Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
E sem anúncios!

Revolta de 31 de janeiro de 1891

A Revolta de 31 de Janeiro de 1891 foi o primeiro movimento revolucionário que teve por objectivo a implantação do regime republicano em Portugal.

45 relações: Alferes, Angola, António Amaral Leitão, Augusto Alves da Veiga, Aurélio Paz dos Reis, Bandeira, Bartolomeu Dias (corveta), Basílio Teles, Capitão, Câmara Municipal do Porto, Conselho de guerra, Coroa (monarquia), Coronel, Cronologia da história de Portugal, Fernando de Magalhães e Menezes, Golpe do Elevador da Biblioteca, Governo, Igreja de Santo Ildefonso, Implantação da República Portuguesa, João Chagas, José Hermano Saraiva, Manuel de Arriaga, Mapa Cor-de-Rosa, Miguel Verdial, Moçambique, Porto, Porto de Leixões, Portugal, Praça da Batalha (Porto), Praça da Liberdade (Porto), Praça da República (Porto), Proclamação da República do Brasil, Regimento, República, Revolução, Rodolfo Malheiro, Rua de Trinta e Um de Janeiro, Rua do Almada, Sampaio Bruno, Sebastião de Magalhães Lima, Teófilo Braga, Tenente, Ultimato britânico de 1890, 1891, 31 de janeiro.

Alferes

Alferes é um posto ou graduação militar existente nas forças armadas de alguns países.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Alferes · Veja mais »

Angola

Angola, oficialmente República de Angola, é um país da costa ocidental da África, cujo território principal é limitado a norte e a nordeste pela República Democrática do Congo, a leste pela Zâmbia, a sul pela Namíbia e a oeste pelo Oceano Atlântico.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Angola · Veja mais »

António Amaral Leitão

António Amaral Leitão (Farminhão, Viseu, 7 de Março de 1845 — Farminhão, 14 de Janeiro de 1903), mais conhecido por Capitão Leitão, foi um oficial de Infantaria do Exército Português que integrado no Regimento de Infantaria n.º 10, aquartelado no Porto, foi mais activos revolucionários durante o levantamento republicano que culminou na Revolta de 31 de janeiro de 1891.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e António Amaral Leitão · Veja mais »

Augusto Alves da Veiga

Augusto Manuel Alves da Veiga (Bragança, Izeda, 28 de Setembro de 1849 — Paris, 2 de Dezembro de 1924), mais conhecido por Alves da Veiga, foi um advogado, jornalista, diplomata e político republicano português que teve um importante papel na Revolta de 31 de Janeiro de 1891.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Augusto Alves da Veiga · Veja mais »

Aurélio Paz dos Reis

Aurélio Paz dos Reis (Porto, 28 de Julho de 1862 — Porto, 18 de setembro de 1931) foi um comerciante português, revolucionário republicano e maçom convicto, considerado o pioneiro do cinema em Portugal por ter realizado e produzido o primeiro filme português, A Saída do Pessoal Operário da Fábrica Confiança, que é por sua vez, uma réplica do primeiro da história do cinema, rodado em França pelos irmãos Lumière, em (1894 – 1895) La Sortie de l'usine Lumière à Lyon.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Aurélio Paz dos Reis · Veja mais »

Bandeira

A bandeira é definida classicamente como sendo o símbolo visual representativo de um estado soberano, ou país, estado,município, intendência, província, bairro, organização, sociedade, clã, coroa, reino, ou seja toda e qualquer entidade constituída, quer seja uma nação e seu povo, ou mesmo uma família tradicional, desde que reconhecida por outras entidades ou tradição.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Bandeira · Veja mais »

Bartolomeu Dias (corveta)

A Bartolomeu Dias foi uma corveta mista - com propulsão à vela e a vapor - ao serviço da Marinha Portuguesa, entre 1858 e 1905.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Bartolomeu Dias (corveta) · Veja mais »

Basílio Teles

Basílio Teles (Porto, 14 de Fevereiro de 1856 — Viana do Castelo, Mazarefes, 10 de Março de 1923) foi um professor, ensaísta e político republicano português.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Basílio Teles · Veja mais »

Capitão

Capitão é um posto de oficial existente na maioria dos exércitos do mundo e ao qual corresponde, tradicionalmente, o comando de uma companhia de soldados.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Capitão · Veja mais »

Câmara Municipal do Porto

O actual edifício da Câmara Municipal do Porto, em Portugal, foi projectado pelo Arquiteto Correia da Silva e começou a ser construído em 1920.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Câmara Municipal do Porto · Veja mais »

Conselho de guerra

Conselho de guerra é uma reunião de procedimento judicial militar de carácter sumário ou sumaríssimo no qual é decidida de forma rápida a comissão de um delito tipificado no Código de Justiça Militar que, pela situação de guerra ou outra análoga (estado de emergência, estado de sítio ou estado de prevenção), não permite esperar pela justiça militar ordinária.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Conselho de guerra · Veja mais »

Coroa (monarquia)

A coroa é um ornamento para a cabeça utilizado como símbolo de poder e legitimidade.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Coroa (monarquia) · Veja mais »

Coronel

Coronel é uma patente militar de oficial existente em quase todos os exércitos do mundo.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Coronel · Veja mais »

Cronologia da história de Portugal

As seguintes tabelas descrevem os acontecimentos que marcam a História de Portugal, por ordem cronológica.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Cronologia da história de Portugal · Veja mais »

Fernando de Magalhães e Menezes

Fernando de Magalhães e Menezes ComTE CvC CvA (Casa de Alvelos, Freixo de Baixo, Amarante, 13 de setembro de 1840 — Torre da Faia, Freixo de Baixo, Amarante, 9 de setembro de 1899) foi um militar português, administrador colonial e Chefe do Estado Maior do Porto durante a revolta republicana de 31 de Janeiro, que dominou.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Fernando de Magalhães e Menezes · Veja mais »

Golpe do Elevador da Biblioteca

Elevador da Biblioteca visto do alto da Calçada de São Francisco O Golpe do Elevador da Biblioteca, ou a Intentona do Elevador, ou ainda o Golpe de 28 de Janeiro de 1908, foi uma tentativa de golpe de estado, visando a proclamação da República, levada a cabo pelo Partido Republicano Português de parceria com a Dissidência Progressista, como reação contra o anunciado fim da ditadura administrativa de João Franco e a consequente ameaça de ascensão política do Partido Regenerador-Liberal daquele.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Golpe do Elevador da Biblioteca · Veja mais »

Governo

O Governo é "a organização que é a autoridade governante de uma unidade política"; "o poder de regrar uma sociedade política"; ou o aparato pelo qual o corpo governante funciona e exerce autoridade.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Governo · Veja mais »

Igreja de Santo Ildefonso

Fachada da igreja. A Igreja de Santo Ildefonso está localizada na Praça da Batalha, freguesia de Santo Ildefonso, no centro da cidade do Porto, em Portugal.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Igreja de Santo Ildefonso · Veja mais »

Implantação da República Portuguesa

A Implantação da República Portuguesa foi o resultado de uma revolução organizada pelo Partido Republicano Português, iniciada no dia 2 de outubro e vitoriosa na madrugada do dia 5 de outubro de 1910, destituiu a monarquia constitucional e implantou um regime republicano em Portugal.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Implantação da República Portuguesa · Veja mais »

João Chagas

João Pinheiro Chagas GCSE (Rio de Janeiro, 1 de setembro de 1863 — Cascais, Estoril, 28 de maio de 1925), mais conhecido por João Chagas, foi um jornalista, escritor, diplomata e político português, tendo sido o primeiro presidente do Ministério (atual primeiro-ministro) da I República Portuguesa.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e João Chagas · Veja mais »

José Hermano Saraiva

José Hermano Baptista Saraiva GCIH • GCIP • ComNSC (Leiria, Leiria, 3 de Outubro de 1919 — Palmela, Palmela, 20 de Julho de 2012) foi um advogado, professor e historiador português.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e José Hermano Saraiva · Veja mais »

Manuel de Arriaga

Manuel José de Arriaga Brum da Silveira e Peyrelongue (Horta, Matriz, 8 de Julho de 1840 — Lisboa, 5 de Março de 1917) foi um advogado, professor, escritor e político de origem açoriana.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Manuel de Arriaga · Veja mais »

Mapa Cor-de-Rosa

Mapa Cor-de-Rosa representando a pretensão à soberania sobre os territórios entre Angola e Moçambique Mapa cor-de-rosa foi o nome dado ao mapa representativo da pretensão de Portugal a exercer soberania sobre os territórios entre Angola e Moçambique, nos quais hoje se situam a Zâmbia, o Zimbábue e o Malawi, numa vasta faixa de território que ligava o Oceano Atlântico ao Índico.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Mapa Cor-de-Rosa · Veja mais »

Miguel Verdial

Miguel Henriques Verdial (Peso da Régua, 15 de outubro de 1849 — Porto, 4 de junho de 1922) foi um actor e empresário teatral que se destacou como um dos mais conhecidos participantes da revolta de 31 de janeiro de 1891 no Porto.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Miguel Verdial · Veja mais »

Moçambique

Moçambique, oficialmente designado como República de Moçambique, é um país localizado no sudeste do Continente Africano, banhado pelo Oceano Índico a leste e que faz fronteira com a Tanzânia ao norte; Malawi e Zâmbia a noroeste; Zimbabwe a oeste e Suazilândia e África do Sul a sudoeste.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Moçambique · Veja mais »

Porto

Porto OTE é a segunda cidade e o terceiro município mais populoso de Portugal, situada no noroeste do país e capital da Área Metropolitana do Porto (NUTS III e área metropolitana), da região Norte (NUTS II) e do Distrito do Porto.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Porto · Veja mais »

Porto de Leixões

O Porto de Leixões é o segundo maior porto artificial de Portugal, construído nos finais do século XIX e sucessivamente alargado e melhorado até aos nossos dias.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Porto de Leixões · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense, primeiro como parte do Reino da Galiza e depois integrado no Reino de Leão. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Portugal · Veja mais »

Praça da Batalha (Porto)

Palácio da Batalha, serviu de hospital durante o Cerco do Porto e vai ser transformado em hotel. A Praça da Batalha está localizada entre as freguesias da Sé e de Santo Ildefonso, no centro da cidade do Porto, em Portugal.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Praça da Batalha (Porto) · Veja mais »

Praça da Liberdade (Porto)

A Praça da Liberdade é, por muitos, considerada o coração da cidade do Porto, em Portugal.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Praça da Liberdade (Porto) · Veja mais »

Praça da República (Porto)

''Baco'' de António Teixeira Lopes ''Padre Américo'' de Henrique Moreira A Praça da República é um largo na freguesia da Cedofeita da cidade do Porto, em Portugal.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Praça da República (Porto) · Veja mais »

Proclamação da República do Brasil

"Alegoria da República", quadro de Manuel Lopes Rodrigues pertencente ao acervo do Museu de Arte da Bahia Marechal Manuel Deodoro da Fonseca São Simão em homenagem à proclamação da república brasileira Revista Ilustrada à proclamação da república brasileira A Proclamação da República Brasileira foi um levante político-militar ocorrido em 15 de novembro de 1889 que instaurou a forma republicana federativa presidencialista do governo no Brasil, derrubando a monarquia constitucional parlamentarista do Império do Brasil e, por conseguinte, pondo fim à soberania do imperador D. Pedro II.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Proclamação da República do Brasil · Veja mais »

Regimento

Símbolo tático da OTAN para um regimento de infantaria. Regimento é uma unidade militar tradicionalmente comandada por um coronel e composta por um número variável de batalhões ou subunidades equivalentes da mesma arma.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Regimento · Veja mais »

República

Η Πολιτεία - De Republica'' de Platão, edição bilingue de 1713. A República (do latim res publica, "coisa pública") é uma estrutura política de Estado ou forma de Governo em que, segundo Cícero, são necessárias três condições fundamentais para caracterizá-la: um número razoável de pessoas (multitude); uma comunidade de interesses e de fins (communio); e um consenso do direito (consensus iuris).

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e República · Veja mais »

Revolução

Revolução (do latim revolutìo,ónis: ato de revolver) é uma mudança abrupta no poder político ou na organização estrutural de uma sociedade que ocorre em um período relativamente curto de tempo.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Revolução · Veja mais »

Rodolfo Malheiro

Augusto Rodolfo da Costa Malheiro (Porto, 19 de Janeiro de 1869 — Lisboa, 9 de Dezembro de 1924) foi uma das figuras principais da Revolta Republicana de 31 de Janeiro de 1891 que teve lugar na cidade do Porto.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Rodolfo Malheiro · Veja mais »

Rua de Trinta e Um de Janeiro

A Rua de Trinta e Um de Janeiro é um arruamento na freguesia de Santo Ildefonso da cidade do Porto, em Portugal.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Rua de Trinta e Um de Janeiro · Veja mais »

Rua do Almada

A Rua do Almada é um arruamento nas freguesias de Vitória, Santo Ildefonso e Cedofeita da cidade do Porto, em Portugal.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Rua do Almada · Veja mais »

Sampaio Bruno

José Pereira de Sampaio (30 de Novembro de 1857 — 6 de Novembro de 1915), de pseudónimo Bruno (do nome de Giordano Bruno) e Sampaio Bruno para a posteridade, foi um escritor, ensaísta e filósofo portuense e figura cimeira do pensamento português do seu tempo.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Sampaio Bruno · Veja mais »

Sebastião de Magalhães Lima

Sebastião de Magalhães Lima GCTE (Rio de Janeiro, 30 de Maio de 1850 — Lisboa, 7 de Dezembro de 1928) foi um advogado, jornalista, político e escritor português, fundador do jornal O Século.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Sebastião de Magalhães Lima · Veja mais »

Teófilo Braga

Joaquim Teófilo Fernandes Braga (Ponta Delgada, 24 de Fevereiro de 1843 — Lisboa, 28 de Janeiro de 1924) foi um poeta, político e ensaísta português.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Teófilo Braga · Veja mais »

Tenente

Tenente (abreviação de lugar-tenente) é um dos vários postos ou cargos de chefia, que compõem o oficialato.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Tenente · Veja mais »

Ultimato britânico de 1890

O Ultimato britânico de 1890 foi um ultimato do governo britânico - chefiado pelo primeiro-ministro Lord Salisbury - entregue a 11 de Janeiro de 1890 na forma de um "Memorando" que exigia a Portugal a retirada das forças militares chefiadas pelo major Serpa Pinto do território compreendido entre as colónias de Moçambique e Angola (nos actuais Zimbabwe e Zâmbia), a pretexto de um incidente entre portugueses e Macololos.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e Ultimato britânico de 1890 · Veja mais »

1891

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e 1891 · Veja mais »

31 de janeiro

Sem descrição

Novo!!: Revolta de 31 de janeiro de 1891 e 31 de janeiro · Veja mais »

Redireciona aqui:

Revolta de 31 de Janeiro, Revolta de 31 de Janeiro de 1891, Revolta do 31 de Janeiro, Revolta do 31 de Janeiro de 1891, Revolta republicana do 31 de Janeiro de 1891, Revolução de 31 de Janeiro de 1891.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »