Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Almanaque

Índice Almanaque

Calendarium cracoviense an 1474. Almanaque ou Almanach (do árabe al-manākh) é uma publicação (originalmente anual) que reúne um calendário com datas das principais efemérides astronómicas como os solstícios e as fases lunares, mas atualmente os almanaques englobam outras informações com atualizações periódicas específicas a vários campos do conhecimento.

22 relações: Abraão Zacuto, Almanach Bertrand, Almanaque de Gota, Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro, Almanaque do Pensamento, Almanaque do Pobre Ricardo, Almanaque Português de Fotografia, Ano, Astrolábio, Astronomia, Barbanera, Borda d'Água, Calendário, Data, Efeméride, Enciclopédia, Fases da Lua, Língua árabe, Lunario Perpetuo, Portugal, Publicação, Solstício.

Abraão Zacuto

Abraão ben Samuel Zacuto (em hebraico: אברהם זכות; Salamanca c. 1450 - Damasco c. 1522 foi um astrónomo de origem judaica que serviu na corte do rei D. João II de Portugal.Fernando Reis. no sítio Ciência em Portugal do Instituto Camões.

Novo!!: Almanaque e Abraão Zacuto · Veja mais »

Almanach Bertrand

Almanach Bertrand é um almanaque editado pela Livraria Bertrand, de Portugal, fundada na primeira metade do século XVIII pelos irmãos Bertrand.

Novo!!: Almanaque e Almanach Bertrand · Veja mais »

Almanaque de Gota

Almanaque de Gota, ou simplesmente o Gota ou Gotha, foi, entre 1763 e 1944, o guia de referência da alta nobreza e das famílias reais europeias.

Novo!!: Almanaque e Almanaque de Gota · Veja mais »

Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro

O Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro é um almanaque português fundado em 1851 por Alexandre Magno Castilho que foi publicado anualmente desde 1851 a 1932, que teve assinalável êxito tanto em Portugal como no Brasil.

Novo!!: Almanaque e Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro · Veja mais »

Almanaque do Pensamento

O Almanaque do Pensamento é um almanaque popular brasileiro.

Novo!!: Almanaque e Almanaque do Pensamento · Veja mais »

Almanaque do Pobre Ricardo

Edição de 1739 do Almanaque do Pobre Ricardo Em 1732 Benjamin Franklin começou a publicar o famoso Almanaque do Pobre Ricardo (Poor Richard's Almanac, em inglês), no qual se baseia uma boa parte da sua reputação popular nos Estados Unidos da América.

Novo!!: Almanaque e Almanaque do Pobre Ricardo · Veja mais »

Almanaque Português de Fotografia

Almanaque Português de Fotografia é um anuário português, criado em 1956, pelo editor Mário B. Nogueira com uma linha editorial destinada aos assuntos do mundo da fotografia para o público de língua portuguesa.

Novo!!: Almanaque e Almanaque Português de Fotografia · Veja mais »

Ano

Um ano corresponde ao intervalo aproximado de tempo que a Terra demora para completar uma volta em torno do Sol.

Novo!!: Almanaque e Ano · Veja mais »

Astrolábio

O astrolábio é um instrumento naval antigo, usado para medir a altura dos astros acima do horizonte.

Novo!!: Almanaque e Astrolábio · Veja mais »

Astronomia

Formação estrelar na Grande Nuvem de Magalhães, uma galáxia irregular. Mosaico da Nebulosa do Caranguejo, remanescente de uma supernova. Astronomia é uma ciência natural que estuda corpos celestes (como estrelas, planetas, cometas, nebulosas, aglomerados de estrelas, galáxias) e fenômenos que se originam fora da atmosfera da Terra (como a radiação cósmica de fundo em micro-ondas).

Novo!!: Almanaque e Astronomia · Veja mais »

Barbanera

Barbanera é um famoso almanaque italiano, impresso pela primeira vez em 1762 ainda publicado uma vez por ano.

Novo!!: Almanaque e Barbanera · Veja mais »

Borda d'Água

Borda d'Água é um almanaque português publicado anualmente desde 1929 pela Editorial Minerva, continua a ser impresso numa tipografia tradicional e a manter a mesma linha editorial desde a sua fundação.

Novo!!: Almanaque e Borda d'Água · Veja mais »

Calendário

Calendário é um sistema para contagem e agrupamento de dias que visa a atender principalmente às necessidades civis e religiosas de uma cultura.

Novo!!: Almanaque e Calendário · Veja mais »

Data

Data é o modo pelo qual se define um certo momento no tempo.

Novo!!: Almanaque e Data · Veja mais »

Efeméride

Em astronomia e navegação, uma efeméride (do grego) é uma tabela astronômica em que, com intervalos de tempo regulares, registra-se a posição relativa de um astro.

Novo!!: Almanaque e Efeméride · Veja mais »

Enciclopédia

Primeira edição da ''Enciclopédia da Iugoslávia'', cujos oito volumes foram publicados entre 1955 e 1971 Enciclopédia (enkyklopaideía, formado a partir de ἐγκυκλο "circular" + παιδεία "educação") é uma coletânea de textos bastante numerosos, cujo objetivo principal é descrever o melhor possível o estado atual do conhecimento humano.

Novo!!: Almanaque e Enciclopédia · Veja mais »

Fases da Lua

As fases da Lua referem-se à mudança aparente da porção visível iluminada do satélite devido a sua variação da posição em relação à Terra e ao Sol.

Novo!!: Almanaque e Fases da Lua · Veja mais »

Língua árabe

O árabe (العربية, transl. al-ʿarabiyyah,, ou عربي, transl. ʿarabī) é uma língua semita central, parente próximo do hebraico e das línguas neo-aramaicas.

Novo!!: Almanaque e Língua árabe · Veja mais »

Lunario Perpetuo

Lunario Perpetuo é o nome pelo qual ficou mais conhecido um almanaque ilustrado com xilogravuras composto por Jerónimo Cortés e publicado em Valência em 1594, e reeditado inúmeras vezes ao longo de séculos, com variações em seu título e conteúdo.

Novo!!: Almanaque e Lunario Perpetuo · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense,  estabelecido no século XI por Vímara Peres, um vassalo do rei das Astúrias. O condado tornou-se parte do Reino de León em 1097, e os condes de Portugal estabeleceram-se como governantes independentes do reino no século XII, após a batalha de São Mamede. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: Almanaque e Portugal · Veja mais »

Publicação

A publicação é o ato pelo qual um texto (enunciado lingüístico oral ou escrito) é enviado para várias pessoas, que a ele poderão ter livre acesso por vontade própria; ou seja, a publicação é o momento em que uma comunicação deixa de ser particular, privada, individual ou pessoal e torna-se pública.

Novo!!: Almanaque e Publicação · Veja mais »

Solstício

Iluminação da Terra pelo Sol durante o solstício do hemisfério norte (solstício de junho). Iluminação da Terra pelo Sol durante o solstício do hemisfério sul (solstício de dezembro). A insolação terrestre durante o primeiro semestre do ano de 2013. A insolação terrestre durante o segundo semestre do ano de 2013. Na astronomia, solstício (do latim sol + sistere, que não se mexe) é o momento em que o Sol, durante seu movimento aparente na esfera celeste, atinge a maior declinação em latitude, medida a partir da linha do equador.

Novo!!: Almanaque e Solstício · Veja mais »

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »