Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Língua asturiana

Índice Língua asturiana

Asturiano (endónimo asturianu Artigo 1.º da. e, antigamente, bable) é o glossónimo utilizado para fazer referência à língua românica pertencente ao diassistema asturo-leonês falada no Principado das Astúrias.

64 relações: Academia da Língua Asturiana, Alfabeto fonético internacional, Alofonia, Aproximante lateral alveolar, Astúrias, Asturo-leonês, Ayer, Cabrales, Cantábria, Carreño, Castrillón, Cântabro, Coda (silábica), Consoante alveolar, Consoante dental, Consoante fricativa, Consoante labial, Consoante nasal, Consoante oclusiva, Consoante palatal, Consoante velar, Dígrafo, Diassistema, Espanha, Estremadura (Espanha), Estremenho, Fonema, Galiza, Google, Língua aglutinante, Língua castelhana, Língua flexiva, Língua galega, Língua galego-portuguesa, Língua leonesa, Língua mirandesa, Língua portuguesa, Línguas itálicas, Línguas românicas, Leão (província), Llanes, Loureiro, Navarro-aragonês, Oviedo, Portugal, Português europeu, Reconquista, Região histórica de Castela, Rio Nalón, Rio Sela, ..., Salamanca (província), Século X, Somiedo, Sujeito-Verbo-Objeto, Terra de Miranda, Tineo, Trás-os-Montes e Alto Douro, TS, Vibrante múltipla alveolar, Vogal aberta, Vogal anterior, Vogal central, Vogal fechada, Vogal posterior. Expandir índice (14 mais) »

Academia da Língua Asturiana

A Academia da Língua Asturiana (em asturiano Academia de la Llingua Asturiana) é uma instituição do Governo das Astúrias cuja finalidade é o estudo, a promoção e a defesa do asturiano.

Novo!!: Língua asturiana e Academia da Língua Asturiana · Veja mais »

Alfabeto fonético internacional

O alfabeto fonético internacional (referenciado pela sigla AFI e pela sigla em inglês IPA, de International Phonetic Alphabet) é um sistema de notação fonética baseado no alfabeto latino, criado pela Associação Fonética Internacional como uma forma de representação padronizada dos sons do idioma falado.

Novo!!: Língua asturiana e Alfabeto fonético internacional · Veja mais »

Alofonia

A alofonia constitui a variante fonética de um fonema.

Novo!!: Língua asturiana e Alofonia · Veja mais »

Aproximante lateral alveolar

A aproximante lateral alveolar é um tipo de fone consonantal empregado em alguns idiomas.

Novo!!: Língua asturiana e Aproximante lateral alveolar · Veja mais »

Astúrias

O Principado das Astúrias, em castelhano Principado de Asturias, Principáu d'Asturies em asturiano e Principao d'Asturias em galego-asturiano, é uma comunidade autónoma definida como nação histórica e província de Espanha.

Novo!!: Língua asturiana e Astúrias · Veja mais »

Asturo-leonês

O asturo-leonês ou ásture-leonês é um diassistema linguístico que abrange o noroeste da Península Ibérica, conhecido nos diferentes territórios como asturiano, leonês ou mirandês (tradicionalmente cada zona ou região utilizava localismos para fazer referência à língua, originando-se outras denominações como cabreirés, senabrés, pixueto ou paḷḷuezu). Filogeneticamente, o asturo-leonês faz parte do grupo iberorromance ocidental e surge da peculiar evolução que sofreu o latim no Reino das Astúrias (posteriormente Reino de Leão).

Novo!!: Língua asturiana e Asturo-leonês · Veja mais »

Ayer

Ayer é uma comuna da Suíça, no Cantão Valais, com cerca de 668 habitantes.

Novo!!: Língua asturiana e Ayer · Veja mais »

Cabrales

Cabrales é um município da Espanha na província e comunidade autónoma das Astúrias, de área 238,15 km² com população de 2291 habitantes (2004) e densidade populacional de 9,62 hab/km².

Novo!!: Língua asturiana e Cabrales · Veja mais »

Cantábria

Cantábria é uma comunidade autónoma monoprovincial localizada no norte de Espanha.

Novo!!: Língua asturiana e Cantábria · Veja mais »

Carreño

Carreño é um município da Espanha na província e comunidade autónoma de Astúrias, de área 66,74 km² com população de 10435 habitantes (2004) e densidade populacional de 156,35 hab/km².

Novo!!: Língua asturiana e Carreño · Veja mais »

Castrillón

Castrillón é um município da Espanha na província e comunidade autónoma das Astúrias, de área 55,63 km² com população de 22889 habitantes (2004) e densidade populacional de 411,45 hab/km².

Novo!!: Língua asturiana e Castrillón · Veja mais »

Cântabro

O cântabro, também denominado montanhês, é um subdialeto do castelhano setentrional com influências asturo-leonesas falado na Cantábria.

Novo!!: Língua asturiana e Cântabro · Veja mais »

Coda (silábica)

A coda é a consoante ou consoantes em posição pós-nuclear dentro de uma sílaba, ou seja, após a vogal nuclear.

Novo!!: Língua asturiana e Coda (silábica) · Veja mais »

Consoante alveolar

Uma consoante alveolar ou simplesmente alveolar é toda consoante cujo som é articulado no encontro da ponta da língua com os alvéolos dentários.

Novo!!: Língua asturiana e Consoante alveolar · Veja mais »

Consoante dental

Neste tipo de consoante, o articulador ativo é ou o ápice ou a lâmina da língua, e seus articuladores passivos são os dentes incisivos superiores e também é linguodental e linguointerdental.

Novo!!: Língua asturiana e Consoante dental · Veja mais »

Consoante fricativa

As fricativas são consoantes produzidas pela passagem do ar através de um canal estreito feito pela colocação de dois articuladores próximos um ao outro.

Novo!!: Língua asturiana e Consoante fricativa · Veja mais »

Consoante labial

Consoantes labiais são consoantes articuladas ou com ambos os lábios (articulação bilabial) ou com o lábio inferior e os dentes superiores (articulação labiodental).

Novo!!: Língua asturiana e Consoante labial · Veja mais »

Consoante nasal

Uma consoante nasal ou simplesmente uma nasal é uma consoante que, em sua pronúncia o ar expirado ressoa na cavidade nasal por encontrar abaixados a úvula e o véu palatino.

Novo!!: Língua asturiana e Consoante nasal · Veja mais »

Consoante oclusiva

Uma consoante oclusiva, também chamada de consoante explosiva ou consoante plosiva (ou simplesmente oclusiva, explosiva ou plosiva) é uma consoante que é pronunciada pela expiração de ar que é bloqueado por um obstáculo bucal, que interrompe momentaneamente a sua corrente, e que acaba "explodindo" quando aberto.

Novo!!: Língua asturiana e Consoante oclusiva · Veja mais »

Consoante palatal

Uma consoante palatal ou simplesmente uma palatal é uma consoante que, em sua pronúncia o obstáculo é formado pela aproximação ou o contato do dorso da língua com o palato duro ou céu da boca.

Novo!!: Língua asturiana e Consoante palatal · Veja mais »

Consoante velar

Uma consoante velar ou simplesmente uma velar é uma consoante que, em sua pronúncia o obstáculo é formado pela aproximação ou o contato da língua com o palato mole, que por vezes é chamado de véu palatino.

Novo!!: Língua asturiana e Consoante velar · Veja mais »

Dígrafo

O dígrafo (do grego di, "dois", e grafo, "escrever") ocorre quando duas letras são usadas para representar um único fonema.

Novo!!: Língua asturiana e Dígrafo · Veja mais »

Diassistema

Um diassistema é um termo da dialetologia que define um sistema virtual que existe na base estrutural de duas ou mais línguas com alto grau de inteligibilidade mútua.

Novo!!: Língua asturiana e Diassistema · Veja mais »

Espanha

Espanha (España), também conhecido como Reino de/da Espanha Reino de España é um país situado na Europa meridional, na Península Ibérica.

Novo!!: Língua asturiana e Espanha · Veja mais »

Estremadura (Espanha)

Mapa da Estremadura A ''Plaza Mayor'' de Garrovillas de Alconétar Templo romano de Diana, em Mérida Serra de Gredos na sua parte estremenha, em La Vera A Estremadura Extremadura é uma das comunidades autónomas da Espanha, e tinha habitantes em 2009.

Novo!!: Língua asturiana e Estremadura (Espanha) · Veja mais »

Estremenho

Estremenho (estremeñu) é o nome dado a um conjunto de modalidades linguísticas faladas no noroeste da Estremadura e parte do sul de Salamanca.

Novo!!: Língua asturiana e Estremenho · Veja mais »

Fonema

direita direita Em linguística, um fonema é a menor unidade sonora (fonológica) de uma língua que estabelece contraste de significado para diferenciar palavras.

Novo!!: Língua asturiana e Fonema · Veja mais »

Galiza

A Galiza é uma nação organizada enquanto comunidade autónoma espanhola, com o estatuto de nacionalidade histórica.

Novo!!: Língua asturiana e Galiza · Veja mais »

Google

Google LLC (Google, pronuncia-se) é uma empresa multinacional de serviços online e software dos Estados Unidos.

Novo!!: Língua asturiana e Google · Veja mais »

Língua aglutinante

Uma língua aglutinante ou aglutinativa é uma língua que faz uso extensivo de aglutinação: a maioria das palavras são formadas pela união de morfemas.

Novo!!: Língua asturiana e Língua aglutinante · Veja mais »

Língua castelhana

O castelhano (castellano) ou espanhol (español) é uma língua românica ocidental do grupo ibero-românico que evoluiu a partir de vários dialetos do latim falados no centro-norte da Península Ibérica por volta do século IX.

Novo!!: Língua asturiana e Língua castelhana · Veja mais »

Língua flexiva

Línguas flexivas (também chamadas flexionais ou fusionais) são aquelas com uma tendência acentuada a recorrer à flexão.

Novo!!: Língua asturiana e Língua flexiva · Veja mais »

Língua galega

A língua galega ou galego (pronúncia galega) é a língua ibero-românica ocidental de caráter oficial na Comunidade Autónoma da Galiza, e falada também nas Astúrias, Castela e Leão e pela diáspora galega, localizada principalmente na Argentina, Brasil, Cuba ou Uruguai. Com raízes comuns, iniciou a sua divergência da língua portuguesa no século XIV, e é regulada pela Real Academia Galega. Devido às semelhanças que mantém com o português, é por vezes referida no contexto do galego-português, "português da Galiza ou o codialecto galego do português", uma perspetiva organizada na forma do reintegracionismo galego, cujas normas ortográficas seguem estreitamente as do português. Porém, é definida como língua em próprio direito no dicionário da RAG, uma postura seguida pelas instituições autonómicas e respeitada pelo Governo Português. A fala de Xálima, com influências leonesas, também pode ser classificada no seu âmbito.

Novo!!: Língua asturiana e Língua galega · Veja mais »

Língua galego-portuguesa

O galego-português (também chamado de galaico-português, proto-galego-português, português antigo, português arcaico, português medieval, galego antigo, galego arcaico e galego medieval) foi a língua românica falada durante a Idade Média nas regiões de Portugal e da Galiza; dela descendem as atuais línguas portuguesa e galega, assim como a fala da Estremadura e o eonaviego.

Novo!!: Língua asturiana e Língua galego-portuguesa · Veja mais »

Língua leonesa

Leonês (Llionés) (denominado nas falas tradicionais como cabreirés, senabrés, paḷḷuezu) é o glossónimo usado para fazer referência ao conjunto de falas românicas vernáculas do norte e oeste do domínio linguístico asturo-leonês (que compreende partes a região histórica de Leão – atualmente as províncias de Leão, Samora e Salamanca, esta última já desprovida de quaisquer falantes nativos ou patrimoniais) e em algumas áreas adjacentes em território português.

Novo!!: Língua asturiana e Língua leonesa · Veja mais »

Língua mirandesa

Placa de informação, na Sé de Miranda, com o texto em mirandês Placa de identificação de arruamento, em Genísio, com o nome da rua em mirandês e em português A língua mirandesa (lhéngua mirandesa, mirandés) é o nome oficial que recebe o asturo-leonês em território português.

Novo!!: Língua asturiana e Língua mirandesa · Veja mais »

Língua portuguesa

A língua portuguesa, também designada português, é uma língua românica flexiva ocidental originada no galego-português falado no Reino da Galiza e no norte de Portugal.

Novo!!: Língua asturiana e Língua portuguesa · Veja mais »

Línguas itálicas

As línguas itálicas são uma família de línguas pertencentes à família indo-europeia.

Novo!!: Língua asturiana e Línguas itálicas · Veja mais »

Línguas românicas

As chamadas línguas românicas, também conhecidas como línguas neolatinas ou línguas latinas são idiomas que integram o vasto conjunto das línguas indo-europeias que se originaram da evolução do latim, principalmente do latim vulgar, falado pelas classes mais populares.

Novo!!: Língua asturiana e Línguas românicas · Veja mais »

Leão (província)

Leão (em castelhano e galego: León; em leonês: Llión) é uma província situada na parte noroeste da comunidade autónoma de Castela e Leão.

Novo!!: Língua asturiana e Leão (província) · Veja mais »

Llanes

Llanes é um município da província e comunidade autónoma das Astúrias, na Espanha.

Novo!!: Língua asturiana e Llanes · Veja mais »

Loureiro

Laurus nobilis, popularmente loureiro ou louro é uma árvore do gênero Laurus da família botânica das Lauraceae.

Novo!!: Língua asturiana e Loureiro · Veja mais »

Navarro-aragonês

Navarro-aragonês foi um romance neolatino desenvolvido em terras que correspondem atualmente às comunidades autônomas espanholas de Aragão e Navarra.

Novo!!: Língua asturiana e Navarro-aragonês · Veja mais »

Oviedo

Oviedo Uviéu é uma cidade e município da província e comunidade autónoma do Principado das Astúrias.

Novo!!: Língua asturiana e Oviedo · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense,  estabelecido no século XI por Vímara Peres, um vassalo do rei das Astúrias. O condado tornou-se parte do Reino de León em 1097, e os condes de Portugal estabeleceram-se como governantes independentes do reino no século XII, após a batalha de São Mamede. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: Língua asturiana e Portugal · Veja mais »

Português europeu

O português europeu, português lusitano ou português de Portugal é a designação dada à variedade linguística da língua portuguesa falada em Portugal, em PALOP, em Timor-Leste, em Macau e pelos emigrantes portugueses, dos PALOP, de Timor-Leste e de Macau espalhados pelo mundo, englobando os seus dialectos regionais, vocabulário, gramática e ortografia.

Novo!!: Língua asturiana e Português europeu · Veja mais »

Reconquista

Reconquista é o processo histórico em que os reinos cristãos da Península Ibérica procuraram dominar a região durante o período do Alandalus.

Novo!!: Língua asturiana e Reconquista · Veja mais »

Região histórica de Castela

Influência histórica de Castela no século XIX Castela é o nome de uma região histórica espanhola com origem no Condado de Castela, no século IX, durante a sua evolução teve sob influência territórios diferentes, e nos dias de hoje se encontra plasmada nos Estatutos das Autonomias de Castela e Leão, Castela-Mancha, e Comunidade de Madrid.

Novo!!: Língua asturiana e Região histórica de Castela · Veja mais »

Rio Nalón

O rio Nalón é o rio mais longo do Principado das Astúrias, em Espanha.

Novo!!: Língua asturiana e Rio Nalón · Veja mais »

Rio Sela

O Sela (em castelhano: Sella) é um rio que corre na comunidade autónoma do Principado das Astúrias, em Espanha.

Novo!!: Língua asturiana e Rio Sela · Veja mais »

Salamanca (província)

Salamanca é uma província raiana da comunidade autónoma de Castela e Leão, na Espanha e situa-se a nordeste de Portugal.

Novo!!: Língua asturiana e Salamanca (província) · Veja mais »

Século X

O século X começou em 1 de Janeiro de 901 e terminou em 31 de Dezembro de 1000.

Novo!!: Língua asturiana e Século X · Veja mais »

Somiedo

Somiedo é um município da Espanha na província e comunidade autónoma das Astúrias, de área 291,64 km² com população de 1527 habitantes (2004) e densidade populacional de 5,24 hab/km².

Novo!!: Língua asturiana e Somiedo · Veja mais »

Sujeito-Verbo-Objeto

Em tipologia linguística, Sujeito-Verbo-Objeto (ou SVO) é uma estrutura oracional na qual o sujeito surge primeiro, seguido do verbo e por último o objeto.

Novo!!: Língua asturiana e Sujeito-Verbo-Objeto · Veja mais »

Terra de Miranda

A barragem de Miranda do Douro Apresentação de ''pauliteiros'' na Festa do Avante! de 2005. Terra de Miranda (em mirandês Tierra de Miranda) é o nome histórico do território povoado pelos falantes da minoritária língua mirandesa.

Novo!!: Língua asturiana e Terra de Miranda · Veja mais »

Tineo

Tineo (Tinéu em asturiano) é um município da Espanha na província e comunidade autónoma das Astúrias, de área 541,66 km² com população de 12312 habitantes (2004) e densidade populacional de 22,73 hab/km².

Novo!!: Língua asturiana e Tineo · Veja mais »

Trás-os-Montes e Alto Douro

Trás-os-Montes e Alto Douro é uma província de Portugal, com limites e atribuições que foram variando ao longo da história, mas que, grosso modo, correspondem aos atuais distritos de Vila Real e Bragança.

Novo!!: Língua asturiana e Trás-os-Montes e Alto Douro · Veja mais »

TS

* TS.

Novo!!: Língua asturiana e TS · Veja mais »

Vibrante múltipla alveolar

A vibrante múltipla alveolar é um tipo de fone consonantal empregado em alguns idiomas.

Novo!!: Língua asturiana e Vibrante múltipla alveolar · Veja mais »

Vogal aberta

Uma vogal aberta é uma vogal que, em sua pronúncia, o ponto de articulação se dá através do maior abaixamento da língua, abrindo-se o canal bucal para a passagem do ar.

Novo!!: Língua asturiana e Vogal aberta · Veja mais »

Vogal anterior

a. Uma vogal anterior, ou simplesmente uma anterior, é uma vogal que, em sua pronúncia a articulação se situa na parte mais anterior da boca possível, com a língua em direção ao palato duro, sem formar uma constrição que a classificaria como consoante.

Novo!!: Língua asturiana e Vogal anterior · Veja mais »

Vogal central

Uma vogal central ou simplesmente uma central é uma vogal que sua pronúncia acontece com a ajuda da parte média do dorso da língua, próximo da parte central da abóbada palatina.

Novo!!: Língua asturiana e Vogal central · Veja mais »

Vogal fechada

Vogal fechada é aquela em cuja articulação a língua está o mais próximo possível do palato sem criar uma obstrução que se caracterize como uma consoante.

Novo!!: Língua asturiana e Vogal fechada · Veja mais »

Vogal posterior

ɑ. Uma vogal posterior, ou simplesmente uma posterior, é uma vogal que, em sua pronúncia, o ponto de articulação se dá com elevação do dorso posterior da língua em direção ao véu palatino, sem criar uma constrição que a classificaria como consoante.

Novo!!: Língua asturiana e Vogal posterior · Veja mais »

Redireciona aqui:

Asturiano, Bable.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »