Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

João I, Duque de Bragança

Índice João I, Duque de Bragança

João I de Bragança, 6.º Duque de Bragança, nasceu em 1543, morreu em Vila Viçosa em 22 de Fevereiro de 1583.

58 relações: Afonso V de Portugal, Alexandre de Bragança, arcebispo de Évora, Arquidiocese de Évora, África, Índia, Brasil, Camilo Castelo Branco, Casa de Bragança, Catarina de Portugal, Duquesa de Bragança, Cavaleiro, Condestável, Condestável de Portugal, Corte, Cortes de Lisboa, Cortes de Tomar de 1581, Diego, Príncipe das Astúrias, Duarte de Bragança, Marquês de Frechilla, Duarte de Portugal, 4.º Duque de Guimarães, Duque de Barcelos, Duque de Bragança, Elvas, Fernando II, Duque de Bragança, Filipe II de Espanha, Grão-mestre, Henrique I de Portugal, Infante, Isabel de Bragança, Isabel de Lencastre, João II de Portugal, João III de Portugal, João IV de Portugal, Lisboa, Manuel I de Portugal, Nau, Ordem de Cristo, Paço dos Duques de Bragança, Portugal, Sebastião I de Portugal, Setúbal, Teodósio I, Duque de Bragança, Teodósio II, Duque de Bragança, Velo de ouro, Vila Viçosa, 1543, 1563, 1565, 1566, 1572, 1573, 1576, ..., 1579, 1580, 1581, 1583, 1584, 1587, 1604, 22 de fevereiro. Expandir índice (8 mais) »

Afonso V de Portugal

Afonso V (Sintra, – Lisboa), apelidado de "o Africano" por suas conquistas na África, foi o Rei de Portugal e Algarves de 1438 até sua morte.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Afonso V de Portugal · Veja mais »

Alexandre de Bragança, arcebispo de Évora

Alexandre de Bragança (17 de setembro de 1570 - 11 de setembro de 1608), era o quinto filho do 6º Duque de Bragança, João e de sua mulher, Catarina (filha do Infante Duarte) e desde muito cedo foi destinado à carreira eclesiástica (como era usual nas famílias nobres da época. Estudou e formou-se em teologia, na Universidade de Coimbra. Devido à influência familiar junto do Rei Filipe II, veio a ser nomeado Arcebispo de Évora, em 1602. Doente, passou a maior parte do seu episcopado em Vila Viçosa, junto da sua família. Categoria:Arcebispos de Évora.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Alexandre de Bragança, arcebispo de Évora · Veja mais »

Arquidiocese de Évora

A história da Diocese de Évora é bastante antiga.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Arquidiocese de Évora · Veja mais »

África

A África é o terceiro continente mais extenso (depois da Ásia e da América) com cerca de 30 milhões de quilômetros quadrados, cobrindo 20,3 % da área total da terra firme do planeta.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e África · Veja mais »

Índia

Índia (भारत, Bhārat,; India), oficialmente denominada República da Índia (भारत गणराज्य, Bhārat Gaṇarājya; Republic of India), é um país da Ásia Meridional.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Índia · Veja mais »

Brasil

Brasil (pronuncia-se localmente A vocalização do no fim das sílabas geralmente só não acontece em dialetos influenciados pelos vizinhos falantes da língua castelhana, como na pampa rio-grandense – –, entretanto, em dialetos conservadores do interior do planalto, comumente referidos por caipira, o novo semivogal é um rótico retroflexo, fone herdado de línguas indígenas macro-jê, e não lábio-velar, daí, hoje muito menos comum por pressão sociolinguística da variedade de prestígio. Em todas, assume-se uma prosódia de conversa cotidiana. Em uma prosódia mais clara e formal, como a midiática, geralmente usa-se. Esta mudança de pronúncia da vogal átona pré-tônica não ocorre nas variedades de outros países falantes da língua portuguesa, que conservam a redução de para, para e para considerada mais coloquial no Brasil.), oficialmente República Federativa do Brasil, é o maior país da América do Sul e da região da América Latina, sendo o quinto maior do mundo em área territorial (equivalente a 47% do território sul-americano) e sexto em população (com mais de 200 milhões de habitantes).

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Brasil · Veja mais »

Camilo Castelo Branco

Camilo Castelo Branco (Mártires, Lisboa, 16 de Março de 1825 — Vila Nova de Famalicão, São Miguel de Seide, 1 de Junho de 1890) foi um escritor português, romancista, cronista, crítico, dramaturgo, historiador, poeta e tradutor.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Camilo Castelo Branco · Veja mais »

Casa de Bragança

A Casa de Bragança, oficialmente titulada como a Sereníssima Casa de Bragança é uma família nobre portuguesa, que teve muita influência e importância na Europa e no mundo até ao início do século XX.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Casa de Bragança · Veja mais »

Catarina de Portugal, Duquesa de Bragança

D.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Catarina de Portugal, Duquesa de Bragança · Veja mais »

Cavaleiro

Museu Metropolitano de Arte, Nova Iorque. Um cavaleiro pode ter vários significados quase sempre associado às características nobres do cavalo e ao facto de o montar.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Cavaleiro · Veja mais »

Condestável

Etimologicamente, Condestável parece advir de condestabre, que por sua vez deriva de um cargo palatino do Império Romano, comes stabuli, que correspondia ao que depois se chamou estribeiro-mor, o superintendente nas cavalariças, mas que se tornara um importante cargo militar.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Condestável · Veja mais »

Condestável de Portugal

Condestável de Portugal ou Condestável do Reino foi um cargo criado pelo rei Fernando I de Portugal em 1382, para assumir as funções militares do anterior cargo Alferes-Mor do Reino.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Condestável de Portugal · Veja mais »

Corte

*Cortes (política) - nome que se dá ao parlamento.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Corte · Veja mais »

Cortes de Lisboa

Durante a História de Portugal foram realizadas muitas cortes em Lisboa.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Cortes de Lisboa · Veja mais »

Cortes de Tomar de 1581

Cortes de Tomar de 1581, foram as cortes convocadas por Filipe II de Espanha para acalmar as forças portuguesas face às suas intenções após vencer a resistência de D. António, prior do Crato na batalha de Alcântara.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Cortes de Tomar de 1581 · Veja mais »

Diego, Príncipe das Astúrias

Diego Félix (1575-1582) foi o terceiro filho saído do casamento entre Filipe II de Espanha e Ana de Áustria.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Diego, Príncipe das Astúrias · Veja mais »

Duarte de Bragança, Marquês de Frechilla

Duarte de Bragança, (Eduardo de Braganza ou Duarte de Portugal; 12 de setembro de 1569 - 28 de maio de 1627) foi um nobre português pertencendo à Casa de Bragança.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Duarte de Bragança, Marquês de Frechilla · Veja mais »

Duarte de Portugal, 4.º Duque de Guimarães

Duarte de Portugal (Lisboa, 7 de outubro de 1515 — Lisboa, 20 de setembro de 1540), Infante de Portugal, foi filho do rei Manuel I e Maria de Aragão.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Duarte de Portugal, 4.º Duque de Guimarães · Veja mais »

Duque de Barcelos

O título de Duque de Barcelos foi criado pelo Rei D. Sebastião de Portugal, por carta de 5 de Agosto de 1562 a favor de D. João de Bragança, futuro 6.º Duque de Bragança.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Duque de Barcelos · Veja mais »

Duque de Bragança

O título de duque de Bragança é um dos mais importantes de Portugal.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Duque de Bragança · Veja mais »

Elvas

Elvas OTE é uma cidade portuguesa do Distrito de Portalegre, região do Alentejo e sub-região do Alto Alentejo, com 16 640 habitantes.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Elvas · Veja mais »

Fernando II, Duque de Bragança

Fernando II, Duque de Bragança (— Évora) foi o 3º Duque de Bragança, filho mais velho de Fernando I, Duque de Bragança e sua esposa Joana de Castro.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Fernando II, Duque de Bragança · Veja mais »

Filipe II de Espanha

Filipe II (Felipe II; Valladolid, 21 de maio de 1527 – Escorial, 13 de setembro de 1598) foi Rei da Espanha de 1556 até sua morte e também Rei de Portugal e Algarves como Filipe I a partir de 1581.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Filipe II de Espanha · Veja mais »

Grão-mestre

O Imperador Fernando I da Áustria na sua qualidade de Grão-Mestre da Ordem do Tosão de Ouro Título de Grão-mestre ou Grande Mestre é o mais alto grau em ordens honoríficas ou de mérito, isto é, título dada a máxima autoridade de uma ordem, tem poder quase absoluto, geralmente limitado no tempo por uma eleição entre os membros da ordem a que pertence.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Grão-mestre · Veja mais »

Henrique I de Portugal

Henrique I (Lisboa, – Almeirim), apelidado de "o Casto" e "o Cardeal-Rei", foi o Rei de Portugal e Algarves de 1578 até sua morte, além de cardeal da Igreja católica desde 1545.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Henrique I de Portugal · Veja mais »

Infante

Infante é um título de nobreza, que está abaixo de príncipe.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Infante · Veja mais »

Isabel de Bragança

D.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Isabel de Bragança · Veja mais »

Isabel de Lencastre

Isabel de Lencastre (1513 — Lisboa, 24 de agosto de 1558) foi Duquesa de Bragança pelo seu casamento com Teodósio I, 5º Duque de Bragança.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Isabel de Lencastre · Veja mais »

João II de Portugal

João II (Lisboa, – Alvor), apelidado de "o Príncipe Perfeito", foi o Rei de Portugal e dos Algarves em dois períodos diferentes, primeiro durante quatro dias em novembro de 1477 e depois de 1481 até sua morte.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e João II de Portugal · Veja mais »

João III de Portugal

João III (Lisboa, – Lisboa), apelidado de "o Piedoso" e "o Colonizador", foi o Rei de Portugal e Algarves de 1521 até sua morte.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e João III de Portugal · Veja mais »

João IV de Portugal

João IV (Vila Viçosa, – Lisboa), apelidado de João, o Restaurador, foi o Rei de Portugal e Algarves de 1640 até à sua morte, e Duque de Bragança entre 1630 e 1645.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e João IV de Portugal · Veja mais »

Lisboa

Lisboa GCTE é a capital de Portugal e a cidade mais populosa do país.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Lisboa · Veja mais »

Manuel I de Portugal

Manuel I (Alcochete, – Lisboa), apelidado de "o Afortunado","O Venturoso" e "o Bem-Aventurado", foi o Rei de Portugal e Algarves de 1495 até à sua morte.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Manuel I de Portugal · Veja mais »

Nau

Santa Maria'', o maior dos navios comandados por Cristóvão Colombo em 1492, no porto do Funchal Nau é denominação genérica dada a navios de grande porte com capacidade de 200 pessoas, até o usados em viagens de grande percurso.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Nau · Veja mais »

Ordem de Cristo

A Ordem de Nosso Senhor Jesus Cristo originalmente era uma ordem religiosa e militar, criada a 14 de março de 1319 pela bula pontifícia Ad ea ex-quibus do Papa João XXII, que, deste modo, atendia aos pedidos do rei Dom Dinis.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Ordem de Cristo · Veja mais »

Paço dos Duques de Bragança

Paço dos Duques de Bragança, em Portugal, pode referir-se a.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Paço dos Duques de Bragança · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense,  estabelecido no século XI por Vímara Peres, um vassalo do rei das Astúrias. O condado tornou-se parte do Reino de León em 1097, e os condes de Portugal estabeleceram-se como governantes independentes do reino no século XII, após a batalha de São Mamede. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Portugal · Veja mais »

Sebastião I de Portugal

Sebastião (Lisboa, – Alcácer-Quibir), apelidado de "o Desejado" e "o Adormecido", foi o Rei de Portugal e Algarves de 1557 até sua morte.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Sebastião I de Portugal · Veja mais »

Setúbal

Setúbal é uma cidade portuguesa, capital do distrito de Setúbal (desde 1926) e sede de diocese (desde 1975), com 100 000 habitantes no seu perímetro urbano.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Setúbal · Veja mais »

Teodósio I, Duque de Bragança

Teodósio I de Bragança (—) foi o quinto Duque de Bragança.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Teodósio I, Duque de Bragança · Veja mais »

Teodósio II, Duque de Bragança

Teodósio II de Bragança (Vila Viçosa, 28 de Abril de 1568 — Vila Viçosa, 29 de Novembro de 1630) foi o 7° Duque de Bragança.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Teodósio II, Duque de Bragança · Veja mais »

Velo de ouro

O velo de ouroPB ou tosão de ouroPE (chamado ainda de velino ou velocino; em grego: Χρυσόμαλλον Δέρας) é na mitologia grega a lã de ouro do carneiro alado Crisómalo.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Velo de ouro · Veja mais »

Vila Viçosa

Vila Viçosa é uma vila portuguesa no Distrito de Évora, na região do Alentejo e na sub-região do Alentejo Central, com 5 023 habitantes (2012).

Novo!!: João I, Duque de Bragança e Vila Viçosa · Veja mais »

1543

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e 1543 · Veja mais »

1563

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi C (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e 1563 · Veja mais »

1565

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e 1565 · Veja mais »

1566

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e 1566 · Veja mais »

1572

---- 1572 (na numeração romana) foi um ano bissexto do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram F e E (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou a uma quarta-feira.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e 1572 · Veja mais »

1573

(na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do calendário juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e 1573 · Veja mais »

1576

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram A e G (52 semanas), teve início a um domingo e terminou a uma segunda-feira.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e 1576 · Veja mais »

1579

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e 1579 · Veja mais »

1580

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram C e B (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou a um sábado.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e 1580 · Veja mais »

1581

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e 1581 · Veja mais »

1583

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do actual Calendário Gregoriano da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e 1583 · Veja mais »

1584

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram A e G (52 semanas), teve início a um domingo e terminou a uma segunda-feira.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e 1584 · Veja mais »

1587

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e 1587 · Veja mais »

1604

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram D e C (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou a uma sexta-feira.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e 1604 · Veja mais »

22 de fevereiro

Frontispício e folha de rosto do ''Diálogo'' de Galileu Galilei. 1997: Ovelha Dolly, a primeira clonagem bem sucedida de um mamífero. Sismo de Christchurch na Nova Zelândia.

Novo!!: João I, Duque de Bragança e 22 de fevereiro · Veja mais »

Redireciona aqui:

João I de Bragança, João i de bragança, João i, duque de bragança.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »