Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

José Jorge Loureiro

Índice José Jorge Loureiro

José Jorge Loureiro ComTE (Lisboa, 23 de Abril de 1791 — Lisboa, 1 de Junho de 1860) foi um militar e político do tempo da Monarquia Constitucional Portuguesa, que, entre outros cargos de relevo, foi Ministro da Fazenda (de 18 Novembro de 1835 a 20 Abril de 1836) e Presidente do Conselho de Ministros de Portugal.

163 relações: Açores, Absolutismo, Acidente vascular cerebral, Adido militar, Ajudante de ordens, Alentejo, Alferes, Algarve, Alpes, Anonimato, Anselmo José Braamcamp, António Bernardo da Costa Cabral, António José de Sousa Manuel de Meneses, Archibald Campbell, Baldomero Espartero, Barão de Vila Nova de Foz Coa, Batalha, Batalha de Albuera, Batalha de Asseiceira, Batalha de Pamplona, Batalha de Ponte Ferreira, Batalha de Vitória, Batalha dos Pirenéus, Bélgica, Bernardo de Sá Nogueira de Figueiredo, 1.º Marquês de Sá da Bandeira, Brigadeiro, Capitão, Carta Constitucional portuguesa de 1826, Cartismo, Cartista, Castelo Branco, Câmara baixa, Cemitério dos Prazeres, Cerco do Porto, Ciências naturais, Coimbra, Comandante, Conde de Ficalho, Conde de Saldanha, Conde de Tomar, Conde de Vale de Reis, Conde de Vila Flor, Conde do Lavradio, Constituição, Constituição portuguesa de 1838, Convenção de Sintra, Coronel, Cortes (política), Deputado, Desembarque do Mindelo, ..., Direito, Distrito eleitoral, Duque da Terceira, Duque de Loulé, Duque de Palmela, Duque de Saldanha, Economia, Espanha, Estremadura, Exército, Exército Português, Exposição Universal de 1855, Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, Fidalgo do Conselho, Francisco António de Campos, Francisco de Almeida Portugal, General, Governo do Entrudo, Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, Guerra Civil Portuguesa, Guerra Peninsular, Guerras Napoleônicas, História, Ilha Terceira, Império Austríaco, Infantaria, Jean-Andoche Junot, João Carlos de Saldanha Oliveira e Daun, Legislatura, Liberalismo, Lisboa, Lista de chefes de governo de Portugal, Londres, Luís da Silva Mouzinho de Albuquerque, Major, Major-general, Marechal de campo, Maria II de Portugal, Marquês de Ficalho, Miguel I de Portugal, Militar, Ministério, Ministério da Administração Interna, Ministério da Guerra, Ministério da Justiça (Portugal), Ministério da Marinha (Portugal), Ministério das Finanças (Portugal), Ministério dos Negócios Estrangeiros (Portugal), Ministro da Fazenda, Monarquia constitucional (Portugal), Monarquia de Julho, Negócio, Nuno José Severo de Mendoça Rolim de Moura Barreto, Oficial (militar), Ordem da Coroa de Ferro, Ordem de Leopoldo (Bélgica), Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito, Paris, Parlamento, Partido Histórico, Pedro de Sousa Holstein, 1.º Duque de Palmela, Pedro I do Brasil, Pedro V de Portugal, Político, Porto, Portugal, Praça de pré, Presidente, Primeira invasão francesa de Portugal, Província, Quartel-mestre-general, Regência (governo), Regeneração (história), Regimento de Infantaria N.º 1, Reino, Reino de Portugal, Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda, Reinos Unidos da Suécia e Noruega, Revolta dos Marechais, Revolução da Maria da Fonte, Revolução de Setembro, Setembrismo, Suíça, Tenente, Tenente-coronel, Thomas Stubbs, Tratado de Navegação do Douro, Triunvirato, Universidade de Coimbra, Visconde de Sá da Bandeira, 1 de junho, 1791, 18 de novembro, 1809, 1828, 1835, 1836, 1842, 1846, 1856, 1857, 1860, 19 de julho, 20 de abril, 20 de maio, 23 de abril, 23 de janeiro, 24 de setembro, 25 de abril, 27 de janeiro, 4.º governo da Monarquia Constitucional, 6 de junho, 9 de fevereiro. Expandir índice (113 mais) »

Açores

Os Açores, oficialmente Região Autónoma dos Açores, são um arquipélago transcontinental e um território autónomo da República Portuguesa, situado no Atlântico nordeste, dotado de autonomia política e administrativa, consubstanciada no Estatuto Político-Administrativo da Região Autónoma dos Açores.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Açores · Veja mais »

Absolutismo

Absolutismo é uma teoria política que defende que alguém (em geral, um monarca) deve ter o poder absoluto, isto é, independente de outro órgão.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Absolutismo · Veja mais »

Acidente vascular cerebral

Um acidente vascular cerebral (AVC) ocorre quando problemas na irrigação sanguínea do cérebro causam a morte das células, o que faz com que partes do cérebro deixem de funcionar devidamente.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Acidente vascular cerebral · Veja mais »

Adido militar

Adido militar (safo) é um oficial das Forças Armadas acreditado junto de uma representação diplomática com a finalidade de trabalhar em estreita ligação com as autoridades militares locais, permutando informação específica.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Adido militar · Veja mais »

Ajudante de ordens

Tenente-Governadora do Quebec. Um, também chamado ajudante de campo, é o assistente ou secretário pessoal de uma pessoa de alta posição, normalmente de um antigo oficial militar ou de um Chefe de Estado.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Ajudante de ordens · Veja mais »

Alentejo

O NUT II do Alentejo é uma região do centro-sul de Portugal.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Alentejo · Veja mais »

Alferes

Alferes é um posto ou graduação militar existente nas forças armadas de alguns países.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Alferes · Veja mais »

Algarve

O Algarve é uma região, sub-região e província tradicional de Portugal continental, sendo a mais meridional entre todas.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Algarve · Veja mais »

Alpes

Maciço Alpino ou Alpes (latim, ou albus: "branco" ou altus: "alto" ou uma palavra celta ou lígure) são um dos grandes sistemas de cordilheiras da Europa, estendendo-se da Áustria e Eslovênia,Hungria,a leste, através do norte da Itália, Suíça (Alpes suíços), Liechtenstein e sul da Alemanha, até ao sudeste da França e Mónaco.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Alpes · Veja mais »

Anonimato

Anonimato é a qualidade ou condição do que é anônimo, isto é, sem nome ou assinatura.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Anonimato · Veja mais »

Anselmo José Braamcamp

Anselmo José Braamcamp de Almeida Castelo Branco (São Mamede, Lisboa, 23 de outubro de 1817Livro de Registo de Baptismos 1800/1819, Paróquia de São Mamede, Lisboa (entrada de 14 de Novembro de 1817) - Arquivo Nacional da Torre do Tombo — Mercês, Lisboa, 13 de Novembro de 1885) foi um político português do tempo da Monarquia Constitucional.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Anselmo José Braamcamp · Veja mais »

António Bernardo da Costa Cabral

António Bernardo da Costa Cabral ComNSC (Fornos de Algodres, Algodres, 9 de Maio de 1803 — Porto, 1 de Setembro de 1889), o 1.º conde e 1.º marquês de Tomar, mais conhecido simplesmente por Costa Cabral, foi um político português que, entre outros cargos e funções, foi deputado, par do Reino, conselheiro de Estado efectivo, ministro da Justiça e Negócios Eclesiásticos, ministro do Reino e presidente do Conselho de Ministros.

Novo!!: José Jorge Loureiro e António Bernardo da Costa Cabral · Veja mais »

António José de Sousa Manuel de Meneses

António José de Sousa Manuel de Meneses Severim de Noronha GCNSC (Lisboa, — Lisboa), 7.º Conde de Juro e Herdade e 1.º Marquês de Vila Flor e ainda 1.º Duque da Terceira com Honras de Parente, foi um importante general e homem de Estado português do tempo do liberalismo, sendo uma das mais importantes figuras do tempo, tanto no plano político, como, e talvez sobretudo, no plano militar.

Novo!!: José Jorge Loureiro e António José de Sousa Manuel de Meneses · Veja mais »

Archibald Campbell

O General Sir Archibald Campbell (GCB) (Glen Lyon, Perth (Escócia), 12 de Março de 1769 — Edinburgo, 6 de Outubro de 1843), 1.º Baronete Campbell de New Brunswick, foi um militar britânico que atingiu o posto de general e desenvolveu uma longa carreira que inclui uma participação relevante na Guerra Peninsular, na qual comandou unidades do Exército Português.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Archibald Campbell · Veja mais »

Baldomero Espartero

Joaquín Baldomero Fernández Espartero Álvarez de Toro (Granátula de Calatrava, Ciudad Real, 27 de fevereiro de 1793 — Logroño, 8 de janeiro de 1879) foi um militar e político espanhol.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Baldomero Espartero · Veja mais »

Barão de Vila Nova de Foz Coa

Barão de Vila Nova de Foz Coa é um título nobiliárquico criado por D. Maria II de Portugal, por Decreto de 6 de Fevereiro de 1837, em favor de Francisco António de Campos Henriques.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Barão de Vila Nova de Foz Coa · Veja mais »

Batalha

William Sadler II Uma batalha, de modo geral, é um componente conceitual na hierarquia de combate durante uma guerra entre duas ou mais forças armadas ou combatentes.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Batalha · Veja mais »

Batalha de Albuera

A Batalha de Albuera foi travada em 16 de Maio de 1811.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Batalha de Albuera · Veja mais »

Batalha de Asseiceira

A batalha da Asseiceira travou-se na povoação de Asseiceira perto de Tomar a 16 de Maio de 1834.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Batalha de Asseiceira · Veja mais »

Batalha de Pamplona

A Batalha de Pamplona ocorreu em 20 de maio de 1521, durante a Guerra Italiana de 1521-1526, envolvendo o rei Francisco I de França e seu adversário Carlos I de Espanha, com quem disputava desde a candidatura de ambos para Imperador do Sacro Império Romano-Germânico, eleição vencida pelo segundo.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Batalha de Pamplona · Veja mais »

Batalha de Ponte Ferreira

A Batalha de Ponte Ferreira foi um recontro entre as tropas liberais e miguelistas travado a 23 de Julho de 1832 no lugar de Ponte de Ferreira, na freguesia de Campo, concelho de Valongo no contexto do Cerco do Porto durante a Guerra Civil Portuguesa (1828-1834).

Novo!!: José Jorge Loureiro e Batalha de Ponte Ferreira · Veja mais »

Batalha de Vitória

A Batalha de Vitoria foi travada no dia 21 de junho de 1813, no âmbito da Guerra Peninsular.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Batalha de Vitória · Veja mais »

Batalha dos Pirenéus

A Batalha dos Pireneus foi uma ofensiva em grande escala lançada em 25 de julho de 1813 pelo marechal Nicolas Jean de Dieu Soult da região dos Pireneus por ordem do imperador Napoleão, na esperança de aliviar as guarnições francesas sob cerco em Pamplona e San Sebastián.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Batalha dos Pirenéus · Veja mais »

Bélgica

Bélgica (em neerlandês: België; em francês: Belgique; em alemão: Belgien), oficialmente Reino da Bélgica (em neerlandês: Koninkrijk België, em francês: Royaume de Belgique, em alemão: Königreich Belgien), é um país situado na Europa ocidental.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Bélgica · Veja mais »

Bernardo de Sá Nogueira de Figueiredo, 1.º Marquês de Sá da Bandeira

Bernardo de Sá Nogueira de Figueiredo (Santarém, — Lisboa), Moço fidalgo da Casa Real, par do reino, marechal de campo, foi um político português do tempo da Monarquia Constitucional e um importante líder do movimento setembrista em Portugal.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Bernardo de Sá Nogueira de Figueiredo, 1.º Marquês de Sá da Bandeira · Veja mais »

Brigadeiro

Brigadeiro constitui um posto existente nas forças armadas e forças de segurança de diversos países, ao qual compete tradicionalmente o comando de uma brigada.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Brigadeiro · Veja mais »

Capitão

Capitão é um posto de oficial existente na maioria dos exércitos do mundo e ao qual corresponde, tradicionalmente, o comando de uma companhia de soldados.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Capitão · Veja mais »

Carta Constitucional portuguesa de 1826

A Carta Constitucional da Monarquia Portuguesa de 1826 foi a segunda Constituição Portuguesa.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Carta Constitucional portuguesa de 1826 · Veja mais »

Cartismo

Um motim cartista em Londres. O cartismo caracteriza-se como um movimento social inglês que se iniciou na década de 30 do século XIX.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Cartismo · Veja mais »

Cartista

Cartista ou Cartismo é a designação que se deu em Portugal à tendência mais conservadora do liberalismo surgido após a revolução de 1820, centrada em torno da Carta Constitucional de 1826, outorgada por D. Pedro IV numa tentativa de reduzir os conflitos abertos pela revolução, dado o seu carácter menos radicalizante do que a Constituição Política da Monarquia Portuguesa de 1822.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Cartista · Veja mais »

Castelo Branco

Castelo Branco MHC é uma cidade portuguesa, capital do distrito de Castelo Branco e, situada na região estatística do Centro, na sub-região da Beira Baixa e na antiga província com o mesmo nome, com cerca de habitantes no seu perímetro urbano.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Castelo Branco · Veja mais »

Câmara baixa

Câmara dos Comuns do Reino Unido. O plenário da Câmara dos Deputados no Brasil Câmara dos Representantes da Austrália. A câmara baixa, também referida como câmara inferior, é uma das casas legisladoras de parlamentos bicamerais.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Câmara baixa · Veja mais »

Cemitério dos Prazeres

Entrada do cemitério O Cemitério dos Prazeres é um cemitério situado na parte ocidental de Lisboa.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Cemitério dos Prazeres · Veja mais »

Cerco do Porto

Dá-se o nome de Cerco do Porto ao período, que durou mais de um ano — de Julho de 1832 a Agosto de 1833 —, no qual as tropas liberais de D. Pedro estiveram sitiadas pelas forças realistas fiéis a D. Miguel.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Cerco do Porto · Veja mais »

Ciências naturais

As ciências naturais constituem numa classificação que abarca as áreas da ciência que visam a estudar a natureza em seus aspectos mais gerais e fundamentais, isso é, o universo como um todo, que é entendido como regulado por regras ou leis de origem natural e com validade universal, fazendo-o de forma a focar-se nos aspectos físicos e não no homem ou em aspectos comportamentais.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Ciências naturais · Veja mais »

Coimbra

Coimbra OTE é uma cidade portuguesa, capital do distrito de Coimbra, situada na província da Beira Litoral, região do Centro (Região das Beiras), sub-região estatística do Baixo Mondego, e comunidade intermunicipal da Região de Coimbra.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Coimbra · Veja mais »

Comandante

Comandante é um termo usado nas forças armadas, forças de segurança, marinha mercante, aviação civil ou outras organizações para designar uma função de comando ou uma graduação permanente.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Comandante · Veja mais »

Conde de Ficalho

Armas dos Melos, condes, marqueses e duques de Ficalho. O título de Conde de Ficalho foi criado em 1599 por Filipe I de Portugal (II de Espanha), rei de Portugal e Espanha, a favor de D. Francisca de Aragão.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Conde de Ficalho · Veja mais »

Conde de Saldanha

Conde de Saldanha foi um título criado por decreto de 14 de Janeiro de 1833, assinado pelo regente D. Pedro de Bragança em nome da rainha D. Maria II, a favor de João Carlos de Saldanha D'Oliveira e Daun, um militar e político liberal, que depois foi elevado a 1.º duque de Saldanha.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Conde de Saldanha · Veja mais »

Conde de Tomar

Conde de Tomar foi um título criado por decreto de 8 de Setembro de 1845, da rainha D. Maria II, a favor de António Bernardo da Costa Cabral, à altura na presidência do ministério e o mais importante político cartista do período.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Conde de Tomar · Veja mais »

Conde de Vale de Reis

Conde de Vale de Reis (na grafia antiga, Conde de Val dos Reys) foi um título criado por carta régia de Filipe III de Portugal de 16 de Agosto de 1628, em favor de Nuno de Mendonça, o qual viria a ser membro do Conselho de Regência do Reino de Portugal e Vice-rei de Portugal durante o reinado do mesmo rei.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Conde de Vale de Reis · Veja mais »

Conde de Vila Flor

Conde de Vila Flor é um título nobiliárquico de Portugal que teve duas criações, ambas no Século XVII.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Conde de Vila Flor · Veja mais »

Conde do Lavradio

Conde do Lavradio foi um título, que estava vago, criado de novo por D. João V, Rei de Portugal, por carta, a 17 de Janeiro de 1725, a favor de António de Almeida Soares Portugal.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Conde do Lavradio · Veja mais »

Constituição

Classificação das constituições segundo Aristóteles. A constituição é um conjunto de normas que regem um Estado, que pode ser ou não codificada como um documento escrito, que enumera e limita os poderes e funções de uma entidade política.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Constituição · Veja mais »

Constituição portuguesa de 1838

A Constituição Política da Monarquia Portuguesa de 1838 foi o terceiro texto constitucional português.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Constituição portuguesa de 1838 · Veja mais »

Convenção de Sintra

A Convenção de Sintra foi assinada no Palácio de Queluz em 1808.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Convenção de Sintra · Veja mais »

Coronel

Coronel é uma patente militar de oficial existente em quase todos os exércitos do mundo.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Coronel · Veja mais »

Cortes (política)

Cortes (do termo latino cohors) foram políticos de carácter consultivo e deliberativo das monarquias tradicionais.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Cortes (política) · Veja mais »

Deputado

Em muitos países, chamam-se deputados aos representantes do povo eleitos para o parlamento.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Deputado · Veja mais »

Desembarque do Mindelo

Desembarque do Mindelo é a designação dada ao desembarque das tropas liberais a norte do Porto em 8 de Julho de 1832, durante as Guerras Liberais, nome pela qual ficou conhecida a Guerra Civil Portuguesa (1828-1834).

Novo!!: José Jorge Loureiro e Desembarque do Mindelo · Veja mais »

Direito

A palavra direito possui mais de um significado correlato.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Direito · Veja mais »

Distrito eleitoral

Círculo eleitoral, também referido como distrito eleitoral, circunscrição eleitoral e zona eleitoral, é uma divisão territorial criada para fins eleitorais, a cujos eleitores inscritos corresponde um determinado número de mandatos, previamente definido, no órgão a eleger.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Distrito eleitoral · Veja mais »

Duque da Terceira

Duque da Terceira é um título nobiliárquico, que foi instituído de juro e herdade, com honras de parente, por decreto do regente do Reino D. Pedro de Bragança, em nome da rainha Dona Maria II de Portugal, em 8 de Novembro de 1832, em benefício de António José de Sousa Manuel de Menezes Severim de Noronha, sétimo conde de Vila Flor, com varonia real de Portugal por bastardia (Souza), e que havia sido entretanto agraciado com o título de primeiro marquês de Vila Flor.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Duque da Terceira · Veja mais »

Duque de Loulé

Duque de Loulé é um título nobiliárquico português.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Duque de Loulé · Veja mais »

Duque de Palmela

O ducado de Palmela foi instituído por decreto de D. Maria II de Portugal, por intermédio de D. Pedro IV enquanto Regente do Reino, de 13 de Junho de 1833 (primeiramente em vida, depois concedido de juro e herdade em 18 de Outubro de 1850) em benefício de D. Pedro de Sousa Holstein, diplomata e herói das Guerras Liberais, que fora, sucessivamente, primeiro conde (decreto de D. Maria I de 11 de Abril de 1812) e marquês de Palmela (decreto de D. João VI de 3 de Julho de 1823).

Novo!!: José Jorge Loureiro e Duque de Palmela · Veja mais »

Duque de Saldanha

Duque de Saldanha foi um título nobiliárquico de juro e herdade criado pela Rainha D. Maria II de Portugal, por decreto de 4 de novembro de 1846, a favor do marechal D. João Carlos Gregório Domingos Vicente Francisco de Saldanha Oliveira e Daun, 1.º conde e marquês de Saldanha.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Duque de Saldanha · Veja mais »

Economia

alt.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Economia · Veja mais »

Espanha

Espanha (España), também conhecido como Reino de/da Espanha Reino de España é um país situado na Europa meridional, na Península Ibérica.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Espanha · Veja mais »

Estremadura

A Estremadura é uma província portuguesa estabelecida na Idade Média e extinta no século XIX, devendo o seu nome derivar do latim Extrema Durii (extremos do Douro), por designar os territórios adquiridos, na sequência da Reconquista cristã, para Sul do Douro (tal é, de resto, também a origem etimológica do nome da região espanhola da Estremadura); com a progressão da reconquista para Sul, a noção de Estremadura, como terra de fronteira, foi também alargando-se, de tal forma que, no século XV, a Estremadura correspondia, grosso modo, aos distritos de Lisboa, Setúbal e Leiria.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Estremadura · Veja mais »

Exército

Arma blindada: carro de Combate Leopard 2 do Exército Alemão. Cavalaria: soldados a cavalo do Exército Argentino. O exército é a componente terrestre das forças armadas da maioria dos países, em contraste com as suas componentes naval (marinha) e aérea (força aérea).

Novo!!: José Jorge Loureiro e Exército · Veja mais »

Exército Português

O Exército Português é o ramo terrestre das Forças Armadas Portuguesas, encarregado - em conjunto com os outros ramos - da defesa militar da Nação.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Exército Português · Veja mais »

Exposição Universal de 1855

A Exposição Universal de Paris realizou-se no Campo de Marte em Paris desde 15 de Maio de 1855 a 15 de Novembro do mesmo ano.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Exposição Universal de 1855 · Veja mais »

Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra

A Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra é umas das faculdades que constituem a Universidade de Coimbra e também a faculdade mais antiga de Portugal, declarado em 22 de junho de 2013 a Património Mundial pela UNESCO.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra · Veja mais »

Fidalgo do Conselho

Fidalgo do Conselho era a designação dada aos fidalgos portugueses nomeados pelo soberano para fazerem parte do que depois veio a chamar-se Conselho de Estado.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Fidalgo do Conselho · Veja mais »

Francisco António de Campos

Francisco António de Campos Henriques ComNSC • GCNSC (Vila Nova de Foz Coa, Vila Nova de Foz Coa, 1 de Novembro/Dezembro de 1780 - Lisboa, 28 de Julho/Agosto de 1873), 1.º Barão de Vila Nova de Foz Coa, foi um político, empresário comercial, escritor, jornalista, juiz e académico português.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Francisco António de Campos · Veja mais »

Francisco de Almeida Portugal

Francisco de Almeida Portugal GCTE • GCC • ComNSC (Lisboa, 12 de Julho de 1796 — Roma, 1 de Fevereiro de 1870) foi Conde do Lavradio e membro da Academia Real das Ciências de Lisboa.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Francisco de Almeida Portugal · Veja mais »

General

General é a designação geral de um oficial do círculo dos Oficiais Generais nas forças armadas da maioria dos países.

Novo!!: José Jorge Loureiro e General · Veja mais »

Governo do Entrudo

O 13.º governo da Monarquia Constitucional, mais conhecido como Governo do Entrudo, foi o executivo presidido pelo Duque de Palmela que governou Portugal por 3 dias, por coincidência os dias em torno do Carnaval, de 7 a 9 de Fevereiro de 1842.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Governo do Entrudo · Veja mais »

Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira

A Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira é uma enciclopédia portuguesa cuja publicação se iniciou em 1936.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira · Veja mais »

Guerra Civil Portuguesa

A Guerra Civil Portuguesa, também conhecida como Guerras Liberais, Guerra Miguelista ou Guerra dos Dois Irmãos, foi a guerra civil travada em Portugal entre liberais constitucionalistas e absolutistas sobre a sucessão real, que durou de 1828 a 1834.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Guerra Civil Portuguesa · Veja mais »

Guerra Peninsular

A Guerra Peninsular (1807–1814) foi um conflito militar entre o Primeiro Império Francês e os seus aliados do Império Espanhol, contra a aliança do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda e do Reino de Portugal e Algarves pelo domínio da Península Ibérica durante as Guerras Napoleónicas.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Guerra Peninsular · Veja mais »

Guerras Napoleônicas

foi uma série de conflitos colocando o Império Francês, liderado por Napoleão Bonaparte, contra uma série de alianças de nações europeias.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Guerras Napoleônicas · Veja mais »

História

grego Nikolaos Gysis (1892). História (do grego antigo ἱστορία, transl.: historía, que significa "pesquisa", "conhecimento advindo da investigação") é a ciência que estuda o ser humano e sua ação no tempo e no espaço concomitantemente à análise de processos e eventos ocorridos no passado.

Novo!!: José Jorge Loureiro e História · Veja mais »

Ilha Terceira

A Terceira é uma das nove ilhas dos Açores, integrante do chamado "Grupo Central".

Novo!!: José Jorge Loureiro e Ilha Terceira · Veja mais »

Império Austríaco

O Império Austríaco (em alemão Kaisertum Österreich) foi fundado em 1804 em reação à criação do Primeiro Império Francês por Napoleão Bonaparte.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Império Austríaco · Veja mais »

Infantaria

Recriação de uma formação de legionários romanos. Formações de infantaria espanhola no século XVII. Assalto de um regimento de infantaria prussiana do século XVIII. Infantaria britânica nas trincheiras da Primeira Guerra Mundial. Infantaria dos EUA avançando protegida por um carro de combate na Segunda Guerra Mundial. Infantaria ligeira portuguesa (caçadores) avançando na selva africana durante a Guerra do Ultramar. Lançamento de infantaria paraquedista dos EUA a partir de um avião C-141. Soldados Gurkhas de Infantaria britânica em instrução de combate em áreas urbanizadas. Guarnição de um morteiro de 81 mm da infantaria francesa. Infantaria mecanizada dos EUA. A infantaria é a mais antiga arma do Exército e geralmente dotada dos maiores efetivos, formada por soldados que podem combater em todos os tipos de terreno e sob quaisquer condições meteorológicas, podendo utilizar variados meios de transporte para serem levados à frente de combate.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Infantaria · Veja mais »

Jean-Andoche Junot

Jean-Andoche Junot, 1.° Duque de Abrantes (Bussy-le-Grand, — Montbard), chamado de "a Tempestade", foi um militar francês, coronel-general dos Hussardos.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Jean-Andoche Junot · Veja mais »

João Carlos de Saldanha Oliveira e Daun

João Carlos Gregório Domingos Vicente Francisco de Saldanha Oliveira e Daun GCTE • GCC • GCSE • GCNSC (Lisboa, — Londres), 1.º conde, 1.º marquês e 1.º duque de Saldanha, também conhecido por Marechal Saldanha, foi um oficial do Exército Português, no qual atingiu o posto de marechal, diplomata e um dos políticos dominantes do século XIX em Portugal, com uma carreira política que se iniciou na Guerra Civil Portuguesa (1828-1834) e só terminou com a sua morte em 1876.

Novo!!: José Jorge Loureiro e João Carlos de Saldanha Oliveira e Daun · Veja mais »

Legislatura

A legislatura corresponde ao período do mandato de cada assembleia eleita.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Legislatura · Veja mais »

Liberalismo

Liberalismo é uma filosofia política ou ideologia fundada sobre ideais que pretendem ser da liberdade individual e do igualitarismo.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Liberalismo · Veja mais »

Lisboa

Lisboa GCTE é a capital de Portugal e a cidade mais populosa do país.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Lisboa · Veja mais »

Lista de chefes de governo de Portugal

Esta é uma lista de chefes de governo de Portugal desde a instituição oficial do cargo em 1834, com o restabelecimento da Monarquia Constitucional, com o nome de presidente do Conselho de Ministros, até ao presente.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Lista de chefes de governo de Portugal · Veja mais »

Londres

Londres (London) é a capital da Inglaterra e do Reino Unido.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Londres · Veja mais »

Luís da Silva Mouzinho de Albuquerque

Retrato de Luís da Silva Mouzinho de Albuquerque. Luís da Silva Mouzinho de Albuquerque CvHDM • ComTE • GCA • GCNSC (Lisboa, São Vicente de Fora, 16 de Junho de 1792 — Torres Vedras, 27 de Dezembro de 1846) foi um militar, engenheiro, poeta, cientista e político português que se distinguiu nas lutas liberais e nos conflitos que marcaram a sociedade portuguesa na primeira metade do século XIX.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Luís da Silva Mouzinho de Albuquerque · Veja mais »

Major

Major é um posto militar, nas forças armadas e de segurança de vários países.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Major · Veja mais »

Major-general

Major-general é um posto de oficial general nos exércitos e forças aéreas de vários países do mundo.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Major-general · Veja mais »

Marechal de campo

é a designação de uma patente militar que pode ter significados diferentes, conforme o país.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Marechal de campo · Veja mais »

Maria II de Portugal

Maria II (Rio de Janeiro, – Lisboa), apelidada de "a Educadora" e "a Boa Mãe", foi a Rainha de Portugal e Algarves em dois períodos diferentes, primeiro de 1826 até ser deposta em 1828 por seu tio Miguel, e depois de 1834 até sua morte.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Maria II de Portugal · Veja mais »

Marquês de Ficalho

Armas dos condes, marqueses e duques de Ficalho. O título de Marquês (Marquesa) de Ficalho foi criado por D. Maria II de Portugal em 4 de Abril de 1833, a favor de D. Eugénia de Almeida, também 1.ª Duquesa e 2.ª Condessa de Ficalho.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Marquês de Ficalho · Veja mais »

Miguel I de Portugal

Miguel I (nome completo: Miguel Maria do Patrocínio João Carlos Francisco de Assis Xavier de Paula Pedro de Alcântara António Rafael Gabriel Joaquim José Gonzaga Evaristo; Queluz, 26 de outubro de 1802 – Wertheim, 14 de novembro de 1866), apelidado de "o Absolutista" e "o Tradicionalista", foi o Rei de Portugal e Algarves entre 1828 e 1834 e pretendente ao trono português entre 1834 e 1866, tendo sido o terceiro filho varão do rei D. João VI de Portugal e de D. Carlota Joaquina de Bourbon (ver secção: Questão da paternidade) e o irmão mais novo do rei D. Pedro IV, imperador Pedro I do Brasil.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Miguel I de Portugal · Veja mais »

Militar

O termo militar se refere aos membros, instituições, instalações, equipamentos, veículos e tudo aquilo que faz parte de uma organização autorizada a usar a força, geralmente incluindo o uso de armas de fogo, na defesa do seu país através da luta real ou de ameaças percebidas.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Militar · Veja mais »

Ministério

Ministério dos Negócios Estrangeiros francês, no Quai d'Orsay em Paris, França Um ministério é um dos departamentos superiores em que se articula a administração pública de um país ou de outro território dotado de governo próprio.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Ministério · Veja mais »

Ministério da Administração Interna

O Ministério da Administração Interna (MAI), designado entre 1910 e 1974 por Ministério do Interior é o departamento do Governo de Portugal responsável pela execução das políticas de segurança pública, de proteção e socorro, de imigração e asilo, de prevenção e segurança rodoviária e pela administração dos assuntos eleitorais.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Ministério da Administração Interna · Veja mais »

Ministério da Guerra

*Ministério da Guerra (Brasil) — antigo ministério brasileiro.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Ministério da Guerra · Veja mais »

Ministério da Justiça (Portugal)

O Ministério da Justiça (MJ) é um departamento do Governo de Portugal, responsável pela gestão dos assuntos respeitantes ao Sistema Judicial Português.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Ministério da Justiça (Portugal) · Veja mais »

Ministério da Marinha (Portugal)

O Ministério da Marinha (MM) era o antigo departamento do Governo de Portugal que se ocupava dos assuntos marítimos, tanto militares como civis.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Ministério da Marinha (Portugal) · Veja mais »

Ministério das Finanças (Portugal)

O Ministério das Finanças (MF) é o departamento do Governo de Portugal que tem por missão definir e conduzir a política financeira do Estado e as políticas para a Administração Pública.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Ministério das Finanças (Portugal) · Veja mais »

Ministério dos Negócios Estrangeiros (Portugal)

O Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) é, em Portugal, o departamento governamental responsável pela formulação, coordenação e execução da política externa.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Ministério dos Negócios Estrangeiros (Portugal) · Veja mais »

Ministro da Fazenda

O Ministro da Fazenda é considerado um dos cargos mais elevados e de maior importância para um governo, normalmente estando abaixo somente do próprio chefe de governo.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Ministro da Fazenda · Veja mais »

Monarquia constitucional (Portugal)

A Monarquia Constitucional em Portugal foi um sistema governativo que vigorou entre 1820 e terminou com a queda da monarquia em 1910.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Monarquia constitucional (Portugal) · Veja mais »

Monarquia de Julho

Monarquia de Julho é o nome com que a historiografia costuma designar o período histórico que decorreu em França de 1830 a 1848, entre dois dos principais processos revolucionários considerados como ciclos da revolução liberal ou revolução burguesa (as revoluções de 1830 - a revolução de Julho e as revoluções de 1848 — a primavera dos povos).

Novo!!: José Jorge Loureiro e Monarquia de Julho · Veja mais »

Negócio

Em economia, negócio é referido como um comérciohttps://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/negocio ou empresa que é administrado por pessoa(s) para captar recursos financeiros a fim de gerar bens e serviços e, por consequência, proporciona a circulação de capital de giro entre os diversos setores.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Negócio · Veja mais »

Nuno José Severo de Mendoça Rolim de Moura Barreto

Nuno José Severo de Mendoça Rolim de Moura Barreto, 9º conde de Vale de Reis, segundo marquês de Loulé e primeiro duque de Loulé, (Lisboa, 6 de Novembro de 1804 — Lisboa, 23 de Maio de 1875) foi um importante nobre e político português no tempo da monarquia Constitucional.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Nuno José Severo de Mendoça Rolim de Moura Barreto · Veja mais »

Oficial (militar)

Os militares estão classificados, de acordo com seu estatuto, em oficiais (exercem funções de comando, chefia e direção) e praças (executores e auxiliares).

Novo!!: José Jorge Loureiro e Oficial (militar) · Veja mais »

Ordem da Coroa de Ferro

A Imperial Ordem da Coroa de Ferro foi estabelecida a 5 de Junho de 1805 por Napoleão Bonaparte (sob seu título de Rei Napoleão I da Itália).

Novo!!: José Jorge Loureiro e Ordem da Coroa de Ferro · Veja mais »

Ordem de Leopoldo (Bélgica)

A Ordem de Leopoldo (em holandês: Leopoldsorde, em francês: Ordre de Léopold) é uma das três actuais Ordens de Cavalaria da Bélgica.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Ordem de Leopoldo (Bélgica) · Veja mais »

Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito

A Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito (de seu nome completo Antiga e Muito Nobre Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito) é a mais elevada Ordem Honorífica de Portugal, tendo sido criada pelo Rei D. Afonso V em 1459.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito · Veja mais »

Paris

Paris é a capital e a mais populosa cidade da França, bem como a capital da região administrativa de Ilha de França.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Paris · Veja mais »

Parlamento

Parlamento é a assembleia composta por membros eleitos, denominado "parlamentares", para a representação política dos cidadãos dentro da estrutura governamental de um regime constitucional.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Parlamento · Veja mais »

Partido Histórico

O Partido Histórico (1852-1876) foi uma formação política portuguesa fundada em torno de Nuno José Severo de Mendonça Rolim de Moura Barreto, 9.º conde de Vale de Reis, 2.º marquês de Loulé e 1.º duque de Loulé.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Partido Histórico · Veja mais »

Pedro de Sousa Holstein, 1.º Duque de Palmela

D. Pedro de Sousa Holstein, 1.º Duque de Palmela, (Turim, Reino da Sardenha, 8 de Maio de 1781 — São Mamede, Lisboa, 12 de Outubro de 1850) foi um político e militar português do tempo da monarquia.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Pedro de Sousa Holstein, 1.º Duque de Palmela · Veja mais »

Pedro I do Brasil

Pedro I & IV (Queluz, – Queluz), apelidado de "o Libertador" e "o Rei Soldado", foi o primeiro Imperador do Brasil como Pedro I de 1822 até sua abdicação em 1831, e também Rei de Portugal e Algarves como Pedro IV entre março e maio de 1826.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Pedro I do Brasil · Veja mais »

Pedro V de Portugal

Pedro V (Lisboa, – Lisboa), apelidado de "o Esperançoso" e "o Muito Amado", foi o Rei de Portugal e Algarves de 1853 até sua morte.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Pedro V de Portugal · Veja mais »

Político

francês Um político (do grego transliterado politikós) ou estadista é quem se ocupa da política.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Político · Veja mais »

Porto

Porto OTE é a segunda cidade e o quarto município mais populoso de Portugal, situada no noroeste do país e capital da Área Metropolitana do Porto (NUTS III e área metropolitana), da região Norte (NUTS II) e do Distrito do Porto.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Porto · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense,  estabelecido no século XI por Vímara Peres, um vassalo do rei das Astúrias. O condado tornou-se parte do Reino de León em 1097, e os condes de Portugal estabeleceram-se como governantes independentes do reino no século XII, após a batalha de São Mamede. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Portugal · Veja mais »

Praça de pré

Uma praça de pré (referido ocasionalmente pelo termo arcaico: praça de pret) ou simplesmente praça é um militar que pertence à categoria inferior da hierarquia militar.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Praça de pré · Veja mais »

Presidente

Presidente é aquele que tem a função de ocupar o primeiro lugar numa junta, empresa, comunidade, coro, concílio, associação, tribunal ou acto literário, e ter nele alguma direcção.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Presidente · Veja mais »

Primeira invasão francesa de Portugal

A Primeira invasão francesa de Portugal insere-se, por um lado, no plano de Napoleão para impor o Bloqueio Continental a toda a Europa e, desta forma, derrotar o Reino Unido; por outro lado, enquadra-se na dinâmica expansionista da França Napoleónica.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Primeira invasão francesa de Portugal · Veja mais »

Província

Província é a divisão territorial de nível superior utilizada em muitos países.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Província · Veja mais »

Quartel-mestre-general

Em diversas forças armadas do mundo, o quartel-mestre-general (QMG) é o oficial general do estado-maior encarregue da administração e da logística de um exército ou de uma grande unidade militar.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Quartel-mestre-general · Veja mais »

Regência (governo)

Regência (do latim regentia) refere-se ao governo temporário instituído em um país durante um impedimento do chefe de Estado, especialmente de um monarca.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Regência (governo) · Veja mais »

Regeneração (história)

Regeneração é a designação dada ao período da Monarquia Constitucional portuguesa que se seguiu à insurreição militar de 1 de Maio de 1851 que levou à queda de Costa Cabral e dos governos de inspiração setembrista.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Regeneração (história) · Veja mais »

Regimento de Infantaria N.º 1

Regimento de Infantaria da Corte do Exército Português, em 1762. O Regimento de Infantaria N.º 1 (RI1) é uma unidade da Estrutura Base do Exército Português.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Regimento de Infantaria N.º 1 · Veja mais »

Reino

* Monarquia — forma de governo ou o Estado que usa essa forma.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Reino · Veja mais »

Reino de Portugal

O Reino de Portugal era a denominação de Portugal sob a governação de um regime monárquico, e no início ainda sem o reino dos Algarves.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Reino de Portugal · Veja mais »

Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda

O Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda, ou simplesmente Reino Unido, foi um estado monárquico constitucional criado em 1 de Janeiro de 1801 pela união do Reino da Grã-Bretanha com o Reino da Irlanda.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda · Veja mais »

Reinos Unidos da Suécia e Noruega

Os Reinos Unidos da Suécia e Noruega (Förenade Konungarikena Sverige och Norge; em norueguês: De Forenede Kongeriger Norge og Sverige), ou simplesmente Suécia e Noruega, foi uma união pessoal dos reinos separados da Suécia e Noruega sob um monarca em comum e uma única política externa que durou desde 1814 até 1905, quando a Suécia pacificamente aceitou que a Noruega deixasse a união.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Reinos Unidos da Suécia e Noruega · Veja mais »

Revolta dos Marechais

Revolta dos Marechais é designação dada na historiografia portuguesa à sublevação militar fracassada, de inspiração cartista contra o setembrismo, encabeçada pelos marechais António José Severim de Noronha, 1.º duque da Terceira, e João Carlos Oliveira e Daun, 1.º duque de Saldanha.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Revolta dos Marechais · Veja mais »

Revolução da Maria da Fonte

Maria da Fonte, ou Revolta do Minho, é o nome dado a uma revolta popular ocorrida na primavera de 1846 contra o governo cartista presidido por António Bernardo da Costa Cabral.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Revolução da Maria da Fonte · Veja mais »

Revolução de Setembro

Revolução de Setembro é a designação dada ao golpe de estado ocorrido em Portugal a 9 de Setembro de 1836 que pôs termo ao Devorismo e levou à promulgação da Constituição Portuguesa de 1838.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Revolução de Setembro · Veja mais »

Setembrismo

Setembrismo é a designação dada à corrente mais à esquerda do movimento liberal.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Setembrismo · Veja mais »

Suíça

Suíça (Schweiz; em suíço-alemão: Schwyz ou Schwiiz; Suisse; Svizzera; Svizra ou), oficialmente Confederação Suíça (em alemão: Schweizerische Eidgenossenschaft; em francês: Confédération suisse; em italiano: Confederazione Svizzera; em romanche: Confederaziun svizra), é uma república federal composta por 26 estados, chamados de cantões, com a cidade de Berna como a sede das autoridades federais.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Suíça · Veja mais »

Tenente

Tenente (abreviação de lugar-tenente) é um dos vários postos ou cargos de chefia, que compõem o oficialato.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Tenente · Veja mais »

Tenente-coronel

Tenente-coronel é uma patente militar de oficial superior, situada entre a de major e a de coronel.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Tenente-coronel · Veja mais »

Thomas Stubbs

O general Sir Thomas Stubbs foi um general britânico que ao serviço das forças liberais teve um papel relevante na Guerra Civil Portuguesa (1828-1834).

Novo!!: José Jorge Loureiro e Thomas Stubbs · Veja mais »

Tratado de Navegação do Douro

O Tratado de Navegação do Douro foi um convénio assinado entre os governos Portugal e de Espanha, a 31 de Agosto de 1835, visando a livre navegação do Douro e a criação de um regime aduaneiro favorável ao comércio que se realizasse usando os portos daquele rio.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Tratado de Navegação do Douro · Veja mais »

Triunvirato

Um triunvirato é uma associação política entre três homens (triúnviros) em pé de igualdade.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Triunvirato · Veja mais »

Universidade de Coimbra

A Universidade de Coimbra (UC) GCSE é uma universidade pública localizada na cidade de Coimbra, em Portugal.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Universidade de Coimbra · Veja mais »

Visconde de Sá da Bandeira

Visconde de Sá da Bandeira foi um título de juro e herdade criado por decreto de 1 de Dezembro de 1834, da Rainha D. Maria II de Portugal, em benefício de Bernardo de Sá Nogueira de Figueiredo, militar durante as Guerras Liberais (nas quais perdeu o braço direito no Alto da Bandeira, em 1832, durante o Cerco do Porto), político e primeiro-ministro de Portugal, já anteriormente agraciado pela sua folha de serviços com o título de Barão de Sá da Bandeira.

Novo!!: José Jorge Loureiro e Visconde de Sá da Bandeira · Veja mais »

1 de junho

987: Hugo Capeto é eleito rei da França. 2009: O voo AF 447 da Air France, desapareceu sobre o Oceano Atlântico. Na foto, o Airbus A330-200, modelo do incidente.

Novo!!: José Jorge Loureiro e 1 de junho · Veja mais »

1791

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVIII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: José Jorge Loureiro e 1791 · Veja mais »

18 de novembro

Sem descrição

Novo!!: José Jorge Loureiro e 18 de novembro · Veja mais »

1809

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: José Jorge Loureiro e 1809 · Veja mais »

1828

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram F e E (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou a uma quinta feira.

Novo!!: José Jorge Loureiro e 1828 · Veja mais »

1835

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: José Jorge Loureiro e 1835 · Veja mais »

1836

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram C e B (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou a um sábado.

Novo!!: José Jorge Loureiro e 1836 · Veja mais »

1842

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: José Jorge Loureiro e 1842 · Veja mais »

1846

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: José Jorge Loureiro e 1846 · Veja mais »

1856

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram F e E (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou a uma quarta-feira.

Novo!!: José Jorge Loureiro e 1856 · Veja mais »

1857

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: José Jorge Loureiro e 1857 · Veja mais »

1860

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram A e G (52 semanas), teve início a um domingo e terminou a uma segunda-feira.

Novo!!: José Jorge Loureiro e 1860 · Veja mais »

19 de julho

Sem descrição

Novo!!: José Jorge Loureiro e 19 de julho · Veja mais »

20 de abril

Sem descrição

Novo!!: José Jorge Loureiro e 20 de abril · Veja mais »

20 de maio

Sem descrição

Novo!!: José Jorge Loureiro e 20 de maio · Veja mais »

23 de abril

Sem descrição

Novo!!: José Jorge Loureiro e 23 de abril · Veja mais »

23 de janeiro

Sem descrição

Novo!!: José Jorge Loureiro e 23 de janeiro · Veja mais »

24 de setembro

Sem descrição

Novo!!: José Jorge Loureiro e 24 de setembro · Veja mais »

25 de abril

1607:Batalha de Gibraltar 1707:Batalha de Almansa.

Novo!!: José Jorge Loureiro e 25 de abril · Veja mais »

27 de janeiro

Sem descrição

Novo!!: José Jorge Loureiro e 27 de janeiro · Veja mais »

4.º governo da Monarquia Constitucional

O 1.º governo da Monarquia Constitucional, ou 3.º governo do Devorismo, também conhecido pejorativamente por ministério dos vândalos, nomeado a 18 de novembro de 1835 e exonerado a 20 de abril de 1836, foi presidido, a partir de dia 25 de novembro, por José Jorge Loureiro, se bem que o cargo de presidente do Conselho de Ministros ainda não estava juridicamente definido.

Novo!!: José Jorge Loureiro e 4.º governo da Monarquia Constitucional · Veja mais »

6 de junho

Sem descrição

Novo!!: José Jorge Loureiro e 6 de junho · Veja mais »

9 de fevereiro

Sem descrição

Novo!!: José Jorge Loureiro e 9 de fevereiro · Veja mais »

Redireciona aqui:

José jorge loureiro.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »