Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Instalar
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Línguas germânicas ocidentais

Índice Línguas germânicas ocidentais

As línguas germânicas ocidentais constituem o maior dos três ramos em que tradicionalmente se divide a família linguística germânica, juntamente com as línguas germânicas orientais e setentrionais, e inclui idiomas como o inglês, o holandês e o africâner, o alemão, o frísio e o iídiche.

53 relações: Alemanha, Alemão alemânico, Alto-alemão, Anglo-saxões, África do Sul, Baixa Saxônia, Baixo saxão, Baixo-alemão, Consoante, Contacto linguístico, Continuum dialetal, Dialeto, Dinamarca, Epigrafia, Escandinávia, Europa Central, Família linguística, Fonologia, Formas nominais do verbo, Geminação, Germanos, Hermiões, Idade Média, Ilha, Inglaterra, Inglês médio, Inteligibilidade mútua, Jutlândia, Língua africâner, Língua alemã, Língua frâncica, Língua frísia, Língua iídiche, Língua inglesa, Língua luxemburguesa, Língua neerlandesa, Língua protogermânica, Línguas anglo-frísias, Línguas germânicas, Línguas germânicas orientais, Línguas nórdicas, Mar Báltico, Morfologia, Mostrativo, Namíbia, Rotacismo, Runa, Saxões, Século I a.C., Schleswig-Holstein, ..., Scots, Sintaxe, Umlaut. Expandir índice (3 mais) »

Alemanha

Alemanha (Deutschland), oficialmente República Federal da Alemanha (Bundesrepublik Deutschland, 10px ouça), é um país localizado na Europa Central. É limitado a norte pelo mar do Norte, Dinamarca e pelo mar Báltico, a leste pela Polônia e pela República Checa, a sul pela Áustria e pela Suíça e a oeste pela França, Luxemburgo, Bélgica e Países Baixos. O território da Alemanha abrange 357 021 quilômetros quadrados e é influenciado por um clima temperado sazonal. Com 82,2 milhões de habitantes em 31 de dezembro de 2015, o país tem a maior população da União Europeia e é também o lar da terceira maior população de migrantes internacionais em todo o mundo. A região chamada Germânia, habitada por vários povos germânicos, foi conhecida e documentada pelos romanos antes do ano 100. A partir do, os territórios alemães formaram a parte central do Sacro Império Romano-Germânico, que durou até 1806. Durante o, o norte da Alemanha tornou-se o centro da Reforma Protestante. Como um moderno Estado-nação, o país foi unificado pela primeira vez em consequência da Guerra Franco-Prussiana em 1871. Em 1949, após a Segunda Guerra Mundial, a Alemanha foi dividida em dois estados, a Alemanha Ocidental, oficialmente "República Federal da Alemanha", e a "Alemanha Oriental", oficialmente República Democrática Alemã, ao longo das linhas de ocupação aliadas. A Alemanha foi reunificada em 1990. A Alemanha Ocidental foi um dos membros fundadores da Comunidade Europeia (CE), em 1957, que posteriormente se tornou na União Europeia, em 1993. O país é parte do espaço Schengen e passou a adotar a moeda europeia, o euro, desde quando foi instituído, em 1999. A Alemanha é uma república parlamentar federal de dezesseis estados (em alemão Länder). A capital e maior cidade do país é Berlim, localizada no nordeste do território alemão. O país é membro das Nações Unidas, da OTAN, G8, G20, da OCDE e da OMC. É uma grande potência com a quarta maior economia do mundo por PIB nominal e a quinta maior em paridade do poder de compra. É o segundo maior exportador e o segundo maior importador de mercadorias. Em termos absolutos, a Alemanha atribui o segundo maior orçamento anual de ajudas ao desenvolvimento no mundo, enquanto está em sexto lugar em despesas militares. O país tem desenvolvido um alto padrão de vida e estabeleceu um sistema global de segurança social. A Alemanha ocupa uma posição-chave nos assuntos europeus e mantém uma série de parcerias estreitas em um nível global. O país também é reconhecido como líder científico e tecnológico em vários domínios.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Alemanha · Veja mais »

Alemão alemânico

Área de influência do alemânico Alemão alemânico ou apenas alemânico é um grupo de dialetos falados no sudoeste da Alemanha, no oeste da Áustria (Vorarlberg), na França (Alsácia), na Itália (no Alto Vale do Lis, no Vale de Aosta),em Liechtenstein e na Suíça.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Alemão alemânico · Veja mais »

Alto-alemão

O mapa mostra a divisão dos grandes grupos linguísticos da Alemanha. Pertencentes ao grupo do alto-alemão: alemão superior a verde, alemão central a azul. O grupo do baixo-alemão aparece a amarelo. As isoglossas de Benrath e Speyer dividem as regiões. O alto-alemão (em alemão Hochdeutsch, Hochdeutsche Sprache) é um dos grupos linguísticos da língua alemã (juntamente com o baixo-alemão).

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Alto-alemão · Veja mais »

Anglo-saxões

O elmo de Sutton Hoo é um elmo anglo-saxão decorado descoberto durante a escavação de 1939 no funeral do navio Sutton Hoo. Foi enterrado em torno de 625 e é amplamente acreditado ser o elmo do rei Redualdo da Ânglia Oriental, e sua decoração elaborada pode ter lhe dado uma função secundária semelhante a uma coroa. Os anglo-saxões foram um povo que habitou a Grã-Bretanha a partir do.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Anglo-saxões · Veja mais »

África do Sul

África do Sul, oficialmente República da África do Sul, é um país localizado no extremo sul da África, entre os oceanos Atlântico e Índico, com quilômetros de litoral.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e África do Sul · Veja mais »

Baixa Saxônia

A Baixa SaxôniaPB, Baixa SaxóniaPE ou Baixo Saxe (em alemão: Niedersachsen) é um dos 16 Estados federados (Bundesländer) da Alemanha.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Baixa Saxônia · Veja mais »

Baixo saxão

O baixo saxão (também conhecido como baixo alemão ocidental, conhecido pelos próprios falantes como Plattdeutsch ou Nedersaksisch) é um grupo de dialetos do baixo alemão falados nos estados do noroeste da Alemanha (Baixa Saxônia, Renânia do Norte-Vestfália, Breme, Hamburgo, Schleswig-Holstein e Saxônia-Anhalt), no nordeste dos Países Baixos e por uma minoria no extremo sul da Dinamarca.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Baixo saxão · Veja mais »

Baixo-alemão

O baixo-alemão (Niederdeutsch, Plattdeutsch ou Plattdüütsch, em alemão e Nederduits em neerlandês) é o conjunto das línguas (hoje em boa parte consideradas dialetos) que pertencem à área dialetal das línguas germânicas ocidentais faladas no norte da Alemanha e no leste dos Países Baixos.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Baixo-alemão · Veja mais »

Consoante

Em fonética, consoante é qualquer fonema caracterizado por alguma obstrução ou constrição em um ou mais pontos do tracto vocal.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Consoante · Veja mais »

Contacto linguístico

O linguístico ocorre quando diferentes línguas interagem.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Contacto linguístico · Veja mais »

Continuum dialetal

Continuum, também chamado de contínuo dialetal, é o termo utilizado na linguística para denominar o conjunto de dialetos falados ao longo de uma área geográfica extensa, que apresentam apenas diferenças ligeiras nas zonas geograficamente próximas, e que perdem gradualmente a inteligibilidade mútua à medida que as distâncias se tornam maiores, chegando mesmo a desaparecer esta inteligibilidade.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Continuum dialetal · Veja mais »

Dialeto

Um (do grego διάλεκτος, translit. diálektos: 'conversa, conversação, discussão por perguntas e respostas; maneira de falar, linguagem própria de um país) é a forma como uma língua é realizada numa região específica.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Dialeto · Veja mais »

Dinamarca

Dinamarca (em dinamarquês: Danmark), oficialmente Reino da Dinamarca, é um país nórdico da Europa setentrional e membro sênior do Reino da Dinamarca.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Dinamarca · Veja mais »

Epigrafia

Epigrafia (do grego επιγραφή; transl. epi-graphē "sobre-escrita", lit. "inscrição") é uma ciência auxiliar da história, na qual se estudam as inscrições antigas, ou "epígrafes", gravadas em matérias sólidas (tais como a madeira, rocha, ossos, metal), visando obter a decifração, interpretação e classificação das inscrições.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Epigrafia · Veja mais »

Escandinávia

A Escandinávia e os países escandinavos A Escandinávia é uma região geográfica e histórica da Europa Setentrional e que abrange, no sentido mais estrito, a Dinamarca, a Suécia e a Noruega.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Escandinávia · Veja mais »

Europa Central

A Europa central é o conjunto dos países da Europa com a maior parte do seu território ligado às cordilheiras dos Alpes, incluindo as suas extensões para os Bálcãs e os Cárpatos.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Europa Central · Veja mais »

Família linguística

Uma família linguística é um grupo de línguas rigorosamente identificado e é uma unidade filogenética, isto é, todos os seus membros derivam de um ancestral comum.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Família linguística · Veja mais »

Fonologia

Fonologia (do Grego phonos.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Fonologia · Veja mais »

Formas nominais do verbo

As formas nominais do verbo ou verbos não-finitos são o gerúndio, infinitivo e particípio.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Formas nominais do verbo · Veja mais »

Geminação

As consoantes geminadas, contrastando com as consoantes simples, são normalmente encontradas entre vogais, São consideradas como dois segmentos iguais situados em sílabas diferentes, que, entretanto, compartilham o mesmo conjunto de traços fonológicos, como podemos observar no exemplo com a palavra pappa (“mingau”), do italiano: Conforme podemos ver acima, a primeira parte da consoante geminada ocupa a coda de uma sílaba, enquanto a segunda parte ocupa o ataque da sílaba seguinte.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Geminação · Veja mais »

Germanos

O ''Hermannsdenkmal'' na Alemanha é um monumento dedicado ao líder germânico Armínio, que derrotou três legiões romanas na Batalha da Floresta de Teutoburgo. Povos germânicos ou germanos são um grupo etnolinguístico indo-europeu originário do norte da Europa e identificado pelo uso das línguas indo-europeias germânicas que se diversificaram do proto-germânico durante a Idade do Ferro pré-românica.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Germanos · Veja mais »

Hermiões

Distribuição dos grupos germânicos principais por volta do ano 1 Os hermiões (Hermiones) foram um grupo inicial de tribos germânicas que se estabeleceram na bacia do rio Elba e que se expandiram no até a Baviera, Suábia e Boêmia.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Hermiões · Veja mais »

Idade Média

p.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Idade Média · Veja mais »

Ilha

Uma ilha, por definição, é um prolongamento do relevo, estando numa depressão absoluta preenchida por água em toda sua volta.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Ilha · Veja mais »

Inglaterra

Inglaterra (England) é uma das nações constituintes do Reino Unido.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Inglaterra · Veja mais »

Inglês médio

Inglês Médio é o nome dado pela linguística histórica para as diversas formas da língua inglesa faladas entre a Conquista normanda da Inglaterra em 1066 e finais do século XV, quando a Chancery Standard, uma forma de inglês baseado no sotaque londrino, começou a generalizar-se, um processo auxiliado pela introdução da imprensa na Inglaterra por William Caxton na década de 1470, e um pouco mais tarde por Richard Pynson.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Inglês médio · Veja mais »

Inteligibilidade mútua

Em linguística, a inteligibilidade mútua ou intercompreensão é a relação entre os idiomas em que os falantes de línguas diferentes, mas relacionadas, podem compreender uns aos outros de forma relativamente fácil, sem estudos intencionais ou esforços extraordinários, como ocorre entre os falantes do português e do espanhol.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Inteligibilidade mútua · Veja mais »

Jutlândia

A Jutlândia (em dinamarquês Jylland e em alemão Jütland) é uma península da Dinamarca e o extremo norte da Alemanha.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Jutlândia · Veja mais »

Língua africâner

Africanse, africâner ou afrikaans é uma língua do ramo germânico do grupo indo-europeu falada na África do Sul e na Namíbia.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Língua africâner · Veja mais »

Língua alemã

Alemão (Deutsch) é uma língua germânica ocidental que é falada principalmente na Europa Central.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Língua alemã · Veja mais »

Língua frâncica

O frâncico era a língua dos Francos, antigo povo germânico que habitava uma região no oeste do Reno e governava grande parte da Europa Ocidental desde o século V. A partir do o século VIII variantes do alto-alemão antigo foram mais forte na parte oriental do reino franco, e o francês antigo na parte ocidental, as duas linguas muito influenciadas pelo frâncico.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Língua frâncica · Veja mais »

Língua frísia

A língua frísia é uma língua da família germânica pertencente ao grupo anglo-frísio.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Língua frísia · Veja mais »

Língua iídiche

O iídiche ou ídiche (ייִדיש, transl.yídish ou אידיש, transl. ídish, do alemão jüdisch, "judeu", "judaico") é uma língua da família indo-europeia, pertencente ao subgrupo germânico, tendo sido adotada por judeus, particularmente na Europa Central e na Europa Oriental, no segundo milênio, que a escrevem utilizando os caracteres hebraicos.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Língua iídiche · Veja mais »

Língua inglesa

Inglês (English) é uma língua germânica ocidental que surgiu nos reinos anglo-saxônicos da Inglaterra e se espalhou para o que viria a tornar-se o sudeste da Escócia, sob a influência do reino anglo medieval da Nortúmbria.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Língua inglesa · Veja mais »

Língua luxemburguesa

Distribuição do luxemburguês O luxemburguês (Lëtzebuergesch) é uma língua germânica falada no Luxemburgo e nas regiões de fronteira deste país com a Bélgica, a Alemanha, França e nos Países Baixos.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Língua luxemburguesa · Veja mais »

Língua neerlandesa

A língua neerlandesa (de Nederlandse taal) ou o neerlandês, conhecida também como língua holandesa ou holandês, é uma língua indo-europeia do ramo ocidental da família germânica.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Língua neerlandesa · Veja mais »

Língua protogermânica

Protogermânico, ou germânico comum, como é às vezes denominado, é a proto-língua ancestral comum hipotética de todas as línguas germânicas tais como o moderno inglês, holandês, alemão, dinamarquês, norueguês, islandês, feroês e sueco.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Língua protogermânica · Veja mais »

Línguas anglo-frísias

As línguas anglo-frísias, por vezes chamadas de línguas germânicas insulares, são um grupo de idiomas germânicos ocidentais ingevônicas, que consistem do inglês antigo, do frísio antigo e de seus descendentes.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Línguas anglo-frísias · Veja mais »

Línguas germânicas

As línguas germânicas são um ramo da família indo-europeia.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Línguas germânicas · Veja mais »

Línguas germânicas orientais

As línguas germânicas orientais era uma subfamília da família das línguas germânicas.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Línguas germânicas orientais · Veja mais »

Línguas nórdicas

As línguas nórdicas, também chamadas de línguas germânicas setentrionais, são as línguas germânicas faladas na Escandinávia, em partes da Finlândia e na maioria das ilhas próximas à Escandinávia - atualmente o dinamarquês, o sueco, o norueguês, o feroês e o islandês.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Línguas nórdicas · Veja mais »

Mar Báltico

O mar Báltico, entre a península Escandinava e a costa da Polónia, Estónia, Letónia, Lituânia, Rússia e Finlândia O mar Báltico situa-se no norte da Europa, sendo circundado pela península Escandinava, a Europa continental, e as ilhas dinamarquesas.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Mar Báltico · Veja mais »

Morfologia

;Linguística.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Morfologia · Veja mais »

Mostrativo

Em linguística e gramática, os mostrativos ou demonstrativos são palavras que indicam ou especificam, de forma dêitica ou anafórica, a que entidades o falante se refere em seu discurso.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Mostrativo · Veja mais »

Namíbia

Namíbia, oficialmente República da Namíbia (em inglês: Republic of Namibia), é um país da África Austral limitado a norte por Angola e Zâmbia, a leste pelo Botswana, a sul pela África do Sul e a oeste pelo Oceano Atlântico.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Namíbia · Veja mais »

Rotacismo

Rotacismo é uma dislalia fonética que consiste na troca do som (fala) do por outro som, vice-versa.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Rotacismo · Veja mais »

Runa

Runa foi uma freguesia portuguesa do concelho de Torres Vedras, com 6,65 km² de área e 977 habitantes (2016).

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Runa · Veja mais »

Saxões

Os saxões (Saxones, Seaxe, em saxão antigo: Sahson, Sachsen) foram uma confederação de tribos germânicas nas planícies do norte da Alemanha, alguns dos quais migraram para a Grã Bretanha durante a Idade Média e se fundiram com os anglos, formando os anglo-saxões, que formariam o primeiro Reino da Inglaterra.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Saxões · Veja mais »

Século I a.C.

Milénios: segundo milénio a.C. - primeiro milénio a.C. - primeiro milénio d.C. Século II a.C. - Século I a.C. - Século I.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Século I a.C. · Veja mais »

Schleswig-Holstein

Schleswig-Holstein ou Eslésvico-Holsácia é um dos 16 estados federais (Länder) da Alemanha, o mais setentrional do país.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Schleswig-Holstein · Veja mais »

Scots

Scots é uma variedade linguística germânica falada em Terras Baixas (Escócia) e em partes de Ulster (Irlanda).

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Scots · Veja mais »

Sintaxe

Sintaxe (pronúncia no) (do grego clássico σύνταξις "estrutura", de σύν, transl. syn, "mais", e τάξις, transl. táxis, "classe") é o estudo das regras que regem a construção de frases nas línguas naturais.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Sintaxe · Veja mais »

Umlaut

Ä äÖ öÜ ü O Umlaut é o termo alemão para metafonia.

Novo!!: Línguas germânicas ocidentais e Umlaut · Veja mais »

Redireciona aqui:

Língua germânica ocidental.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »