Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Língua grega antiga

Índice Língua grega antiga

A língua grega antiga ou clássica (ἡ Ἑλληνικὴ γλῶσσα, hē Hellēnikḕ glō̃ssa, em grego antigo) é uma língua indo-europeia extinta, falada na Grécia durante a Antiguidade e que evoluiu para o grego moderno.

68 relações: Alfabeto fenício, Alfabeto grego, Anatólia, Antigos macedônios, Aqueus, Argila, Atenas, Ática, Caso acusativo, Caso dativo, Caso genitivo, Caso nominativo, Cnossos, Corfu, Creta, Demóstenes, Dialeto, Egito, Elêusis, Epiro, Esparta, Eurípides, Família linguística, Grécia, Grego ático, Grego jônico, Grego medieval, Grego moderno, Halicarnasso, Heleno, Homero, Idade Antiga, Idade do Bronze, Ilíada, Ilha, Império Bizantino, Indígenas, ISO 639, Itália, Koiné, Língua grega, Língua grega antiga, Língua macedônia antiga, Línguas indo-europeias, Lesbos, Linear A, Linear B, Macedónia Antiga, Mar Adriático, Mar Mediterrâneo, ..., Médio Oriente, Micenas, Odisseia, Pelasgos, Peloponeso, Península, Período helenístico, Pilos, Platão, Poesia, Safo, Século XI a.C., Segundo milénio a.C., Sicília, Tebas (Grécia), Tessália, Toponímia, Tucídides. Expandir índice (18 mais) »

Alfabeto fenício

O alfabeto fenício foi o alfabeto usado pelos fenícios, com seu desenvolvimento por volta de 1200 a.C..

Novo!!: Língua grega antiga e Alfabeto fenício · Veja mais »

Alfabeto grego

O alfabeto utilizado para escrever a língua grega teve o seu desenvolvimento por volta do século IX a.C., utilizando-se até aos nossos dias, tanto no grego moderno como também na matemática, física, astronomia etc.

Novo!!: Língua grega antiga e Alfabeto grego · Veja mais »

Anatólia

asiática da Turquia Anatólia (do grego antigo Ἀνατολή, Anatolḗ — "leste" ou "erguer/nascer do sol"), ou península anatoliana, também conhecida como Ásia Menor ("pequena Ásia"), denota a protrusão ocidental da Ásia, que compõe a maior parte da República da Turquia.

Novo!!: Língua grega antiga e Anatólia · Veja mais »

Antigos macedônios

Os antigos eram um grupo étnico grego que vivia na Macedónia Antiga e das regiões adjacentes.

Novo!!: Língua grega antiga e Antigos macedônios · Veja mais »

Aqueus

Os aqueus, chamados de dânaos por Homero, foram os primeiros gregos a chegarem a ocupar parte do mar Mediterrâneo.

Novo!!: Língua grega antiga e Aqueus · Veja mais »

Argila

O termo argila corresponde aos minerais que apresentam tamanho inferior a 2 µm em uma rocha.

Novo!!: Língua grega antiga e Argila · Veja mais »

Atenas

Atenas (em grego antigo: Ἀθῆναι, transl.: Athēnai) é a capital e a maior cidade da Grécia.

Novo!!: Língua grega antiga e Atenas · Veja mais »

Ática

Ática (Attikḗ ou) é uma região administrativa e histórica que engloba a cidade de Atenas, capital da Grécia.

Novo!!: Língua grega antiga e Ática · Veja mais »

Caso acusativo

O caso acusativo ou quarto caso de um nome é o caso gramatical usado para marcar o objeto direto de um verbo transitivo.

Novo!!: Língua grega antiga e Caso acusativo · Veja mais »

Caso dativo

O caso dativo é um caso gramatical geralmente usado para indicar o nome dado a algo.

Novo!!: Língua grega antiga e Caso dativo · Veja mais »

Caso genitivo

O caso genitivo é um caso gramatical que indica uma relação, principalmente de posse, entre o nome no caso genitivo e outro nome.

Novo!!: Língua grega antiga e Caso genitivo · Veja mais »

Caso nominativo

O caso nominativo, caso reto ou primeiro caso é um caso gramatical equivalente ao sujeito e ao predicativo do sujeito.

Novo!!: Língua grega antiga e Caso nominativo · Veja mais »

Cnossos

minoico de Cnossos. Este é o Bastião A da Entrada Norte, conhecido pelo Afresco do Touro. relevo em gesso situado no fim do Corredor das Procissões, restaurado por Gilliéron e tido por Arthur Evans como um rei-sacerdote, vestindo uma coroa com penas de pavão e um colar com lírios, conduzindo um animal desconhecido para o sacrifício. Cnossos (Knossós) é o maior sítio arqueológico da Idade do Bronze da ilha grega de Creta, provável centro cerimonial e político-cultural da Civilização Minoica.

Novo!!: Língua grega antiga e Cnossos · Veja mais »

Corfu

Corfu ou Córcira é uma ilha grega do mar Jônico situada na costa da Albânia, de que é separada por estreitos variando em comprimento de 3 a 23 km, incluindo um perto de Butrint e outro perto de Tesprócia.

Novo!!: Língua grega antiga e Corfu · Veja mais »

Creta

Creta (Kríti) é a maior e mais populosa ilha da Grécia.

Novo!!: Língua grega antiga e Creta · Veja mais »

Demóstenes

Demóstenes (em grego, Δημοσθένης, Dēmosthénēs; 384 a.C. — 322 a.C.) foi um preeminente orador e político grego de Atenas.

Novo!!: Língua grega antiga e Demóstenes · Veja mais »

Dialeto

Um (do grego διάλεκτος, translit. diálektos: 'conversa, conversação, discussão por perguntas e respostas; maneira de falar, linguagem própria de um país) é a forma como uma língua é realizada numa região específica.

Novo!!: Língua grega antiga e Dialeto · Veja mais »

Egito

O (em egípcio antigo: Kemet; em copta, translit.: Kīmi; مصر, translit.: ‎Miṣr,,; em árabe egípcio: مَصر, translit.: Maṣr), oficialmente República Árabe do Egito (em árabe: جمهورية مصر العربية, transl. Jumhūriyyat Miṣr al-ʿArabiyyah,, acessado em 07 de fevereiro de 2011 em árabe egípcio: Gomhoreyyet Maṣr el-ʿArabeyya) é um país do nordeste da África, numa região predominantemente desértica, que inclui também a península do Sinai, na Ásia, o que o torna um Estado transcontinental.

Novo!!: Língua grega antiga e Egito · Veja mais »

Elêusis

Eleusina (em grego Ελευσίνα, transl. Elefsína; em grego antigo: Ἐλευσίς, Eleusis) é uma cidade e concelho na região da Ática Ocidental, na Grécia.

Novo!!: Língua grega antiga e Elêusis · Veja mais »

Epiro

O Epiro (Ήπειρος, em albanês Çamëria) é uma das 13 regiões modernas da Grécia, localizada no sudoeste da península balcânica.

Novo!!: Língua grega antiga e Epiro · Veja mais »

Esparta

Esparta (em grego dórico: Σπάρτα, Spártā; em grego ático: Σπάρτη, Spártē) ou (Λακεδαίμων, Lakedaímōn) foi uma proeminente pólis (cidade-Estado) da Grécia Antiga, situada nas margens do rio Eurotas, na Lacônia, sudeste do Peloponeso. Ela surgiu como uma entidade política em torno do século X a.C., quando os invasores dórios subjugaram a população local. Por volta de 650 a.C., a cidade passou a se tornar o poder terrestre militar dominante na Grécia Antiga. Dada a sua preeminência militarista, Esparta era reconhecida como a líder de todas as forças gregas combinadas durante as Guerras Greco-Persas. Entre 431 e 404 a.C., a cidade foi o principal inimigo de Atenas durante a Guerra do Peloponeso, conflito do qual Esparta saiu vitoriosa junto com sua Liga do Peloponeso, embora por um grande custo. A derrota de Esparta por Tebas na Batalha de Leuctra em 371 a.C. acabou com o papel proeminente de Esparta na região e iniciou o período da hegemonia tebana. No entanto, ela manteve a sua independência política até a conquista romana da Grécia em 146 a.C. Em seguida, a cidade passou por um longo período de declínio, especialmente durante a Idade Média, quando muitos espartanos mudaram-se para viver em Mistras. A Esparta Moderna é a capital da unidade regional da Lacônia, na Grécia contemporânea, e um centro para produtos como frutas cítricas e azeitonas. A cidade era única na Grécia Antiga por conta de seu sistema social e constituição, que eram completamente focados no treinamento militar de excelência. Seus habitantes eram classificados como esparciatas (cidadãos espartanos, que gozavam de plenos direitos), periecos (libertos) e hilotas (servos estatais, população local não espartana escravizada). Os esparciatas realizavam o agōgē, um rigoroso regime de treinamento e educação, sendo que as falanges espartanas eram amplamente consideradas entre as melhores no campo de batalha. As mulheres espartanas tinham consideravelmente mais direitos e igualdade em relação aos homens do que em outras partes do mundo clássico. Esparta foi objeto de fascínio em sua própria época, assim como no Ocidente após o Renascimento da cultura clássica. Este amor ou admiração de Esparta é conhecido como laconismo ou laconofilia. No seu auge, por volta de 500 a.C., o tamanho da cidade teria sido de cerca de 20 mil a 35 mil habitantes livres, além dos inúmeros periecos e hilotas. Com entre 40 mil e 50 mil habitantes, seria uma das maiores cidades-Estado gregas; no entanto, de acordo com Tucídides, a população de Atenas em 431 a.C. era de 360 a 610 mil habitantes, o que torna improvável que Atenas fosse menor do que Esparta durante o século 5 a.C.

Novo!!: Língua grega antiga e Esparta · Veja mais »

Eurípides

Eurípides (também grafado Eurípedes; do grego antigo: Εὐριπίδης) (Salamina, ca. 480 a.C. — Pela, Macedônia, 406 a.C.) foi um poeta trágico grego, do século V a.C., o mais jovem dos três grandes expoentes da tragédia grega clássica, que ressaltou em suas obras as agitações da alma humana e em especial a feminina.

Novo!!: Língua grega antiga e Eurípides · Veja mais »

Família linguística

Uma família linguística é um grupo de línguas rigorosamente identificado e é uma unidade filogenética, isto é, todos os seus membros derivam de um ancestral comum.

Novo!!: Língua grega antiga e Família linguística · Veja mais »

Grécia

Grécia (Elláda), oficialmente República (Ellīnikī́ Dīmokratía) e conhecida desde a antiguidade como Hélade (Hellás), é um país localizado no sul da Europa.

Novo!!: Língua grega antiga e Grécia · Veja mais »

Grego ático

Grego ático é o dialeto de prestígio do grego antigo que era falado na Ática, região onde se localiza Atenas.

Novo!!: Língua grega antiga e Grego ático · Veja mais »

Grego jônico

O (também conhecido como jônio/jónio), foi um dialeto do grego antigo.

Novo!!: Língua grega antiga e Grego jônico · Veja mais »

Grego medieval

O grego medieval (Μεσαιωνική Ελληνική) é um termo linguístico que descreve o terceiro período na evolução histórica do idioma grego.

Novo!!: Língua grega antiga e Grego medieval · Veja mais »

Grego moderno

Grego moderno (Νέα Ελληνικά ou Νεοελληνική, historicamente também conhecido por Ρωμαίικα (Romaico) refere-se ao quinto estado de evolução da Língua Grega, isto é, às variedades do Grego falado no presente. Hoje, o Grego é falado, aproximadamente, por 17 milhões de pessoas, principalmente na Grécia e no Chipre, mas também por comunidades minoritárias ou imigrantes, em muitos outros países. O início do período da língua grega conhecida por "Grego Moderno" é simbolicamente atribuído à queda do Império Bizantino em 1453, embora rigorosamente se deva atribuir a sua génese ao Século XI. Desde então, a língua permaneceu numa situação de diglossia, com dialectos regionais falados, que existiam conjuntamente com as formas arcaicas escritas. Notavelmente, esta situação durou até ao Século XX com uma versão reconstruída do grego antigo denominada Katharevousa. Actualmente, o Grego Moderno Padrão, uma forma padronizada de Demótico, é a língua oficial, tanto da Grécia como de Chipre.

Novo!!: Língua grega antiga e Grego moderno · Veja mais »

Halicarnasso

Halicarnasso (do grego antigo: Ἀλικαρνᾱσσός, Halikarnassos, latim Halicarnassus) (atual Bodrum) foi uma antiga cidade situada na costa sudoeste da Anatólia, no golfo de Cós.

Novo!!: Língua grega antiga e Halicarnasso · Veja mais »

Heleno

Na mitologia grega, Heleno foi filho do rei Príamo e da rainha Hécuba, de Troia.

Novo!!: Língua grega antiga e Heleno · Veja mais »

Homero

Homero (Ὅμηρος, transl. Hómēros) foi um poeta épico da Grécia Antiga, ao qual tradicionalmente se atribui a autoria dos poemas épicos Ilíada e Odisseia.

Novo!!: Língua grega antiga e Homero · Veja mais »

Idade Antiga

Idade Antiga ou Antiguidade, na periodização das épocas históricas da humanidade, é o período que se estende desde a invenção da escrita (de a) até a queda do Império Romano do Ocidente.

Novo!!: Língua grega antiga e Idade Antiga · Veja mais »

Idade do Bronze

Difusão da metalurgia na Europa e Anatólia. As regiões mais escuras são mais antigas Imagem de Bronze A Idade do Bronze é um período da civilização no qual ocorreu o desenvolvimento desta liga metálica, resultante da mistura de cobre com estanho.

Novo!!: Língua grega antiga e Idade do Bronze · Veja mais »

Ilíada

A Ilíada (em grego antigo: Ἰλιάς) é um dos dois principais poemas épicos da Grécia Antiga, de autoria atribuída ao poeta Homero, que narra os acontecimentos decorridos no período de 50 dias durante o décimo e último ano da Guerra de Troia, conflito empreendido para a conquista de Ílion ou Troia, cuja gênese radica na ira (μῆνις, mênis) de Aquiles.

Novo!!: Língua grega antiga e Ilíada · Veja mais »

Ilha

Uma ilha, por definição, é um prolongamento do relevo, estando numa depressão absoluta preenchida por água em toda sua volta.

Novo!!: Língua grega antiga e Ilha · Veja mais »

Império Bizantino

O Império Bizantino foi a continuação do Império Romano na Antiguidade Tardia e Idade Média.

Novo!!: Língua grega antiga e Império Bizantino · Veja mais »

Indígenas

Índia Tobá (Brasil) fotografada por Marc Ferrez, 1876. São designados como povos aborígenes, autóctones, nativos, ou indígenas aqueles que viviam numa área geográfica antes da sua colonização por outro povo ou que, após a colonização, não se identificam com o povo que os coloniza.

Novo!!: Língua grega antiga e Indígenas · Veja mais »

ISO 639

ISO 639 é uma norma técnica da ISO que instituiu códigos para os nomes de línguas diversas.

Novo!!: Língua grega antiga e ISO 639 · Veja mais »

Itália

Itália (Italia), oficialmente República Italiana nome, é uma república parlamentar unitária localizada no centro-sul da Europa.

Novo!!: Língua grega antiga e Itália · Veja mais »

Koiné

O grego helenístico ou koiné (no grego moderno Ελληνιστική Κοινή, literalmente "koiné helenístico", ou Κοινή Ελληνική,, "koiné grego", também conhecido como ἡ κοινὴ διάλεκτος,, "o dialeto comum") é a forma popular do grego que emergiu na pós-Antiguidade clássica (c.300 a.C – AD 300).

Novo!!: Língua grega antiga e Koiné · Veja mais »

Língua grega

A língua grega (ελληνικά, ou ελληνική γλώσσα, AFI:, lit. "língua helênica") é um ramo independente da família linguística indo-europeia.

Novo!!: Língua grega antiga e Língua grega · Veja mais »

Língua grega antiga

A língua grega antiga ou clássica (ἡ Ἑλληνικὴ γλῶσσα, hē Hellēnikḕ glō̃ssa, em grego antigo) é uma língua indo-europeia extinta, falada na Grécia durante a Antiguidade e que evoluiu para o grego moderno.

Novo!!: Língua grega antiga e Língua grega antiga · Veja mais »

Língua macedônia antiga

O antigo era a língua indo-europeia falada pelos antigos macedônios, povo que habitou a região histórica da Macedônia durante o primeiro milênio a.C..

Novo!!: Língua grega antiga e Língua macedônia antiga · Veja mais »

Línguas indo-europeias

Países com minoria de falantes de línguas indoeuropeias sem estatuto oficial O indo-europeu é uma família (ou filo) composta por diversas centenas de línguas e dialetos, que inclui as principais línguas da Europa, Irã e do norte da Índia, além dos idiomas predominantes historicamente na Anatólia e na Ásia Central.

Novo!!: Língua grega antiga e Línguas indo-europeias · Veja mais »

Lesbos

Lesbos (Lésvos; Midilli Adası) é uma ilha grega localizada no nordeste do mar Egeu.

Novo!!: Língua grega antiga e Lesbos · Veja mais »

Linear A

Tabuleta contendo escritos em Linear A Linear A é um dos dois sistemas de escrita (o outro é a escrita pictográfica ou, menos correctamente, hieroglífica cretense) utilizados na Creta minóica anteriormente à sua sucessora, a Linear B micênica, utilizada para grafar a língua helênica dos invasores indo-europeus oriundos do continente (c.). O alfabeto Linear A, nome cunhado por Arthur Evans, é a transformação e simplificação da escrita ideogramática que provém da escrita do período neopalaciano.

Novo!!: Língua grega antiga e Linear A · Veja mais »

Linear B

A escrita Linear B foi utilizada pelos povos micênicos (Civilização Micênica) entre os séculos XV a.C. e XII a.C., derivada provavelmente da escrita denominada Linear A, que por enquanto ainda não foi decifrada.

Novo!!: Língua grega antiga e Linear B · Veja mais »

Macedónia Antiga

A Antiga (Makedonía) tem sua história vinculada aos povos que habitavam a região Grécia e Anatólia na Antiguidade.

Novo!!: Língua grega antiga e Macedónia Antiga · Veja mais »

Mar Adriático

Mapa do mar Adriático O mar Adriático é uma parte do mar Mediterrâneo, um golfo muito alongado fechado ao norte.

Novo!!: Língua grega antiga e Mar Adriático · Veja mais »

Mar Mediterrâneo

O mar Mediterrâneo é um mar entre a Europa e a África, tendo abertura e comunicação direta com o Atlântico através do estreito de Gibraltar e o Oriente Médio como limite oriental.

Novo!!: Língua grega antiga e Mar Mediterrâneo · Veja mais »

Médio Oriente

Oriente Médio Oriente médio O (em árabe الشرق الأوسط, ash-sharq-al-awsat) é um termo que se refere a uma área geográfica à volta das partes leste e sul do mar Mediterrâneo.

Novo!!: Língua grega antiga e Médio Oriente · Veja mais »

Micenas

Micenas (em grego moderno, Μυκήνες), é um sítio arqueológico na Grécia, localizado cerca de 90 km a sudoeste de Atenas, no nordeste do Peloponeso.

Novo!!: Língua grega antiga e Micenas · Veja mais »

Odisseia

Odisseia (em grego: Οδύσσεια, transl. Odýsseia) é um dos dois principais poemas épicos da Grécia Antiga, atribuídos a Homero.

Novo!!: Língua grega antiga e Odisseia · Veja mais »

Pelasgos

Presença pelasga na Grécia segundo fontes antigas Pelasgos (Πελασγοί, Pelasgoí, singular Πελασγός, Pelasgós) era um termo usado por alguns autores da Grécia Antiga para se referir a populações que teriam sido ancestrais dos gregos ou que os teriam antecedido na colonização do território onde hoje em dia está a Grécia, "um termo abrangente que englobava qualquer povo antigo, primitivo e, presumivelmente, autóctone no mundo grego." No geral, "pelasgo" passou a significar, de maneira mais ampla, todos os habitantes autóctones das terras ao redor do mar Egeu, bem como suas culturas, antes do advento da língua grega.

Novo!!: Língua grega antiga e Pelasgos · Veja mais »

Peloponeso

O Peloponeso é uma extensa península no sul da Grécia, separada do continente pelo Istmo de Corinto.

Novo!!: Língua grega antiga e Peloponeso · Veja mais »

Península

A península Itálica, na Europa Península da Baixa Califórnia, México Península (do latim pæne, quase e insula, ilha) é uma formação geológica consistindo de uma extensão de terra que se encontra cercada de água por quase todos os lados, com exceção da porção de terra que a liga com a região maior, designada por istmo.

Novo!!: Língua grega antiga e Península · Veja mais »

Período helenístico

Colónias gregas O período helenístico (do grego, hellenizein – "falar grego", "viver como os gregos") refere-se ao período da história da Grécia e de parte do Oriente Médio compreendido entre a morte de Alexandre o Grande em e a anexação da península grega e ilhas por Roma em Caracterizou-se pela difusão da civilização grega numa vasta área que se estendia do mar Mediterrâneo oriental à Ásia Central.

Novo!!: Língua grega antiga e Período helenístico · Veja mais »

Pilos

Baía de Pilos Pilos ou Pilo (Pylos; Navarino; em veneziano: Zonklon) é uma cidade grega, situada na prefeitura de Messénia, no sudoeste da periferia do Peloponeso.

Novo!!: Língua grega antiga e Pilos · Veja mais »

Platão

Platão (Πλάτων, transl. Plátōn, "amplo", Atenas, 428/427 – Atenas, 348/347 a.C.) foi um filósofo e matemático do período clássico da Grécia Antiga, autor de diversos diálogos filosóficos e fundador da Academia em Atenas, a primeira instituição de educação superior do mundo ocidental.

Novo!!: Língua grega antiga e Platão · Veja mais »

Poesia

A poesia, ou texto lírico, é uma das sete artes tradicionais, pela qual a linguagem humana é utilizada com fins estéticos ou críticos, ou seja, ela retrata algo em que tudo pode acontecer dependendo da imaginação do autor como a do leitor.

Novo!!: Língua grega antiga e Poesia · Veja mais »

Safo

Safo (em grego antigo: Σαπφώ, transl. Safo)DEMARCHI, 2010, p.136 foi uma antiga poetisa grega da ilha de Lesbos.

Novo!!: Língua grega antiga e Safo · Veja mais »

Século XI a.C.

Milénios: segundo milénio a.C. - primeiro milénio a.C. - primeiro milénio d.C. Séculos: Século XII a.C. - Século XI a.C. - Século X a.C.

Novo!!: Língua grega antiga e Século XI a.C. · Veja mais »

Segundo milénio a.C.

O segundo milênio a.C. inicia-se em 1º de janeiro de 2000 a.C. e termina em 31 de dezembro de 1001 a.C.

Novo!!: Língua grega antiga e Segundo milénio a.C. · Veja mais »

Sicília

A Sicília (em italiano e siciliano Sicilia) é uma região autônoma com estatuto especial da Itália meridional com 25 710 km² e 5 milhões de habitantes, cuja capital é Palermo, que com 660 mil habitantes, é a quinta maior cidade italiana.

Novo!!: Língua grega antiga e Sicília · Veja mais »

Tebas (Grécia)

Tebas foi uma cidade-estado grega, antiga aliada de Esparta.

Novo!!: Língua grega antiga e Tebas (Grécia) · Veja mais »

Tessália

Mapa antigo da Grécia mostrando a região da Tessália (borda vermelha) no centro Tessália (Thessalía; em tessálio: Πετθαλία - Petthalía) é o nome tradicional de uma antiga região geográfica e de uma moderna região administrativa da Grécia.

Novo!!: Língua grega antiga e Tessália · Veja mais »

Toponímia

Toponímia (do gregos τόπος, "lugar", e ὄνομα, "nome", significando, portanto, "nome de lugar") é a divisão da onomástica que estuda os nomes geográficos ou topônimos, ou seja, nomes próprios de lugares, da sua origem e evolução; é considerada uma parte da linguística, com fortes ligações com a história, arqueologia e a geografia.

Novo!!: Língua grega antiga e Toponímia · Veja mais »

Tucídides

Tucídides, em grego Θουκυδίδης, transl. Thukydídēs, (Atenas, ca. — Atenas, ca.) foi um historiador da Grécia Antiga.

Novo!!: Língua grega antiga e Tucídides · Veja mais »

Redireciona aqui:

Grego Antigo, Grego Clássico, Grego antigo, Grego arcaico, Grego clássico, Idioma grego antigo, Língua grega clássica.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »