Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

A Adoração da Corte Celestial

A Adoração da Corte Celestial é uma pintura a óleo sobre madeira de carvalho, atribuída com reservas ao pintor régio português Amaro do Vale e que faz parte actualmente do acervo do Museu Nacional de Arte Antiga de Lisboa.

43 relações: Amaro do Vale, Brotéria, Cardeal, Carlos I de Espanha, Contrarreforma, Extinção das ordens religiosas, Filipe III de Espanha, Igreja Militante, Ildefonso de Toledo, Jesus, João Batista, João, o Apóstolo, Judas Tadeu, Lisboa, Lourenço de Huesca, Maneirismo, Maria (mãe de Jesus), Miguel Castro, Miguel Leitão de Andrada, Museu Nacional de Arte Antiga, Orbe (joia), Ordem da Santíssima Trindade, Ordem de Cristo, Ordem do Tosão de Ouro, Ordem dos Frades Menores, Ordem dos Pregadores, Paço da Ribeira, Papa Paulo V, Paulo de Tarso, Pedro de Castilho, Pintura a óleo, Portugal, Purgatório, Santa Casa da Misericórdia, Santos, São Bartolomeu, São Pedro, São Sebastião, Simão, o Zelote, Tiara papal, Vítor Serrão, 1612, 1619.

Amaro do Vale

Amaro do Vale (m. 1619) foi um pintor maneirista português.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Amaro do Vale · Veja mais »

Ano-novo

Ano-novo ou ano-bom é o momento em que um novo ano civil começa e um novo calendário anual é iniciado.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Ano-novo · Veja mais »

Brotéria

Capa do 1.º Volume da "Brotéria - Revista de Sciencias Naturaes do Collegio de S. Fiel" - 1902 Fundada em 1902, em Louriçal do Campo, por Joaquim da Silva Tavares S.J. (1866-1932), Cândido Azevedo Mendes S.J. (1874-1943) e Carlos Zimmermann S.J. (1871-1950), professores do Colégio de São Fiel, a "Brotéria – Revista de Sciencias Naturaes" destacou-se no panorama das publicações científicas portuguesas entre o ano da sua fundação e 2002.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Brotéria · Veja mais »

Cardeal

Um cardeal é um alto dignitário da Igreja Católica, que assiste o Papa em diversas competências.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Cardeal · Veja mais »

Carlos I de Espanha

Carlos V & I (Gante, – Cuacos de Yuste) foi o Imperador Romano-Germânico como Carlos V a partir de 1519 e Rei da Espanha como Carlos I de 1516 até sua abdicação em favor de seu irmão mais novo Fernando I no império e seu filho Filipe II na Espanha.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Carlos I de Espanha · Veja mais »

Contrarreforma

São Jerônimo, foi adotada como texto oficial da Igreja Católica pelo Concílio de Trento em 1546., que ficou também conhecida por Reforma Católica, é o nome dado ao movimento que foi criado pela Igreja Católica a partir de 1545, e que, segundo alguns autores, teria sido uma resposta à Reforma Protestante (de 1517) iniciada por Lutero.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Contrarreforma · Veja mais »

Extinção das ordens religiosas

A extinção das ordens religiosas em Portugal ocorreu no contexto da consolidação do Liberalismo no país, ao final da Guerra Civil Portuguesa (1828-1834).

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Extinção das ordens religiosas · Veja mais »

Filipe III de Espanha

Filipe III (Madrid, – Madrid), também chamado de Filipe, o Piedoso, foi o Rei da Espanha e Portugal como Filipe II de 1598 até sua morte.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Filipe III de Espanha · Veja mais »

Igreja Militante

A Igreja Militante é uma das divisões filosóficas da Igreja Católica como Igreja Universal, se referindo ao mundo dos cristãos vivos.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Igreja Militante · Veja mais »

Ildefonso de Toledo

Ildefonso de Toledo (Hildefonsus Toletanus) foi arcebispo de Toledo, entre 657 e 667.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Ildefonso de Toledo · Veja mais »

Jesus

Jesus (ישוע/ יֵשׁוּעַ||Yeshua; ησοῦς||Iesous), também chamado Jesus de Nazaré (n. 7–2 a.C. – m. 30–33 d.C.) é a figura central do cristianismo e aquele que os ensinamentos de maior parte das denominações cristãs, além dos judeus messiânicos, consideram ser o Filho de Deus.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Jesus · Veja mais »

João Batista

João Batista foi um pregador itinerante cujo aparecimento se deu na Judeia provável lugar de nascimento e na Galileia (d.C.) na época de Herodes; João teve muitos seguidores e pregava aos judeus dizendo que deveriam exercer a virtude e a retidão e usava o batismo como símbolo de purificação da alma em seu movimento messiânico.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e João Batista · Veja mais »

João, o Apóstolo

João, o Apóstolo (Yohanan Shliha; Yohanan Ben Zavdai; latim e grego koiné: Ioannes; 100) foi um dos doze apóstolos de Jesus segundo o Novo Testamento, filho de Zebedeu e Salomé e irmão de Tiago, outro apóstolo.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e João, o Apóstolo · Veja mais »

Judas Tadeu

São Judas Tadeu ou São Judas Apóstolo é um santo cristão e um dos doze apóstolos de Jesus.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Judas Tadeu · Veja mais »

Lisboa

Lisboa GCTE é a capital de Portugal e a cidade mais populosa do país.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Lisboa · Veja mais »

Lourenço de Huesca

Lourenço de Huesca ou São Lourenço (Huesca ou Valência, Hispânia, 225? — Roma) foi um mártir católico e um dos sete primeiros diáconos (guardiões do tesouro da Igreja) da Igreja Cristã, sediada em Roma.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Lourenço de Huesca · Veja mais »

Maneirismo

O Maneirismo foi um estilo e um movimento artístico que se desenvolveu na Europa aproximadamente entre 1515 e 1600 como uma revisão dos valores clássicos e naturalistas prestigiados pelo Humanismo renascentista e cristalizados na Alta Renascença.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Maneirismo · Veja mais »

Maria (mãe de Jesus)

Maria (hebraico: מִרְיָם, Miriam; aramaico: Maryām; árabe: مريم, Maryam; grego koiné: Μαριας ou Μαριαμ), também conhecida como Maria de Nazaré e chamada pelos católicos e ortodoxos de Nossa Senhora, foi a mulher israelita de Nazaré, identificada no Novo Testamento e no Alcorão como a mãe de Jesus através da intervenção divina. Jesus é visto como o messias — o Cristo — em ambas as tradições, dando origem ao nome comum de Jesus Cristo.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Maria (mãe de Jesus) · Veja mais »

Miguel Castro

D.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Miguel Castro · Veja mais »

Miguel Leitão de Andrada

Miguel Leitão de Andrada (Pedrógão Grande, 28 de Setembro de 1553 – Lisboa, 7 de Setembro de 1630) foi um jurista e escritor português.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Miguel Leitão de Andrada · Veja mais »

Museu Nacional de Arte Antiga

O Museu Nacional de Arte Antiga é o mais importante museu de arte dos séculos XII a XIX em Portugal, ao acolher a mais relevante coleção pública de arte antiga do país.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Museu Nacional de Arte Antiga · Veja mais »

Natal

Natal ou Dia de Natal é um feriado e festival religioso cristão comemorado anualmente em 25 de dezembro (nos países eslavos e ortodoxos, cujos calendários eram baseados no calendário juliano, o Natal é comemorado no dia 7 de janeiro).

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Natal · Veja mais »

Orbe (joia)

Orbe das joias da Coroa Dinamarquesa. O globus cruciger foi usado no Império Bizantino, como mostra esta moeda do imperador Leôncio (d. 705). Cristo como Salvador do Mundo. Um orbe ou, em latim, globus cruciger é uma joia que representa um globo terrestre rematado com uma cruz.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Orbe (joia) · Veja mais »

Ordem da Santíssima Trindade

A Ordem da Santíssima Trindade para a Redenção dos Cativos, Ordem da Santíssima Trindade ou Ordem dos Trinitários (sigla: O.S.S.T.) é uma ordem religiosa católica fundada no final do em Cerfroid, 80 km a nordeste de Paris, por São João de Mata e São Félix de Valois.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Ordem da Santíssima Trindade · Veja mais »

Ordem de Cristo

A Ordem de Nosso Senhor Jesus Cristo originalmente era uma ordem religiosa e militar, criada a 14 de março de 1319 pela bula pontifícia Ad ea ex-quibus do Papa João XXII, que, deste modo, atendia aos pedidos do rei Dom Dinis.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Ordem de Cristo · Veja mais »

Ordem do Tosão de Ouro

A Ordem do Tosão de Ouro (Francês: Ordre de la Toison d'Or; Espanhol: Orden del Toisón de Oro; Neerlandês: Orde van het Gulden Vlies; Alemão: Orden vom Goldenen Vlies) é uma ordem de cavalaria fundada em 1429 por Filipe III, Duque da Borgonha para celebrar o seu casamento com a infanta Isabel de Portugal, filha do rei português D. João I. Seguindo a morte de Carlos II de Espanha e a Guerra da Sucessão Espanhola, a ordem dividiu-se em duas até à actualidade: a ordem espanhola e a ordem austríaca, cada uma reclamando a legitimidade histórica.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Ordem do Tosão de Ouro · Veja mais »

Ordem dos Frades Menores

A Ordem dos Frades Menores (em latim Ordo Fratrum Minorum, O.F.M.), também conhecida por Ordem de São Francisco, por Ordem dos Franciscanos ou Ordem Franciscana, é a ordem religiosa fundada por São Francisco de Assis.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Ordem dos Frades Menores · Veja mais »

Ordem dos Pregadores

A Ordem dos Pregadores (latim: Ordo Prædicatorum, O. P.), também conhecida por Ordem de São Domingos ou Ordem Dominicana, é uma ordem religiosa católica que tem como objectivo a pregação da palavra e mensagem de Jesus Cristo e a conversão ao cristianismo.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Ordem dos Pregadores · Veja mais »

Paço da Ribeira

Paço da Ribeira no início do século XVIII. O Paço da Ribeira foi um palácio real e residência oficial dos reis portugueses durante cerca de 250 anos, substituindo o Paço da Alcáçova.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Paço da Ribeira · Veja mais »

Papa Paulo V

Papa Paulo V, nascido Camillo Borghese, (Roma, 17 de setembro de 1552 — Roma, 28 de janeiro de 1621) foi papa da Igreja Católica de 1605 a 1621.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Papa Paulo V · Veja mais »

Paulo de Tarso

Paulo de Tarso, também chamado de Apóstolo Paulo, Saulo de Tarso, São Paulo Apóstolo, Apostolo dos gentios e São Paulo, (Tarso, Cilícia, c.5 - Roma, 67) foi um dos mais influentes escritores do cristianismo primitivo, cujas obras compõem parte significativa do Novo Testamento. A influência que exerceu no pensamento cristão, chamada de "paulinismo", foi fundamental por causa do seu papel como preeminente apóstolo do Cristianismo durante a propagação inicial do Evangelho pelo Império Romano. Conhecido também como Saulo, se dedicava à perseguição dos primeiros discípulos de Jesus na região de Jerusalém. De acordo com o relato na Bíblia, durante uma viagem entre Jerusalém e Damasco, numa missão para que, encontrando fiéis por lá, "os levasse presos a Jerusalém", Saulo teve uma visão de Jesus envolto numa grande luz, ficou cego, mas teve a visão recuperada após três dias por Ananias que também o batizou. Começou então a pregar o Cristianismo. Juntamente com Simão Pedro e Tiago, o Justo, ele foi um dos mais proeminentes líderes do nascente cristianismo. Era também cidadão romano, o que lhe conferia uma situação legal privilegiada. A questão de sua cidadania romana gera certa curiosidade. Paulo afirma em Atos 22, 28 ser romano "de nascimento". Tal declaração parece indicar que o apóstolo herdou essa posição de seu pai. Treze epístolas no Novo Testamento são atribuídas a Paulo, mas a sua autoria em sete delas é contestada por estudiosos modernos. Agostinho desenvolveu a ideia de Paulo que a salvação é baseada na fé e não nas "obras da Lei". A interpretação de Martinho Lutero das obras de Paulo influenciou fortemente sua doutrina de sola fide. A conversão de Paulo mudou radicalmente o curso de sua vida. Com suas atividades missionárias e obras, Paulo acabou transformando as crenças religiosas e a filosofia de toda a região da bacia do Mediterrâneo. Sua liderança, influência e legado levaram à formação de comunidades dominadas por grupos gentios que adoravam o Deus de Israel, aderiam ao código moral judaico, mas que abandonaram o ritual e as obrigações alimentares da Lei Mosaica por causa dos ensinamentos de Paulo sobre a vida e obra de Jesus e seu "Novo Testamento", fundamentados na morte de Jesus e na sua ressurreição.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Paulo de Tarso · Veja mais »

Pedro de Castilho

Pedro de Castilho (Coimbra, ?? — Lisboa, 31 de Março de 1615) foi um presbítero que entre outras funções de relevo foi deputado da Inquisição de Coimbra (1575), inquisidor-geral, o 7.º bispo da Diocese de Angra, governando-a de 1578 a 1583, depois bispo de Leiria (1583) e desembargador do Paço (1587).

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Pedro de Castilho · Veja mais »

Pintura a óleo

A pintura a óleo é uma técnica artística, que se utiliza de tintas a óleo, aplicadas com pincéis, espátulas, ou outros meios, sobre telas de tecido, superfícies de madeira ou outros materiais.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Pintura a óleo · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense,  estabelecido no século XI por Vímara Peres, um vassalo do rei das Astúrias. O condado tornou-se parte do Reino de León em 1097, e os condes de Portugal estabeleceram-se como governantes independentes do reino no século XII, após a batalha de São Mamede. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Portugal · Veja mais »

Purgatório

Imagem do purgatório no livro de orações ''Très Riches Heures du Duc de Berry'' Purgatório é a condição e processo de purificação ou castigo temporário em que as almas daqueles que morrem em estado de graça são preparadas para o Reino dos céus.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Purgatório · Veja mais »

Santa Casa da Misericórdia

Santa Casa de Misericórdia de Itararé, no interior de São Paulo, Brasil. Santa Casa de Misericórdia de Avaré, no interior de São Paulo, Brasil. Santa Casa de Misericórdia de Suzano, na Grande São Paulo. Santa Casa de Misericórdia de Avaré - Ambulatório- 2015. A Santa Casa da Misericórdia é uma irmandade que tem como missão o tratamento e sustento a enfermos e inválidos, além de dar assistência a “expostos” – recém nascidos abandonados na instituição.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Santa Casa da Misericórdia · Veja mais »

Santos

Santos é um município portuário sede da Região Metropolitana da Baixada Santista, localizado no litoral do estado de São Paulo, no Brasil.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Santos · Veja mais »

São Bartolomeu

São Bartolomeu Apóstolo foi um dos apóstolos de Jesus Cristo.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e São Bartolomeu · Veja mais »

São Pedro

São Pedro ou São Pedro Apóstolo, em hebraico:כיפא, em grego koiné: Πέτρος, Petros, "Rocha", segundo a interpretação católica e ortodoxa, (de pedra) para alguns protestantes, (Betsaida, Galileia, século I a.C., — Roma, cerca de 67 d.C.) foi um dos doze apóstolos de Jesus Cristo, segundo o Novo Testamento e, mais especificamente, os quatro Evangelhos.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e São Pedro · Veja mais »

São Sebastião

São Sebastião (França, 256 d.C. – 286 d.C.) originário de Narbonne e cidadão de Milão, foi um mártir e santo cristão, morto durante a perseguição levada a cabo pelo imperador romano Diocleciano.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e São Sebastião · Veja mais »

Simão, o Zelote

São Simão ou Simão Apóstolo, dito Simão, o Zelota ou Simão, o Cananeu, natural da Galileia, foi um dos discípulos de Jesus Cristo que fazia parte do grupo dos doze apóstolos.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Simão, o Zelote · Veja mais »

Tiara papal

A Tiara papal, Tríplice Tiara ou Tiara Tripla (em latim: Triregnum, em italiano: Triregno e em francês: Trirègne) é a "coroa papal, uma rica cobertura para a cabeça, ornamentada com pedras preciosas e pérolas, tem a forma de uma colméia, possui uma pequena cruz no ponto mais alto, e também é equipada com três diademas reais".

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Tiara papal · Veja mais »

Véspera de Ano-Novo

A Véspera de Ano-Novo, também chamada de réveillon, virada de ano, ou passagem de ano refere-se ao dia 31 de dezembro, precedente ao Dia de Ano-Novo nos países que seguem o calendário gregoriano.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Véspera de Ano-Novo · Veja mais »

Véspera de Natal

Véspera de Natal refere-se à noite ou todo dia que precede o dia de Natal, um festival que comemora o nascimento de Jesus de Nazaré.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Véspera de Natal · Veja mais »

Vítor Serrão

Vitor Manuel Guimarães Veríssimo Serrão ComSE (Toulouse, 28 de dezembro de 1952) é um professor, conferencista e historiador de arte português.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e Vítor Serrão · Veja mais »

1612

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram A e G (52 semanas), teve início a um domingo e terminou a uma segunda-feira.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e 1612 · Veja mais »

1619

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: A Adoração da Corte Celestial e 1619 · Veja mais »

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »