar e propagar ideias novas.

Novo!!: Mercantilismo e Escola de pensamento · Veja mais »

Escola historicista alemã de economia

A chamada Escola historicista alemã de economia (em alemão, Historische Schule der Nationalökonomie) foi uma escola de pensamento - principalmente alemã -, que defendia que o estudo da história é a principal fonte de conhecimento sobre as acções humanas e sobre matérias económicas.

Novo!!: Mercantilismo e Escola historicista alemã de economia · Veja mais »

Escola Ortodoxa (xadrez)

Escola Ortodoxa, também conhecida como Escola Clássica ou Escola Moderna, é uma escola de pensamento enxadrístico que preconiza a importância de vantagens "estáticas", tais como: controle do centro por peões, não permitir o surgimento de fraquezas na estrutura de peões, a obtenção de postos avançados para os cavalos, impedir a criação do "bispo mau", em detrimento do "bispo bom", em posições fechadas de peões, dentre outros.

Novo!!: Mercantilismo e Escola Ortodoxa (xadrez) · Veja mais »

Escolástica

Escolástica ou escolasticismo (do termo latino scholasticus, e este por sua vez do grego σχολαστικός) foi o método de pensamento crítico dominante no ensino nas universidades medievais europeias de cerca dos séculos IX ao XVI.

Novo!!: Mercantilismo e Escolástica · Veja mais »

Espanha

Espanha (España), também conhecido como Reino de/da Espanha Reino de España é um país situado na Europa meridional, na Península Ibérica.

Novo!!: Mercantilismo e Espanha · Veja mais »

Espírito

A palavra espírito apresenta diferentes significados e conotações diferentes, a maioria deles relativos a uma forma de energia em contraste com o corpo físico.

Novo!!: Mercantilismo e Espírito · Veja mais »

Estado

Leviatã'', de Thomas Hobbes. A obra defende um estado com um governo forte, que impeça a anarquia. O termo Estado (do latim status: modo de estar, situação, condição) data do século XIII e se refere a qualquer país soberano, com estrutura própria e politicamente organizado, bem como designa o conjunto das instituições que controlam e administram uma nação.

Novo!!: Mercantilismo e Estado · Veja mais »

Estado-nação

Um estado-nação é uma área geográfica que pode ser identificada como possuidora de uma política legítima, que pelos próprios meios, constitui um governo soberano.

Novo!!: Mercantilismo e Estado-nação · Veja mais »

Estados Unidos

Os Estados Unidos da América (United States of America), ou simplesmente Estados Unidos, são uma república constitucional federal composta por 50 estados e um distrito federal.

Novo!!: Mercantilismo e Estados Unidos · Veja mais »

Europa

A Europa é, por convenção, um dos seis continentes do mundo.

Novo!!: Mercantilismo e Europa · Veja mais »

Europa Central

A Europa central é o conjunto dos países da Europa com a maior parte do seu território ligado às cordilheiras dos Alpes, incluindo as suas extensões para os Bálcãs e os Cárpatos.

Novo!!: Mercantilismo e Europa Central · Veja mais »

Europa Ocidental

Europa meridional Proposta da Comissão permanente do nomes geográficos europeus para a delimitação da Europa Occidental e das outras regiões do Europa Em destaque amarelo, Países da Europa ocidental, de acordo com critérios histórico-socioculturais da '''UNESCO''' A Europa Ocidental ou Oeste Europeu é uma parte da Europa cujas fronteiras dependem da definição.

Novo!!: Mercantilismo e Europa Ocidental · Veja mais »

Excedente econômico

Excedente econômico é o total de utilidade proporcionado por um produto em relação ao seu custo produtivo.

Novo!!: Mercantilismo e Excedente econômico · Veja mais »

Exportação

Exportação é a saída de bens, produtos e serviços do país de origem.

Novo!!: Mercantilismo e Exportação · Veja mais »

Falácia

O termo falácia deriva do verbo latino fallere, que significa enganar.

Novo!!: Mercantilismo e Falácia · Veja mais »

Fazenda

Mato Grosso do Sul, no Brasil Uma fazenda (Angola e Brasil), herdade (Alentejo), machamba (Moçambique), roça (São Tomé e Príncipe) ou quinta (outras regiões de Portugal) é uma propriedade rural agrícola, geralmente composta por um imóvel e um terreno destinado à prática da agricultura e da pecuária.

Novo!!: Mercantilismo e Fazenda · Veja mais »

Feira

Uma feira é um evento em um local público em que as pessoas, em dias e épocas predeterminados, expõem e vendem mercadorias.

Novo!!: Mercantilismo e Feira · Veja mais »

Fernando VI de Espanha

Fernando VI (Madrid, – Villaviciosa de Odón) foi o Rei da Espanha de 1746 até sua morte.

Novo!!: Mercantilismo e Fernando VI de Espanha · Veja mais »

Feudalismo

Rolando jura lealdade a Carlos Magno, a partir de um manuscrito do século XIV(?) O feudalismo foi um modo de organização social e político baseado nas relações servo-contratuais (servis).

Novo!!: Mercantilismo e Feudalismo · Veja mais »

Filantropia

Filantropia vem do grego φίλος (amor) e άνθρωπος (homem), e significa "amor à humanidade".

Novo!!: Mercantilismo e Filantropia · Veja mais »

Filipe V de Espanha

Filipe V (Versalhes, – El Escorial) foi o Rei da Espanha em duas ocasiões diferentes, primeiro de 1700 até sua abdicação em janeiro de 1724 em favor de seu filho Luís I, e depois ao assumir o trono novamente em setembro de 1724 até sua morte.

Novo!!: Mercantilismo e Filipe V de Espanha · Veja mais »

Fisiocracia

Fisiocracia (do grego "Governo da Natureza") é uma teoria econômica desenvolvida por um grupo de economistas franceses do século XVIII, que acreditavam que a riqueza das nações era derivada unicamente do valor de "terras agrícolas" ou do "desenvolvimento da terra" e que produtos agrícolas deveriam ter preços elevados (já que para eles a agricultura tinha um valor muito grande).

Novo!!: Mercantilismo e Fisiocracia · Veja mais »

Flandres

A Flandres (em neerlandês Vlaanderen, em francês Flandre e em alemão Flandern) é a região norte da Bélgica, ao passo que a região sul do país é designada por Valónia.

Novo!!: Mercantilismo e Flandres · Veja mais »

Florença

Florença (em italiano: Firenze e em latim: Florentina) é um munícipio italiano, sub-capital e maior cidade da região da Toscana e da província homônima, com cerca de 377 207 habitantes (1.007.252 a cidade metropolitana).

Novo!!: Mercantilismo e Florença · Veja mais »

Fluxo económico

Fluxo econômico é todo o conjunto de estratégias econômicas que passam e se reavaliam por certos momentos, num determinado momento e num determinado local.

Novo!!: Mercantilismo e Fluxo económico · Veja mais »

França

França (France; 10px ouça), oficialmente República Francesa (République française) é um país, ou, mais especificamente, um Estado unitário desconcentrado, localizado na Europa Ocidental, com várias ilhas e territórios ultramarinos noutros continentes.

Novo!!: Mercantilismo e França · Veja mais »

François Quesnay

François Quesnay — (Méré, 4 de Junho de 1694 - Paris) foi um economista francês que se destacou como principal figura da escola dos fisiocratas.

Novo!!: Mercantilismo e François Quesnay · Veja mais »

Frederico II da Prússia

Frederico II (Berlim, 24 de janeiro de 1712 – Potsdam, 17 de agosto de 1786), também chamado de Frederico, o Grande, foi o Rei da Prússia de 1740 até sua morte.

Novo!!: Mercantilismo e Frederico II da Prússia · Veja mais »

Friedrich List

Georg Friedrich List (Reutlingen, Württemberg, 6 de Agosto de 1789 — Kufstein, Tirol, 30 de Novembro de 1846) foi um economista, partidário do proteccionismo, matéria sobre a qual teorizou.

Novo!!: Mercantilismo e Friedrich List · Veja mais »

Frota da prata

A frota da prata ou frota das Índias (em espanhol: flota de Indias), popularmente denominada frota espanhola da prata foi um transporte marítimo anual de diversos metais (ouro e prata), pedras preciosas, especiarias (seda), bens agrícolas (tabaco) e outros produtos exóticos das colônias espanholas à Espanha.

Novo!!: Mercantilismo e Frota da prata · Veja mais »

Fugger (família)

Os Fugger foram uma importante família germânica de banqueiros e mercadores, durante o período do Sacro Império Romano-Germânico, entre o final da Idade Média e o início da Idade Moderna, incluindo o Renascimento.

Novo!!: Mercantilismo e Fugger (família) · Veja mais »

Fundo Monetário Internacional

Fundo Monetário Internacional (FMI) é uma organização internacional criada em 1944 na Conferência de Bretton Woods (formalmente criada em 27 de dezembro de 1945 por 29 países-membros e homologado pela ONU em abril de 1964) com o objetivo, inicial, de ajudar na reconstrução do sistema monetário internacional no período pós-Segunda Guerra Mundial.

Novo!!: Mercantilismo e Fundo Monetário Internacional · Veja mais »

Ganância

Ganância é um sentimento humano que se caracteriza pela vontade de possuir tudo que se admira para si próprio.

Novo!!: Mercantilismo e Ganância · Veja mais »

Génova

GénovaPE ou GênovaPB (Zena em língua lígure) é uma cidade e comuna italiana da região da Ligúria, Cidade metropolitana de Génova, com cerca de 639.560 habitantes (1.510.000 na área metropolitana).

Novo!!: Mercantilismo e Génova · Veja mais »

Globalização

A globalização é um dos processos de aprofundamento internacional da integração econômica, social, cultural e política,Al-Rodhan, R.F. Nayef and Gérard Stoudmann.

Novo!!: Mercantilismo e Globalização · Veja mais »

Gobelins

Os gobelins (também chamados de gobelinos) são tapeçarias feitas em tecidos ricamente ilustrados com notáveis composições da Manufacture Nationale des Gobelins, na França, desde o século XVIII e ainda hoje em funcionamento.

Novo!!: Mercantilismo e Gobelins · Veja mais »

Governo

O Governo é a organização que é a autoridade governante de uma unidade política"; "o poder de regrar uma sociedade política"; ou o aparato pelo qual o corpo governante funciona e exerce autoridade.

Novo!!: Mercantilismo e Governo · Veja mais »

Governo federal do Brasil

O Governo Federal é o Poder Executivo no âmbito da União.

Novo!!: Mercantilismo e Governo federal do Brasil · Veja mais »

Grande Depressão

A fotografia ''Migrant Mother'', de Dorothea Lange, uma das fotos estadunidenses mais famosas da década de 1930, mostrando Florence Owens Thompson, mãe de sete crianças, de 32 anos de idade, em Nipono, Califórnia, março de 1936, em busca de um emprego ou de ajuda social para sustentar sua família. Seu marido havia perdido seu emprego em 1931, e morrera no mesmo ano. A Grande Depressão, também conhecida como Crise de 1929, foi uma grande depressão econômica que teve início em 1929, e que persistiu ao longo da década de 1930, terminando apenas com a Segunda Guerra Mundial.

Novo!!: Mercantilismo e Grande Depressão · Veja mais »

Granjeiro

Granjeiro é um município brasileiro no interior do estado do Ceará, Região Nordeste do país.

Novo!!: Mercantilismo e Granjeiro · Veja mais »

Grã-Bretanha

Grã-Bretanha, a antiga Albion, é uma das muitas Ilhas Britânicas da Europa que abrange a maior parte do Reino Unido.

Novo!!: Mercantilismo e Grã-Bretanha · Veja mais »

Guerra Civil de Castela

*Primeira Guerra Civil de Castela — entre Pedro I e Henrique II (1366–1369).

Novo!!: Mercantilismo e Guerra Civil de Castela · Veja mais »

Guerra Civil Inglesa

A Guerra Civil Inglesa, que aconteceu durante a Revolução Inglesa, foi uma guerra civil entre os partidários do rei Carlos I da Inglaterra e do Parlamento, liderado por Oliver Cromwell.

Novo!!: Mercantilismo e Guerra Civil Inglesa · Veja mais »

Guerra da Sucessão Espanhola

A Guerra da Sucessão Espanhola disputou-se entre 1701 e 1714, pelo direito de sucessão da coroa espanhola, depois da morte do último monarca da Casa de Habsburgo, Carlos II de Espanha, sem deixar herdeiros da rainha Maria Luísa d'Orleães, a qual pertencia à família real francesa.

Novo!!: Mercantilismo e Guerra da Sucessão Espanhola · Veja mais »

Guerra das Comunidades de Castela

A guerra das Comunidades de Castela, também conhecida como Revolta dos Comuneiros foi um levante contra a coroa que teve lugar entre 1520 e 1522, protagonizado pelas cidades do interior do Reino de Castela.

Novo!!: Mercantilismo e Guerra das Comunidades de Castela · Veja mais »

Guerra de Independência dos Estados Unidos

A Guerra de Independência dos Estados Unidos, Guerra Revolucionária Americana (1775–1783), Guerra Americana da Independência, ou simplesmente Guerra Revolucionária nos Estados Unidos, foi um conflito armado entre o Reino da Grã-Bretanha e as Treze Colônias na América do Norte, que haviam declarado sua independência como os Estados Unidos da América.

Novo!!: Mercantilismo e Guerra de Independência dos Estados Unidos · Veja mais »

Guerra dos Trinta Anos

Guerra dos Trinta Anos (1618-1648) é a denominação genérica de uma série de guerras que diversas nações europeias travaram entre si a partir de 1618, especialmente na Alemanha, por motivos variados: rivalidades religiosas, dinásticas, territoriais e comerciais.

Novo!!: Mercantilismo e Guerra dos Trinta Anos · Veja mais »

Guipúscoa

Guipúscoa (na forma oficial basca Gipuzkoa (2011) ou Guipúzcoa em castelhano) é uma província do País Basco, localizada no Norte da Espanha.

Novo!!: Mercantilismo e Guipúscoa · Veja mais »

Hansa

*Hansa (aliança de cidades mercantis).

Novo!!: Mercantilismo e Hansa · Veja mais »

Henry Charles Carey

Henry Charles Carey (Filadélfia, 15 de dezembro de 1793 — Filadélfia, 13 de outubro de 1879) foi um economista norte-americano, um dos principais representantes da escola americana de economia política no século XIX.

Novo!!: Mercantilismo e Henry Charles Carey · Veja mais »

Henry Clay

Henry Clay, Sr. (12 de Abril de 1777 — 29 de Junho de 1852) foi um estadista e advogado norte-americano que representou o Kentucky na Câmara dos Representantes e no Senado.

Novo!!: Mercantilismo e Henry Clay · Veja mais »

História do pensamento económico

A história do pensamento econômico pode ser dividida, grosso modo, em três períodos: Pré-moderno (grego, romano, árabe), Moderno (mercantilismo, fisiocracia) e Contemporâneo (a partir de Adam Smith no final do). A análise econômica sistemática tem se desenvolvido principalmente a partir do surgimento da Modernidade.

Novo!!: Mercantilismo e História do pensamento económico · Veja mais »

Historiografia

Historiografia (de "historiógrafo", do grego Ιστοριογράφος, de Ιστορία, "História" e -γράφος, da raiz de γράφειν, "escrever": "o que escreve, ou descreve, a História") é uma palavra polissémica e designa não apenas o registro escrito da História, a memória estabelecida pela própria humanidade através da escrita do seu próprio passado, mas também a ciência da História.

Novo!!: Mercantilismo e Historiografia · Veja mais »

Idade Média

p.

Novo!!: Mercantilismo e Idade Média · Veja mais »

Idade Moderna

A Idade Moderna é um período específico da História do Ocidente que se inicia no final da Idade Média.

Novo!!: Mercantilismo e Idade Moderna · Veja mais »

Ideologia

Ideologia é um termo que possui diferentes significados e duas concepções: a neutra e a crítica.

Novo!!: Mercantilismo e Ideologia · Veja mais »

Igreja Católica

A Igreja Católica (o termo "católico", derivado da palavra grega: καθολικός (katholikos), significa "universal", "geral" ou "referente à totalidade"), chamada também de Igreja Católica Romana e Igreja Católica Apostólica Romana, é uma Igreja cristã com aproximadamente dois mil anos, colocada sob a autoridade suprema visível do Papa, Bispo de Roma e sucessor do apóstolo Pedro.

Novo!!: Mercantilismo e Igreja Católica · Veja mais »

Império Britânico

O Império Britânico (British Empire) foi o maior império em extensão de terras descontínuas do mundo.

Novo!!: Mercantilismo e Império Britânico · Veja mais »

Imperialismo

britânico de vermelho" e declarou: "todas estas estrelas... estes vastos mundos que permanecem fora do alcance, se eu pudesse, eu anexaria outros planetas."S. Gertrude Millin, ''Rhodes'', Londres: 1933, p.138. Imperialismo é a política de expansão e o domínio territorial, cultural ou econômico de uma nação sobre outra ou várias regiões geográficas.

Novo!!: Mercantilismo e Imperialismo · Veja mais »

Importação

Importação é o processo comercial e fiscal que consiste em trazer um bem, que pode ser um produto ou um serviço, do exterior para o país de referência.

Novo!!: Mercantilismo e Importação · Veja mais »

Imposto

Imposto (do latim imposìtu-, particípio passado de imponère: "impor", "pôr como obrigação") é a imposição de um encargo financeiro ou outro tributo sobre o contribuinte (pessoa física ou jurídica) por um estado ou o equivalente funcional de um estado a partir da ocorrência de um fato gerador, sendo calculado mediante a aplicação de uma alíquota a uma base de cálculo de forma que o não pagamento do mesmo acarreta irremediavelmente sanções civis e penais impostas à entidade ou indivíduo não pagador, sob forma de leis.

Novo!!: Mercantilismo e Imposto · Veja mais »

Indústria

setor. Indústria é uma atividade econômica que surgiu na Primeira Revolução Industrial, no fim do século XVIII e início do século XIX, na Inglaterra, e que tem por finalidade transformar matéria-prima em produtos comercializáveis, utilizando para isto força humana, máquinas e energia.

Novo!!: Mercantilismo e Indústria · Veja mais »

Inflação

Mapa dos países segundo a variação nos Índices de Inflação em 2009 Inflação refere-se a um aumento contínuo e generalizado dos preços em uma economia.

Novo!!: Mercantilismo e Inflação · Veja mais »

Inglaterra

Inglaterra (England) é uma das nações constituintes do Reino Unido.

Novo!!: Mercantilismo e Inglaterra · Veja mais »

Intervencionismo (economia)

Em economia, intervencionismo estatal refere-se à interferência do Estado na atividade econômica do país, visando a regulação do setor privado, não apenas fixando as regras do mercado, mas atuando de outras formas com vistas a alcançar objetivos que vão desde o primeiro estímulo ao crescimento da economia e à redução de desigualdades até o crescimento do nível de emprego e dos salários, ou à correção das chamadas falhas de mercado.

Novo!!: Mercantilismo e Intervencionismo (economia) · Veja mais »

Jacques Necker

Jacques Necker (Genebra, 30 de setembro de 1732 — Coppet, 9 de abril de 1804) foi um economista e político suíço do século XVIII.

Novo!!: Mercantilismo e Jacques Necker · Veja mais »

Japão

Japão (Nihon ou Nippon; oficialmente 日本国, ou Nihon koku) é um país insular da Ásia Oriental.

Novo!!: Mercantilismo e Japão · Veja mais »

Jean Bodin

Jean Bodin nasceu em Angers, França 1530, e faleceu em Laon, também na França em 1596, foi um jurista francês, membro do Parlamento de Paris e professor de Direito em Toulouse.Também adepto da teoria do direito divino dos reis, Jean Bodin tornou-se conhecido como o Procurador Geral do Diabo devido a sua incansável perseguição a feiticeiras e hereges.

Novo!!: Mercantilismo e Jean Bodin · Veja mais »

Jean-Baptiste Colbert

Jean-Baptiste Colbert (Reims, 29 de Agosto de 1619 — Paris, 6 de Setembro de 1683) foi um político francês que ficou conhecido como ministro de Estado e da economia do rei Luís XIV.

Novo!!: Mercantilismo e Jean-Baptiste Colbert · Veja mais »

João Calvino

João Calvino (Noyon, — Genebra) foi um teólogo cristão francês.

Novo!!: Mercantilismo e João Calvino · Veja mais »

John Kenneth Galbraith

John Kenneth Galbraith (Iona Station, Ontário, 15 de outubro de 1908 — Cambridge, 29 de abril de 2006) foi um economista, filósofo e escritor estado-unidense, conhecido por suas posições keynesianas.

Novo!!: Mercantilismo e John Kenneth Galbraith · Veja mais »

John Law

John Law foi um economista escocês nascido em 1671 de uma rica família escocesa, que se tornou famoso pela sua vida de jogador, mulherengo e, principalmente, fundador do sistema bancário atual.

Novo!!: Mercantilismo e John Law · Veja mais »

John Locke

John Locke (Wrington, 29 de agosto de 1632 — Harlow, 28 de outubro de 1704) foi um filósofo inglês conhecido como o "pai do liberalismo", sendo considerado o principal representante do empirismo britânico e um dos principais teóricos do contrato social.

Novo!!: Mercantilismo e John Locke · Veja mais »

John Maynard Keynes

John Maynard Keynes (Cambridge, 5 de junho de 1883 — Tilton, East Sussex, 21 de abril de 1946), foi um economista britânico cujas ideias mudaram fundamentalmente a teoria e prática da macroeconomia, bem como as políticas económicas instituídas pelos governos.

Novo!!: Mercantilismo e John Maynard Keynes · Veja mais »

Josiah Child

Sir Josiah Child, 1st Barão (1630 – 22 de Junho de 1699) foi um mercante e politico inglês.

Novo!!: Mercantilismo e Josiah Child · Veja mais »

Jovellanos

* Jovellanos - município de Cuba.

Novo!!: Mercantilismo e Jovellanos · Veja mais »

Juan Luis Vives

Juan Luis Vives (Valência, 6 de março de 1493 — Bruges, 6 de maio de 1540) de seu nome Joan Lluís Vives March (em catalão) e Ioannes Lodovicus Vives (em latim), foi um humanista de origem judaica nascido em Valência.

Novo!!: Mercantilismo e Juan Luis Vives · Veja mais »

Judeus

Um judeu (em hebraico: יְהוּדִי, transl. Yehudi, no singular; יְהוּדִים, Yehudim, no plural; ladino: ג׳ודיו, Djudio, sing.; ג׳ודיוס, Djudios, pl.; iídiche: ייִד, Yid, sing.; ייִדן, Yidn, pl.) é um membro do grupo étnico e religioso originado nas Tribos de Israel ou hebreus do Antigo Oriente.

Novo!!: Mercantilismo e Judeus · Veja mais »

Juro

Juro é a remuneração cobrada pelo empréstimo de dinheiro (ou outro item).

Novo!!: Mercantilismo e Juro · Veja mais »

Laissez-faire

Laissez-faire é expressão escrita em francês que simboliza o liberalismo econômico, na versão mais pura de capitalismo de que o mercado deve funcionar livremente, sem interferência, apenas com regulamentos suficientes para proteger os direitos de propriedade.

Novo!!: Mercantilismo e Laissez-faire · Veja mais »

Lazer

Lazer (latim licere, ou seja, "ser lícito", "ser permitido") corresponde ao tempo de folga, de passatempo, de ócio, de descanso, distração ou entretenimento, de uma pessoa.

Novo!!: Mercantilismo e Lazer · Veja mais »

A lã é derivada do pêlo da ovelha que, depois de tosquiado, é processado industrialmente para usos têxteis, limpeza e coloração.

Novo!!: Mercantilismo e Lã · Veja mais »

Lei

Lei (do verbo latino ligare, que significa "aquilo que liga", ou legere, que significa "aquilo que se lê") é o conjunto de normas recolhidas e escritas, baseadas na experiência das relações humanas, que servem para ligar os factos ou os acontecimentos ao direito, em ordem à paz social (de modo a garantir ou mostrar os direitos das partes, e, assim, atingir a igualdade e a liberdade entre os cidadãos).

Novo!!: Mercantilismo e Lei · Veja mais »

Liberalismo

Liberalismo é uma filosofia política ou ideologia fundada sobre ideais que pretendem ser da liberdade individual e do igualitarismo.

Novo!!: Mercantilismo e Liberalismo · Veja mais »

Liberalismo económico

O é uma ideologia baseada na organização da economia em linhas individualistas, o que significa que o maior número possível de decisões econômicas são tomadas por indivíduos e não por instituições ou organizações coletivas.

Novo!!: Mercantilismo e Liberalismo económico · Veja mais »

Liquidez

Liquidez, em contabilidade, corresponde à velocidade e facilidade com a qual um ativo pode ser convertido em caixa.

Novo!!: Mercantilismo e Liquidez · Veja mais »

Lista de cortes de Castela

Segue-se uma lista (em construção) das cortes realizadas no Reino de Castela.

Novo!!: Mercantilismo e Lista de cortes de Castela · Veja mais »

Livre-comércio

Livre-comércio ou livre-cambismo é um modelo de mercado no qual a troca de bens e serviços entre países não é afetada por restrições do estado.

Novo!!: Mercantilismo e Livre-comércio · Veja mais »

Londres

Londres (London) é a capital da Inglaterra e do Reino Unido.

Novo!!: Mercantilismo e Londres · Veja mais »

Lucro

Lucro (do termo latino lucru), em sentido amplo, é todo ganho ou vantagem obtidos.

Novo!!: Mercantilismo e Lucro · Veja mais »

Manuel Colmeiro y Penido

Manuel Colmeiro y Penido (Santiago de Compostela, 1818 — Madrid, 1894) foi um historiador e economista espanhol.

Novo!!: Mercantilismo e Manuel Colmeiro y Penido · Veja mais »

Manufatura

Manufatura é um sistema de produção com técnica de produção artesanal e divisão do trabalho.

Novo!!: Mercantilismo e Manufatura · Veja mais »

Martín de Azpilcueta

Martín de Azpilcueta. Martín de Azpilcueta Navarro foi um famoso humanista (Navarra, talvez em 1492 - 1586), tio do Padre João de Azpilcueta Navarro, missionário jesuíta famoso por ser excelente linguista e como tal bom contacto com os índios da Capitania da Bahia, no século XVI, e integrou a primeira entrada ao sertão, em 1553, comandada pelo castelhano Francisco Bruza de Espinosa cujo nome também é também escrito Francisco Bruzo de Espinhosa.

Novo!!: Mercantilismo e Martín de Azpilcueta · Veja mais »

Martinho Lutero

Martinho Lutero, Martin Luther (Eisleben, — Eisleben), foi um monge agostiniano e professor de teologia germânico que tornou-se uma das figuras centrais da Reforma Protestante.

Novo!!: Mercantilismo e Martinho Lutero · Veja mais »

Matéria-prima

Matéria-prima é um produto natural ou semimanufaturado que deve ser submetido a um processo produtivo até tornar-se um produto acabado.

Novo!!: Mercantilismo e Matéria-prima · Veja mais »

Max Weber

Karl Emil Maximilian Weber (pronúncia em alemão:; Erfurt, 21 de abril de 1864 — Munique, 14 de junho de 1920) foi um intelectual, jurista e economista alemão considerado um dos fundadores da Sociologia.

Novo!!: Mercantilismo e Max Weber · Veja mais »

Mão de obra

O termo mão de obra tradicionalmente designa o trabalho manual empregado diretamente na produção industrial.

Novo!!: Mercantilismo e Mão de obra · Veja mais »

Método dedutivo

Método dedutivo é a modalidade de raciocínio lógico que faz uso da dedução para obter uma conclusão a respeito de determinadas premissas.

Novo!!: Mercantilismo e Método dedutivo · Veja mais »

Mendigo

Mendigos procurando comida no lixo Mendigo, mendicante, pedinte, indigente, esmoleiro, esmoler, morador de rua, sem-teto ou sem-abrigo é o indivíduo que vive em extrema carência material, não conseguindo obter as condições mínimas de salubridade e conforto com meios próprios.

Novo!!: Mercantilismo e Mendigo · Veja mais »

Mercado interno

Um mercado interno, na economia, é um mercado que opera dentro de limites demarcados, e que por sua vez está rodeado por um mercado maior.

Novo!!: Mercantilismo e Mercado interno · Veja mais »

Mercado livre

O mercado livre, no âmbito da economia de mercado, é um princípio capitalista pelo qual qualquer agente económico é livre para praticar formas de troca mercadológica seguindo os princípios da livre concorrência, oferta e procura num mercado.

Novo!!: Mercantilismo e Mercado livre · Veja mais »

Mercado negro

Graffiti 2008 O mercado negro é a parte da economia ativa que envolve bens ou serviços considerados banidos em sua região.

Novo!!: Mercantilismo e Mercado negro · Veja mais »

Mercadoria

Uma mercadoria é um bem que pode ser objeto de compra e venda.

Novo!!: Mercantilismo e Mercadoria · Veja mais »

Mercenário

Mercenário (do latim mercenariu, de merce.

Novo!!: Mercantilismo e Mercenário · Veja mais »

Metal

Em Química um metal, do grego antigo métalon pode ser chamado de várias maneiras: pode ser um elemento, uma substância ou uma liga metálica caracterizado pela sua boa condutividade térmica e elétrica, geralmente apresentando uma cor prateada ou amarelada, e uma elevada dureza.

Novo!!: Mercantilismo e Metal · Veja mais »

Metal precioso

Um metal precioso é um elemento químico metálico raro, de elevado valor econômico.

Novo!!: Mercantilismo e Metal precioso · Veja mais »

Metalismo

Metalismo é o princípio econômico de que o valor do dinheiro deriva do poder de compra da mercadoria sobre a qual está baseada.

Novo!!: Mercantilismo e Metalismo · Veja mais »

Metrópole

Imagem de satélite da Região Metropolitana de Tóquio, com mais de 40 milhões de habitantes, atualmente a maior do mundo Imagem de satélite feita pelo Landsat 5 focalizando a Região Metropolitana de São Paulo em 2010 Imagem de satélite da Região Metropolitana da Cidade do México Metrópole, da língua grega metropolis (μήτηρ, mētēr.

Novo!!: Mercantilismo e Metrópole · Veja mais »

Microeconomia

A Microeconomia é definida como um problema de alocação de recursos escassos em relação a uma série possível de fins.

Novo!!: Mercantilismo e Microeconomia · Veja mais »

Moeda

Moeda é o meio pelo qual são efetuadas as transações monetárias.

Novo!!: Mercantilismo e Moeda · Veja mais »

Monarquia

Monarquia é a mais antiga forma de governo ainda em vigor.

Novo!!: Mercantilismo e Monarquia · Veja mais »

Monarquia absoluta

Monarquia absoluta ou absolutista, que se opõe à monarquia tradicional e à monarquia constitucional, é segundo a definição clássica a forma de governo monárquico ou monarquia na qual o monarca ou rei exerce o poder absoluto, isto é, independente e superior ao poder de outros órgãos do Estado.

Novo!!: Mercantilismo e Monarquia absoluta · Veja mais »

Monarquia Católica

Monarquia Católica é o nome que se dá ao conjunto de territórios que estiveram sob soberania dos Reis Católicos e seus sucessores, desde que os primeiros receberam o título de Majestades Católicas em 1496.

Novo!!: Mercantilismo e Monarquia Católica · Veja mais »

Monarquia hispânica

*Monarquia Espanhola - a monarquia actual segundo a Constituição espanhola de 1978.

Novo!!: Mercantilismo e Monarquia hispânica · Veja mais »

Monarquia parlamentarista

A Monarquia Parlamentar é uma das formas de governo existente nos países ocidentais atuais, na que o Rei exerce a função de Chefe de Estado sob o controle do Poder Legislativo (Parlamento) e do Poder Executivo (Governo), isto é, o Rei reina, mas não governa (expressão devida a Adolphe Thiers).

Novo!!: Mercantilismo e Monarquia parlamentarista · Veja mais »

Monetarismo

Monetarismo é uma teoria de economia monetária que enfatiza o papel da política monetária para a estabilidade macroeconômica de uma economia de mercado através de instrumentos como alteração na oferta de moeda e de outros meios de pagamento.

Novo!!: Mercantilismo e Monetarismo · Veja mais »

Monopólio

Em economia, monopólio (do grego monos, um + polein, vender) designa uma situação particular de concorrência imperfeita, em que uma única empresa detém o mercado de um determinado produto ou serviço, conseguindo, portanto influenciar o preço do bem comercializado.

Novo!!: Mercantilismo e Monopólio · Veja mais »

Montesquieu

Charles-Louis de Secondat, barão de La Brède e de Montesquieu, conhecido como Montesquieu (castelo de La Brède, próximo a Bordéus, 18 de Janeiro de 1689 — Paris, 10 de Fevereiro de 1755), foi um político, filósofo e escritor francês.

Novo!!: Mercantilismo e Montesquieu · Veja mais »

Moral

Moral (do latim moralis "maneira, caráter, comportamento próprio") é a diferenciação de intenções, decisões e ações entre aquelas que são distinguidas como próprias e as que são impróprias.

Novo!!: Mercantilismo e Moral · Veja mais »

Mundo

Mundo é um termo utilizado em diversos contextos como sinónimo de planeta Terra ou mesmo de outros corpos celestes assemelhados aos planetas, especialmente os rochosos.

Novo!!: Mercantilismo e Mundo · Veja mais »

Nação

Nação, do latim natio, de natus (nascido), é uma comunidade estável, historicamente constituída por vontade própria de um agregado de indivíduos, com base num território, numa língua, e com aspirações materiais e espirituais comuns.

Novo!!: Mercantilismo e Nação · Veja mais »

Neomercantilismo

Neomercantilismo é um termo usado para descrever um regime de política econômica que incentiva as exportações, desencoraja as importações, controla o movimento de capitais e centraliza as decisões monetárias nas mãos de uma autoridade central.

Novo!!: Mercantilismo e Neomercantilismo · Veja mais »

New Deal

O New Deal (em português, novo acordo ou novo trato) foi o nome dado à série de programas implementados nos Estados Unidos entre 1933 e 1937, sob o governo do Presidente Franklin Delano Roosevelt, com o objetivo de recuperar e reformar a economia norte-americana, e assistir os prejudicados pela Grande Depressão.

Novo!!: Mercantilismo e New Deal · Veja mais »

Nicolau Maquiavel

Nicolau Maquiavel (Florença, 3 de maio de 1469 — Florença, 21 de junho de 1527) foi um historiador, poeta, diplomata e músico de origem florentina do Renascimento.

Novo!!: Mercantilismo e Nicolau Maquiavel · Veja mais »

Novo Mundo

Um mapa da América do século XVIII Novo Mundo é um dos nomes dados ao hemisfério ocidental, mais especificamente ao continente americano.

Novo!!: Mercantilismo e Novo Mundo · Veja mais »

Ocidente (desambiguação)

* Oeste — ponto cardeal.

Novo!!: Mercantilismo e Ocidente (desambiguação) · Veja mais »

Oliver Cromwell

Oliver Cromwell (Huntingdon, 25 de abril de 1599 — Palácio de Whitehall, 3 de setembro de 1658), foi um militar e líder político inglês e, mais tarde, Lord Protector do Protectorado.

Novo!!: Mercantilismo e Oliver Cromwell · Veja mais »

Operário

*Trabalhador.

Novo!!: Mercantilismo e Operário · Veja mais »

Organização Mundial do Comércio

Organização Mundial do Comércio (OMC) é uma organização criada com o objetivo de supervisionar e liberalizar o comércio internacional.

Novo!!: Mercantilismo e Organização Mundial do Comércio · Veja mais »

Ouro

O ouro (do latim aurum, "brilhante") é um elemento químico (símbolo Au) de número atómico 79 (79 prótons e 79 eléctrons) que está situado no grupo onze (IB) da tabela periódica, e de massa atómica 197 u. Na natureza, o ouro é produzido a partir da colisão de duas estrelas de nêutrons.

Novo!!: Mercantilismo e Ouro · Veja mais »

País desenvolvido

A expressão país desenvolvido é utilizada para descrever os países que têm alto nível de desenvolvimento econômico e social, tomando como base alguns critérios.

Novo!!: Mercantilismo e País desenvolvido · Veja mais »

País em desenvolvimento

Países recentemente industrializados Sem dados dividir em colunas fim País em desenvolvimento ou país emergente são termos geralmente usados para descrever um país que possui um padrão de vida entre baixo e médio, uma base industrial em desenvolvimento e um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) variando entre médio e elevado.

Novo!!: Mercantilismo e País em desenvolvimento · Veja mais »

Países Baixos

Os Países Baixos (literalmente "país baixo"), também conhecidos como Holanda (ver abaixo), são uma nação constituinte do Reino dos Países Baixos localizada na Europa ocidental.

Novo!!: Mercantilismo e Países Baixos · Veja mais »

Pacto Colonial

O Pacto Colonial, ou Exclusivo Comercial Metropolitano, era um sistema de leis e normas que as metrópoles impunham às suas colônias durante o período colonial,SUAPESQUISA, site.

Novo!!: Mercantilismo e Pacto Colonial · Veja mais »

Papa

Papa (possivelmente provém do latim "Papa", do grego πάππας, Pappas uma palavra carinhosa para pai) é o Bispo de Roma, e como tal, é o líder mundial da Igreja Católica Apostólica Romana.

Novo!!: Mercantilismo e Papa · Veja mais »

Papel-moeda

Cédulas de diversos países, todas de valor 5000 O Papel-moeda é dinheiro ou moeda escritural oficial de um país, dessa forma sendo emitida pela autoridade oficial - competente de uma Nação, em valor impresso na forma de papel impresso emitido por um banco denominado como central autorizado pelo governo e distribuído pelos demais bancos da rede oficial de crédito nacional.

Novo!!: Mercantilismo e Papel-moeda · Veja mais »

Parlamento

Parlamento é a assembleia composta por membros eleitos, denominado "parlamentares", para a representação política dos cidadãos dentro da estrutura governamental de um regime constitucional.

Novo!!: Mercantilismo e Parlamento · Veja mais »

Particularismo

Particularismo, em política, é o nome que se dá quando o povo de um lugar procura, dentro do Estado, conservar sua identidade, características e autonomia.

Novo!!: Mercantilismo e Particularismo · Veja mais »

Partido Republicano (Estados Unidos)

O Partido Republicano dos Estados Unidos, comumente referido em seu país como GOP (abreviatura de Grand Old Party), é um dos dois grandes partidos políticos dos Estados Unidos, sendo seu principal adversário histórico o Partido Democrata.

Novo!!: Mercantilismo e Partido Republicano (Estados Unidos) · Veja mais »

Partido Socialista (França)

O Partido Socialista (em francês: Parti socialiste, PS) é um partido político social-democrata da França.

Novo!!: Mercantilismo e Partido Socialista (França) · Veja mais »

Patrimônio

Em direito, são os bens, direitos e obrigações de valor econômico e pertencentes a uma pessoa ou empresa.

Novo!!: Mercantilismo e Patrimônio · Veja mais »

Paul Krugman

Paul Robin Krugman (Nova Iorque) é um economista norte-americano, vencedor do Nobel de Economia de 2008.

Novo!!: Mercantilismo e Paul Krugman · Veja mais »

Pecado

O termo pecado é comumente utilizado em contexto religioso para descrever qualquer desobediência à vontade de Deus; em especial, qualquer desconsideração deliberada de leis divinas.

Novo!!: Mercantilismo e Pecado · Veja mais »

Pedro I da Rússia

Pedro I (Moscou, – São Petersburgo), apelidado de Pedro, o Grande, foi o Czar do Czarado da Rússia de 1682 até a formação do Império Russo em 1721, continuando a reinar como Imperador até sua morte.

Novo!!: Mercantilismo e Pedro I da Rússia · Veja mais »

Pedro Rodríguez de Campomanes

Pedro Rodríguez de Campomanes (Sorribia, Tineo, — Madrid) foi um político, jurista e economista espanhol.

Novo!!: Mercantilismo e Pedro Rodríguez de Campomanes · Veja mais »

Peru

Peru (Perú,; em quéchua e aimará: Piruw), oficialmente chamado de República do Peru (em espanhol:; Piruw Ripublika; em aimará: Piruw Suyu), é um país sul-americano limitado ao norte pelo Equador e pela Colômbia, a leste pelo Brasil e pela Bolívia e ao sul pelo Chile.

Novo!!: Mercantilismo e Peru · Veja mais »

Philipp von Hörnigk

Philipp von Hörnigk (por vezes grafado Hornick ou Horneck) (Frankfurt am Main, em 23 de janeiro de 1640 - Passau, 23 de outubro de 1714) era funcionário público austríaco e um defensor da teoria económica do mercantilismo.

Novo!!: Mercantilismo e Philipp von Hörnigk · Veja mais »

Piedade

*Pietà — tema da arte cristã em que é representada a Virgem Maria com o corpo morto de Jesus nos braços.

Novo!!: Mercantilismo e Piedade · Veja mais »

Pisa

A Torre de Pisa, uma das atrações turísticas mais importantes da Itália. Pisa é uma comuna italiana da região da Toscana, província de Pisa, com cerca de habitantes.

Novo!!: Mercantilismo e Pisa · Veja mais »

Platão

Platão (Πλάτων, transl. Plátōn, "amplo", Atenas, 428/427 – Atenas, 348/347 a.C.) foi um filósofo e matemático do período clássico da Grécia Antiga, autor de diversos diálogos filosóficos e fundador da Academia em Atenas, a primeira instituição de educação superior do mundo ocidental.

Novo!!: Mercantilismo e Platão · Veja mais »

Pobreza

Favela de Jacarta, Indonésia. indianas. O saneamento básico precário é um dos maiores problemas das favelas. A pobreza pode ser entendida em vários sentidos, principalmente.

Novo!!: Mercantilismo e Pobreza · Veja mais »

Política

Política (do Grego: πολιτικός / politikos, significa "de, para, ou relacionado a grupos que integram a Pólis") denomina-se a arte ou ciência da organização, direção e administração de nações ou Estados; a aplicação desta ciência aos assuntos internos da nação (política interna) ou aos assuntos externos (política externa).

Novo!!: Mercantilismo e Política · Veja mais »

Política comercial

Uma política comercial (também conhecida por política de comércio ou política de comércio internacional) é uma política governamental que rege o comércio com países terceiros.

Novo!!: Mercantilismo e Política comercial · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense,  estabelecido no século XI por Vímara Peres, um vassalo do rei das Astúrias. O condado tornou-se parte do Reino de León em 1097, e os condes de Portugal estabeleceram-se como governantes independentes do reino no século XII, após a batalha de São Mamede. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: Mercantilismo e Portugal · Veja mais »

Prata

A prata ou argento(do latim vulgar platta*, argentum) é um elemento químico de símbolo Ag e de número atómico igual a 47 (47 prótons e 47 elétrons) sua massa atómica é 107,87.

Novo!!: Mercantilismo e Prata · Veja mais »

Prússia

XIII Localização do Reino da Prússia (em azul), o mais poderoso dos Estados prussianos, dentro do Império Alemão Prússia (Preußen, Prusy) é uma região histórica que se estende desde a baía de Gdańsk (na Polônia), o final da Curlândia (na costa sudeste do mar Báltico, na Letônia), até a Masúria, no interior do que é actualmente território polaco.

Novo!!: Mercantilismo e Prússia · Veja mais »

Predestinação

Predestinação:, em teologia, é a doutrina de que todos os eventos têm sido desejados por Deus.

Novo!!: Mercantilismo e Predestinação · Veja mais »

Primeira Guerra Anglo-Holandesa

A Primeira Guerra Anglo-Holandesa, chamada de Primeira Guerra Holandesa na Inglaterra, foi a primeira das Guerras Anglo-Holandesas.

Novo!!: Mercantilismo e Primeira Guerra Anglo-Holandesa · Veja mais »

Primeira Guerra Mundial

A Primeira Guerra Mundial (também conhecida como Grande Guerra ou Guerra das Guerras até o início da Segunda Guerra Mundial) foi uma guerra global centrada na Europa, que começou em 28 de julho de 1914 e durou até 11 de novembro de 1918.

Novo!!: Mercantilismo e Primeira Guerra Mundial · Veja mais »

Produção

Em economia e automação industrial, produção é um processo que consiste na combinação dos fatores de produção com a finalidade de satisfazer necessidades humanas, em termos de bens ou serviços.

Novo!!: Mercantilismo e Produção · Veja mais »

Progressismo

Progressismo refere-se a um conjunto de doutrinas filosóficas, éticas e econômicas baseado na ideia de que o progresso, entendido como avanço científico, tecnológico, econômico e social, é vital para o aperfeiçoamento da condição humana.

Novo!!: Mercantilismo e Progressismo · Veja mais »

Prosperidade

Prosperidade (do latim prosperitate) refere-se à qualidade ou estado de próspero, que, por sua vez, significa ditoso, feliz, venturoso, bem-sucedido, afortunado.

Novo!!: Mercantilismo e Prosperidade · Veja mais »

Protecionismo

Protecionismo é a teoria que propõe um conjunto de medidas econômicas que favorecem as atividades econômicas internas reduzindo o máximo a concorrência estrangeira.

Novo!!: Mercantilismo e Protecionismo · Veja mais »

Puritanismo

O puritanismo designa uma concepção da fé cristã desenvolvida na Inglaterra por uma comunidade de protestantes radicais depois da Reforma.

Novo!!: Mercantilismo e Puritanismo · Veja mais »

Quevedo

*Quevedo (Equador) — cidade no Equador.

Novo!!: Mercantilismo e Quevedo · Veja mais »

Ravi Batra

Ravi Batra é um economista estadunidense ganhador do IgNobel de Economia em 1993 por ter previsto um nunca desecadeado colapso mundial da economia.

Novo!!: Mercantilismo e Ravi Batra · Veja mais »

Rússia

A Rússia (Россия), oficialmente Federação Russa (Российская Федерация), é um país localizado no norte da Eurásia.

Novo!!: Mercantilismo e Rússia · Veja mais »

Realpolitik

Realpolitik (do alemão real "realístico", e Politik, "política") refere-se à política ou diplomacia baseada principalmente em considerações práticas, em detrimento de noções ideológicas.

Novo!!: Mercantilismo e Realpolitik · Veja mais »

Reforma Protestante

Reforma Protestante foi um movimento reformista cristão do século XVI liderado por Martinho Lutero, simbolizado pela publicação de suas 95 teses em 31 de outubro de 1517 na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg.

Novo!!: Mercantilismo e Reforma Protestante · Veja mais »

Reino

* Monarquia — forma de governo ou o Estado que usa essa forma.

Novo!!: Mercantilismo e Reino · Veja mais »

Reino Unido

Reino Unido (United Kingdom - UK), oficialmente Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte(), é um Estado soberano insular localizado em frente à costa noroeste do continente europeu.

Novo!!: Mercantilismo e Reino Unido · Veja mais »

Relação de emprego

A relação de emprego, ou o vínculo empregatício, é um fato jurídico que se configura quando alguém (empregado ou empregada) presta serviço a uma outra pessoa, física ou jurídica (empregador ou empregadora), de forma subordinada, pessoal, não-eventual e onerosa.

Novo!!: Mercantilismo e Relação de emprego · Veja mais »

Relações internacionais

dos Estados Unidos'', durante um exercício trilateral em 2007 As Relações Internacionais (abreviadas como RI ou REL) visam ao estudo sistemático das relações políticas, econômicas e sociais entre diferentes países cujos reflexos transcendam as fronteiras de um Estado, as empresas, tenham como locus o Sistema Internacional.

Novo!!: Mercantilismo e Relações internacionais · Veja mais »

Religião

Religião (do latim religio, -onis) é um conjunto de sistemas culturais e de crenças, além de visões de mundo, que estabelece os símbolos que relacionam a humanidade com a espiritualidade e seus próprios valores morais.

Novo!!: Mercantilismo e Religião · Veja mais »

Renda

Renda, segundo a economia clássica, é a remuneração dos fatores de produção: salários (remuneração do fator trabalho), aluguéis (remuneração do fator terra), juros e lucros (remuneração do capital).

Novo!!: Mercantilismo e Renda · Veja mais »

República

Η Πολιτεία - De Republica'' de Platão, edição bilingue de 1713. A República (do latim res publica, "coisa pública") é uma estrutura política de Estado ou forma de Governo em que, segundo Cícero, são necessárias três condições fundamentais para caracterizá-la: um número razoável de pessoas (multitude); uma comunidade de interesses e de fins (communio); e um consenso do direito (consensus iuris).

Novo!!: Mercantilismo e República · Veja mais »

Republicanismo

O republicanismo é a ideologia segundo o qual uma nação é governada como uma república, na qual o chefe de Estado é indicado por métodos não-hereditários, frequentemente por eleições.

Novo!!: Mercantilismo e Republicanismo · Veja mais »

Reservas de ouro

Reserva de ouro é o ouro detido por um banco central.

Novo!!: Mercantilismo e Reservas de ouro · Veja mais »

Revolução dos preços

A revolução dos preços refere-se ao processo inflacionário acontecido em Europa ocidental durante a segunda metade do século XV e primeira metade do século XVI, ao longo de 150 anos os preços sextuplicaram-se (que corresponde a uma taxa de inflação média, π.

Novo!!: Mercantilismo e Revolução dos preços · Veja mais »

Revolução Francesa

Revolução Francesa (Révolution française, 1789-1799) foi um período de intensa agitação política e social na França, que teve um impacto duradouro na história do país e, mais amplamente, em todo o continente europeu.

Novo!!: Mercantilismo e Revolução Francesa · Veja mais »

Revolução Industrial

''Ferro e Carvão'', de William Bell Scott (1855-60). Revolução Industrial foi a transição para novos processos de manufatura no período entre 1760 a algum momento entre 1820 e 1840.

Novo!!: Mercantilismo e Revolução Industrial · Veja mais »

Richard Cantillon

Richard Cantillon (c. década de 1680 –) foi um economista franco-irlandês e autor de Essai sur la Nature du Commerce en Général (Ensaio sobre a Natureza do Comércio em Geral), um livro considerado por William Stanley Jevons como o "berço da economia política".

Novo!!: Mercantilismo e Richard Cantillon · Veja mais »

Riqueza

Riqueza é a situação referente à abundância na posse de bens materiaisriqueza in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa.

Novo!!: Mercantilismo e Riqueza · Veja mais »

Robert Walpole

Robert Walpole, 1.º Conde Orford KG KB PC (Houghton, – Londres), conhecido antes de 1742 como sir Robert Walpole, foi um político britânico que é amplamente considerado como o primeiro Primeiro-Ministro da Grã-Bretanha.

Novo!!: Mercantilismo e Robert Walpole · Veja mais »

Sacro Império Romano-Germânico

Sacro Império Romano-Germânico (Sacrum Imperium Romanum; Heiliges Römisches Reich) foi um complexo de territórios multi-étnico localizado na Europa Central que se desenvolveu durante a Alta Idade Média e continuou até sua dissolução em 1806.

Novo!!: Mercantilismo e Sacro Império Romano-Germânico · Veja mais »

Salário

Salário ou remuneração é o conjunto de vantagens habitualmente atribuídas aos empregados, em contrapartida de serviços prestados ao empregador, em quantia suficiente para satisfazer as necessidades próprias e da família.

Novo!!: Mercantilismo e Salário · Veja mais »

Salmanticenses

Alunos em uma aula da Universidade de Salamanca, Século XVII. Salmanticenses, Complutenses e Escola de Salamanca e são os nomes latinos (depois sedes episcopais) que designam os autores espanhóis católicos dos cursos de filosofia e teologia escolástica e da teologia moral publicados pelos docentes do colégio filosófico dos Carmelitas Descalços em Alcalá de Henares, e da faculdade de teologia em Salamanca.

Novo!!: Mercantilismo e Salmanticenses · Veja mais »

Salmon P. Chase

Salmon Portland Chase (13 de Janeiro de 1808–7 de Maio de 1873) foi governador do Ohio entre 1856 e 1860, Secretário do Tesouro dos Estados Unidos entre 1861 e 1864, e Chefe de Justiça dos Estados Unidos de 15 de Dezembro de 1864 a 7 de Maio de 1873.

Novo!!: Mercantilismo e Salmon P. Chase · Veja mais »

Sébastien Le Prestre de Vauban

Sébastien Le Prestre, marquês de Vauban, também conhecido por Sébastien Le Prestre de Vauban (Saint-Léger-Vauban, – Paris) foi um arquiteto militar francês, introdutor do chamado estilo Vauban de fortificação.

Novo!!: Mercantilismo e Sébastien Le Prestre de Vauban · Veja mais »

Século XIX

O século XIX começou no dia 1 de janeiro de 1801 e terminou no dia 31 de dezembro de 1900.

Novo!!: Mercantilismo e Século XIX · Veja mais »

Século XV

O Século XV foi o século do calendário Juliano de 1401 até 1500.

Novo!!: Mercantilismo e Século XV · Veja mais »

Século XVI

O Século XVI começou no calendário Juliano no ano 1501 e terminou no calendário Juliano e Gregoriano no ano 1600.

Novo!!: Mercantilismo e Século XVI · Veja mais »

Século XVII

O século XVII durou de 1601 a 1700 no Calendário Gregoriano.

Novo!!: Mercantilismo e Século XVII · Veja mais »

Século XVIII

O século XVIII iniciou no dia 1 de Janeiro de 1701 e acabou no dia 31 de Dezembro de 1800, segundo o Calendário gregoriano.

Novo!!: Mercantilismo e Século XVIII · Veja mais »

Século XX

O Século XX iniciou em 1° de janeiro de 1901 e terminou em 31 de dezembro de 2000.

Novo!!: Mercantilismo e Século XX · Veja mais »

Segóvia

Segóvia é um município da Espanha na província de Segóvia, comunidade autónoma de Castela e Leão.

Novo!!: Mercantilismo e Segóvia · Veja mais »

Segunda Guerra Mundial

A Segunda Guerra Mundial foi um conflito militar global que durou de 1939 a 1945, envolvendo a maioria das nações do mundo — incluindo todas as grandes potências — organizadas em duas alianças militares opostas: os Aliados e o Eixo.

Novo!!: Mercantilismo e Segunda Guerra Mundial · Veja mais »

Segunda Revolução Industrial

A Segunda Revolução Industrial iniciou-se na segunda metade do século XIX (c. 1850 - 1870), e terminou durante a Segunda Guerra Mundial (1939 - 1945), envolvendo uma série de desenvolvimentos dentro da indústria química, elétrica, de petróleo e de aço.

Novo!!: Mercantilismo e Segunda Revolução Industrial · Veja mais »

Senso comum

Senso comum ou conhecimento vulgar é a compreensão do mundo resultante da herança fecunda baseada nas experiências acumuladas por um grupo social.

Novo!!: Mercantilismo e Senso comum · Veja mais »

Sevilha

Sevilha (em espanhol: Sevilla) é uma cidade espanhola situada a sudoeste da Península Ibérica, é a capital da Província de Sevilha e situa-se na Comunidade Autónoma da Andaluzia.

Novo!!: Mercantilismo e Sevilha · Veja mais »

Sistema monetário

Um sistema monetário é um conjunto de regras e instituições cujo objetivo é organizar a moeda em um determinado espaço monetário.

Novo!!: Mercantilismo e Sistema monetário · Veja mais »

Sistema social

Um sistema social é a série de interrelações padronizadas existentes entre os indivíduos, grupos e instituições, formando um todo.

Novo!!: Mercantilismo e Sistema social · Veja mais »

Soberania

De acordo com Jean Bodin (1530-1596), soberania refere-se à entidade que não conhece superior na ordem externa nem igual na ordem interna.

Novo!!: Mercantilismo e Soberania · Veja mais »

Sociedade

étnico. Em sociologia, uma sociedade (do termo latino societas, que significa "associação amistosa com outros") é o conjunto de pessoas que compartilham propósitos, gostos, preocupações e costumes, e que interagem entre si constituindo uma comunidade.

Novo!!: Mercantilismo e Sociedade · Veja mais »

Soma-zero

Em teoria dos jogos e em teoria econômica, um jogo de soma zero se refere a jogos em que o ganho de um jogador representa necessariamente a perda para o outro jogador.

Novo!!: Mercantilismo e Soma-zero · Veja mais »

Suécia

A Suécia (SUECO Sverige; PRONÚNCIA APROXIMADA své-rié; IPA) é um país nórdico, localizado na península Escandinava na Europa do Norte. Tem fronteiras terrestres com a Noruega, a oeste, e com a Finlândia, a nordeste, além de estar ligada à Dinamarca através da Ponte de Öresund, no sul. Com km², a Suécia é o terceiro maior país da União Europeia em termos de área, e possui uma população total de cerca de milhões de habitantes. A Suécia tem uma baixa densidade populacional, com cerca de 23 habitantes por quilômetro quadrado, mas com uma densidade consideravelmente maior na metade sul do país. Cerca de 85% da população vive em áreas urbanas. A capital e maior cidade da Suécia é Estocolmo (com uma população de 1,3 milhão na área urbana e de 2 milhões na área metropolitana), centro do poder político e econômico do país. A Suécia é uma monarquia constitucional com um sistema parlamentar de governo, com uma economia altamente desenvolvida e diversificada. O país ocupa o quarto lugar do mundo no Índice de democracia, depois da Islândia, da Dinamarca e da Noruega, segundo a prestigiada revista inglesa The Economist. O país ainda é considerado um dos mais socialmente justos da atualidade, apresentando um dos mais baixos níveis de desigualdade de renda do mundo. A Suécia é membro fundador da Organização das Nações Unidas, da União Europeia desde 1 de janeiro de 1995, e da OCDE. Isso se reflete no fato da Suécia estar, desde que a ONU começou a calcular o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) de seus membros na década de 1980, entre os mais bem colocados países do mundo de acordo com o indicador. A Suécia emergiu como um país independente e unificado durante a Idade Média. No o país expandiu seus territórios para formar o Império Sueco. A maior parte dos territórios conquistados fora da península Escandinava foram perdidos durante os séculos XVIII e XIX. A metade oriental da Suécia, o que hoje é a Finlândia, foi perdida para a Rússia em 1809. A última guerra na qual a Suécia esteve diretamente envolvida foi em 1814, quando a Suécia forçou por meios militares a Noruega a se juntar ao país e criar o Reinos Unidos da Suécia e Noruega, uma união que durou até 1905. Desde então, a Suécia ficou em paz, com a adoção de uma política externa não-alinhada em tempos de paz e de neutralidade em tempo de guerra.

Novo!!: Mercantilismo e Suécia · Veja mais »

Sumo

* Sumo - líquido extraído dos frutos recorrendo a pressão (usa-se o termo sumo em Portugal e suco no Brasil).

Novo!!: Mercantilismo e Sumo · Veja mais »

Taxa

Taxa é a exigência financeira imposta pelo governo ou alguma organização política ou governamental a pessoa privada ou jurídica para usar certos serviços fundamentais, ou pelo exercício do poder de polícia.

Novo!!: Mercantilismo e Taxa · Veja mais »

Taxa alfandegária

Taxas alfandegárias são tributos cobrados pelos governos de todos os países sobre produtos importados e exportados.

Novo!!: Mercantilismo e Taxa alfandegária · Veja mais »

Thomas Gresham

Retrato por Anthonis Mor, c. 1554 Sir Thomas Gresham (c. 1519—21 de novembro de 1579) foi um comerciante e financista inglês o qual serviu como agente do rei Eduardo VI da Inglaterra e de sua meia-irmã, a rainha Elizabeth I da Inglaterra.

Novo!!: Mercantilismo e Thomas Gresham · Veja mais »

Thomas Hobbes

Thomas Hobbes (5 de abril de 1588 — 4 de dezembro de 1679) foi um matemático, teórico político e filósofo inglês, autor de Leviatã (1651) e Do cidadão (1651).

Novo!!: Mercantilismo e Thomas Hobbes · Veja mais »

Thomas Mun

Thomas Mun (1571–1641) foi um escritor inglês de economia que tem sido chamado o último dos primeiros mercantilistas.

Novo!!: Mercantilismo e Thomas Mun · Veja mais »

Toledo

Toledo (Toletum) é um município da Espanha na província de Toledo, comunidade autónoma de Castela-Mancha.

Novo!!: Mercantilismo e Toledo · Veja mais »

Trabalho

*Trabalho (economia).

Novo!!: Mercantilismo e Trabalho · Veja mais »

Tratado de Maastricht

O Tratado Maastricht (formalmente Tratado da União Europeia, TUE) foi assinado em 7 de fevereiro de 1992 pelos membros da Comunidade Europeia na cidade de Maastricht, Países Baixos.

Novo!!: Mercantilismo e Tratado de Maastricht · Veja mais »

Tratado de Utrecht

São chamados tratados ou paz de Utrecht (ou de Utreque) os acordos que, firmados na cidade de Utrecht (ou Utreque), nos Países Baixos, (1713-1715), puseram fim à guerra da sucessão espanhola (1701–1714), na qual entraram em conflito interesses de várias potências europeias.

Novo!!: Mercantilismo e Tratado de Utrecht · Veja mais »

Tribunal de Justiça da União Europeia

O Tribunal de Justiça da União Europeia não deve ser confundido com o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos. O Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE) é o tribunal da União Europeia (UE).

Novo!!: Mercantilismo e Tribunal de Justiça da União Europeia · Veja mais »

União Europeia

A União Europeia (UE) é uma união económica e política de 28 Estados-membros independentes situados principalmente na Europa.

Novo!!: Mercantilismo e União Europeia · Veja mais »

Usura

Moedas, representantes físicas do dinheiro. A usura seria a cobrança excessiva de juros, que nada mais é do que a remuneração do próprio dinheiro. Sob a perspectiva etimológica, a palavra usura provém de duas palavras latinas: "usus" e "rei" com o sentido de cobrança pelo uso das coisas.

Novo!!: Mercantilismo e Usura · Veja mais »

Valor (economia)

O valor econômico é a importância que um indivíduo dá a determinado bem ou serviço, seja para uso pessoal, seja para troca.

Novo!!: Mercantilismo e Valor (economia) · Veja mais »

Vantagem competitiva

Vantagem competitiva pode ser entendida como uma vantagem que uma empresa tem em relação aos seus concorrentes e descreve atributos que permitem uma organização superar os mesmos.

Novo!!: Mercantilismo e Vantagem competitiva · Veja mais »

Veneza

Veneza (Venezia, em vêneto: Venexia) é uma cidade no nordeste da Itália situada sobre um grupo de 117 pequenas ilhas separadas por canais e ligadas por pontes.

Novo!!: Mercantilismo e Veneza · Veja mais »

Vice-Reino da Nova Espanha

A Nova Espanha (em castelhano Nueva España) foi um reino da Espanha durante o período colonial na América do Norte e Central.

Novo!!: Mercantilismo e Vice-Reino da Nova Espanha · Veja mais »

Victor Riqueti de Mirabeau

Victor Riqueti, marquês de Mirabeau (Pertuis, Vaucluse, 5 de outubro de 1715 - Argenteuil, 13 de julho de 1789) foi um economista e filósofo francês.

Novo!!: Mercantilismo e Victor Riqueti de Mirabeau · Veja mais »

William Holman Hunt

William Holman Hunt (Londres, 2 de Abril de 1827 — Londres, 7 de Setembro de 1910) foi um pintor inglês.

Novo!!: Mercantilismo e William Holman Hunt · Veja mais »

William Petty

William Petty Sir William Petty FRS (Romsey, Hampshire, 27 de maio de 1623 Londres, 16 de dezembro de 1687) foi um economista, cientista e filósofo britânico.

Novo!!: Mercantilismo e William Petty · Veja mais »

10 de agosto

Sem descrição

Novo!!: Mercantilismo e 10 de agosto · Veja mais »

13 de março

Sem descrição

Novo!!: Mercantilismo e 13 de março · Veja mais »

1492

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram A e G (52 semanas), teve início a um domingo e terminou a uma segunda-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1492 · Veja mais »

1500

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto e o último ano do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram E e D (53 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou a uma quinta-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1500 · Veja mais »

1525

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Mercantilismo e 1525 · Veja mais »

1530

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Mercantilismo e 1530 · Veja mais »

1539

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1539 · Veja mais »

1575

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Mercantilismo e 1575 · Veja mais »

1576

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram A e G (52 semanas), teve início a um domingo e terminou a uma segunda-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1576 · Veja mais »

1586

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1586 · Veja mais »

1596

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram G e F (52 semanas), teve início a uma segunda-feira e terminou a uma terça-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1596 · Veja mais »

1600

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto e o último ano do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, as suas letras dominicais foram B e A (52 semanas), teve início a um sábado e terminou a um domingo.

Novo!!: Mercantilismo e 1600 · Veja mais »

1602

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1602 · Veja mais »

1618

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1618 · Veja mais »

1621

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi C, teve 52 semanas, início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1621 · Veja mais »

1622

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Mercantilismo e 1622 · Veja mais »

1623

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Mercantilismo e 1623 · Veja mais »

1640

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram A e G (52 semanas), teve início a um domingo e terminou a uma segunda-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1640 · Veja mais »

1648

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram E e D (53 semanas), teve teve início a uma quarta-feira e terminou a uma quinta-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1648 · Veja mais »

1651

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Mercantilismo e 1651 · Veja mais »

1653

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1653 · Veja mais »

1654

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1654 · Veja mais »

1660

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram D e C (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou a uma sexta-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1660 · Veja mais »

1687

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1687 · Veja mais »

1728

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVIII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram D e C (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou a uma sexta-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1728 · Veja mais »

1750

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVIII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1750 · Veja mais »

1763

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVIII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Mercantilismo e 1763 · Veja mais »

1765

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVIII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1765 · Veja mais »

1776

1776 (MDCCLXXVI, na numeração romana) foi um ano bissexto do calendário gregoriano, com 366 dias e as suas letras dominicais foram G e F, teve início numa segunda-feira e terminou numa terça-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1776 · Veja mais »

1815

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Mercantilismo e 1815 · Veja mais »

1817

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era Cristã, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1817 · Veja mais »

1865

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Mercantilismo e 1865 · Veja mais »

1913

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1913 · Veja mais »

1934

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XX do Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Mercantilismo e 1934 · Veja mais »

1968

Ano Internacional dos Direitos Humanos decretado pelas Nações Unidas -->.

Novo!!: Mercantilismo e 1968 · Veja mais »

1992

Sem descrição

Novo!!: Mercantilismo e 1992 · Veja mais »

2003

Foi designado como o Ano Internacional da Água Potável, pela ONU.

Novo!!: Mercantilismo e 2003 · Veja mais »

Redireciona aqui:

Capitalismo comercial, Economia Pré-Industrial, Economia pré-industrial, Mercantilismo ingles, Mercantilista, Pré-capitalismo.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »