Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Faça o download
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Fábula

Índice Fábula

Um coelho com características humanas As fábulas (em latim: fabula, "história", "jogo ou narrativa") são composições literárias curtas, escritas em prosa ou versos em que os personagens são animais que apresentam características antropomórficas, muito presente na literatura infantil.

35 relações: Alegoria, Analogia, Animalia, Antropomorfismo, Apólogo, Assírios, Babilônia (região), Cotidiano, Diogo Bernardes, Ditado popular, Educação, Esopo, Fedro, Grécia, Grécia Antiga, Itália, Jean de La Fontaine, Latim, Leonardo da Vinci, Literatura, Literatura infantojuvenil, Manuel Maria Barbosa du Bocage, Monteiro Lobato, Moral, Oratória, Oriente, Panchatantra, Parábola (figura de estilo), Prosa, Sá de Miranda, Século X, Século XVI, Suméria, Verso, Vishnu Sarma.

Alegoria

Uma alegoria (do grego αλλος, allos, "outro", e αγορευειν, agoreuein, "falar em público", pelo latim allegoria) é uma figura de linguagem, mais especificamente de uso retórico, que produz a virtualização do significado, ou seja, sua expressão transmite um ou mais sentidos além do literal.

Novo!!: Fábula e Alegoria · Veja mais »

Analogia

Analogia (do grego αναλογία – analogia, "proporção") é um processo cognitivo de transferência de informação ou significado de um sujeito particular (fonte) para outro sujeito particular (alvo), e também pode significar uma expressão linguística, correspondendo a este processo.

Novo!!: Fábula e Analogia · Veja mais »

Animalia

Animalia, Animal ou Metazoa é um reino biológico composto por seres vivos pluricelulares, Eucariontes, heterotróficos, cujas células formam tecidos biológicos, com capacidade de responder ao ambiente (possuem tecido nervoso) que os envolve ou, por outras palavras, pelos animais.

Novo!!: Fábula e Animalia · Veja mais »

Antropomorfismo

O antropomorfismo é uma forma de pensamento que atribui características ou aspectos humanos a animais, deuses, elementos da natureza e constituintes da realidade em geral.

Novo!!: Fábula e Antropomorfismo · Veja mais »

Apólogo

Apólogo é uma narrativa que busca ilustrar lições de sabedoria ou ética, através do uso de personagens inanimados com personalidades diversas.

Novo!!: Fábula e Apólogo · Veja mais »

Assírios

Os assírios, também conhecidos, entre outras variantes, como Caldeus, Siríacos, cristãos assírios, cristãos siríacos, cristãos caldeus, suroye, suryoye (süryaniler; em curdo: asûrî), são um grupo étnico com origem no Crescente Fértil.

Novo!!: Fábula e Assírios · Veja mais »

Babilônia (região)

Mapa da região da Babilônia foi uma região histórica e antiga civilização localizada na região da Mesopotâmia, centrado na cidade de Babilônia e que chegou a estender-se pela Acádia e Suméria, arrebatando a hegemonia às dinastias amorritas de Isin e Larsa do chamado Renascimento sumério.

Novo!!: Fábula e Babilônia (região) · Veja mais »

Cotidiano

O termo significa aquilo que é habitual ao ser humano, ou seja, está presente na vivência do dia a dia.

Novo!!: Fábula e Cotidiano · Veja mais »

Diogo Bernardes

Diogo Bernardes (Ponte da Barca ca 1530 − ? ca 1605), foi um poeta português.

Novo!!: Fábula e Diogo Bernardes · Veja mais »

Ditado popular

Ditado popular ou provérbio ou ainda adágio é uma frase do popular, com um texto mínimo de autor anônimo que é várias vezes repetido e se baseia no senso comum de um determinado meio cultural, como por exemplo: “antes ele do que eu”.

Novo!!: Fábula e Ditado popular · Veja mais »

Educação

Educação engloba os processos de ensinar e aprender.

Novo!!: Fábula e Educação · Veja mais »

Esopo

Esopo (Nessebar, 620 a.C. – Delfos, 564 a.C.) foi um escritor da Grécia Antiga a quem são atribuídas várias fábulas populares.

Novo!!: Fábula e Esopo · Veja mais »

Fedro

Fedro foi um fabulista romano (século I d. C.) nascido na Macedônia, Grécia.

Novo!!: Fábula e Fedro · Veja mais »

Grécia

Grécia (Elláda), oficialmente República (Ellīnikī́ Dīmokratía) e conhecida desde a antiguidade como Hélade (Hellás), é um país localizado no sul da Europa.

Novo!!: Fábula e Grécia · Veja mais »

Grécia Antiga

O Partenon, um templo dedicado à deusa Atena, localizado na Acrópole de Atenas, é um dos símbolos mais representativos da cultura e da sofisticação dos gregos antigos Mapa das colônias gregas no mar Mediterrâneo durante o Período Arcaico. Grécia Antiga é o termo geralmente usado para descrever o mundo antigo grego e áreas próximas (tais como Chipre, Anatólia, sul da Itália, da França e costa do mar Egeu, além de assentamentos gregos no litoral de outros países, como o Egito).

Novo!!: Fábula e Grécia Antiga · Veja mais »

Itália

Itália (Italia), oficialmente República Italiana nome, é uma república parlamentar unitária localizada no centro-sul da Europa.

Novo!!: Fábula e Itália · Veja mais »

Jean de La Fontaine

Jean de La Fontaine (Château-Thierry, 8 de julho de 1621 — Paris, 13 de abril de 1695) foi um poeta e fabulista francês.

Novo!!: Fábula e Jean de La Fontaine · Veja mais »

Latim

A língua latina ou latim é uma antiga língua indo-europeia do ramo itálico originalmente falada no Lácio, a região do entorno da cidade de Roma.

Novo!!: Fábula e Latim · Veja mais »

Leonardo da Vinci

Leonardo di Ser Piero da Vinci, ou simplesmente Leonardo da Vinci (Anchiano, 15 de abril de 1452 — Amboise, 2 de maio de 1519), foi um polímata nascido na atual Itália, uma das figuras mais importantes do Alto Renascimento, que se destacou como cientista, matemático, engenheiro, inventor, anatomista, pintor, escultor, arquiteto, botânico, poeta e músico.

Novo!!: Fábula e Leonardo da Vinci · Veja mais »

Literatura

A Literatura é a técnica de compor e expor textos escritos, em prosa ou em verso, de acordo com princípios teóricos e práticos; o exercício dessa técnica ou da eloquência e poesia.

Novo!!: Fábula e Literatura · Veja mais »

Literatura infantojuvenil

A literatura infantojuvenil é um ramo da literatura dedicado especialmente às crianças e jovens adolescentes.

Novo!!: Fábula e Literatura infantojuvenil · Veja mais »

Manuel Maria Barbosa du Bocage

Manuel Maria de Barbosa l'Hedois du Bocage (Setúbal, 15 de setembro de 1765 – Lisboa, Mercês, 21 de dezembro de 1805) foi um poeta nacional português e, possivelmente, o maior representante do arcadismo lusitano.

Novo!!: Fábula e Manuel Maria Barbosa du Bocage · Veja mais »

Monteiro Lobato

José Bento Renato Monteiro Lobato (Taubaté, Província de São Paulo, hoje município de Monteiro Lobato, estado de São Paulo, 18 de abril de 1882 – cidade de São Paulo, São Paulo, 4 de julho de 1948) foi um escritor, ativista, diretor e produtor brasileiro. Foi um importante editor de livros inéditos e autor de importantes traduções. Seguido a seu precursor Figueiredo Pimentel ("Contos da Carochinha") da literatura infantil brasileira, ficou popularmente conhecido pelo conjunto educativo de sua obra de livros infantis, que constitui aproximadamente a metade da sua produção literária. A outra metade, consistindo de contos (geralmente sobre temas brasileiros), artigos, críticas, crônicas, prefácios, cartas, livros sobre a importância do ferro (Ferro, 1931) e do petróleo (O Escândalo do Petróleo, 1936). Escreveu um único romance, O Presidente Negro, que não alcançou a mesma popularidade que suas obras para crianças, que entre as mais famosas destaca-se Reinações de Narizinho (1931), Caçadas de Pedrinho (1933) e O Picapau Amarelo (1939). Contista, ensaísta e tradutor, Lobato nasceu na cidade de Taubaté, interior de São Paulo, no ano de 1882. Formado em Direito, atuou como promotor público até se tornar fazendeiro, após receber herança deixada pelo avô. Diante de um novo estilo de vida, Lobato passou a publicar seus primeiros contos em jornais e revistas, sendo que, posteriormente, reuniu uma série deles no livro Urupês, sua obra prima como escritor. Em uma época em que os livros brasileiros eram editados em Paris ou Lisboa, Monteiro Lobato tornou-se também editor, passando a editar livros também no Brasil. Com isso, ele implantou uma série de renovações nos livros didáticos e infantis. É bastante conhecido entre as crianças, pois se dedicou a um estilo de escrita com linguagem simples onde realidade e fantasia estão lado a lado. Pode-se dizer que ele foi o precursor da literatura infantil no Brasil. Suas personagens mais conhecidas são: Emília, uma boneca de pano com sentimento e ideias independentes; Pedrinho, personagem que o autor se identifica quando criança; Visconde de Sabugosa, o sábio sabugo de milho que tem atitudes de adulto, Cuca, vilã que aterroriza a todos do sítio, Saci Pererê e outras personagens que fazem parte da famosa obra Sítio do Picapau Amarelo, que até hoje é lido por muitas crianças e adultos. Escreveu ainda outras obras infantis, como A Menina do Nariz Arrebitado, O Saci, Fábulas do Marquês de Rabicó, Aventuras do Príncipe, Noivado de Narizinho, O Pó de Pirlimpimpim, Emília no País da Gramática, Memórias da Emília, O Poço do Visconde, e A Chave do Tamanho. Fora os livros infantis, escreveu outras obras literárias, tais como O Choque das Raças, Urupês, A Barca de Gleyre e O Escândalo do Petróleo. Neste último livro, demonstra todo seu nacionalismo, posicionando-se totalmente favorável a exploração do petróleo, no Brasil, apenas por empresas brasileiras.

Novo!!: Fábula e Monteiro Lobato · Veja mais »

Moral

Moral (do latim moralis "maneira, caráter, comportamento próprio") é a diferenciação de intenções, decisões e ações entre aquelas que são distinguidas como próprias e as que são impróprias.

Novo!!: Fábula e Moral · Veja mais »

Oratória

Oratória é a arte de falar em público de forma estruturada e deliberada, com a intenção de informar, influenciar, ou entreter os ouvintes.

Novo!!: Fábula e Oratória · Veja mais »

Oriente

c. 1876 Oriente (do latim oriente) significa "o lado do sol nascente", "o leste", "o levante".

Novo!!: Fábula e Oriente · Veja mais »

Panchatantra

O Panchatantra (IAST:, sânscrito: पञ्चतन्त्र, 'Cinco Princípios') é a mais antiga coleção de fábulas indianas conhecida.

Novo!!: Fábula e Panchatantra · Veja mais »

Parábola (figura de estilo)

Parábola é uma narrativa curta que, mediante o emprego de linguagem figurada, transmite um conteúdo moral, sendo por isso erroneamente confundida com a fábula.

Novo!!: Fábula e Parábola (figura de estilo) · Veja mais »

Prosa

Prosa é o nome que se dá à forma de um texto escrito em parágrafos, que normalmente texto narrativo, dissertativo etc.

Novo!!: Fábula e Prosa · Veja mais »

Sá de Miranda

Francisco de Sá de Miranda (Coimbra, 28 de agosto de 1481 — Amares) foi um poeta português, introdutor do soneto e do Dolce Stil Nuovo na nossa língua.

Novo!!: Fábula e Sá de Miranda · Veja mais »

Século X

O século X começou em 1 de Janeiro de 901 e terminou em 31 de Dezembro de 1000.

Novo!!: Fábula e Século X · Veja mais »

Século XVI

O Século XVI começou no calendário Juliano no ano 1501 e terminou no calendário Juliano e Gregoriano no ano 1600.

Novo!!: Fábula e Século XVI · Veja mais »

Suméria

A Suméria (na Bíblia, Sinar; do acádio Šumeru; em sumério: ki-en-ĝir15, algo como "terra de reis civilizados" ou "terra nativa"ĝir15 significa "nativo", "local", e, em alguns contextos, "nobre" (The Pennsylvania Sumerian Dictionary). Literalmente, "terra dos senhores nativos ("locais", "nobres"). Stiebing (1994) traduziu o termo como "Terra dos Senhores do Esplendor" (William Stiebing, Ancient Near Eastern History and Culture). Postgate (1994) interpreta en como um substituto de eme, "idioma", traduzindo o nome como "terra do idioma sumério" (. Postgate acredita que é possível que eme, "língua", "idioma", tenha se tornado en, "senhor", através de uma assimilação consonantal.)) foi uma antiga civilização e o nome dado à região histórica habitada por essa civilização, no sul da Mesopotâmia, atual sul do Iraque e Kuwait, durante a Idade do Cobre (ou Calcolítico) e a Idade do Bronze inicial.

Novo!!: Fábula e Suméria · Veja mais »

Verso

Verso é cada uma das linhas que constituem uma estrofe num poema.

Novo!!: Fábula e Verso · Veja mais »

Vishnu Sarma

Vishnu Sarma é o lendário autor octogenário brâmane do tratado político sânscrito chamado Panchatantra, uma dos mais antigas coleções de fábulas do mundo.

Novo!!: Fábula e Vishnu Sarma · Veja mais »

Redireciona aqui:

Fabula, Fabulista, Fabulário, Fabulários, Fábulas.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »