Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
E sem anúncios!

N-II (foguete)

Foguete N-II O N-II, ou N-2 foi um foguete derivado do estadunidense Delta, produzido sob licença no Japão.

23 relações: Órbita de transferência geoestacionária, Órbita terrestre baixa, Órbita terrestre média, BS-2A, BS-2B, Castor (estágio de foguete), CS-2A, CS-2B, Delta (família de foguetes), Delta F, Estados Unidos, GMS-2, GMS-3, H-I (foguete), H-II (foguete), H-IIA (foguete), Japão, Kiku-3, N-I (foguete), PGM-17 Thor, Thor (família de foguetes), 1981, 1987.

Órbita de transferência geoestacionária

Uma Órbita de transferência geoestacionária, em inglês Geostationary Transfer Orbit (GTO), é uma Órbita de transferência de Hohmann usada para atingir uma órbita geossíncrona ou órbita geoestacionária.

Novo!!: N-II (foguete) e Órbita de transferência geoestacionária · Veja mais »

Órbita terrestre baixa

ciano), bem próximo a superfície da Terra, representa a "LEO". Uma órbita terrestre baixa (LEO), do inglês Low Earth Orbit) é uma órbita em que os objectos, como satélites, se encontram abaixo de 2000 km. Esta região se situa abaixo da órbita terrestre média (MEO) e substancialmente abaixo da órbita geostacionária, mas geralmente entre 350 e os 1400 km acima da superfície da Terra. As órbitas inferiores a esta não são estáveis, e serão alvo de arrastamento atmosférico. Os satélites numa LEO viajam a cerca de 27 400 km/h (8 km/s), o que representa uma revolução de cerca de 90 minutos. Os objectos em órbita terrestre baixa encontram gases atmosféricos na termosfera (aproximadamente 80–500 km acima da superfície) ou exosfera (aproximadamente 500 km acima), dependendo do comprimento da órbita.

Novo!!: N-II (foguete) e Órbita terrestre baixa · Veja mais »

Órbita terrestre média

Uma órbita terrestre média (MEO), do inglês Medium Earth orbit), também conhecida como Intermediate Circular Orbit (ICO) é a região do espaço ao redor da Terra acima da altitude da órbita baixa (2.000 km) e abaixo da altitude da órbita geoestacionária (35.786 km). Diagrama em escala das órbitas terrestres: baixa, média e alta. Os usos mais comuns de satélites, são nas áreas de navegação, comunicação e ciências geodésicas. A altitude mais comum nessas atividades é de 20.200 km, com um período orbital de 12 horas, como usado por exemplo, pelos satélites do sistema de posicionamento global (GPS). Outros satélites que ficam localizados na MEO, incluem: os do sistema GLONASS (a 19.100 km de altitude) e do sistema Galileo (a 23.222 km). Satélites de comunicação que cobrem os polos Norte e Sul, também são colocados em Órbita Terrestre Média (MEO). O período orbital dos satélites localizados na MEO, variam de 2 a 24 horas. O satélite experimental Telstar 1, lançado em 1962, foi um dos primeiros colocados em órbita MEO.

Novo!!: N-II (foguete) e Órbita terrestre média · Veja mais »

BS-2A

O BS-2A (também conhecido por Yuri 2A) foi um satélite de comunicação geoestacionário japonês construído pela empresa GE Astro, ele esteve localizado na posição orbital de 110 graus de longitude leste e era operado pela Telecommunications Satellite Company of Japan (TSCJ).

Novo!!: N-II (foguete) e BS-2A · Veja mais »

BS-2B

O BS-2B (também conhecido por Yuri 2B) foi um satélite de comunicação geoestacionário japonês construído pela empresa GE Astro, ele esteve localizado na posição orbital de 110 graus de longitude leste e era operado pela Telecommunications Satellite Company of Japan (TSCJ).

Novo!!: N-II (foguete) e BS-2B · Veja mais »

Castor (estágio de foguete)

A família Castor de estágios de foguetes e de foguetes auxiliares à combustível sólido foi criada pela Thiokol.

Novo!!: N-II (foguete) e Castor (estágio de foguete) · Veja mais »

CS-2A

O CS-2A ou Sakura 2A foi um satélite de comunicação geoestacionário experimental japonês construído pelas empresas Mitsubishi Electric e Ford Aerospace, ele esteve localizado na orbital de 132 graus de longitude leste e foi operado inicialmente pela National Space Development Agency (NASDA) e posteriormente pela Telecommunications Satellite Company of Japan (TSCJ).

Novo!!: N-II (foguete) e CS-2A · Veja mais »

CS-2B

O CS-2B ou Sakura 2B foi um satélite de comunicação geoestacionário experimental japonês construído pelas empresas Mitsubishi Electric e Ford Aerospace, ele esteve localizado na orbital de 136 graus de longitude leste e foi operado inicialmente pela National Space Development Agency (NASDA) e posteriormente pela Telecommunications Satellite Company of Japan (TSCJ).

Novo!!: N-II (foguete) e CS-2B · Veja mais »

Delta (família de foguetes)

A família de foguetes Delta. A família de foguetes Delta é um conjunto de veículos de lançamento descartáveis de origem Norte americana.

Novo!!: N-II (foguete) e Delta (família de foguetes) · Veja mais »

Delta F

O Delta F foi um foguete espacial estadunidense usado como estágio de vários foguetes Delta e foi retirado de serviço em 1987.

Novo!!: N-II (foguete) e Delta F · Veja mais »

Estados Unidos

Os Estados Unidos da América (United States of America), ou simplesmente Estados Unidos, são uma república constitucional federal composta por 50 estados e um distrito federal.

Novo!!: N-II (foguete) e Estados Unidos · Veja mais »

GMS-2

O GMS-2, também conhecido por Himawari 2, foi um satélite meteorológico geoestacionário japonês construído pela Hughes.

Novo!!: N-II (foguete) e GMS-2 · Veja mais »

GMS-3

O GMS-3, também conhecido por Himawari 3, foi um satélite meteorológico geoestacionário japonês construído pela Hughes.

Novo!!: N-II (foguete) e GMS-3 · Veja mais »

H-I (foguete)

Foguete H-I O H-I (ou H-1) foi um foguete japonês que voou entre 1986 e 1992.

Novo!!: N-II (foguete) e H-I (foguete) · Veja mais »

H-II (foguete)

Foguete H-II O H-II (ou H-2) foi um foguete japonês que voou entre 1994 e 1999, sendo o primeiro foguete fabricado com tecnologia completamente japonesa (Pois, os veículos das séries N e H-I haviam usado tecnologia estadunidense e M-V era um foguete pequeno).

Novo!!: N-II (foguete) e H-II (foguete) · Veja mais »

H-IIA (foguete)

Foguete H-IIA O H-IIA ou (H-2A) é um veículo de lançamento descartável japonês de combustão líquida fabricado pela Mitsubishi Heavy Industries (MHI) para a Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial (JAXA), que presta serviços de lançamento de satélite artificial em órbita geoestacionária.

Novo!!: N-II (foguete) e H-IIA (foguete) · Veja mais »

Japão

Japão (Nihon ou Nippon; oficialmente 日本国, ou Nihon koku) é um país insular da Ásia Oriental.

Novo!!: N-II (foguete) e Japão · Veja mais »

Kiku-3

O Kiku-3, também conhecido por seu seu nome técnico ETS-IV (acrônimo de Engineering Test Satellite-IV), foi um satélite japonês construído pela Mitsubishi Electric (MELCO) e que era de propriedade da NASDA.

Novo!!: N-II (foguete) e Kiku-3 · Veja mais »

N-I (foguete)

Foguete N-I O N-I, ou N-1 foi um foguete derivado do estadunidense Delta, produzido sob licença no Japão.

Novo!!: N-II (foguete) e N-I (foguete) · Veja mais »

PGM-17 Thor

Um míssil balístico de alcance intermediário (IRBM) Thor. O Thor, foi o primeiro míssil balístico operacional da Força Aérea dos Estados Unidos (USAF).

Novo!!: N-II (foguete) e PGM-17 Thor · Veja mais »

Thor (família de foguetes)

Um Thor-Able com o satélite Pioneer 1 aguardando o lançamento. A família de foguetes Thor, foi um conjunto de veículos de lançamento descartáveis de origem Norte americana, desenvolvidos a partir do míssil PGM-17 Thor.

Novo!!: N-II (foguete) e Thor (família de foguetes) · Veja mais »

1981

Foi declarado pela ONU como o "Ano Internacional da Pessoa com Deficiência" e corresponde, no ciclo de doze anos que forma o calendário chinês a um ano do signo "Galo".

Novo!!: N-II (foguete) e 1981 · Veja mais »

1987

Sem descrição

Novo!!: N-II (foguete) e 1987 · Veja mais »

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »