Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Instalar
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Averróis

Índice Averróis

Abu al-Walid Muhammad ibn Ahmad ibn Muhammad ibn Rushd, em árabe أبو الوليد محمد بن احمد بن محمد بن احمد بن احمد بن رشد (Córdova, 1126 — Marraquexe, 1198), foi um polímata cuja obra abrange uma gama diversificada de assuntos, incluindo filosofia, teologia, medicina, astronomia, física, jurisprudência, direito islâmico e linguística.

48 relações: Abu Iúçufe Iacube Almançor, Agostinho de Hipona, Al-Andalus, Al-Farabi, Alcorão, Alexandre de Afrodísias, Algazali, Andrea de Bonaiuto, Aristóteles, Aristotelismo, Astronomia, Avempace, Averroísmo, Avicena, Córdova (Espanha), Cláudio Galeno, Degredo, Ernest Renan, Europa, Física, Filósofo, Filosofia, Ibn Tufail, Igreja Católica, Isagoge, Islão, Jurisprudência, Jurista, Língua árabe, Linguística, Marraquexe, Médico, Medicina, Mundo ocidental, Neoplatonismo, Nicolau de Damasco, Platonismo, Polímata, Porfírio, Ptolemeu, Rafael, Sobrenatural, Teologia, Teologia cristã, Tomás de Aquino, Universidade de Paris, 1126, 1198.

Abu Iúçufe Iacube Almançor

Abu Iúçufe Iacube Almançor (Abū Yūssuf Yaʿqūb bin al-Manṣūr; 1160 - 23 de janeiro de 1199), por vezes conhecido somente como Iacube I ou Almançor, foi o terceiro califa do Califado Almóada de Marrocos.

Novo!!: Averróis e Abu Iúçufe Iacube Almançor · Veja mais »

Agostinho de Hipona

Agostinho de Hipona (Aurelius Augustinus Hipponensis), conhecido universalmente como Santo Agostinho, foi um dos mais importantes teólogos e filósofos dos primeiros anos do cristianismo cujas obras foram muito influentes no desenvolvimento do cristianismo e filosofia ocidental.

Novo!!: Averróis e Agostinho de Hipona · Veja mais »

Al-Andalus

Al-Andalus ou al-Ândalus cfr.

Novo!!: Averróis e Al-Andalus · Veja mais »

Al-Farabi

Al-Farābi (Farabi‎, ابو نصر محمد بن محمد فارابی‎ /;Dimitri Gutas, "Farabi" in Encyclopædia Iranica. também conhecido como Alfarábi ou simplesmente Farabi (Farab, Turquistão, ca. — Damasco) foi um filósofo muçulmano turco ou persa da Idade de Ouro Islâmica. Do seu nome se gerou o termo português "alfarrábio" e termos deste derivados. Estudou em Bagdá e Harrã, viveu na Síria e no Egito, e estabeleceu-se depois na corte do soberano de Alepo, Ceife Aldaulá. Al-Farabi, que inaugurou a grande linha de filósofos muçulmanos da Idade Média, se interessou tanto por química, ciências naturais, física quanto por ética, ciência política e filosofia da religião. Foi também um bom músico e seu Grande livro da música colocou-o entre os principais teóricos do assunto. A palavra portuguesa alfarrábio é uma simples alteração do seu nome. Na filosofia dizia-se ao mesmo tempo influenciado por Platão e Aristóteles e considerava que as doutrinas dos dois mestres da Antiguidade, longe de serem opostas, se complementavam. Al-Farabi formulou, com uma clareza até então desconhecida, a distinção entre a existência e a essência. Retomou a teoria aristotélica sobre a eternidade do mundo, o que lhe causou dificuldades com os círculos islâmicos ortodoxos. Mas o próprio Al-Farabi não separava a religião da filosofia e se servia de termos do Alcorão para traduzir os conceitos de filosofia grega. Grande parte de sua obra é dedicada à política e à economia. Em seu tratado Epístolas sobre as opiniões do povo ou Estado modelo, o filósofo apresentou uma utopia platônica na qual a sociedade é comparada com um grande corpo único que estenderia suas ramificações à totalidade dos homens. Categoria:Filósofos islâmicos Categoria:Filósofos do Irão Categoria:Filosofia medieval Categoria:Filósofos do século X Categoria:Mortos em 950 Categoria:Pessoas do Emirado hamdanida de Alepo.

Novo!!: Averróis e Al-Farabi · Veja mais »

Alcorão

Alcorão ou Corão (القرآن, transl. al-Qurʾān, lit. "a recitação") é o livro sagrado do Islã.

Novo!!: Averróis e Alcorão · Veja mais »

Alexandre de Afrodísias

Parágrafo de abertura do tratado Sobre o Destino (Autokratoras Prós tous) por Alexander de Aphrodisias. De uma edição anónima publicada em 1658 Alexandre de Afrodísias (ou Afrodísia) (Ἀλέξανδρος ὁ Ἀφροδισιεύς, fl. 198–209 d.C. Nome completo: Titus Aurelius Alexandre) foi um filósofo peripatético e um dos mais influentes comentadores do filósofo Aristóteles; daí também poder ser referido pelo título de “o Comentador” (ὁ ἐξηγητής) ou “o segundo Aristóteles”.

Novo!!: Averróis e Alexandre de Afrodísias · Veja mais »

Algazali

Abul Amide Maomé ibne Maomé Algazali (Abū Ḥāmid Muḥammad ibn Muḥammad al-Ghazālī, Tus, 1058 — Tus, 1111), melhor conhecido somente como Algazali, foi um teólogo islâmico, jurista, filósofo, cosmólogo, psicólogo e místico de origem persa, e continua a ser um dos estudiosos mais célebres da história do pensamento islâmico sunita.

Novo!!: Averróis e Algazali · Veja mais »

Andrea de Bonaiuto

Andrea de Bonaiuto, também chamado Andrea Bonaiuti ou Andrea de Florencia, foi um pintor italiano da escola florentina que trabalhou em Florença entre 1343 e 1377.

Novo!!: Averróis e Andrea de Bonaiuto · Veja mais »

Aristóteles

Aristóteles (Aristotélēs; Estagira, — Atenas) foi um filósofo grego, aluno de Platão e professor de Alexandre, o Grande.

Novo!!: Averróis e Aristóteles · Veja mais »

Aristotelismo

Aristotelismo é a influência exercida pela filosofia de Aristóteles ao longo da história do pensamento ocidental.

Novo!!: Averróis e Aristotelismo · Veja mais »

Astronomia

Formação estrelar na Grande Nuvem de Magalhães, uma galáxia irregular. Mosaico da Nebulosa do Caranguejo, remanescente de uma supernova. Astronomia é uma ciência natural que estuda corpos celestes (como estrelas, planetas, cometas, nebulosas, aglomerados de estrelas, galáxias) e fenômenos que se originam fora da atmosfera da Terra (como a radiação cósmica de fundo em micro-ondas).

Novo!!: Averróis e Astronomia · Veja mais »

Avempace

Interior do Palácio da Aljaferia de Saragoça, onde se reuniam os intelectuais entre os que esteve Avempace. Abacar Maomé ibne Iáia ibne Saigue ibne Baja (Abu Bakr Muhammad ibn Yahya ibn al-Sa'ig ibn Bajjah; Saragoça, Taifa de Saragoça, c. 1080 — Fez, 1138), conhecido por ibne Baja, e no Ocidente como Avempace, foi um filósofo do Alandalus, que cultivou também a medicina, a poesia, a física a botânica, a música e a astronomia.

Novo!!: Averróis e Avempace · Veja mais »

Averroísmo

Averroísmo é um termo que pode se referir a dois movimentos que percorreram a escolástica do fim do século XIII: (a) a agitação suscitada pelas interpretações de Aristóteles feitas pelo filósofo islâmico Averroes e por suas ideias de reconciliação entre o aristotelismo e a fé islâmica; e (b) a tentativa de aplicar essas ideias nas tradições intelectuais latino-cristãs e judaicas, tal como manifesta em Siger de Brabante, Boécio de Dácia e Moisés Maimônides.

Novo!!: Averróis e Averroísmo · Veja mais »

Avicena

Abū ʿAlī al-Ḥusayn ibn ʿAbd Allāh ibn Sīnā (persa پورسينا Pur-e Sina - "filho de Sina"; Afshana, perto de Bucara, ca. — Hamadan, Irã), conhecido como Ibn Sīnā ou por seu nome latinizado Avicena, foi um polímata persa que escreveu tratados sobre variado conjunto de assuntos, dos quais aproximadamente 240 chegaram aos nossos dias.

Novo!!: Averróis e Avicena · Veja mais »

Córdova (Espanha)

Córdova é um município da província homónima, na comunidade autónoma da Andaluzia, na Espanha.

Novo!!: Averróis e Córdova (Espanha) · Veja mais »

Cláudio Galeno

Cláudio Galeno ou Élio Galeno, em latim Claudius Galenus e grego Κλαύδιος Γαληνός, (Pérgamo, c. 129 - provavelmente Sicília, ca. 217), mais conhecido como Galeno de Pérgamo foi um proeminente médico e filósofo romano de origem grega,Nutton, Vivian.

Novo!!: Averróis e Cláudio Galeno · Veja mais »

Degredo

Degredo é uma condenação ao exílio, situação corrente nos séculos XV a XVIII.

Novo!!: Averróis e Degredo · Veja mais »

Ernest Renan

Joseph Ernest Renan (Tréguier, 28 de fevereiro de 1823 — Paris, 2 de outubro de 1892) foi um escritor, filósofo, teólogo, filólogo e historiador francês.

Novo!!: Averróis e Ernest Renan · Veja mais »

Europa

A Europa é, por convenção, um dos seis continentes do mundo.

Novo!!: Averróis e Europa · Veja mais »

Física

Física (do grego antigo: φύσις physis "natureza") é a ciência que estuda a natureza e seus fenômenos em seus aspectos mais gerais.

Novo!!: Averróis e Física · Veja mais »

Filósofo

Um filósofo é alguém que pratica a filosofia, a qual envolve investigação racional, em áreas que estão fora da teologia ou da ciência.

Novo!!: Averróis e Filósofo · Veja mais »

Filosofia

Filosofia (do grego Φιλοσοφία, philosophia, literalmente «amor pela sabedoria») é o estudo das questões gerais e fundamentais relacionadas com a natureza da existência humana; do conhecimento; da verdade; dos valores morais e estéticos; da mente; da linguagem, bem como do universo em sua totalidade.

Novo!!: Averróis e Filosofia · Veja mais »

Ibn Tufail

Ibn Tufail (Guadix, Espanha, ca. década 1100 — Marraquexe, Marrocos, ca. 1185) (nome completo: Abu Bakr Muhammad ibn Abd al-Malik ibn Tufail al-Qaisi; árabe: أبو بكر محمد بن عبد الملك بن محمد بن طفيل القيسي الأندلسي; formas latinizadas: Abubácer e Abentofail) foi um médico, matemático, astrônomo, filósofo e poeta muçulmano do Al-Andalus.

Novo!!: Averróis e Ibn Tufail · Veja mais »

Igreja Católica

A Igreja Católica (o termo "católico", derivado da palavra grega: καθολικός (katholikos), significa "universal", "geral" ou "referente à totalidade"), chamada também de Igreja Católica Romana e Igreja Católica Apostólica Romana, é uma Igreja cristã com aproximadamente dois mil anos, colocada sob a autoridade suprema visível do Papa, Bispo de Roma e sucessor do apóstolo Pedro.

Novo!!: Averróis e Igreja Católica · Veja mais »

Isagoge

Isagoge (em grego clássico εἰσαγωγή, eisagogé: introdução) é o nome da tradução latina feita por Boécio da obra Introductio in Praedicamenta do escritor e filósofo grego Porfírio (século III), obra que também aparece por vezes referida por Quinque voces (Cinco vocábulos) ou Quinque voces Porphyrii.

Novo!!: Averróis e Isagoge · Veja mais »

Islão

Islamismo, (Islām), é uma religião abraâmica monoteísta articulada pelo Alcorão, um texto considerado pelos seus seguidores como a palavra literal de Deus (Alá, Allāh), e pelos ensinamentos e exemplos normativos (a chamada suna, parte do hádice) de Maomé, considerado pelos fiéis como o último profeta de Deus.

Novo!!: Averróis e Islão · Veja mais »

Jurisprudência

Jurisprudência (do latim: jus "justo" + prudentia "prudência") é o termo jurídico que designa o conjunto das decisões sobre interpretações das leis feitas pelos tribunais de uma determinada jurisdição.

Novo!!: Averróis e Jurisprudência · Veja mais »

Jurista

Um jurista e, em algumas acepções, jurisconsulto, jurisperito e, ainda, jurisprudente, é toda pessoa que dependa de bacharelado, licenciatura em Solicitadoria ou licenciatura em Direito para atuar profissionalmente.

Novo!!: Averróis e Jurista · Veja mais »

Língua árabe

O árabe (العربية, transl. al-ʿarabiyyah,, ou عربي, transl. ʿarabī) é uma língua semita central, parente próximo do hebraico e das línguas neo-aramaicas.

Novo!!: Averróis e Língua árabe · Veja mais »

Linguística

Linguística é a área de estudo científico da Linguagem.

Novo!!: Averróis e Linguística · Veja mais »

Marraquexe

XX da dita Porta da Cutubia Vista panorâmica parcial da cidade, com os seus característicos edifícios cor-de-rosa Marraquexe (Marrakech; Marrākuš; Meṛṛakec) é uma cidade do centro-sudoeste de Marrocos, situada perto do sopé norte da cordilheira do Alto Atlas. Conhecida como a "cidade vermelha", a "pérola do sul" ou a "porta do sul", é a capital da prefeitura homónima e da região de Marraquexe-Safim. e habitantes na prefeitura. É a quarta maior cidade do país, a seguir a Casablanca, Fez e Tânger. Situa-se 580 km a sudoeste de Tânger, 327 km a sudoeste de Rabate, 240 km a sudoeste de Casablanca e 246 km a nordeste de Agadir. É das chamadas quatro cidades imperiais de Marrocos (as outras são Fez, Mequinez e Rabate) e a que atrai mais turistas. A zona é habitada desde o Neolítico, quando agricultores berberes ali viviam, mas a cidade só foi fundada em 1062 por Abu Becre ibne Omar, um caudilho berbere primo do rei almorávida Iúçufe ibne Taxufine. No os Almorávidas construíram muitas madraças (escolas islâmicas) e mesquitas na cidade que apresentavam influências da arquitetura do al-Andalus (Ibéria muçulmana). As muralhas avermelhadas da cidade, construídas por Ali ibne Iúçufe em 1122-1123 e vários edifícios construídos em pedra igualmente avermelhada durante este período estão na origem de uma das suas alcunhas — "cidade vermelha" ou "cidade ocre". Marraquexe desenvolveu-se rapidamente e tornou-se um centro cultural, religioso e comercial para o Magrebe e para a região subsariana de África. A praça Jemaa el-Fna ainda hoje é a mais movimentada e animada de África; em 2001 foi inscrita nas listas do Património Cultural Imaterial da Humanidade. Depois de um período de declínio, a cidade foi ultrapassada por Fez, mas no princípio do tornou-se novamente a capital de Marrocos. Marraquexe ganhou de nova a sua proeminência durante os reinado dos ricos sultões saadianos Abu Abdalá Alcaim e, que a embelezaram com sumptuosos palácios como o el Badi (1578) e restauraram muitos monumentos em ruínas. A partir do, a cidade tornou-se popular entre os peregrinos sufistas devido a nele se situarem os túmulos dos chamados Sete Santos de Marraquexe. À semelhança de muitas cidades marroquinas, Marraquexe tem uma parte antiga (ou almedina), correspondente à cidade primitiva, cercada de muralhas, fortificada, com ruas pejadas de lojas e vendedores de rua, rodeada por bairros modernos, nomeadamente Gueliz, o mais elegante deles, situado junto ao centro. A almedina de Marraquexe está classificada como Património Mundial desde 1985. A cidade é atualmente um importante centro económico e um destino turístico de fama mundial. Marraquexe tem também o maior maior soco (suq, mercado tradicional) berbere, com os 18 socos especializados que se concentram na almedina, onde se vendem e por vezes também se fabricam os mais variados produtos, que vão desde os tapetes tradicionais berberes até à eletrónica de consumo moderna. O artesanato ocupa uma parte significativa da população, e a sua produção destina-se principalmente aos turistas.

Novo!!: Averróis e Marraquexe · Veja mais »

Médico

O médico é o profissional da saúde autorizado pelo Estado para exercer a Medicina; se ocupa da saúde humana e/ou animal, prevenindo, diagnosticando, tratando e curando as doenças, o que requer conhecimento detalhado de disciplinas acadêmicas (como anatomia e fisiologia) por detrás das doenças e do tratamento - a ciência da medicina - e também competência na sua prática aplicada - a arte da medicina.

Novo!!: Averróis e Médico · Veja mais »

Medicina

caduceu de Asclépio é o símbolo da medicina. A medicina é uma das muitas áreas do conhecimento ligada à manutenção e restauração da saúde.

Novo!!: Averróis e Medicina · Veja mais »

Mundo ocidental

imigração e colonização europeia Samuel Huntington em seu livro ''Choque de civilizações'' (1996). Mundo ocidental, civilização ocidental ou simplesmente Ocidente (occidens - "pôr do sol, oeste", como distinto de Oriente), é um termo que se refere a diferentes nações, dependendo do contexto.

Novo!!: Averróis e Mundo ocidental · Veja mais »

Neoplatonismo

Neoplatonismo é o termo que define o conjunto de doutrinas e escolas de inspiração platônica que se desenvolveram do século III ao século VI, mais precisamente da fundação da escola alexandrina por Amônio Sacas (232) ao fechamento da escola de Atenas imposto pelo edito de Justiniano, de 529.

Novo!!: Averróis e Neoplatonismo · Veja mais »

Nicolau de Damasco

Nicolau de Damasco (grego: Νικόλαος Δαμασκηνός, Nikolāos Damaskēnos) foi um historiador e filósofo grego.

Novo!!: Averróis e Nicolau de Damasco · Veja mais »

Platonismo

Platão (detalhe de ''A escola de Atenas'', de Rafael Sanzio) O platonismo é uma corrente filosófica baseada no pensamento de Platão.

Novo!!: Averróis e Platonismo · Veja mais »

Polímata

Leonardo da Vinci, célebre polímata, é considerado um gênio nas áreas mais distintas, que vão da física e matemática à pintura e escultura. Um polímata (do grego πολυμαθής, transl. polymathēs, lit. "aquele que aprendeu muito") Harper, Daniel.

Novo!!: Averróis e Polímata · Veja mais »

Porfírio

Porfírio de Tiro (Πορφύριος, Porphyrios), ca.

Novo!!: Averróis e Porfírio · Veja mais »

Ptolemeu

Cláudio Ptolemeu, ou apenas Ptolemeu ou Ptolomeu (Claudius Ptolemaeus; Klaúdios Ptolemaios; 90 – 168), foi um cientista grego que viveu em Alexandria, uma cidade do Egito.

Novo!!: Averróis e Ptolemeu · Veja mais »

Rafael

Rafael Sanzio (Raffaello Sanzio; Urbino, — Roma), frequentemente referido apenas como Rafael, foi um mestre da pintura e da arquitetura da escola de Florença durante o Renascimento italiano, celebrado pela perfeição e suavidade de suas obras.

Novo!!: Averróis e Rafael · Veja mais »

Sobrenatural

O termo sobrenatural (registrado pela primeira vez entre 1520-1530) em geral designa o contrário do que é considerado natural; o que não admite - ou é suposto não admitir - explicação científica.

Novo!!: Averróis e Sobrenatural · Veja mais »

Teologia

Teologia é o estudo crítico da natureza do divino, seus atributos e sua relação com os homens.

Novo!!: Averróis e Teologia · Veja mais »

Teologia cristã

A teologia cristã procura a razão no interior da fé cristã.

Novo!!: Averróis e Teologia cristã · Veja mais »

Tomás de Aquino

Tomás de Aquino, em italiano Tommaso d'Aquino (Roccasecca, 1225 – Fossanova, 7 de março de 1274), foi um frade católico da Ordem dos Pregadores (dominicano) italiano cujas obras tiveram enorme influência na teologia e na filosofia, principalmente na tradição conhecida como Escolástica, e que, por isso, é conhecido como "Doctor Angelicus", "Doctor Communis" e "Doctor Universalis".

Novo!!: Averróis e Tomás de Aquino · Veja mais »

Universidade de Paris

A Universidade de Paris (em francês Université de Paris) é uma das mais antigas instituições de ensino superior da Europa, e localiza-se na França.

Novo!!: Averróis e Universidade de Paris · Veja mais »

1126

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi C (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Averróis e 1126 · Veja mais »

1198

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Averróis e 1198 · Veja mais »

Redireciona aqui:

Averroes, Averróes.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »