Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
E sem anúncios!

Joaquim Pedro de Oliveira Martins

Joaquim Pedro de Oliveira Martins (Lisboa, 30 de Abril de 1845 — Lisboa, 24 de Agosto de 1894) foi um historiador, político e cientista social português.

57 relações: A Leitura (1894), Anarquismo, Andaluzia, António Sardinha, António Sérgio, Augusto Fuschini, Branco e Negro, Ciências sociais, Companhia de Moçambique, Deputado, Ditadura, Eduardo Lourenço, Fascismo, Fazenda, Ferrovia, Gazeta dos Caminhos de Ferro, Geração de 70, Hemeroteca Municipal de Lisboa, Iberismo, João Franco, José de Melo Gouveia, José Dias Ferreira, Liberal, Lisboa, Lista de ministros das Finanças de Portugal, Monarquia, Mutualismo (movimento), Póvoa de Varzim, Política, Porto, Portugal, Portugal Contemporâneo, Renascença (1878), República, Revista de estudos livres, Século XIX, Século XX, Semana de Lisboa, Socialismo, Viana do Castelo (cidade), Vila Nova de Famalicão, 1845, 1858, 1867, 1870, 1879, 1880, 1881, 1883, 1884, ..., 1889, 1891, 1892, 1893, 1894, 24 de agosto, 30 de abril. Expandir índice (7 mais) »

A Leitura (1894)

A Leitura: magazine literário foi uma revista publicada entre 1894 e 1896 que conta com várias rubricas: romance, contos, novela, história e memórias, viagens e teatro.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e A Leitura (1894) · Veja mais »

Anarquismo

Anarquismo é uma ideologia política que se opõe à todo tipo de hierarquia e dominação política, econômica, social e cultural, incluindo o Estado, o capitalismo, as instituições religiosas, o racismo e o patriarcado.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Anarquismo · Veja mais »

Andaluzia

A Andaluzia é uma comunidade autônoma de Espanha. Está localizada na parte meridional do país.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Andaluzia · Veja mais »

António Sardinha

António Maria de Sousa Sardinha (Monforte, 9 de Setembro de 1887 — Elvas, 10 de Janeiro de 1925) foi um político, historiador e poeta português.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e António Sardinha · Veja mais »

António Sérgio

António Sérgio de Sousa Júnior (Damão, 3 de setembro de 1883 — Lisboa, 24 de janeiro de 1969) foi um pensador, pedagogo e político português.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e António Sérgio · Veja mais »

Augusto Fuschini

Augusto Maria FuschiniPronunciado: (Lisboa, 1843 — Lisboa, 8 de Março de 1911), mais conhecido como Augusto Fuschini, foi um engenheiro civil, vogal do Conselho dos Monumentos Nacionais, ministro de estado honorário e conselheiro de estado efectivo, político e deputado em várias legislaturas.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Augusto Fuschini · Veja mais »

Branco e Negro

Branco e Negro: Semanário Ilustrado publicou-se em Lisboa entre 1896 e 1898 sob a direção de António Maria Pereira, ele próprio proprietário da livraria / editora com o seu nome.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Branco e Negro · Veja mais »

Ciências sociais

Ciências Sociais é um ramo da ciência, distinto das humanidades, que estuda os aspectos sociais do mundo humano, ou seja, a vida social de indivíduos e grupos humanos.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Ciências sociais · Veja mais »

Companhia de Moçambique

A Companhia de Moçambique GCIC foi uma companhia majestática da colónia portuguesa de Moçambique, com direitos de soberania delegados pelo Estado.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Companhia de Moçambique · Veja mais »

Deputado

Em muitos países, chamam-se deputados aos representantes do povo eleitos para o parlamento.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Deputado · Veja mais »

Ditadura

Ditadura é um dos regimes não democráticos ou antidemocráticos, ou seja, governos regidos por uma pessoa ou entidade política onde não há participação popular, ou em que a participação ocorre de maneira muito restrita.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Ditadura · Veja mais »

Eduardo Lourenço

Eduardo Lourenço de Faria GCSE • GCIH • GCL (São Pedro de Rio Seco, Almeida) é um professor e filósofo português.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Eduardo Lourenço · Veja mais »

Fascismo

Fascismo é uma forma de radicalismo político autoritário nacionalistaTurner, Henry Ashby, Reappraisals of Fascism.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Fascismo · Veja mais »

Fazenda

Uma fazenda (Angola e Brasil), herdade (Alentejo), machamba (Moçambique), roça (São Tomé e Príncipe) ou quinta (outras regiões de Portugal) é uma propriedade rural agrícola, geralmente composta por um imóvel e um terreno destinado à prática da agricultura e da pecuária.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Fazenda · Veja mais »

Ferrovia

Inauguração do caminho de ferro em Portugal em 28 de outubro de 1856 (aguarela de Alfredo Roque Gameiro). Uma ferrovia (chamada também de via férrea) é um sistema de transporte baseado em trens ou comboio correndo sobre carris ou trilhos previamente dispostos.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Ferrovia · Veja mais »

Gazeta dos Caminhos de Ferro

Gazeta dos Caminhos de Ferro teve início em Março de 1888 sob o extenso título de Gazeta dos Caminhos de Ferro de Portugal e Espanha, que correspondia à versão portuguesa da homónima espanhola Gaceta de los Caminos de Hierro.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Gazeta dos Caminhos de Ferro · Veja mais »

Geração de 70

Geração de 70 ou Geração de Coimbra foi um movimento académico de Coimbra do século XIX que veio revolucionar várias dimensões da cultura portuguesa, da política à literatura, cuja renovação se manifestou com a introdução do realismo.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Geração de 70 · Veja mais »

Hemeroteca Municipal de Lisboa

A Hemeroteca Municipal de Lisboa é uma biblioteca onde são preservadas, catalogadas, estudadas e consultadas as publicações em série e as séries monográficas editadas em Portugal.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Hemeroteca Municipal de Lisboa · Veja mais »

Iberismo

O Iberismo é um movimento político e cultural que defende a aliança das relações a todos os níveis entre Portugal e Espanha e, finalmente, a fusão política dos mesmos estados.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Iberismo · Veja mais »

João Franco

João Ferreira Franco Pinto Castelo Branco (Alcaide, Fundão, — Lisboa) foi um dos políticos dominantes da fase final da monarquia constitucional portuguesa.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e João Franco · Veja mais »

José de Melo Gouveia

José de Melo Gouveia (Coimbra, 12 de Dezembro de 1815 - Lisboa, 15 de Dezembro de 1893) foi ministro da Marinha e Ultramar de Portugal, da Justiça, provisoriamente, e dos Negócios da fazenda.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e José de Melo Gouveia · Veja mais »

José Dias Ferreira

José Dias Ferreira GCTE (Arganil, Pombeiro da Beira, — Chaves, Vidago) foi um professor universitário de direito, advogado, jurisconsulto e político português.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e José Dias Ferreira · Veja mais »

Liberal

*Liberalismo.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Liberal · Veja mais »

Lisboa

Lisboa GCTE é a capital de Portugal e a cidade mais populosa do país.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Lisboa · Veja mais »

Lista de ministros das Finanças de Portugal

Esta é uma lista de ministros das Finanças de Portugal, bem como dos seus antecessores, os ministros da Fazenda, entre o estabelecimento da Regência liberal na Terceira a 15 de março de 1830 (durante as Guerras Liberais), e a atualidade.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Lista de ministros das Finanças de Portugal · Veja mais »

Monarquia

Monarquia é a mais antiga forma de governo ainda em vigor.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Monarquia · Veja mais »

Mutualismo (movimento)

Mutualismo é um sistema privado de proteção social que visa criar e promover organizações de política mutualista, sociedades de seguros mutualistas e fundos de pensões mutualistas.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Mutualismo (movimento) · Veja mais »

Póvoa de Varzim

Póvoa de Varzim é uma cidade portuguesa na Região Norte e sub-região do Grande Porto situada numa planície costeira arenosa, a meio caminho entre os rios Minho e Douro e com 40 053 habitantes no seu perímetro urbano.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Póvoa de Varzim · Veja mais »

Política

Política (do Grego: πολιτικός / politikos, significa "de, para, ou relacionado a grupos que integram a Pólis") denomina-se a arte ou ciência da organização, direção e administração de nações ou Estados; a aplicação desta ciência aos assuntos internos da nação (política interna) ou aos assuntos externos (política externa).

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Política · Veja mais »

Porto

Porto OTE é a segunda cidade e o terceiro município mais populoso de Portugal, situada no noroeste do país e capital da Área Metropolitana do Porto (NUTS III e área metropolitana), da região Norte (NUTS II) e do Distrito do Porto.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Porto · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense, primeiro como parte do Reino da Galiza e depois integrado no Reino de Leão. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Portugal · Veja mais »

Portugal Contemporâneo

Portugal Contemporâneo é o título de um livro escrito por Joaquim Pedro de Oliveira Martins que foi publicado em 1881 e desde então teve muitas reedições.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Portugal Contemporâneo · Veja mais »

Renascença (1878)

A Renascença: orgão dos trabalhos da geração moderna foi um importante periódico oriundo do Porto, publicado em 1878 e, sem certeza, 1879.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Renascença (1878) · Veja mais »

República

Η Πολιτεία - De Republica'' de Platão, edição bilingue de 1713. A República (do latim res publica, "coisa pública") é uma estrutura política de Estado ou forma de Governo em que, segundo Cícero, são necessárias três condições fundamentais para caracterizá-la: um número razoável de pessoas (multitude); uma comunidade de interesses e de fins (communio); e um consenso do direito (consensus iuris).

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e República · Veja mais »

Revista de estudos livres

Revista de estudos livres foi publicada mensalmente entre 1883 e 1886 como revista transatlântica, isto é, tanto em Portugal como no Brasil, alicerçada na filosofia positivista de que foi o grande mentor português Teófilo Braga, diretor da revista juntamente com Teixeira Bastos.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Revista de estudos livres · Veja mais »

Século XIX

O século XIX (de 1801 a 1900) foi um período histórico marcado pelo colapso dos impérios da Espanha, China, França, Sacro Império Romano-Germânico e Mogol.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Século XIX · Veja mais »

Século XX

Século XX (de 1901 a 2000) foi um período que se notabilizou pelos inúmeros avanços tecnológicos, conquistas da civilização e reviravoltas em relação ao poder.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Século XX · Veja mais »

Semana de Lisboa

A semana de Lisboa: suplemento do Jornal do Comércio publicou-se em Lisboa entre 1893 e 1895, distribuída de forma gratuita aos assinantes do Jornal do Comércio.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Semana de Lisboa · Veja mais »

Socialismo

Socialismo refere-se a qualquer uma das várias teorias de organização econômica que advogam a administração e propriedade pública ou coletiva dos meios de produção e distribuição de bens, propondo-se a construir uma sociedade caracterizada pela igualdade de oportunidades e meios para todos os indivíduos, com um método isonômico de compensação.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Socialismo · Veja mais »

Viana do Castelo (cidade)

Viana do Castelo é uma cidade portuguesa - com habitantes - situada no Distrito de Viana do Castelo, na Região Norte, e integrada na sub-região NUT III do Minho-Lima.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Viana do Castelo (cidade) · Veja mais »

Vila Nova de Famalicão

Vila Nova de Famalicão (conhecida frequentemente apenas como Famalicão) é uma cidade portuguesa localizada no Distrito de Braga, Região do Norte e sub-região do Ave, com habitantes.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e Vila Nova de Famalicão · Veja mais »

1845

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e 1845 · Veja mais »

1858

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi C, teve 52 semanas, início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e 1858 · Veja mais »

1867

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e 1867 · Veja mais »

1870

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e 1870 · Veja mais »

1879

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e 1879 · Veja mais »

1880

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram D e C (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou a uma sexta-feira.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e 1880 · Veja mais »

1881

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e 1881 · Veja mais »

1883

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e 1883 · Veja mais »

1884

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram F e E (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou a uma quarta-feira.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e 1884 · Veja mais »

1889

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e 1889 · Veja mais »

1891

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e 1891 · Veja mais »

1892

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram C e B (52 semanas), teve início a uma sexta-feira e terminou a um sábado.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e 1892 · Veja mais »

1893

----. (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e 1893 · Veja mais »

1894

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e 1894 · Veja mais »

24 de agosto

Sem descrição

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e 24 de agosto · Veja mais »

30 de abril

Sem descrição

Novo!!: Joaquim Pedro de Oliveira Martins e 30 de abril · Veja mais »

Redireciona aqui:

J. P. de Oliveira Martins, Joaquim pedro de oliveira martins, Oliveira Martins (escritor).

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »