Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Céu

Índice Céu

Céu (do latim cælum) é o nome pelo qual se conhece o panorama obtido a partir da Terra ou da superfície de outro astro celeste qualquer quando se olha para o universo que os rodeia.

76 relações: Afrodite, Albert Einstein, Anjo, Ano-luz, Apocalipse, Ar, Arco-íris, Arges, Astro, Atmosfera, Aurora, Avião, Azoto, Azul, Bíblia, Branco, Briareu, Brontes, Céu (religião), Ciclope, Comprimento de onda, Corpo celeste, Cosmogonia, Coto (mitologia), Cronos, Deuteronômio, Dispersão de Rayleigh, Divindade, Epístola aos Romanos, Erínias, Espaço, Espectro visível, Estéropes, Estrela, Evangelho segundo Lucas, Febe, Fotão, Gaia (mitologia), Galáxia, Gênesis, Gigante, Giges, Hecatônquiros, Hiperião, Jápeto, Jesus, Latim, Livro de Salmos, Lua, Mateus, ..., Mircea Eliade, Mito, Mitologia grega, Mnemosine, Nanómetro, Ninfas, Nuvem, Oceano (mitologia), Oxigénio, Panorama, Paraíso, Poluição, Reia, Século XIX, Sistema sensorial, Sol, Tétis (titânide), Têmis, Teia (filha de Urano), Terra, Titã, Universo, Urano (mitologia), Vermelho, Vincent van Gogh, Violeta. Expandir índice (26 mais) »

Afrodite

Afrodite (Aphrodítē) é a deusa do amor, da beleza e da sexualidade na antiga religião grega.

Novo!!: Céu e Afrodite · Veja mais »

Albert Einstein

Albert Einstein (Ulm, 14 de março de 1879 — Princeton, 18 de abril de 1955) foi um físico teórico alemão que desenvolveu a teoria da relatividade geral, um dos pilares da física moderna ao lado da mecânica quântica.

Novo!!: Céu e Albert Einstein · Veja mais »

Anjo

Anjo (do latim angelus e do grego ángelos (ἄγγελος), mensageiro), segundo a tradição judaico-cristã, a mais divulgada no ocidente, conforme relatos bíblicos, são seres celestiais e espirituais, conservos de Deus e dos homens (Apocalipse 19:10), que servem como ajudantes ou mensageiros de Deus.

Novo!!: Céu e Anjo · Veja mais »

Ano-luz

Ano-luz (símbolo: ly, do inglês light-year) é a distância que a luz atravessa no vácuo em um Ano juliano.

Novo!!: Céu e Ano-luz · Veja mais »

Apocalipse

O livro do Apocalipse ("O livro da revelação"Clarence Larkin The Book of Revelation (1919)) e também chamado de Apocalipse de João, é um livro da Bíblia — o livro sagrado do cristianismo — e o último da seleção do Cânon bíblico, e que foi escrito por João na ilha Patmos A palavra apocalipse, do grego αποκάλυψις, apokálypsis, significa "revelação", formada por "apo", tirado de, e "kalumna", véu.

Novo!!: Céu e Apocalipse · Veja mais »

Ar

O ar é a mistura de gases que compõem a atmosfera da Terra.

Novo!!: Céu e Ar · Veja mais »

Arco-íris

Um arco-íris (também popularmente denominado arco-da-velha) é um fenômeno óptico e meteorológico que separa a luz do sol em seu espectro (aproximadamente) contínuo quando o sol brilha sobre gotas de chuva.

Novo!!: Céu e Arco-íris · Veja mais »

Arges

Arges), na mitologia grega, era um ciclope, filho de Gaia e Urano. Trabalhava com Hefesto e forjava raios para Zeus com seus irmãos ciclopes. Participou da Titanomaquia, ajudando Zeus. Categoria:Mitologia grega fr:Cyclope#Cyclopes ouraniens.

Novo!!: Céu e Arges · Veja mais »

Astro

*Corpo celeste — termo que designa qualquer entidade física existente no espaço sideral.

Novo!!: Céu e Astro · Veja mais »

Atmosfera

Júpiter, mostrando a grande mancha vermelha. Uma atmosfera (do grego antigo: ἀτμός, vapor, ar, e σφαῖρα, esfera) é uma camada de gases que envolve (geralmente) um corpo material com massa suficiente.

Novo!!: Céu e Atmosfera · Veja mais »

Aurora

* Aurora (mitologia) — deusa do alvorecer na mitologia romana, identificada com Eos.

Novo!!: Céu e Aurora · Veja mais »

Avião

Um avião ou aeroplano é qualquer aeronave que necessita de asas fixas e motores para se sustentar no ar.

Novo!!: Céu e Avião · Veja mais »

Azoto

O é um elemento químico com símbolo N, número atómico 7 e de massa atómica 14,00674 u (7 protões e 7 neutrões), representado no grupo (ou família) 15 (antigo VA) da tabela periódica.

Novo!!: Céu e Azoto · Veja mais »

Azul

O azul é uma das três cores-pigmentos primárias, e cor-luz secundária, resultado da sobreposição dos pigmentos ciano e magenta.

Novo!!: Céu e Azul · Veja mais »

Bíblia

A Bíblia (do grego βιβλία, plural de βιβλίον, transl. bíblion, "rolo" ou "livro", diminutivo de "byblos", “papiro egípcio”, provavelmente do nome da cidade de onde esse material era exportado para a Grécia, Biblos, atual Jbeil, no Líbano) é uma coleção de textos religiosos de valor sagrado para o cristianismo, em que se narram interpretações religiosas do motivo da existência do homem na Terra.

Novo!!: Céu e Bíblia · Veja mais »

Branco

A cor branca, branco ou alvo é a junção de todas as cores do espectro de cores.

Novo!!: Céu e Branco · Veja mais »

Briareu

Briareu ou Egeão, na mitologia grega, era um dos três hecatônquiros, também conhecidos como centímanos, gigantes com cem braços e cinquenta cabeças, filhos de Gaia e Urano.

Novo!!: Céu e Briareu · Veja mais »

Brontes

Brontes (trovão)), na mitologia grega, era um ciclope, filho de Gaia e Urano. Brontes odiava seus pais, seus irmãos ciclopes e seus irmãos hecatônquiros do Tártaro. Todos eles participaram da Titanomaquia, ajudando Zeus. Categoria:Mitologia grega fr:Cyclope#Cyclopes ouraniens.

Novo!!: Céu e Brontes · Veja mais »

Céu (religião)

Céu, os céus ou sete céus, é um lugar religioso, cosmológico, ou transcendental comum onde seres como deuses, anjos, gênios, santos, ou ancestrais venerados, supostamente, têm origem ou vivem.

Novo!!: Céu e Céu (religião) · Veja mais »

Ciclope

Polifemo, filho de Posídon e da ninfa Teosa. Nessa imagem vemos que Polifemo só tem um olho mas no lugar onde ficariam os olhos como os de nós, há buracos para enganar vitimas Os ciclopes (do grego antigo Κύκλωψ, "olho redondo", de κύκλος, transl. kúklos, 'círculo', e ωψς, transl. ṓps, 'olho') eram, na mitologia grega, gigantes imortais com um só olho no meio da testa que, segundo o hino de Calímaco, trabalhavam com Hefesto como ferreiros, forjando os raios usados por Zeus.

Novo!!: Céu e Ciclope · Veja mais »

Comprimento de onda

Em física, comprimento de onda é a distância entre valores repetidos sucessivos num padrão de onda.

Novo!!: Céu e Comprimento de onda · Veja mais »

Corpo celeste

Em astronomia, corpo celeste designa qualquer entidade física existente no espaço sideral.

Novo!!: Céu e Corpo celeste · Veja mais »

Cosmogonia

Cosmogonia (ou Cosmogenia) é qualquer modelo relacionado à existência (ou seja, a origem) que seja do cosmos (ou o universo), ou da chamada realidade dos seres sencientes.

Novo!!: Céu e Cosmogonia · Veja mais »

Coto (mitologia)

Na mitologia grega, Coto (o furioso) era um dos três Hecatônquiros, gigantes com cem braços e cinquenta cabeças, filhos de Gaia e Urano.

Novo!!: Céu e Coto (mitologia) · Veja mais »

Cronos

Cronos (Krónos), na mitologia grega, é o mais jovem dos titãs, filho de Urano, o céu estrelado, e Gaia, a terra. Cronos era o rei dos titãs e o grande deus do tempo, sobretudo quando este é visto em seu aspecto destrutivo, o tempo inexpugnável que rege os destinos e a tudo devora. O titã Cronos serviu de inspiração para a antiga seita órfica criar a figura de Chronos, a quem chamavam de o "deus primordial do tempo". Vale ressaltar que o modo de vida dos órficos causava grande estranheza entre os gregos e a nova teogonia criada por eles era, da mesma forma, repudiada pelo culto cívico e popular das póleis gregas. O que quer dizer que, para os gregos comuns, o titã Cronos (e somente ele) era o deus do tempo por excelência. A pedido de sua mãe se tornou senhor do céu, castrando o pai com um golpe de foice. A partir de então, o mundo foi governado pela linhagem dos titãs que, segundo Hesíodo, constituía a segunda geração divina. Foi durante o reinado de Cronos que a humanidade (recém-nascida) viveu a sua "Idade de Ouro". ''Cronos e Reia'' Reprodução de baixo-relevo romano Cronos casou com a sua irmã Reia, que lhe deu seis filhos (os crónidas): três mulheres, Héstia, Deméter e Hera e três homens, Hades, Posídon e Zeus. Como tinha medo de ser destronado por causa de uma maldição de um oráculo, Cronos engolia os filhos ao nascerem. Comeu todos, exceto Zeus, que Reia conseguiu salvar enganando Cronos ao enrolar uma pedra em um pano, a qual ele engoliu sem perceber a troca. Quando Zeus cresceu, resolveu vingar-se de seu pai, solicitando para esse feito o apoio de Métis - a Prudência - filha do titã Oceano. Esta ofereceu a Cronos uma poção mágica, que o fez vomitar os filhos que tinha devorado. Então Zeus tornou-se senhor do céu e divindade suprema da terceira geração de deuses da mitologia grega, ao banir os titãs para o Tártaro e afastar o pai do trono. Segundo as palavras de Homero, Zeus prendeu-o com correntes no mundo subterrâneo, onde foi encontrado, após dez anos de luta encarniçada, pelos seus irmãos, os titãs, que tinham pensado poder reconquistar o poder de Zeus e dos deuses do Olimpo. Em algumas variantes do mito, Cronos e os titãs são alcançados pela misericórdia de Zeus, libertados do Tártaro e cada qual retoma a sua função cosmológica no universo. Com a permissão do filho, Cronos torna-se, então, o governante dos Campos Elísios, o paraíso da mitologia grega e lugar de descanso para os mortos bem-aventurados. Categoria:Titãs (mitologia) Categoria:Deidades do tempo e destino Categoria:Deuses da Grécia Categoria:Saturno (mitologia).

Novo!!: Céu e Cronos · Veja mais »

Deuteronômio

Deuteronômio no ''Codex Aleppo''. Deuteronômio (do grego, "Deuteronómion", "Segunda lei""; דְּבָרִים, Devārīm, "palavras ") é o quinto livro da Torá, a primeira seção da Bíblia hebraica e parte do Antigo Testamento da Bíblia cristã.

Novo!!: Céu e Deuteronômio · Veja mais »

Dispersão de Rayleigh

A dispersão de Rayleigh (em homenagem a Lord Rayleigh) é a dispersão da luz ou qualquer outra radiação electromagnética por partículas muito menores que o comprimento de onda dos fótons dispersados.

Novo!!: Céu e Dispersão de Rayleigh · Veja mais »

Divindade

O conceito de divindade assumiu, ao longo dos séculos, várias concepções, evoluindo desde as formas mais primitivas provenientes das tribos da antiguidade até as dogmáticas definições das religiões.

Novo!!: Céu e Divindade · Veja mais »

Epístola aos Romanos

A Epístola aos Romanos, geralmente referida apenas como Romanos, é o sexto livro do Novo Testamento.

Novo!!: Céu e Epístola aos Romanos · Veja mais »

Erínias

As erínias, na mitologia grega, eram personificações da vingança.

Novo!!: Céu e Erínias · Veja mais »

Espaço

* Espaço geográfico — qualquer região ou fração de espaço do planeta.

Novo!!: Céu e Espaço · Veja mais »

Espectro visível

Espectro visível (ou espectro óptico) é a porção do espectro eletromagnético cuja radiação é composta por fótons capazes de sensibilizar o olho humano de uma pessoa normal.

Novo!!: Céu e Espectro visível · Veja mais »

Estéropes

Estéropes), na mitologia grega, era um ciclope, filho de Gaia ("Terra") e Urano ("Céu"). Este último, temendo a força dos ciclopes, prendeu-o no Tártaro juntamente com seus irmãos. Foram soltos por Cronos, que posteriormente os trancou novamente no Tártaro, e depois por Zeus, para ajudá-lo a derrubar Cronos e os demais titãs (ver Titanomaquia). É descrito no poema Teogonia, de Hesíodo, juntamente com os demais deuses da Grécia Antiga. Categoria:Mitologia grega fr:Cyclope#Cyclopes ouraniens.

Novo!!: Céu e Estéropes · Veja mais »

Estrela

Uma estrela é uma grande e luminosa esfera de plasma, mantida íntegra pela gravidade e pela pressão de radiação.

Novo!!: Céu e Estrela · Veja mais »

Evangelho segundo Lucas

Evangelho Segundo Lucas (To kata Loukan euangelion) é o terceiro dos quatro evangelhos canônicos.

Novo!!: Céu e Evangelho segundo Lucas · Veja mais »

Febe

Febe ou Foibe, na mitologia grega, era uma titânide, filha de Urano e Gaia.Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 1.1.3 Era conhecida como "a mais bela entre as titânides". Seu nome está ligado aos vocábulos gregos phoibos ("brilhante" ou "radiante""), phoibaô ("purificar") e phoibazô ("profetizar"). Ela era um dos doze titãs, filhos de Urano e Gaia: Oceano, Céos, Crio, Hiperião, Jápeto, Teia, Reia, Têmis, Mnemosine, a coroada de ouro Febe e a amada Tétis e Cronos.Hesíodo, Teogonia, Cosmogonia, 134-138 Talvez a primeira deusa da Lua que os gregos conheceram, Febe é confundida com sua sobrinha Selene (filha de Hiperião e Teia), e também com suas netas Ártemis e Hécate. Febe é a deusa da lua, relacionada com as noites de lua cheia. Seu nome quer dizer "brilhante", nome que foi emprestado ao seu neto Apolo, chamado de Febo. Febe se uniu a Céos e tiveram as deusas Leto (mãe de Ártemis e Apolo) e Astéria (mãe de Hécate), que simbolizam respectivamente os oráculos da luz e da escuridão. Higino ainda acrescenta entre suas filhas o nome de Afirafes. Febe era uma antiga deusa da profecia e a terceira a presidir o oráculo de Delfos, após Gaia (sua mãe) e Têmis (sua irmã). Mais tarde deu o oráculo a seu neto Apolo como presente de aniversário. Por tudo isso Febe, apesar de brilhante, era considerada uma deusa de mistérios e segredos. Era representada como uma bela mulher com os seios nus, voando pelo céu e levando numa das mãos um cântaro de prata. Categoria:Titãs (mitologia) Categoria:Deidades do oráculo Categoria:Deidades da Lua Categoria:Deuses lunares Categoria:Apolo.

Novo!!: Céu e Febe · Veja mais »

Fotão

O é a partícula elementar mediadora da força eletromagnética.

Novo!!: Céu e Fotão · Veja mais »

Gaia (mitologia)

Gaia, Geia ou Gé, na mitologia grega, é a Mãe-Terra, como elemento primordial e latente de uma potencialidade geradora incrível.

Novo!!: Céu e Gaia (mitologia) · Veja mais »

Galáxia

anos-luz de diâmetro e está a aproximadamente 60 milhões de anos-luz da Terra. Uma galáxia é um grande sistema, gravitacionalmente ligado, que consiste de estrelas, remanescentes de estrelas, um meio interestelar de gás e poeira, e um importante mas insuficientemente conhecido componente apelidado de matéria escura.

Novo!!: Céu e Galáxia · Veja mais »

Gênesis

(do grego Γένεσις, "origem", "nascimento", "criação","princípio") é o primeiro livro tanto da Bíblia Hebraica como da Bíblia cristã, antecede o Livro do Êxodo.

Novo!!: Céu e Gênesis · Veja mais »

Gigante

Representação de um gigante, no livro ''Mundus subterraneus''. Gigantes são figuras comuns em folclores e lendas, sendo caracterizados como humanos ou humanoides de grande tamanho, que varia em cada lenda.

Novo!!: Céu e Gigante · Veja mais »

Giges

Giges ou Gyes, na mitologia grega, era um dos três hecatônquiros (ou centimanos), gigantes com cem braços e cinquenta cabeças, Hesíodo, Teogonia, A castração de Urano, 147-162Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 1.1.1 filhos de Gaia e Urano.

Novo!!: Céu e Giges · Veja mais »

Hecatônquiros

Os hecatônquiros, ou centimanos, na mitologia grega, eram três gigantes filhos de Urano e Gaia e irmãos dos doze titãs e dos três ciclopes.

Novo!!: Céu e Hecatônquiros · Veja mais »

Hiperião

Hiperíon ou Hipérion (Hyperíōn), na mitologia grega, é um dos titãs, filhos de Urano e Gaia.

Novo!!: Céu e Hiperião · Veja mais »

Jápeto

Jápeto ou Iápeto, na mitologia grega segundo a tradição de Hesíodo, é um dos 12 Titãs clássicos, filhos de Urano, o céu estrelado e Gaia, a Terra.

Novo!!: Céu e Jápeto · Veja mais »

Jesus

Jesus (ישוע/ יֵשׁוּעַ||Yeshua; ησοῦς||Iesous), também chamado Jesus de Nazaré (n. 7–2 a.C. – m. 30–33 d.C.) é a figura central do cristianismo e aquele que os ensinamentos de maior parte das denominações cristãs, além dos judeus messiânicos, consideram ser o Filho de Deus.

Novo!!: Céu e Jesus · Veja mais »

Latim

A língua latina ou latim é uma antiga língua indo-europeia do ramo itálico originalmente falada no Lácio, a região do entorno da cidade de Roma.

Novo!!: Céu e Latim · Veja mais »

Livro de Salmos

IX Salmos (do grego Ψαλμός, Música, pois a palavra que intitula muitos salmos no texto hebraico é Mizmor מזמור, Músical) ou Tehilim (do hebraico תהילים, Louvores) é um livro do Tanakh (fazendo parte dos escritos ou Ketuvim) e da Bíblia Cristã, vem depois do Livro de Jó, pois este encerra a sequência (AO 1943: seqüência) de livros históricos, e antes do Livro dos Provérbios, iniciando os livros proféticos e poéticos em ordem cronológica, sendo o primeiro livro a falar claramente do Messias (ou Cristo) e seu reinado, e do Juízo Final.

Novo!!: Céu e Livro de Salmos · Veja mais »

Lua

A Lua é o único satélite natural da Terra e o quinto maior do Sistema Solar.

Novo!!: Céu e Lua · Veja mais »

Mateus

*Mateus (nome).

Novo!!: Céu e Mateus · Veja mais »

Mircea Eliade

Mircea Eliade (Bucareste, 9 de março de 1907 — Chicago, 22 de abril de 1986) foi um professor, cientista das religiões, mitólogo, filósofo e romancista romeno, naturalizado norte-americano em 1970.

Novo!!: Céu e Mircea Eliade · Veja mais »

Mito

Tor dos viquingues na Batalha contra os gigantes. Pintura de Mårten Eskil Winge (1872) Um mito (mithós) é uma narrativa de caráter simbólico-imagético, ou seja, o mito não é uma realidade independente, mas evolui com as condições históricas e étnicas relacionadas a uma dada cultura, que procura explicar e demonstrar, por meio da ação e do modo de ser das personagens, a origem das coisas (do mundo; dos homens; dos animais; das doenças; dos objetos; das práticas de caça, pesca, medicina entre outros; do amor; do ódio; da mentira e das relações, seja entre homens e homens, homens e mulheres e mulheres e mulheres, humanos e animais etc.). Sendo dessa maneira, é correto dizer que o mito depende de um tempo e espaço para existir e para ser compreendido.

Novo!!: Céu e Mito · Veja mais »

Mitologia grega

IV x Mitologia grega é o estudo dos conjuntos de narrativas relacionadas com os mitos dos gregos antigos e dos seus significados.

Novo!!: Céu e Mitologia grega · Veja mais »

Mnemosine

Mnemosine ou Mnemósine, era uma titânide, filha de Urano e Gaia. É a deusa que personificava a memória. As nove musas são filhas de Mnemósine com Zeus.

Novo!!: Céu e Mnemosine · Veja mais »

Nanómetro

Um, antes conhecido como milimícron ou milimicro, é uma unidade de medida de comprimento do sistema métrico, correspondente a 1×10−9 metro ou metro (um milionésimo de milímetro ou um bilionésimo de metro).

Novo!!: Céu e Nanómetro · Veja mais »

Ninfas

Ninfas (em grego antigo Νύμφαι, em grego moderno Νύμφες), na mitologia grega, são espíritos naturais femininos, ligados a um local ou objeto particular da natureza.

Novo!!: Céu e Ninfas · Veja mais »

Nuvem

Nuvem (do latim nubes) é um conjunto visível de partículas diminutas de gelo ou água em seu estado líquido ou ainda de ambos ao mesmo tempo (mistas), que se encontram em suspensão na atmosfera, após terem se condensado ou liquefeito em virtude de fenómenos atmosféricos.

Novo!!: Céu e Nuvem · Veja mais »

Oceano (mitologia)

Oceano, na mitologia grega, é o filho primogênito de Urano (Céu) e Gaia (Terra), portanto o mais velho dos titãs.

Novo!!: Céu e Oceano (mitologia) · Veja mais »

Oxigénio

O, é um elemento químico de número atómico 8 e símbolo O (8 protões e 8 eletrões) representando com massa atómica 16 u. Constitui parte do grupo dos calcogénios e é um não metal reactivo e um forte agente oxidante que facilmente forma compostos com a maioria doutros elementos, principalmente óxidos.

Novo!!: Céu e Oxigénio · Veja mais »

Panorama

Panorama é o nome dado, grosso modo, a qualquer vista abrangente de um espaço físico, ou seja, é uma ampla vista geral de uma paisagem, território, cidade ou de parte destes elementos, normalmente vistos de um ponto elevado ou relativamente distante.

Novo!!: Céu e Panorama · Veja mais »

Paraíso

A palavra paraíso deriva do termo avéstico pairi-daeza (uma área/jardim murada), composto por pairi- (ao redor), um cognato do grego peri-, e -diz (criar, fazer).

Novo!!: Céu e Paraíso · Veja mais »

Poluição

Por poluição entende-se a introdução pelo homem, direta ou indiretamente, de substâncias ou energia no ambiente, provocando um efeito negativo no seu equilíbrio, causando assim danos à saúde humana, aos seres vivos e aos ecossistemas.

Novo!!: Céu e Poluição · Veja mais »

Reia

Reia, na mitologia grega, era uma titânide, filha de Urano e de Gaia. Na mitologia romana é identificada como Cibele, a Magna Mater. Os doze titãs, filhos de Urano e Gaia, eram Oceano, Céos, Crio, Hiperião, Jápeto, Teia, Reia, Têmis, Mnemosine, a coroada de ouro Febe e a amada Tétis e Cronos.Hesíodo, Teogonia, Cosmogonia, 134-138 Irmã e esposa de Cronos, gerou nesta ordem, segundo Pseudo-Apolodoro, Hera (a mais velha), seguida de Deméter e Héstia, seguidas de Hades e Posídon;Pseudo-Apolodoro, Biblioteca (Pseudo-Apolodoro), 1.1.5 o próximo a nascer, Zeus, foi escondido por Reia em CretaPseudo-Apolodoro, Biblioteca (Pseudo-Apolodoro), 1.1.6, que deu uma pedra para Cronos comerPseudo-Apolodoro, Biblioteca (Pseudo-Apolodoro), 1.1.7. Higino enumera os filhos de Saturno e Ops como Vesta, Ceres, Juno, Júpiter, Plutão e Netuno,Higino, Fabulae, Prefácio ele também relata uma versão alternativa da lenda, em que Saturno encerra Orco no Tártaro e Netuno em baixo do mar, em vez de comê-los.Higino, Fabulae, CXXXIX, Curetes Por ser mãe de todos os deuses do Olimpo, é conhecida como Mãe dos Deuses.Hino Órfico XIII. A Reia É uma deusa relacionada com a fertilidade; isso acarreta uma relação errônea com a deusa Cibele; que é a Mãe Terra original da Ásia Menor, e tardiamente adaptada a mitologia romana. Devido a um oráculo de Urano, que profetizara que Cronos seria destronado por um dos filhos, este passou a engolir todos os filhos assim que nasciam. Reia decidiu que isto não ocorreria com o sexto filho. Assim, quando Zeus nasceu, Reia escondeu-o numa caverna no Monte Ida em Creta ao cuidado dos assistentes curetes posteriormente sacerdotes e, no lugar do filho, deu a Cronos uma pedra enrolada em panos. Cronos engoliu-a, pensando ser o filho. Há diversas versões sobre quem criou Zeus. Algumas relatam que ele foi criado por Gaia; outras, por uma ninfa (Adamanteia ou Cinosura); segundo uma outra versão, foi nutrido por uma cabra (Amalteia); há outra versão, que Amalteia é ninfa e possuía a cabra Aix que cedeu leite a Zeus recém-nascido.Corintha Maciel.. Editora Agora. p. 36. ISBN 978-85-7183-720-1. Ao atingir a idade adulta, Zeus destronou o pai, forçou-o a vomitar os irmãos e assumiu o Olimpo. Seguindo a ascensão do filho Zeus ao status de rei dos deuses, ela contestou uma parte do mundo e acabou refugiando-se nas montanhas, onde cercou-se de criaturas selvagens. Geralmente, é associada a leões ou a uma biga puxada por leões. Na Ásia Menor, era conhecida como uma deusa terrestre, sendo adorada com ritos orgíacos. O nome significa "fluxo", aparentemente em referência à menstruação feminina, e "reconforto", talvez em referência aos partos fáceis. Categoria:Titãs (mitologia) Categoria:Deusas-mãe Categoria:Deusas da terra Categoria:Deusas da fertilidade Categoria:Deidades dos animais.

Novo!!: Céu e Reia · Veja mais »

Século XIX

O século XIX começou no dia 1 de janeiro de 1801 e terminou no dia 31 de dezembro de 1900.

Novo!!: Céu e Século XIX · Veja mais »

Sistema sensorial

O sistema nervoso sensorial faz parte do sistema nervoso responsável pelo processamento da informação sensorial.

Novo!!: Céu e Sistema sensorial · Veja mais »

Sol

O Sol (do latim sol, solis) é a estrela central do Sistema Solar.

Novo!!: Céu e Sol · Veja mais »

Tétis (titânide)

Tétis (Tēthýs), na mitologia grega, era uma titânide, filha de Urano e de Gaia.Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 1.1.3 Da sua união com o seu irmão Oceano, nasceram as oceânides.Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 1.2.2 As oceânides são três mil, e eles também tiveram três mil rios como filhos. Personifica a fecundidade da água, que alimenta os corpos e forma a seiva da vegetação. Tétis cuidou de Hera,Higino, Astronomica, I, Grande Ursa entregue a ela por Reia, durante a luta entre titãs e os deuses olímpicos. Em reconhecimento, a rainha do Olimpo reconciliou-a com Oceano, quando o casal se desentendeu. Tétis é representada como uma mulher jovem, de aspecto sábio. Passeia pelo mundo numa concha de marfim, puxada por cavalos brancos. O nome da titânide Tétis é o mesmo, em português, que sua neta, a nereida Tétis, filha de Dóris (uma das oceânides) e mãe de Aquiles. Porém em grego os nomes são diferentes: a titânide se escreve Τηθύς (tethys) e a nereida Θέτις (thetis). Tetis.

Novo!!: Céu e Tétis (titânide) · Veja mais »

Têmis

Thêmis, na mitologia grega, era uma titânide, filha de Urano e de Gaia,. Era a deusa-guardiã dos juramentos dos homens e da lei, sendo costumeiro invocá-la nos julgamentos perante os magistrados. Por isso, foi por vezes tida como deusa da justiça, título atribuído na realidade a Dice cuja equivalente romana é a deusa Justiça. Thêmis empunha a balança, com que equilibra a razão com o julgamento, e/ou uma cornucópia; mas não é representada segurando uma espada. Seu nome significa "aquela que é posta, colocada".

Novo!!: Céu e Têmis · Veja mais »

Teia (filha de Urano)

Teia, na mitologia grega, era uma titânide, filha de Urano e Gaia.Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 1.1.3 Desposou Hiperião, seu irmão, era titânide da luminosidade sendo ela quem concedeu esta as pedras preciosas e as divindades siderais Hélio, o deus do Sol, Selene, a deusa da Lua, e Eos a deusa do amanhecer. Categoria:Titãs (mitologia) Titânide dos mistérios.

Novo!!: Céu e Teia (filha de Urano) · Veja mais »

Terra

A Terra é o terceiro planeta mais próximo do Sol, o mais denso e o quinto maior dos oito planetas do Sistema Solar.

Novo!!: Céu e Terra · Veja mais »

Titã

Os titãs (masculino) e as titânides (feminino) (em grego antigo, singular: Τιτάν e Τιτανίς, plural: Τiτάνες e Τιτανίδες), na mitologia grega, estão entre as entidades que enfrentaram Zeus e os demais deuses olímpicos na sua ascensão ao poder.

Novo!!: Céu e Titã · Veja mais »

Universo

O Universo é tudo o que existe fisicamente, a soma do espaço e do tempo e as mais variadas formas de matéria, como planetas, estrelas, galáxias e os componentes do espaço intergaláctico.

Novo!!: Céu e Universo · Veja mais »

Urano (mitologia)

Urano (lit. "o que cobre" ou "o que envolve"), na mitologia grega, era a divindade que personificava o céu.

Novo!!: Céu e Urano (mitologia) · Veja mais »

Vermelho

O vermelho, encarnado ou escarlate, corresponde a uma série de cores semelhantes, evocadas pela luz constituída essencialmente pelos maiores comprimentos de onda visíveis pelo olho humano, aproximadamente na gama de 630 a 740 nm.

Novo!!: Céu e Vermelho · Veja mais »

Vincent van Gogh

Vincent Willem van Gogh (holandês: (ouça); Zundert, 30 de março de 1853 – Auvers-sur-Oise, 29 de julho de 1890) foi um pintor holandês considerado uma das figuras mais famosas e influentes da história da arte ocidental.

Novo!!: Céu e Vincent van Gogh · Veja mais »

Violeta

* Violaceae — plantas da família das violáceas.

Novo!!: Céu e Violeta · Veja mais »

Redireciona aqui:

Céu nublado, Céus.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »