Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Melilha

Índice Melilha

Melilha ou Melilla (em espanhol: Melilla; em berbere: Mritch ou Mrič; em árabe: مليلية) é uma cidade autónoma espanhola, situada no norte de África, na parte oriental da cadeia montanhosa de Rif, na parte norte do cabo das Três Forcas e na margem do mar de Alborão.

49 relações: Al-Andalus, Almanaque Abril, Andaluzia, Argélia, África, Bairro, Bandeira e escudo de Melilha, Barcelona, Berberes, Cabo das Três Forcas, Califado de Córdova, Câmara dos Deputados do Brasil, Ceuta, Cidade, Constituição espanhola de 1978, Ducado de Medina-Sidonia, Editora Abril, EFE, Enclave, Espanha, Estreito de Gibraltar, Fenícia, Folha de S.Paulo, Guerra do Rife, Língua árabe, Língua castelhana, Línguas berberes, Mar de Alborão, Marrocos, Málaga (província), Modernismo, O Estado de S. Paulo, O Globo, Partido Popular (Espanha), Portugal, Região histórica de Castela, Reino de Fez, Rife, Século VII, Século XV, Século XX, 13 de março, 14 de março, 1497, 1556, 1860, 1995, 2005, 2006.

Al-Andalus

Al-Andalus ou al-Ândalus cfr.

Novo!!: Melilha e Al-Andalus · Veja mais »

Almanaque Abril

O Almanaque Abril foi uma enciclopédia publicada anualmente pela Editora Abril desde 1974.

Novo!!: Melilha e Almanaque Abril · Veja mais »

Andaluzia

A Andaluzia é uma comunidade autônoma de Espanha.

Novo!!: Melilha e Andaluzia · Veja mais »

Argélia

A Argélia (al-Jazā’ir; em árabe argelino e tamazigue: الدزاير, transl.: Dzayer, الجازاير, transl.: Djazaïr ou لدزاير, transl.: Ldzayer; em tifinague: ⵍⵣⵣⴰⵢⴻⵔ, transl.: Lezzayer; em francês: Algérie), oficialmente República Argelina Democrática e Popular, é um país da África do Norte que faz parte do Magrebe.

Novo!!: Melilha e Argélia · Veja mais »

África

A África é o terceiro continente mais extenso (depois da Ásia e da América) com cerca de 30 milhões de quilômetros quadrados, cobrindo 20,3 % da área total da terra firme do planeta.

Novo!!: Melilha e África · Veja mais »

Bairro

Bairro é uma comunidade ou região dentro de uma cidade ou município, sendo a unidade mínima de urbanização existente na maioria das cidades do mundo.

Novo!!: Melilha e Bairro · Veja mais »

Bandeira e escudo de Melilha

Bandeira de Melilha Escudo de Melilha A bandeira de Melilha consiste de um campo azul com o Escudo da Cidade no centro.

Novo!!: Melilha e Bandeira e escudo de Melilha · Veja mais »

Barcelona

Barcelona (bərsəˈɫonə; barθeˈlona) é a capital da comunidade autônoma da Catalunha no Reino de Espanha, bem como o segundo município mais populoso do país, com uma população de 1,6 milhão dentro dos limites da cidade.

Novo!!: Melilha e Barcelona · Veja mais »

Berberes

Mapa dos grupos berberes Os berberes (que chamam a si próprios Imazighen, ou seja, "homens livres"; singular Amazigh) referem-se ao conjunto de povos do Norte de África que falam línguas berberes, da família de línguas afro-asiáticas.

Novo!!: Melilha e Berberes · Veja mais »

Cabo das Três Forcas

O Cabo das Três Forcas (Cabo de Tres Forcas, Cap des Trois Fourches, Ras Tileta Madari) é uma península situada no norte de Marrocos, sobre a costa mediterrânica do Norte de África.

Novo!!: Melilha e Cabo das Três Forcas · Veja mais »

Califado de Córdova

O Califado de Córdova (929 – 1031) foi a forma de governo islâmico que dominou a maior parte da Península Ibérica e do Norte de África com capital em Córdova.

Novo!!: Melilha e Califado de Córdova · Veja mais »

Câmara dos Deputados do Brasil

A Câmara dos Deputados é a câmara baixa do Congresso Nacional do Brasil e, ao lado do Senado Federal, faz parte do Poder Legislativo da União.

Novo!!: Melilha e Câmara dos Deputados do Brasil · Veja mais »

Ceuta

Mapa de Ceuta Ceuta é uma cidade autónoma de Espanha situada na margem africana da desembocadura oriental do estreito de Gibraltar, na pequena península de Almina, em frente a Algeciras e ao território britânico de Gibraltar, situadas no lado oposto do estreito.

Novo!!: Melilha e Ceuta · Veja mais »

Cidade

Uma cidade ou urbe é uma área urbanizada, que se diferencia de vilas e outras entidades urbanas através de vários critérios, os quais incluem população, densidade populacional ou estatuto legal, embora sua clara definição não seja precisa, sendo alvo de discussões diversas.

Novo!!: Melilha e Cidade · Veja mais »

Constituição espanhola de 1978

Congresso dos Deputados. A Constituição Espanhola de 1978 é a actual Constituição Espanhola; é a lei fundamental da organização jurídica espanhola, à qual ficam sujeitos os poderes públicos e os cidadãos da Espanha, em vigor desde 29 de dezembro de 1978.

Novo!!: Melilha e Constituição espanhola de 1978 · Veja mais »

Ducado de Medina-Sidonia

Duque de Medina-Sidonia é um título nobiliárquico hereditário do Reino de Espanha que o rei João II de Castela outorgou a Juan Alonso Pérez de Guzmán y Orozco, III Conde de Niebla, a 17 de Fevereiro de 1445, como prémio por serviços à coroa.

Novo!!: Melilha e Ducado de Medina-Sidonia · Veja mais »

Editora Abril

A Editora Abril é uma editora brasileira, sediada na cidade de São Paulo, parte integrante do Grupo Abril.

Novo!!: Melilha e Editora Abril · Veja mais »

EFE

A agência EFE é um serviço de notícias internacional fundado em 1939 na Espanha.

Novo!!: Melilha e EFE · Veja mais »

Enclave

Em geografia política, um enclave é um território com distinções políticas, sociais e/ou culturais cujas fronteiras geográficas ficam inteiramente dentro dos limites de um outro território.

Novo!!: Melilha e Enclave · Veja mais »

Espanha

Espanha (España), também conhecido como Reino de/da Espanha Reino de España é um país situado na Europa meridional, na Península Ibérica.

Novo!!: Melilha e Espanha · Veja mais »

Estreito de Gibraltar

O estreito de Gibraltar é uma separação natural entre o Mar Mediterrâneo e o Oceano Atlântico, e entre dois continentes - Europa e África.

Novo!!: Melilha e Estreito de Gibraltar · Veja mais »

Fenícia

A Civilização Fenícia (em fenício: ��‏��‏��‏��‏, Knaˁn; Kna'an; Phoiníkē; Phœnicia; فينيقيا) foi uma civilização da Antiguidade cujo epicentro se localizava no norte da antiga Canaã, ao longo das regiões litorâneas dos atuais Líbano, Síria e norte de Israel.

Novo!!: Melilha e Fenícia · Veja mais »

Folha de S.Paulo

Folha de S.PauloO próprio jornal grafa "Folha de S.Paulo", contrariamente à gramática; comumente é citado como "Folha de S. Paulo", "Folha de São Paulo" ou simplesmente "Folha".

Novo!!: Melilha e Folha de S.Paulo · Veja mais »

Guerra do Rife

A Guerra do Rife, também chamada de Segunda Guerra Marroquina, foi um conflito ocorrido entre 1920 e 1926 entre a Espanha (mais tarde também com a França) e forças marroquinas das tribos rifenhas e Jebala.

Novo!!: Melilha e Guerra do Rife · Veja mais »

Língua árabe

O árabe (العربية, transl. al-ʿarabiyyah,, ou عربي, transl. ʿarabī) é uma língua semita central, parente próximo do hebraico e das línguas neo-aramaicas.

Novo!!: Melilha e Língua árabe · Veja mais »

Língua castelhana

O castelhano (castellano) ou espanhol (español) é uma língua românica ocidental do grupo ibero-românico que evoluiu a partir de vários dialetos do latim falados no centro-norte da Península Ibérica por volta do século IX.

Novo!!: Melilha e Língua castelhana · Veja mais »

Línguas berberes

As línguas berberes ou tamazigues (em: 60px; tamazight) constituem um grupo linguístico composto de 25 ou 26 línguas Muitos especialistas incluem o povo guanche (Ilhas Canárias) na família dos povos proto-berberes.

Novo!!: Melilha e Línguas berberes · Veja mais »

Mar de Alborão

O mar de Alborão (ou mar de Alboran / Alborán) é a parte mais ocidental do mar Mediterrâneo; limita a norte com a costa da Andaluzia, a sul com a costa nordeste de Marrocos e a oeste com o estreito de Gibraltar, que liga o mar Mediterrâneo com o Atlântico.

Novo!!: Melilha e Mar de Alborão · Veja mais »

Marrocos

Marrocos (al-Maġrib; Amerruk / Murakuc; Maroc), oficialmente Reino de Marrocos (al-Mamlakah al-Maġribiyya; Tageldit n Umerruk; Royaume du Maroc) é um país soberano localizado na região do Magrebe, no norte da África.

Novo!!: Melilha e Marrocos · Veja mais »

Málaga (província)

Málaga é uma província situada no sul da comunidade autônoma de Andaluzia, no sul de Espanha.

Novo!!: Melilha e Málaga (província) · Veja mais »

Modernismo

Chama-se genericamente modernismo (ou movimento modernista) o conjunto de movimentos culturais, escolas e estilos que permearam as artes e o design da primeira metade do século XX.

Novo!!: Melilha e Modernismo · Veja mais »

O Estado de S. Paulo

O Estado de S. Paulo é um jornal brasileiro publicado na cidade de São Paulo desde 1875.

Novo!!: Melilha e O Estado de S. Paulo · Veja mais »

O Globo

O Globo é um jornal diário de notícias brasileiro, fundado em 29 de julho de 1925 e sediado no Rio de Janeiro.

Novo!!: Melilha e O Globo · Veja mais »

Partido Popular (Espanha)

O Partido Popular (PP) é um partido político conservador da Espanha fundado em 1989, definido nos seus estatutos como de centro reformista.

Novo!!: Melilha e Partido Popular (Espanha) · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense,  estabelecido no século XI por Vímara Peres, um vassalo do rei das Astúrias. O condado tornou-se parte do Reino de León em 1097, e os condes de Portugal estabeleceram-se como governantes independentes do reino no século XII, após a batalha de São Mamede. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: Melilha e Portugal · Veja mais »

Região histórica de Castela

Influência histórica de Castela no século XIX Castela é o nome de uma região histórica espanhola com origem no Condado de Castela, no século IX, durante a sua evolução teve sob influência territórios diferentes, e nos dias de hoje se encontra plasmada nos Estatutos das Autonomias de Castela e Leão, Castela-Mancha, e Comunidade de Madrid.

Novo!!: Melilha e Região histórica de Castela · Veja mais »

Reino de Fez

Parece que o título de Rei de Fez foi dado aos sultões Merínidas.

Novo!!: Melilha e Reino de Fez · Veja mais »

Rife

O Rife é uma região montanhosa no norte de Marrocos, que se estende do Cabo Espartel e Tânger, a oeste, até ao Cabo das Três Forcas, Melilha e Nador, praticamente até à fronteira com a Argélia, a leste, e do Mar Mediterrâneo, a norte, até ao rio Uarga e Alto Moulouya a sul.

Novo!!: Melilha e Rife · Veja mais »

Século VII

Sem descrição

Novo!!: Melilha e Século VII · Veja mais »

Século XV

O Século XV foi o século do calendário Juliano de 1401 até 1500.

Novo!!: Melilha e Século XV · Veja mais »

Século XX

O Século XX iniciou em 1° de janeiro de 1901 e terminou em 31 de dezembro de 2000.

Novo!!: Melilha e Século XX · Veja mais »

13 de março

Sem descrição

Novo!!: Melilha e 13 de março · Veja mais »

14 de março

“Segundo do Pi”. 1653: Batalha de Leghorn 1794: A patente do "descaroçador de algodão".

Novo!!: Melilha e 14 de março · Veja mais »

1497

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Melilha e 1497 · Veja mais »

1556

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram E e D (53 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou a uma quinta-feira.

Novo!!: Melilha e 1556 · Veja mais »

1860

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram A e G (52 semanas), teve início a um domingo e terminou a uma segunda-feira.

Novo!!: Melilha e 1860 · Veja mais »

1995

Sem descrição

Novo!!: Melilha e 1995 · Veja mais »

2005

* Foi designado como.

Novo!!: Melilha e 2005 · Veja mais »

2006

Correspondeu aos anos 5766-5767 no calendário judaico, 5107-5108 no calendário hindu, 1426-1427 no calendário islâmico, 1384-1385 no calendário iraniano, 4703 no calendário chinês, e 2759 a.U.c..

Novo!!: Melilha e 2006 · Veja mais »

Redireciona aqui:

Melilla.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »