Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Faça o download
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Armadas da Índia

Índice Armadas da Índia

As Armadas da Índia foram as frotas de navios enviadas anualmente por Portugal para a Índia, principalmente para Goa.

999 relações: Açores, Academia das Ciências de Lisboa, Achém, Afonso de Albuquerque, Afonso de Noronha, Afonso de Noronha, 5.º vice-rei da Índia, Afonso de Noronha, Capitão de Ceuta e de Tânger, Afonso de Paiva, Afonso de Portugal, Grão-mestre do Hospital, Afonso Gonçalves Baldaia, Afonso V de Portugal, Agadir, Agostinho de Hipona, Aires Correia, Aires da Cunha, Aires de Saldanha, Aires Gomes da Silva, Alcaide, Alegranza, Aleixo de Abreu, Aleixo de Meneses, Aleixo de Meneses (aio), Aljezur, Almada, Alvito, Amaro, André de Santa Maria, André Dias, André Furtado de Mendonça (capitão), André Gonçalves (explorador), Angola, Angra do Heroísmo, Ano-Bom, Antão de Noronha, Antão Gonçalves, Antão Gonçalves (século XVI), António Cabral, António Coimbra Martins, António de Abreu, António de Almeida, António de Ataíde, 1.º Conde da Castanheira, António de Ataíde, 5.º Conde da Castanheira, António de Mendonça, António de Noronha, 1.º Conde de Vila Verde, António de Noronha, 11.º vice-rei da Índia, António de Saldanha, António Dias de Figueiredo, António Fernandes, António Francisco Cardim, António Galvão, ..., António Moniz Barreto, António Salvador, António Teles da Silva, António Teles de Meneses, António Tenreiro, Antônio Pereira (Ouro Preto), Antônio Pinto Pereira, Antonio Carvalho, Antonio da Noli, Antonio Manuel Lima Dias, Arcebispo, Arcediago, Ardeidae, Arguim, Arquidiocese de Goa e Damão, Arquidiocese de Singapura, Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Arracão, Arrecife, Ascensão, Aveiras, África do Sul, Álvaro Barreto, Álvaro de Bragança, Álvaro de Carvalho, Álvaro de Castro, Álvaro de Mendonça, Álvaro Fernandes, Álvaro Pais, Álvaro Pires, Álvaro Velho, Ásia, Baçaim, Baía, Baía da Lagoa, Baía de Santa Helena, Bahia de Todos os Santos, Barbeiro, Bartolomeu de Vasconcelos da Cunha, Bartolomeu Dias, Bartolomeu Marchionni, Bartolomeu Perestrelo, Benim, Bernardim de Carvalho, Bernardo Gomes de Brito, Biblioteca Britânica, Bojador, Bombaim, Bombardeiro, Braga, Brasil, Brás de Albuquerque, Cabo Bojador, Cabo Branco, Cabo da Boa Esperança, Cabo de Santo Agostinho, Cabo Delgado, Cabo Guardafui, Cabo Não, Cabo Verde, Cairo, Calafate, Calecute, Cambaia, Cananor, Canárias, Capelão, Capitão (náutica), Capitão-mor, Caravela, Carlos I de Espanha, Carpintaria, Carreira da Índia, Casa da Índia, Cascais, Castelo de Almourol, Castro Daire, Catarina de Portugal, Duquesa de Bragança, Códice, Chaul, Chef, China, Ciência Náutica Portuguesa, Cirurgião, Clara de Assis, Cochim, Comores, Companhia de Jesus, Conde da Feira, Conde de Atouguia, Conde de Linhares, Conde de Monsanto, Conde de Santa Cruz, Congo, Conselho de Governadores do Reino de Portugal, Constantino de Bragança, Contramestre, Corpus Christi, Corsário, Corunha, Corvo (Açores), Cosmografia, Costa do Malabar, Coulão, Couto, Cremona, Cristóvão Colombo, Cristóvão de Brito, Cristóvão de Mendonça, Cristóvão de Sá, Cronologia dos descobrimentos portugueses, Damão, Descoberta do Brasil, Descoberta do caminho marítimo para a Índia, Descobrimentos portugueses, Despenseiro, Dianga, Dinis Fernandes, Diocese de Cochim, Diocese de São Tomé de Meliapor, Diogo Afonso, Diogo Barbosa, Diogo Botelho, Diogo Botelho Pereira, Diogo Brandão, Diogo Cão, Diogo da Silva, Diogo de Almeida, Diogo de Azambuja, Diogo de Mendonça, Diogo de Mendonça Furtado, Diogo de Meneses, Diogo de Meneses (governador da Índia), Diogo de Sousa, Diogo Dias, Diogo do Couto, Diogo Fernandes de Beja, Diogo Lopes, Diogo Lopes de Sequeira, Diogo Rodrigues, Diogo Soares, Diu, Duarte Barreto do Couto, Duarte da Costa, Duarte de Lemos, Duarte de Melo, Duarte de Meneses, Duarte de Meneses, 14.º vice-rei da Índia, Duarte Fernandes, Duarte Galvão, Duarte I de Portugal, Duarte Pacheco Pereira, Elefante, Elmina, Elvas, Era dos Descobrimentos, Ericeira, Escriba, Estado da Índia, Estêvão Afonso, Estêvão da Gama (1470), Estêvão da Gama (1505-1576), Etiópia, Exegese, Farim, Fascínio pelo Oriente, Físico, Fernando Coutinho (marechal), Fernando II, Duque de Bragança, Fernando Pó, Fernán Ruiz de Castro, Fernão Álvares Cabral, Fernão Cota Falcão, Fernão de Magalhães, Fernão Gomes, Fernão Lopes de Castanheda, Fernão Mendes Pinto, Fernão Pires de Andrade, Fernão Teles de Meneses, Governador da Índia, Festa junina, Filipe de Brito e Nicote, Filipe de Mascarenhas, Filipe II de Espanha, Flores, Fortaleza, Forte do Cabo da Rama, Francis Drake, Francisco Álvares, Francisco Barreto, Francisco Coutinho, 3.º Conde de Redondo, Francisco da Gama, 4.º Conde da Vidigueira, Francisco de Almeida (vice-rei da Índia), Francisco de Figueiredo, Francisco de Lima, Francisco de Mascarenhas, Francisco de Melo, Francisco de Sousa, Francisco de Sousa Pereira, Francisco de Távora, Francisco dos Mártires, Francisco Ferreira, Francisco Henriques, Francisco Mascarenhas, Francisco Pereira Coutinho, Francisco Pires, Francisco Portocarreiro, Francisco Ribeiro, Francisco Rodrigues, Francisco Vaz de Almada, Francisco Xavier, Frei Luís de Sousa, Frota, Funchal, Galeão, Gana, Garcia de Castro, Garcia de Noronha, Garcia de Orta, Garcia de Sá, Gaspar de Lemos, Gaspar Jorge de Leão Pereira, Génova, Gengibre, Gibraltar, Gil Eanes, Goa, Golfo de Bengala, Gomes Aires, Gomes Freire de Andrade, Gomes Pires, Gonçalo Álvares, Gonçalo Coelho, Gonçalo de Sintra, Gonçalo de Sousa, Gonçalo Mendes, Gonçalo Nunes, Gonçalo Pereira, Gonçalo Rodrigues, Gonçalo Rodrigues Caldeira, Gonçalo Velho Cabral, Governador, Graciosa, Grã Canária, Grumete, Guardião, Guarnição, Guimarães, Guiné, Gujarate, Henrique de Macedo, Henrique de Távora e Brito, Henrique Dias, Henrique I de Portugal, Henrique, Duque de Viseu, Hidalcão, História de Macau, História Trágico-Marítima, Ibo, Igrejas e Conventos de Goa, Ilha da Madeira, Ilha de Angediva, Ilha de Gonçalo Álvares, Ilha de Moçambique, Ilha de Santiago, Ilha de São Jorge, Ilha de São Miguel, Ilha de São Tomé, Ilha do Faial, Ilha do Maio, Ilha do Príncipe, Ilha Pate, Ilha Terceira, Ilhas Molucas, Império colonial, Império Etíope, Império Monomotapa, Império Português, Inferno, Jaffna, Jan Huygen van Linschoten, Japão, Jácome de Morais Sarmento, Jerónimo Coutinho, Jerónimo de Almeida, Jerónimo de Azevedo, Jerónimo Lobo, João Afonso, João Baptista Lavanha, João Coutinho, 5.º Conde de Redondo, João da Costa, João da Nova, João da Silva Telo e Meneses, João da Silveira, João de Almeida, João de Barros, João de Castro, João de Coimbra, João de Eça, João de Melo, João de Mendonça Furtado, João de Meneses, João de Portugal, João de Sousa, João Dias (navegador), João Fernandes, João Gomes de Abreu, João Gonçalves Zarco, João Guedes, João I de Portugal, João II de Portugal, João III de Portugal, João Infante, João IV de Portugal, João Leite, João Lobo, João Lopes Alvim, João Lopes Perestrelo, João Lourenço, João Pereira, João Ribeiro Gaio, João Rodrigues de Sá, João Rodrigues Pereira, João Serrão, João Vicente da Fonseca, Jorge Cabral, Jorge da Silva, Jorge de Almeida, Jorge de Brito, Jorge de Castro, Jorge de Lima, Jorge de Mascarenhas, Jorge de Melo, Jorge de Mendonça, Jorge de Meneses, Jorge Temudo, José de Anchieta, KwaZulu-Natal, La Gomera, La Palma, Lagos (Portugal), Lamego, Lançarote de Lagos, Laniidae, Leonel de Lima, Leonel de Sousa, Lepra, Lisboa, Lista de governadores coloniais de Angola, Lista de governadores da Índia Portuguesa, Lista de governadores da Guiné Portuguesa, Lista de governadores de Cabo Verde, Lista de governadores de Macau, Lista de governadores do Brasil colonial, Lista de governadores do Timor Português, Lista de territórios do Império Português por ordem alfabética, Lista dos bispos de Macau, Lista dos governadores das províncias de Moçambique, Livro das Armadas, Livro de Lisuarte de Abreu, Lobo, Lobo-marinho, Lopo de Almeida, Lopo de Sousa, Lopo Soares de Albergaria, Lopo Vaz de Sampaio, Lourenço da Veiga, Lourenço de Almeida (capitão-mor), Lourenço Lopes, Lourenço Peixoto Cirne, Lourenço Pires de Távora, Luís Coutinho, Luís de Albuquerque, Luís de Ataíde, Luís de Brito e Meneses, Luís de Camões, Luís de Mendonça Furtado e Albuquerque, Luís de Sousa, Luís Falcão, Luís Figueira, Luís Martins de Sousa Chichorro, Luís Mendes de Vasconcelos, Luís Pires, Luis Fajardo, Madagáscar, Madeira, Madrid, Malaca, Maldivas, Manilha, Manobra, Manuel da Cunha, Manuel da Nóbrega, Manuel de Brito, Manuel de Faria e Sousa, Manuel de Lima, Manuel de Macedo, Manuel de Meneses (cronista-mor), Manuel de Mesquita, Manuel de Sousa, Manuel de Sousa Coutinho, governador da Índia, Manuel I de Portugal, Manuel Mascarenhas Homem (vice-rei da Índia), Manuel Pereira, Manuel Pereira Coutinho, Manuel Teles Barreto, Mar Vermelho, Marcos, Marechal de Portugal, Marinheiro, Marrocos, Martim Afonso de Castro, Martim Afonso de Melo, Martim Afonso de Melo Coutinho, Martim Afonso de Sousa, Martim de Freitas, Mascate, Mateus de Medina, Matias de Albuquerque, Matias de Albuquerque, 15.º vice-rei da Índia, Málaga, Meca, Meirinho, Melinde, Mem de Sá, Mestre, Miguel de Arruda, Miguel de Noronha, 4.º Conde de Linhares, Moçambique, Molucas, Mombaça, Mombaça (Quênia), Monção, Monumento aos Descobrimentos, Mormugão, Murça, NAR, Natal, Nau, Nicolau Coelho, Nova Iorque, Nuno Álvares Botelho, Nuno da Cunha, Nuno de Mendonça, Nuno Leitão da Cunha, Nuno Tristão, Ordem de Cristo, Ordem de Santo Agostinho, Ordem dos Frades Menores, Ordem dos Pregadores, Ormuz, Os Lusíadas, Ouvidor, Paço de Arcos, Países Baixos, Padrão, Palavras japonesas de origem portuguesa, Palma, Papa, Papa Leão X, Patacho, Paulo da Gama, Paulo Dias de Novais, Pátria, Pérsia, Pêro da Covilhã, Pêro de Alenquer, Pêro Escobar, Pedro Álvares Cabral, Pedro Botelho, Pedro da Fonseca, Pedro da Silva, 1.º Conde de São Lourenço, Pedro de Oliveira, Pedro de Portugal, 1.º Duque de Coimbra, Pedro de Sintra, Pedro Dias, Pedro Eanes, Pedro II de Portugal, Pedro Leitão, Pedro Lourenço, Pedro Mascarenhas (1670-1745), Pedro Mascarenhas (c. 1484-1555), Pedro Nunes, Pedro Velho, Pegu, Peniche, Período Nanban, Pernambuco, Pero da Silva, Pero de Ataíde, Pero Lopes de Sousa, Pero Vaz de Caminha, Peros Banhos, Piloto (náutica), Porto, Porto Rico, Porto Santo, Portugueses na Ásia, Preste João, Prior do Crato, Provedor, Quelimane, Quirimbas, Rafael Perestrelo, Região histórica de Castela, Reino de Portugal, Rio Congo, Rio do Ouro (Saara), Rio Senegal, Rio Tejo, Rio Zambeze, Rocha, Rodrigo Afonso de Melo, Conde de Olivença, Rodrigo Rebelo (militar do séc XV), Roma, Ronfe, Rota do Cabo, Ruínas de Kilwa Kisiwani e de Songo Mnara, Rui de Pina, Rui Gonçalves da Câmara, 1.º Conde de Vila Franca, Rui Lourenço de Távora, Rumes, Salvador (Bahia), Salvador Ribeiro de Sousa, Sancho de Tovar, Sanlúcar de Barrameda, Santa Helena (ilha), Santarém (Portugal), Santo António de Lisboa, Santos, Sá de Miranda, São João, Sebastião de São Pedro, Sebastião Gonçalves Tibau, Sebastião I de Portugal, Senhorio do Cadaval, Serra Leoa, Setúbal, Sevilha, Simão da Veiga, Simão de Miranda, Simão de Pina, Simão Vianna da Cunha Pereira, Socotorá, Soeiro da Costa, Soeiro Mendes da Maia, Sofala, Soldado, Sri Lanka, Sultão, Sumatra, Sundiva, Tanoaria, Tarouca, Tito Lívio, Tojal, Tomé de Sousa, Tomé Pires, Tristão da Cunha, Tristão da Silva, Tristão Teixeira, Trofa, Vasco da Gama, Vasco de Ataíde, Vasco de Mascarenhas, 1.º Conde de Óbidos, Vasco Fernandes Coutinho, Vasco Gomes de Abreu, Vasco Graça Moura, Vela (náutica), Vice-rei, Vicente Dias, Vicente Gil, Vicente Sodré, Vidigueira, Vigo, Xhosa, Zahara de la Sierra, Zanzibar, Zenagas, 1 de abril, 1 de fevereiro, 1 de junho, 1 de maio, 1 de setembro, 10 de abril, 10 de dezembro, 10 de fevereiro, 10 de janeiro, 10 de março, 11 de abril, 11 de julho, 11 de junho, 11 de maio, 11 de março, 11 de novembro, 11 de setembro, 12 de abril, 12 de janeiro, 12 de maio, 12 de março, 13 de abril, 13 de junho, 13 de maio, 13 de outubro, 14 de abril, 14 de dezembro, 14 de maio, 14 de março, 1412, 1418, 1419, 1427, 1434, 1435, 1440, 1442, 1443, 1444, 1445, 1446, 1447, 1448, 1449, 1460, 1467, 1469, 1481, 1484, 1485, 1486, 1487, 1488, 1489, 1493, 1497, 1498, 1499, 15 de abril, 15 de julho, 15 de maio, 15 de março, 15 de novembro, 15 de outubro, 15 de setembro, 1500, 1501, 1502, 1503, 1504, 1505, 1506, 1507, 1508, 1509, 1510, 1511, 1512, 1513, 1514, 1515, 1516, 1517, 1518, 1519, 1520, 1521, 1522, 1523, 1524, 1525, 1526, 1527, 1528, 1529, 1530, 1531, 1532, 1533, 1534, 1535, 1536, 1537, 1538, 1539, 1540, 1541, 1542, 1543, 1544, 1545, 1546, 1547, 1548, 1549, 1550, 1551, 1552, 1553, 1554, 1555, 1556, 1557, 1558, 1559, 1560, 1561, 1562, 1563, 1564, 1565, 1566, 1567, 1568, 1569, 1570, 1571, 1572, 1573, 1574, 1575, 1576, 1577, 1578, 1579, 1580, 1581, 1582, 1583, 1584, 1585, 1586, 1587, 1588, 1589, 1590, 1591, 1592, 1593, 1594, 1595, 1596, 1597, 1598, 1599, 16 de abril, 16 de dezembro, 16 de janeiro, 16 de maio, 16 de março, 16 de outubro, 1600, 1601, 1602, 1603, 1604, 1605, 1606, 1607, 1608, 1609, 1610, 1611, 1612, 1613, 1614, 1615, 1616, 1617, 1618, 1619, 1620, 1621, 1622, 1623, 1624, 1625, 1626, 1627, 1628, 1629, 1630, 1631, 1632, 1633, 1634, 1635, 1636, 1637, 1638, 1639, 1640, 1641, 1642, 1643, 1644, 1645, 1646, 1647, 1648, 1649, 1650, 1651, 1652, 1653, 1654, 1655, 1656, 1657, 1675, 17 de abril, 17 de agosto, 17 de dezembro, 17 de julho, 17 de junho, 17 de maio, 17 de março, 17 de outubro, 17 de setembro, 18 de abril, 18 de julho, 18 de junho, 18 de maio, 18 de março, 18 de novembro, 19 de abril, 19 de dezembro, 19 de julho, 19 de março, 19 de novembro, 19 de outubro, 19 de setembro, 2 de abril, 2 de fevereiro, 2 de janeiro, 2 de março, 2 de novembro, 2 de outubro, 2 de setembro, 20 de abril, 20 de agosto, 20 de julho, 20 de maio, 20 de março, 20 de setembro, 21 de abril, 21 de agosto, 21 de junho, 21 de maio, 21 de março, 22 de abril, 22 de agosto, 22 de dezembro, 22 de fevereiro, 22 de maio, 22 de março, 22 de novembro, 22 de outubro, 23 de abril, 23 de agosto, 23 de janeiro, 23 de maio, 23 de março, 23 de novembro, 23 de outubro, 24 de abril, 24 de agosto, 24 de dezembro, 24 de julho, 24 de junho, 24 de março, 24 de outubro, 25 de abril, 25 de agosto, 25 de dezembro, 25 de janeiro, 25 de março, 25 de novembro, 25 de outubro, 25 de setembro, 26 de abril, 26 de março, 26 de setembro, 27 de dezembro, 27 de fevereiro, 27 de janeiro, 27 de maio, 27 de março, 27 de novembro, 27 de setembro, 28 de janeiro, 28 de março, 29 de abril, 29 de agosto, 29 de janeiro, 29 de março, 29 de novembro, 3 de abril, 3 de agosto, 3 de dezembro, 3 de fevereiro, 3 de junho, 3 de maio, 3 de março, 3 de outubro, 30 de abril, 30 de agosto, 30 de março, 30 de outubro, 31 de agosto, 31 de março, 31 de outubro, 4 de abril, 4 de dezembro, 4 de fevereiro, 4 de junho, 4 de março, 4 de novembro, 4 de outubro, 5 de abril, 5 de fevereiro, 5 de maio, 5 de novembro, 5 de outubro, 5 de setembro, 6 de abril, 6 de dezembro, 6 de fevereiro, 6 de janeiro, 6 de julho, 6 de junho, 6 de março, 6 de outubro, 7 de abril, 7 de fevereiro, 7 de janeiro, 7 de julho, 7 de março, 7 de novembro, 7 de setembro, 8 de abril, 8 de agosto, 8 de dezembro, 8 de fevereiro, 8 de junho, 8 de maio, 8 de março, 9 de abril, 9 de dezembro, 9 de julho, 9 de março. Expandir índice (949 mais) »

Açores

Os Açores, oficialmente Região Autónoma dos Açores, são um arquipélago transcontinental e um território autónomo da República Portuguesa, situado no Atlântico nordeste, dotado de autonomia política e administrativa, consubstanciada no Estatuto Político-Administrativo da Região Autónoma dos Açores.

Novo!!: Armadas da Índia e Açores · Veja mais »

Academia das Ciências de Lisboa

A Academia das Ciências de Lisboa GCSE é uma instituição científica portuguesa.

Novo!!: Armadas da Índia e Academia das Ciências de Lisboa · Veja mais »

Achém

Achém (Aceh) é um território especial da Indonésia, localizado na ponta setentrional da ilha de Sumatra.

Novo!!: Armadas da Índia e Achém · Veja mais »

Afonso de Albuquerque

Afonso de Albuquerque (Alhandra, — Goa), nomeado O Grande, o César do Oriente, o Leão dos Mares, o Terribil e o Marte Português, foi um fidalgo, militar e o 2.º Vice-Rei e Governador da Índia Portuguesa, cujas ações militares, religiosas e políticas foram determinantes para o estabelecimento do Império Português no oceano Índico.

Novo!!: Armadas da Índia e Afonso de Albuquerque · Veja mais »

Afonso de Noronha

Afonso de Noronha pode-se referir a.

Novo!!: Armadas da Índia e Afonso de Noronha · Veja mais »

Afonso de Noronha, 5.º vice-rei da Índia

Dom Afonso de Noronha (1510 — ????) foi um nobre e militar português, governador de Ceuta entre 1540 e 1549, sucedendo ao seu irmão, Nuno Álvares Pereira de Noronha e 5.º Vice-rei da Índia e 16.º Governador da Índia Portuguesa, de 1550 a 1554.

Novo!!: Armadas da Índia e Afonso de Noronha, 5.º vice-rei da Índia · Veja mais »

Afonso de Noronha, Capitão de Ceuta e de Tânger

Afonso de Noronha (c. 1550 - depois de 1627, Madrid) foi Capitão de Ceuta e de Tânger, Governador do Algarve, e nomeado Vice-rei da Índia.

Novo!!: Armadas da Índia e Afonso de Noronha, Capitão de Ceuta e de Tânger · Veja mais »

Afonso de Paiva

Afonso de Paiva (c. 1443 - c. 1490), tornou-se explorador português a convite de D. João II para que fosse recolher informações do Oriente acerca das rotas comerciais e pontos de referência.

Novo!!: Armadas da Índia e Afonso de Paiva · Veja mais »

Afonso de Portugal, Grão-mestre do Hospital

Fernando Afonso de Portugal, ou simplesmente Afonso (Coimbra, — Santarém ou Évora), foi um infante do Reino de Portugal e Grão-mestre da Ordem dos Hospitalários.

Novo!!: Armadas da Índia e Afonso de Portugal, Grão-mestre do Hospital · Veja mais »

Afonso Gonçalves Baldaia

Afonso Gonçalves Baldaia (Porto, c. 1415 - Praia, 1481) foi um navegador português do século XV., foi um dos primeiros colonos da ilha Terceira, para onde partiu com o donatário da dita ilha, Jácome de Bruges, ou, segundo outros escritores com o donatário da Praia da Vitória, Álvaro Martins Homem, de quem foi lugar tenente.

Novo!!: Armadas da Índia e Afonso Gonçalves Baldaia · Veja mais »

Afonso V de Portugal

Afonso V (Sintra, – Lisboa), apelidado de "o Africano" por suas conquistas na África, foi o Rei de Portugal e Algarves de 1438 até sua morte.

Novo!!: Armadas da Índia e Afonso V de Portugal · Veja mais »

Agadir

Agadir (em tifinagh: ⴳⴰⴷⵉⵔ), antigamente designada Santa Cruz do Cabo de Gué, é uma cidade do sul de Marrocos situada a norte da foz do rio Suz (Souss), na costa do Oceano Atlântico.

Novo!!: Armadas da Índia e Agadir · Veja mais »

Agostinho de Hipona

Agostinho de Hipona (Aurelius Augustinus Hipponensis), conhecido universalmente como Santo Agostinho, foi um dos mais importantes teólogos e filósofos dos primeiros anos do cristianismo cujas obras foram muito influentes no desenvolvimento do cristianismo e filosofia ocidental.

Novo!!: Armadas da Índia e Agostinho de Hipona · Veja mais »

Aires Correia

Aires Correia foi um navegador português.

Novo!!: Armadas da Índia e Aires Correia · Veja mais »

Aires da Cunha

Aires da Cunha (Portugal, ? — litoral maranhense, 1536) foi um capitão donatário do Brasil.

Novo!!: Armadas da Índia e Aires da Cunha · Veja mais »

Aires de Saldanha

Aires de Saldanha (Santarém, 1542 — perto da Ilha Terceira, 1605) foi um militar português.

Novo!!: Armadas da Índia e Aires de Saldanha · Veja mais »

Aires Gomes da Silva

Aires Gomes da Silva (? - 24 de maio 1500) foi um militar português que comandou as tropas do Porto durante o período em que a rainha D. Leonor procura recuperar a regência do Reino de Portugal e incita a luta armada.

Novo!!: Armadas da Índia e Aires Gomes da Silva · Veja mais »

Alcaide

O alcaide (do; «o juiz») era o governador de um cidade ou vila acastelada ou fortificada, durante a Idade Média, na Península Ibérica.

Novo!!: Armadas da Índia e Alcaide · Veja mais »

Alegranza

Alegranza é a ilha mais a nordeste do arquipélago das Canárias, ocupando uma área de apenas 10,2 km².

Novo!!: Armadas da Índia e Alegranza · Veja mais »

Aleixo de Abreu

Aleixo de Abreu (Alcáçovas do Alentejo, 1568 — Lisboa, 1630), foi um médico português.

Novo!!: Armadas da Índia e Aleixo de Abreu · Veja mais »

Aleixo de Meneses

Aleixo de Meneses, nascido Pedro de Meneses, (Lisboa, 25 de Janeiro de 1559 – Madrid, 3 de Maio de 1617) foi arcebispo de Goa (1595–1612), governador da Índia (1607-1609), arcebispo de Braga (1612-1617) e governador de Portugal (1612-1615).

Novo!!: Armadas da Índia e Aleixo de Meneses · Veja mais »

Aleixo de Meneses (aio)

Aleixo de Meneses (m. em 7 de fevereiro de 1569) foi o terceiro filho de Pedro de Meneses, primeiro conde de Cantanhede, e de sua segunda mulher, D. Beatriz de Melo, filha do chanceler-mor Rui Gomes de Alvarenga.

Novo!!: Armadas da Índia e Aleixo de Meneses (aio) · Veja mais »

Aljezur

Aljezur ou Algezur é uma vila portuguesa pertencente ao distrito de Faro, região e sub-região do Algarve, com menos de habitantes.

Novo!!: Armadas da Índia e Aljezur · Veja mais »

Almada

Almada é uma cidade portuguesa.

Novo!!: Armadas da Índia e Almada · Veja mais »

Alvito

Alvito é uma vila portuguesa pertencente ao Distrito de Beja, região do Alentejo e sub-região do Baixo Alentejo, com cerca de habitantes.

Novo!!: Armadas da Índia e Alvito · Veja mais »

Amaro

Santo Amaro é um santo cristão de origem lendária, habitante da terra de "Alia", cuja vida lendária era de conhecimento generalizado na Península Ibérica do final da Idade Média e do Século de Ouro.

Novo!!: Armadas da Índia e Amaro · Veja mais »

André de Santa Maria

Dom Frei André de Santa Maria O.F.M. (? - 1615) foi um prelado português, bispo de Cochim entre 1588 até sua morte.

Novo!!: Armadas da Índia e André de Santa Maria · Veja mais »

André Dias

André Dias pode se referir a.

Novo!!: Armadas da Índia e André Dias · Veja mais »

André Furtado de Mendonça (capitão)

André Furtado de Mendonça (Lisboa, 1558 — 1 de Abril de 1611) foi governador da Índia (1609) e um dos mais destacados capitães do Estado da Índia onde viveu cerca de 30 anos.

Novo!!: Armadas da Índia e André Furtado de Mendonça (capitão) · Veja mais »

André Gonçalves (explorador)

André Gonçalves foi um explorador português.

Novo!!: Armadas da Índia e André Gonçalves (explorador) · Veja mais »

Angola

Angola, oficialmente República de Angola, é um país da costa ocidental da África, cujo território principal é limitado a norte e a nordeste pela República Democrática do Congo, a leste pela Zâmbia, a sul pela Namíbia e a oeste pelo Oceano Atlântico.

Novo!!: Armadas da Índia e Angola · Veja mais »

Angra do Heroísmo

Angra do Heroísmo GCTE é uma cidade açoriana localizada na costa sul da ilha Terceira, com cerca de 10 800 habitantes na sua zona central e 21 300 habitantes na sua área urbana, sede de um município com 239 km² de área e 35 402 habitantes (2011), subdividido em 19 freguesias.

Novo!!: Armadas da Índia e Angra do Heroísmo · Veja mais »

Ano-Bom

Ano-Bom é uma pequena ilha e província da Guiné Equatorial, localizada no Atlântico Sul, a 350 km da costa oeste do continente africano e 180 km a sudoeste da ilha de São Tomé (São Tomé e Príncipe).

Novo!!: Armadas da Índia e Ano-Bom · Veja mais »

Antão de Noronha

Dom Antão de Noronha (1520 — 1569) foi um militar e nobre português.

Novo!!: Armadas da Índia e Antão de Noronha · Veja mais »

Antão Gonçalves

Antão Gonçalves foi um navegador e descobridor português do século XV sendo o primeiro europeu a comprar escravos africanos.

Novo!!: Armadas da Índia e Antão Gonçalves · Veja mais »

Antão Gonçalves (século XVI)

Antão Gonçalves foi um navegador português do século XVI, sendo um dos primeiros europeus a descobrir a Ilha de Madagáscar.

Novo!!: Armadas da Índia e Antão Gonçalves (século XVI) · Veja mais »

António Cabral

*António Cabral (filho de Pedro Álvares Cabral) — filho de Pedro Álvares Cabral.

Novo!!: Armadas da Índia e António Cabral · Veja mais »

António Coimbra Martins

António Antero Coimbra Martins (Lisboa, 30 de janeiro de 1927) é um escritor, diplomata, político e intelectual português.

Novo!!: Armadas da Índia e António Coimbra Martins · Veja mais »

António de Abreu

* António de Abreu (compositor).

Novo!!: Armadas da Índia e António de Abreu · Veja mais »

António de Almeida

António de Almeida, 9.º e último alcaide-mor de Abrantes, de Punhete e da Amêndoa na sua família, morreu solteiro sem geração.

Novo!!: Armadas da Índia e António de Almeida · Veja mais »

António de Ataíde, 1.º Conde da Castanheira

D.

Novo!!: Armadas da Índia e António de Ataíde, 1.º Conde da Castanheira · Veja mais »

António de Ataíde, 5.º Conde da Castanheira

António de Ataíde, 5º conde da Castanheira e 1º conde de Castro Daire, morto em 1647 com mais de 80 anos, foi 3º filho do 2º casamento do 2º conde da Castanheira, igualmente chamado D. António de Ataíde, morto em 1603.

Novo!!: Armadas da Índia e António de Ataíde, 5.º Conde da Castanheira · Veja mais »

António de Mendonça

Dom António de Mendonça (? - Lisboa, 13 de fevereiro de 1675) foi arcebispo de Lisboa entre 1670 e a sua morte.

Novo!!: Armadas da Índia e António de Mendonça · Veja mais »

António de Noronha, 1.º Conde de Vila Verde

D.

Novo!!: Armadas da Índia e António de Noronha, 1.º Conde de Vila Verde · Veja mais »

António de Noronha, 11.º vice-rei da Índia

D.

Novo!!: Armadas da Índia e António de Noronha, 11.º vice-rei da Índia · Veja mais »

António de Saldanha

António de Saldanha  foi um capitão militar (castelhano-português), navegador e administrador colonial português do século XVI.

Novo!!: Armadas da Índia e António de Saldanha · Veja mais »

António Dias de Figueiredo

António Dias de Figueiredo é um engenheiro e professor português.

Novo!!: Armadas da Índia e António Dias de Figueiredo · Veja mais »

António Fernandes

António Fernandes (Lisboa, c. 1569; - Goa, 12 de novembro, 1642) foi um missionário Português da ordem jesuíta.

Novo!!: Armadas da Índia e António Fernandes · Veja mais »

António Francisco Cardim

António Francisco Cardim (Viana do Alentejo, 1596 — Macau, 1659) foi um sacerdote jesuíta, missionário no Oriente e um dos escritores do século XVII que registaram a gesta da Companhia de Jesus e dos seus padres na China e no Japão.

Novo!!: Armadas da Índia e António Francisco Cardim · Veja mais »

António Galvão

António Galvão (Lisboa, c. 1490 - Lisboa, 1557), referido em língua inglesa como Antonio Galvano, foi um cronista e administrador colonial português nas ilhas Molucas.

Novo!!: Armadas da Índia e António Galvão · Veja mais »

António Moniz Barreto

António Moniz Barreto (1530 — Lisboa, 1600) foi um militar português.

Novo!!: Armadas da Índia e António Moniz Barreto · Veja mais »

António Salvador

António Salvador da Costa Rodrigues (Braga, 29 de dezembro de 1970) é um empresário e dirigente desportivo português que preside à Direcção do Sporting Clube de Braga desde 24 de Fevereiro de 2003.

Novo!!: Armadas da Índia e António Salvador · Veja mais »

António Teles da Silva

António Teles da Silva (1590-1650) foi um nobre, militar e administrador colonial português.

Novo!!: Armadas da Índia e António Teles da Silva · Veja mais »

António Teles de Meneses

António Teles de Meneses, 1.º Conde de Vila Pouca de Aguiar (cerca de 1600 — julho de 1657) foi um nobre e administrador colonial português.

Novo!!: Armadas da Índia e António Teles de Meneses · Veja mais »

António Tenreiro

António Tenreiro (Coimbra, 1485 – 1560 ou 1565?) foi um explorador português, militar no Estado Português da Índia e Cavaleiro da Ordem de Cristo e agente do rei D. João III.

Novo!!: Armadas da Índia e António Tenreiro · Veja mais »

Antônio Pereira (Ouro Preto)

Antônio Pereira é um distrito de Ouro Preto.

Novo!!: Armadas da Índia e Antônio Pereira (Ouro Preto) · Veja mais »

Antônio Pinto Pereira

Antonio Pinto Pereira, ou Antonio Pereira Pinto como quer o historiador carioca Vivaldo Coaracy em sua obra «O Rio de Janeiro no século 17», p. 129.

Novo!!: Armadas da Índia e Antônio Pinto Pereira · Veja mais »

Antonio Carvalho

Antonio Carvalho é um lutador de MMA canadense, que luta no Peso Pena do Ultimate Fighting Championship.

Novo!!: Armadas da Índia e Antonio Carvalho · Veja mais »

Antonio da Noli

Antonio da Noli (Noli, 1415 — Santiago, 1497), também conhecido na historiografia portuguesa pelos nomes de António de Noli ou António de Nole, foi um navegador de origem genovesa que ao serviço do Infante D. Henrique participou nos Descobrimentos, explorando a costa ocidental da África.

Novo!!: Armadas da Índia e Antonio da Noli · Veja mais »

Antonio Manuel Lima Dias

Antonio Manuel Lima Dias (Campina Grande, 1944), mais conhecido como Antonio Dias é um artista plástico e multimídia brasileiro.

Novo!!: Armadas da Índia e Antonio Manuel Lima Dias · Veja mais »

Arcebispo

Um arcebispo (archepiskopos: "arche" - "primeiro" + "episkopos" - "supervisor") é um bispo que pode ser católico ou protestante que, normalmente, está à frente de uma arquidiocese.

Novo!!: Armadas da Índia e Arcebispo · Veja mais »

Arcediago

Um Arcediago ou Arquidiácono (do grego, archidiákonos) é um vigário-geral encarregado, pelo bispo, da administração de uma parte da diocese.

Novo!!: Armadas da Índia e Arcediago · Veja mais »

Ardeidae

Ardeidae é a família de aves pelecaniformes (tradicionalmente classificadas como ciconiformes) que inclui os socós e as garças (da mesma origem incerta que o espanhol garza; possivelmente de uma forma pré-romana *karkia).

Novo!!: Armadas da Índia e Ardeidae · Veja mais »

Arguim

Arguim é uma ilha na Baía de Arguim, Mauritânia, costa ocidental de África.

Novo!!: Armadas da Índia e Arguim · Veja mais »

Arquidiocese de Goa e Damão

A Arquidiocese de Goa e Damão (em latim: Archidiœcesis Goanus et Damanensis) é uma arquidiocese da Igreja Católica na Índia.

Novo!!: Armadas da Índia e Arquidiocese de Goa e Damão · Veja mais »

Arquidiocese de Singapura

A Arquidiocese de Singapura (Archidiœcesis Singaporensis) é uma arquidiocese da Igreja Católica situada em Singapura.

Novo!!: Armadas da Índia e Arquidiocese de Singapura · Veja mais »

Arquivo Nacional da Torre do Tombo

Torre do Tombo, Lisboa, Portugal. O Arquivo Nacional Torre do Tombo (ANTT), o Arquivo Nacional antigamente designado por Arquivo Geral do Reino, popularmente referido apenas como Torre do Tombo, é uma unidade orgânica nuclear da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas que se constitui como arquivo central do Estado Português desde a Idade Média, tendo os seus primeiros Guardas-Mores sido, também, Cronistas-Mores do Reino.

Novo!!: Armadas da Índia e Arquivo Nacional da Torre do Tombo · Veja mais »

Arracão

O Estado do Arracão (que o regime birmanês actual chama Rakhine) é uma subdivisão administrativa da Birmânia.

Novo!!: Armadas da Índia e Arracão · Veja mais »

Arrecife

Localização de recifes no planeta. Recifes nas Maldivas. Arrecife ou recife é uma formação rochosa submersa logo abaixo da superfície de águas oceânicas, normalmente próxima à costa e em áreas de pouca profundidade.

Novo!!: Armadas da Índia e Arrecife · Veja mais »

Ascensão

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e Ascensão · Veja mais »

Aveiras

Aveiras é um nome comum a duas freguesias do concelho da Azambuja.

Novo!!: Armadas da Índia e Aveiras · Veja mais »

África do Sul

África do Sul, oficialmente República da África do Sul, é um país localizado no extremo sul da África, entre os oceanos Atlântico e Índico, com quilômetros de litoral.

Novo!!: Armadas da Índia e África do Sul · Veja mais »

Álvaro Barreto

Álvaro Roque de Pinho de Bissaia Barreto ComMAI (Lisboa, 1 de janeiro de 1936) é um gestor e político português.

Novo!!: Armadas da Índia e Álvaro Barreto · Veja mais »

Álvaro de Bragança

Brasão dos Duques de Cadaval, descendentes de Álvaro Álvaro de Portugal, depois Álvaro de Bragança, por vezes Álvaro de Castro (c. 1440 - 1504) foi o quarto filho varão de Fernando I, 2.º Duque de Bragança e de sua mulher Joana de Castro, 3ª Senhora de Cadaval e Peral.

Novo!!: Armadas da Índia e Álvaro de Bragança · Veja mais »

Álvaro de Carvalho

Álvaro de Carvalho é um município brasileiro do estado de São Paulo.

Novo!!: Armadas da Índia e Álvaro de Carvalho · Veja mais »

Álvaro de Castro

Álvaro Xavier de Castro GOTE • ComA • ComSE • GCIC (Guarda, 9 de Novembro de 1878 — Coimbra, 29 de Junho de 1928) foi um major de Infantaria e político português da I República que fez parte da Junta Constitucional que governou Portugal após o derrube do governo de ditadura do general Pimenta de Castro, em 1915.

Novo!!: Armadas da Índia e Álvaro de Castro · Veja mais »

Álvaro de Mendonça

Álvaro de Mendonça, por vezes mencionado como Álvaro de Mendonça Furtado, foi um militar e administrador colonial português.

Novo!!: Armadas da Índia e Álvaro de Mendonça · Veja mais »

Álvaro Fernandes

Álvaro Fernandes, também referido como António Fernandes (século XV), foi um explorador e navegador português.

Novo!!: Armadas da Índia e Álvaro Fernandes · Veja mais »

Álvaro Pais

Álvaro Pais, em grafia antiga Álvaro Paes (c. 1330 – d. 1390) foi um oficial régio do século XIV português.

Novo!!: Armadas da Índia e Álvaro Pais · Veja mais »

Álvaro Pires

Álvaro Roberto de Ávila Pires (Rio de Janeiro, 13 de agosto de 1941) é um nadador e jogador de polo aquático brasileiro.

Novo!!: Armadas da Índia e Álvaro Pires · Veja mais »

Álvaro Velho

Álvaro Velho (século XV-XVI) terá nascido no Barreiro, Barreiro.

Novo!!: Armadas da Índia e Álvaro Velho · Veja mais »

Ásia

Ásia é o maior dos continentes, tanto em área como em população.

Novo!!: Armadas da Índia e Ásia · Veja mais »

Baçaim

Baçaim (atualmente Vasai-Virar) foi um antigo porto no extremo sul de uma ilha, a cerca de 50 quilómetros ao norte de Bombaim, no estado de Maharashtra, no noroeste da Índia.

Novo!!: Armadas da Índia e Baçaim · Veja mais »

Baía

Baía é uma porção de mar ou oceano rodeada por terra, em oposição a um cabo.

Novo!!: Armadas da Índia e Baía · Veja mais »

Baía da Lagoa

A baía da Lagoa é uma baía portuguesa localizada na vila da Praia da Graciosa, concelho de Santa Cruz da Graciosa, ilha Graciosa, Açores.

Novo!!: Armadas da Índia e Baía da Lagoa · Veja mais »

Baía de Santa Helena

A Baía de Santa Helena (inglês: Saint Helena Bay; afrikaans: Saint Helenabaai) é um porto natural na costa atlântica da África do Sul, no município de Baía de Saldanha, na província do Cabo Ocidental, na África do Sul.

Novo!!: Armadas da Índia e Baía de Santa Helena · Veja mais »

Bahia de Todos os Santos

Bahia de Todos os Santos é um livro escrito por Jorge Amado e publicado em 1945.

Novo!!: Armadas da Índia e Bahia de Todos os Santos · Veja mais »

Barbeiro

* Cabeleireiro.

Novo!!: Armadas da Índia e Barbeiro · Veja mais »

Bartolomeu de Vasconcelos da Cunha

Bartolomeu de Vasconcelos da Cunha foi um administrador colonial português que exerceu o cargo de Capitão-General na Capitania-Geral do Reino de Angola entre 1653 e outubro de 1654, de forma interina, tendo sido antecedido por Rodrigo de Miranda Henriques e sucedido por Luís Martins de Sousa Chichorro.

Novo!!: Armadas da Índia e Bartolomeu de Vasconcelos da Cunha · Veja mais »

Bartolomeu Dias

Bartolomeu Dias (ca. —) foi um navegador português que ficou célebre por ter sido o primeiro europeu a navegar para além do extremo sul da África, contornando o Cabo da Boa Esperança e chegando ao Oceano Índico a partir do Atlântico, abrindo o caminho marítimo para a Índia.

Novo!!: Armadas da Índia e Bartolomeu Dias · Veja mais »

Bartolomeu Marchionni

Bartolomeu Marchionni (final do século XV ao início de XVI) foi um banqueiro e mercador florentino estabelecido em Lisboa durante a era dos descobrimentos.

Novo!!: Armadas da Índia e Bartolomeu Marchionni · Veja mais »

Bartolomeu Perestrelo

Bartolomeu Perestrelo (c. 1394 Porto Santo, c. 1457), fidalgo português, foi um dos povoadores do arquipélago da Madeira em 1419 ou 1420, juntamente com João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira.

Novo!!: Armadas da Índia e Bartolomeu Perestrelo · Veja mais »

Benim

O Benim, oficialmente República do Benim (République du Bénin), é um país da região ocidental da África limitado a norte pelo Burquina Faso e pelo Níger, a leste pela Nigéria, a sul pela Enseada do Benim e a oeste pelo Togo.

Novo!!: Armadas da Índia e Benim · Veja mais »

Bernardim de Carvalho

Bernardim de Carvalho, foi Comendador de Carrezedo da Ordem de Cristo, capitão de Alcácer Ceguer, capitão de Tânger, e de Mazagão.

Novo!!: Armadas da Índia e Bernardim de Carvalho · Veja mais »

Bernardo Gomes de Brito

Bernardo Gomes de Brito (Lisboa, 20 de Maio de 1688 - depois de 1759) foi um erudito português.

Novo!!: Armadas da Índia e Bernardo Gomes de Brito · Veja mais »

Biblioteca Britânica

A Biblioteca Britânica (em inglês British Library) é a Biblioteca Nacional do Reino Unido, uma das maiores do mundo.

Novo!!: Armadas da Índia e Biblioteca Britânica · Veja mais »

Bojador

Bojador é uma cidade do Saara Ocidental administrada de facto por Marrocos, que a considera parte do seu território.

Novo!!: Armadas da Índia e Bojador · Veja mais »

Bombaim

Bombaim ou, oficialmente, Mumbai (''Mumbaī''.; Mumbai ou Bombay) é a maior e mais importante cidade da Índia. Conta com uma população estimada em habitantes (2011) residindo apenas em seu núcleo urbano, ou, se consideramos sua região metropolitana, conhecida como Grande Bombaim, a segunda maior do país — atrás apenas de — e a populosa do mundo. Capital e maior cidade do estado de Maharashtra, situa-se nas margens do oceano Índico. As sete ilhas que vieram a constituir Bombaim foram habitadas por nómadas que tinham a pesca como a sua principal fonte de sobrevivência. Durante séculos, as ilhas estiveram sob o controle de sucessivos impérios indianos, antes de serem cedidas aos portugueses que depois as cederam aos britânicos, quando passou a ser controlada pela Companhia Britânica das Índias Orientais. Em meados do, a urbanização de Bombaim foi reformulada pelos britânicos, com grandes projetos de engenharia civil, fazendo surgir uma cidade comercial e cosmopolita. O desenvolvimento econômico e educacional caracterizou a cidade durante o, tornando-a uma forte base para o movimento de independência da Índia, no início do. Quando o país se tornou independente em 1947, a cidade foi incorporada ao. Em 1960, após o movimento Maharashtra Samyukta, o novo estado de Maharashtra foi criado, com Bombaim como capital, como se mantém até hoje. Classificada como uma "cidade global alfa", Bombaim é o maior centro econômico e comercial da Índia, abrigando instituições financeiras importantes, como o Reserve Bank of India (o banco central indiano), a Bolsa de Valores de Bombaim e a Bolsa de Valores da Índia, bem como a sede de diversas empresas importantes. Todos esses atributos fazem com que a cidade seja considerada a mais rica do país, com um produto interno bruto estimado em em 2008, segundo cálculos da PricewaterhouseCoopers, e correspondendo a cerca de 5,5% do produto interno bruto do país. A cidade ainda é responsável por quase 70% de todas as transações comerciais e financeiras da Índia. Com um dos maiores e mais movimentados portos do mundo, a cidade de Bombaim é responsável por cerca de 70% de toda a atividade portuária do país — devido, principalmente à sua modernidade e a sua posição estratégica dentro do continente asiático. Bombaim atrai imigrantes de todo o país e de vários países vizinhos, devido às grandes oportunidades comerciais e ao nível de vida relativamente alto. Tornou-se, com isto, um núcleo cosmopolita de várias comunidades e culturas. É em Bombaim que se situa Bollywood, o principal centro da indústria indiana de cinema e televisão. Em 1995, o governo local repudiou a versão oficial inglesa do nome da cidade, Bombay, em favor da forma oficial marata मुंबई, transcrita como Mumbai.

Novo!!: Armadas da Índia e Bombaim · Veja mais »

Bombardeiro

Bombardeiro - é uma aeronave militar projetada para atacar alvos terrestres, através principalmente do lançamento de bombas.

Novo!!: Armadas da Índia e Bombardeiro · Veja mais »

Braga

Braga é uma cidade portuguesa situada ao Norte de Portugal.

Novo!!: Armadas da Índia e Braga · Veja mais »

Brasil

Brasil (pronuncia-se localmente A vocalização do no fim das sílabas geralmente só não acontece em dialetos influenciados pelos vizinhos falantes da língua castelhana, como na pampa rio-grandense – –, entretanto, em dialetos conservadores do interior do planalto, comumente referidos por caipira, o novo semivogal é um rótico retroflexo, fone herdado de línguas indígenas macro-jê, e não lábio-velar, daí, hoje muito menos comum por pressão sociolinguística da variedade de prestígio. Em todas, assume-se uma prosódia de conversa cotidiana. Em uma prosódia mais clara e formal, como a midiática, geralmente usa-se. Esta mudança de pronúncia da vogal átona pré-tônica não ocorre nas variedades de outros países falantes da língua portuguesa, que conservam a redução de para, para e para considerada mais coloquial no Brasil.), oficialmente República Federativa do Brasil, é o maior país da América do Sul e da região da América Latina, sendo o quinto maior do mundo em área territorial (equivalente a 47% do território sul-americano) e sexto em população (com mais de 200 milhões de habitantes).

Novo!!: Armadas da Índia e Brasil · Veja mais »

Brás de Albuquerque

Brás de Albuquerque, depois Afonso de Albuquerque (Alhandra, c. 1501 - Lisboa, 1581), filho natural de Afonso de Albuquerque, foi vedor da Fazenda, membro directivo da Misericórdia e Presidente do Senado da Câmara de Lisboa.

Novo!!: Armadas da Índia e Brás de Albuquerque · Veja mais »

Cabo Bojador

Mapa do Saara Ocidental, com a localização do Cabo Bojador O Cabo Bojador situa-se na costa do Saara Ocidental, na área controlada por Marrocos, junto à cidade homónima.

Novo!!: Armadas da Índia e Cabo Bojador · Veja mais »

Cabo Branco

*Cabo Branco (Mauritânia).

Novo!!: Armadas da Índia e Cabo Branco · Veja mais »

Cabo da Boa Esperança

O cabo da Boa Esperança (Kaap die Goeie Hoop; Cape of Good Hope; Kaap de Goede Hoop) ou primitivamente conhecido como cabo das Tormentas localiza-se a sul da Cidade do Cabo e a oeste da baía Falsa, na província do Cabo Ocidental, na África do Sul.

Novo!!: Armadas da Índia e Cabo da Boa Esperança · Veja mais »

Cabo de Santo Agostinho

Cabo de Santo Agostinho é um município brasileiro do estado de Pernambuco.

Novo!!: Armadas da Índia e Cabo de Santo Agostinho · Veja mais »

Cabo Delgado

Cabo Delgado é um promontório situado em Moçambique, na costa do Oceano Índico, entre a vila de Palma e o rio Rovuma que marca a fronteira entre Moçambique e a Tanzânia.

Novo!!: Armadas da Índia e Cabo Delgado · Veja mais »

Cabo Guardafui

O cabo Guardafui (ou ainda Gardafui, Guadafú por Camões, Ras Asir em árabe e pelos gregos antigos como promontório de Arómata) é o ponto mais oriental do continente africano.

Novo!!: Armadas da Índia e Cabo Guardafui · Veja mais »

Cabo Não

O Cabo Não ou Cabo do Não, actual Cabo Chaunar, também conhecido como Cabo Nun, Cabo Noun e Cabo Nant, é um cabo situado na costa atlântica do noroeste de África, no sul de Marrocos, entre Tarfaya e Sidi Ifni.

Novo!!: Armadas da Índia e Cabo Não · Veja mais »

Cabo Verde

Cabo Verde, oficialmente República de Cabo Verde, é um país insular localizado num arquipélago formado por dez ilhas vulcânicas na região central do Oceano Atlântico.

Novo!!: Armadas da Índia e Cabo Verde · Veja mais »

Cairo

O Cairo (literalmente: "conquistador" ou "vencedor"; em copta: Ⲕⲁϩⲓⲣⲏ) é a capital do Egito e da província (muhafazah) homônima.

Novo!!: Armadas da Índia e Cairo · Veja mais »

Calafate

* Calafate (profissão).

Novo!!: Armadas da Índia e Calafate · Veja mais »

Calecute

Calecute, Calicute ou Calicut (em malaiala: കോഴിക്കോട്,, por vezes transliterado Kozhikode) é uma cidade do estado de Kerala, na costa ocidental da Índia.

Novo!!: Armadas da Índia e Calecute · Veja mais »

Cambaia

Cambaia (em inglês, Cambay) é uma cidade e município do distrito de Anand, no estado indiano de Guzerate.

Novo!!: Armadas da Índia e Cambaia · Veja mais »

Cananor

Cananor (Kannur em malaiala) é uma cidade portuária do estado de Kerala, na costa sudoeste da Índia.

Novo!!: Armadas da Índia e Cananor · Veja mais »

Canárias

As Ilhas Canárias são um arquipélago espanhol no Oceano Atlântico, ao largo de Marrocos, constituindo uma Região Autónoma do Reino da Espanha.

Novo!!: Armadas da Índia e Canárias · Veja mais »

Capelão

Capelão (chapelain) é um ministro religioso autorizado a prestar assistência e a realizar cultos em comunidades religiosas, conventos, colégios, universidades, hospitais, presídios, corporações militares e outras organizações ou corporações, e que geralmente é oficiado por um padre ou pastor.

Novo!!: Armadas da Índia e Capelão · Veja mais »

Capitão (náutica)

O capitão ou comandante é a pessoa encarregada do comando de um navio no Mar.

Novo!!: Armadas da Índia e Capitão (náutica) · Veja mais »

Capitão-mor

Capitão-mor era a designação para cada um dos oficiais militares, responsáveis pelo comando das tropas de Ordenança em cada cidade, vila ou concelho de Portugal, entre os séculos XVI e XIX.

Novo!!: Armadas da Índia e Capitão-mor · Veja mais »

Caravela

A caravela é um tipo de embarcação usada pelos portugueses durante a Era dos Descobrimentos, nos séculos XV e XVI.

Novo!!: Armadas da Índia e Caravela · Veja mais »

Carlos I de Espanha

Carlos V & I (Gante, – Cuacos de Yuste) foi o Imperador Romano-Germânico como Carlos V a partir de 1519 e Rei da Espanha como Carlos I de 1516 até sua abdicação em favor de seu irmão mais novo Fernando I no império e seu filho Filipe II na Espanha.

Novo!!: Armadas da Índia e Carlos I de Espanha · Veja mais »

Carpintaria

Ferramentas medievais de carpintaria, c. 1465 A carpintaria é a oficina onde trabalha o carpinteiro, executando os mais diversos trabalhos em madeira, desde móveis, ferramentas, artigos para construção civil, construção naval, entre outros.

Novo!!: Armadas da Índia e Carpintaria · Veja mais »

Carreira da Índia

A chamada Carreira da Índia era a ligação marítima anual entre Lisboa e Goa, e vice-versa, pelas Armadas da Índia, que se iniciou logo após a descoberta do caminho marítimo para a Índia por Vasco da Gama inaugurar a rota do Cabo.

Novo!!: Armadas da Índia e Carreira da Índia · Veja mais »

Casa da Índia

A Casa da Índia foi uma organização portuguesa criada por volta de 1503 em Lisboa para administrar os territórios portugueses além mar, assim como todos os aspectos do comércio externo, navegação, desembarque e venda de mercadorias.

Novo!!: Armadas da Índia e Casa da Índia · Veja mais »

Cascais

Cascais MHC é uma vila portuguesa, parte do distrito e área metropolitana de Lisboa, com cerca de habitantes.

Novo!!: Armadas da Índia e Cascais · Veja mais »

Castelo de Almourol

O Castelo de Almourol localiza-se na freguesia de Praia do Ribatejo, concelho de Vila Nova da Barquinha, distrito de Santarém, região do Centro (Região das Beiras), em Portugal, embora a sua localização seja frequentemente atribuída a Tancos, visto ser a vila de onde se vislumbra melhor.

Novo!!: Armadas da Índia e Castelo de Almourol · Veja mais »

Castro Daire

Castro Daire (antigamente, também se verificava a grafia Castro D'Aire) é uma vila portuguesa do distrito de Viseu, situada na província da Beira Alta, região do Centro (Região das Beiras) e sub-região do Dão-Lafões, com cerca de 4 600 habitantes.

Novo!!: Armadas da Índia e Castro Daire · Veja mais »

Catarina de Portugal, Duquesa de Bragança

D.

Novo!!: Armadas da Índia e Catarina de Portugal, Duquesa de Bragança · Veja mais »

Códice

Os códices (ou codex, da palavra em latim que significa "livro", "bloco de madeira") eram os manuscritos gravados em madeira, em geral do período da era antiga tardia até a Idade Média.

Novo!!: Armadas da Índia e Códice · Veja mais »

Chaul

Chaul foi um antigo território de Portugal entre os anos de 1521 e 1740.

Novo!!: Armadas da Índia e Chaul · Veja mais »

Chef

Chef ("chefe", em francês, por sua vez do latim caput, "cabeça", "líder") é o indivíduo que elabora os pratos e organiza toda a cozinha do restaurante além de supervisionar os serviços dos cozinheiros em hotéis, restaurantes, hospitais, residências e outros locais de refeições, planejando cardápios e elaborando o pré-preparo, o preparo e a finalização de alimentos, observando métodos de cocção e padrões de qualidade dos alimentos.

Novo!!: Armadas da Índia e Chef · Veja mais »

China

República Popular da China (RPC), também conhecida simplesmente como China, é o maior país da Ásia Oriental e o mais populoso do mundo, com mais de 1,38 bilhão de habitantes, quase um quinto da população da Terra.

Novo!!: Armadas da Índia e China · Veja mais »

Ciência Náutica Portuguesa

Apesar da ciência náutica portuguesa remontar ao século XIII, a expansão portuguesa obrigou a uma evolução bastante rápida, uma vez que se tornou necessário superar novos obstáculos, tendo a investigação e evolução estado a cargo de uma elite de astrónomos, pilotos, matemáticos e cartógrafos, entre os quais se destacaram Pedro Nunes (com os estudos sobre a forma de determinar as latitudes por meio dos astros, entre outros) e D. João de Castro (que investigou o magnetismo da Terra).

Novo!!: Armadas da Índia e Ciência Náutica Portuguesa · Veja mais »

Cirurgião

Cirurgião é um profissional médico que executa cirurgias.

Novo!!: Armadas da Índia e Cirurgião · Veja mais »

Clara de Assis

Clara de Assis, em italiano Santa Chiara d'Assisi, nascida Chiara d'Offreducci (Assis, 16 de julho de 1193 Assis, 11 de agosto de 1253), foi a fundadora do ramo feminino da ordem franciscana, a chamada Ordem de Santa Clara (ou Ordem das Clarissas).

Novo!!: Armadas da Índia e Clara de Assis · Veja mais »

Cochim

Cochim (കൊച്ചി, Kochi) é a maior cidade do estado de Kerala, na Índia, cerca de 220 km a norte da capital do estado, Thiruvananthapuram.

Novo!!: Armadas da Índia e Cochim · Veja mais »

Comores

Comores, oficialmente União das Comores, é uma república federal insular, que compreende três das quatro ilhas principais do arquipélago de Comores, no Oceano Índico, localizado no extremo norte do canal de Moçambique na costa oriental da África.

Novo!!: Armadas da Índia e Comores · Veja mais »

Companhia de Jesus

A Companhia de Jesus (Societas Iesu, S. J.), cujos membros são conhecidos como jesuítas, é uma ordem religiosa fundada em 1534 por um grupo de estudantes da Universidade de Paris, liderados pelo basco Íñigo López de Loyola, conhecido posteriormente como Inácio de Loyola.

Novo!!: Armadas da Índia e Companhia de Jesus · Veja mais »

Conde da Feira

O título de Conde da Feira foi um título nobiliárquico de Portugal.

Novo!!: Armadas da Índia e Conde da Feira · Veja mais »

Conde de Atouguia

O título de Conde de Atouguia foi um título nobiliárquico de Portugal.

Novo!!: Armadas da Índia e Conde de Atouguia · Veja mais »

Conde de Linhares

O título de Conde de Linhares é um título nobiliárquico de Portugal, criado por duas vezes, no século XVI e mais tarde no século XIX.

Novo!!: Armadas da Índia e Conde de Linhares · Veja mais »

Conde de Monsanto

O título de Conde de Monsanto foi um título nobiliárquico de Portugal.

Novo!!: Armadas da Índia e Conde de Monsanto · Veja mais »

Conde de Santa Cruz

O título de Conde de Santa Cruz foi um título nobiliárquico de Portugal.

Novo!!: Armadas da Índia e Conde de Santa Cruz · Veja mais »

Congo

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e Congo · Veja mais »

Conselho de Governadores do Reino de Portugal

Por morte do Cardeal-Rei Henrique I de Portugal, em 31 de Janeiro de 1580, estando ainda a funcionar as Cortes de Almeirim para debater o complicado problema da sucessão da coroa de Portugal, tomou posse um Conselho de Governadores do Reino, nomeado pelo Cardeal (o qual, sentindo a morte iminente, e vendo-se incapaz de escolher um novo rei entre os vários pretendentes, não queria deixar o reino na anarquia) a fim de exercer interinamente o governo do reino, até que se decidisse sobre quem tinha legitimidade para governar.

Novo!!: Armadas da Índia e Conselho de Governadores do Reino de Portugal · Veja mais »

Constantino de Bragança

Dom Constantino de Bragança (1528 — 14 de julho de 1575) foi o 20.º governador da Índia Portuguesa (o 7.º com o título de vice-rei) e o 9.º capitão da Ribeira Grande (Ribeira Grande é um concelho de Cabo Verde, tendo Cabo Verde sido fundado pelos portugueses e sido uma colónia do Ultramar Português de 1460 a 1975).

Novo!!: Armadas da Índia e Constantino de Bragança · Veja mais »

Contramestre

Um contramestre é o profissional da marinha mercante encarregado de coordenar o trabalho dos marinheiros da secção do convés/seção de convés de um navio ou, ocasionalmente, de governar uma embarcação de reduzida tonelagem.

Novo!!: Armadas da Índia e Contramestre · Veja mais »

Corpus Christi

Procissão de ''Corpus Christi'' em Moosburgo, na Alemanha. Corpus Christi (expressão latina que significa Corpo de Cristo), generalizada em Portugal como Corpo de Deus, é uma comemoração litúrgica católica que ocorre na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, que, por sua vez, acontece no domingo seguinte ao de Pentecostes.

Novo!!: Armadas da Índia e Corpus Christi · Veja mais »

Corsário

''Sir'' Francis Drake em 1591, o maior corsário da história. National Maritime Museum, em Londres Um corso, ou corsário (do corsaro, comandante de navio autorizado a atacar navios) era alguém que, por missão ou carta de corso (ou "de marca") de um governo, era autorizado a pilhar navios de outra nação (guerra de corso), aproveitando o fato de as transações comerciais basearem-se, na época, na transferência material das riquezas.

Novo!!: Armadas da Índia e Corsário · Veja mais »

Corunha

Corunha (em e oficialmente A Coruña; em galego reintegrado: Corunha; La Coruña) é uma cidade e município da comunidade autónoma da Galiza e capital da província homónima, localizada no noroeste da Espanha.

Novo!!: Armadas da Índia e Corunha · Veja mais »

Corvo (Açores)

A ilha do Corvo vista do Miradouro do Caimbro, costa nordeste da ilha das Flores. Um dos moinhos de vento tradicionais da ilha do Corvo (classificado como ''imóvel de interesse municipal''). Umas das ruas principais da Vila do Corvo. O Porto da Casa, o cais comercial da ilha do Corvo. A antiga fábrica de manteiga da extinta Cooperativa Agrícola Corvense. A costa sueste do Corvo à descolagem da pista 12 do aeródromo do Corvo. A Lagoa do Caldeirão alojada na cratera vulcânica. Imagem obtida por satélite da ilha do Corvo (Landsat). Ilha do Corvo e a parte norte da ilha das Flores. Foto tirada de bordo de um ''Space Shuttle'' da NASA. Mapa da ilha do Corvo. A ilha do Corvo é a menor das ilhas do Arquipélago dos Açores, localizando-se no Grupo Ocidental, sobre a Placa Norte-Americana, a norte da Ilha das Flores.

Novo!!: Armadas da Índia e Corvo (Açores) · Veja mais »

Cosmografia

Cosmografia é a parte da astronomia que se preocupa com o estudo e descrição do universo.

Novo!!: Armadas da Índia e Cosmografia · Veja mais »

Costa do Malabar

A costa do Malabar fica no sudoeste da Índia A costa do Malabar é um trecho de litoral no sudoeste do subcontinente indiano.

Novo!!: Armadas da Índia e Costa do Malabar · Veja mais »

Coulão

Localização de Coulão, na Índia Coulão (Kollam em malaiala) é uma cidade do estado de Kerala, na Índia.

Novo!!: Armadas da Índia e Coulão · Veja mais »

Couto

Couto (do latim cautum; cotum, coto, couto e coito) definia, no século IX, um lugar imune.

Novo!!: Armadas da Índia e Couto · Veja mais »

Cremona

Cremona é uma comuna italiana da região da Lombardia, província de Cremona, com cerca de 72.267 habitantes.

Novo!!: Armadas da Índia e Cremona · Veja mais »

Cristóvão Colombo

Cristóvão de Colombo (Génova, entre 22 de agosto e 31 de outubro de 1451 — Valladolid, 20 de Maio de 1506) foi um navegador e explorador italiano, responsável por liderar a frota que alcançou o continente americano em 12 de Outubro de 1492, sob as ordens dos Reis Católicos de Espanha, no chamado descobrimento da América.

Novo!!: Armadas da Índia e Cristóvão Colombo · Veja mais »

Cristóvão de Brito

Cristóvão de Brito foi um fidalgo e militar português do século XVI.

Novo!!: Armadas da Índia e Cristóvão de Brito · Veja mais »

Cristóvão de Mendonça

Cristóvão de Mendonça (c. 1475 - Ormuz, 1530), foi um nobre e explorador português.

Novo!!: Armadas da Índia e Cristóvão de Mendonça · Veja mais »

Cristóvão de Sá

Dom Frei Cristóvão de Sá e Lisboa O.S.H. (? - 31 de março de 1622) foi um bispo dominicano, bispo indicado de Malaca entre 1605 e 1610 e Arcebispo de Goa entre 1612 e 1622.

Novo!!: Armadas da Índia e Cristóvão de Sá · Veja mais »

Cronologia dos descobrimentos portugueses

D. João III (verde).

Novo!!: Armadas da Índia e Cronologia dos descobrimentos portugueses · Veja mais »

Damão

Damão (em híndi दमन e em guzerate દમણ) é uma cidade da Índia, tendo sido sede de distrito do antigo Estado Português da Índia.

Novo!!: Armadas da Índia e Damão · Veja mais »

Descoberta do Brasil

Descoberta ou descobrimento do Brasil refere-se à chegada oficial, em 22 de abril de 1500, da frota comandada por Pedro Álvares Cabral ao território denominado Ilha de Vera Cruz (terras que hoje compõem o território do Brasil).

Novo!!: Armadas da Índia e Descoberta do Brasil · Veja mais »

Descoberta do caminho marítimo para a Índia

''Vasco da Gama na chegada à Índia'', ostentando a bandeira usada nos ''Descobrimentos'': as armas de Portugal e a cruz da Ordem de Cristo, patrocinadores do movimento de expansão iniciado pelo Infante D. Henrique. Pintura de Ernesto Casanova A descoberta do caminho marítimo para a Índia é a designação comum para a primeira viagem realizada da Europa à Índia pelo oceano Atlântico, feita sob o comando do navegador português Vasco da Gama durante o reinado do rei D. Manuel I, em 1497-1498.

Novo!!: Armadas da Índia e Descoberta do caminho marítimo para a Índia · Veja mais »

Descobrimentos portugueses

Os descobrimentos portugueses foram o conjunto de conquistas realizadas pelos portugueses em viagens e explorações marítimas entre 1415 e 1543 que começaram com a conquista de Ceuta em África.

Novo!!: Armadas da Índia e Descobrimentos portugueses · Veja mais »

Despenseiro

Um despenseiro é um profissional da marinha ou da hotelaria, responsável pelos serviços de alimentação e de alojamento.

Novo!!: Armadas da Índia e Despenseiro · Veja mais »

Dianga

Dianga, ou bandel de Dianga, hoje Bunder ou Feringhi Bunder, foi uma povoação estabelecida em frente de Chatigão, na margem sul do Rio Karnafuli, no Bengala.

Novo!!: Armadas da Índia e Dianga · Veja mais »

Dinis Fernandes

Dinis Fernandes escudeiro de D. Afonso V, esteve ao serviço do Infante D. Henrique em 1445 onde chegou ao rio Senegal e até ao Cabo Verde.

Novo!!: Armadas da Índia e Dinis Fernandes · Veja mais »

Diocese de Cochim

A Diocese de Cochim (Diœcesis Coccinensis) é uma das mais antigas divisões territoriais da Igreja Católica na Índia.

Novo!!: Armadas da Índia e Diocese de Cochim · Veja mais »

Diocese de São Tomé de Meliapor

A Diocese de São Tomé de Meliapor era uma diocese portuguesa no sudeste da Índia, em São Tomé de Meliapor (Chennai).

Novo!!: Armadas da Índia e Diocese de São Tomé de Meliapor · Veja mais »

Diogo Afonso

Diogo Afonso foi um navegador português do século XV.

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo Afonso · Veja mais »

Diogo Barbosa

Diogo Barbosa Mendanha (Terra Nova do Norte, 17 de agosto de 1992), também conhecido como Diogo Barbosa ou Diogo Goiano, é um futebolista brasileiro que atua como lateral-esquerdo.

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo Barbosa · Veja mais »

Diogo Botelho

Diogo Botelho (Aldeia Galega do Ribatejo, Montijo - São Salvador da Bahia, séculos XVI e XVII), foi o oitavo governador geral do Brasil.

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo Botelho · Veja mais »

Diogo Botelho Pereira

Diogo Botelho Pereira (Cochim, ? — ?) é um personagem da gesta dos descobrimentos portugueses.

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo Botelho Pereira · Veja mais »

Diogo Brandão

Diogo Brandão (Porto, 1475 – 1530), foi um poeta palaciano, nascido no Porto, ao qual se deve a introdução na literatura portuguesa da ideia petrarquista do poeta como ser solitário, que tem na natureza o seu único confidente.

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo Brandão · Veja mais »

Diogo Cão

Diogo Cão foi um navegador português do século XV que possivelmente nasceu em Vila Real, em data desconhecida, pois somente a realeza fazia registos concretos da data de nascimento e falecimento.

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo Cão · Veja mais »

Diogo da Silva

Diogo da Silva foi o primeiro inquisidor-mor de Portugal.

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo da Silva · Veja mais »

Diogo de Almeida

Palácio real e os edifícios religiosos budistas que o rodeiam, em Basgo, uma das antigas capitais do Ladaque, onde Diogo de Almeida teria vivido dois anos. Diogo de Almeida foi um comerciante e explorador português dos séculos XVI e XVII do qual apenas se sabe que foi o primeiro europeu que visitou terras tibetanas, mais concretamente o Ladaque, a região dos Himalaias que atualmente constitui a parte mais setentrional (noroeste) da Índia.

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo de Almeida · Veja mais »

Diogo de Azambuja

"A Mina", detalhe de mapa do século XVI. Diogo de Azambuja (Montemor-o-Velho, Montemor-o-Velho, -) foi um fidalgo português.

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo de Azambuja · Veja mais »

Diogo de Mendonça

Diogo de Mendonça (c. 1447 - 1516) foi um nobre português.

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo de Mendonça · Veja mais »

Diogo de Mendonça Furtado

Diogo de Mendonça Furtado (Governador- geral de 12 de Dezembro de 1621 a 26 de Junho 1624), Décimo-segundo governador-geral do Brasil, substituiu D. Luís de Sousa (1 de Janeiro de 1617 a 12 de Outubro de 1621).

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo de Mendonça Furtado · Veja mais »

Diogo de Meneses

Diogo de Meneses (Portugal, —) foi um ministro brasileiro.

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo de Meneses · Veja mais »

Diogo de Meneses (governador da Índia)

Dom Diogo de Meneses (c. 1520 - Cascais, 2 de agosto de 1580) foi um militar e administrador colonial português.

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo de Meneses (governador da Índia) · Veja mais »

Diogo de Sousa

* Diogo de Sousa, bispo do Porto e arcebispo de Braga — bispo do Porto (1496-1505) e arcebispo de Braga (1505-1532).

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo de Sousa · Veja mais »

Diogo Dias

Diogo Dias foi um navegador português do.

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo Dias · Veja mais »

Diogo do Couto

Diogo do Couto (ca. — Goa) foi um historiador português com a função de guarda-mor da Torre do Tombo de Goa.

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo do Couto · Veja mais »

Diogo Fernandes de Beja

Diplomata e militar ao serviço de Portugal, capitão-mor da frota da Índia (Beja, ? - Chaul, 1551).

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo Fernandes de Beja · Veja mais »

Diogo Lopes

Diogo Lopes pode ser.

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo Lopes · Veja mais »

Diogo Lopes de Sequeira

Diogo Lopes de Sequeira (Alandroal, 1465 — Alandroal, 1530), foi um fidalgo Português que aportou pela primeira vez em Malaca em 1509, antes da conquista em 1511 por Afonso de Albuquerque.

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo Lopes de Sequeira · Veja mais »

Diogo Rodrigues

Diogo Rodrigues (1500 — Goa, 21 de abril de 1577) foi um navegador português que explorou o Oceano Índico no século XVI e que em 1528 descobriu e nomeou várias ilhas a este de Madagáscar incluindo a ilha Rodrigues, que mantém o seu nome.

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo Rodrigues · Veja mais »

Diogo Soares

*Diogo Soares (cartógrafo), português, padre jesuíta.

Novo!!: Armadas da Índia e Diogo Soares · Veja mais »

Diu

Localização de Diuna Índia XVI (Braun et Hogenberg, 1600) Cidade de Diu (gravura inglesa, 1729) Planta de Diu (Didot, "''Histoire Générale des Voyages''", 1750) Igreja de São Paulo em Diu Palácio do Governador (Diu, 1949) Gangeshwar templo, Diu Diu (antigamente grafada Dio) é uma cidade e sede de distrito que pertence ao território de Damão e Diu, da Índia.

Novo!!: Armadas da Índia e Diu · Veja mais »

Duarte Barreto do Couto

Duarte Barreto do Couto (Algarve, século XV — ilha Graciosa, c. 1475), mais conhecido por Duarte Barreto, foi o primeiro capitão do donatário na ilha Graciosa (ou pelo menos de parte dela).

Novo!!: Armadas da Índia e Duarte Barreto do Couto · Veja mais »

Duarte da Costa

Duarte da Costa (início do século XVI —) foi um nobre e administrador colonial português.

Novo!!: Armadas da Índia e Duarte da Costa · Veja mais »

Duarte de Lemos

Duarte de Lemos (1485 — 27 de junho de 1558) foi um fidalgo português e cavaleiro da Ordem de Cristo.

Novo!!: Armadas da Índia e Duarte de Lemos · Veja mais »

Duarte de Melo

Duarte de Melo foi um nobre português.

Novo!!: Armadas da Índia e Duarte de Melo · Veja mais »

Duarte de Meneses

D.

Novo!!: Armadas da Índia e Duarte de Meneses · Veja mais »

Duarte de Meneses, 14.º vice-rei da Índia

Dom Duarte de Meneses (Tânger, 6 de dezembro de 1537 – Goa, 4 de maio de 1588) foi um nobre e militar português.

Novo!!: Armadas da Índia e Duarte de Meneses, 14.º vice-rei da Índia · Veja mais »

Duarte Fernandes

Duarte Fernandes (Século XVI) foi um diplomata português e o primeiro europeu a estabelecer relações diplomáticas com a Tailândia, no antigo Reino do Sião, em 1511, enviado à corte de Rama T'ibodi II ao tempo da conquista portuguesa de Malaca, por ordem do Governador da Índia Afonso de Albuquerque.

Novo!!: Armadas da Índia e Duarte Fernandes · Veja mais »

Duarte Galvão

D. Afonso Henriques, Primeiro Rey de Portugal'' Duarte Galvão (1446 – Kamaran, Dezembro de 1517) foi um cronista e diplomata português.

Novo!!: Armadas da Índia e Duarte Galvão · Veja mais »

Duarte I de Portugal

Duarte I (Viseu, – Tomar), apelidado de "o Eloquente" e "o Rei-Filósofo", foi o Rei de Portugal e Algarve de 1433 até à sua morte.

Novo!!: Armadas da Índia e Duarte I de Portugal · Veja mais »

Duarte Pacheco Pereira

Duarte Pacheco Pereira, o Grande (Lisboa, —) foi um navegador, militar e cosmógrafo português.

Novo!!: Armadas da Índia e Duarte Pacheco Pereira · Veja mais »

Elefante

Elefante é o termo genérico e popular pelo qual são denominados os membros da família Elephantidae, um grupo de mamíferos proboscídeos elefantídeos, de grande porte, do qual há três espécies no mundo atual, duas africanas (Loxodonta sp.) e uma asiática (Elephas sp.). Há ainda os mamutes (Mammuthus sp.), hoje extintos.

Novo!!: Armadas da Índia e Elefante · Veja mais »

Elmina

Elmina é uma cidade que localiza-se em Gana, no golfo da Guiné, na costa ocidental da África.

Novo!!: Armadas da Índia e Elmina · Veja mais »

Elvas

Elvas OTE é uma cidade portuguesa do Distrito de Portalegre, região do Alentejo e sub-região do Alto Alentejo, com 16 640 habitantes.

Novo!!: Armadas da Índia e Elvas · Veja mais »

Era dos Descobrimentos

Era dos descobrimentos (ou das Grandes Navegações) é a designação dada ao período da história que decorreu entre o e o início do, durante o qual, inicialmente, portugueses, depois espanhóis e, posteriormente, alguns países europeus exploraram intensivamente o globo terrestre em busca de novas rotas de comércio.

Novo!!: Armadas da Índia e Era dos Descobrimentos · Veja mais »

Ericeira

Ericeira é uma vila turística situada a 35 km a noroeste do centro de Lisboa, a 18 km de Sintra e a 8 km de Mafra.

Novo!!: Armadas da Índia e Ericeira · Veja mais »

Escriba

O escriba ou escrivão era aquele que na antiguidade dominava a escrita e a usava para, a mando do regente, redigir as normas do povo daquela região ou de uma determinada religião.

Novo!!: Armadas da Índia e Escriba · Veja mais »

Estado da Índia

O Estado da Índia, Estado Português da Índia ou Índia Portuguesa foi um Estado ultramarino português, fundado em 1505, seis anos após a descoberta da rota entre Portugal e o subcontinente indiano, com vista a servir de referência administrativa para uma cadeia de fortificações, feitorias e colónias ultramarinas.

Novo!!: Armadas da Índia e Estado da Índia · Veja mais »

Estêvão Afonso

Estêvão Afonso foi um escudeiro e navegador português do século XV, oriundo de Lagos.

Novo!!: Armadas da Índia e Estêvão Afonso · Veja mais »

Estêvão da Gama (1470)

Navegador português, primo direito de Vasco da gama, ou filho de seu primo Aires da Gama, segundo Manuel de Faria e Sousa, na sua «Ásia Portuguesa, 1675».

Novo!!: Armadas da Índia e Estêvão da Gama (1470) · Veja mais »

Estêvão da Gama (1505-1576)

Estêvão da Gama (c. 1505 — 1576), foi um militar e administrador colonial português, tendo exercido o cargo de governador da Índia Portuguesa.

Novo!!: Armadas da Índia e Estêvão da Gama (1505-1576) · Veja mais »

Etiópia

A Etiópia (ʾĪtyōṗṗyā), oficialmente República Democrática Federal da Etiópia (ኢትዮጵያ ፌዴራላዊ ዲሞክራሲያዊ ሪፐብሊክ, transl. ye-Ītyōṗṗyā Fēdēralāwī Dīmōkrāsīyāwī Rīpeblīk) é um país encravado no Chifre da África, sendo um dos mais antigos do mundo.

Novo!!: Armadas da Índia e Etiópia · Veja mais »

Exegese

Exegese (do grego ἐξήγησις de ἐξηγεῖσθαι "levar para fora") é uma interpretação ou explicação crítica de um texto, particularmente de um texto religioso.

Novo!!: Armadas da Índia e Exegese · Veja mais »

Farim

Farim é uma vila, a principal do Setor de Farim do norte da Guiné-Bissau.

Novo!!: Armadas da Índia e Farim · Veja mais »

Fascínio pelo Oriente

A Ásia e todo o mistério que gravitava em seu torno desde sempre exerceu um fascínio irresistível sobre os portugueses.

Novo!!: Armadas da Índia e Fascínio pelo Oriente · Veja mais »

Físico

teoria geral da relatividade. Físico é um cientista especializado em física.

Novo!!: Armadas da Índia e Físico · Veja mais »

Fernando Coutinho (marechal)

D.

Novo!!: Armadas da Índia e Fernando Coutinho (marechal) · Veja mais »

Fernando II, Duque de Bragança

Fernando II, Duque de Bragança (— Évora) foi o 3º Duque de Bragança, filho mais velho de Fernando I, Duque de Bragança e sua esposa Joana de Castro.

Novo!!: Armadas da Índia e Fernando II, Duque de Bragança · Veja mais »

Fernando Pó

Por Fernando Pó pode estar à procura de.

Novo!!: Armadas da Índia e Fernando Pó · Veja mais »

Fernán Ruiz de Castro

Fernán Ruíz de Castro (morto em 1377, Baiona, França), III conde de Lemos, Trastâmara e Sarria com caráter não hereditário, foi um das personagens galegos mais importantes e influentes da centúria do XIV.

Novo!!: Armadas da Índia e Fernán Ruiz de Castro · Veja mais »

Fernão Álvares Cabral

Fernão Álvares Cabral (11 de julho de 1514 – 1 de novembro de 1571) foi o filho mais velho de Pedro Álvares Cabral e Isabel de Castro.

Novo!!: Armadas da Índia e Fernão Álvares Cabral · Veja mais »

Fernão Cota Falcão

Fernão Cota Falcão foi um marinheiro do século XVI.

Novo!!: Armadas da Índia e Fernão Cota Falcão · Veja mais »

Fernão de Magalhães

Fernão de Magalhães (Ponte da Barca, Primavera de — Mactan, Cebu, Visayas Centrais, Filipinas) foi um navegador português que se notabilizou por ter organizado a primeira viagem de circum-navegação ao globo de 1519 até 1522.

Novo!!: Armadas da Índia e Fernão de Magalhães · Veja mais »

Fernão Gomes

* Fernão Gomes Barreto — militar do Reino de Portugal.

Novo!!: Armadas da Índia e Fernão Gomes · Veja mais »

Fernão Lopes de Castanheda

Fernão Lopes de Castanheda (Santarém, c.1500 — Coimbra, 1559) foi um historiador português no renascimento.

Novo!!: Armadas da Índia e Fernão Lopes de Castanheda · Veja mais »

Fernão Mendes Pinto

Fernão Mendes Pinto (Montemor-o-Velho, Montemor-o-Velho, 1510-14 — Almada, Almada, Pragal, 8 de Julho de 1583) foi um aventureiro e explorador português.

Novo!!: Armadas da Índia e Fernão Mendes Pinto · Veja mais »

Fernão Pires de Andrade

O Capitão Fernão Pires de Andrade (também referido como Fernão Peres de AndradeWilliams, 77.) foi um navegador, guerreiro e mercador português do século XVI, farmacêutico e diplomata oficial sob ordens do governador de Malaca Afonso de Albuquerque e uma das personagens de maior relevo da História Oriental de Portugal.

Novo!!: Armadas da Índia e Fernão Pires de Andrade · Veja mais »

Fernão Teles de Meneses, Governador da Índia

Fernão Teles de Meneses (Santarém, 1530 — Lisboa, 26 de novembro de 1605) foi um militar português.

Novo!!: Armadas da Índia e Fernão Teles de Meneses, Governador da Índia · Veja mais »

Festa junina

Festas juninas, festas dos santos populares ou celebração do meio do verão (Midsummer) são o período centrado no solstício de verão (no hemisfério norte) e de inverno (no hemisfério sul) e, mais especificamente, nas celebrações do Norte da Europa que ocorrem entre 19 de junho e 25 de junho.

Novo!!: Armadas da Índia e Festa junina · Veja mais »

Filipe de Brito e Nicote

Filipe de Brito e Nicote, também referido como Filipe de Brito de Nicote (Nicot em França) ou apenas Filipe de Brito (Lisboa, 1566 ? - Sirião (Birmânia), 1613) foi um aventureiro português.

Novo!!: Armadas da Índia e Filipe de Brito e Nicote · Veja mais »

Filipe de Mascarenhas

Filipe de Mascarenhas (1580 — ?) foi um administrador colonial português.

Novo!!: Armadas da Índia e Filipe de Mascarenhas · Veja mais »

Filipe II de Espanha

Filipe II (Felipe II; Valladolid, 21 de maio de 1527 – Escorial, 13 de setembro de 1598) foi Rei da Espanha de 1556 até sua morte e também Rei de Portugal e Algarves como Filipe I a partir de 1581.

Novo!!: Armadas da Índia e Filipe II de Espanha · Veja mais »

Flores

* Flores - o plural de flor, o órgão sexual das plantas fanerogâmicas.

Novo!!: Armadas da Índia e Flores · Veja mais »

Fortaleza

Fortaleza é um município brasileiro, capital do estado do Ceará, situado na região Nordeste do país.

Novo!!: Armadas da Índia e Fortaleza · Veja mais »

Forte do Cabo da Rama

Ruínas do forte Igreja de Santo António, situada dentro do forte O Forte do Cabo da Rama localiza-se no cabo homónimo, concelho de Canácona, no estado de Goa, na costa oeste da Índia.

Novo!!: Armadas da Índia e Forte do Cabo da Rama · Veja mais »

Francis Drake

Francis Drake (Tavistock, Devon, c. 1540 — Portobelo, Colón, 28 de janeiro de 1596) foi um capitão inglês, vice-almirante do Reino da Inglaterra, corsário e um navegador famoso, e um político da era elisabetana.

Novo!!: Armadas da Índia e Francis Drake · Veja mais »

Francisco Álvares

Francisco Álvares (Coimbra, 1465 - Roma, 1536~1541) foi um clérigo católico português.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco Álvares · Veja mais »

Francisco Barreto

Francisco Barreto (Faro, 1520 — Sena, 9 de julho de 1573) foi um militar português.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco Barreto · Veja mais »

Francisco Coutinho, 3.º Conde de Redondo

Francisco Coutinho (1517 — Goa, 19 de fevereiro de 1564) foi um nobre e militar português.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco Coutinho, 3.º Conde de Redondo · Veja mais »

Francisco da Gama, 4.º Conde da Vidigueira

Dom Francisco da Gama, 4.º Conde da Vidigueira (1565 — Oropesa, julho de 1632) foi um nobre e militar português.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco da Gama, 4.º Conde da Vidigueira · Veja mais »

Francisco de Almeida (vice-rei da Índia)

Francisco de Almeida (Lisboa, c. 1450 — Baía de Saldanha, 1 de março de 1510) foi um militar português e um explorador, homem de guerra e organizador notável, com vitórias e excelentes actos de administração.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco de Almeida (vice-rei da Índia) · Veja mais »

Francisco de Figueiredo

Armas do conde de Figueiredo. Francisco de Figueiredo, primeiro e único visconde e conde de Figueiredo (Rio de Janeiro, — Paris) foi um administrador e comerciante brasileiro.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco de Figueiredo · Veja mais »

Francisco de Lima

D.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco de Lima · Veja mais »

Francisco de Mascarenhas

Dom Francisco de Mascarenhas, (c. 1530 - 4 de setembro de 1608) primeiro conde de Vila da Horta e de Santa Cruz, foi o 13.º vice-rei da Índia, Capitão do donatário nas ilhas de Flores e Corvo.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco de Mascarenhas · Veja mais »

Francisco de Melo

O nome Francisco de Melo pode referir-se a.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco de Melo · Veja mais »

Francisco de Sousa

Francisco de Sousa (ca. —) foi um fidalgo português, sétimo governador do Brasil.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco de Sousa · Veja mais »

Francisco de Sousa Pereira

Francisco de Sousa Pereira foi um administrador colonial português, quinto governador da capitania da Paraíba.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco de Sousa Pereira · Veja mais »

Francisco de Távora

* Francisco de Távora, Administrador de Cacheu.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco de Távora · Veja mais »

Francisco dos Mártires

Frei Francisco dos Mártires OFM (Lisboa, 1583 — Goa, 25 de setembro de 1652) foi um prelado português.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco dos Mártires · Veja mais »

Francisco Ferreira

Francisco "Xico" Ferreira (Guimarães, 23 de agosto de 1919 — Lisboa, 14 de dezembro de 1986) foi um futebolista português, que jogou como médio-centro.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco Ferreira · Veja mais »

Francisco Henriques

Francisco Henriques (Flandres, ? - Portugal, 1518) foi um pintor ativo em Portugal no início do século XVI.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco Henriques · Veja mais »

Francisco Mascarenhas

Francisco Mascarenhas (1662 - 20 de maio de 1685), 1º conde de Coculim, segundo filho do 1º marquês de Fronteira, foi membro do Concelho de D. Pedro II, senhor de Cuncolin e Verodá no Estado Português da Índia, comendador de São João de Castelães, de São Martinho de Cambres, na Ordem de Cristo.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco Mascarenhas · Veja mais »

Francisco Pereira Coutinho

Francisco Pereira Coutinho (Portugal, 14?? - Itaparica, BA, 1547) foi um fidalgo português.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco Pereira Coutinho · Veja mais »

Francisco Pires

Francisco Pires (século XVI) foi um arquiteto militar português.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco Pires · Veja mais »

Francisco Portocarreiro

Brasão de Armas da Casa de Portocarrero Francisco Portocarreiro (Sevilha, Écija, 1610 -?) foi XVI Senhor de Moguer e VIII Marquês de Villanueva del Fresno.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco Portocarreiro · Veja mais »

Francisco Ribeiro

Chiquinho, grande surfista português.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco Ribeiro · Veja mais »

Francisco Rodrigues

Francisco Rodrigues pode referir-se a.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco Rodrigues · Veja mais »

Francisco Vaz de Almada

Francisco Vaz de Almada, julga-se que tenha sido natural de Lisboa e pertencente à conhecida família nobre Vaz de Almada aí sediada.

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco Vaz de Almada · Veja mais »

Francisco Xavier

São Francisco Xavier, nascido Francisco de Jasso Azpilicueta Atondo y Aznáres (Xavier, — Sanchoão), foi um missionário católico do padroado português e apóstolo navarro (basco-navarro).

Novo!!: Armadas da Índia e Francisco Xavier · Veja mais »

Frei Luís de Sousa

Manuel de Sousa Coutinho, conhecido pelo nome eclesiástico de Frei Luís de Sousa (Santarém no local onde hoje se situa o Palácio Landal, c. 1555 — São Domingos de Benfica, Lisboa, 5 de Maio de 1632) foi um sacerdote católico e escritor português.

Novo!!: Armadas da Índia e Frei Luís de Sousa · Veja mais »

Frota

Uma frota ou armada é um grande agrupamento de navios de guerra sob o comando de um oficial general.

Novo!!: Armadas da Índia e Frota · Veja mais »

Funchal

O Funchal é uma cidade portuguesa na ilha da Madeira, capital da Região Autónoma da Madeira e a mais populosa fora do território continental português.

Novo!!: Armadas da Índia e Funchal · Veja mais »

Galeão

412x412px Um galeão é um navio que se distingue dos restantes navios do mesmo tipo pelo facto de possuir quatro mastros, de alto bordo, armado em guerra, frequentemente utilizado no transporte de cargas que possuíam alto valor na navegação oceânica entre os séculos XVI e XVIII.

Novo!!: Armadas da Índia e Galeão · Veja mais »

Gana

Gana (oficialmente República do Gana; em inglês: Republic of Ghana) é um país da África ocidental, limitado a norte pelo Burkina Faso, a leste pelo Togo, a sul pelo Golfo da Guiné e a oeste pela Costa do Marfim. A capital e maior cidade do Gana é Acra. A palavra Gana significa "guerreiro" e é derivado do antigo Império do Gana.Jackson, John G. Introduction to African Civilizations, 2001. p. 201. O Gana foi habitado em tempos pré-coloniais por um número de antigos reinos predominantes chamados de Akan, incluindo os povos do reino anterior chamados de Império Axânti, o Akwamu, o Akyem, o Bonoman, o Denkyira, e o Fanti, entre outros. Os não Akan formaram um povo chamado de Ga, assim como os Bonoman. Antes do contacto com os europeus o comércio entre os Akan e vários estados africanos floresceu devido à riqueza do ouro Akan. O comércio com os países europeus começaram após o contacto com o Império Português nos séculos XV e XVII, e os ingleses estabeleceram a Costa do Ouro como colônia em 1874 sobre as peças, mas não todo o país.MacLean, Iain. Rational Choice and British Politics: An Analysis of Rhetoric and Manipulation from Peel to Blair, 2001. Page 76. A Costa do Ouro alcançou a independência do Reino Unido em 1957, e se tornou a primeira nação Africana a fazê-lo do colonialismo europeu. O nome Gana foi escolhida para a nova nação para refletir no antigo Império do Gana, uma vez que estendeu por grande parte da África ocidental. O Gana é um membro da Zona de Paz e Cooperação do Atlântico Sul, a Organização das Nações Unidas, a Comunidade das Nações, a União Africana, a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental e um membro associado da Francofonia. Gana é um dos maiores produtores de grão de cacau do mundo e é também a casa do Lago Volta, o maior lago artificial do mundo em superfície.

Novo!!: Armadas da Índia e Gana · Veja mais »

Garcia de Castro

Garcia de Castro (? - ilha Terceira, Açores, Portugal) A família Castro dos Açores é descendente de D. Garcia de Castro irmão do 1° conde de Monsanto, os quais eram filhos de D. Fernando de Castro, senhor do Paul do Boquilobo, que foi Governador da Casa do infante D. Henrique, de D. Isabel de Ataíde, netos paternos D. Pedro de Castro, Senhor do Cadaval e de outras terras, e de D. Leonor Teles de Meneses; e bisnetos de D. Pedro Pires de Castro, Conde de Arraiolos e 1º Condestável de Portugal, e da condessa D. Maria Ponce de Leão.

Novo!!: Armadas da Índia e Garcia de Castro · Veja mais »

Garcia de Noronha

Garcia de Noronha (1479 — 3 de abril de 1540) foi o terceiro vice-rei e o décimo governador da Índia (1537), já no fim da vida.

Novo!!: Armadas da Índia e Garcia de Noronha · Veja mais »

Garcia de Orta

Garcia de Orta (Castelo de Vide, — Goa, 1568) foi um médico judeu português que viveu na Índia.

Novo!!: Armadas da Índia e Garcia de Orta · Veja mais »

Garcia de Sá

Garcia de Sá (Porto, ca. 1486 — Goa, 13 de Junho de 1549), fidalgo da Casa Real, foi o 14.º governador da Índia (1548), sucedendo a D. João de Castro, cargo que muito prestigiou e em que faleceu, sendo sepultado na capela-mor da igreja de Nossa Senhora do Rosário, em Goa.

Novo!!: Armadas da Índia e Garcia de Sá · Veja mais »

Gaspar de Lemos

Nau de Gaspar de Lemos. Brasão de Gaspar de Lemos. Gaspar de Lemos foi um navegador português do século XVI.

Novo!!: Armadas da Índia e Gaspar de Lemos · Veja mais »

Gaspar Jorge de Leão Pereira

Dom Gaspar Jorge de Leão Pereira, ou mais simplesmente D. Gaspar de Leão Pereira ou aínda D. Gaspar de Leão (Lagos, ? - Goa, 15 de agosto de 1576) foi o primeiro arcebispo de Goa.

Novo!!: Armadas da Índia e Gaspar Jorge de Leão Pereira · Veja mais »

Génova

GénovaPE ou GênovaPB (Zena em língua lígure) é uma cidade e comuna italiana da região da Ligúria, Cidade metropolitana de Génova, com cerca de 639.560 habitantes (1.510.000 na área metropolitana).

Novo!!: Armadas da Índia e Génova · Veja mais »

Gengibre

O gengibre (Zingiber officinale) é uma planta herbácea da família das Zingiberaceae, originária da ilha de Java, da Índia e da China, de onde se difundiu pelas regiões tropicais do mundo.

Novo!!: Armadas da Índia e Gengibre · Veja mais »

Gibraltar

Gibraltar é um território britânico ultramarino localizado no extremo sul da Península Ibérica.

Novo!!: Armadas da Índia e Gibraltar · Veja mais »

Gil Eanes

Gil Eanes foi um navegador português, natural de Lagos (Algarve), escudeiro do Infante D. Henrique, e cuja biografia permanece ainda pouco conhecida e muito discutida.

Novo!!: Armadas da Índia e Gil Eanes · Veja mais »

Goa

Goa (em concani गोंय, Goem) é um estado da Índia.

Novo!!: Armadas da Índia e Goa · Veja mais »

Golfo de Bengala

O golfo de Bengala é o maior golfo do mundo, localizado na parte nordeste do oceano Índico.

Novo!!: Armadas da Índia e Golfo de Bengala · Veja mais »

Gomes Aires

Gomes Aires é uma antiga freguesia portuguesa do concelho de Almodôvar, com 65,48 km² de área e 355 habitantes (2011).

Novo!!: Armadas da Índia e Gomes Aires · Veja mais »

Gomes Freire de Andrade

Gomes Freire de Andrade e Castro, Gomes Freire de Andrade ou, simplesmente, Gomes Freire (Viena, 27 de janeiro de 1757 — Oeiras, Oeiras e São Julião da Barra, Forte de São Julião da Barra, 18 de outubro de 1817), foi um general português.

Novo!!: Armadas da Índia e Gomes Freire de Andrade · Veja mais »

Gomes Pires

Gomes Pires foi um navegador português do século XV.

Novo!!: Armadas da Índia e Gomes Pires · Veja mais »

Gonçalo Álvares

Gonçalo Álvares foi um navegador português.

Novo!!: Armadas da Índia e Gonçalo Álvares · Veja mais »

Gonçalo Coelho

Gonçalo Coelho (1451 ou 1454 — 1512) foi um navegador português, que comandou as duas primeiras expedições exploratórias das terras descobertas por Cabral, em 1501-02 e 1503-04, as duas acompanhado de Américo Vespúcio.

Novo!!: Armadas da Índia e Gonçalo Coelho · Veja mais »

Gonçalo de Sintra

Gonçalo de Sintra ou Gonçalo de Cintra (n. Portugal - África, 1444 ou 45), foi um explorador português do Séc.

Novo!!: Armadas da Índia e Gonçalo de Sintra · Veja mais »

Gonçalo de Sousa

Frei D. Gonçalo de Sousa, foi comendador-mor da Ordem de Cristo, alcaide-mor de Tomar, chanceler e alferes-mor do infante D. Henrique, com quem esteve em Tânger.

Novo!!: Armadas da Índia e Gonçalo de Sousa · Veja mais »

Gonçalo Mendes

Gonçalo Mendes pode referir-se a.

Novo!!: Armadas da Índia e Gonçalo Mendes · Veja mais »

Gonçalo Nunes

Gonçalo Nunes foi um navegador português do século XV.

Novo!!: Armadas da Índia e Gonçalo Nunes · Veja mais »

Gonçalo Pereira

Gonçalo Gonçalves Pereira, ou simplesmente Gonçalo Pereira (— Braga), foi um prelado português.

Novo!!: Armadas da Índia e Gonçalo Pereira · Veja mais »

Gonçalo Rodrigues

* Gonçalo Rodrigues da Palmeira (1130-1177), nobre do Condado Portucalense e mordomo-mor da Teresa de Leão.

Novo!!: Armadas da Índia e Gonçalo Rodrigues · Veja mais »

Gonçalo Rodrigues Caldeira

Gonçalo Rodrigues, o Roas, mais tarde Gonçalo Rodrigues Caldeira, foi um militar português, Cavaleiro Nobre nascido na vila da Sertã no século XIV, onde viveu nos reinados de D. Fernando I de Portugal e de D. João I de Portugal.

Novo!!: Armadas da Índia e Gonçalo Rodrigues Caldeira · Veja mais »

Gonçalo Velho Cabral

Gonçalo Velho, também referido como Gonçalo Velho Cabral e Gonçalo Velho Cabral das Pias (século XV) foi um navegador português, cavaleiro professo da Ordem de Cristo, comendador de Almourol e senhor de Pias.

Novo!!: Armadas da Índia e Gonçalo Velho Cabral · Veja mais »

Governador

Governador (do termo latino gubernatore) é o cargo político, geralmente eletivo, que detém a autoridade máxima do poder executivo em uma província, distrito ou estado de uma federação.

Novo!!: Armadas da Índia e Governador · Veja mais »

Graciosa

A Graciosa vista do espaço. Localização da Graciosa. A Graciosa é uma ilha situada no extremo noroeste do Grupo Central do arquipélago dos Açores, 37 km a nordeste da ilha de São Jorge e 60 km a noroeste da Terceira, com centro aproximadamente nas coordenadas geográficas 28° 05’ W e 39° 05’ N. Tem uma área aproximada de 60,66 km² e formato grosseiramente oval, com 12,5 km de comprimento e 7,5 km de largura máxima.

Novo!!: Armadas da Índia e Graciosa · Veja mais »

Grã Canária

Gran Canária (também Grã-Canária ou Grande-Canária) é uma das principais ilhas do arquipélago das Canárias, com uma superfície de 1.560 km² e uma população de 802.247 habitantes (2005).

Novo!!: Armadas da Índia e Grã Canária · Veja mais »

Grumete

Grumete é quem a bordo faz a limpeza e ajuda os marinheiros nos diferentes trabalhos.

Novo!!: Armadas da Índia e Grumete · Veja mais »

Guardião

*Guardião (Marvel Comics) - personagem dos quadrinhos.

Novo!!: Armadas da Índia e Guardião · Veja mais »

Guarnição

* Guarnição (alimento) — o que acompanha ou enfeita um prato ou uma bebida.

Novo!!: Armadas da Índia e Guarnição · Veja mais »

Guimarães

Guimarães MHSE é uma cidade portuguesa situada no Distrito de Braga, região do Norte e sub-região do Ave (uma das sub-regiões mais industrializadas do país) e ainda à antiga província do Minho, com uma população de, repartidos por uma malha urbana de, em 20 freguesias e com uma densidade populacional de 2223,9 hab./km²., Direcção Geral do Ordenamento do Território e Desenvolvimento Urbano, acedido em 21 de Novembro de 2006 É sede de um município com Instituto Geográfico Português, (ficheiro Excel zipado)).

Novo!!: Armadas da Índia e Guimarães · Veja mais »

Guiné

A Guiné (Guinée, em fula Gine), oficialmente República da Guiné (também chamada Guiné-Conacri para a distinguir da vizinha Guiné-Bissau), é um país da África Ocidental limitado a norte pela Guiné-Bissau e pelo Senegal, a norte e leste pelo Mali, a leste pela Costa do Marfim, a sul pela Libéria e pela Serra Leoa e a oeste pelo oceano Atlântico.

Novo!!: Armadas da Índia e Guiné · Veja mais »

Gujarate

Guzerate (ગુજરાત Gudj(a)rat - por vezes chamado Guzarate, Gujaráti ou Gujarate) é um dos 28 estados da Índia.

Novo!!: Armadas da Índia e Gujarate · Veja mais »

Henrique de Macedo

Henrique de Macedo (Jacareí, 29 de dezembro de 1880 — São Paulo, 21 de setembro de 1944) foi um escritor, jornalista, tradutor e intelectual de projeção nos meios literários de São Paulo e do Brasil.

Novo!!: Armadas da Índia e Henrique de Macedo · Veja mais »

Henrique de Távora e Brito

Dom Frei Henrique de Távora e Brito O.P. (???? — Goa, 17 de maio de 1581) foi um prelado português.

Novo!!: Armadas da Índia e Henrique de Távora e Brito · Veja mais »

Henrique Dias

Henrique Dias foi um português nascido na ex colônia portuguesa do Brasil, filho de escravos africanos libertos nascido em princípios do século XVII, na capitania de Pernambuco, Brasil.

Novo!!: Armadas da Índia e Henrique Dias · Veja mais »

Henrique I de Portugal

Henrique I (Lisboa, – Almeirim), apelidado de "o Casto" e "o Cardeal-Rei", foi o Rei de Portugal e Algarves de 1578 até sua morte, além de cardeal da Igreja católica desde 1545.

Novo!!: Armadas da Índia e Henrique I de Portugal · Veja mais »

Henrique, Duque de Viseu

Painel Infante D Henrique. O Infante Dom Henrique de Avis, 1.º duque de Viseu e 1.º senhor da Covilhã (Porto, – Sagres), foi um infante português e a mais importante figura do início da era das descobertas, popularmente conhecido como Infante de Sagres ou O Navegador.

Novo!!: Armadas da Índia e Henrique, Duque de Viseu · Veja mais »

Hidalcão

Yusuf Adil Xá (—), Abul Muzaffar Yusuf Adil Khan Sawi ou Adil Khan, denominado Hidalcão pelos portugueses, foi o fundador do Sultanato de Bijapur na Índia e primeiro governante da dinastia Adil Xái que governou este sultanato do Decão durante quase dois séculos.

Novo!!: Armadas da Índia e Hidalcão · Veja mais »

História de Macau

A história de Macau tem pelo menos 6000 anos.

Novo!!: Armadas da Índia e História de Macau · Veja mais »

História Trágico-Marítima

Naufrágio do "Galeão Grande S. João", uma ilustração da''Historia Trágico-Marítima'' de 1735. A História Trágico-Marítima é uma "colecção de relações e notícias de naufrágios, e sucessos infelizes, acontecidos aos navegadores portugueses", reunidos por Bernardo Gomes de Brito, e publicados em dois tomos em 1735 e 1736, durante o reinado de D. João V, vigésimo-quarto rei de Portugal, a quem o autor oferece a obra no frontispício.

Novo!!: Armadas da Índia e História Trágico-Marítima · Veja mais »

Ibo

Ibo é uma vila da província de Cabo Delgado, em Moçambique, sede do distrito de Ibo.

Novo!!: Armadas da Índia e Ibo · Veja mais »

Igrejas e Conventos de Goa

Igrejas e Conventos de Velha Goa é o nome dado pela UNESCO para um conjunto de monumentos religiosos localizado em Goa Velha, no estado de Goa, na Índia, declarado Património Mundial em 1986.

Novo!!: Armadas da Índia e Igrejas e Conventos de Goa · Veja mais »

Ilha da Madeira

A ilha da Madeira é a principal ilha do arquipélago da Madeira, situado no oceano Atlântico, a sudoeste da costa portuguesa, anexado à União Europeia.

Novo!!: Armadas da Índia e Ilha da Madeira · Veja mais »

Ilha de Angediva

Carta portuguesa da ilha de Angediva (1885) A Fortaleza de Angediva, construída pelos portugueses A ilha de Angediva ou Anjediva (Anjadip dviipa; Anjadip Island ou Anjediva) é uma pequena ilha costeira do Mar Arábico, com de área, sem população residente, parte do estado de Goa, Índia, tendo feito parte do Estado Português da Índia até 1961.

Novo!!: Armadas da Índia e Ilha de Angediva · Veja mais »

Ilha de Gonçalo Álvares

A ilha de Gonçalo Álvares, também conhecida como ilha Gough, é uma ilha vulcânica localizada 400 km a sudeste da Tristão da Cunha no Atlântico Sul.

Novo!!: Armadas da Índia e Ilha de Gonçalo Álvares · Veja mais »

Ilha de Moçambique

A Ilha de Moçambique é uma cidade insular situada na província de Nampula, na região norte de Moçambique, a qual deu o nome ao país do qual foi a primeira capital.

Novo!!: Armadas da Índia e Ilha de Moçambique · Veja mais »

Ilha de Santiago

Avenida Amilcar Cabral, Assomada Santiago é a maior ilha do arquipélago de Cabo Verde, pertencente ao grupo do Sotavento.

Novo!!: Armadas da Índia e Ilha de Santiago · Veja mais »

Ilha de São Jorge

A ilha de São Jorge é uma ilha situada no centro do Grupo Central do arquipélago dos Açores, separada da ilha do Pico por um estreito de 15 km - o canal de São Jorge.

Novo!!: Armadas da Índia e Ilha de São Jorge · Veja mais »

Ilha de São Miguel

São Miguel é a maior das ilhas do arquipélago dos Açores e a maior de todas as ilhas integrantes do território de Portugal.

Novo!!: Armadas da Índia e Ilha de São Miguel · Veja mais »

Ilha de São Tomé

A ilha de São Tomé é a maior ilha do arquipélago de São Tomé e Príncipe, que é constituído por duas ilhas, ambas pertencentes à linha vulcânica dos Camarões.

Novo!!: Armadas da Índia e Ilha de São Tomé · Veja mais »

Ilha do Faial

A ilha do Faial situa-se no extremo ocidental do Grupo Central do arquipélago dos Açores, separada da ilha do Pico por um estreito braço de mar com de 8,3 km (ou 4,5 milhas náuticas) de largura, conhecido por canal do Faial.

Novo!!: Armadas da Índia e Ilha do Faial · Veja mais »

Ilha do Maio

Maio é uma ilha de Cabo Verde.

Novo!!: Armadas da Índia e Ilha do Maio · Veja mais »

Ilha do Príncipe

A Ilha do Príncipe é a segunda maior ilha do arquipélago de São Tomé e Príncipe, que é constituído por duas ilhas principais, ambas pertencentes à linha vulcânica dos Camarões.

Novo!!: Armadas da Índia e Ilha do Príncipe · Veja mais »

Ilha Pate

A Ilha Pate é uma ilha do Oceano Índico, junto à costa africana, pertencente ao Quénia.

Novo!!: Armadas da Índia e Ilha Pate · Veja mais »

Ilha Terceira

A Terceira é uma das nove ilhas dos Açores, integrante do chamado "Grupo Central".

Novo!!: Armadas da Índia e Ilha Terceira · Veja mais »

Ilhas Molucas

Ilhas Molucas (ou Malucas, do árabe Jazirat al-Muluk, "ilha dos reis") são um arquipélago da Insulíndia que faz parte da Indonésia, localizado entre Celebes (Sulawesi) e a Nova Guiné.

Novo!!: Armadas da Índia e Ilhas Molucas · Veja mais »

Império colonial

Impérios coloniais foram um produto da Era dos Descobrimentos Europeia que começou com uma corrida exploratória entre as mais avançadas potências marítimas do século XV, Portugal e Espanha.

Novo!!: Armadas da Índia e Império colonial · Veja mais »

Império Etíope

O Império Etíope, também conhecido como Abissínia, foi um império que ocupou os presentes territórios da Etiópia e da Eritreia, existindo de aproximadamente 1270 (início da Dinastia Salomónica) até 1974, quando a monarquia foi deposta por um golpe de estado.

Novo!!: Armadas da Índia e Império Etíope · Veja mais »

Império Monomotapa

O Império Monomotapa (também grafado Mwenemutapa, Muenemutapa, ou ainda Monomatapa, que era o título do seu chefe) foi um império que floresceu entre os séculos XV e XVIII na região sul do rio Zambeze, entre o planalto do Zimbabwe e o Oceano Índico, com extensões provavelmente até ao rio Limpopo.

Novo!!: Armadas da Índia e Império Monomotapa · Veja mais »

Império Português

O Império Português ou Império Colonial Português foi o primeiro império global da história, sendo considerado o mais antigo dos impérios coloniais europeus modernos, abrangendo quase seis séculos de existência, a partir da Conquista de Ceuta, em 1415, até a devolução da soberania sobre Macau à China.

Novo!!: Armadas da Índia e Império Português · Veja mais »

Inferno

Inferno é um termo usado por diferentes religiões, mitologias e filosofias, representando a morada dos mortos, ou lugar de grande sofrimento e de condenação.

Novo!!: Armadas da Índia e Inferno · Veja mais »

Jaffna

Jaffna ou Yazhpana é uma cidade do norte do Sri Lanka.

Novo!!: Armadas da Índia e Jaffna · Veja mais »

Jan Huygen van Linschoten

Jan Huygen van Linschoten, por vezes grafado Jan Huijgen van Linschoten (Haarlem, 1563 – Enkhuizen, 8 de Fevereiro de 1611), foi um mercador e explorador neerlandês que viajou extensamente pelas zonas de influência portuguesa na Ásia.

Novo!!: Armadas da Índia e Jan Huygen van Linschoten · Veja mais »

Japão

Japão (Nihon ou Nippon; oficialmente 日本国, ou Nihon koku) é um país insular da Ásia Oriental.

Novo!!: Armadas da Índia e Japão · Veja mais »

Jácome de Morais Sarmento

Jácome de Morais Sarmento foi um militar Português que exerceu os cargos de Governador de Moçambique entre 1699 e 1703 e mais tarde de Governador de Timor e Solor entre 1708 e 1709.

Novo!!: Armadas da Índia e Jácome de Morais Sarmento · Veja mais »

Jerónimo Coutinho

Jerónimo Coutinho (cerca de 1545 - ????) foi um político português.

Novo!!: Armadas da Índia e Jerónimo Coutinho · Veja mais »

Jerónimo de Almeida

Jerónimo de Almeida foi um administrador colonial português que exerceu o cargo de Capitão-General na Capitania-Geral do Reino de Angola, entre 1593 e 1594, foi antecedido no cargo por D. Francisco de Almeida.

Novo!!: Armadas da Índia e Jerónimo de Almeida · Veja mais »

Jerónimo de Azevedo

Dom Jerónimo de Azevedo (1540 — Lisboa, 1625) foi um fidalgo português.

Novo!!: Armadas da Índia e Jerónimo de Azevedo · Veja mais »

Jerónimo Lobo

Jerónimo Lobo (Lisboa, 1595 - 29 de Janeiro de 1678) foi um missionário jesuíta e escritor português.

Novo!!: Armadas da Índia e Jerónimo Lobo · Veja mais »

João Afonso

João Nepomuceno Baltazar de Lima mais conhecido por João Afonso Lima ou só João Afonso (Lourenço Marques) é um cantor português.

Novo!!: Armadas da Índia e João Afonso · Veja mais »

João Baptista Lavanha

João Baptista Lavanha (Lisboa, c. 1550 - Madrid, 31 de Março de 1624) foi um engenheiro, matemático e cosmógrafo português.

Novo!!: Armadas da Índia e João Baptista Lavanha · Veja mais »

João Coutinho, 5.º Conde de Redondo

João Coutinho (c. 1540 - 10 de novembro de 1619) foi 5º conde de Redondo, Capitão de Tânger, e vice-rei da Índia entre 1617 e 1619.

Novo!!: Armadas da Índia e João Coutinho, 5.º Conde de Redondo · Veja mais »

João da Costa

João da Costa, primeiro Conde de Soure, (Lisboa, 1610 — Lisboa, 22 de Janeiro de 1664) e serviu em Tânger, foi um dos Quarenta Conjurados que aclamaram D. João IV, rei de Portugal, em 1 de Dezembro de 1640, terminando assim 60 anos de domínio filipino sobre Portugal.

Novo!!: Armadas da Índia e João da Costa · Veja mais »

João da Nova

João da Nova (Maceda, ca. — Cochim) foi um explorador galego, a serviço de Manuel I de Portugal.

Novo!!: Armadas da Índia e João da Nova · Veja mais »

João da Silva Telo e Meneses

João da Silva Telo e Meneses, 1.º Conde de Aveiras (cerca de 1600 — Moçambique, 1651) foi um nobre e militar português.

Novo!!: Armadas da Índia e João da Silva Telo e Meneses · Veja mais »

João da Silveira

João da Silveira foi um fidalgo português do século XVI.

Novo!!: Armadas da Índia e João da Silveira · Veja mais »

João de Almeida

João de Almeida, segundo conde de Abrantes, alcaide-mor de Punhete e da Amêndoa, foi guarda-mor do rei D. João II de Portugal, do seu Conselho e vedor da Fazenda.

Novo!!: Armadas da Índia e João de Almeida · Veja mais »

João de Barros

João de Barros, chamado o Grande ou o Tito Lívio Português, (Viseu, c. 1496 — Pombal, Ribeira de Alitém, 20 de Outubro de 1570) é geralmente considerado o primeiro grande historiador português e pioneiro da gramática da língua portuguesa, tendo escrito a segunda obra a normatizar a língua, tal como falada em seu tempo.

Novo!!: Armadas da Índia e João de Barros · Veja mais »

João de Castro

João de Castro (Lisboa, 27 de Fevereiro de 1500 — Goa, 6 de Junho de 1548) foi um nobre, cartógrafo e administrador colonial português.

Novo!!: Armadas da Índia e João de Castro · Veja mais »

João de Coimbra

João de Coimbra (Ca., nascido entre 1430 há 1440) foi um piloto e navegador náutico português que viveu durante os séculos XV e XVI.

Novo!!: Armadas da Índia e João de Coimbra · Veja mais »

João de Eça

João de Eça (c. 1445 - a. 28 de Junho de 1508) foi um nobre e militar português.

Novo!!: Armadas da Índia e João de Eça · Veja mais »

João de Melo

João de Melo (Achadinha, Ilha de São Miguel - Açores, 1949) é um escritor português.

Novo!!: Armadas da Índia e João de Melo · Veja mais »

João de Mendonça Furtado

João de Mendonça Furtado (1530 — Batalha de Alcácer-Quibir, 4 de Agosto de 1578) foi um militar português.

Novo!!: Armadas da Índia e João de Mendonça Furtado · Veja mais »

João de Meneses

João — de Menezes, ou de Meneses, ou Menezes, ou Meneses, pode ser.

Novo!!: Armadas da Índia e João de Meneses · Veja mais »

João de Portugal

João de Portugal é o nome de vários reis, príncipes ou infantes portugueses.

Novo!!: Armadas da Índia e João de Portugal · Veja mais »

João de Sousa

O nome João de Sousa pode referir-se a.

Novo!!: Armadas da Índia e João de Sousa · Veja mais »

João Dias (navegador)

João Dias, foi um navegador português do século XV.

Novo!!: Armadas da Índia e João Dias (navegador) · Veja mais »

João Fernandes

João Fernandes de Oliveira (Mariana, 1720 — Lisboa, 1779) era um contratador de diamantes na região de Diamantina (Minas Gerais) entre 1753 e 1770.

Novo!!: Armadas da Índia e João Fernandes · Veja mais »

João Gomes de Abreu

João Gomes de Abreu (c. 1468 - d. 1504), viveu no século XV e o século XVI.

Novo!!: Armadas da Índia e João Gomes de Abreu · Veja mais »

João Gonçalves Zarco

João Gonçalves Zarco (Portugal Continental, c. 1390 — Funchal, 21 de Novembro de 1471) foi um navegador português e cavaleiro fidalgo da Casa do Infante D. Henrique.

Novo!!: Armadas da Índia e João Gonçalves Zarco · Veja mais »

João Guedes

João Carlos Guedes de Carvalho (Matosinhos, Matosinhos, 3 de Julho de 1921 — 19 de Fevereiro de 1983) foi um actor e encenador português.

Novo!!: Armadas da Índia e João Guedes · Veja mais »

João I de Portugal

João I de Portugal (Lisboa, – Lisboa), conhecido como o Mestre de Avis e apelidado de "o de Boa Memória", foi o rei de Portugal e dos Algarves de 1385 até sua morte, sendo o primeiro monarca português da Casa de Avis.

Novo!!: Armadas da Índia e João I de Portugal · Veja mais »

João II de Portugal

João II (Lisboa, – Alvor), apelidado de "o Príncipe Perfeito", foi o Rei de Portugal e dos Algarves em dois períodos diferentes, primeiro durante quatro dias em novembro de 1477 e depois de 1481 até sua morte.

Novo!!: Armadas da Índia e João II de Portugal · Veja mais »

João III de Portugal

João III (Lisboa, – Lisboa), apelidado de "o Piedoso" e "o Colonizador", foi o Rei de Portugal e Algarves de 1521 até sua morte.

Novo!!: Armadas da Índia e João III de Portugal · Veja mais »

João Infante

João Infante ou Lopo Infante (século XV) explorador português da costa africana.

Novo!!: Armadas da Índia e João Infante · Veja mais »

João IV de Portugal

João IV (Vila Viçosa, – Lisboa), apelidado de João, o Restaurador, foi o Rei de Portugal e Algarves de 1640 até à sua morte, e Duque de Bragança entre 1630 e 1645.

Novo!!: Armadas da Índia e João IV de Portugal · Veja mais »

João Leite

João Leite pode se referir a.

Novo!!: Armadas da Índia e João Leite · Veja mais »

João Lobo

João Lobo (Brejo do Cruz-PB,, 29 de maio de 1958) é um curador de fotografia, diretor de vídeo-arte, idealizador e realizador brasileiro do evento internacional de fotografia: Parahyba Digital.

Novo!!: Armadas da Índia e João Lobo · Veja mais »

João Lopes Alvim

João Lopes de Alvim foi um Fidaldo da Casa Real no reinado de D. Manuel I de Portugal, sendo membro do seu Conselho Régio.

Novo!!: Armadas da Índia e João Lopes Alvim · Veja mais »

João Lopes Perestrelo

João Lopes Perestrelo, filho de Rafael Perestrelo e sobrinho de Bartolomeu Perestrelo, foi servidor da Toalha de D. João II recebendo posteriormente o foro de Cavaleiro da Casa Real.

Novo!!: Armadas da Índia e João Lopes Perestrelo · Veja mais »

João Lourenço

João Manuel Gonçalves Lourenço (Lobito, 5 de março de 1954), também conhecido pelo codinome JLo, é um político angolano, presidente de Angola desde 26 de setembro de 2017.

Novo!!: Armadas da Índia e João Lourenço · Veja mais »

João Pereira

João Pedro Thomaz Pereira (São Paulo, março de 1905 —, 26 de junho de 1984 Acessado em 15 de fevereiro de 2017) foi um nadador brasileiro, que participou de uma edição dos Jogos Olímpicos pelo Brasil.

Novo!!: Armadas da Índia e João Pereira · Veja mais »

João Ribeiro Gaio

D.

Novo!!: Armadas da Índia e João Ribeiro Gaio · Veja mais »

João Rodrigues de Sá

* João Rodrigues de Sá, o das Galés (c.1350 - ?).

Novo!!: Armadas da Índia e João Rodrigues de Sá · Veja mais »

João Rodrigues Pereira

João Rodrigues Pereira (c. 1467 -?) foi um militar português.

Novo!!: Armadas da Índia e João Rodrigues Pereira · Veja mais »

João Serrão

João Serrão, referido em espanhol como Juan Serrano (Portugal - Cebu, 1521), foi um navegador português do século XVI que em 1519 navegou ao serviço da coroa espanhola na frota de Fernão de Magalhães, na primeira circum-navegação.

Novo!!: Armadas da Índia e João Serrão · Veja mais »

João Vicente da Fonseca

Frei João Vicente da Fonseca (ou Frei Vicente da Fonseca), O.P. (Olivença, c. 1530 - Oceano Atlântico, a sul de África, 1587), foi um religioso português, arcebispo de Goa.

Novo!!: Armadas da Índia e João Vicente da Fonseca · Veja mais »

Jorge Cabral

Jorge Cabral (1500 — ????) foi um militar português, o 15.º Governador da Índia Portuguesa, entre 1549 e 1550.

Novo!!: Armadas da Índia e Jorge Cabral · Veja mais »

Jorge da Silva

Jorge Orosmán da Silva Echeverrito (Montevidéu, 11 de dezembro de 1961) é um treinador e ex-futebolista uruguaio que atuava como atacante.

Novo!!: Armadas da Índia e Jorge da Silva · Veja mais »

Jorge de Almeida

Jorge de Almeida (1531 – Torres Novas, 20 de Março de 1585) foi arcebispo de Lisboa entre 1570 e 1585.

Novo!!: Armadas da Índia e Jorge de Almeida · Veja mais »

Jorge de Brito

Jorge Artur Rego de Brito ComIH • ComB (Sintra, Queluz, 7 de junho de 1927 — Lisboa, Prazeres, 1/2 de agosto de 2006), foi um empresário português.

Novo!!: Armadas da Índia e Jorge de Brito · Veja mais »

Jorge de Castro

Jorge de Castro (Rio de Janeiro, 25 de fevereiro de 1915) é um compositor brasileiro, com mais de cem músicas gravadas por diversos artistas, dos quais em sua maioria incorpora o estilo samba.

Novo!!: Armadas da Índia e Jorge de Castro · Veja mais »

Jorge de Lima

Jorge de Lima (União dos Palmares, 23 de abril de 1893 — Rio de Janeiro) foi um político, médico, poeta, romancista, biógrafo, ensaísta, tradutor e pintor brasileiro.

Novo!!: Armadas da Índia e Jorge de Lima · Veja mais »

Jorge de Mascarenhas

Jorge de Mascarenhas, 1º Conde de Castelo Novo e 1º marquês de Montalvão, foi um fidalgo e administrador colonial português.

Novo!!: Armadas da Índia e Jorge de Mascarenhas · Veja mais »

Jorge de Melo

Jorge de Melo (Lisboa, c. 1590 - depois de 1640) General das Galés de Portugal, embaixador a Catalunha e membro do Conselho de Guerra.

Novo!!: Armadas da Índia e Jorge de Melo · Veja mais »

Jorge de Mendonça

Jorge de Mendonça, ou Jorge de Mendonça Cação, capitão de Tânger, de Chaul, de Goa, e de Mazagão (?).

Novo!!: Armadas da Índia e Jorge de Mendonça · Veja mais »

Jorge de Meneses

Jorge de Meneses foi um navegador português que em 1526-27 aportou nas ilhas Biak e Waigeo, navegando ao longo da Península da Cabeça de Pássaro (na actual Indonesia), abrigando-se na região enquanto aguardava a passagem da época das monções.

Novo!!: Armadas da Índia e Jorge de Meneses · Veja mais »

Jorge Temudo

Dom Frei Jorge Temudo O.P. (Oleiros, Crato, ???? — Goa, 1571) foi um prelado português.

Novo!!: Armadas da Índia e Jorge Temudo · Veja mais »

José de Anchieta

São José de Anchieta SJ (San Cristóbal de La Laguna, — Reritiba) foi um padre jesuíta espanhol, santo da Igreja Católica e um dos fundadores da cidade brasileira de São Paulo.

Novo!!: Armadas da Índia e José de Anchieta · Veja mais »

KwaZulu-Natal

KwaZulu-Natal (frequentemente chamada de KZN; anteriormente chamada apenas de Natal) é uma província da África do Sul localizada na sua costa oriental, tendo como fronteiras: a norte, Moçambique, Suazilândia e a província de Mpumalanga; a oeste, o Lesoto e a província de Estado Livre; e, a sul, a província do Cabo Oriental.

Novo!!: Armadas da Índia e KwaZulu-Natal · Veja mais »

La Gomera

La Gomera ou, em português, Gomeira é uma das ilhas do arquipélago das Canárias, com 370 km² de área, a segunda mais pequena das ilhas principais daquele arquipélago.

Novo!!: Armadas da Índia e La Gomera · Veja mais »

La Palma

Bandeira de La Palma La Palma é uma ilha pertencente ao arquipélago das Ilhas Canárias, localizado no Oceano Atlântico.

Novo!!: Armadas da Índia e La Palma · Veja mais »

Lagos (Portugal)

Lagos é uma cidade portuguesa do Distrito de Faro, região e sub-região do Algarve, com cerca de habitantes.

Novo!!: Armadas da Índia e Lagos (Portugal) · Veja mais »

Lamego

Lamego é uma cidade portuguesa no Distrito de Viseu, Região Norte e sub-região do Douro, com cerca de habitantes (2011) sendo a segunda maior cidade do distrito.

Novo!!: Armadas da Índia e Lamego · Veja mais »

Lançarote de Lagos

Lançarote de Lagos, de nome verdadeiro Lançarote de Freitas, foi um navegador português do século XV.

Novo!!: Armadas da Índia e Lançarote de Lagos · Veja mais »

Laniidae

Laniidae é uma família de aves passeriformes, constituída pelas 26 espécies conhecidas de picanços, classificadas em 3 géneros.

Novo!!: Armadas da Índia e Laniidae · Veja mais »

Leonel de Lima

Leonel de Lima (–) foi o primeiro visconde do reino de Portugal, tendo recebido o título de Visconde de Vila Nova de Cerveira, durante o reinado de.

Novo!!: Armadas da Índia e Leonel de Lima · Veja mais »

Leonel de Sousa

Leonel de Sousa, foi um fidalgo natural do Algarve, que se notabilizou como segundo capitão-mor de Macau em 1558 (cargo equivalente ao de governador), após ter sido o responsável por um acordo com as autoridades locais de Cantão conhecido como o primeiro acordo Luso-Chinês de 1554, que permitiu a legalização das actividades comerciais portuguesas na China mediante o pagamento de impostos.

Novo!!: Armadas da Índia e Leonel de Sousa · Veja mais »

Lepra

Hanseníase, lepra, morfeia, mal de Hansen ou mal de Lázaro é uma doença infecciosa causada pelo bacilo Mycobacterium leprae (também conhecida como bacilo-de-hansen) que causa danos severos a nervos e à pele.

Novo!!: Armadas da Índia e Lepra · Veja mais »

Lisboa

Lisboa GCTE é a capital de Portugal e a cidade mais populosa do país.

Novo!!: Armadas da Índia e Lisboa · Veja mais »

Lista de governadores coloniais de Angola

Segue-se uma lista dos governadores portugueses em Angola.

Novo!!: Armadas da Índia e Lista de governadores coloniais de Angola · Veja mais »

Lista de governadores da Índia Portuguesa

Esta é uma lista dos governadores e vice-reis do Estado Português da Índia constituído seis anos após a descoberta do caminho marítimo para a Índia por Vasco da Gama.

Novo!!: Armadas da Índia e Lista de governadores da Índia Portuguesa · Veja mais »

Lista de governadores da Guiné Portuguesa

Segue-se uma lista dos governadores portugueses na Guiné Portuguesa (actual Guiné-Bissau).

Novo!!: Armadas da Índia e Lista de governadores da Guiné Portuguesa · Veja mais »

Lista de governadores de Cabo Verde

Segue-se uma lista dos governadores portugueses em Cabo Verde.

Novo!!: Armadas da Índia e Lista de governadores de Cabo Verde · Veja mais »

Lista de governadores de Macau

Esta é uma lista dos Capitães-mores (1557-1623) e Governadores (1623-1999) de Macau.

Novo!!: Armadas da Índia e Lista de governadores de Macau · Veja mais »

Lista de governadores do Brasil colonial

Esta é uma lista dos governadores e vice-reis do Brasil colonial.

Novo!!: Armadas da Índia e Lista de governadores do Brasil colonial · Veja mais »

Lista de governadores do Timor Português

Dominicanos, responsáveis em grande parte pela colonização de Timor. Estado Novo.https://www.facebook.com/545917885460268/photos/a.546423628743027.1073741833.545917885460268/794217790630275/?type.

Novo!!: Armadas da Índia e Lista de governadores do Timor Português · Veja mais »

Lista de territórios do Império Português por ordem alfabética

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e Lista de territórios do Império Português por ordem alfabética · Veja mais »

Lista dos bispos de Macau

Nesta lista estão, de ordem cronológica, mencionados todos os Bispos de Macau, desde a fundação da Diocese de Macau no ano de 1576 até agora.

Novo!!: Armadas da Índia e Lista dos bispos de Macau · Veja mais »

Lista dos governadores das províncias de Moçambique

Esta é uma lista dos actuais governadores das onze províncias de Moçambique.

Novo!!: Armadas da Índia e Lista dos governadores das províncias de Moçambique · Veja mais »

Livro das Armadas

Nau de Pedro Álvares Cabral conforme retratada no '''Livro das Armadas''', atualmente na Academia das Ciências de Lisboa. Livro das Armadas é um códice anónimo pertencente à Academia das Ciências de Lisboa.

Novo!!: Armadas da Índia e Livro das Armadas · Veja mais »

Livro de Lisuarte de Abreu

Códice com a relação ilustrada das armadas da Índia, desde Vasco da Gama, em 1497 até a do capitão-mor D. Jorge de Sousa, no ano de 1563.

Novo!!: Armadas da Índia e Livro de Lisuarte de Abreu · Veja mais »

Lobo

Lobo-cinzento (nome científico:Canis lupus) é uma espécie de mamífero canídeo do gênero Canis.

Novo!!: Armadas da Índia e Lobo · Veja mais »

Lobo-marinho

Os lobos-marinhos são mamíferos pinípedes pertencentes à subfamília Arctocephalinae da família Otariidae.

Novo!!: Armadas da Índia e Lobo-marinho · Veja mais »

Lopo de Almeida

Lopo de Almeida (1416 - 1486) foi 1.º conde de Abrantes, agraciado com o título no dia 13 de Junho de 1476, em Miranda do Douro, pelo rei D. Afonso V pelos serviços prestados ao reino e ao monarca.

Novo!!: Armadas da Índia e Lopo de Almeida · Veja mais »

Lopo de Sousa

Lopo de Sousa foi um fidalgo e militar português, 3.º donatário da Capitania de São Vicente.

Novo!!: Armadas da Índia e Lopo de Sousa · Veja mais »

Lopo Soares de Albergaria

Lopo Soares de Albergaria (Lisboa, c. 1460 — Torres Vedras, c. 1520) ou Lopo Soares de Alvarenga, como mais usualmente é apelidadoPe.

Novo!!: Armadas da Índia e Lopo Soares de Albergaria · Veja mais »

Lopo Vaz de Sampaio

Lopo Vaz de Sampaio (Carrazeda de Ansiães, c. 1480 — Lisboa, 1534), foi o 6º governador da Índia, de 1526 a 1529.

Novo!!: Armadas da Índia e Lopo Vaz de Sampaio · Veja mais »

Lourenço da Veiga

Diogo Lourenço da Veiga (ca. — São Salvador da Bahia) foi um administrador colonial português, governador-geral do Brasil entre 1578 e a sua morte.

Novo!!: Armadas da Índia e Lourenço da Veiga · Veja mais »

Lourenço de Almeida (capitão-mor)

D.

Novo!!: Armadas da Índia e Lourenço de Almeida (capitão-mor) · Veja mais »

Lourenço Lopes

Lourenço Lopes foi um administrador colonial português que exerceu o cargo de Governador no antigo território português subordinado à Índia Portuguesa de Timor-Leste entre 1705 e 1706, tendo sido antecedido por António Coelho Guerreiro e sucedido por Manuel Ferreira de Almeida, no seu 1.º mandato.

Novo!!: Armadas da Índia e Lourenço Lopes · Veja mais »

Lourenço Peixoto Cirne

Lourenço Peixoto Cirne, fidalgo da Casa Real, cavaleiro da Ordem de Cristo, familiar do Santo Ofício, capitão-mor do "cavo do navios" da Índia, governador de Rio Grande, morgado da Caparica e da Costa do Castelo, cuja sede era o Palácio da Costa, em Lisboal.

Novo!!: Armadas da Índia e Lourenço Peixoto Cirne · Veja mais »

Lourenço Pires de Távora

Lourenço Pires de Távora (Almada, c. 1500 - Caparica (Almada) em 15 de novembro de 1573), "morgado da Caparica", foi um diplomata português, e capitão de Tânger.

Novo!!: Armadas da Índia e Lourenço Pires de Távora · Veja mais »

Luís Coutinho

Luís Coutinho (c. 1400 - Lisboa, Abril de 1453) foi um prelado português.

Novo!!: Armadas da Índia e Luís Coutinho · Veja mais »

Luís de Albuquerque

Luís Guilherme Mendonça de Albuquerque, mais conhecido como Luís de Albuquerque GCSE • GOIH (Lisboa, 6 de Março de 1917 — Lisboa, 22 de Janeiro de 1992) foi um professor universitário de matemática e de engenharia geográfica, e um historiador dos descobrimentos portugueses.

Novo!!: Armadas da Índia e Luís de Albuquerque · Veja mais »

Luís de Ataíde

D.

Novo!!: Armadas da Índia e Luís de Ataíde · Veja mais »

Luís de Brito e Meneses

Frei Luís de Brito e Meneses, OSA (cerca de 1570 — Cochim, 29 de julho de 1629) foi um religioso português.

Novo!!: Armadas da Índia e Luís de Brito e Meneses · Veja mais »

Luís de Camões

Luís Vaz de Camões (Lisboa,, — Lisboa, ou 1580) foi um poeta nacional de Portugal, considerado uma das maiores figuras da literatura lusófona e um dos grandes poetas da tradição ocidental.

Novo!!: Armadas da Índia e Luís de Camões · Veja mais »

Luís de Mendonça Furtado e Albuquerque

Dom Luís de Mendonça Furtado e Albuquerque, 1.º Conde do Lavradio (Barreiro, Lavradio, — Lisboa) foi um nobre e militar português.

Novo!!: Armadas da Índia e Luís de Mendonça Furtado e Albuquerque · Veja mais »

Luís de Sousa

;Pessoas.

Novo!!: Armadas da Índia e Luís de Sousa · Veja mais »

Luís Falcão

Luís Falcão foi professor de escrita para cinema na Escola Superior de Teatro e Cinema em Lisboa, onde se licenciou em argumento cinematográfico, no ano de 2001.

Novo!!: Armadas da Índia e Luís Falcão · Veja mais »

Luís Figueira

Luís Figueira (1574 ou 1576, Almodôvar, Portugal - outubro de 1643, Ilha de Marajó (na época chamada de Ilha de Joanes), Brasil colônia), foi um padre jesuíta de destacada atuação no Brasil colonial.

Novo!!: Armadas da Índia e Luís Figueira · Veja mais »

Luís Martins de Sousa Chichorro

D. Luís Martins de Sousa Chichorro foi um administrador colonial português que exerceu o cargo de Capitão-General na Capitania-Geral do Reino de Angola entre outubro 1654 e 18 de abril de 1658, tendo sido antecedido por Bartolomeu de Vasconcelos da Cunha e sucedido por João Fernandes Vieira.

Novo!!: Armadas da Índia e Luís Martins de Sousa Chichorro · Veja mais »

Luís Mendes de Vasconcelos

Luís Mendes de Vasconcelos Luís Mendes de Vasconcelos (Lisboa, c. 1542/1543 ou 1550 – Ilha de Malta, 7 de março de 1623 ou c. 1630) foi um militar, escritor e político português que viveu na segunda metade do século XVI e primeira metade do século XVII.

Novo!!: Armadas da Índia e Luís Mendes de Vasconcelos · Veja mais »

Luís Pires

Luís Pires ou Luís Peres (14?? - 1500) foi um navegador português.

Novo!!: Armadas da Índia e Luís Pires · Veja mais »

Luis Fajardo

Luis Alfonso "El Bendito" Fajardo Posada (Medellín, 18 de junho de 1963) é um ex-futebolista profissional colombiano, que atuava como defensor.

Novo!!: Armadas da Índia e Luis Fajardo · Veja mais »

Madagáscar

, oficialmente República de Madagáscar/Madagascar (malgaxe: Repoblikan'i Madagasikara; francês: République de Madagascar), anteriormente conhecida como República Malgaxe, é um país insular no Oceano Índico, que ocupa a maior ilha do continente africano, situada ao largo da costa sudeste da África.

Novo!!: Armadas da Índia e Madagáscar · Veja mais »

Madeira

A madeira é um material produzido a partir do tecido formado pelas plantas lenhosas com funções de sustentação mecânica.

Novo!!: Armadas da Índia e Madeira · Veja mais »

Madrid

Madrid ou Madri (apenas em português brasileiro) (Madrid) é a capital e a maior cidade da Espanha.

Novo!!: Armadas da Índia e Madrid · Veja mais »

Malaca

Malaca (em malaio, Melaka) é o terceiro menor estado da Malásia.

Novo!!: Armadas da Índia e Malaca · Veja mais »

Maldivas

A República das Maldivas (ދިވެހިރާއްޖޭގެ ޖުމްހޫރިއްޔާ, transl. Dhivehi Raajjeyge Jumhooriyya) é um pequeno país insular situado no Oceano Índico ao sudoeste do Sri Lanka e da Índia, ao sul do continente asiático, constituído por 1.196 ilhas, das quais 203 são habitadas, localizadas a cerca de 450 km ao sul da península do Decão.

Novo!!: Armadas da Índia e Maldivas · Veja mais »

Manilha

A manilha é uma peça em aço forjado ou outra liga metálica para unir ou fixar cabos.

Novo!!: Armadas da Índia e Manilha · Veja mais »

Manobra

Manobra pode referir-se a.

Novo!!: Armadas da Índia e Manobra · Veja mais »

Manuel da Cunha

Manuel da Cunha (Rio de Janeiro, 1737 — 27 de abril de 1809) foi um pintor colonial brasileiro.

Novo!!: Armadas da Índia e Manuel da Cunha · Veja mais »

Manuel da Nóbrega

Manuel da Nóbrega (Sanfins do Douro, Alijó, — Rio de Janeiro) foi um sacerdote jesuíta português, chefe da primeira missão jesuítica à América.

Novo!!: Armadas da Índia e Manuel da Nóbrega · Veja mais »

Manuel de Brito

Manuel de Brito (1928, Rio de Janeiro – 29 de novembro de 2005, Lisboa), foi um dos primeiros e maiores galeristas e livreiros portugueses do século XX.

Novo!!: Armadas da Índia e Manuel de Brito · Veja mais »

Manuel de Faria e Sousa

Manuel de Faria e Sousa (Felgueiras, Pombeiro de Ribavizela, 18 de março de 1590 — Madrid, 3 de junho de 1649) foi um fidalgo, humanista, escritor, poeta, critico, historiador, filólogo e moralista português.

Novo!!: Armadas da Índia e Manuel de Faria e Sousa · Veja mais »

Manuel de Lima

Fr.

Novo!!: Armadas da Índia e Manuel de Lima · Veja mais »

Manuel de Macedo

Manuel de Macedo pode referir-se a.

Novo!!: Armadas da Índia e Manuel de Macedo · Veja mais »

Manuel de Meneses (cronista-mor)

Manuel de Meneses (Campo Maior, c. 1565 - Lisboa, 18 de Julho de 1628) foi um general da Armada Real, cronista-mor e cosmógrafo-mor de Portugal.

Novo!!: Armadas da Índia e Manuel de Meneses (cronista-mor) · Veja mais »

Manuel de Mesquita

Manuel de Mesquita (Santa Cruz da Graciosa, 17 de Janeiro de 1879 — Angra do Heroísmo, 22 de Março de 1944) foi um militar do Exército Português, no qual atingiu o posto de tenente-coronel, e político que, entre outras funções político-militares, foi administrador do concelho de Angra do Heroísmo e por duas vezes governador civil do Distrito Autónomo de Angra do Heroísmo (de 26 de Dezembro de 1923 a 29 de Junho de 1924; e de 19 de Fevereiro de 1928 e 9 de Junho de 1931).

Novo!!: Armadas da Índia e Manuel de Mesquita · Veja mais »

Manuel de Sousa

Manuel de Sousa (1470 ? - 18 de julho de 1549) foi um arcebispo português, arcebispo de Braga.

Novo!!: Armadas da Índia e Manuel de Sousa · Veja mais »

Manuel de Sousa Coutinho, governador da Índia

Manuel de Sousa Coutinho (1540 — 1591) foi um militar português, o 31.º Governador da Índia.

Novo!!: Armadas da Índia e Manuel de Sousa Coutinho, governador da Índia · Veja mais »

Manuel I de Portugal

Manuel I (Alcochete, – Lisboa), apelidado de "o Afortunado","O Venturoso" e "o Bem-Aventurado", foi o Rei de Portugal e Algarves de 1495 até à sua morte.

Novo!!: Armadas da Índia e Manuel I de Portugal · Veja mais »

Manuel Mascarenhas Homem (vice-rei da Índia)

Manuel Mascarenhas Homem (cerca de 1600 — Goa) foi um administrador colonial português.

Novo!!: Armadas da Índia e Manuel Mascarenhas Homem (vice-rei da Índia) · Veja mais »

Manuel Pereira

Manuel Pereira é um político português.

Novo!!: Armadas da Índia e Manuel Pereira · Veja mais »

Manuel Pereira Coutinho

Manuel Pereira Coutinho foi um administrador colonial português que exerceu o cargo de Capitão-General na Capitania-Geral do Reino de Angola entre 4 de Setembro de 1630 e 1635, tendo sido antecedido por D. Fernão de Sousa e sucedido por Francisco de Vasconcelos da Cunha.

Novo!!: Armadas da Índia e Manuel Pereira Coutinho · Veja mais »

Manuel Teles Barreto

Manuel Teles Barreto (cerca de 1520 - 1588) foi um administrador colonial português, governador-geral do Brasil entre 1582 e 1587.

Novo!!: Armadas da Índia e Manuel Teles Barreto · Veja mais »

Mar Vermelho

O mar Vermelho (árabe:Bahr el-Ahmar, hebraico Yam Suf ou Hayam Haadóm) é um golfo do oceano Índico entre a África e a Ásia.

Novo!!: Armadas da Índia e Mar Vermelho · Veja mais »

Marcos

*São Marcos - evangelista, discípulo de São Pedro e de Paulo de Tarso.

Novo!!: Armadas da Índia e Marcos · Veja mais »

Marechal de Portugal

O cargo de Marechal de Portugal ou Marechal do Reino foi criado pelo Rei D. Fernando I em 1382, na sequência da reorganização do alto comando dos exércitos.

Novo!!: Armadas da Índia e Marechal de Portugal · Veja mais »

Marinheiro

Um marinheiro é, em sentido lato, uma pessoa que opera embarcações ou assiste à sua operação, manutenção ou serviço.

Novo!!: Armadas da Índia e Marinheiro · Veja mais »

Marrocos

Marrocos (al-Maġrib; Amerruk / Murakuc; Maroc), oficialmente Reino de Marrocos (al-Mamlakah al-Maġribiyya; Tageldit n Umerruk; Royaume du Maroc) é um país soberano localizado na região do Magrebe, no norte da África.

Novo!!: Armadas da Índia e Marrocos · Veja mais »

Martim Afonso de Castro

D.

Novo!!: Armadas da Índia e Martim Afonso de Castro · Veja mais »

Martim Afonso de Melo

Martim Afonso de Melo foi um Cavaleiro medieval e Rico-homem do Reino de Portugal, o 4.º Senhor de Melo, tendo vivido entre os séculos XIII e XIV.

Novo!!: Armadas da Índia e Martim Afonso de Melo · Veja mais »

Martim Afonso de Melo Coutinho

Martim Afonso de Melo Coutinho, ou apenas Martim Afonso de Melo (c. 1480 - antes de 1523), fidalgo da Casa Real, membro do Conselho Régio, Capitão de MazagãoTeresa Lacerda: Os Capitães das Armadas da Índia no reinado de D. Manuel I – uma análise social.

Novo!!: Armadas da Índia e Martim Afonso de Melo Coutinho · Veja mais »

Martim Afonso de Sousa

Martim Afonso de Sousa (Vila Viçosa, ca. 1490/1500 — Lisboa, 21 de julho de 1564) foi um nobre, militar e administrador colonial português.

Novo!!: Armadas da Índia e Martim Afonso de Sousa · Veja mais »

Martim de Freitas

Martim Esteves de Freitas, mais conhecido por Martim de Freitas (c. 1215 - a. 1293), foi um nobre e militar português.

Novo!!: Armadas da Índia e Martim de Freitas · Veja mais »

Mascate

Mascate (Masqaṭ), no golfo de Omã, é a capital e maior cidade do Sultanato de Omã.

Novo!!: Armadas da Índia e Mascate · Veja mais »

Mateus de Medina

Dom Frei Mateus de Medina O. Carm. (???? - Goa, 29 de julho de 1593) foi um prelado português, bispo de Cochim, foi transferido para Goa em 1588, como arcebispo, e demitiu-se em 1592.

Novo!!: Armadas da Índia e Mateus de Medina · Veja mais »

Matias de Albuquerque

* Matias de Albuquerque, 15.º vice-rei da Índia (1547-1609) — 32.º Governador da Índia e o 15.º vice-rei da Índia, entre 1591 e 1597.

Novo!!: Armadas da Índia e Matias de Albuquerque · Veja mais »

Matias de Albuquerque, 15.º vice-rei da Índia

Dom Matias de Albuquerque (1547 — 1609) foi um militar português, o 32.º Governador da Índia e o 15.º vice-rei da Índia, sendo descendente de Afonso de Albuquerque.

Novo!!: Armadas da Índia e Matias de Albuquerque, 15.º vice-rei da Índia · Veja mais »

Málaga

Málaga é uma cidade da Andaluzia, na Espanha.

Novo!!: Armadas da Índia e Málaga · Veja mais »

Meca

Meca (Makka; por inteiro: lit.) é uma cidade da Arábia Saudita considerada a mais sagrada no mundo para os muçulmanos, situada na província homônima.

Novo!!: Armadas da Índia e Meca · Veja mais »

Meirinho

Meirinho era como se descrevia o oficial de justiça durante a Idade Média portuguesa.

Novo!!: Armadas da Índia e Meirinho · Veja mais »

Melinde

Melinde (Malindi em suaíle) é uma cidade do Quénia, na costa do Índico, a norte de Mombaça.

Novo!!: Armadas da Índia e Melinde · Veja mais »

Mem de Sá

Mem de Sá (Coimbra, — Salvador) foi um fidalgo e administrador colonial português.

Novo!!: Armadas da Índia e Mem de Sá · Veja mais »

Mestre

Mestre (substantivo: unissex) (do Latim Magister ) é um título universitário de segundo ciclo concedido por universidades após a conclusão de um cliclo de estudo que demonstre uma visão geral de um campo específico de estudo na ciência. Um mestrado normalmente requer estudo prévio no nível da graduação, seja como grau separado ou como parte de um curso integrado. Dentro da área estudada, espera-se que os mestres possuam conhecimento avançado de uma base especializada de tópicos teóricos e aplicados; habilidades de alta ordem e análise , avaliação crítica e aplicação profissional; e a capacidade de resolver problemas complexos pensando de forma rigorosa e independente.

Novo!!: Armadas da Índia e Mestre · Veja mais »

Miguel de Arruda

Miguel de Arruda (data de nascimento desconhecida — 1563), foi um arquiteto e engenheiro militar português.

Novo!!: Armadas da Índia e Miguel de Arruda · Veja mais »

Miguel de Noronha, 4.º Conde de Linhares

Dom Miguel de Noronha, 4.º Conde de Linhares (1585 — Madri, 1647) foi um nobre e militar português.

Novo!!: Armadas da Índia e Miguel de Noronha, 4.º Conde de Linhares · Veja mais »

Moçambique

Moçambique, oficialmente designado como República de Moçambique, é um país localizado no sudeste do Continente Africano, banhado pelo Oceano Índico a leste e que faz fronteira com a Tanzânia ao norte; Malawi e Zâmbia a noroeste; Zimbabwe a oeste e Suazilândia e África do Sul a sudoeste.

Novo!!: Armadas da Índia e Moçambique · Veja mais »

Molucas

*Ilhas Molucas - um arquipélago da Insulíndia que faz parte da Indonésia.

Novo!!: Armadas da Índia e Molucas · Veja mais »

Mombaça

;Localidades.

Novo!!: Armadas da Índia e Mombaça · Veja mais »

Mombaça (Quênia)

Mombaça, chamada ainda Mombasa ou Mombassa (Mombasa em suaíle e inglês), é uma cidade queniana e capital da província da Costa.

Novo!!: Armadas da Índia e Mombaça (Quênia) · Veja mais »

Monção

Céu nublado durante a monção nas montanhas de Vindhya, Índia central. esverdiado designam as regiões de monções. Regiões com clima do tipo ''Am''. Monção (do árabe: موسم, estação) é a designação dada aos ventos sazonais, em geral associados à alternância entre a estação das chuvas e a estação seca, que ocorrem em grandes áreas das regiões costeiras tropicais e subtropicais.

Novo!!: Armadas da Índia e Monção · Veja mais »

Monumento aos Descobrimentos

O Padrão dos Descobrimentos (ou Monumento aos Descobrimentos; ou Monumento aos Navegantes) localiza-se na freguesia de Belém, na cidade e Distrito de Lisboa, em Portugal.

Novo!!: Armadas da Índia e Monumento aos Descobrimentos · Veja mais »

Mormugão

O navio ''USS Boxer'' no porto de Mormugão Quebra mar do porto de Mormugão Vagões de minério de ferro a caminho do Porto de Mormugão Mormugão, hoje oficialmente denominada Marmagao, é uma cidade portuária com 97 085 habitantes (2001), sede da municipalidade do mesmo nome, sita no Distrito de Goa Sul, Estado de Goa, União Indiana.

Novo!!: Armadas da Índia e Mormugão · Veja mais »

Murça

Murça é uma vila portuguesa pertencente ao Distrito de Vila Real, à Região Norte, à sub-região do Douro e à antiga província de Trás-os-Montes e Alto Douro, com 2 136 habitantes (2011).

Novo!!: Armadas da Índia e Murça · Veja mais »

NAR

* NAR - sigla do Nuclei Armati Rivoluzionari.

Novo!!: Armadas da Índia e NAR · Veja mais »

Natal

Natal ou Dia de Natal é um feriado e festival religioso cristão comemorado anualmente em 25 de dezembro (nos países eslavos e ortodoxos, cujos calendários eram baseados no calendário juliano, o Natal é comemorado no dia 7 de janeiro).

Novo!!: Armadas da Índia e Natal · Veja mais »

Nau

Santa Maria'', o maior dos navios comandados por Cristóvão Colombo em 1492, no porto do Funchal Nau é denominação genérica dada a navios de grande porte com capacidade de 200 pessoas, até o usados em viagens de grande percurso.

Novo!!: Armadas da Índia e Nau · Veja mais »

Nicolau Coelho

Nicolau Coelho (Felgueiras, ca. — ao largo de Moçambique) foi um navegador português que participou em célebres navegações.

Novo!!: Armadas da Índia e Nicolau Coelho · Veja mais »

Nova Iorque

Nova Iorque ou Nova York (New York), é a cidade mais populosa dos Estados Unidos e o centro da Região Metropolitana de Nova Iorque, uma das áreas metropolitanas mais populosas do mundo.

Novo!!: Armadas da Índia e Nova Iorque · Veja mais »

Nuno Álvares Botelho

Nuno Álvares Botelho (Aldeia Galega do Ribatejo, 1590 - Samatra, 5 de Maio de 1631) foi um nobre português, considerado como o último grande capitão da Índia Portuguesa.

Novo!!: Armadas da Índia e Nuno Álvares Botelho · Veja mais »

Nuno da Cunha

Nuno da Cunha (1487 — 1539), 2.º Senhor de Gestaçô e de Panóias, foi 9.º governador da Índia.

Novo!!: Armadas da Índia e Nuno da Cunha · Veja mais »

Nuno de Mendonça

D.

Novo!!: Armadas da Índia e Nuno de Mendonça · Veja mais »

Nuno Leitão da Cunha

Nuno Leitão da Cunha foi um dos integrantes da frota portuguesa que participou do descobrimento do Brasil.

Novo!!: Armadas da Índia e Nuno Leitão da Cunha · Veja mais »

Nuno Tristão

Nuno Tristão (? – costa de África, 1446?) foi um navegador português do século XV, explorador e mercador de escravos na costa ocidental africana.

Novo!!: Armadas da Índia e Nuno Tristão · Veja mais »

Ordem de Cristo

A Ordem de Nosso Senhor Jesus Cristo originalmente era uma ordem religiosa e militar, criada a 14 de março de 1319 pela bula pontifícia Ad ea ex-quibus do Papa João XXII, que, deste modo, atendia aos pedidos do rei Dom Dinis.

Novo!!: Armadas da Índia e Ordem de Cristo · Veja mais »

Ordem de Santo Agostinho

A Ordem de Santo Agostinho (em latim Ordo Sancti Augustini, OSA) é uma ordem religiosa católica de frades mendicantes que seguem a linha de pensamento de Santo Agostinho.

Novo!!: Armadas da Índia e Ordem de Santo Agostinho · Veja mais »

Ordem dos Frades Menores

A Ordem dos Frades Menores (em latim Ordo Fratrum Minorum, O.F.M.), também conhecida por Ordem de São Francisco, por Ordem dos Franciscanos ou Ordem Franciscana, é a ordem religiosa fundada por São Francisco de Assis.

Novo!!: Armadas da Índia e Ordem dos Frades Menores · Veja mais »

Ordem dos Pregadores

A Ordem dos Pregadores (latim: Ordo Prædicatorum, O. P.), também conhecida por Ordem de São Domingos ou Ordem Dominicana, é uma ordem religiosa católica que tem como objectivo a pregação da palavra e mensagem de Jesus Cristo e a conversão ao cristianismo.

Novo!!: Armadas da Índia e Ordem dos Pregadores · Veja mais »

Ormuz

Ormuz foi uma antiga cidade na ilha e estreito do mesmo nome, à entrada do Golfo Pérsico.

Novo!!: Armadas da Índia e Ormuz · Veja mais »

Os Lusíadas

Os Lusíadas é uma obra de poesia épica do escritor português Luís Vaz de Camões, considerada a "epopeia portuguesa por excelência".

Novo!!: Armadas da Índia e Os Lusíadas · Veja mais »

Ouvidor

Ouvidor (do latim audītor,ōris, 'aquele que ouve, auditor') era a designação dos magistrados que superintendiam na justiça das terras senhoriais, em Portugal.

Novo!!: Armadas da Índia e Ouvidor · Veja mais »

Paço de Arcos

Paço de Arcos ou Paço d'Arcos é uma localidade da freguesia de Oeiras e São Julião da Barra, Paço de Arcos e Caxias, do concelho de Oeiras.

Novo!!: Armadas da Índia e Paço de Arcos · Veja mais »

Países Baixos

Os Países Baixos (literalmente "país baixo"), também conhecidos como Holanda (ver abaixo), são uma nação constituinte do Reino dos Países Baixos localizada na Europa ocidental.

Novo!!: Armadas da Índia e Países Baixos · Veja mais »

Padrão

Um padrão, além do uso do termo para significar template, é uma discernível regularidade no mundo ou em um design feito pelo homem.

Novo!!: Armadas da Índia e Padrão · Veja mais »

Palavras japonesas de origem portuguesa

A existência de numerosas palavras japonesas de origem portuguesa resulta da chegada ao Japão dos portugueses em 1542-1543, sendo os primeiros europeus a aportar e a estabelecer um fluxo contínuo e direto de comércio entre o Japão e a Europa.

Novo!!: Armadas da Índia e Palavras japonesas de origem portuguesa · Veja mais »

Palma

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e Palma · Veja mais »

Papa

Papa (possivelmente provém do latim "Papa", do grego πάππας, Pappas uma palavra carinhosa para pai) é o Bispo de Roma, e como tal, é o líder mundial da Igreja Católica Apostólica Romana.

Novo!!: Armadas da Índia e Papa · Veja mais »

Papa Leão X

Leão X, nascido João de Lourenço de Médici (de Medici); (Florença, 11 de dezembro de 1475 – Roma, 1 de dezembro de 1521) foi papa de 1513 até sua morte.

Novo!!: Armadas da Índia e Papa Leão X · Veja mais »

Patacho

Patacho é um barco à vela de dois mastros, tendo na proa uma vela redonda e na popa uma do tipo latina.

Novo!!: Armadas da Índia e Patacho · Veja mais »

Paulo da Gama

Paulo da Gama (Olivença, c. 1465 - Angra, Junho de 1499), irmão mais velho de Vasco da Gama, comandou a nau São Rafael quando acompanhava o seu mais novo irmão na descoberta do caminho marítimo para a Índia, mas veio a morrer no fim da viagem de regresso e foi sepultado na ilha Terceira, nos Açores, na Igreja de Nossa Senhora da Guia do Convento de São Francisco de Angra.

Novo!!: Armadas da Índia e Paulo da Gama · Veja mais »

Paulo Dias de Novais

Paulo Dias de Novais, 1.º Governador e Capitão-General de Angola. Paulo Dias de Novais (c. 1510 – Massangano, 9 de Maio de 1589) foi um fidalgo e explorador português.

Novo!!: Armadas da Índia e Paulo Dias de Novais · Veja mais »

Pátria

Pátria (do latim "patriota", terra paterna) indica a terra natal ou adotiva de um ser humano, que se sente ligado por vínculos afetivos, culturais, valores e história.

Novo!!: Armadas da Índia e Pátria · Veja mais »

Pérsia

maiores de todos os impérios da história Pérsia (Persia; em Persís) é o nome metonímico pelo qual os gregos da Antiguidade designavam o território governado pelos reis aquemênidas, cuja dinastia (550–) marcou o apogeu do império, que, graças às conquistas territoriais empreendidas por e, tornara-se o maior império do mundo conhecido.

Novo!!: Armadas da Índia e Pérsia · Veja mais »

Pêro da Covilhã

Pero da Covilhã, frequentemente referido como Pêro da Covilhã (Covilhã, 1450? — Etiópia, 1530?) foi um diplomata e explorador português.

Novo!!: Armadas da Índia e Pêro da Covilhã · Veja mais »

Pêro de Alenquer

Pêro de Alenquer (século XV) foi um piloto náutico português.

Novo!!: Armadas da Índia e Pêro de Alenquer · Veja mais »

Pêro Escobar

Pedro Escobar, também conhecido como Pêro Escobar, foi um navegador português do século XV.

Novo!!: Armadas da Índia e Pêro Escobar · Veja mais »

Pedro Álvares Cabral

Pedro Álvares Cabral (Belmonte, 1467 ou 1468 – Santarém, 1520) foi um fidalgo, comandante militar, navegador e explorador português, creditado como o descobridor do Brasil.

Novo!!: Armadas da Índia e Pedro Álvares Cabral · Veja mais »

Pedro Botelho

Estação ferroviária, Cais do Sodré Pedro Viana Botelho (n. Lisboa, 20 de Dezembro de 1948) é um arquitecto português.

Novo!!: Armadas da Índia e Pedro Botelho · Veja mais »

Pedro da Fonseca

* Pedro da Fonseca (cardeal).

Novo!!: Armadas da Índia e Pedro da Fonseca · Veja mais »

Pedro da Silva, 1.º Conde de São Lourenço

Pedro da Silva, 1.º conde de São Lourenço (— ?), foi um administrador colonial português, governador-geral do Brasil.

Novo!!: Armadas da Índia e Pedro da Silva, 1.º Conde de São Lourenço · Veja mais »

Pedro de Oliveira

Pedro de Oliveira (2 de junho de 1823, Porto - 20 de setembro de 1883), aliás Pedro d’Oliveira como se escrevia na época, filho de António de Oliveira e de Rita de Jesus do Espírito Santo.

Novo!!: Armadas da Índia e Pedro de Oliveira · Veja mais »

Pedro de Portugal, 1.º Duque de Coimbra

Pedro, infante de Portugal, 1º Duque de Coimbra, (* 9 de dezembro de 1392 – † 20 de maio de 1449) foi um príncipe da dinastia de Avis, filho do rei João I e de Filipa de Lencastre.

Novo!!: Armadas da Índia e Pedro de Portugal, 1.º Duque de Coimbra · Veja mais »

Pedro de Sintra

Pedro de Sintra ou Pêro de Sintra (Lagos -) foi um navegador português.

Novo!!: Armadas da Índia e Pedro de Sintra · Veja mais »

Pedro Dias

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e Pedro Dias · Veja mais »

Pedro Eanes

Pedro Eanes Francês ou Pedro Álvares Francês (século XV e XVI) foi um capitão da Carreira da Índia, comandando naus em 1514 e em 1520.

Novo!!: Armadas da Índia e Pedro Eanes · Veja mais »

Pedro II de Portugal

Pedro II (Lisboa, – Alcântara), apelidado de "o Pacífico", foi o Rei de Portugal e Algarves de 1683 até sua morte, anteriormente servindo como regente de seu irmão o rei Afonso VI a partir de 1668 até sua ascensão ao trono.

Novo!!: Armadas da Índia e Pedro II de Portugal · Veja mais »

Pedro Leitão

Dom Pedro Leitão (Beja, 1519 - Salvador, outubro de 1573) foi um prelado português, o segundo bispo de São Salvador da Bahia de Todos os Santos.

Novo!!: Armadas da Índia e Pedro Leitão · Veja mais »

Pedro Lourenço

Pedro Lourenço é um estilista brasileiro.

Novo!!: Armadas da Índia e Pedro Lourenço · Veja mais »

Pedro Mascarenhas (1670-1745)

Pedro Mascarenhas (9 de Novembro de 1670 — Lisboa, 3 de Agosto de 1745), 1º Conde de Sandomil, Vice-rei da Índia; comendador das comendas de Santa Eugénia de Ala, dos Dízimos do Paul de São Vicente de Fornelos, no arcebispado de Braga, da Ordem de Cristo, e dos Fornos dos testos da Praça de Setúbal, na ordem de São Tiago, etc.

Novo!!: Armadas da Índia e Pedro Mascarenhas (1670-1745) · Veja mais »

Pedro Mascarenhas (c. 1484-1555)

D.

Novo!!: Armadas da Índia e Pedro Mascarenhas (c. 1484-1555) · Veja mais »

Pedro Nunes

Pedro Nunes (Alcácer do Sal, — Coimbra), com o nome latinizado Petrus Nonius, foi um matemático português que ocupou o cargo de cosmógrafo-mor para o Reino de Portugal.

Novo!!: Armadas da Índia e Pedro Nunes · Veja mais »

Pedro Velho

Pedro Velho é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Norte, localizado na microrregião do litoral sul.

Novo!!: Armadas da Índia e Pedro Velho · Veja mais »

Pegu

Pegu, que os Birmaneses escrevem Bago (ပဲခူးတုိင္‌း) desde 1989, é uma cidade da Birmânia e a capital da divisão do mesmo nome.

Novo!!: Armadas da Índia e Pegu · Veja mais »

Peniche

Peniche é uma cidade portuguesa do distrito de Leiria, situada na província da Estremadura e integrando a Comunidade Intermunicipal do Oeste na região do Centro, com 8 749 habitantes (2016).

Novo!!: Armadas da Índia e Peniche · Veja mais »

Período Nanban

O Comércio Nanban (japonês:南蛮貿易, nanban-bōeki, "Comércio com os bárbaros do Sul") ou Período do Comércio Nanban (japonês: 南蛮貿易時代, nanban-bōeki-jidai, "Período do comércio com bárbaros do Sul") na história do Japão compreende o período que vai da chegada dos primeiros europeus, oriundos de Portugal, em 1543, até sua exclusão quase total do arquipélago entre 1637 e 1641, com a promulgação do "Sakoku" - o Édito de Exclusão.

Novo!!: Armadas da Índia e Período Nanban · Veja mais »

Pernambuco

Pernambuco é uma das 27 unidades federativas do Brasil.

Novo!!: Armadas da Índia e Pernambuco · Veja mais »

Pero da Silva

Pedro da Silva (cerca de 1580 — Goa, 24 de junho de 1639) foi um administrador colonial português.

Novo!!: Armadas da Índia e Pero da Silva · Veja mais »

Pero de Ataíde

D.

Novo!!: Armadas da Índia e Pero de Ataíde · Veja mais »

Pero Lopes de Sousa

Pero Lopes de Sousa (Lisboa, 1497 — Madagascar, 1539) foi um fidalgo português, navegador e militar.

Novo!!: Armadas da Índia e Pero Lopes de Sousa · Veja mais »

Pero Vaz de Caminha

Pero Vaz de Caminha (Porto, 1450 — Calecute, 15 de Dezembro de 1500), às vezes popularmente chamado de Pedro Vaz de Caminha, foi um fidalgo português que se notabilizou nas funções de escrivão da armada de Pedro Álvares Cabral.

Novo!!: Armadas da Índia e Pero Vaz de Caminha · Veja mais »

Peros Banhos

290px Peros Banhos é um atol do noroeste do arquipélago de Chagos, e que faz parte do Território Britânico do Oceano Índico.

Novo!!: Armadas da Índia e Peros Banhos · Veja mais »

Piloto (náutica)

Um piloto é, em sentido lato, um oficial da marinha mercante, responsável pela navegação de uma embarcação.

Novo!!: Armadas da Índia e Piloto (náutica) · Veja mais »

Porto

Porto OTE é a segunda cidade e o quarto município mais populoso de Portugal, situada no noroeste do país e capital da Área Metropolitana do Porto (NUTS III e área metropolitana), da região Norte (NUTS II) e do Distrito do Porto.

Novo!!: Armadas da Índia e Porto · Veja mais »

Porto Rico

Porto Rico (Puerto Rico), oficialmente Estado Livre Associado de Porto Rico (Estado Libre Asociado de Puerto Rico) é um território não incorporado dos Estados Unidos localizado no nordeste do Mar do Caribe.

Novo!!: Armadas da Índia e Porto Rico · Veja mais »

Porto Santo

O Porto Santo é um município português que ocupa toda a ilha do Porto Santo, Região Autónoma da Madeira, com sede num povoado com um nome diferente do município, a cidade de Vila Baleira.

Novo!!: Armadas da Índia e Porto Santo · Veja mais »

Portugueses na Ásia

A presença pioneira dos portugueses na Ásia foi responsável por muitos dos que seriam os primeiros contactos entre europeus com os países no Oriente.

Novo!!: Armadas da Índia e Portugueses na Ásia · Veja mais »

Preste João

O Preste João foi um lendário soberano cristão do Oriente que detinha funções de patriarca e rei, correspondendo, na verdade, ao Imperador da Etiópia.

Novo!!: Armadas da Índia e Preste João · Veja mais »

Prior do Crato

O título de Prior do Crato, atribuído ao superior da Ordem dos Hospitalários em Portugal, deve-se aos extensos domínios do Crato, doados por D. Sancho II à Ordem, em 1232.

Novo!!: Armadas da Índia e Prior do Crato · Veja mais »

Provedor

Provedor é uma pessoa que provê, ou seja, que providencia, acautela as necessidades e fornece ou abastece.

Novo!!: Armadas da Índia e Provedor · Veja mais »

Quelimane

Quelimane é a capital e a maior cidade da província da Zambézia, em Moçambique.

Novo!!: Armadas da Índia e Quelimane · Veja mais »

Quirimbas

As Quirimbas são um arquipélago de ilhas coralinas do Oceano Índico que se estendem ao longo da costa da província de Cabo Delgado, no norte de Moçambique.

Novo!!: Armadas da Índia e Quirimbas · Veja mais »

Rafael Perestrelo

Rafael Perestrelo foi um navegador português, cavaleiro fidalgo da Casa real, que se notabilizou entre 1514-1517.

Novo!!: Armadas da Índia e Rafael Perestrelo · Veja mais »

Região histórica de Castela

Influência histórica de Castela no século XIX Castela é o nome de uma região histórica espanhola com origem no Condado de Castela, no século IX, durante a sua evolução teve sob influência territórios diferentes, e nos dias de hoje se encontra plasmada nos Estatutos das Autonomias de Castela e Leão, Castela-Mancha, e Comunidade de Madrid.

Novo!!: Armadas da Índia e Região histórica de Castela · Veja mais »

Reino de Portugal

O Reino de Portugal era a denominação de Portugal sob a governação de um regime monárquico, e no início ainda sem o reino dos Algarves.

Novo!!: Armadas da Índia e Reino de Portugal · Veja mais »

Rio Congo

O rio Congo, também conhecido como rio Zaire, é o segundo maior rio da África (após o rio Nilo) e o sétimo do mundo, com uma extensão total de 4.700 km.

Novo!!: Armadas da Índia e Rio Congo · Veja mais »

Rio do Ouro (Saara)

A Colónia do Rio do Ouro) era a designação de um dos territórios que faziam parte do protetorado espanhol do chamado Saara Espanhol, que corresponde ao atual Saara Ocidental. Abrangia uma área de. A capital era Villa Cisneros (Dakhla), e o 26 º paralelo servia como fronteira norte. O limite sul era o Cabo Branco, que forma uma península em que se encontra a cidade de La Guera. A península foi anexada pela Mauritânia em 1976, porém em 1979 se que retirou todo o território que haviam ocupado do Saara Ocidental. A fronteira entre a Mauritânia e Marrocos de 1976 a 1979, era uma linha que começava ao norte de Villa Cisneros na costa, na latitude 24 °, e seguia até à fronteira com a Mauritânia. Categoria:Antigos territórios da Espanha Categoria:Geografia do Saara Ocidental Categoria:Saara Espanhol Categoria:Estados e territórios fundados em 1969.

Novo!!: Armadas da Índia e Rio do Ouro (Saara) · Veja mais »

Rio Senegal

O rio Senegal é um dos maiores rios da África Ocidental.

Novo!!: Armadas da Índia e Rio Senegal · Veja mais »

Rio Tejo

O rio Tejo (em espanhol: Tajo) é o rio mais extenso da Península Ibérica.

Novo!!: Armadas da Índia e Rio Tejo · Veja mais »

Rio Zambeze

O Zambeze (Zambezi ou Zambesi) é um grande rio da África Austral.

Novo!!: Armadas da Índia e Rio Zambeze · Veja mais »

Rocha

Rocha é um agregado sólido que ocorre naturalmente e é constituído por um ou mais minerais ou mineraloides.

Novo!!: Armadas da Índia e Rocha · Veja mais »

Rodrigo Afonso de Melo, Conde de Olivença

Rodrigo Afonso de Melo ou Rui de Melo, 1º e único Conde de Olivença, 4º Senhor de Ferreira de Aves e 3º Senhor de Arega (c. 1430 - 25 de Novembro de 1487) foi 1° Capitão, governador e regedor de Tânger, da sua conquista em 28 de Agosto de 1471 a aproximadamente 1484.

Novo!!: Armadas da Índia e Rodrigo Afonso de Melo, Conde de Olivença · Veja mais »

Rodrigo Rebelo (militar do séc XV)

Rodrigo Rebelo (Castelo Branco, séc. XV - Goa, 1511), foi um militar português.

Novo!!: Armadas da Índia e Rodrigo Rebelo (militar do séc XV) · Veja mais »

Roma

Roma (Roma) é uma cidade e uma comuna especial (chamada "Roma Capitale") da Itália.

Novo!!: Armadas da Índia e Roma · Veja mais »

Ronfe

Ronfe é uma Vila e freguesia portuguesa do concelho de Guimarães, com 5,02 km² de área e 4462 habitantes (2011).

Novo!!: Armadas da Índia e Ronfe · Veja mais »

Rota do Cabo

A Rota do Cabo é a via marítima entre o Ocidente e o Oriente que passa ao largo do Cabo da Boa Esperança (Cabo das Tormentas), no extremo meridional do continente africano.

Novo!!: Armadas da Índia e Rota do Cabo · Veja mais »

Ruínas de Kilwa Kisiwani e de Songo Mnara

As ruínas de Kilwa Kisiwani e de Songo Mnara localizam-se nas duas pequenas ilhas de mesmo nome, à entrada de uma baía a sul de Dar-es-Salam, na costa sueste da atual Tanzânia.

Novo!!: Armadas da Índia e Ruínas de Kilwa Kisiwani e de Songo Mnara · Veja mais »

Rui de Pina

Rui de Pina (Guarda, 1440 1522/1523) foi um cronista e diplomata português.

Novo!!: Armadas da Índia e Rui de Pina · Veja mais »

Rui Gonçalves da Câmara, 1.º Conde de Vila Franca

Rui Gonçalves da Câmara (c. 1550 - c. 1601), membro da família Gonçalves da Câmara, era filho de Manuel da Câmara, tendo-lhe sucedido como 7.º capitão do donatário da ilha de São Miguel (sendo o quinto da família a exercer o cargo).

Novo!!: Armadas da Índia e Rui Gonçalves da Câmara, 1.º Conde de Vila Franca · Veja mais »

Rui Lourenço de Távora

Rui Lourenço de Távora (c.1490 - perto da Ilha de Moçambique, 1576) nomeado Vice-rei da Índia.

Novo!!: Armadas da Índia e Rui Lourenço de Távora · Veja mais »

Rumes

Rumes é um município da Bélgica localizado no distrito de Tournai, província de Hainaut, região da Valônia.

Novo!!: Armadas da Índia e Rumes · Veja mais »

Salvador (Bahia)

Salvador, fundada como São Salvador da Bahia de Todos os Santos, é um município brasileiro, capital do estado da Bahia.

Novo!!: Armadas da Índia e Salvador (Bahia) · Veja mais »

Salvador Ribeiro de Sousa

Salvador Ribeiro de Sousa (Ronfe, Guimarães, século XVI — Alenquer?, século XVII) foi um militar português, Comendador da Ordem de Cristo, eleito Rei pelo povo do Reino do Pegu, e a história da Birmânia dá-lhe o nome de Massinga.

Novo!!: Armadas da Índia e Salvador Ribeiro de Sousa · Veja mais »

Sancho de Tovar

Sancho de Tovar (Cevico de la Torre, 1470 — Lisboa, 1545) foi um nobre da corte em Castela, e depois na corte portuguesa.

Novo!!: Armadas da Índia e Sancho de Tovar · Veja mais »

Sanlúcar de Barrameda

Sanlúcar de Barrameda é um município da Espanha na província de Cádis, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 174 km² com população de 67433 habitantes (2015) e densidade populacional de 365,21 hab/km².

Novo!!: Armadas da Índia e Sanlúcar de Barrameda · Veja mais »

Santa Helena (ilha)

Santa Helena (Saint Helena em inglês) é o principal componente do território britânico ultramarino de Santa Helena, Ascensão e Tristão da Cunha, localizado praticamente a meio do Atlântico Sul, mas geralmente englobada nos territórios africanos por se encontrar mais perto de África do que da América do Sul.

Novo!!: Armadas da Índia e Santa Helena (ilha) · Veja mais »

Santarém (Portugal)

Santarém OTE • MHL é uma cidade portuguesa, capital do Distrito de Santarém, situada na província do Ribatejo e na região do Alentejo, com 29 929 habitantes no seu perímetro urbano (2012).

Novo!!: Armadas da Índia e Santarém (Portugal) · Veja mais »

Santo António de Lisboa

de Lisboa, também conhecido como de Pádua, OFM (Lisboa, 15 de agosto de 1191-1195? — Pádua), de sobrenome incerto mas batizado como Fernando, foi um Doutor da Igreja que viveu na viragem dos séculos XII e XIII.

Novo!!: Armadas da Índia e Santo António de Lisboa · Veja mais »

Santos

Santos é um município portuário sede da Região Metropolitana da Baixada Santista, localizado no litoral do estado de São Paulo, no Brasil.

Novo!!: Armadas da Índia e Santos · Veja mais »

Sá de Miranda

Francisco de Sá de Miranda (Coimbra, 28 de agosto de 1481 — Amares) foi um poeta português, introdutor do soneto e do Dolce Stil Nuovo na nossa língua.

Novo!!: Armadas da Índia e Sá de Miranda · Veja mais »

São João

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e São João · Veja mais »

Sebastião de São Pedro

Dom Frei Sebastião de São Pedro O.S.A. (? -Goa Velha, 1629) foi um prelado português.

Novo!!: Armadas da Índia e Sebastião de São Pedro · Veja mais »

Sebastião Gonçalves Tibau

Sebastião Gonçalves Tibau (ou Sebastião Gonçalves Tibao) (Loures, Santo Antão do Tojal, c. 1587 – d. 1616) foi um aventureiro e pirata filibusteiro português do século XVII que, na região da actual Birmânia e antigo Reino do Pegu, chegou, pelo seu tino, valor pessoal, ambição e falta de escrúpulos, a senhorear-se do antigo Reino ou território de Sundiva, onde foi proclamado Rei e onde se manteve por largos anos, até que a desgraça o alcançou.

Novo!!: Armadas da Índia e Sebastião Gonçalves Tibau · Veja mais »

Sebastião I de Portugal

Sebastião (Lisboa, – Alcácer-Quibir), apelidado de "o Desejado" e "o Adormecido", foi o Rei de Portugal e Algarves de 1557 até sua morte.

Novo!!: Armadas da Índia e Sebastião I de Portugal · Veja mais »

Senhorio do Cadaval

O Senhorio do Cadaval foi um domínio português, criado por diploma da chancelaria de D. João I datado de 30 de Abril de 1388 a favor de D. Pedro de Castro, vassalo do rei, dando-lhe a concessão "do lugar do Cadaval com todalas aldeas do termo com todos seus derreitos rendas foros e pertenças", que eram então propriedade da Coroa Portuguesa A concessão foi então justificada pelo rei como compensação àquele seu vassalo pela cedência que lhe fizera do seu lugar de Salvaterra.

Novo!!: Armadas da Índia e Senhorio do Cadaval · Veja mais »

Serra Leoa

Serra Leoa, oficialmente República da Serra Leoa, é um país da África Ocidental.

Novo!!: Armadas da Índia e Serra Leoa · Veja mais »

Setúbal

Setúbal é uma cidade portuguesa, capital do distrito de Setúbal (desde 1926) e sede de diocese (desde 1975), com 100 000 habitantes no seu perímetro urbano.

Novo!!: Armadas da Índia e Setúbal · Veja mais »

Sevilha

Sevilha (em espanhol: Sevilla) é uma cidade espanhola situada a sudoeste da Península Ibérica, é a capital da Província de Sevilha e situa-se na Comunidade Autónoma da Andaluzia.

Novo!!: Armadas da Índia e Sevilha · Veja mais »

Simão da Veiga

Simão Luís da Veiga, Jr. OC (Montemor-o-Novo, Lavre, 22 de Maio/Junho de 1903 — Caldas da Rainha, 19 de Agosto de 1959) foi um célebre cavaleiro tauromáquico e lavrador português.

Novo!!: Armadas da Índia e Simão da Veiga · Veja mais »

Simão de Miranda

Simão de Miranda de Azevedo (Portugal — Sofala, 1515) foi um navegador português.

Novo!!: Armadas da Índia e Simão de Miranda · Veja mais »

Simão de Pina

Simão de Pina foi um navegador português.

Novo!!: Armadas da Índia e Simão de Pina · Veja mais »

Simão Vianna da Cunha Pereira

Simão Vianna da Cunha Pereira (Abaeté, 1º de setembro de 1919 – Belo Horizonte, 12 de julho de 1983) foi um advogado e político brasileiro com atuação no estado de Minas Gerais.

Novo!!: Armadas da Índia e Simão Vianna da Cunha Pereira · Veja mais »

Socotorá

* Socotorá ou Socotra (em árabe سقطرة Suqutrah; em inglês, Socotra) é um pequeno arquipélago formado por quatro ilhas no oceano Índico, em frente à costa do Chifre da África (Corno de África), a 250 km a leste do cabo Guardafui e a uns 380 km a sudeste da costa do Iêmen, que administra Socotorá em nome do Sultanato de Mahra e Socotorá.

Novo!!: Armadas da Índia e Socotorá · Veja mais »

Soeiro da Costa

Soeiro da Costa (Lagos, Algarve, — idem), navegador português, foi um dos Doze de Inglaterra.

Novo!!: Armadas da Índia e Soeiro da Costa · Veja mais »

Soeiro Mendes da Maia

Soeiro Mendes da Maia o Bom (morto entre 1103 e 1108), filho de Mendo Gonçalves da Maia, 3º senhor da Maia, e de Leodegúndia Soares Tainha, filha de Soeiro Guedes e de Leodegúndia Tainha, foi um rico-homem e membro da linhagem dos Maia, um dos mais importantes do Condado Portucalense na Idade Média.

Novo!!: Armadas da Índia e Soeiro Mendes da Maia · Veja mais »

Sofala

Sofala foi uma feitoria, fortaleza e povoação construída pelos portugueses na costa da actual província de Sofala em Moçambique.

Novo!!: Armadas da Índia e Sofala · Veja mais »

Soldado

Um soldado, e/ou militar (Brasil) em sentido genérico, é uma pessoa que trabalha, voluntariamente ou em consequência de serviço militar obrigatório, nas forças armadas ou forças militarizadas de um país soberano, recebendo treino e equipamento para defender o referido país e os seus interesses.

Novo!!: Armadas da Índia e Soldado · Veja mais »

Sri Lanka

O Sri Lanka, Sri Lanca ou Seri Lanca, oficialmente República Democrática Socialista do Sri Lanka; conhecido pela forma portuguesa equivalente Ceilão, adotada pelo país até 1972; era chamado de Taprobana na Antiguidade e na Idade Média, é um país insular asiático, localizado ao largo da extremidade sul do subcontinente indiano.

Novo!!: Armadas da Índia e Sri Lanka · Veja mais »

Sultão

otomana (Palácio de Topkapı, Istambul) Sultão tit é um título islâmico com diversos significados históricos.

Novo!!: Armadas da Índia e Sultão · Veja mais »

Sumatra

Sumatra ou Samatra (Sumatera ou Sumatra, em indonésio) é a sexta maior ilha do mundo e a maior ilha inteiramente pertencente à Indonésia.

Novo!!: Armadas da Índia e Sumatra · Veja mais »

Sundiva

A ilha de Sundiva ou Sandwip, Sandvip, ou Sondeep (bengalî সন্দ্বীপ) é uma ilha ao longo da costa sudeste do Bangladesh, no estuário do rio Meghna, no Golfo de Bengala.

Novo!!: Armadas da Índia e Sundiva · Veja mais »

Tanoaria

A tanoaria é uma arte ancestral que consiste no fabrico de vasilhames em madeira para o armazenamento do vinho.

Novo!!: Armadas da Índia e Tanoaria · Veja mais »

Tarouca

Tarouca é uma cidade portuguesa no Distrito de Viseu, Região Norte e sub-região do Douro, com cerca de habitantes.

Novo!!: Armadas da Índia e Tarouca · Veja mais »

Tito Lívio

Tito Lívio (em latim: Titus Livius; Pádua, c. — Pádua), conhecido simplesmente como Lívio, é o autor da obra histórica intitulada Ab urbe condita ("Desde a fundação da cidade"), onde tenta relatar a história de Roma desde o momento tradicional da sua fundação até ao início do da Era Cristã, mencionando desde os reis de Roma, tanto os primeiros como os Tarquínios.

Novo!!: Armadas da Índia e Tito Lívio · Veja mais »

Tojal

Tojal é um nome colectivo que designa um campo de tojo (ulex europaeus).

Novo!!: Armadas da Índia e Tojal · Veja mais »

Tomé de Sousa

Tomé de Sousa (Rates, —) foi um militar e político português, primeiro governador-geral do Brasil, quando este atendia por Estado do Brasil, chegado em 1549.

Novo!!: Armadas da Índia e Tomé de Sousa · Veja mais »

Tomé Pires

Tomé Pires (ca. 1465 — ca. 1540) foi um destacado boticário português que viveu no Oriente durante o século XVI.

Novo!!: Armadas da Índia e Tomé Pires · Veja mais »

Tristão da Cunha

Tristão da Cunha (ca. — ca.), 1.º Senhor de Gestaçô e de Panóias, foi cavaleiro do conselho d'El-Rei D. Manuel I, explorador português e comandante naval.

Novo!!: Armadas da Índia e Tristão da Cunha · Veja mais »

Tristão da Silva

Manuel Augusto Martins Tristão da Silva (Lisboa, Portugal, - Lisboa, Portugal), mais conhecido como Tristão da Silva, foi um cantor português de fado.

Novo!!: Armadas da Índia e Tristão da Silva · Veja mais »

Tristão Teixeira

Tristão Teixeira, também conhecido como Tristão da Ilha, e por vezes referido posteriormente como Tristão Vaz, e Tristão Vaz Teixeira, (c. 1395 — 1480), foi, segundo Zurara, escudeiro do Infante D. Henrique, a quem acompanhou a Ceuta e Tânger, onde se mostrou "homem assaz ardido", sendo aí armado cavaleiro.

Novo!!: Armadas da Índia e Tristão Teixeira · Veja mais »

Trofa

A Trofa é uma cidade portuguesa pertencente ao Distrito do Porto, Região Norte e sub-região da Área Metropolitana do Porto, com cerca de habitantes no seu perímetro urbano (2011).

Novo!!: Armadas da Índia e Trofa · Veja mais »

Vasco da Gama

Vasco da Gama (Sines, Portugal, 1469 — Cochim, Índia) foi um navegador e explorador português.

Novo!!: Armadas da Índia e Vasco da Gama · Veja mais »

Vasco de Ataíde

Vasco de Ataíde (ou de Taíde) foi um marinheiro português que comandou um dos navios da expedição de Pedro Álvares Cabral na descoberta do Brasil.

Novo!!: Armadas da Índia e Vasco de Ataíde · Veja mais »

Vasco de Mascarenhas, 1.º Conde de Óbidos

Vasco de Mascarenhas, Conde de Óbidos, (c. 1605 — 4 de julho de 1678) foi um militar e administrador colonial português.

Novo!!: Armadas da Índia e Vasco de Mascarenhas, 1.º Conde de Óbidos · Veja mais »

Vasco Fernandes Coutinho

Vasco Fernandes Coutinho (Portugal, 1490 - 1561) foi um fidalgo português.

Novo!!: Armadas da Índia e Vasco Fernandes Coutinho · Veja mais »

Vasco Gomes de Abreu

Vasco Gomes de Abreu foi um nobre português e senhor da localidade de Valadares.

Novo!!: Armadas da Índia e Vasco Gomes de Abreu · Veja mais »

Vasco Graça Moura

Vasco Navarro da Graça Moura OSE • GCSE • GCIH (Porto, Foz do Douro, 3 de Janeiro de 1942 — Lisboa, 27 de Abril 2014) foi um escritor, tradutor e político português.

Novo!!: Armadas da Índia e Vasco Graça Moura · Veja mais »

Vela (náutica)

Vela é qualquer tipo de superfície que gere trabalho quando exposta ao vento.

Novo!!: Armadas da Índia e Vela (náutica) · Veja mais »

Vice-rei

D. Francisco de Almeida,primeiro vice-rei da Índia Portuguesa Vice-Rei foi o título, usado em algumas monarquias da Europa, para designar os governadores e representantes do rei numa província afastada ou num território ultramarino.

Novo!!: Armadas da Índia e Vice-rei · Veja mais »

Vicente Dias

Se procura o navegador português, veja Vicente Dias (Navegador). Vicente Dias (Crioulo cabo-verdiano, ALUPEC: Bisenti Dias, Crioulo do Fogo (Djarfogo): Visenti Dias) é uma aldeia do município de São Filipe na central-oeste da ilha do Fogo, em Cabo Verde.

Novo!!: Armadas da Índia e Vicente Dias · Veja mais »

Vicente Gil

Vicente Gil foi um pintor régio português ativo em Coimbra no período de 1491 e 1518.

Novo!!: Armadas da Índia e Vicente Gil · Veja mais »

Vicente Sodré

Vicente Sodré (Portugal, 1465? — Portugal, 1503) foi um navegador português, de status militar, primeiro capitão-mor do mar da Índia na época dos descobrimentos portugueses, chefe de esquadra, serviu ao império português no início do século XVI, responsável pelos primeiros contatos comerciais e diplomáticos na Índia (Cochim e outras regiões), e pela consolidação da presença portuguesa naquela região até o golfo pérsico, o que foi fundamental para toda a história subsequente, e a expansão até a China e Japão.

Novo!!: Armadas da Índia e Vicente Sodré · Veja mais »

Vidigueira

A Vidigueira é uma vila portuguesa pertencente ao Distrito de Beja, região do Alentejo e sub-região do Baixo Alentejo, com cerca de habitantes.

Novo!!: Armadas da Índia e Vidigueira · Veja mais »

Vigo

Vigo é um município da Espanha na província de Pontevedra, comunidade autónoma da Galiza.

Novo!!: Armadas da Índia e Vigo · Veja mais »

Xhosa

Os Xhosa ou Cosa são um grupo étnico sul-africano que falam a língua xhosa (ou IsiXhosa).

Novo!!: Armadas da Índia e Xhosa · Veja mais »

Zahara de la Sierra

Zahara é um município da Espanha na província de Cádiz, comunidade autónoma da Andaluzia, de área 72 km² com população de 1556 habitantes (2005) e densidade populacional de 21,30 hab/km².

Novo!!: Armadas da Índia e Zahara de la Sierra · Veja mais »

Zanzibar

Zanzibar é nome dado ao conjunto de duas ilhas do Arquipélago de Zanzibar, ao largo da costa da Tanzânia, na margem leste-africana, de que formam um estado semiautônomo daquele país.

Novo!!: Armadas da Índia e Zanzibar · Veja mais »

Zenagas

Os Zenagas, Znagas ou Aznegues são uma tribo histórica berbere do sudoeste da Mauritânia e do norte do Senegal cuja língua tradicional é o zenaga, uma língua berbere.

Novo!!: Armadas da Índia e Zenagas · Veja mais »

1 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 1 de abril · Veja mais »

1 de fevereiro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 1 de fevereiro · Veja mais »

1 de junho

987: Hugo Capeto é eleito rei da França. 2009: O voo AF 447 da Air France, desapareceu sobre o Oceano Atlântico. Na foto, o Airbus A330-200, modelo do incidente.

Novo!!: Armadas da Índia e 1 de junho · Veja mais »

1 de maio

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 1 de maio · Veja mais »

1 de setembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 1 de setembro · Veja mais »

10 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 10 de abril · Veja mais »

10 de dezembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 10 de dezembro · Veja mais »

10 de fevereiro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 10 de fevereiro · Veja mais »

10 de janeiro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 10 de janeiro · Veja mais »

10 de março

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 10 de março · Veja mais »

11 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 11 de abril · Veja mais »

11 de julho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 11 de julho · Veja mais »

11 de junho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 11 de junho · Veja mais »

11 de maio

USS ''Bunker Hill'' após ataque de dois aviões ''kamikazes''.

Novo!!: Armadas da Índia e 11 de maio · Veja mais »

11 de março

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 11 de março · Veja mais »

11 de novembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 11 de novembro · Veja mais »

11 de setembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 11 de setembro · Veja mais »

12 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 12 de abril · Veja mais »

12 de janeiro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 12 de janeiro · Veja mais »

12 de maio

''Norge''. sequestro de Charles Augustus Lindbergh Jr.

Novo!!: Armadas da Índia e 12 de maio · Veja mais »

12 de março

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 12 de março · Veja mais »

13 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 13 de abril · Veja mais »

13 de junho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 13 de junho · Veja mais »

13 de maio

O 13 de maio, por tratar-se do 133º dia do ano é considerado pelas ordens secretas, esotéricas, filosóficas e místicas como sendo uma proporção áurea do ano.

Novo!!: Armadas da Índia e 13 de maio · Veja mais »

13 de outubro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 13 de outubro · Veja mais »

14 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 14 de abril · Veja mais »

14 de dezembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 14 de dezembro · Veja mais »

14 de maio

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 14 de maio · Veja mais »

14 de março

“Segundo do Pi”. 1653: Batalha de Leghorn 1794: A patente do "descaroçador de algodão".

Novo!!: Armadas da Índia e 14 de março · Veja mais »

1412

---- 1412 (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram C e B (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1412 · Veja mais »

1418

---- 1418 (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1418 · Veja mais »

1419

---- 1419 (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1419 · Veja mais »

1427

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1427 · Veja mais »

1434

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi C (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1434 · Veja mais »

1435

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1435 · Veja mais »

1440

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram C e B (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1440 · Veja mais »

1442

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1442 · Veja mais »

1443

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1443 · Veja mais »

1444

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram E e D (53 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1444 · Veja mais »

1445

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi C (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1445 · Veja mais »

1446

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1446 · Veja mais »

1447

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1447 · Veja mais »

1448

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram G e F (52 semanas), teve início a uma segunda-feira e terminou a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1448 · Veja mais »

1449

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1449 · Veja mais »

1460

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram F e E (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1460 · Veja mais »

1467

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1467 · Veja mais »

1469

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1469 · Veja mais »

1481

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1481 · Veja mais »

1484

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram D e C (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1484 · Veja mais »

1485

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1485 · Veja mais »

1486

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1486 · Veja mais »

1487

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1487 · Veja mais »

1488

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram F e E (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1488 · Veja mais »

1489

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1489 · Veja mais »

1493

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1493 · Veja mais »

1497

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1497 · Veja mais »

1498

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1498 · Veja mais »

1499

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1499 · Veja mais »

15 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 15 de abril · Veja mais »

15 de julho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 15 de julho · Veja mais »

15 de maio

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 15 de maio · Veja mais »

15 de março

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 15 de março · Veja mais »

15 de novembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 15 de novembro · Veja mais »

15 de outubro

O lançamento da sonda Cassini-Huygens ocorreu às 8:43 UTC a 15 de Outubro de 1997 da rampa de lançamento 40 da estação da Força Aérea do Cabo Canaveral, na Flórida.

Novo!!: Armadas da Índia e 15 de outubro · Veja mais »

15 de setembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 15 de setembro · Veja mais »

1500

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto e o último ano do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram E e D (53 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1500 · Veja mais »

1501

---- (na numeração romana) foi um ano comum e o primeiro ano do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi C (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1501 · Veja mais »

1502

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1502 · Veja mais »

1503

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1503 · Veja mais »

1504

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram G e F (52 semanas), teve início a uma segunda-feira e terminou a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1504 · Veja mais »

1505

---- 1505 (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1505 · Veja mais »

1506

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1506 · Veja mais »

1507

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi C (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1507 · Veja mais »

1508

(na numeração romana) foi um ano bissexto do século XV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram B e A (52 semanas), teve início a um sábado e terminou a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1508 · Veja mais »

1509

(na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1509 · Veja mais »

1510

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1510 · Veja mais »

1511

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1511 · Veja mais »

1512

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram D e C (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1512 · Veja mais »

1513

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1513 · Veja mais »

1514

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1514 · Veja mais »

1515

---- 1515 (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1515 · Veja mais »

1516

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram F e E (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1516 · Veja mais »

1517

Iluminura de página inteira do calendário do Livro de Horas de D. Manuel - final de março, início de abril, fólio 9v 1517 (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1517 · Veja mais »

1518

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi C (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1518 · Veja mais »

1519

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1519 · Veja mais »

1520

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram A e G (52 semanas), teve início a um domingo e terminou a uma segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1520 · Veja mais »

1521

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1521 · Veja mais »

1522

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1522 · Veja mais »

1523

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1523 · Veja mais »

1524

(na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram C e B (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1524 · Veja mais »

1525

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1525 · Veja mais »

1526

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1526 · Veja mais »

1527

(na numeração romana) foi um ano comum do do calendário juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1527 · Veja mais »

1528

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram E e D (53 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1528 · Veja mais »

1529

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi C (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1529 · Veja mais »

1530

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1530 · Veja mais »

1531

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1531 · Veja mais »

1532

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do do calendário juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram G e F (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou numa terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1532 · Veja mais »

1533

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1533 · Veja mais »

1534

(na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1534 · Veja mais »

1535

(na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi C (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1535 · Veja mais »

1536

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram B e A (52 semanas), teve início a um sábado e terminou a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1536 · Veja mais »

1537

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1537 · Veja mais »

1538

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1538 · Veja mais »

1539

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1539 · Veja mais »

1540

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram D e C (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1540 · Veja mais »

1541

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1541 · Veja mais »

1542

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1542 · Veja mais »

1543

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1543 · Veja mais »

1544

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram F e E (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1544 · Veja mais »

1545

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1545 · Veja mais »

1546

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi C (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1546 · Veja mais »

1547

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1547 · Veja mais »

1548

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram A e G (52 semanas), teve início a um domingo e terminou a uma segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1548 · Veja mais »

1549

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1549 · Veja mais »

1550

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1550 · Veja mais »

1551

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1551 · Veja mais »

1552

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram C e B (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1552 · Veja mais »

1553

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1553 · Veja mais »

1554

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1554 · Veja mais »

1555

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1555 · Veja mais »

1556

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram E e D (53 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1556 · Veja mais »

1557

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi C (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1557 · Veja mais »

1558

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1558 · Veja mais »

1559

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1559 · Veja mais »

1560

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram G e F (52 semanas), teve início a uma segunda-feira e terminou a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1560 · Veja mais »

1561

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1561 · Veja mais »

1562

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1562 · Veja mais »

1563

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi C (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1563 · Veja mais »

1564

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram B e A (52 semanas), teve início a um sábado e terminou a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1564 · Veja mais »

1565

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1565 · Veja mais »

1566

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1566 · Veja mais »

1567

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1567 · Veja mais »

1568

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram D e C (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1568 · Veja mais »

1569

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1569 · Veja mais »

1570

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1570 · Veja mais »

1571

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1571 · Veja mais »

1572

---- 1572 (na numeração romana) foi um ano bissexto do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram F e E (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1572 · Veja mais »

1573

(na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do calendário juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1573 · Veja mais »

1574

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi C (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1574 · Veja mais »

1575

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1575 · Veja mais »

1576

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram A e G (52 semanas), teve início a um domingo e terminou a uma segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1576 · Veja mais »

1577

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1577 · Veja mais »

1578

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1578 · Veja mais »

1579

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1579 · Veja mais »

1580

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram C e B (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1580 · Veja mais »

1581

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1581 · Veja mais »

1582

---- Rosto da Bula papal de Gregório XII que estabeleceu o Calendário Gregoriano 1582 (MDLXXXII, na numeração romana) foi o Ano da Reforma em que entrou em vigor o calendário perpétuo conhecido como Calendário gregoriano, porque aprovado pelo papa Gregório XIII, através da Bula Inter gravissimas, com o duplo objectivo de (1) corrigir o desfasamento do calendário juliano em relação à data inicial do equinócio da primavera e (2) corrigir o cálculo da Páscoa do calendário litúrgico católico, adoptado ao longo da Idade Média.

Novo!!: Armadas da Índia e 1582 · Veja mais »

1583

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do actual Calendário Gregoriano da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1583 · Veja mais »

1584

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram A e G (52 semanas), teve início a um domingo e terminou a uma segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1584 · Veja mais »

1585

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1585 · Veja mais »

1586

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1586 · Veja mais »

1587

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1587 · Veja mais »

1588

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram C e B (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1588 · Veja mais »

1589

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1589 · Veja mais »

1590

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1590 · Veja mais »

1591

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1591 · Veja mais »

1592

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram E e D (53 semanas), teve teve início a uma quarta-feira e terminou a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1592 · Veja mais »

1593

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi C, teve 52 semanas, início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1593 · Veja mais »

1594

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do actual Calendário Gregoriano da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1594 · Veja mais »

1595

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1595 · Veja mais »

1596

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram G e F (52 semanas), teve início a uma segunda-feira e terminou a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1596 · Veja mais »

1597

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1597 · Veja mais »

1598

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1598 · Veja mais »

1599

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi C, teve 52 semanas, início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1599 · Veja mais »

16 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 16 de abril · Veja mais »

16 de dezembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 16 de dezembro · Veja mais »

16 de janeiro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 16 de janeiro · Veja mais »

16 de maio

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 16 de maio · Veja mais »

16 de março

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 16 de março · Veja mais »

16 de outubro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 16 de outubro · Veja mais »

1600

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto e o último ano do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, as suas letras dominicais foram B e A (52 semanas), teve início a um sábado e terminou a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1600 · Veja mais »

1601

---- (na numeração romana) foi um ano comum, o primeiro ano do século XVII do Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1601 · Veja mais »

1602

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1602 · Veja mais »

1603

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1603 · Veja mais »

1604

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram D e C (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1604 · Veja mais »

1605

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1605 · Veja mais »

1606

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi A, teve 52 semanas, início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1606 · Veja mais »

1607

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G, teve 52 semanas, início numa segunda-feira, e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1607 · Veja mais »

1608

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram F e E (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1608 · Veja mais »

1609

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D, teve 53 semanas, com início a uma quinta-feira terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1609 · Veja mais »

1610

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi C, teve 52 semanas, início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1610 · Veja mais »

1611

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B, teve 52 semanas, início a um sábado, e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1611 · Veja mais »

1612

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram A e G (52 semanas), teve início a um domingo e terminou a uma segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1612 · Veja mais »

1613

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1613 · Veja mais »

1614

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1614 · Veja mais »

1615

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1615 · Veja mais »

1616

---- 1616 (na numeração romana) foi um ano bissexto do do calendário gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram C e B (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1616 · Veja mais »

1617

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1617 · Veja mais »

1618

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1618 · Veja mais »

1619

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1619 · Veja mais »

1620

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram E e D (53 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1620 · Veja mais »

1621

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi C, teve 52 semanas, início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1621 · Veja mais »

1622

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1622 · Veja mais »

1623

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1623 · Veja mais »

1624

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVI do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram G e F (52 semanas), teve início a uma segunda-feira e terminou a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1624 · Veja mais »

1625

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1625 · Veja mais »

1626

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1626 · Veja mais »

1627

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi C, teve 52 semanas, início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1627 · Veja mais »

1628

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram B e A (52 semanas), teve início a um sábado e terminou a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1628 · Veja mais »

1629

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1629 · Veja mais »

1630

---- 1630 (na numeração romana) foi um ano comum do do calendário gregoriano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1630 · Veja mais »

1631

---- 1631 (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1631 · Veja mais »

1632

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram D e C (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1632 · Veja mais »

1633

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1633 · Veja mais »

1634

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1634 · Veja mais »

1635

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1635 · Veja mais »

1636

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram F e E (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1636 · Veja mais »

1637

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1637 · Veja mais »

1638

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi C, teve 52 semanas, início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1638 · Veja mais »

1639

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1639 · Veja mais »

1640

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram A e G (52 semanas), teve início a um domingo e terminou a uma segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1640 · Veja mais »

1641

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1641 · Veja mais »

1642

---- 1642 (na numeração romana) foi um ano comum do do calendário gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1642 · Veja mais »

1643

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1643 · Veja mais »

1644

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram C e B (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1644 · Veja mais »

1645

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1645 · Veja mais »

1646

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1646 · Veja mais »

1647

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1647 · Veja mais »

1648

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram E e D (53 semanas), teve teve início a uma quarta-feira e terminou a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1648 · Veja mais »

1649

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi C, teve 52 semanas, início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1649 · Veja mais »

1650

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Armadas da Índia e 1650 · Veja mais »

1651

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1651 · Veja mais »

1652

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram G e F (52 semanas), teve início a uma segunda-feira e terminou a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1652 · Veja mais »

1653

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1653 · Veja mais »

1654

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1654 · Veja mais »

1655

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi C, teve 52 semanas, início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1655 · Veja mais »

1656

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram B e A (52 semanas), teve início a um sábado e terminou a um domingo.

Novo!!: Armadas da Índia e 1656 · Veja mais »

1657

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1657 · Veja mais »

1675

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Armadas da Índia e 1675 · Veja mais »

17 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 17 de abril · Veja mais »

17 de agosto

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 17 de agosto · Veja mais »

17 de dezembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 17 de dezembro · Veja mais »

17 de julho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 17 de julho · Veja mais »

17 de junho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 17 de junho · Veja mais »

17 de maio

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 17 de maio · Veja mais »

17 de março

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 17 de março · Veja mais »

17 de outubro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 17 de outubro · Veja mais »

17 de setembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 17 de setembro · Veja mais »

18 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 18 de abril · Veja mais »

18 de julho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 18 de julho · Veja mais »

18 de junho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 18 de junho · Veja mais »

18 de maio

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 18 de maio · Veja mais »

18 de março

batalhas de rua de 18 de março de 1848 em Berlim. 1906: A aeronave de Traian Vuia. 1913: Funerais do rei Jorge I da Grécia em Salonica. 1915: Campanha de Galípoli. HMS ''Irresistible'' abandonado e afundando. Memorial da América Latina.

Novo!!: Armadas da Índia e 18 de março · Veja mais »

18 de novembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 18 de novembro · Veja mais »

19 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 19 de abril · Veja mais »

19 de dezembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 19 de dezembro · Veja mais »

19 de julho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 19 de julho · Veja mais »

19 de março

1812: Frontispício de uma edição contemporânea da Constituição de Cádis. O Guarani'' de Carlos Gomes. Lumière. 1932: Ponte da Baía de Sydney.

Novo!!: Armadas da Índia e 19 de março · Veja mais »

19 de novembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 19 de novembro · Veja mais »

19 de outubro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 19 de outubro · Veja mais »

19 de setembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 19 de setembro · Veja mais »

2 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 2 de abril · Veja mais »

2 de fevereiro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 2 de fevereiro · Veja mais »

2 de janeiro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 2 de janeiro · Veja mais »

2 de março

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 2 de março · Veja mais »

2 de novembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 2 de novembro · Veja mais »

2 de outubro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 2 de outubro · Veja mais »

2 de setembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 2 de setembro · Veja mais »

20 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 20 de abril · Veja mais »

20 de agosto

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 20 de agosto · Veja mais »

20 de julho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 20 de julho · Veja mais »

20 de maio

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 20 de maio · Veja mais »

20 de março

20 de Março costuma também ser o dia do equinócio da primavera no hemisfério norte, e do equinócio do outono no hemisfério sul.

Novo!!: Armadas da Índia e 20 de março · Veja mais »

20 de setembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 20 de setembro · Veja mais »

21 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 21 de abril · Veja mais »

21 de agosto

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 21 de agosto · Veja mais »

21 de junho

É o dia do solstício de junho, quando começa o verão no hemisfério norte e o inverno no hemisfério sul.

Novo!!: Armadas da Índia e 21 de junho · Veja mais »

21 de maio

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 21 de maio · Veja mais »

21 de março

Code Civil'' britânica avança durante a Batalha do Morval, parte da Batalha do Somme 1965: Martin Luther King.

Novo!!: Armadas da Índia e 21 de março · Veja mais »

22 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 22 de abril · Veja mais »

22 de agosto

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 22 de agosto · Veja mais »

22 de dezembro

É, na maior parte das vezes, o dia em que ocorre o solstício de Inverno, no Hemisfério Norte e o de Verão no Hemisfério Sul.

Novo!!: Armadas da Índia e 22 de dezembro · Veja mais »

22 de fevereiro

Frontispício e folha de rosto do ''Diálogo'' de Galileu Galilei. 1997: Ovelha Dolly, a primeira clonagem bem sucedida de um mamífero. Sismo de Christchurch na Nova Zelândia.

Novo!!: Armadas da Índia e 22 de fevereiro · Veja mais »

22 de maio

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 22 de maio · Veja mais »

22 de março

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 22 de março · Veja mais »

22 de novembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 22 de novembro · Veja mais »

22 de outubro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 22 de outubro · Veja mais »

23 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 23 de abril · Veja mais »

23 de agosto

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 23 de agosto · Veja mais »

23 de janeiro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 23 de janeiro · Veja mais »

23 de maio

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 23 de maio · Veja mais »

23 de março

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 23 de março · Veja mais »

23 de novembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 23 de novembro · Veja mais »

23 de outubro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 23 de outubro · Veja mais »

24 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 24 de abril · Veja mais »

24 de agosto

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 24 de agosto · Veja mais »

24 de dezembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 24 de dezembro · Veja mais »

24 de julho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 24 de julho · Veja mais »

24 de junho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 24 de junho · Veja mais »

24 de março

1941: Carmen Miranda se eterniza na Calçada da Fama 1989: O ''Exxon Valdez'' 2004: O furacão Catarina próximo da costa sul do Brasil.

Novo!!: Armadas da Índia e 24 de março · Veja mais »

24 de outubro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 24 de outubro · Veja mais »

25 de abril

1607:Batalha de Gibraltar 1707:Batalha de Almansa.

Novo!!: Armadas da Índia e 25 de abril · Veja mais »

25 de agosto

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 25 de agosto · Veja mais »

25 de dezembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 25 de dezembro · Veja mais »

25 de janeiro

Protestos no Cairo durante a Revolução Egípcia de 2011.

Novo!!: Armadas da Índia e 25 de janeiro · Veja mais »

25 de março

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 25 de março · Veja mais »

25 de novembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 25 de novembro · Veja mais »

25 de outubro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 25 de outubro · Veja mais »

25 de setembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 25 de setembro · Veja mais »

26 de abril

1500: Primeira missa no Brasil.

Novo!!: Armadas da Índia e 26 de abril · Veja mais »

26 de março

búlgaros aguardando para atacar Adrianópolis Sadat 1991: Bandeira do Mercosul.

Novo!!: Armadas da Índia e 26 de março · Veja mais »

26 de setembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 26 de setembro · Veja mais »

27 de dezembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 27 de dezembro · Veja mais »

27 de fevereiro

1933: Incêndio do Reichstag. 2010: Sismo do Chile de 2010.

Novo!!: Armadas da Índia e 27 de fevereiro · Veja mais »

27 de janeiro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 27 de janeiro · Veja mais »

27 de maio

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 27 de maio · Veja mais »

27 de março

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 27 de março · Veja mais »

27 de novembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 27 de novembro · Veja mais »

27 de setembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 27 de setembro · Veja mais »

28 de janeiro

1986: A espaçonave ''Challenger'' explode 73 segundos após ter sido lançada.

Novo!!: Armadas da Índia e 28 de janeiro · Veja mais »

28 de março

1431: Joana d'Arc é interrogada na prisão pelo Cardeal de Winchester.

Novo!!: Armadas da Índia e 28 de março · Veja mais »

29 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 29 de abril · Veja mais »

29 de agosto

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 29 de agosto · Veja mais »

29 de janeiro

Pacífico.

Novo!!: Armadas da Índia e 29 de janeiro · Veja mais »

29 de março

Mercúrio visto da Mariner 10 1998: Ponte Vasco da Gama, sobre o rio Tejo.

Novo!!: Armadas da Índia e 29 de março · Veja mais »

29 de novembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 29 de novembro · Veja mais »

3 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 3 de abril · Veja mais »

3 de agosto

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 3 de agosto · Veja mais »

3 de dezembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 3 de dezembro · Veja mais »

3 de fevereiro

1509: Batalha de Diu 1966: Uma réplica da ''Luna 9''.

Novo!!: Armadas da Índia e 3 de fevereiro · Veja mais »

3 de junho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 3 de junho · Veja mais »

3 de maio

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 3 de maio · Veja mais »

3 de março

1918: As primeiras duas páginas do Tratado de Brest-Litovski Time'' 1997: Auckland Sky Tower.

Novo!!: Armadas da Índia e 3 de março · Veja mais »

3 de outubro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 3 de outubro · Veja mais »

30 de abril

1975: Queda de Saigon 2004: Missão das Nações Unidas para a estabilização no Haiti.

Novo!!: Armadas da Índia e 30 de abril · Veja mais »

30 de agosto

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 30 de agosto · Veja mais »

30 de março

Sacadura Cabral 2006: A tripulação da Soyuz TMA-8 antes do lançamento.

Novo!!: Armadas da Índia e 30 de março · Veja mais »

30 de outubro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 30 de outubro · Veja mais »

31 de agosto

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 31 de agosto · Veja mais »

31 de março

1146: Bernardo de Claraval pregando a Segunda Cruzada 1822: ''O massacre de Quíos'' por Eugène Delacroix 1889: Torre Eiffel, Paris.

Novo!!: Armadas da Índia e 31 de março · Veja mais »

31 de outubro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 31 de outubro · Veja mais »

4 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 4 de abril · Veja mais »

4 de dezembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 4 de dezembro · Veja mais »

4 de fevereiro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 4 de fevereiro · Veja mais »

4 de junho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 4 de junho · Veja mais »

4 de março

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 4 de março · Veja mais »

4 de novembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 4 de novembro · Veja mais »

4 de outubro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 4 de outubro · Veja mais »

5 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 5 de abril · Veja mais »

5 de fevereiro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 5 de fevereiro · Veja mais »

5 de maio

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 5 de maio · Veja mais »

5 de novembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 5 de novembro · Veja mais »

5 de outubro

1910: Implantação da República Portuguesa.

Novo!!: Armadas da Índia e 5 de outubro · Veja mais »

5 de setembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 5 de setembro · Veja mais »

6 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 6 de abril · Veja mais »

6 de dezembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 6 de dezembro · Veja mais »

6 de fevereiro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 6 de fevereiro · Veja mais »

6 de janeiro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 6 de janeiro · Veja mais »

6 de julho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 6 de julho · Veja mais »

6 de junho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 6 de junho · Veja mais »

6 de março

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 6 de março · Veja mais »

6 de outubro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 6 de outubro · Veja mais »

7 de abril

''Mars Odyssey'' na órbita de Marte.

Novo!!: Armadas da Índia e 7 de abril · Veja mais »

7 de fevereiro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 7 de fevereiro · Veja mais »

7 de janeiro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 7 de janeiro · Veja mais »

7 de julho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 7 de julho · Veja mais »

7 de março

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 7 de março · Veja mais »

7 de novembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 7 de novembro · Veja mais »

7 de setembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 7 de setembro · Veja mais »

8 de abril

1820: Descoberta da Vênus de Milo na ilha de Milos.

Novo!!: Armadas da Índia e 8 de abril · Veja mais »

8 de agosto

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 8 de agosto · Veja mais »

8 de dezembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 8 de dezembro · Veja mais »

8 de fevereiro

Sagres III'' é incorporado na Marinha Portuguesa. meteorito ''Allende''.

Novo!!: Armadas da Índia e 8 de fevereiro · Veja mais »

8 de junho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 8 de junho · Veja mais »

8 de maio

1902: Erupção do Monte Pelée.

Novo!!: Armadas da Índia e 8 de maio · Veja mais »

8 de março

1669: O vulcão Etna na Sicília 1911: Passeata pelo direito ao voto feminino em Nova Iorque 1918: Gripe espanhola: em Seattle passageiros não podem subir no bonde sem máscaras.

Novo!!: Armadas da Índia e 8 de março · Veja mais »

9 de abril

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 9 de abril · Veja mais »

9 de dezembro

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 9 de dezembro · Veja mais »

9 de julho

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 9 de julho · Veja mais »

9 de março

Sem descrição

Novo!!: Armadas da Índia e 9 de março · Veja mais »

Redireciona aqui:

Armada da Índia.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »