Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Correlação parcial

Índice Correlação parcial

Em teoria das probabilidades e estatística, a correlação parcial mede o grau de associação entre duas variáveis aleatórias, com o efeito de um conjunto de variáveis aleatórias de controle removido.

38 relações: Coeficiente de correlação de Pearson, Complexidade computacional, Correlação, Cosseno, Desvio padrão, Distribuição de Dirichlet, Distribuição de probabilidade conjunta, Distribuição hipergeométrica, Distribuição multinomial, Distribuição normal, Economia, Erro do tipo I, Espaço euclidiano, Estatística, Função distribuição acumulada, Hipótese nula, Independência condicional, Matriz de covariância, Matriz definida positiva, Matriz inversa, Média, Perpendicularidade, Produto escalar, Programação dinâmica, R (linguagem de programação), , Recursividade (ciência da computação), Regressão, Regressão espúria, Regressão linear, Ronald Fisher, Série temporal, Teoria das probabilidades, Teste t de Student, Testes de hipóteses, Triângulo esférico, Variáveis aleatórias independentes e identicamente distribuídas, Variável de confusão.

Coeficiente de correlação de Pearson

Em estatística descritiva, o coeficiente de correlação de Pearson, também chamado de "coeficiente de correlação produto-momento" ou simplesmente de "ρ de Pearson" mede o grau da correlação (e a direcção dessa correlação - se positiva ou negativa) entre duas variáveis de escala métrica (intervalar ou de rácio/razão).

Novo!!: Correlação parcial e Coeficiente de correlação de Pearson · Veja mais »

Complexidade computacional

A teoria da complexidade computacional é um ramo da teoria da computação em ciência da computação teórica e matemática que se concentra em classificar problemas computacionais de acordo com sua dificuldade inerente, e relacionar essas classes entre si.

Novo!!: Correlação parcial e Complexidade computacional · Veja mais »

Correlação

Em probabilidade e estatística, correlação, dependência ou associação é qualquer relação estatística (causal ou não causal) entre duas variáveis e correlação é qualquer relação dentro de uma ampla classe de relações estatísticas que envolva dependência entre duas variáveis.

Novo!!: Correlação parcial e Correlação · Veja mais »

Cosseno

O cosseno (usam-se ainda as formas coseno e co-seno) é uma função trigonométrica.

Novo!!: Correlação parcial e Cosseno · Veja mais »

Desvio padrão

Em probabilidade, o desvio padrão ou desvio padrão populacional (comumente representado pela letra grega \sigma) é uma medida de dispersão em torno da média populacional de uma variável aleatória.

Novo!!: Correlação parcial e Desvio padrão · Veja mais »

Distribuição de Dirichlet

Na probabilidade e estatística, a Distribuição de Dirichlet (nome em homenagem à Johann Peter Gustav Lejeune Dirichlet), frequentemente representada por Dir(α), é uma distribuição discreta multivaridada com um parâmetro (vetorial) α não-negativo e real.

Novo!!: Correlação parcial e Distribuição de Dirichlet · Veja mais »

Distribuição de probabilidade conjunta

No estudo de probabilidade, dado ao menos duas variáveis aleatórias X, Y,..., que são definidas em um espaço de probabilidade, a distribuição de probabilidade conjunta para X, Y,...

Novo!!: Correlação parcial e Distribuição de probabilidade conjunta · Veja mais »

Distribuição hipergeométrica

Em teoria das probabilidades e estatística, a distribuição hipergeométrica é uma distribuição de probabilidade discreta que descreve a probabilidade de k sucessos em n retiradas, sem reposição, de uma população de tamanho N que contém exatamente K sucessos, sendo cada retirada um sucesso ou um fracasso.

Novo!!: Correlação parcial e Distribuição hipergeométrica · Veja mais »

Distribuição multinomial

Em probabilidade e estatística, a distribuição multinomial é uma generalização da distribuição binomial.

Novo!!: Correlação parcial e Distribuição multinomial · Veja mais »

Distribuição normal

Em probabilidade e estatística, a distribuição normal é uma das distribuições de probabilidade mais utilizadas para modelar fenômenos naturais.

Novo!!: Correlação parcial e Distribuição normal · Veja mais »

Economia

alt.

Novo!!: Correlação parcial e Economia · Veja mais »

Erro do tipo I

Em Estatística, um erro do tipo I consiste em, num testes de hipóteses, rejeitar a hipótese nula quando ela é verdadeira.

Novo!!: Correlação parcial e Erro do tipo I · Veja mais »

Espaço euclidiano

Espaço euclidiano é um espaço vetorial real de dimensão finita munido de um produto interno.

Novo!!: Correlação parcial e Espaço euclidiano · Veja mais »

Estatística

Um exemplo de gráfico Estatística é a ciência que utiliza-se das teorias probabilísticas para explicar a frequência da ocorrência de eventos, tanto em estudos observacionais quanto em experimentos para modelar a aleatoriedade e a incerteza de forma a estimar ou possibilitar a previsão de fenômenos futuros, conforme o caso.

Novo!!: Correlação parcial e Estatística · Veja mais »

Função distribuição acumulada

Em teoria da probabilidade, a função distribuição acumulada (fda) ou simplesmente função distribuição, descreve completamente a distribuição da probabilidade de uma variável aleatória de valor real X. Para cada número real x, a fda é dada por: A probabilidade de que X se situe num intervalo a, b (aberto em a e fechado em b) é F(b) − F(a) se a ≤ b.

Novo!!: Correlação parcial e Função distribuição acumulada · Veja mais »

Hipótese nula

Em Estatística, a hipótese nula, representada por H_0, é uma hipótese que é apresentada sobre determinados factos estatísticos e cuja falsidade se tenta provar através dum adequado teste de hipóteses.

Novo!!: Correlação parcial e Hipótese nula · Veja mais »

Independência condicional

Em teoria das probabilidades, dois eventos R e B são condicionalmente independentes se, dado um terceiro evento Y, a ocorrência ou não-ocorrência de R e a ocorrência ou não-ocorrência de B são eventos independentes em sua distribuição de probabilidade condicional dado Y. Em outras palavras, R e B são condicionalmente independentes dado Y se, e somente se, sabendo que Y ocorre, saber se R ocorre não fornece nenhuma informação sobre a probabilidade de B ocorrer, e saber se B ocorre não fornece nenhuma informação sobre a probabilidade de R ocorrer.

Novo!!: Correlação parcial e Independência condicional · Veja mais »

Matriz de covariância

Em estatística e em teoria das probabilidades, matriz de covariância é uma matriz, simétrica, que sumariza a covariância entre N variáveis.

Novo!!: Correlação parcial e Matriz de covariância · Veja mais »

Matriz definida positiva

Em álgebra linear, uma matriz "M" é definida positiva se o escalar resultante da multiplicação a^Ma for positivo, sendo que.

Novo!!: Correlação parcial e Matriz definida positiva · Veja mais »

Matriz inversa

Uma matriz quadrada A é dita invertível quando existe outra matriz denotada A^ tal que e onde I é a matriz identidade.

Novo!!: Correlação parcial e Matriz inversa · Veja mais »

Média

Em estatística, média é definida como o valor que mostra para onde se concentram os dados de uma distribuição como o ponto de equilíbrio das frequências em um histograma.

Novo!!: Correlação parcial e Média · Veja mais »

Perpendicularidade

Em geometria, perpendicularidade (ou ortogonalidade, cujo símbolo é ┴) é uma noção que indica se dois objectos (retas ou planos) fazem um ângulo de noventa graus (90°).

Novo!!: Correlação parcial e Perpendicularidade · Veja mais »

Produto escalar

Em matemática, em álgebra linear, o produto escalar é uma função binária definida entre dois vetores que fornece um número real (também chamado "escalar") como resultado.

Novo!!: Correlação parcial e Produto escalar · Veja mais »

Programação dinâmica

Programação dinâmica é um método para a construção de algoritmos para a resolução de problemas computacionais, em especial os de otimização combinatória.

Novo!!: Correlação parcial e Programação dinâmica · Veja mais »

R (linguagem de programação)

R é uma linguagem e também um ambiente de desenvolvimento integrado para cálculos estatísticos e gráficos.

Novo!!: Correlação parcial e R (linguagem de programação) · Veja mais »

O coeficiente de determinação, também chamado de R², é uma medida de ajustamento de um modelo estatístico linear generalizado, como a regressão linear, em relação aos valores observados.

Novo!!: Correlação parcial e R² · Veja mais »

Recursividade (ciência da computação)

Em ciência da computação, a recursividade é a definição de uma sub-rotina (função ou método) que pode invocar a si mesma.

Novo!!: Correlação parcial e Recursividade (ciência da computação) · Veja mais »

Regressão

Em estatística, regressão é uma técnica que permite explorar e inferir a relação de uma variável dependente (variável de resposta) com variáveis independentes específicas (variáveis explicatórias).

Novo!!: Correlação parcial e Regressão · Veja mais »

Regressão espúria

Uma regressão espúria é uma relação estatística existente entre duas variáveis, mas onde não existe nenhuma relação causa-efeito entre elas.

Novo!!: Correlação parcial e Regressão espúria · Veja mais »

Regressão linear

Em estatística ou econometria, regressão linear é uma equação para se estimar a condicional (valor esperado) de uma variável y, dados os valores de algumas outras variáveis x. A regressão, em geral, tem como objectivo tratar de um valor que não se consegue estimar inicialmente.

Novo!!: Correlação parcial e Regressão linear · Veja mais »

Ronald Fisher

Ronald Aylmer Fisher, FRS (Londres, 17 de fevereiro de 1890 — Adelaide, 29 de julho de 1962) foi um estatístico, biólogo evolutivo e geneticista inglês.

Novo!!: Correlação parcial e Ronald Fisher · Veja mais »

Série temporal

Em estatística, econometria, matemática aplicada e processamento de sinais, uma série temporal é uma coleção de observações feitas sequencialmente ao longo do tempo.

Novo!!: Correlação parcial e Série temporal · Veja mais »

Teoria das probabilidades

A teoria das probabilidades é o estudo matemático das probabilidades.

Novo!!: Correlação parcial e Teoria das probabilidades · Veja mais »

Teste t de Student

O teste t de Student ou somente teste t é um teste de hipótese que usa conceitos estatísticos para rejeitar ou não uma hipótese nula quando a estatística de teste (t\) segue uma distribuição t de Student.

Novo!!: Correlação parcial e Teste t de Student · Veja mais »

Testes de hipóteses

Teste de hipóteses, teste estatístico ou teste de significância é um procedimento estatístico que permite tomar uma decisão (aceitar ou rejeitar a hipótese nula H_0) entre duas ou mais hipóteses (hipótese nula H_0 ou hipótese alternativa H_1), utilizando os dados observados de um determinado experimento.

Novo!!: Correlação parcial e Testes de hipóteses · Veja mais »

Triângulo esférico

Um triângulo esférico Um triângulo esférico é a união de três segmentos geodésicos de uma esfera.

Novo!!: Correlação parcial e Triângulo esférico · Veja mais »

Variáveis aleatórias independentes e identicamente distribuídas

Em teoria das probabilidades e estatística, uma sequência ou outra coleção de variáveis aleatórias é independente e identicamente distribuída (i.i.d. ou iid ou IID) se cada variável aleatória tiver a mesma distribuição de probabilidade das outras e todas forem mutuamente independentes.

Novo!!: Correlação parcial e Variáveis aleatórias independentes e identicamente distribuídas · Veja mais »

Variável de confusão

Em estatística, uma variável de confusão, também chamada de fator de confusão ou confundidor, é uma variável que influencia tanto a variável dependente, quanto a variável independente, causando uma associação espúria.

Novo!!: Correlação parcial e Variável de confusão · Veja mais »

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »