Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Maa el-Ainin

Índice Maa el-Ainin

Mohamad Mustafá ben Mohamad Fadel Maa al-'Aynayn ash-Shanguiti ou Mohammed Mustafá Ould Sheikh Mohamad Fadel, mais conhecido pelo cognome abreviado Maa el Ainin, Ma al-'Aynayn ou Mel-Aynin (Ualata, — Tiznit, foi um xeque e líder político saaraui que combateu contra o colonialismo francês, natural do que é atualmente o sudeste da Mauritânia. Foi o 12º filho dos 48 filhos de Mohammed al-Fadhil de Hodh, fundador da Faddiliya, uma tariqa (confraria sufista) Qadiriyya. Era irmão do xeque e foi pai de Ahmed al-Hiba e Merebbi Rebbu, que o sucederam como líderes da resistência ao colonialismo. A alcunha Maa el Ainin, recebida quando era criança, significa "água dos dois olhos" ou "frescura do olhar" em, cuja origem é incerta, mas que alguns vêm como uma referência ao xeque Qadiriyya Sidi Ahmed el Bekkay, que imigrou para a região de Ualata, estabelecendo-se no oásis de Tindouf (atualmente na Argélia).

37 relações: Ahmed al-Hiba, Argélia, Arrábita, Cabo Juby, Caide, Caravana, Deserto do Saara, Exploração, Gazi, Guerra santa, Hodh ech Chargui, Islão, Jean-Marie Gustave Le Clézio, Kasba Tadla, Mali, Marabuto, Marraquexe, Marrocos, Mauritânia, Mádi, Meca, Mulei Abdal Hafiz, Mulei Abdalazize, Oásis, Protetorado Francês em Marrocos, Raide, Saara Ocidental, Saarauís, Smara, Sudão Francês, Sufismo, Tariqa, Tindouf, Tiznit, Ualata, Xaria, Xeque (título).

Ahmed al-Hiba

Apelo às armas dos partidários de Ahmed al-Hiba numa ilustração do Le Petit Journal de 1 de setembro de 1912 Ahmed al-Hiba ou Ahmed el-Hiba bin Ma'a el Aïnine (—) foi um pretendente ao sultanato de Marrocos e líder da resistência armada contra o regime colonial francês no Sara Ocidental e sul de Marrocos.

Novo!!: Maa el-Ainin e Ahmed al-Hiba · Veja mais »

Argélia

A Argélia (al-Jazā’ir; em árabe argelino e tamazigue: الدزاير, transl.: Dzayer, الجازاير, transl.: Djazaïr ou لدزاير, transl.: Ldzayer; em tifinague: ⵍⵣⵣⴰⵢⴻⵔ, transl.: Lezzayer; em francês: Algérie), oficialmente República Argelina Democrática e Popular, é um país da África do Norte que faz parte do Magrebe.

Novo!!: Maa el-Ainin e Argélia · Veja mais »

Arrábita

Monastir, Tunísia Arrábita (ribāṭ — hospício, hotel, base ou retiro), transliterado como arrábida em português, é um mosteiro árabe consagrado à oração e à guerra santa, sendo simultaneamente fortaleza e posto de vigia.

Novo!!: Maa el-Ainin e Arrábita · Veja mais »

Cabo Juby

O Cabo Juby (Ra's Juby) é um cabo na costa do sul de Marrocos, junto à pequena cidade de Tarfaya, perto da fronteira com o Saara Ocidental, frente às ilhas Canárias.

Novo!!: Maa el-Ainin e Cabo Juby · Veja mais »

Caide

O termo caide ou qā'id, tit usualmente grafado em caïd em e caid, qaid ou kaid noutras línguas europeias pode ter vários significados, todos ligados a uma posição de chefia política, militar ou tribal.

Novo!!: Maa el-Ainin e Caide · Veja mais »

Caravana

Uma caravana (do árabe qairauãn, através do italiano ou do francês) é um comboio de mercadores, viajantes, peregrinos, torcedores ou qualquer tipo de pessoa, que agrupam-se para percorrer grandes distâncias, muitas vezes por motivo de segurança.

Novo!!: Maa el-Ainin e Caravana · Veja mais »

Deserto do Saara

O (aṣ-ṣaḥrā al-koubra) é conhecido por ser o mais quente deserto do mundo.

Novo!!: Maa el-Ainin e Deserto do Saara · Veja mais »

Exploração

Exploração é o ato de pesquisar ou viajar, com o intuito de descobrir e conhecer regiões desconhecidas, seus recursos naturais como o petróleo, gás, carvão, minerais, água (também conhecido como prospecção), cavernas, bem como fauna e flora, e o espaço sideral (exploração espacial),.

Novo!!: Maa el-Ainin e Exploração · Veja mais »

Gazi

cavaleiros hospitalários cristãos em Esmirna Gazi (G(h)āzī; "aquele que empreende uma expedição militar", "conquistador") é originalmente a designação de um guerreiro muçulmano que participa na ghazw (ġazw; "expedições militares", "raides" ou "razias").

Novo!!: Maa el-Ainin e Gazi · Veja mais »

Guerra santa

Guerra santa é uma guerra causada por diferenças entre as religiões.

Novo!!: Maa el-Ainin e Guerra santa · Veja mais »

Hodh ech Chargui

Hodh ech Chargui (الحوض الشرقي) é uma região da Mauritânia.

Novo!!: Maa el-Ainin e Hodh ech Chargui · Veja mais »

Islão

Islamismo, (Islām), é uma religião abraâmica monoteísta articulada pelo Alcorão, um texto considerado pelos seus seguidores como a palavra literal de Deus (Alá, Allāh), e pelos ensinamentos e exemplos normativos (a chamada suna, parte do hádice) de Maomé, considerado pelos fiéis como o último profeta de Deus.

Novo!!: Maa el-Ainin e Islão · Veja mais »

Jean-Marie Gustave Le Clézio

Jean-Marie Gustave Le Clézio, que assina J.M.G. Le Clézio (Nice), é um escritor franco-mauriciano.

Novo!!: Maa el-Ainin e Jean-Marie Gustave Le Clézio · Veja mais »

Kasba Tadla

Kasba Tadla ou Tédula, em português, é uma cidade do centro de Marrocos, que faz parte da província de Beni Mellal e da região de Tadla-Azilal.

Novo!!: Maa el-Ainin e Kasba Tadla · Veja mais »

Mali

O Mali ou Máli.

Novo!!: Maa el-Ainin e Mali · Veja mais »

Marabuto

Um marabuto, marabu ou morabito (مُرابِط) é um eremita considerado santo por habitantes da região no Magrebe.

Novo!!: Maa el-Ainin e Marabuto · Veja mais »

Marraquexe

XX da dita Porta da Cutubia Vista panorâmica parcial da cidade, com os seus característicos edifícios cor-de-rosa Marraquexe (Marrakech; Marrākuš; Meṛṛakec) é uma cidade do centro-sudoeste de Marrocos, situada perto do sopé norte da cordilheira do Alto Atlas. Conhecida como a "cidade vermelha", a "pérola do sul" ou a "porta do sul", é a capital da prefeitura homónima e da região de Marraquexe-Safim. e habitantes na prefeitura. É a quarta maior cidade do país, a seguir a Casablanca, Fez e Tânger. Situa-se 580 km a sudoeste de Tânger, 327 km a sudoeste de Rabate, 240 km a sudoeste de Casablanca e 246 km a nordeste de Agadir. É das chamadas quatro cidades imperiais de Marrocos (as outras são Fez, Mequinez e Rabate) e a que atrai mais turistas. A zona é habitada desde o Neolítico, quando agricultores berberes ali viviam, mas a cidade só foi fundada em 1062 por Abu Becre ibne Omar, um caudilho berbere primo do rei almorávida Iúçufe ibne Taxufine. No os Almorávidas construíram muitas madraças (escolas islâmicas) e mesquitas na cidade que apresentavam influências da arquitetura do al-Andalus (Ibéria muçulmana). As muralhas avermelhadas da cidade, construídas por Ali ibne Iúçufe em 1122-1123 e vários edifícios construídos em pedra igualmente avermelhada durante este período estão na origem de uma das suas alcunhas — "cidade vermelha" ou "cidade ocre". Marraquexe desenvolveu-se rapidamente e tornou-se um centro cultural, religioso e comercial para o Magrebe e para a região subsariana de África. A praça Jemaa el-Fna ainda hoje é a mais movimentada e animada de África; em 2001 foi inscrita nas listas do Património Cultural Imaterial da Humanidade. Depois de um período de declínio, a cidade foi ultrapassada por Fez, mas no princípio do tornou-se novamente a capital de Marrocos. Marraquexe ganhou de nova a sua proeminência durante os reinado dos ricos sultões saadianos Abu Abdalá Alcaim e, que a embelezaram com sumptuosos palácios como o el Badi (1578) e restauraram muitos monumentos em ruínas. A partir do, a cidade tornou-se popular entre os peregrinos sufistas devido a nele se situarem os túmulos dos chamados Sete Santos de Marraquexe. À semelhança de muitas cidades marroquinas, Marraquexe tem uma parte antiga (ou almedina), correspondente à cidade primitiva, cercada de muralhas, fortificada, com ruas pejadas de lojas e vendedores de rua, rodeada por bairros modernos, nomeadamente Gueliz, o mais elegante deles, situado junto ao centro. A almedina de Marraquexe está classificada como Património Mundial desde 1985. A cidade é atualmente um importante centro económico e um destino turístico de fama mundial. Marraquexe tem também o maior maior soco (suq, mercado tradicional) berbere, com os 18 socos especializados que se concentram na almedina, onde se vendem e por vezes também se fabricam os mais variados produtos, que vão desde os tapetes tradicionais berberes até à eletrónica de consumo moderna. O artesanato ocupa uma parte significativa da população, e a sua produção destina-se principalmente aos turistas.

Novo!!: Maa el-Ainin e Marraquexe · Veja mais »

Marrocos

Marrocos (al-Maġrib; Amerruk / Murakuc; Maroc), oficialmente Reino de Marrocos (al-Mamlakah al-Maġribiyya; Tageldit n Umerruk; Royaume du Maroc) é um país soberano localizado na região do Magrebe, no norte da África.

Novo!!: Maa el-Ainin e Marrocos · Veja mais »

Mauritânia

A Mauritânia (موريتانيا; transl. Mūrītānyā; em berber: Muritanya ou Agawej; em uólofe: Gànnaar; em soninquês: Murutaane; em pulaar: Moritani; Mauritanie), oficialmente República Islâmica da Mauritânia (em árabe: الجمهورية الإسلامية الموريتانية, translit.: al-Jumhūriyyah al-ʾIslāmiyyah al-Mūrītāniyyah) é um país situado no noroeste da África.

Novo!!: Maa el-Ainin e Mauritânia · Veja mais »

Mádi

Mádi (lit.), de acordo com as versões xiitas e sunitas da escatologia islâmica, é o redentor profetizado do Islã, que permanecerá na Terra por sete, nove ou dezenove anos (de acordo com as diferentes interpretaçõesEncyclopedia of Islam and the Muslim World, Thompson Gale, (2004), p.421) antes da chegada do dia final, o Yawm al-Qiyamah (lit. "Dia da Ressurreição").

Novo!!: Maa el-Ainin e Mádi · Veja mais »

Meca

Meca (Makka; por inteiro: lit.) é uma cidade da Arábia Saudita considerada a mais sagrada no mundo para os muçulmanos, situada na província homônima.

Novo!!: Maa el-Ainin e Meca · Veja mais »

Mulei Abdal Hafiz

Mulei Abdal Hafiz (Moulay Abd al-Hafid), também chamado Abdal Hafide, Abdalafide ou Abdalafiz, foi um sultão marroquino.

Novo!!: Maa el-Ainin e Mulei Abdal Hafiz · Veja mais »

Mulei Abdalazize

Mulei Abdalazize (Fez, —) foi um sultão de Marrocos entre 1894 e 1908.

Novo!!: Maa el-Ainin e Mulei Abdalazize · Veja mais »

Oásis

Oásis de Huacachina, no Peru Em geografia, um oásis é uma área isolada de vegetação em um deserto, tipicamente vizinho a uma nascente de água doce.

Novo!!: Maa el-Ainin e Oásis · Veja mais »

Protetorado Francês em Marrocos

O Protetorado Francês em Marrocos (em francês Protectorat français au Maroc) foi estabelecido pelo Tratado de Fez na região que hoje compreende o moderno Marrocos.

Novo!!: Maa el-Ainin e Protetorado Francês em Marrocos · Veja mais »

Raide

Um raide é uma tática ou uma operação militar em território inimigo que tem um objetivo muito específico, o qual normalmente não passa pela conquista ou pela manutenção de terreno, mas pela conclusão da missão seguida da retirada rápida para uma posição já defendida antes que as forças inimigas tenham tempo de responder de uma forma coordenada ou de organizar um contra-ataque.

Novo!!: Maa el-Ainin e Raide · Veja mais »

Saara Ocidental

Saara Ocidental, Sara Ocidental, Sáara Ocidental ou Sahara Ocidental الصحراء الغربية; Sahara Occidental; Berbere: Taneẓroft Tutrimt) é um território na África Setentrional, limitado a norte por Marrocos, a leste pela Argélia, a leste e sul pela Mauritânia e a oeste pelo Oceano Atlântico, por onde faz fronteira marítima com a região autónoma espanhola das Canárias. A sua capital é El Aiune. O Saara Ocidental está na lista das Nações Unidas de territórios não autónomos desde a década de 1960. O controle do território é disputado pelo Reino de Marrocos e pelo movimento independentista Frente Polisário. Em 27 de fevereiro de 1976, este movimento proclamou a República Árabe Saaraui Democrática (RASD, Al-Jumhūrīyyah Al-`Arabīyyah Aṣ-Ṣaḥrāwīyyah Ad-Dīmuqrāṭīyyah), um governo no exílio. A RASD é reconhecida internacionalmente por 50 estados e mantém embaixadas em 16 deles, sendo membro da União Africana desde 1984, carecendo no entanto de representação na ONU. O primeiro estado que reconheceu a RASD foi Madagáscar em 28 de Fevereiro de 1976.

Novo!!: Maa el-Ainin e Saara Ocidental · Veja mais »

Saarauís

Denominam-se saarauís ou povo saarauí os habitantes autóctones (nativos) do Saara Ocidental.

Novo!!: Maa el-Ainin e Saarauís · Veja mais »

Smara

Smara, Semara ou Es-Semara é uma cidade do Saara Ocidental administrada de facto por Marrocos, que a considera parte do seu território.

Novo!!: Maa el-Ainin e Smara · Veja mais »

Sudão Francês

Sudão Francês (Soudan français, السودان الفرنسي) era um território colonial francês na Federação da África Ocidental Francesa por volta de 1880 até 1960, quando tornou-se o Estado independente do Mali.

Novo!!: Maa el-Ainin e Sudão Francês · Veja mais »

Sufismo

O sufismo é conhecida como a corrente mística e contemplativa do Islão.

Novo!!: Maa el-Ainin e Sufismo · Veja mais »

Tariqa

As turuq (singular: tariqa), do طريق ("caminho ascético"), são confrarias esotéricas islâmicas, da corrente contemplativa e mística do Islã.

Novo!!: Maa el-Ainin e Tariqa · Veja mais »

Tindouf

Tindouf (تندوف) é a principal comuna e a capital da província homônima, na Argélia.

Novo!!: Maa el-Ainin e Tindouf · Veja mais »

Tiznit

Tiznit (em tifinagh: ⵜⵉⵣⵏⵉⵜ) é uma cidade do sudoeste de Marrocos, situada 80 km a sul de Agadir e a 15 km da costa atlântica.

Novo!!: Maa el-Ainin e Tiznit · Veja mais »

Ualata

Ualata (Walatah; Oualata), também conhecida como Biru nas crônicas do, é uma pequena cidade-oásis no sul da Mauritânia, situada na extremidade oriental da bacia de.

Novo!!: Maa el-Ainin e Ualata · Veja mais »

Xaria

A xaria, xária, xariá (sharīʿah, "legislação"), também erroneamente grafado sharia, shariah, shari'a ou syariah, é o nome dado ao direito islâmico.

Novo!!: Maa el-Ainin e Xaria · Veja mais »

Xeque (título)

russo Alexandre Jacovleff. Xeique, xeque ou sheikh tit é um fórmula honorífica em língua árabe, com o significado de "líder" ou "governador".

Novo!!: Maa el-Ainin e Xeque (título) · Veja mais »

Redireciona aqui:

Ma El Aïnin, Ma al Aynayn, Ma al-'Aynayn, Ma al-Aynayn, Ma el Aynayn, Ma el Aïnin, Ma el-Ainin, Ma'a el Aïnine, Maa el Ainin, Maa-el-Ainin, Mel-Aynin.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »