Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Faça o download
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Manuel António dos Santos Lourenço

M.

43 relações: Áustria, Califórnia, Dinis I de Portugal, Estados Unidos, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Fellow, Filosofia, Filosofia da ciência, Filosofia da matemática, Finnegans Wake, Frederico Lourenço, Fundação Calouste Gulbenkian, Gottfried Wilhelm Leibniz, Grã-Cruz, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, Investigações Filosóficas, James Joyce, Jean Guitton, Kurt Gödel, Lógica, Lisboa, Literatura, Ludwig Wittgenstein, Master of Arts, Matemática, Mário Cesariny, Michael Dummett, Ordem Militar de Sant'Iago da Espada, Portugal, Prémio D. Dinis, Professor, Raul de Carvalho (poeta), Romano Guardini, Sintra, Tractatus Logico-Philosophicus, Tradução, Universidade de Innsbruck, Universidade de Lisboa, Universidade de Oxford, 1 de agosto, 13 de maio, 1936, 2009.

Áustria

Áustria (Österreich), oficialmente República da Áustria (em alemão), é um país de cerca de 8,3 milhões de habitantes, localizado na Europa Central.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Áustria · Veja mais »

Ano-novo

Ano-novo ou ano-bom é o momento em que um novo ano civil começa e um novo calendário anual é iniciado.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Ano-novo · Veja mais »

Califórnia

Califórnia é um dos 50 estados dos Estados Unidos, localizado na região dos estados do Pacífico.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Califórnia · Veja mais »

Dinis I de Portugal

Dinis I, O Lavrador ou O Poeta nasceu em Lisboa no dia e morreu em Santarém no dia), foi Rei de Portugal e do Algarve de 1279 até sua morte. Era o filho mais velho do rei Afonso III e sua segunda esposa Beatriz de Castela. Em 1282 desposou Isabel de Aragão, que ficaria conhecida como Rainha Santa. Ao longo de 46 anos de reinado, foi um dos principais responsáveis pela criação da identidade nacional e o alvor da consciência de Portugal enquanto estado-nação: em 1297, após a conclusão da Reconquista pelo seu pai, definiu as fronteiras de Portugal no Tratado de Alcanizes, prosseguiu relevantes reformas judiciais, instituiu a língua portuguesa como língua oficial da corte, criou a primeira Universidade portuguesa, libertou as Ordens Militares no território nacional de influências estrangeiras e prosseguiu um sistemático acréscimo do centralismo régio. A sua política centralizadora foi articulada com importantes acções de fomento económico - como a criação de inúmeros concelhos e feiras. D. Dinis ordenou a exploração de minas de cobre, prata, estanho e ferro e organizou a exportação da produção excedente para outros países europeus. Em 1308 assinou o primeiro acordo comercial português com a Inglaterra. Em 1312 fundou a marinha Portuguesa, nomeando 1º Almirante de Portugal, o genovês Manuel Pessanha, e ordenando a construção de várias docas. Foi grande amante das artes e letras. Tendo sido um famoso trovador, cultivou as Cantigas de Amigo, de Amor e a sátira, contribuindo para o desenvolvimento da poesia trovadoresca na Península Ibérica. Pensa-se ter sido o primeiro monarca português verdadeiramente alfabetizado, tendo assinado sempre com o nome completo. Foi o responsável pela criação da primeira Universidade portuguesa, inicialmente instalada em Lisboa e depois para Coimbra. Entre 1320 e 1324 houve uma guerra civil que opôs o rei ao futuro Afonso IV. Este julgava que o pai pretendia dar o trono a Afonso Sanches. Nesta guerra, o rei contou com pouco apoio popular, pois nos últimos anos de reinado deu grandes privilégios aos nobres. O infante contou com o apoio dos concelhos. Apesar dos motivos da revolta, esta guerra foi no fundo um conflito entre grandes e pequenos. Após a sua morte, em 1325 foi sucedido pelo seu filho legítimo, Afonso IV de Portugal, apesar da oposição do seu favorito, filho natural Afonso Sanches.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Dinis I de Portugal · Veja mais »

Estados Unidos

Os Estados Unidos da América (United States of America), ou simplesmente Estados Unidos, são uma república constitucional federal composta por 50 estados e um distrito federal.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Estados Unidos · Veja mais »

Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

A Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL) é uma unidade orgânica da Universidade de Lisboa dedicada ao ensino das Humanidades (Literatura, Linguística, História, Filosofia e Geografia).

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa · Veja mais »

Fellow

Um fellow ("companheiro", "camarada", em inglês), em sentido amplo, é alguém que é um igual ou um camarada.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Fellow · Veja mais »

Filosofia

Filosofia (do grego Φιλοσοφία, philosophia, literalmente «amor pela sabedoria») é o estudo das questões gerais e fundamentais relacionadas com a natureza da existência humana; do conhecimento; da verdade; dos valores morais e estéticos; da mente; da linguagem, bem como do universo em sua totalidade.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Filosofia · Veja mais »

Filosofia da ciência

Filosofia da ciência (do grego Φιλοσοφία της Επιστήμης/Filosofía tes Epistémes) é o campo da pesquisa filosófica que estuda os fundamentos, pressupostos e implicações filosóficas da ciência, incluindo as ciências naturais como física e biologia, e as ciências sociais, como psicologia e economia.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Filosofia da ciência · Veja mais »

Filosofia da matemática

Filosofia da Matemática é o ramo da filosofia que estuda os pressupostos filosóficos, os fundamentos e as implicações da matemática.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Filosofia da matemática · Veja mais »

Finnegans Wake

Finnegans Wake é o último romance de James Joyce, publicado em 1939, e um dos grandes marcos da literatura experimental por ser escrito em uma linguagem composta pela fusão de outras palavras, em inglês e outras línguas, buscando uma multiplicidade de significados.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Finnegans Wake · Veja mais »

Frederico Lourenço

Frederico Lourenço (Lisboa, 1963) é um escritor, tradutor e professor universitário português.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Frederico Lourenço · Veja mais »

Fundação Calouste Gulbenkian

A Fundação Calouste Gulbenkian MHSE • MHIH • MHL • GCB é uma instituição portuguesa de direito privado e utilidade pública geral com caráter perpétuo, cujos são a Arte, a Beneficência, a Ciência e a Educação.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Fundação Calouste Gulbenkian · Veja mais »

Gottfried Wilhelm Leibniz

Gottfried Wilhelm Leibniz (Leipzig, — Hanôver) foi um polímata, filósofo, cientista, matemático, diplomata e bibliotecário alemão.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Gottfried Wilhelm Leibniz · Veja mais »

Grã-Cruz

A Grã-Cruz é a classe mais alta em muitas ordens de cavalaria, manifestando-se com uma insígnia constituída por uma cruz pendente de uma fita.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Grã-Cruz · Veja mais »

Imprensa Nacional-Casa da Moeda

A Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM) é uma sociedade anónima de capitais públicos que resulta da fusão, em 1972, da Imprensa Nacional e da Casa da Moeda portuguesas.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Imprensa Nacional-Casa da Moeda · Veja mais »

Investigações Filosóficas

O livro Investigações Filosóficas é considerado, ao lado do Tractatus Logico-Philosophicus, o trabalho mais importante do filósofo Ludwig Wittgenstein.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Investigações Filosóficas · Veja mais »

James Joyce

James Augustine Aloysius Joyce (Terenure, Irlanda, 2 de fevereiro de 1882 — Zurique, Suíça, 13 de janeiro de 1941) foi um romancista, contista e poeta da Irlanda que viveu boa parte de sua vida expatriado. É amplamente considerado um dos autores de maior relevância do século XX. Suas obras mais conhecidas são o volume de contos Dublinenses/Gente de Dublin (1914) e os romances Retrato do Artista Quando Jovem (1916), Ulisses (1922) e Finnegans Wake (1939) - o que se poderia considerar um "cânone joyceano". Também participou dos primórdios do modernismo poético em língua inglesa, sendo considerado por Ezra Pound um dos mais eminentes poetas do imagismo. Embora Joyce tenha vivido fora de sua ilha irlandesa natal pela maior parte da vida adulta, sua identidade irlandesa foram essenciais para sua obra e fornecem-lhe toda a ambientação e muito da temática de sua obra. Seu universo ficcional enraíza-se fortemente em Dublin e reflete sua vida familiar e eventos, amizades e inimizades dos tempos de escola e faculdade. Desta forma, ele é ao mesmo tempo um dos mais cosmopolitas e um dos mais particularistas dos autores modernistas de língua inglesa.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e James Joyce · Veja mais »

Jean Guitton

Jean Guitton (Saint-Étienne, Loire, 18 de Agosto de 1901 – Paris, 21 de Março de 1999) foi um filósofo e escritor francês, membro da Academia francesa.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Jean Guitton · Veja mais »

Kurt Gödel

Kurt Friedrich Gödel (Brünn, Áustria-Hungria, — Princeton, Estados Unidos) foi um filósofo, matemático e lógico austríaco, naturalizado norte-americano.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Kurt Gödel · Veja mais »

Lógica

Aristóteles é o autor do primeiro trabalho sobre lógica. Lógica (do grego λογική logos) tem dois significados principais: discute o uso de raciocínio em alguma atividade e é o estudo normativo, filosófico do raciocínio válido.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Lógica · Veja mais »

Lisboa

Lisboa GCTE é a capital de Portugal e a cidade mais populosa do país.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Lisboa · Veja mais »

Literatura

A Literatura é a técnica de compor e expor textos escritos, em prosa ou em verso, de acordo com princípios teóricos e práticos; o exercício dessa técnica ou da eloquência e poesia.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Literatura · Veja mais »

Ludwig Wittgenstein

Ludwig Joseph Johann Wittgenstein (Viena, 26 de Abril de 1889 — Cambridge, 29 de Abril de 1951) foi um filósofo austríaco, naturalizado britânico.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Ludwig Wittgenstein · Veja mais »

Master of Arts

Master of Arts, significando mestre de artes ou mestrado em artes, do latim Magister Artium, é um grau acadêmico de pós-graduação de mestre concedido por universidades em um grande número de países.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Master of Arts · Veja mais »

Matemática

grego, representado por Rafael em A Escola de Atenas. A matemática (dos termos gregos μάθημα, transliterado máthēma, 'ciência', conhecimento' ou 'aprendizagem'; e μαθηματικός, transliterado mathēmatikós, 'inclinado a aprender') é a ciência do raciocínio lógico e abstrato, que estuda quantidades, medidas, espaços, estruturas, variações e estatísticas.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Matemática · Veja mais »

Mário Cesariny

Mário Cesariny de Vasconcelos GCL (Lisboa, 9 de Agosto de 1923 — Lisboa, 26 de Novembro de 2006) foi poeta e pintor, considerado o principal representante do surrealismo português.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Mário Cesariny · Veja mais »

Michael Dummett

Sir Michael Anthony Eardley Dummett (27 de Junho de 1925 – 27 de Dezembro de 2011) foi um filósofo inglês.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Michael Dummett · Veja mais »

Natal

Natal ou Dia de Natal é um feriado e festival religioso cristão comemorado anualmente em 25 de dezembro (nos países eslavos e ortodoxos, cujos calendários eram baseados no calendário juliano, o Natal é comemorado no dia 7 de janeiro).

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Natal · Veja mais »

Ordem Militar de Sant'Iago da Espada

A Ordem Militar de Sant'Iago da Espada, de seu nome completo Antiga, Nobilíssima e Esclarecida Ordem Militar de Sant'Iago da Espada, do Mérito Científico, Literário e Artístico, é uma ordem honorífica portuguesa criada em 5 de Julho de 1175.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Ordem Militar de Sant'Iago da Espada · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense,  estabelecido no século XI por Vímara Peres, um vassalo do rei das Astúrias. O condado tornou-se parte do Reino de León em 1097, e os condes de Portugal estabeleceram-se como governantes independentes do reino no século XII, após a batalha de São Mamede. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Portugal · Veja mais »

Prémio D. Dinis

O Prémio D. Dinis é um prémio literário instituído pela Fundação Casa de Mateus e patrocinado pela Direcção-Geral do Livro e das Bibliotecas e pela Caixa Geral de Depósitos.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Prémio D. Dinis · Veja mais »

Professor

Professor ou docente é uma pessoa que ensina ciência, arte, técnica ou outros conhecimentos.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Professor · Veja mais »

Raul de Carvalho (poeta)

Raul Maria de Carvalho (Alvito, Alvito, 4 de Setembro de 1920 — Porto, 3 de Setembro de 1984), foi um poeta português.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Raul de Carvalho (poeta) · Veja mais »

Romano Guardini

Romano Guardini (Verona, – Munique) foi um sacerdote, escritor e teólogo católico-romano.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Romano Guardini · Veja mais »

Sintra

Sintra é uma vila portuguesa no distrito, região, e Área Metropolitana de Lisboa, integrando a sua parte norte (Grande Lisboa).

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Sintra · Veja mais »

Tractatus Logico-Philosophicus

O Tractatus Logico-Philosophicus (latim para "Tratado Lógico-Filosófico") é o livro publicado pelo filósofo austríaco Ludwig Wittgenstein em sua vida.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Tractatus Logico-Philosophicus · Veja mais »

Tradução

Tradução é uma atividade que abrange a interpretação de David Levithan.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Tradução · Veja mais »

Universidade de Innsbruck

A Universidade de Innsbruck (em alemão Leopold-Franzens-Universität Innsbruck) é uma instituição de ensino superior localizada em Innsbruck, na Áustria.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Universidade de Innsbruck · Veja mais »

Universidade de Lisboa

A Universidade de Lisboa MHSE é uma universidade pública portuguesa, com sede na Alameda da Universidade, em Alvalade, Lisboa, detendo vários polos espalhados pela cidade e concelhos limítrofes.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Universidade de Lisboa · Veja mais »

Universidade de Oxford

Universidade de Oxford (em inglês: University of Oxford) é uma instituição de ensino superior pública britânica, situada na cidade de Oxford, sendo uma das mais importantes instituições de ensino do Reino Unido.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Universidade de Oxford · Veja mais »

Véspera de Ano-Novo

A Véspera de Ano-Novo, também chamada de réveillon, virada de ano, ou passagem de ano refere-se ao dia 31 de dezembro, precedente ao Dia de Ano-Novo nos países que seguem o calendário gregoriano.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Véspera de Ano-Novo · Veja mais »

Véspera de Natal

Véspera de Natal refere-se à noite ou todo dia que precede o dia de Natal, um festival que comemora o nascimento de Jesus de Nazaré.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e Véspera de Natal · Veja mais »

1 de agosto

Sem descrição

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e 1 de agosto · Veja mais »

13 de maio

O 13 de maio, por tratar-se do 133º dia do ano é considerado pelas ordens secretas, esotéricas, filosóficas e místicas como sendo uma proporção áurea do ano.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e 13 de maio · Veja mais »

1936

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram E e D (53 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou a uma quinta-feira.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e 1936 · Veja mais »

2009

Segundo o horóscopo chinês, este foi o ano do boi.

Novo!!: Manuel António dos Santos Lourenço e 2009 · Veja mais »

Redireciona aqui:

M s lourenço, M. S. Lourenço, M. s. lourenço, M.S. Lourenço, M.s lourenço, M.s. lourenço, MS Lourenço, Manuel dos santos lourenço, Manuel lourenço, Manuel s. lourenço, Ms lourenço, Msl, Mslourenço.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »