Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
 

Óbidos (Portugal)

Óbidos é uma vila portuguesa, do distrito de Leiria, situada na província da Estremadura integrando a Comunidade Intermunicipal do Oeste na região do Centro, com cerca de habitantes.

66 relações: A-dos-Negros, Afonso II de Portugal, Amoreira (Óbidos), Aqueduto, Bombarral, Caldas da Rainha, Castelo de Óbidos, Cidade literária, Comunidade Intermunicipal do Oeste, Dinis I de Portugal, Direção-Geral do Património Cultural, Distrito de Leiria, Duarte de Portugal, Eburobrício, Estremadura, Filipa de Lencastre, Foral, Freguesia, Gaeiras, Google, Igreja da Misericórdia, Igreja de Santa Maria (Óbidos), Igreja de São Martinho, Igreja de São Pedro, Igreja de São Tiago, Isabel de Aragão, Rainha de Portugal, João I de Portugal, João II de Portugal, Josep Colom, Leonor de Aragão, Rainha de Portugal, Leonor de Avis, Rainha de Portugal, Lista de consortes reais de Portugal, Lista de património edificado em Portugal, Lourinhã, Maria, Master class, Monumento, Mouros, Município, Natal, Oceano Atlântico, Oeste (sub-região), Olho Marinho, Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, Paronímia, Partido Social Democrata (Portugal), Peniche, Piano, Portugal, Região do Centro, ..., Sancho I de Portugal, Santa Maria, São Pedro e Sobral da Lagoa, Santuário do Senhor Jesus da Pedra, Sete Maravilhas de Portugal, Urraca de Castela, rainha de Portugal, Usseira, Vau (Óbidos), Vila, 11 de janeiro, 1148, 1195, 1527, 16 de fevereiro, 1996, 2007, 2015. Expandir índice (16 mais) »

A-dos-Negros

A-dos-Negros é uma freguesia portuguesa do concelho de Óbidos, com 16,82 km² de área e 1 489 habitantes (2011).

Novo!!: Óbidos (Portugal) e A-dos-Negros · Veja mais »

Afonso II de Portugal

Afonso II (Coimbra, – Coimbra), apelidado de Afonso, o Gordo, foi o Rei de Portugal de 1211 até sua morte.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Afonso II de Portugal · Veja mais »

Amoreira (Óbidos)

Amoreira é uma freguesia portuguesa do concelho de Óbidos, com 19,39 km² de área e 989 habitantes (2011).

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Amoreira (Óbidos) · Veja mais »

Ano-novo

Ano-novo ou ano-bom é o momento em que um novo ano civil começa e um novo calendário anual é iniciado.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Ano-novo · Veja mais »

Aqueduto

O Aqueduto dos Pegões, em Tomar, Portugal. Aqueducto romano junto a Espoleto, Itália. Aqueduto das Águas Livres, Lisboa. Aqueduto é um canal ou galeria, subterrâneo ou à superfície, e construído com a finalidade de conduzir a água.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Aqueduto · Veja mais »

Bombarral

O Bombarral é uma vila portuguesa da sub-região do Oeste, distrito de Leiria, região Centro, com cerca de habitantes.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Bombarral · Veja mais »

Caldas da Rainha

Caldas da Rainha DmTE é uma cidade portuguesa com 30 343 habitantes no seu perímetro urbano (2012).

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Caldas da Rainha · Veja mais »

Castelo de Óbidos

O Castelo de Óbidos localiza-se na freguesia de Santa Maria, vila e concelho de Óbidos, no distrito de Leiria, em Portugal.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Castelo de Óbidos · Veja mais »

Cidade literária

Uma cidade literária é uma cidade, vila ou aldeia com um grande número de lojas de livros usados ou antiquário.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Cidade literária · Veja mais »

Comunidade Intermunicipal do Oeste

A Comunidade Intermunicipal do Oeste é uma Comunidade Intermunicipal (CIM) de Portugal.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Comunidade Intermunicipal do Oeste · Veja mais »

Dinis I de Portugal

Dinis I, O Lavrador ou O Poeta nasceu em Lisboa no dia e morreu em Santarém no dia), foi Rei de Portugal e do Algarve de 1279 até sua morte. Era o filho mais velho do rei Afonso III e sua segunda esposa Beatriz de Castela. Em 1282 desposou Isabel de Aragão, que ficaria conhecida como Rainha Santa. Ao longo de 46 anos de reinado, foi um dos principais responsáveis pela criação da identidade nacional e o alvor da consciência de Portugal enquanto estado-nação: em 1297, após a conclusão da Reconquista pelo seu pai, definiu as fronteiras de Portugal no Tratado de Alcanizes, prosseguiu relevantes reformas judiciais, instituiu a língua portuguesa como língua oficial da corte, criou a primeira Universidade portuguesa, libertou as Ordens Militares no território nacional de influências estrangeiras e prosseguiu um sistemático acréscimo do centralismo régio. A sua política centralizadora foi articulada com importantes acções de fomento económico - como a criação de inúmeros concelhos e feiras. D. Dinis ordenou a exploração de minas de cobre, prata, estanho e ferro e organizou a exportação da produção excedente para outros países europeus. Em 1308 assinou o primeiro acordo comercial português com a Inglaterra. Em 1312 fundou a marinha Portuguesa, nomeando 1º Almirante de Portugal, o genovês Manuel Pessanha, e ordenando a construção de várias docas. Foi grande amante das artes e letras. Tendo sido um famoso trovador, cultivou as Cantigas de Amigo, de Amor e a sátira, contribuindo para o desenvolvimento da poesia trovadoresca na Península Ibérica. Pensa-se ter sido o primeiro monarca português verdadeiramente alfabetizado, tendo assinado sempre com o nome completo. Foi o responsável pela criação da primeira Universidade portuguesa, inicialmente instalada em Lisboa e depois para Coimbra. Entre 1320 e 1324 houve uma guerra civil que opôs o rei ao futuro Afonso IV. Este julgava que o pai pretendia dar o trono a Afonso Sanches. Nesta guerra, o rei contou com pouco apoio popular, pois nos últimos anos de reinado deu grandes privilégios aos nobres. O infante contou com o apoio dos concelhos. Apesar dos motivos da revolta, esta guerra foi no fundo um conflito entre grandes e pequenos. Após a sua morte, em 1325 foi sucedido pelo seu filho legítimo, Afonso IV de Portugal, apesar da oposição do seu favorito, filho natural Afonso Sanches.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Dinis I de Portugal · Veja mais »

Direção-Geral do Património Cultural

Palácio Nacional da Ajuda, monumento nacional, onde funcionava antigamente o IPPAR, o seu subsequente IGESPAR e a atual '''DGPC''' A Direção-Geral do Património Cultural é um serviço central da administração direta do Estado, que "tem por missão assegurar a gestão, salvaguarda, valorização, conservação e restauro dos bens que integrem o património cultural imóvel, móvel e imaterial do País, bem como desenvolver e executar a política museológica nacional." Resultou da fusão entre o Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico, I. P. (IGESPAR) e o Instituto dos Museus e da Conservação, I. P. (IMC), ocorrida em 2011.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Direção-Geral do Património Cultural · Veja mais »

Distrito de Leiria

O distrito de Leiria é um distrito português situado na Região do Centro (Região das Beiras), dividido entre as províncias tradicionais da Beira Litoral e da Estremadura.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Distrito de Leiria · Veja mais »

Duarte de Portugal

* Duarte I de Portugal (1391-1438) — rei de Portugal.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Duarte de Portugal · Veja mais »

Eburobrício

Eburobrício (Eburobrittium) foi uma cidade romana que existia em território português entre Lisboa (Olisipo) e Leiria (Colipo).

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Eburobrício · Veja mais »

Estremadura

A Estremadura é uma província portuguesa estabelecida na Idade Média e extinta no século XIX, devendo o seu nome derivar do latim Extrema Durii (extremos do Douro), por designar os territórios adquiridos, na sequência da Reconquista cristã, para Sul do Douro (tal é, de resto, também a origem etimológica do nome da região espanhola da Estremadura); com a progressão da reconquista para Sul, a noção de Estremadura, como terra de fronteira, foi também alargando-se, de tal forma que, no século XV, a Estremadura correspondia, grosso modo, aos distritos de Lisboa, Setúbal e Leiria.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Estremadura · Veja mais »

Filipa de Lencastre

Filipa de Lencastre (em inglês: Philippa of Lancaster; Leicester, de 1360 — Lisboa, 19 de julho de 1415) foi uma princesa inglesa da Casa de Lencastre, filha de João de Gante, 1.º Duque de Lencastre, com sua mulher Branca de Lencastre.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Filipa de Lencastre · Veja mais »

Foral

Uma carta de foral, ou simplesmente foral, era um documento real utilizado em Portugal, que visava estabelecer um concelho e regular a sua administração, deveres e privilégios.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Foral · Veja mais »

Freguesia

Freguesia é o nome da menor divisão administrativa em Portugal e no antigo Império Português, semelhante à paróquia civil dos outros países.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Freguesia · Veja mais »

Gaeiras

Gaeiras é uma freguesia portuguesa do concelho de Óbidos, com 10,20 km² de área e 2.331 habitantes (2011).

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Gaeiras · Veja mais »

Google

Google LLC (Google, pronuncia-se) é uma empresa multinacional de serviços online e software dos Estados Unidos.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Google · Veja mais »

Igreja da Misericórdia

O termo Igreja da Misericórdia pode-se referir às seguintes igrejas.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Igreja da Misericórdia · Veja mais »

Igreja de Santa Maria (Óbidos)

Igreja de Santa Maria ou Igreja Matriz de Óbidos (fundada entre 1148 e 1185) é a principal igreja da vila de Óbidos, distrito de Leiria, Portugal.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Igreja de Santa Maria (Óbidos) · Veja mais »

Igreja de São Martinho

Sem descrição

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Igreja de São Martinho · Veja mais »

Igreja de São Pedro

Sem descrição

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Igreja de São Pedro · Veja mais »

Igreja de São Tiago

O termo Igreja de São Tiago pode designar as seguintes igrejas.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Igreja de São Tiago · Veja mais »

Isabel de Aragão, Rainha de Portugal

Isabel de Aragão OSC (Elisabet d'Aragó; ou, usando a grafia medieval portuguesa, Yzabel; Saragoça, 4 de janeiro de 1271 — Estremoz, 4 de julho de 1336), foi uma infanta aragonesa, que viveu desde 1282 até 1325, rainha consorte de Portugal como consorte de D. Dinis I. Ficou para a história com a fama de santa, tendo sido beatificada e, posteriormente, canonizada.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Isabel de Aragão, Rainha de Portugal · Veja mais »

João I de Portugal

João I de Portugal (Lisboa, – Lisboa), conhecido como o Mestre de Avis e apelidado de "o de Boa Memória", foi o rei de Portugal e dos Algarves de 1385 até sua morte, sendo o primeiro monarca português da Casa de Avis.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e João I de Portugal · Veja mais »

João II de Portugal

João II (Lisboa, – Alvor), apelidado de "o Príncipe Perfeito", foi o Rei de Portugal e dos Algarves em dois períodos diferentes, primeiro durante quatro dias em novembro de 1477 e depois de 1481 até sua morte.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e João II de Portugal · Veja mais »

Josep Colom

Josep Colom, pianista. Josep Colom (José María Colom Rincón) é um pianista espanhol nascido em 1947.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Josep Colom · Veja mais »

Leonor de Aragão, Rainha de Portugal

Leonor de Aragão (Elionor d'Aragó;2 de maio de 1402 — Toledo, 19 de fevereiro de 1445), foi uma infanta aragonesa que viria a ser rainha de Portugal por casamento com o rei D. Duarte, e regente durante a menoridade do seu filho D. Afonso V.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Leonor de Aragão, Rainha de Portugal · Veja mais »

Leonor de Avis, Rainha de Portugal

Leonor de Avis ou Leonor de Portugal ou Leonor de Lencastre ou Infanta Leonor, e mais recentemente, no estrangeiro, "Leonor de Viseu", do nome do título secundário de seu pai o infante Fernando de Portugal, Duque de Viseu (Beja, — Paço de Xabregas, Lisboa), foi uma princesa portuguesa da Casa de Avis, e rainha de Portugal a partir de 1481, pelo casamento com seu primo João II de Portugal, o Príncipe Perfeito.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Leonor de Avis, Rainha de Portugal · Veja mais »

Lista de consortes reais de Portugal

Ao longo da sua história, a monarquia portuguesa teve apenas duas rainhas que reinaram de facto como monarcas: D. Maria I e D. Maria II.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Lista de consortes reais de Portugal · Veja mais »

Lista de património edificado em Portugal

Esta é uma lista do património edificado em Portugal, ordenada alfabeticamente por distrito e concelho, baseada nas listagens da DGPC e na legislação pertinente emanada pelos órgãos de governo próprio das regiões autónomas da Madeira e Açores.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Lista de património edificado em Portugal · Veja mais »

Lourinhã

A Lourinhã é uma vila sede de concelho portuguesa localizada no litoral da sub-região do Oeste.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Lourinhã · Veja mais »

Maria

Sem descrição

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Maria · Veja mais »

Master class

Master class é uma expressão inglesa que se refere a uma aula dada por um especialista detentor de notório saber em determinada área do conhecimento.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Master class · Veja mais »

Monumento

Monumento é uma estrutura construída por motivos simbólicos e/ou comemorativos, mais do que para uma utilização de ordem funcional.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Monumento · Veja mais »

Mouros

"Mouriscos do Reino de Granada, passeando pelo campo com mulher e criança". Desenho de Christoph Weiditz (1529) Mouros, mauritanos, mauros ou sarracenos são considerados, originalmente, os povos oriundos do Norte de África, praticantes do Islão, nomeadamente Marrocos, Argélia, Mauritânia e Saara Ocidental, invasores da região da Península Ibérica, Sicília, Malta e parte de França, durante a Idade Média.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Mouros · Veja mais »

Município

Prefeitura do Município de São Paulo Um município ou concelho é geralmente uma divisão administrativa urbana com estatuto corporativo e que, geralmente, possui governo e (ou) jurisdição próprios.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Município · Veja mais »

Natal

Natal ou Dia de Natal é um feriado e festival religioso cristão comemorado anualmente em 25 de dezembro (nos países eslavos e ortodoxos, cujos calendários eram baseados no calendário juliano, o Natal é comemorado no dia 7 de janeiro).

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Natal · Veja mais »

Oceano Atlântico

O oceano Atlântico é o segundo maior oceano em extensão, com uma área de aproximadamente 106.400.000 km²,"The New Encyclopaedia Britannica", Volume 2, Encyclopaedia Britannica, 1974.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Oceano Atlântico · Veja mais »

Oeste (sub-região)

O Oeste (mais conhecida como Região do Oeste) constitui uma unidade territorial estatística de nível III (NUT III), e é formada por parte da Região do Centro (que, até 2002, estava incluída na antiga sub-região de Lisboa e Vale do Tejo), incorpora a parte norte do Distrito de Lisboa e a parte sul do Distrito de Leiria.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Oeste (sub-região) · Veja mais »

Olho Marinho

Olho Marinho é uma freguesia portuguesa do concelho de Óbidos, com 18,32 km² de área e 1 279 habitantes (2011).

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Olho Marinho · Veja mais »

Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) - (acrônimo de United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization) é uma agência especializada das Nações Unidas (ONU) com sede em Paris, fundada em 4 de novembro de 1946 com o objetivo de contribuir para a paz e segurança no mundo mediante a educação, ciências naturais, ciências sociais/humanas e comunicações/informação.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura · Veja mais »

Paronímia

Paronímia (do grego antigo παρώνυμἱα, transl. parōnymía, de παρά-, transl. pará-, 'junto, ao lado de', e ὄνομἰα, transl. ónomía, 'nome') é a relação entre palavras que apresentam sentido diferente e forma semelhante, o que provoca, com alguma frequência, confusão.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Paronímia · Veja mais »

Partido Social Democrata (Portugal)

O Partido Social Democrata (PPD/PSD) é um partido político português de centro-direita fundado em 6 de maio de 1974 por Francisco Sá Carneiro, Francisco Pinto Balsemão e Joaquim Magalhães Mota sob o nome Partido Popular Democrático (PPD).

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Partido Social Democrata (Portugal) · Veja mais »

Peniche

Peniche é uma cidade portuguesa do distrito de Leiria, situada na província da Estremadura e integrando a Comunidade Intermunicipal do Oeste na região do Centro, com 8 749 habitantes (2016).

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Peniche · Veja mais »

Piano

Piano (apócope derivado do italiano pianoforte) é um instrumento musical de cordas percussivas, pelo sistema de classificação de Hornbostel-Sachs.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Piano · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense,  estabelecido no século XI por Vímara Peres, um vassalo do rei das Astúrias. O condado tornou-se parte do Reino de León em 1097, e os condes de Portugal estabeleceram-se como governantes independentes do reino no século XII, após a batalha de São Mamede. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Portugal · Veja mais »

Região do Centro

A Região do Centro, é uma região (NUT II) de Portugal, limitada a norte pela Região do Norte, a leste por Espanha, a sul pelo NUT II do Alentejo (sub-regiões do Alto Alentejo e da Lezíria do Tejo), a sudoeste pela Área Metropolitana de Lisboa e a oeste pelo Oceano Atlântico.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Região do Centro · Veja mais »

Sancho I de Portugal

Sancho I (Coimbra, – Santarém), apelidado de Sancho, o Povoador, foi o Rei de Portugal de 1185 até sua morte.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Sancho I de Portugal · Veja mais »

Santa Maria, São Pedro e Sobral da Lagoa

Santa Maria, São Pedro e Sobral da Lagoa é uma freguesia portuguesa do concelho de Óbidos, com de área e habitantes (2011).

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Santa Maria, São Pedro e Sobral da Lagoa · Veja mais »

Santuário do Senhor Jesus da Pedra

Santuário do Senhor Jesus da Pedra, Óbidos. Santuário do Senhor Jesus da Pedra: vista do altar-mor. Santuário do Senhor Jesus da Pedra: detalhe da cruz de pedra. O Santuário do Senhor Jesus da Pedra localiza-se na freguesia de Santa Maria, no concelho Óbidos, distrito de Leiria, em Portugal.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Santuário do Senhor Jesus da Pedra · Veja mais »

Sete Maravilhas de Portugal

As 7 Maravilhas de Portugal já elegeram.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Sete Maravilhas de Portugal · Veja mais »

Urraca de Castela, rainha de Portugal

Urraca de Castela ou Urraca Afonso de Castela (Urraca de Castilla;1186 — 2 de novembro de 1220) foi uma infanta de Castela e, de 1211 até à sua morte, rainha consorte de Portugal por casamento com o rei D. Afonso II de Portugal.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Urraca de Castela, rainha de Portugal · Veja mais »

Usseira

Usseira é uma freguesia portuguesa do concelho de Óbidos, com 7,12 km² de área e 953 habitantes (2011).

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Usseira · Veja mais »

Véspera de Ano-Novo

A Véspera de Ano-Novo, também chamada de réveillon, virada de ano, ou passagem de ano refere-se ao dia 31 de dezembro, precedente ao Dia de Ano-Novo nos países que seguem o calendário gregoriano.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Véspera de Ano-Novo · Veja mais »

Véspera de Natal

Véspera de Natal refere-se à noite ou todo dia que precede o dia de Natal, um festival que comemora o nascimento de Jesus de Nazaré.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Véspera de Natal · Veja mais »

Vau (Óbidos)

Vau é uma freguesia portuguesa do concelho de Óbidos, com 32,90 km² de área e 952 habitantes (2011).

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Vau (Óbidos) · Veja mais »

Vila

Vila é um aglomerado populacional de tamanho intermédio entre a aldeia e a cidade, dotado de uma economia quase auto-suficiente, sendo o que caracteriza a sua passagem de aldeia para vila, em que o sector terciário (comércio e serviços) tem uma importância relevante e lhe proporciona alguma auto-suficiência econômica.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e Vila · Veja mais »

11 de janeiro

Sem descrição

Novo!!: Óbidos (Portugal) e 11 de janeiro · Veja mais »

1148

1148 (na numeração romana) foi um ano bissexto do do calendário juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram D e C (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou a uma sexta-feira.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e 1148 · Veja mais »

1195

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e 1195 · Veja mais »

1527

(na numeração romana) foi um ano comum do do calendário juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e 1527 · Veja mais »

16 de fevereiro

Sem descrição

Novo!!: Óbidos (Portugal) e 16 de fevereiro · Veja mais »

1996

Sem descrição

Novo!!: Óbidos (Portugal) e 1996 · Veja mais »

2007

Foi designado como.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e 2007 · Veja mais »

2015

O ano teve mais um segundo que foi acrescentado à meia-noite do último dia de junho.

Novo!!: Óbidos (Portugal) e 2015 · Veja mais »

Redireciona aqui:

Óbidos (portugal).

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »