Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Guerra de Granada

Índice Guerra de Granada

Guerra de Granada é o nome pelo qual se conhece o conjunto de campanhas militares que decorreram entre 1482 e 1492, durante o reinado dos Reis Católicos, no interior do reino de Granada. Culminou com a rendição negociada mediante capitulação do rei Boabdil, que ao longo da guerra tinha oscilado entre a aliança, o jogo duplo, o apaziguamento e o confronto aberto com ambos os lados. Os dez anos de guerra não foram um esforço contínuo: houve um ritmo sazonal de campanhas iniciadas na primavera e terminadas no inverno. Além disso, o conflito esteve sujeito a numerosas vicissitudes bélicas e civis: notáveis foram os confrontos internos dentro da parte muçulmana; enquanto que no lado cristão foi decisiva a capacidade de integração numa missão comum das cidades, a nobreza castelhana e o imprescindível impulso do baixo clero, e a autoridade da emergente Monarquia Católica. A participação da Coroa de Aragão (cujos reinos estavam muito menos sujeitos ao autoritarismo real) foi de menor importância: além da presença do próprio rei Fernando, consistiu na colaboração naval, na contribuição de experientes artilheiros, e algum empréstimo financeiro. Era evidente a natureza da empresa, claramente castelhana, e a integração na Coroa de Castela do reino conquistado. Os diplomatas entregaram as chaves da cidade, e a fortaleza-palácio do Alhambra, no dia 2 de Janeiro de 1492, data comemorada anualmente com uma ostentação de bandeiras no Município de Granada.

211 relações: Aben Humeya, Abencerragens, Abu Haçane Ali de Granada, Alá, Albaicín, Alcaide, Alcorão, Alfonso de Palencia, Alhama de Granada, Alhambra, Almeria, Almeria (província), Almuñécar, Alonso de Cárdenas, Alpujarras, América, Antequera, Antonio de Nebrija, Arcabuz, Arqueiro, Artilharia, Auto de fé, Écija, Íllora, Índias Ocidentais, Baza, Bálcãs, Boabdil, Borgia, Bula da Cruzada, Bulas Alexandrinas, Canárias, Capitão-general, Capitulação de Granada, Capitulações de Santa Fé, Catedral de São Paulo, Catedral de Siguença, Cavalaria, Cádi, Cádis (província), Cidade, Cieza (Múrcia), Clero, Colégio dos Cardeais, Colomera, Compromisso de Caspe, Conquista de Navarra, Constantinopla, Coroa de Aragão, Coroa de Castela, ..., Corregedor, Corte, Cristão-novo, Cristão-velho, Cristianismo, Culto, Decreto de Alhambra, Diego de Valera, Diego Hurtado de Mendoza y Suárez de Figueroa, Ducado de Medina-Sidonia, Egito, Emigração, Espanha, Espingarda, Estado-nação, Estreito de Gibraltar, Europa Ocidental, Expulsão dos Mouriscos, Fátua, Fernando de Talavera, Fernando del Pulgar, Fernando I de Aragão, Fernando II de Aragão, Feudalismo, Fez, Francisco Jiménez de Cisneros, Gomer, Gonzalo Fernández de Córdova, Granada (Espanha), Guadix, Guerra, Guerra de Sucessão de Castela, Guerra dos Cem Anos, Guerras Italianas, Henrique VII de Inglaterra, Historiografia, Ibne Alcatibe, Idade Moderna, Imame, Império Espanhol, Império Otomano, Infantaria, Inquisição, Inquisição espanhola, Inverno, Isabel Clara Eugénia da Áustria, Isabel I de Castela, Islão, Jacopo Sannazaro, João, Príncipe das Astúrias, Judiaria, Juro, Loja, Loja (Espanha), Londres, Lopera, Lorca, Lucena, Magrebe, Maquiavelismo, Mar Mediterrâneo, Maravedi, Marbella, Martín Vázquez de Arce, Málaga, Málaga (província), Médio Oriente, Múrcia, Militar, Moclín, Monarquia, Monarquia autoritária, Monarquia Católica, Montefrío, Mourisco, Mouros, Mudéjar, Mufti, Nasridas, Nápoles, Nobreza, Novo Mundo, Ordem de Calatrava, Ordem de Santiago, Otranto, Papa, Papa Alexandre VI, Pedro González de Mendoza, Península Ibérica, Peste, Pietro Martire d'Anghiera, Pique, Primavera, Rebelião das Alpujarras, Reconquista, Região histórica de Castela, Reino de Aragão, Reino de Castela, Reino de Navarra, Reino nasrida de Granada, Reis Católicos, Rodrigo Ponce de León, 1.º Duque de Cádis, Rodrigo Téllez Girón, Roma, Roma Antiga, Ronda, Salobreña, Santa Irmandade, Século VIII, Sevilha, Sultão, Tanto Monta, Terço (militar), Terra, Tlemcen, Torre-Cardela, Tratado de Granada (1491), Válor, Vélez-Blanco, Vélez-Málaga, Vélez-Rubio, Veiga de Granada, Vera (Almeria), Vice-rei, William Hickling Prescott, Xaém, Zahara de la Sierra, 1 de janeiro, 11 de fevereiro, 12 de outubro, 1350, 1410, 1412, 1460, 1464, 1469, 1475, 1476, 1477, 1478, 1481, 1482, 1483, 1485, 1486, 1487, 1488, 1490, 1491, 1492, 1493, 1499, 1502, 1834, 1856, 1973, 1990, 2 de janeiro, 2002, 25 de novembro, 28 de fevereiro. Expandir índice (161 mais) »

Aben Humeya

Aben Humeya (c.1520 - 1568) foi um pretendente à coroa de Granada.

Novo!!: Guerra de Granada e Aben Humeya · Veja mais »

Abencerragens

Abencerragens,(palavra em árabe بنو السراج‎ Banu s-Saradsch, "filho de seleiro"),ORLANDO NEVES.

Novo!!: Guerra de Granada e Abencerragens · Veja mais »

Abu Haçane Ali de Granada

ʾAbū al-Ḥasan ʿAlî ben Saʿd (أبو الحسن علي بن سعد), conhecido como Mulay Hasan, Muley Abul Hassan, Muley Hacén ou Mulhacén pelos castelhanos, que o alcunharam de el Viejo ("o Velho"; m. 1485) foi o 21º rei násrida de Granada.

Novo!!: Guerra de Granada e Abu Haçane Ali de Granada · Veja mais »

Alá

Alá ou Alláh (em árabe:, transl. Allāh) é a palavra utilizada no árabe para designar Deus (al ilāh, literalmente "O Deus").

Novo!!: Guerra de Granada e Alá · Veja mais »

Albaicín

O Albaicín (ou Albayzín) é um bairro da cidade espanhola de Granada de origem andaluza, entre os 700 a 800 m de altitude e numa colina vizinha à da Alhambra.

Novo!!: Guerra de Granada e Albaicín · Veja mais »

Alcaide

O alcaide (do; «o juiz») era o governador de um cidade ou vila acastelada ou fortificada, durante a Idade Média, na Península Ibérica.

Novo!!: Guerra de Granada e Alcaide · Veja mais »

Alcorão

Alcorão ou Corão (القرآن, transl. al-Qurʾān, lit. "a recitação") é o livro sagrado do Islã.

Novo!!: Guerra de Granada e Alcorão · Veja mais »

Alfonso de Palencia

O humanista Alfonso de Palencia (1423 — 1492) estudou primeiro com Alfonso de Cartagena, secretário latino e cronista dos reis castelhanos de 1456 a 1474.

Novo!!: Guerra de Granada e Alfonso de Palencia · Veja mais »

Alhama de Granada

Alhama de Granada é um município da Espanha na província de Granada, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 433 km² com população de 6016 habitantes (2004) e densidade populacional de 14,03 hab/km².

Novo!!: Guerra de Granada e Alhama de Granada · Veja mais »

Alhambra

A Alhambra vista dos jardins da Generalife, ao fundo o bairro de Albaicín Planta do palácio árabe datada de 1889 Alhambra ou, preferencialmente, Alambra ("a Vermelha") localiza-se na cidade e município de Granada, na província de homónima, comunidade autónoma da Andaluzia, na Espanha, em posição dominante no alto duma elevação arborizada na parte sudeste da cidade.

Novo!!: Guerra de Granada e Alhambra · Veja mais »

Almeria

Almeria Almería é um município da Espanha na província de Almeria, comunidade autónoma da Andaluzia.

Novo!!: Guerra de Granada e Almeria · Veja mais »

Almeria (província)

Almeria (Almería) é uma província da Espanha, uma das oito que compõem a comunidade autónoma da Andaluzia, localizando-se na região leste da mesma, formada em 1883.

Novo!!: Guerra de Granada e Almeria (província) · Veja mais »

Almuñécar

Almuñécar é um município da Espanha na província de Granada, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 83,36 km² com população de 27076 habitantes (2007) e densidade populacional de 324,81 hab./km².

Novo!!: Guerra de Granada e Almuñécar · Veja mais »

Alonso de Cárdenas

Alonso de Cárdenas (? — 1493) foi um nobre e militar espanhol, mestre da Ordem de Santiago, conde de Puebla del Maestre.

Novo!!: Guerra de Granada e Alonso de Cárdenas · Veja mais »

Alpujarras

A Alpujarra (ou as Alpujarras) é uma comarca da Andalucía, no sul de Espanha.

Novo!!: Guerra de Granada e Alpujarras · Veja mais »

América

América (algumas vezes usado o termo Américas) (Amërika, América, Amérique, Amérika, Americas, Amerika, Amirika) é o continente localizado no hemisfério ocidental e que se estende, no sentido norte-sul, desde o oceano Ártico até o cabo Horn, ao longo de cerca de 15 mil quilômetros.

Novo!!: Guerra de Granada e América · Veja mais »

Antequera

Antequera é um município da Espanha na província de Málaga, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 814 km² com população de 44547 habitantes (2007) e densidade populacional de 54,73 hab./km².

Novo!!: Guerra de Granada e Antequera · Veja mais »

Antonio de Nebrija

Elio Antonio de Nebrija (nascido Antonio Martínez de Cala, Lebrija, província de Sevilha, 1441 — Alcalá de Henares, 5 de julho de 1522) foi um humanista e filólogo espanhol, autor da primeira gramática da língua castelhana (1492) e do primeiro dicionário espanhol (1495).

Novo!!: Guerra de Granada e Antonio de Nebrija · Veja mais »

Arcabuz

O arcabuz (do francês arquebuse, do alemão Hakenbüchse e do neerlandês hakebus) é uma antiga arma de fogo portátil, espécie de bacamarte.

Novo!!: Guerra de Granada e Arcabuz · Veja mais »

Arqueiro

O arqueiro ou archeiro era um soldado da infantaria medieval munido de arco e flechas.

Novo!!: Guerra de Granada e Arqueiro · Veja mais »

Artilharia

A artilharia é uma das armas das forças armadas, sendo aquela que produz fogos potentes e profundos.

Novo!!: Guerra de Granada e Artilharia · Veja mais »

Auto de fé

Auto-de-fé ou auto-da-fé foi o ritual de penitência pública de hereges e apóstatas que ocorreu quando a Inquisição Espanhola, Inquisição Portuguesa ou a inquisição mexicana tinha decidido a sua punição, seguido pela execução pelas autoridades civis das sentenças impostas.

Novo!!: Guerra de Granada e Auto de fé · Veja mais »

Écija

município de Écija na Província de Sevilha Écija é um município da Espanha na província de Sevilha, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 976 km² com população de 39510 habitantes (2007) e densidade populacional de 39,31 hab/km².

Novo!!: Guerra de Granada e Écija · Veja mais »

Íllora

Íllora é um município da Espanha na província de Granada, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 197,43 km² com população de 10390 habitantes (2007) e densidade populacional de 51,07 hab/km².

Novo!!: Guerra de Granada e Íllora · Veja mais »

Índias Ocidentais

A expressão Índias Ocidentais se refere às ilhas do Caribe denominadas Antilhas e Bahamas.

Novo!!: Guerra de Granada e Índias Ocidentais · Veja mais »

Baza

Baza é um município da Espanha na província de Granada, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 545 km² com população de 22718 habitantes (2007) e densidade populacional de 41,68 hab./km².

Novo!!: Guerra de Granada e Baza · Veja mais »

Bálcãs

Topografia da península Balcânica Mudanças políticas na península entre 1796 e 2008 Os Bálcãs, Balcãs, ou ainda península balcânica é o nome histórico e geográfico para designar a região sudeste da Europa que engloba a Albânia, Bósnia e Herzegovina, Bulgária, Grécia, República da Macedónia, Montenegro, Sérvia, o autoproclamado independente Kosovo, a porção da Turquia no continente europeu (a Trácia), bem como, algumas vezes, Croácia, Romênia, Eslovênia e a Áustria.

Novo!!: Guerra de Granada e Bálcãs · Veja mais »

Boabdil

Abû `Abd Allâh Mohammed ben Abî al-Hasan `Alî ou Abū ‘Abd Allāh Muḥammad al-thānī ‘ashar (أبو عبد الله محمد الثاني عشر; Granada, — Fez, ca. 1533) foi o 22º e último rei nasrida de Granada.

Novo!!: Guerra de Granada e Boabdil · Veja mais »

Borgia

Borgia é uma comuna italiana da região da Calábria, província de Catanzaro, com cerca de 7.029 habitantes.

Novo!!: Guerra de Granada e Borgia · Veja mais »

Bula da Cruzada

Bula da Cruzada, ou Bula da Santa Cruzada, foi a designação dada às sucessivas concessões de indulgências aos fiéis da Igreja Católica em Portugal e suas possessões que contribuíssem com os seus bens para fins considerados como de interesse para a expansão do Catolicismo.

Novo!!: Guerra de Granada e Bula da Cruzada · Veja mais »

Bulas Alexandrinas

As Bulas Alexandrinas foram um conjunto de documentos pontifícios responsáveis pela divisão das possessões portuguesas e espanholas no mundo decretados durante o pontificado do Papa Alexandre VI (1492-1503), nascido Rodrigo Bórgia.

Novo!!: Guerra de Granada e Bulas Alexandrinas · Veja mais »

Canárias

As Ilhas Canárias são um arquipélago espanhol no Oceano Atlântico, ao largo de Marrocos, constituindo uma Região Autónoma do Reino da Espanha.

Novo!!: Guerra de Granada e Canárias · Veja mais »

Capitão-general

Capitão-General é um título de alto comando militar, naval ou governamental, utilizado em diversos Países.

Novo!!: Guerra de Granada e Capitão-general · Veja mais »

Capitulação de Granada

Situada na região da Andaluzia, Espanha, a cidade de Granada, fundada em 756 pelos árabes, é desde o século XIII a capital do reino muçulmano de Granada.

Novo!!: Guerra de Granada e Capitulação de Granada · Veja mais »

Capitulações de Santa Fé

As Capitulações de Santa Fé (Capitulaciones de Santa Fe) são os documentos assinados em 17 de Abril de 1492, no final da Guerra de Granada, na localidade de Santa Fe, pelos Reis Católicos, que estabelecem os acordos alcançados entre os monarcas e Cristóvão Colombo relativos à expedição às Índias por mar pela via ocidental.

Novo!!: Guerra de Granada e Capitulações de Santa Fé · Veja mais »

Catedral de São Paulo

* Catedral de São Paulo (Londres), em Londres, Reino Unido.

Novo!!: Guerra de Granada e Catedral de São Paulo · Veja mais »

Catedral de Siguença

Vista da Catedral de Siguença A Catedral de Siguença tem sua origem em Janeiro de 1124, quando o bispo Dom Bernardo de Agén (1121-1152) reconquista a cidade de Siguença com objeto de fazer frente à influência do bispado de Osma.

Novo!!: Guerra de Granada e Catedral de Siguença · Veja mais »

Cavalaria

Carga dos hussardos da cavalaria napoleónica. Cavalaria é a arma das forças terrestres que, antigamente se destinava ao combate a cavalo, em ações de choque ou de reconhecimento.

Novo!!: Guerra de Granada e Cavalaria · Veja mais »

Cádi

Um cádi ou qadí (قاضي) é um juiz muçulmano que julga segundo a charia, o direito religioso islâmico.

Novo!!: Guerra de Granada e Cádi · Veja mais »

Cádis (província)

Cádis é uma província da Espanha e uma das oito províncias que compõe a comunidade autónoma da Andaluzia.

Novo!!: Guerra de Granada e Cádis (província) · Veja mais »

Cidade

Uma cidade ou urbe é uma área urbanizada, que se diferencia de vilas e outras entidades urbanas através de vários critérios, os quais incluem população, densidade populacional ou estatuto legal, embora sua clara definição não seja precisa, sendo alvo de discussões diversas.

Novo!!: Guerra de Granada e Cidade · Veja mais »

Cieza (Múrcia)

Cieza é um município da Espanha na província e comunidade autónoma de Múrcia.

Novo!!: Guerra de Granada e Cieza (Múrcia) · Veja mais »

Clero

Clero (do grego κληρος, transl. klêros), designa o conjunto de sacerdotes (ou clérigos ou ainda ministros sagrados) responsáveis por um culto religioso.

Novo!!: Guerra de Granada e Clero · Veja mais »

Colégio dos Cardeais

O Colégio dos Cardeais, Colégio Cardinalício ou Sacro Colégio Pontifício é o nome dado ao grupo colegial constituído por todos os cardeais da Igreja Católica, que são responsáveis por assistir e aconselhar o Papa nas suas tarefas administrativas e religiosas.

Novo!!: Guerra de Granada e Colégio dos Cardeais · Veja mais »

Colomera

Colomera é um município da Espanha na província de Granada, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 113 km² com população de 1588 habitantes (2007) e densidade populacional de 13,98 hab/km².

Novo!!: Guerra de Granada e Colomera · Veja mais »

Compromisso de Caspe

O compromisso de Caspe foi o procedimento fixado pelos parlamentares dos reinos de Aragão e Valência e dos condados catalães para resolver o interregno motivado pela morte de Martinho I de Aragão (1410) sem deixar sucessor legítimo.

Novo!!: Guerra de Granada e Compromisso de Caspe · Veja mais »

Conquista de Navarra

Palácio dos Reis de Navarra A Conquista de Navarra foi um processo que iniciou-se no século XII com os tratados entre as Coroas de Castela e de Aragão, nos quais foi pactuada a divisão do Reino de Navarra, com uma conquista parcial, e que culminou com a invasão completa no século XVI.

Novo!!: Guerra de Granada e Conquista de Navarra · Veja mais »

Constantinopla

Constantinopla (lit., Constantinopolis, em turco otomano formal: قسطنطينيه, Kostantiniyye), atual Istambul, foi a capital do Império Romano (330–395), do Império Bizantino (ou Império Romano do Oriente) (395–1204 e 1261–1453), do Império Latino e, após a tomada pelos turcos, do Império Otomano.

Novo!!: Guerra de Granada e Constantinopla · Veja mais »

Coroa de Aragão

A Coroa de Aragão (em aragonês: Corona d'Aragón), também conhecida por outros nomes alternativos, abrangia o conjunto dos territórios que estavam sob a jurisdição do Rei de Aragão a partir de 1164 a 1707.

Novo!!: Guerra de Granada e Coroa de Aragão · Veja mais »

Coroa de Castela

A Coroa de Castela em 1400 A Coroa de Castela existiu na Península Ibérica como uma entidade separada na Idade Média e Moderna.

Novo!!: Guerra de Granada e Coroa de Castela · Veja mais »

Corregedor

O corregedor era o magistrado administrativo e judicial que representava a Coroa em cada uma das comarcas de Portugal, durante o Antigo Regime.

Novo!!: Guerra de Granada e Corregedor · Veja mais »

Corte

*Cortes (política) - nome que se dá ao parlamento.

Novo!!: Guerra de Granada e Corte · Veja mais »

Cristão-novo

Cristão-novo ou converso era a designação dada em Portugal, Espanha e Brasil aos judeus e muçulmanos convertidos ao cristianismo, em contraposição aos cristãos-velhos.

Novo!!: Guerra de Granada e Cristão-novo · Veja mais »

Cristão-velho

Yo te untaré mis obras con tocino/ porque no me las muerdas, Gongorilla... Cristão-velho, ou cristão-puro, é um conceito ideológico que pretendia designar o segmento maioritário das populações portuguesa e espanhola durante todo o Antigo Regime (Baixa Idade Média e Idade Moderna), em contraposição ao de cristão-novo.

Novo!!: Guerra de Granada e Cristão-velho · Veja mais »

Cristianismo

Cristianismo (do grego Xριστός, "Christós", messias, ungido, do heb. משיח "Mashiach") é uma religião abraâmica monoteístaO status do cristianismo como religião monoteísta é confirmado, entre outras fontes, na Catholic Encyclopedia (artigo ""); William F. Albright, From the Stone Age to Christianity; H. Richard Niebuhr; About.com,; Kirsch, God Against the Gods; Woodhead, An Introduction to Christianity; The Columbia Electronic Encyclopedia; The New Dictionary of Cultural Literacy,; New Dictionary of Theology,, pp.

Novo!!: Guerra de Granada e Cristianismo · Veja mais »

Culto

"''Adoradores da Igreja da Vila''" (1858), tela do pintor suíço Benjamin Vautier. No contexto religioso litúrgico, um culto (do termo latino cultu) constitui um conjunto de atitudes e ritos pelos quais um grupo de fiéis adora ou venera uma divindade.

Novo!!: Guerra de Granada e Culto · Veja mais »

Decreto de Alhambra

Cópia assinada do édito de expulsão. O Decreto de Alhambra, também conhecido como Édito de Granada e Édito de Expulsão, foi um decreto régio promulgado pelos Reis Católicos, Isabel I de Castela e Fernando II de Aragão, ordenando a expulsão ou conversão forçada da população judaica da Espanha, e levando à fuga e dispersão dos sefarditas (judeus ibéricos) pelo Magrebe, Médio Oriente e sudeste da Europa.

Novo!!: Guerra de Granada e Decreto de Alhambra · Veja mais »

Diego de Valera

Mosén Diego de Valera (c1412-c1488) (* Cuenca, c1412 † Puerto de Santa María, Cádiz, c1488), foi humanista, diplomata, tradutor e historiador espanhol.

Novo!!: Guerra de Granada e Diego de Valera · Veja mais »

Diego Hurtado de Mendoza y Suárez de Figueroa

Diego Hurtado de Mendoza y Suárez de Figueroa (Guadalajara, 1417 — Manzanares el Real) foi um nobre e político do Reino de Castela que ostentou os títulos de títulos de 1º, 2º, 1º, 1º, 2º e 4º senhor de Hita e Buitrago.

Novo!!: Guerra de Granada e Diego Hurtado de Mendoza y Suárez de Figueroa · Veja mais »

Ducado de Medina-Sidonia

Duque de Medina-Sidonia é um título nobiliárquico hereditário do Reino de Espanha que o rei João II de Castela outorgou a Juan Alonso Pérez de Guzmán y Orozco, III Conde de Niebla, a 17 de Fevereiro de 1445, como prémio por serviços à coroa.

Novo!!: Guerra de Granada e Ducado de Medina-Sidonia · Veja mais »

Egito

O (em egípcio antigo: Kemet; em copta, translit.: Kīmi; مصر, translit.: ‎Miṣr,,; em árabe egípcio: مَصر, translit.: Maṣr), oficialmente República Árabe do Egito (em árabe: جمهورية مصر العربية, transl. Jumhūriyyat Miṣr al-ʿArabiyyah,, acessado em 07 de fevereiro de 2011 em árabe egípcio: Gomhoreyyet Maṣr el-ʿArabeyya) é um país do nordeste da África, numa região predominantemente desértica, que inclui também a península do Sinai, na Ásia, o que o torna um Estado transcontinental.

Novo!!: Guerra de Granada e Egito · Veja mais »

Emigração

A emigração é o ato de deixar o local de origem (a pátria) com intenção de se estabelecer em um país estranho.

Novo!!: Guerra de Granada e Emigração · Veja mais »

Espanha

Espanha (España), também conhecido como Reino de/da Espanha Reino de España é um país situado na Europa meridional, na Península Ibérica.

Novo!!: Guerra de Granada e Espanha · Veja mais »

Espingarda

Espingarda de bomba Remington Uma espingarda é uma arma de fogo portátil de alma lisa, que utiliza como munição cartuchos de projéteis múltiplos ou de um único projétil concebido para se estabilizar no voo, compensando a ausência de raiamento do cano.

Novo!!: Guerra de Granada e Espingarda · Veja mais »

Estado-nação

Um estado-nação é uma área geográfica que pode ser identificada como possuidora de uma política legítima, que pelos próprios meios, constitui um governo soberano.

Novo!!: Guerra de Granada e Estado-nação · Veja mais »

Estreito de Gibraltar

O estreito de Gibraltar é uma separação natural entre o Mar Mediterrâneo e o Oceano Atlântico, e entre dois continentes - Europa e África.

Novo!!: Guerra de Granada e Estreito de Gibraltar · Veja mais »

Europa Ocidental

Europa meridional Proposta da Comissão permanente do nomes geográficos europeus para a delimitação da Europa Occidental e das outras regiões do Europa Em destaque amarelo, Países da Europa ocidental, de acordo com critérios histórico-socioculturais da '''UNESCO''' A Europa Ocidental ou Oeste Europeu é uma parte da Europa cujas fronteiras dependem da definição.

Novo!!: Guerra de Granada e Europa Ocidental · Veja mais »

Expulsão dos Mouriscos

A expulsão dos Mouriscos da Espanha foi decretada a 9 de abril de 1609 por Filipe III da Espanha.

Novo!!: Guerra de Granada e Expulsão dos Mouriscos · Veja mais »

Fátua

Fátua (fatwā, plural fataawa) é um pronunciamento legal no Islão emitido por um especialista em lei religiosa, sobre um assunto específico.

Novo!!: Guerra de Granada e Fátua · Veja mais »

Fernando de Talavera

Fernando de Talavera (- 1507) foi um monge jerónimo, prior de Prado, bispo de Ávila e arcebispo de Granada, confessor e conselheiro de Isabel, a Católica, que agiu activamente na política castelhana e na organização do reino de Granada.

Novo!!: Guerra de Granada e Fernando de Talavera · Veja mais »

Fernando del Pulgar

Fernando del Pulgar ou Hernando del Pulgar (Toledo, c.1436 -, 1493), foi um historiador e cronista castelhano que serviu o rei Henrique IV de Castela e os Reis Católicos.

Novo!!: Guerra de Granada e Fernando del Pulgar · Veja mais »

Fernando I de Aragão

Fernando I (Medina del Campo, – Igualada), apelidado de "o Justo" ou "o Honesto", foi o Rei de Aragão e das Coroas Aragonesas de 1412 até sua morte.

Novo!!: Guerra de Granada e Fernando I de Aragão · Veja mais »

Fernando II de Aragão

Fernando II & V (Sos, – Madrigalejo), apelidado de "o Católico", foi o Rei de Aragão e das Coroas Aragonesas como Fernando II de 1479 até sua morte, e também Rei de Castela e Leão como Fernando V entre 1475 e 1504 em direito de sua esposa a rainha Isabel I. Além disso, ele foi regente de sua filha Joana em Castela e Leão de 1508 até sua morte e imperador titular do Império Bizantino de 1502 a 1516.

Novo!!: Guerra de Granada e Fernando II de Aragão · Veja mais »

Feudalismo

Rolando jura lealdade a Carlos Magno, a partir de um manuscrito do século XIV(?) O feudalismo foi um modo de organização social e político baseado nas relações servo-contratuais (servis).

Novo!!: Guerra de Granada e Feudalismo · Veja mais »

Fez

Fez (Fas; ⴼⴰⵙ; Fès) é uma cidade do centro-norte de Marrocos.

Novo!!: Guerra de Granada e Fez · Veja mais »

Francisco Jiménez de Cisneros

Francisco Jiménez de Cisneros O.F.M. (Torrelaguna, 1436 - Roa de Duero, 8 de novembro de 1517), cujo nome era Gonzalo, mais conhecido como Cardeal Cisneros.

Novo!!: Guerra de Granada e Francisco Jiménez de Cisneros · Veja mais »

Gomer

Gomer é uma comuna francesa na região administrativa da Nova Aquitânia, no departamento dos Pirenéus Atlânticos.

Novo!!: Guerra de Granada e Gomer · Veja mais »

Gonzalo Fernández de Córdova

Gonzalo Fernández de Córdoba y Aguilar (o Grande Capitão) (Montilla, 1 de setembro de 1453 Loja, Granada, 2 de dezembro de 1515) foi um nobre, político e militar castelhano, duque de Santángelo, Terranova, Andría, Montalto e Sessa.

Novo!!: Guerra de Granada e Gonzalo Fernández de Córdova · Veja mais »

Granada (Espanha)

Granada é uma cidade e município espanhol, capital da homónima e da comarca da Veiga de Granada. Tem de área e em tinha habitantes. Em 2011, a área metropolitana de Granada tinha habitantes. A cidade situa-se na ampla depressão de Granada formada pelo rio Genil, para o qual confluem na cidade os rios Darro e Beiro. A planície fértil da Veiga de Granada é limitada pelas serras de Huétor, situado a nordeste da cidade, Tejeda, Almijara e Alhama a sudoeste e pela Serra Nevada a sudeste. Nesta última encontram-se as montanhas mais altas da Península Ibérica. A cidade destacou-se na história como capital dos reinos muçulmanos Zirida e Nasrida (séculos XIII a XV). Após a conquista pelos Reis Católicos em 1492, manteve-se como capital do reino castelhano de Granada, que mais não era que uma jurisdição territorial que perdurou até 1833, quando foi levada a cabo a divisão da Espanha em províncias que ainda vigora atualmente. O seu escudo municipal ostenta os títulos de "Mui nobre, mui leal, nomeada, grande, celebérrima e heroica cidade de Granada". Granada é sede da arquidiocese homónima, do “Tribunal Superior de Justiça da Andaluzia, Ceuta e Melilla” e do “Conselho Consultivo da Andaluzia”. Estes últimos são órgãos autonómicos da comunidade da Andaluzia, apesar da capital oficial ser Sevilha. Atualmente é um centro turístico importante, devido aos seus monumentos e à proximidade da estância de esqui, bem como da região histórica das Alpujarras e também da zona balnear mediterrânica conhecida como Costa Tropical. Dentre os seus numerosos monumentos, destaca-se a Alhambra, um dos célebres de Espanha, classificado como Património da Humanidade pela UNESCO em 1984 juntamente com os vizinhos jardim do Generalife e bairro de Albaicín. A catedral é considerada a primeira igreja. Em 2007 a Universidade de Granada era a quarta maior universidade de Espanha em número de alunos e era um dos cinco destinos mais populares dos universitários do Erasmus. A cidade é servida pelo Aeroporto Federico García Lorca, situado 15 km a oeste do núcleo urbano. Foi inaugurado em 1973 e remodelado na década de 1990. Em 2007 serviu passageiros, mas desde então o tráfego tem vindo a diminuir e em 2011 teve passageiros.

Novo!!: Guerra de Granada e Granada (Espanha) · Veja mais »

Guadix

Guadix, (gentílico Accitania), é um município da Espanha na província de Granada, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 317 km² com população de 20307 habitantes (2007) e densidade populacional de 63,52 hab/km².

Novo!!: Guerra de Granada e Guadix · Veja mais »

Guerra

Guerra é um confronto sujeito a interesses da disputa entre dois ou mais grupos distintos de indivíduos mais ou menos organizados, utilizando-se de armas para tentar derrotar o adversário.

Novo!!: Guerra de Granada e Guerra · Veja mais »

Guerra de Sucessão de Castela

A Guerra de Sucessão de Castela, também conhecida por Guerra da Beltraneja, foi um conflito bélico para determinar a sucessão da Coroa de Castela.

Novo!!: Guerra de Granada e Guerra de Sucessão de Castela · Veja mais »

Guerra dos Cem Anos

Guerra dos Cem Anos foi uma série de conflitos travados de 1337 a 1453 pela Casa Plantageneta, governantes do Reino da Inglaterra, contra a Casa de Valois, governantes do Reino da França, sobre a sucessão do trono francês.

Novo!!: Guerra de Granada e Guerra dos Cem Anos · Veja mais »

Guerras Italianas

As guerras italianas foram uma série de oito conflitos ocorridos de 1494 a 1559, principalmente na península Itálica, envolvendo, em distintas ocasiões, os principais estados da Europa Ocidental - inicialmente França, Espanha e o Sacro Império Romano-Germânico, e depois, também a Inglaterra, a Escócia, a República de Veneza, os Estados Pontifícios e a maioria das cidades-estado italianas, além do Império Otomano.

Novo!!: Guerra de Granada e Guerras Italianas · Veja mais »

Henrique VII de Inglaterra

Henrique VII (Pembroke, – Londres) foi o Rei da Inglaterra de 1485 até sua morte.

Novo!!: Guerra de Granada e Henrique VII de Inglaterra · Veja mais »

Historiografia

Historiografia (de "historiógrafo", do grego Ιστοριογράφος, de Ιστορία, "História" e -γράφος, da raiz de γράφειν, "escrever": "o que escreve, ou descreve, a História") é uma palavra polissémica e designa não apenas o registro escrito da História, a memória estabelecida pela própria humanidade através da escrita do seu próprio passado, mas também a ciência da História.

Novo!!: Guerra de Granada e Historiografia · Veja mais »

Ibne Alcatibe

Memorial a ibne Alcatibe Maomé ibne Abdalá ibne Saíde ibne Ali ibne Amade Salmani (Muhammad ibn Abd Allah ibn Said ibn Ali ibn Ahmad al-Salmani, lit. "Maomé, filho de Abdalá, filho Saíde, filho de Ali, filho de Amade Salmani") ou Lissane Adim ibne Alcatibe (Lisan al-Din ibn al-Khatib), melhor conhecido somente como ibne Alcatibe (Loja, - Fez), foi um poeta, escritor, historiador, filósofo e político do Alandalus.

Novo!!: Guerra de Granada e Ibne Alcatibe · Veja mais »

Idade Moderna

A Idade Moderna é um período específico da História do Ocidente que se inicia no final da Idade Média.

Novo!!: Guerra de Granada e Idade Moderna · Veja mais »

Imame

Imame, imamo ou imã (إمام; plural: أئمة lit. "guia espiritual", "condutor") é um título muçulmano que designa o sacerdote encarregado de dirigir as preces na mesquita.

Novo!!: Guerra de Granada e Imame · Veja mais »

Império Espanhol

É denominado Império Espanhol o conjunto de territórios conquistados, herdados e reclamados pela Espanha ou pelas dinastias reinantes na Espanha, entre os séculos XVI e XX, abrangendo países agora independentes na Europa, Américas, África, Ásia e Oceania; ainda que em alguns deles, tais como as grandes pradarias da América do Norte ou a mais ao sul da América do Sul, a presença estável espanhola foi muitas vezes mais teórica que real.

Novo!!: Guerra de Granada e Império Espanhol · Veja mais »

Império Otomano

Império Otomano (ou عثمانلى دولتى; Osmanlı Devleti; em turco moderno: Osmanlı Devleti ou Osmanlı İmparatorluğu) também conhecido como Império Turco"The Ottoman Empire-also known in Europe as the Turkish Empire" ou Turquia Otomana, foi um império fundado no fim do no noroeste da Anatólia na vizinhança de Bilecik e de Söğüt pelo líder tribal oguz.

Novo!!: Guerra de Granada e Império Otomano · Veja mais »

Infantaria

Recriação de uma formação de legionários romanos. Formações de infantaria espanhola no século XVII. Assalto de um regimento de infantaria prussiana do século XVIII. Infantaria britânica nas trincheiras da Primeira Guerra Mundial. Infantaria dos EUA avançando protegida por um carro de combate na Segunda Guerra Mundial. Infantaria ligeira portuguesa (caçadores) avançando na selva africana durante a Guerra do Ultramar. Lançamento de infantaria paraquedista dos EUA a partir de um avião C-141. Soldados Gurkhas de Infantaria britânica em instrução de combate em áreas urbanizadas. Guarnição de um morteiro de 81 mm da infantaria francesa. Infantaria mecanizada dos EUA. A infantaria é a mais antiga arma do Exército e geralmente dotada dos maiores efetivos, formada por soldados que podem combater em todos os tipos de terreno e sob quaisquer condições meteorológicas, podendo utilizar variados meios de transporte para serem levados à frente de combate.

Novo!!: Guerra de Granada e Infantaria · Veja mais »

Inquisição

''Galileu diante do Santo Ofício'', pintura do século XIX de Joseph-Nicolas Robert-Fleury. Pintura de 1683 de Francisco Rizi retratando um auto-da-fé na Plaza Mayor, Madrid, em 1680 A Inquisição é um grupo de instituições dentro do sistema jurídico da Igreja Católica Romana cujo objetivo é combater a heresia.

Novo!!: Guerra de Granada e Inquisição · Veja mais »

Inquisição espanhola

A Inquisição espanhola ou Tribunal do Santo Ofício da Inquisição foi uma instituição fundada em 1478 por Fernando II de Aragão e Isabel de Castela para manter a ortodoxia católica em seus reinos que atuou de 1478 até 1834.

Novo!!: Guerra de Granada e Inquisição espanhola · Veja mais »

Inverno

Nas regiões frias, o inverno está associado à neve. O é a estação mais fria das quatro estações do ano nos climas temperados.

Novo!!: Guerra de Granada e Inverno · Veja mais »

Isabel Clara Eugénia da Áustria

Isabel Clara Eugénia da Áustria (Segóvia, — Bruxelas) foi infanta da Espanha e arquiduquesa de Áustria.

Novo!!: Guerra de Granada e Isabel Clara Eugénia da Áustria · Veja mais »

Isabel I de Castela

Isabel I (Madrigal de las Altas Torres, – Medina del Campo), apelidada de "a Católica", foi a Rainha de Castela e Leão de 1474 até sua morte, além de Rainha Consorte de Aragão a partir de 1479 e Imperatriz titular do Império Bizantino de 1502 até sua morte.

Novo!!: Guerra de Granada e Isabel I de Castela · Veja mais »

Islão

Islamismo, (Islām), é uma religião abraâmica monoteísta articulada pelo Alcorão, um texto considerado pelos seus seguidores como a palavra literal de Deus (Alá, Allāh), e pelos ensinamentos e exemplos normativos (a chamada suna, parte do hádice) de Maomé, considerado pelos fiéis como o último profeta de Deus.

Novo!!: Guerra de Granada e Islão · Veja mais »

Jacopo Sannazaro

Jacopo Sannazaro (Nápoles, – Nápoles), poeta e humanista italiano do Renascimento.

Novo!!: Guerra de Granada e Jacopo Sannazaro · Veja mais »

João, Príncipe das Astúrias

João de Trastâmara (30 de junho de 1478—4 de outubro de 1497) foi o segundo filho e o único varão dos Reis Católicos.

Novo!!: Guerra de Granada e João, Príncipe das Astúrias · Veja mais »

Judiaria

Fonte da Vila, na judiaria de Castelo de Vide, Portugal 1860 Judiaria, judaria Tavares, As judiarias de Portugal, p.15, Judaria era o termo medieval que caiu em desuso.

Novo!!: Guerra de Granada e Judiaria · Veja mais »

Juro

Juro é a remuneração cobrada pelo empréstimo de dinheiro (ou outro item).

Novo!!: Guerra de Granada e Juro · Veja mais »

Loja

Fachada de uma loja em Brasília. Uma loja (do francês loge, "pequena cabana de guarda florestal") é um estabelecimento comercial, de rua ou situada dentro de centros de compras, de venda de produtos de fabricação própria ou de terceiros.

Novo!!: Guerra de Granada e Loja · Veja mais »

Loja (Espanha)

Loja é um município da Espanha na província de Granada, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 454,7 km² com população de 21341 habitantes (2007) e densidade populacional de 47,69 hab/km².

Novo!!: Guerra de Granada e Loja (Espanha) · Veja mais »

Londres

Londres (London) é a capital da Inglaterra e do Reino Unido.

Novo!!: Guerra de Granada e Londres · Veja mais »

Lopera

Lopera é um município da Espanha na província de Xaém, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 67 km² com população de 3976 habitantes (2005) e densidade populacional de 59,09 hab/km².

Novo!!: Guerra de Granada e Lopera · Veja mais »

Lorca

Lorca é um município da Espanha na província e comunidade autónoma de Múrcia, de área 1676 km² com população de 92694 habitantes (2010).

Novo!!: Guerra de Granada e Lorca · Veja mais »

Lucena

;Topônimos.

Novo!!: Guerra de Granada e Lucena · Veja mais »

Magrebe

O Magrebe ou Magreb (em língua árabe, المغرب, Al-Maghrib, que significa "poente" ou "ocidente") é a região noroeste da África.

Novo!!: Guerra de Granada e Magrebe · Veja mais »

Maquiavelismo

Maquiavelismo é a denominação que se dá à doutrina política emanada do livro O Príncipe, escrito por em 1513.

Novo!!: Guerra de Granada e Maquiavelismo · Veja mais »

Mar Mediterrâneo

O mar Mediterrâneo é um mar entre a Europa e a África, tendo abertura e comunicação direta com o Atlântico através do estreito de Gibraltar e o Oriente Médio como limite oriental.

Novo!!: Guerra de Granada e Mar Mediterrâneo · Veja mais »

Maravedi

O Maravedi foi uma moeda de ouro cunhada na Península Ibérica, inicialmente pelos Almorávidas.

Novo!!: Guerra de Granada e Maravedi · Veja mais »

Marbella

Marbella é um município da Espanha na província de Málaga, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 117 km² com população de 126 422 habitantes (2007) e densidade populacional de 1008,79 hab/km².

Novo!!: Guerra de Granada e Marbella · Veja mais »

Martín Vázquez de Arce

''Túmulo do ''Doncel'', na capela com o seu nome, Catedral de Siguença Martín Vázquez de Arce, conhecido como o Doncel de Siguença, foi um aristocrata e militar castelhano do (?, 1461 - Granada, Julho de 1486).

Novo!!: Guerra de Granada e Martín Vázquez de Arce · Veja mais »

Málaga

Málaga é uma cidade da Andaluzia, na Espanha.

Novo!!: Guerra de Granada e Málaga · Veja mais »

Málaga (província)

Málaga é uma província situada no sul da comunidade autônoma de Andaluzia, no sul de Espanha.

Novo!!: Guerra de Granada e Málaga (província) · Veja mais »

Médio Oriente

Oriente Médio Oriente médio O (em árabe الشرق الأوسط, ash-sharq-al-awsat) é um termo que se refere a uma área geográfica à volta das partes leste e sul do mar Mediterrâneo.

Novo!!: Guerra de Granada e Médio Oriente · Veja mais »

Múrcia

Múrcia Murcia é um município da província e comunidade autónoma de Múrcia, na Espanha.

Novo!!: Guerra de Granada e Múrcia · Veja mais »

Militar

O termo militar se refere aos membros, instituições, instalações, equipamentos, veículos e tudo aquilo que faz parte de uma organização autorizada a usar a força, geralmente incluindo o uso de armas de fogo, na defesa do seu país através da luta real ou de ameaças percebidas.

Novo!!: Guerra de Granada e Militar · Veja mais »

Moclín

Moclín é um município da Espanha na província de Granada, comunidade autónoma da Andaluzia, de área km² com população de 4091 habitantes (2007) e densidade populacional de 37,60 hab/km².

Novo!!: Guerra de Granada e Moclín · Veja mais »

Monarquia

Monarquia é a mais antiga forma de governo ainda em vigor.

Novo!!: Guerra de Granada e Monarquia · Veja mais »

Monarquia autoritária

Podem qualificar-se de monarquias autoritárias, sem no entanto se considerar como representantes de um sistema político completamente articulado e definido com validade geral, as monarquias da Europa Ocidental - que também costumam designar-se como monarquias nacionais ou primeiros estados-nação - entre finais da Idade Média e começos da Idade Moderna, no surgimento do que se veio a designar como o Antigo Regime.

Novo!!: Guerra de Granada e Monarquia autoritária · Veja mais »

Monarquia Católica

Monarquia Católica é o nome que se dá ao conjunto de territórios que estiveram sob soberania dos Reis Católicos e seus sucessores, desde que os primeiros receberam o título de Majestades Católicas em 1496.

Novo!!: Guerra de Granada e Monarquia Católica · Veja mais »

Montefrío

Montefrío é um município da Espanha na província de Granada, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 254 km² com população de 6400 habitantes (2007) e densidade populacional de 25,87 hab/km².

Novo!!: Guerra de Granada e Montefrío · Veja mais »

Mourisco

Embarque de mouriscos em Valência, por Pere Oromig. Mouriscos (palavra que deriva de mouro) era o nome dado aos espanhóis muçulmanos baptizados depois da política pragmática dos Reis Católicos de 14 de Fevereiro de 1502.

Novo!!: Guerra de Granada e Mourisco · Veja mais »

Mouros

"Mouriscos do Reino de Granada, passeando pelo campo com mulher e criança". Desenho de Christoph Weiditz (1529) Mouros, mauritanos, mauros ou sarracenos são considerados, originalmente, os povos oriundos do Norte de África, praticantes do Islão, nomeadamente Marrocos, Argélia, Mauritânia e Saara Ocidental, invasores da região da Península Ibérica, Sicília, Malta e parte de França, durante a Idade Média.

Novo!!: Guerra de Granada e Mouros · Veja mais »

Mudéjar

Estilo mudéjar no mosteiro de Guadalupe Portada mudéjar da Paróquia de la O, Sanlúcar de Barrameda. Mudéjar é um termo que deriva da palavra مدجّن que significa "doméstico" ou "domesticado" e que se utiliza para designar os muçulmanos ibéricos que permaneceram em território conquistado pelos cristãos, e sob o seu controlo político, durante o longo processo da chamada Reconquista, que se desenvolveu ao longo da Idade Média na Península Ibérica.

Novo!!: Guerra de Granada e Mudéjar · Veja mais »

Mufti

Um mufti tit é um acadêmico islâmico a quem é reconhecida a capacidade de interpretar a lei islâmica (Charia), e a capacidade de emitir fataawa ("fatwas").

Novo!!: Guerra de Granada e Mufti · Veja mais »

Nasridas

de Castela para lhes entregar as chaves da cidade A dinastia Nasrida foi a última dinastia muçulmana na Península Ibérica, fundada por Maomé ibn al-Ahmar na sequência da derrota do Almóadas na batalha de Navas de Tolosa (1212), o que provocou o colapso do Califado de Córdova em várias taifas, as terceiras na história política do al-Andalus.

Novo!!: Guerra de Granada e Nasridas · Veja mais »

Nápoles

Nápoles (Napoli; em napolitano: Napule) é uma comuna do sul de Itália, da região da Campânia, província de Nápoles, com cerca de habitantes (cens. 2001) e com cerca de habitantes na região metropolitana (que compreende áreas na província de Caserta, Avellino e Salerno).

Novo!!: Guerra de Granada e Nápoles · Veja mais »

Nobreza

Nobreza é um conceito de grande antiguidade, cujos significado e atributos variaram muito ao longo do tempo e nas diferentes regiões do mundo.

Novo!!: Guerra de Granada e Nobreza · Veja mais »

Novo Mundo

Um mapa da América do século XVIII Novo Mundo é um dos nomes dados ao hemisfério ocidental, mais especificamente ao continente americano.

Novo!!: Guerra de Granada e Novo Mundo · Veja mais »

Ordem de Calatrava

No ano de 1150, Afonso VII de Leão doou à Ordem dos Templários os domínios e o Castelo de Calatrava, no rio Guadiana, para os defenderem das arremetidas dos Mouros.

Novo!!: Guerra de Granada e Ordem de Calatrava · Veja mais »

Ordem de Santiago

A Ordem Militar de Santiago é uma ordem religiosa-militar de origem castelhano-leonesa, atualmente Ibérica, instituída por Afonso VIII de Castela e aprovada pelo Papa Alexandre III, mediante bula papal outorgada em 5 de Julho de 1175.

Novo!!: Guerra de Granada e Ordem de Santiago · Veja mais »

Otranto

Otranto ou, na sua forma portuguesa, Hidrunto é uma comuna italiana da região da Puglia, província de Lecce, com cerca de 5.273 habitantes.

Novo!!: Guerra de Granada e Otranto · Veja mais »

Papa

Papa (possivelmente provém do latim "Papa", do grego πάππας, Pappas uma palavra carinhosa para pai) é o Bispo de Roma, e como tal, é o líder mundial da Igreja Católica Apostólica Romana.

Novo!!: Guerra de Granada e Papa · Veja mais »

Papa Alexandre VI

Alexandre VI, nascido Rodrigo Bórgia, ou Roderico de Borja; (Xàtiva, 1 de janeiro de 1431 – Roma, 18 de agosto de 1503) foi o 214.º papa da Igreja Católica, de 11 de agosto de 1492 até a data da sua morte.

Novo!!: Guerra de Granada e Papa Alexandre VI · Veja mais »

Pedro González de Mendoza

Pedro González de Mendoza (Guadalajara, 3 de maio de 1428 — Guadalajara, 11 de janeiro de 1495), eclesiástico e político castelhano, um dos melhores exemplos da passagem do mundo medieval para o moderno, ao longo do século XV.

Novo!!: Guerra de Granada e Pedro González de Mendoza · Veja mais »

Península Ibérica

A Península Ibérica está situada no sudoeste da Europa.

Novo!!: Guerra de Granada e Península Ibérica · Veja mais »

Peste

* Peste (doença) — doença provocada pela bactéria Yersinia pestis.

Novo!!: Guerra de Granada e Peste · Veja mais »

Pietro Martire d'Anghiera

Pietro Martire d'Anghiera (Arona, Piemonte, 2 de Fevereiro de 1457 — Granada, Outubro de 1526), por vezes referido pelas versões latinizada ou castelhana do seu nome como Petrus Martyr Anglerius ou Pedro Mártir de Anglería, foi um historiador do descobrimento e exploração das Américas pelos espanhóis.

Novo!!: Guerra de Granada e Pietro Martire d'Anghiera · Veja mais »

Pique

Recriação de uma companhia de piqueiros de meados do século XVII. Pique (também conhecido por chuço ou lança longa) é uma arma de haste medieval, usada pelos piqueiros, que por sua vez constituíam a base da infantaria medieval.

Novo!!: Guerra de Granada e Pique · Veja mais »

Primavera

A primavera é a estação do ano que se segue ao Inverno e precede o Verão.

Novo!!: Guerra de Granada e Primavera · Veja mais »

Rebelião das Alpujarras

A Rebelião das Alpujarras, por vezes também conhecida como Guerra ou Revolta dos Mouriscos, foi um conflito que ocorreu na Espanha entre 1568 e 1571 durante o reinado de Filipe II.

Novo!!: Guerra de Granada e Rebelião das Alpujarras · Veja mais »

Reconquista

Reconquista é o processo histórico em que os reinos cristãos da Península Ibérica procuraram dominar a região durante o período do Alandalus.

Novo!!: Guerra de Granada e Reconquista · Veja mais »

Região histórica de Castela

Influência histórica de Castela no século XIX Castela é o nome de uma região histórica espanhola com origem no Condado de Castela, no século IX, durante a sua evolução teve sob influência territórios diferentes, e nos dias de hoje se encontra plasmada nos Estatutos das Autonomias de Castela e Leão, Castela-Mancha, e Comunidade de Madrid.

Novo!!: Guerra de Granada e Região histórica de Castela · Veja mais »

Reino de Aragão

O Reino de Aragão (em aragonês: Reino d'Aragón) foi um dos reinos cristãos que nasceram na Península Ibérica durante a Reconquista.

Novo!!: Guerra de Granada e Reino de Aragão · Veja mais »

Reino de Castela

O Reino de Castela foi um dos antigos reinos da Península Ibérica formados durante a Reconquista.

Novo!!: Guerra de Granada e Reino de Castela · Veja mais »

Reino de Navarra

O Reino de Navarra foi um dos reinos medievais da Europa, com território no norte da Península Ibérica e nos Pirenéus ocidentais.

Novo!!: Guerra de Granada e Reino de Navarra · Veja mais »

Reino nasrida de Granada

A Alhambra, centro do poder do Reino de Granada O Reino ou Emirado nasrida de Granada (إمارة غرناطة, Imarat Gharnāṭah) foi uma unidade política que existiu na Península Ibérica entre 1238 e 1492.

Novo!!: Guerra de Granada e Reino nasrida de Granada · Veja mais »

Reis Católicos

O título de Reis Católicos é o nome pelo qual ficou conhecido o casal composto pela Rainha Dona Isabel de Castela e o Rei Dom Fernando II de Aragão.

Novo!!: Guerra de Granada e Reis Católicos · Veja mais »

Rodrigo Ponce de León, 1.º Duque de Cádis

Rodrigo Ponce de León y Alhama, duque de Cádis, conde de Arcos e marquês de Zahara (Cádis, — Sevilha), foi um nobre e militar espanhol.

Novo!!: Guerra de Granada e Rodrigo Ponce de León, 1.º Duque de Cádis · Veja mais »

Rodrigo Téllez Girón

Rodrigo Téllez Girón (1456 — Loja, durante a Guerra de Granada, 13 de Julho de 1482) foi um nobre e militar espanhol, mestre da Ordem de Calatrava desde 1466.

Novo!!: Guerra de Granada e Rodrigo Téllez Girón · Veja mais »

Roma

Roma (Roma) é uma cidade e uma comuna especial (chamada "Roma Capitale") da Itália.

Novo!!: Guerra de Granada e Roma · Veja mais »

Roma Antiga

Roma Antiga foi uma civilização itálica que surgiu no século VIII a.C. Localizada ao longo do Mar Mediterrâneo e centrada na cidade de Roma, na Península Itálica, expandiu-se para se tornar um dos maiores impérios do mundo antigo, com uma estimativa de 50 a 90 milhões de habitantes (cerca de 20% da população global na épocaMcEvedy and Jones (1978).an average of figures from different sources as listed at the US Census Bureau's; see also *Kremer, Michael (1993). "Population Growth and Technological Change: One Million B.C. to 1990" in The Quarterly Journal of Economics 108(3): 681–716.) e cobrindo 6,5 milhões de quilômetros quadrados no seu auge entre os séculos I e II.

Novo!!: Guerra de Granada e Roma Antiga · Veja mais »

Ronda

Ronda é uma cidade espanhola, capital do município com o mesmo nome, inserido na província de Málaga, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 481 km² com população de 35836 habitantes (2006) e densidade populacional de 72,68 hab/km².

Novo!!: Guerra de Granada e Ronda · Veja mais »

Salobreña

Localização de Salobreña Salobreña é um município da Espanha na província de Granada, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 34,91 km² com população de 12288 habitantes (2007) e densidade populacional de 323,60 hab/km².

Novo!!: Guerra de Granada e Salobreña · Veja mais »

Santa Irmandade

A Santa Irmandade foi um grupo de gente armada paga pelos concelhos para perseguir os malfeitores e criminosos, instituída pelas Cortes de Madrigal de 1476, na Coroa de Castela.

Novo!!: Guerra de Granada e Santa Irmandade · Veja mais »

Século VIII

O século VIII começou em 1 de Janeiro de 701 e terminou em 31 de Dezembro de 800.

Novo!!: Guerra de Granada e Século VIII · Veja mais »

Sevilha

Sevilha (em espanhol: Sevilla) é uma cidade espanhola situada a sudoeste da Península Ibérica, é a capital da Província de Sevilha e situa-se na Comunidade Autónoma da Andaluzia.

Novo!!: Guerra de Granada e Sevilha · Veja mais »

Sultão

otomana (Palácio de Topkapı, Istambul) Sultão tit é um título islâmico com diversos significados históricos.

Novo!!: Guerra de Granada e Sultão · Veja mais »

Tanto Monta

Tanto monta… é uma frase feita utilizada pelo Rei Católico, Fernando II de Aragão, como mote heráldico; ou, o que é o mesmo, uma frase breve que se incluía no emblema pessoal e que aparece numa grande quantidade de edifícios construídos durante o reinado dos Reis Católicos em finas do século XV e princípios do XVI.

Novo!!: Guerra de Granada e Tanto Monta · Veja mais »

Terço (militar)

Um terço (do espanhol: tercio) constituía um tipo de unidade militar dos exércitos da Iberia (Hispania), entre os séculos XVI e XVIII.

Novo!!: Guerra de Granada e Terço (militar) · Veja mais »

Terra

A Terra é o terceiro planeta mais próximo do Sol, o mais denso e o quinto maior dos oito planetas do Sistema Solar.

Novo!!: Guerra de Granada e Terra · Veja mais »

Tlemcen

Tlemcen (Tremecém é a forma aportuguesada) é uma cidade da Argélia.

Novo!!: Guerra de Granada e Tlemcen · Veja mais »

Torre-Cardela

Torre-Cardela é um município da Espanha na província de Granada, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 15,32 km² com população de 1064 habitantes (2007) e densidade populacional de 74,02 hab/km².

Novo!!: Guerra de Granada e Torre-Cardela · Veja mais »

Tratado de Granada (1491)

''A Capitulação de Granada'' por F. Padilla: Boabdil entrega a cidade a Fernando e Isabel, os Reis Católicos O Tratado de Granada foi assinado e ratificado em 25 de Novembro de 1491 entre o rei de Granada Abú `Abd Allah Muhammad Boabdil e os Reis Católicos (Fernando II de Aragão e Isabel de Leão e Castela).

Novo!!: Guerra de Granada e Tratado de Granada (1491) · Veja mais »

Válor

Válor é um município da Espanha na província de Granada, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 59 km² com população de 673 habitantes (2007) e densidade populacional de 13,09 hab/km².

Novo!!: Guerra de Granada e Válor · Veja mais »

Vélez-Blanco

Vélez-Blanco é uma localidade da província de Almeria, Espanha.

Novo!!: Guerra de Granada e Vélez-Blanco · Veja mais »

Vélez-Málaga

Vélez-Málaga é um município da Espanha na província de Málaga, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 158 km² com população de 69604 habitantes (2004) e densidade populacional de 390,92 hab/km².

Novo!!: Guerra de Granada e Vélez-Málaga · Veja mais »

Vélez-Rubio

Vélez-Rubio é um município da Espanha localizado na província de Almería, comunidade autônoma da Andaluzia.

Novo!!: Guerra de Granada e Vélez-Rubio · Veja mais »

Veiga de Granada

A Veiga de Granada (em castelhano, Vega de Granada) é uma comarca espanhola situada na parte central da província de Granada.

Novo!!: Guerra de Granada e Veiga de Granada · Veja mais »

Vera (Almeria)

Vera é um município da província de Almería, na comunidade da Andaluzia, Espanha.

Novo!!: Guerra de Granada e Vera (Almeria) · Veja mais »

Vice-rei

D. Francisco de Almeida,primeiro vice-rei da Índia Portuguesa Vice-Rei foi o título, usado em algumas monarquias da Europa, para designar os governadores e representantes do rei numa província afastada ou num território ultramarino.

Novo!!: Guerra de Granada e Vice-rei · Veja mais »

William Hickling Prescott

William Hickling Prescott (—) foi um historiador norte-americano especializado na história da América de língua espanhola.

Novo!!: Guerra de Granada e William Hickling Prescott · Veja mais »

Xaém

Xaém (Jaén) é um município da Espanha na província de Jaén, comunidade autónoma da Andaluzia, de área com população de habitantes (2007) e densidade populacional de 274 hab/km².

Novo!!: Guerra de Granada e Xaém · Veja mais »

Zahara de la Sierra

Zahara é um município da Espanha na província de Cádiz, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 72 km² com população de 1556 habitantes (2005) e densidade populacional de 21,30 hab/km².

Novo!!: Guerra de Granada e Zahara de la Sierra · Veja mais »

1 de janeiro

Esta data é o Dia Mundial da Paz, além de Dia da Fraternidade Universal, sendo assim, um feriado internacional, adotado por quase todas as nações do planeta.

Novo!!: Guerra de Granada e 1 de janeiro · Veja mais »

11 de fevereiro

Sem descrição

Novo!!: Guerra de Granada e 11 de fevereiro · Veja mais »

12 de outubro

Sem descrição

Novo!!: Guerra de Granada e 12 de outubro · Veja mais »

1350

---- 1350 (na numeração romana) foi um ano comum do século XIV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi C (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Guerra de Granada e 1350 · Veja mais »

1410

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Guerra de Granada e 1410 · Veja mais »

1412

---- 1412 (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram C e B (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou a um sábado.

Novo!!: Guerra de Granada e 1412 · Veja mais »

1460

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram F e E (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou a uma quarta-feira.

Novo!!: Guerra de Granada e 1460 · Veja mais »

1464

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram A e G (52 semanas), teve início a um domingo e terminou a uma segunda-feira.

Novo!!: Guerra de Granada e 1464 · Veja mais »

1469

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Guerra de Granada e 1469 · Veja mais »

1475

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Guerra de Granada e 1475 · Veja mais »

1476

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram G e F (52 semanas), teve início a uma segunda-feira e terminou a uma terça-feira.

Novo!!: Guerra de Granada e 1476 · Veja mais »

1477

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Guerra de Granada e 1477 · Veja mais »

1478

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Guerra de Granada e 1478 · Veja mais »

1481

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Guerra de Granada e 1481 · Veja mais »

1482

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Guerra de Granada e 1482 · Veja mais »

1483

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Guerra de Granada e 1483 · Veja mais »

1485

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Guerra de Granada e 1485 · Veja mais »

1486

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Guerra de Granada e 1486 · Veja mais »

1487

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Guerra de Granada e 1487 · Veja mais »

1488

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram F e E (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou a uma quarta-feira.

Novo!!: Guerra de Granada e 1488 · Veja mais »

1490

(na numeração romana) foi um ano comum do do calendário juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi C (52 semanas), teve início a e terminou uma sexta-feira.

Novo!!: Guerra de Granada e 1490 · Veja mais »

1491

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Guerra de Granada e 1491 · Veja mais »

1492

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram A e G (52 semanas), teve início a um domingo e terminou a uma segunda-feira.

Novo!!: Guerra de Granada e 1492 · Veja mais »

1493

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Guerra de Granada e 1493 · Veja mais »

1499

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Guerra de Granada e 1499 · Veja mais »

1502

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Guerra de Granada e 1502 · Veja mais »

1834

---- 1834 (na numeração romana) foi um ano comum do do calendário gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Guerra de Granada e 1834 · Veja mais »

1856

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram F e E (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou a uma quarta-feira.

Novo!!: Guerra de Granada e 1856 · Veja mais »

1973

Sem descrição

Novo!!: Guerra de Granada e 1973 · Veja mais »

1990

'''Ano Internacional da Alfabetização''', pela ONU.

Novo!!: Guerra de Granada e 1990 · Veja mais »

2 de janeiro

Sem descrição

Novo!!: Guerra de Granada e 2 de janeiro · Veja mais »

2002

Foi designado como.

Novo!!: Guerra de Granada e 2002 · Veja mais »

25 de novembro

Sem descrição

Novo!!: Guerra de Granada e 25 de novembro · Veja mais »

28 de fevereiro

1525: O suplício de Cuauhtémoc. 1954: Televisão em cores.

Novo!!: Guerra de Granada e 28 de fevereiro · Veja mais »

Redireciona aqui:

Conquista do Reino de Granada.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »