Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Castelo de Tomar

Índice Castelo de Tomar

O Castelo de Tomar, no Ribatejo, localiza-se na freguesia de São João Baptista, na cidade e concelho de Tomar, distrito de Santarém, em Portugal.

97 relações: Abrantes, Abu Iúçufe Iacube Almançor, Adarve, Afonso I de Portugal, Alambor, Alcáçova, Algarve, Arquitetura militar medieval, Arte gótica, Arte românica, Califado Almóada, Castelo, Castelo de Alcácer do Sal, Castelo de Almada, Castelo de Almourol, Castelo de Cera, Castelo de Idanha, Castelo de Monsanto, Castelo de Palmela, Castelo de Pombal, Castelo de Silves, Castelo do Zêzere, Castro Marim, Cerca, Cisterna, Classificação do património em Portugal, Coimbra, Convento de Cristo, Cristo, Cubelo, Deambulatório, Dinis I de Portugal, Distrito de Santarém, Enfiteuse, Escada, Gemini (constelação), Gualdim Pais, Henrique, Duque de Viseu, Idade Média, Idanha, João III de Portugal, Krak des Chevaliers, Latim, Linha do Tejo, Manuel I de Portugal, Maria II de Portugal, Meridiano de Paris, Monsanto, Muralha, Ordem de Cristo, ..., Ordem dos Templários, Ordem Soberana e Militar de Malta, Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, Paio Ramires, Papa Clemente V, Património Mundial, Porta, Portugal, Reconquista, Renascimento, Ribatejo, Rio Nabão, Rio Tejo, Sancho I de Portugal, Santarém (Portugal), São João Batista (Tomar), Século XVI, Terra Santa, Terreiro (religião), Tomar, Torre, Torre de menagem, Torres Novas, 1 de março, 1160, 1162, 1165, 1169, 1170, 1174, 1190, 1198, 13 de fevereiro, 13 de julho, 1312, 1321, 1338, 1499, 1618, 1844, 1918, 1973, 1983, 1986, 2010, 23 de junho, 30 de junho. Expandir índice (47 mais) »

Abrantes

Abrantes é uma cidade portuguesa pertencente ao distrito de Santarém, na província do Ribatejo, região do Centro (Região das Beiras) e sub-região do Médio Tejo, com cerca de habitantes.

Novo!!: Castelo de Tomar e Abrantes · Veja mais »

Abu Iúçufe Iacube Almançor

Abu Iúçufe Iacube Almançor (Abū Yūssuf Yaʿqūb bin al-Manṣūr; 1160 - 23 de janeiro de 1199), por vezes conhecido somente como Iacube I ou Almançor, foi o terceiro califa do Califado Almóada de Marrocos.

Novo!!: Castelo de Tomar e Abu Iúçufe Iacube Almançor · Veja mais »

Adarve

Um adarve (do árabe "ad-darb" ou, segundo outras fontes, "adz-dzir-we" como "muro da fortaleza"), chamado também de caminho de ronda, em arquitectura militar é um caminho no topo dos muros de uma fortificação.

Novo!!: Castelo de Tomar e Adarve · Veja mais »

Afonso I de Portugal

Afonso I (–), também chamado de Afonso Henriques, e apelidado de "o Conquistador", foi o primeiro Rei de Portugal de 1139 até sua morte, anteriormente servindo como Conde de Portucale de 1112 até sua independência do Reino da Galiza.

Novo!!: Castelo de Tomar e Afonso I de Portugal · Veja mais »

Alambor

O alambor (ou talude) é um tipo de estrutura defensiva que consiste no espessamento da base de uma muralha.

Novo!!: Castelo de Tomar e Alambor · Veja mais »

Alcáçova

Alcáçova de Málaga, no sul da Espanha. Uma alcáçova (do árabe قصبة, transl. al-qasbah, "cidadela"), em arquitectura militar, é o nome pelo qual ficou conhecida a fortificação (castelo) árabe.

Novo!!: Castelo de Tomar e Alcáçova · Veja mais »

Algarve

O Algarve é uma região, sub-região e província tradicional de Portugal continental, sendo a mais meridional entre todas.

Novo!!: Castelo de Tomar e Algarve · Veja mais »

Arquitetura militar medieval

A arquitetura militar pode ser considerada com um ramo da arquitetura destinada à edificações de estruturas defensivas.

Novo!!: Castelo de Tomar e Arquitetura militar medieval · Veja mais »

Arte gótica

A arte gótica designa uma fase da história da arte ocidental, identificável por características muito próprias de contexto social, político e religioso em conjugação com valores estéticos e filosóficos e que surge como resposta à austeridade do estilo românico.

Novo!!: Castelo de Tomar e Arte gótica · Veja mais »

Arte românica

Arte românica é o estilo artístico vigente na Europa entre os séculos XI e XIII, durante o período da história da arte comumente conhecido como "românico".

Novo!!: Castelo de Tomar e Arte românica · Veja mais »

Califado Almóada

O Califado Almóada (ou Almôada, ou Almôade) foi uma potência religiosa berbere governada pela quinta dinastia moura, tendo se destacado do até meados do.

Novo!!: Castelo de Tomar e Califado Almóada · Veja mais »

Castelo

O Alcázar de Segóvia, localizado na Espanha, com vista para a cidade homônima O Castelo de Bodiam, cercado por um fosso preenchido por água XV Castelo (castellum) é um tipo de estrutura fortificada, construída na Europa e Oriente Médio durante a Idade Média pelos nobres europeus.

Novo!!: Castelo de Tomar e Castelo · Veja mais »

Castelo de Alcácer do Sal

O Castelo de Alcácer do Sal, no Alentejo, localiza-se na cidade e concelho de Alcácer do Sal, distrito de Setúbal, em Portugal.

Novo!!: Castelo de Tomar e Castelo de Alcácer do Sal · Veja mais »

Castelo de Almada

O Castelo de Almada localiza-se na freguesia e cidade de Almada, no distrito de Setúbal, em Portugal.

Novo!!: Castelo de Tomar e Castelo de Almada · Veja mais »

Castelo de Almourol

O Castelo de Almourol localiza-se na freguesia de Praia do Ribatejo, concelho de Vila Nova da Barquinha, distrito de Santarém, região do Centro (Região das Beiras), em Portugal, embora a sua localização seja frequentemente atribuída a Tancos, visto ser a vila de onde se vislumbra melhor.

Novo!!: Castelo de Tomar e Castelo de Almourol · Veja mais »

Castelo de Cera

O Castelo de Ceras localizou-se na freguesia de Alviobeira, hoje União de Freguesias de Casais/Alviobeira Concelho de Tomar, Distrito de Santarém, em Portugal.

Novo!!: Castelo de Tomar e Castelo de Cera · Veja mais »

Castelo de Idanha

Por Castelo de Idanha você pode estar à procura do.

Novo!!: Castelo de Tomar e Castelo de Idanha · Veja mais »

Castelo de Monsanto

O Castelo de Monsanto, na Beira Baixa, localiza-se na freguesia e povoação de Monsanto, concelho de Idanha-a-Nova, distrito de Castelo Branco, em Portugal.

Novo!!: Castelo de Tomar e Castelo de Monsanto · Veja mais »

Castelo de Palmela

O Castelo de Palmela localiza-se na vila, freguesia e concelho de mesmo nome, distrito de Setúbal, em Portugal.

Novo!!: Castelo de Tomar e Castelo de Palmela · Veja mais »

Castelo de Pombal

O Castelo de Pombal localiza-se na freguesia, cidade e concelho de Pombal, distrito de Leiria, em Portugal.

Novo!!: Castelo de Tomar e Castelo de Pombal · Veja mais »

Castelo de Silves

O Castelo de Silves é um castelo localizado na cidade, freguesia e concelho de Silves, no distrito de Faro, no Algarve, em Portugal.

Novo!!: Castelo de Tomar e Castelo de Silves · Veja mais »

Castelo do Zêzere

O Castelo do Zêzere localizava-se na povoação e Freguesia de Praia do Ribatejo, Concelho de Vila Nova da Barquinha, Distrito de Santarém, em Portugal.

Novo!!: Castelo de Tomar e Castelo do Zêzere · Veja mais »

Castro Marim

Castro Marim é uma vila raiana portuguesa pertencente ao Distrito de Faro, região e sub-região do Algarve, com menos de habitantes.

Novo!!: Castelo de Tomar e Castro Marim · Veja mais »

Cerca

Uma cerca é uma estrutura autossustentável projetada para restringir ou prevenir o acesso ao interior de sua área.

Novo!!: Castelo de Tomar e Cerca · Veja mais »

Cisterna

Cisterna do sul do Brasil Uma cisterna (do latim cisterna) ou algibe é um reservatório de águas pluviais, podendo também ser abastecida com o degelo de neve.

Novo!!: Castelo de Tomar e Cisterna · Veja mais »

Classificação do património em Portugal

O património edificado em Portugal obedece a regras precisas de classificação e protecção, definidas pela Direção-Geral do Património Cultural, nomeadamente nas vertentes histórica, cultural, estética, social, técnica e científica.

Novo!!: Castelo de Tomar e Classificação do património em Portugal · Veja mais »

Coimbra

Coimbra OTE é uma cidade portuguesa, capital do distrito de Coimbra, situada na província da Beira Litoral, região do Centro (Região das Beiras), sub-região estatística do Baixo Mondego, e comunidade intermunicipal da Região de Coimbra.

Novo!!: Castelo de Tomar e Coimbra · Veja mais »

Convento de Cristo

O Convento de Cristo (século XII – século XVIII) é a denominação atribuída a um conjunto de edificações históricas situado na freguesia de São João Baptista, cidade de Tomar, Portugal.

Novo!!: Castelo de Tomar e Convento de Cristo · Veja mais »

Cristo

Cristo é o termo usado em português para traduzir a palavra grega Χριστός (Khristós) que significa "Ungido".

Novo!!: Castelo de Tomar e Cristo · Veja mais »

Cubelo

Um cubelo (de cubo ou cuba), em arquitectura militar, designa um torreão de planta circular ou semi-circular, com a função de reforço de uma muralha numa cerca ou num castelo medieval.

Novo!!: Castelo de Tomar e Cubelo · Veja mais »

Deambulatório

O termo arquitectónico deambulatório, também designado por charola, é originário do latim ambulatorium e significa local para andar, deambular.

Novo!!: Castelo de Tomar e Deambulatório · Veja mais »

Dinis I de Portugal

Dinis I, O Lavrador ou O Poeta nasceu em Lisboa no dia e morreu em Santarém no dia), foi Rei de Portugal e do Algarve de 1279 até sua morte. Era o filho mais velho do rei Afonso III e sua segunda esposa Beatriz de Castela. Em 1282 desposou Isabel de Aragão, que ficaria conhecida como Rainha Santa. Ao longo de 46 anos de reinado, foi um dos principais responsáveis pela criação da identidade nacional e o alvor da consciência de Portugal enquanto estado-nação: em 1297, após a conclusão da Reconquista pelo seu pai, definiu as fronteiras de Portugal no Tratado de Alcanizes, prosseguiu relevantes reformas judiciais, instituiu a língua portuguesa como língua oficial da corte, criou a primeira Universidade portuguesa, libertou as Ordens Militares no território nacional de influências estrangeiras e prosseguiu um sistemático acréscimo do centralismo régio. A sua política centralizadora foi articulada com importantes acções de fomento económico - como a criação de inúmeros concelhos e feiras. D. Dinis ordenou a exploração de minas de cobre, prata, estanho e ferro e organizou a exportação da produção excedente para outros países europeus. Em 1308 assinou o primeiro acordo comercial português com a Inglaterra. Em 1312 fundou a marinha Portuguesa, nomeando 1º Almirante de Portugal, o genovês Manuel Pessanha, e ordenando a construção de várias docas. Foi grande amante das artes e letras. Tendo sido um famoso trovador, cultivou as Cantigas de Amigo, de Amor e a sátira, contribuindo para o desenvolvimento da poesia trovadoresca na Península Ibérica. Pensa-se ter sido o primeiro monarca português verdadeiramente alfabetizado, tendo assinado sempre com o nome completo. Foi o responsável pela criação da primeira Universidade portuguesa, inicialmente instalada em Lisboa e depois para Coimbra. Entre 1320 e 1324 houve uma guerra civil que opôs o rei ao futuro Afonso IV. Este julgava que o pai pretendia dar o trono a Afonso Sanches. Nesta guerra, o rei contou com pouco apoio popular, pois nos últimos anos de reinado deu grandes privilégios aos nobres. O infante contou com o apoio dos concelhos. Apesar dos motivos da revolta, esta guerra foi no fundo um conflito entre grandes e pequenos. Após a sua morte, em 1325 foi sucedido pelo seu filho legítimo, Afonso IV de Portugal, apesar da oposição do seu favorito, filho natural Afonso Sanches.

Novo!!: Castelo de Tomar e Dinis I de Portugal · Veja mais »

Distrito de Santarém

Santarém é um distrito de Portugal pertencente às regiões do Alentejo, sub-região da Lezíria do Tejo, e região do Centro, sub-região do Médio Tejo.

Novo!!: Castelo de Tomar e Distrito de Santarém · Veja mais »

Enfiteuse

Enfiteuse (do grego emphúteusis,eós "enxerto, implantação", através do latim tardio emphyteusis,is, "enfiteuse, arrendamento enfitêutico") ou arrendamento enfitêutico é um instituto jurídico originário do Direito Romano.

Novo!!: Castelo de Tomar e Enfiteuse · Veja mais »

Escada

Vaticano Uma escada (do baixo-latim scalata) é uma construção formada por uma série de degraus, destinada a ligar locais com diferenças de nível.

Novo!!: Castelo de Tomar e Escada · Veja mais »

Gemini (constelação)

Gemini, Gêmeos ou Gémeos, é uma constelação do zodíaco.

Novo!!: Castelo de Tomar e Gemini (constelação) · Veja mais »

Gualdim Pais

D.

Novo!!: Castelo de Tomar e Gualdim Pais · Veja mais »

Henrique, Duque de Viseu

Painel Infante D Henrique. O Infante Dom Henrique de Avis, 1.º duque de Viseu e 1.º senhor da Covilhã (Porto, – Sagres), foi um infante português e a mais importante figura do início da era das descobertas, popularmente conhecido como Infante de Sagres ou O Navegador.

Novo!!: Castelo de Tomar e Henrique, Duque de Viseu · Veja mais »

Idade Média

p.

Novo!!: Castelo de Tomar e Idade Média · Veja mais »

Idanha

Idanha (do latim Egitânia) pode designar.

Novo!!: Castelo de Tomar e Idanha · Veja mais »

João III de Portugal

João III (Lisboa, – Lisboa), apelidado de "o Piedoso" e "o Colonizador", foi o Rei de Portugal e Algarves de 1521 até sua morte.

Novo!!: Castelo de Tomar e João III de Portugal · Veja mais »

Krak des Chevaliers

O Krak dos Cavaleiros (em língua francesa, "Krak des Chevaliers"; designado pelos muçulmanos como "qalajat al-Husn") localiza-se na atual Síria, 65 km a oeste da cidade de Homs, perto da fronteira Líbano-Síria.

Novo!!: Castelo de Tomar e Krak des Chevaliers · Veja mais »

Latim

A língua latina ou latim é uma antiga língua indo-europeia do ramo itálico originalmente falada no Lácio, a região do entorno da cidade de Roma.

Novo!!: Castelo de Tomar e Latim · Veja mais »

Linha do Tejo

A chamada Linha do Tejo foi uma linha defensiva raiana do reino de Portugal, entregue aos Templários pelos primeiros reis portugueses, na época da Reconquista, durante a Baixa Idade Média.

Novo!!: Castelo de Tomar e Linha do Tejo · Veja mais »

Manuel I de Portugal

Manuel I (Alcochete, – Lisboa), apelidado de "o Afortunado","O Venturoso" e "o Bem-Aventurado", foi o Rei de Portugal e Algarves de 1495 até à sua morte.

Novo!!: Castelo de Tomar e Manuel I de Portugal · Veja mais »

Maria II de Portugal

Maria II (Rio de Janeiro, – Lisboa), apelidada de "a Educadora" e "a Boa Mãe", foi a Rainha de Portugal e Algarves em dois períodos diferentes, primeiro de 1826 até ser deposta em 1828 por seu tio Miguel, e depois de 1834 até sua morte.

Novo!!: Castelo de Tomar e Maria II de Portugal · Veja mais »

Meridiano de Paris

O meridiano de Paris é uma linha que atravessa o meridiano do Observatório de Paris, em Paris, França, agora, sua Longitude corresponde a 2°20'14.025 leste.

Novo!!: Castelo de Tomar e Meridiano de Paris · Veja mais »

Monsanto

Sem descrição

Novo!!: Castelo de Tomar e Monsanto · Veja mais »

Muralha

Uma muralha (ou valo), em arquitetura militar, é uma estrutura essencialmente defensiva numa fortificação.

Novo!!: Castelo de Tomar e Muralha · Veja mais »

Ordem de Cristo

A Ordem de Nosso Senhor Jesus Cristo originalmente era uma ordem religiosa e militar, criada a 14 de março de 1319 pela bula pontifícia Ad ea ex-quibus do Papa João XXII, que, deste modo, atendia aos pedidos do rei Dom Dinis.

Novo!!: Castelo de Tomar e Ordem de Cristo · Veja mais »

Ordem dos Templários

A Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão ("Ordo Pauperum Commilitonum Christi Templique Salominici"), conhecida como Cavaleiros Templários, Ordem do Templo (Ordre du Temple ou Templiers) ou simplesmente como Templários, foi uma ordem militar de Cavalaria.

Novo!!: Castelo de Tomar e Ordem dos Templários · Veja mais »

Ordem Soberana e Militar de Malta

A Ordem de MaltaTambém conhecida por Ordem do Hospital, Ordem de São João de Jerusalém ou Ordem de São João de Rodes ou Cavaleiros Hospitalários (oficialmente Ordem Soberana e Militar Hospitalária de São João de Jerusalém, de Rodes e de Malta) Em francês Ordre Hospitalier de Saint-Jean de Jérusalem, em latim Ordo Hospitalis sancti Johannis Ierosolimitani, em italiano Cavalieri dell'Ordine dell'Ospedale di San Giovanni di Gerusalemme é uma organização internacional católica que começou como uma ordem beneditina fundada no século XI na Palestina, durante as Cruzadas, mas que rapidamente se tornaria numa ordem militar cristã, numa congregação de regra própria, encarregada de assistir e proteger os peregrinos àquela terra e de exercer a Caridade.

Novo!!: Castelo de Tomar e Ordem Soberana e Militar de Malta · Veja mais »

Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) - (acrônimo de United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization) é uma agência especializada das Nações Unidas (ONU) com sede em Paris, fundada em 4 de novembro de 1946 com o objetivo de contribuir para a paz e segurança no mundo mediante a educação, ciências naturais, ciências sociais/humanas e comunicações/informação.

Novo!!: Castelo de Tomar e Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura · Veja mais »

Paio Ramires

Paio Ramires (1090 -?) foi um Rico-homem e cavaleiro medieval português.

Novo!!: Castelo de Tomar e Paio Ramires · Veja mais »

Papa Clemente V

Clemente V, nascido Bertrand de Gouth (perto de Villandraut, 1264 — Roquemaure, 20 de Abril de 1314) foi Papa entre Junho de 1305 até à sua morte.

Novo!!: Castelo de Tomar e Papa Clemente V · Veja mais »

Património Mundial

Logo do Património Mundial, ou ainda Património da Humanidade é uma região ou área (denominadas "sítios") que vem a ser considerado pela comunidade científica de inigualável e fundamental importância para a humanidade.

Novo!!: Castelo de Tomar e Património Mundial · Veja mais »

Porta

Porta Uma porta é geralmente entendida como uma abertura em um elemento de vedação arquitetônica, como uma parede, permitindo a passagem de pessoas de um ambiente para outro.

Novo!!: Castelo de Tomar e Porta · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense,  estabelecido no século XI por Vímara Peres, um vassalo do rei das Astúrias. O condado tornou-se parte do Reino de León em 1097, e os condes de Portugal estabeleceram-se como governantes independentes do reino no século XII, após a batalha de São Mamede. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: Castelo de Tomar e Portugal · Veja mais »

Reconquista

Reconquista é o processo histórico em que os reinos cristãos da Península Ibérica procuraram dominar a região durante o período do Alandalus.

Novo!!: Castelo de Tomar e Reconquista · Veja mais »

Renascimento

homem vitruviano'' de Leonardo da Vinci sintetiza o ideário renascentista humanista e clássico Renascimento, Renascença ou Renascentismo são os termos usados para identificar o período da história da Europa aproximadamente entre meados do e o fim do.

Novo!!: Castelo de Tomar e Renascimento · Veja mais »

Ribatejo

O Ribatejo é uma província histórica de Portugal instituída pela reforma administrativa de 1936 Ribatejo in Artigos de apoio Infopédia.

Novo!!: Castelo de Tomar e Ribatejo · Veja mais »

Rio Nabão

O rio Nabão é um rio português afluente do rio Zêzere que passa na cidade de Tomar.

Novo!!: Castelo de Tomar e Rio Nabão · Veja mais »

Rio Tejo

O rio Tejo (em espanhol: Tajo) é o rio mais extenso da Península Ibérica.

Novo!!: Castelo de Tomar e Rio Tejo · Veja mais »

Sancho I de Portugal

Sancho I (Coimbra, – Santarém), apelidado de Sancho, o Povoador, foi o Rei de Portugal de 1185 até sua morte.

Novo!!: Castelo de Tomar e Sancho I de Portugal · Veja mais »

Santarém (Portugal)

Santarém OTE • MHL é uma cidade portuguesa, capital do Distrito de Santarém, situada na província do Ribatejo e na região do Alentejo, com 29 929 habitantes no seu perímetro urbano (2012).

Novo!!: Castelo de Tomar e Santarém (Portugal) · Veja mais »

São João Batista (Tomar)

São João Batista foi uma freguesia portuguesa do concelho de Tomar, com de área e habitantes (2011).

Novo!!: Castelo de Tomar e São João Batista (Tomar) · Veja mais »

Século XVI

O Século XVI começou no calendário Juliano no ano 1501 e terminou no calendário Juliano e Gregoriano no ano 1600.

Novo!!: Castelo de Tomar e Século XVI · Veja mais »

Terra Santa

O mapa de 1759 intitulado ''The Holy Land, ou Palestine'' A Terra Santa (hebraico: אֶרֶץ הַקּוֹדֶשׁ Eretz HaKodesh, latim: Terræ Sanctæ; árabe: الأرض المقدسة Al-Arḍ Al-Muqaddasah) é uma área localizada entre o rio Jordão e o mar mediterrâneo, atualmente dividida entre Israel, Cisjordânia e Jordânia.

Novo!!: Castelo de Tomar e Terra Santa · Veja mais »

Terreiro (religião)

Ilê Axé Opô Afonjá Terreiro (do latim terrarium) nos cultos afro-brasileiros, é o local onde se realizam os cultos cerimoniais e são feitas oferendas aos orixás.

Novo!!: Castelo de Tomar e Terreiro (religião) · Veja mais »

Tomar

Tomar é uma cidade portuguesa pertencente ao distrito de Santarém, na província da região do Centro (Região das Beiras) e sub-região do Médio Tejo. Em 2018 o município tem habitantes, dos quais 18 654 na cidade (1991). A cidade tem diversos monumentos históricos, dos quais se destacam o Convento de Cristo, declarado Património Mundial, e a Igreja de São João Batista.

Novo!!: Castelo de Tomar e Tomar · Veja mais »

Torre

A torre (do latim "turris"), em arquitectura e engenharia, é uma estrutura em que a altura é bastante superior à largura, apresentando uma demarcada verticalidade.

Novo!!: Castelo de Tomar e Torre · Veja mais »

Torre de menagem

Castelo de Almourol, Portugal (fins do séc. XII): a torre de menagem quadrangular destaca-se no interior da cintura de muralhas. A torre de menagem, em arquitectura militar, é a estrutura central de um castelo medieval, definida como o seu principal ponto de poder e último reduto de defesa, podendo em alguns casos servir de recinto habitacional do castelo.

Novo!!: Castelo de Tomar e Torre de menagem · Veja mais »

Torres Novas

Torres Novas é uma cidade portuguesa pertencente ao distrito de Santarém, na província do Ribatejo, região do Centro (Região das Beiras) e sub-região do Médio Tejo, com cerca de 36.716 habitantes.

Novo!!: Castelo de Tomar e Torres Novas · Veja mais »

1 de março

Sem descrição

Novo!!: Castelo de Tomar e 1 de março · Veja mais »

1160

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram C e B (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou a um sábado.

Novo!!: Castelo de Tomar e 1160 · Veja mais »

1162

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Castelo de Tomar e 1162 · Veja mais »

1165

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi C (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Castelo de Tomar e 1165 · Veja mais »

1169

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Castelo de Tomar e 1169 · Veja mais »

1170

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Castelo de Tomar e 1170 · Veja mais »

1174

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Castelo de Tomar e 1174 · Veja mais »

1190

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Castelo de Tomar e 1190 · Veja mais »

1198

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Castelo de Tomar e 1198 · Veja mais »

13 de fevereiro

Sem descrição

Novo!!: Castelo de Tomar e 13 de fevereiro · Veja mais »

13 de julho

Sem descrição

Novo!!: Castelo de Tomar e 13 de julho · Veja mais »

1312

---- 1312 (na numeração romana) foi um ano bissexto do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram B e A (52 semanas), teve início a um sábado e terminou a um domingo.

Novo!!: Castelo de Tomar e 1312 · Veja mais »

1321

---- 1321 (na numeração romana) foi um ano comum do século XIV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Castelo de Tomar e 1321 · Veja mais »

1338

---- 1338 (na numeração romana) foi um ano comum do século XIV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Castelo de Tomar e 1338 · Veja mais »

1499

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Castelo de Tomar e 1499 · Veja mais »

1618

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Castelo de Tomar e 1618 · Veja mais »

1844

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram G e F (52 semanas), teve início a uma segunda-feira e terminou a uma terça-feira.

Novo!!: Castelo de Tomar e 1844 · Veja mais »

1918

1918 (na numeração romana) foi um ano comum do do calendário gregoriano, da era de Cristo, a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também numa terça-feira.

Novo!!: Castelo de Tomar e 1918 · Veja mais »

1973

Sem descrição

Novo!!: Castelo de Tomar e 1973 · Veja mais »

1983

Sem descrição

Novo!!: Castelo de Tomar e 1983 · Veja mais »

1986

Sem descrição

Novo!!: Castelo de Tomar e 1986 · Veja mais »

2010

O ano de 2010 foi designado como.

Novo!!: Castelo de Tomar e 2010 · Veja mais »

23 de junho

Sem descrição

Novo!!: Castelo de Tomar e 23 de junho · Veja mais »

30 de junho

Sem descrição

Novo!!: Castelo de Tomar e 30 de junho · Veja mais »

Redireciona aqui:

Castelo de tomar.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »