Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Faça o download
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Língua minoritária

Índice Língua minoritária

Idiomas minoritários muitas vezes são línguas faladas por uma minoria étnica de uma certa região, mas nem sempre.

18 relações: Baixo-alemão, Brasil, Ciganos, Dialeto caipira, Espírito Santo (estado), Hunsriqueano riograndense, Língua caingangue, Língua do P, Língua iorubá, Língua mirandesa, Língua pomerana, Luteranismo, Macro-jê, Portugal, Portunhol, Povo, Rondônia, Suruí.

Baixo-alemão

O baixo-alemão (Niederdeutsch, Plattdeutsch ou Plattdüütsch, em alemão e Nederduits em neerlandês) é o conjunto das línguas (hoje em boa parte consideradas dialetos) que pertencem à área dialetal das línguas germânicas ocidentais faladas no norte da Alemanha e no leste dos Países Baixos.

Novo!!: Língua minoritária e Baixo-alemão · Veja mais »

Brasil

Brasil (pronuncia-se localmente A vocalização do no fim das sílabas geralmente só não acontece em dialetos influenciados pelos vizinhos falantes da língua castelhana, como na pampa rio-grandense – –, entretanto, em dialetos conservadores do interior do planalto, comumente referidos por caipira, o novo semivogal é um rótico retroflexo, fone herdado de línguas indígenas macro-jê, e não lábio-velar, daí, hoje muito menos comum por pressão sociolinguística da variedade de prestígio. Em todas, assume-se uma prosódia de conversa cotidiana. Em uma prosódia mais clara e formal, como a midiática, geralmente usa-se. Esta mudança de pronúncia da vogal átona pré-tônica não ocorre nas variedades de outros países falantes da língua portuguesa, que conservam a redução de para, para e para considerada mais coloquial no Brasil.), oficialmente República Federativa do Brasil, é o maior país da América do Sul e da região da América Latina, sendo o quinto maior do mundo em área territorial (equivalente a 47% do território sul-americano) e sexto em população (com mais de 200 milhões de habitantes).

Novo!!: Língua minoritária e Brasil · Veja mais »

Ciganos

Ciganos é um exônimo para roma (em singular: rom, termo que, traduzido para o português, significa "homem") e designa um conjunto de populações nômades que têm, em comum, a origem indiana e uma língua (o romani) originária do noroeste do subcontinente indiano.

Novo!!: Língua minoritária e Ciganos · Veja mais »

Dialeto caipira

O dialeto caipira é um dialeto da língua portuguesa falado no interior do estado de São Paulo, leste e sul do Mato Grosso do Sul, sul de Minas Gerais, sul de Goiás e norte do Paraná e zonas rurais do sul do Rio de Janeiro, no Brasil.

Novo!!: Língua minoritária e Dialeto caipira · Veja mais »

Espírito Santo (estado)

O Espírito Santo é uma das 27 unidades federativas do Brasil.

Novo!!: Língua minoritária e Espírito Santo (estado) · Veja mais »

Hunsriqueano riograndense

O hunsriqueano riograndense (riograndenser Hunsrückisch) é um dialeto germânico, derivado do hunsriqueano, falado no estado do Rio Grande do Sul no Brasil.

Novo!!: Língua minoritária e Hunsriqueano riograndense · Veja mais »

Língua caingangue

''Mĩg'' (onça) ''Goj'' (água). Lê-se "ngoi". ''Kempo'' (pulga) ''Sãsã'' (cascavel). Lê-se "xãxã". A língua caingangue (pronunciada caingáng), também chamada jê e kaigang, é uma língua indígena falada nos estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, no Brasil.

Novo!!: Língua minoritária e Língua caingangue · Veja mais »

Língua do P

A Língua do P (designações comuns no Brasil) ou Língua dos Pês (designação mais comum em Portugal) (Paa pinlin puagua podo pePe ou linpingupuapa dopo Pêpê na Língua do P), é uma cifra fonética, geralmente utilizada por crianças, de substituição simples que consiste em se introduzir a consoante P seguida pela vogal precedente (e algumas consoantes - como o m, n, r, s, etc) de cada um dos fonemas da frase.

Novo!!: Língua minoritária e Língua do P · Veja mais »

Língua iorubá

Iorubá ou ioruba (Èdè Yorùbá), por vezes referida como yorubá ou yoruba é um idioma da família linguística nígero-congolesa falado secularmente pelos iorubás em diversos países ao sul do Saara, principalmente na Nigéria e por minorias em Benim, Togo e Serra Leoa.

Novo!!: Língua minoritária e Língua iorubá · Veja mais »

Língua mirandesa

Placa de informação, na Sé de Miranda, com o texto em mirandês Placa de identificação de arruamento, em Genísio, com o nome da rua em mirandês e em português A língua mirandesa (lhéngua mirandesa, mirandés) é o nome oficial que recebe o asturo-leonês em território português.

Novo!!: Língua minoritária e Língua mirandesa · Veja mais »

Língua pomerana

O pomerano (Pommersch, Pommerschplatt ou Pommeranisch) é uma variedade do baixo-alemão falada pelos pomeranos e descendentes em várias regiões do Brasil, especialmente nos estados meridionais e no estado do Espírito Santo.

Novo!!: Língua minoritária e Língua pomerana · Veja mais »

Luteranismo

O luteranismo é uma das principais denominações do protestantismo que tem por base a teologia de Martinho Lutero, um frade católico, reformador e teólogo alemão.

Novo!!: Língua minoritária e Luteranismo · Veja mais »

Macro-jê

Línguas jês propriamente ditas (amarelo-claro) e outras línguas macro-jês (amarelo escuro) na atualidade. A área sombreada indica aproximadamente a provável área de extensão no passado. O tronco macro-jê é um tronco linguístico cuja constituição ainda permanece consideravelmente hipotética.

Novo!!: Língua minoritária e Macro-jê · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense,  estabelecido no século XI por Vímara Peres, um vassalo do rei das Astúrias. O condado tornou-se parte do Reino de León em 1097, e os condes de Portugal estabeleceram-se como governantes independentes do reino no século XII, após a batalha de São Mamede. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: Língua minoritária e Portugal · Veja mais »

Portunhol

Portunhol, também conhecido como Portinhol, é uma palavra-valise que designa a interlíngua (ou língua de confluência) originada a partir da mistura de palavras da língua portuguesa e da espanhola.

Novo!!: Língua minoritária e Portunhol · Veja mais »

Povo

Povo é, usualmente, concebido como um conjunto de indivíduos que, num dado momento histórico, constitui uma nação.

Novo!!: Língua minoritária e Povo · Veja mais »

Rondônia

Rondônia é uma das 27 unidades federativas do Brasil.

Novo!!: Língua minoritária e Rondônia · Veja mais »

Suruí

Suruí pode se referir a.

Novo!!: Língua minoritária e Suruí · Veja mais »

Redireciona aqui:

Idiomas minoritários, Línguas minoritárias.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »