Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
E sem anúncios!

Economia ortodoxa

Economia ortodoxa ou economia mainstream é uma expressão que se refere às teorias econômicas predominantemente ensinadas nas universidades.

61 relações: A Riqueza das Nações, Adam Smith, Alemanha, Análise econômica do direito, Austeridade, Bem público (economia), Capital natural, Cálculo, Consenso de Washington, Criminologia, Econofísica, Economia clássica, Economia comportamental, Economia do desenvolvimento, Economia ecológica, Economia evolucionária, Economia heterodoxa, Economia institucional, Economia marxiana, Economia neoclássica, Economia pós-keynesiana, Economia social de mercado, Economics (livro), Energia, Equilíbrio de mercado, Escola Austríaca, Escola de Chicago, Escola de Friburgo, Escola historicista alemã de economia, Escola keynesiana, Escolha pública, Estática comparativa, Europa, Expectativas racionais, Externalidades, Falha de mercado, Fisiocracia, Grande Depressão, Grande Recessão, História do pensamento económico, John Maynard Keynes, Língua inglesa, Macroeconomia, Mercantilismo, Moeda fiduciária, Monetarismo, Multiplicador bancário, Neuroeconomia, Ordoliberalismo, Otimização, ..., País em desenvolvimento, Paul Krugman, Racionalidade (economia), Século XIX, Século XX, Síntese neoclássica, Segunda Guerra Mundial, Sustentabilidade, Termodinâmica, The Economist, The New Palgrave: A Dictionary of Economics. Expandir índice (11 mais) »

A Riqueza das Nações

Uma Investigação sobre a Natureza e as Causas da Riqueza das Nações, mais conhecida simplesmente como A Riqueza das Nações, é a obra mais famosa de Adam Smith.

Novo!!: Economia ortodoxa e A Riqueza das Nações · Veja mais »

Adam Smith

Adam Smith (Kirkcaldy, 5 de junho de 1723 — Edimburgo, 17 de Julho de 1790) foi um filósofo e economista britânico nascido na Escócia.

Novo!!: Economia ortodoxa e Adam Smith · Veja mais »

Alemanha

Alemanha (Deutschland), oficialmente República Federal da Alemanha (Bundesrepublik Deutschland, 10px ouça), é um país localizado na Europa central. É limitado a norte pelo mar do Norte, Dinamarca e pelo mar Báltico, a leste pela Polônia e pela República Checa, a sul pela Áustria e pela Suíça e a oeste pela França, Luxemburgo, Bélgica e Países Baixos. O território da Alemanha abrange 357 021 quilômetros quadrados e é influenciado por um clima temperado sazonal. Com 82,2 milhões de habitantes em 31 de dezembro de 2015, o país tem a maior população entre os Estados membros da União Europeia e é também o lar da terceira maior população de migrantes internacionais em todo o mundo. A região chamada Germânia habitada por vários povos germânicos foi conhecida e documentada pelos romanos antes do ano 100. A partir do, os territórios alemães formaram a parte central do Sacro Império Romano-Germânico, que durou até 1806. Durante o, o norte da Alemanha tornou-se o centro da Reforma Protestante. Como um moderno Estado-nação, o país foi unificado pela primeira vez em consequência da Guerra Franco-Prussiana em 1871. Em 1949, após a Segunda Guerra Mundial, a Alemanha foi dividida em dois estados, a Alemanha Ocidental, oficialmente "República Federal da Alemanha", e a Alemanha Oriental, oficialmente "República Democrática Alemã", ao longo das linhas de ocupação aliadas. A Alemanha foi reunificada em 1990. A Alemanha Ocidental foi um dos membros fundadores da Comunidade Europeia (CE), em 1957, que posteriormente se tornou na União Europeia, em 1993. O país é parte do espaço Schengen e adotou a moeda europeia, o euro, em 1999. A Alemanha é uma república parlamentar federal de dezesseis estados (em alemão Länder). A capital e maior cidade do país é Berlim, localizada no nordeste do território alemão. O país é membro das Nações Unidas, da OTAN, G8, G20, da OCDE e da OMC. É uma grande potência com a quarta maior economia do mundo por PIB nominal e a quinta maior em paridade do poder de compra. É o segundo maior exportador e o segundo maior importador de mercadorias. Em termos absolutos, a Alemanha atribui o segundo maior orçamento anual de ajudas ao desenvolvimento no mundo, enquanto está em sexto lugar em despesas militares. O país tem desenvolvido um alto padrão de vida e estabeleceu um sistema global de segurança social. A Alemanha ocupa uma posição-chave nos assuntos europeus e mantém uma série de parcerias estreitas em um nível global. O país também é reconhecido como líder científico e tecnológico em vários domínios.

Novo!!: Economia ortodoxa e Alemanha · Veja mais »

Análise econômica do direito

A maior parte dos juristas e economistas, ao utilizar a expressão Análise Econômica do Direito, se refere, comumente, à aplicação de métodos econômicos – da microeconomia em especial – a questões legais.

Novo!!: Economia ortodoxa e Análise econômica do direito · Veja mais »

Austeridade

Em economia, a austeridade significa rigor teórico no controle de gastos.

Novo!!: Economia ortodoxa e Austeridade · Veja mais »

Bem público (economia)

Em economia, bem público é um bem não-rival e não-exclusivo.

Novo!!: Economia ortodoxa e Bem público (economia) · Veja mais »

Capital natural

O capital natural é uma metáfora para os recursos naturais, como água, terra e os minerais, quando vistos como meios de produção.

Novo!!: Economia ortodoxa e Capital natural · Veja mais »

Cálculo

O Cálculo Diferencial e Integral, ou simplesmente Cálculo, é um ramo importante da matemática, desenvolvido a partir da Álgebra e da Geometria, que se dedica ao estudo de taxas de variação de grandezas (como a inclinação de uma reta) e a acumulação de quantidades (como a área debaixo de uma curva ou o volume de um sólido).

Novo!!: Economia ortodoxa e Cálculo · Veja mais »

Consenso de Washington

Consenso de Washington é uma conjugação de grandes medidas - que se compõe de dez regras básicas - formulado em novembro de 1989 por economistas de instituições financeiras situadas em Washington D.C., como o FMI, o Banco Mundial e o Departamento do Tesouro dos Estados Unidos, fundamentadas num texto do economista John Williamson, do International Institute for Economy, e que se tornou a política oficial do Fundo Monetário Internacional em 1990, quando passou a ser "receitado" para promover o "ajustamento macroeconômico" dos países em desenvolvimento que passavam por dificuldades.

Novo!!: Economia ortodoxa e Consenso de Washington · Veja mais »

Criminologia

A criminologia é um conjunto de conhecimentos que se ocupa do crime, da criminalidade e suas causas, da vítima, do controle social do ato criminoso, bem como da personalidade do criminoso e da maneira de ressocializá-lo.

Novo!!: Economia ortodoxa e Criminologia · Veja mais »

Econofísica

A Econofísica é o campo de estudo, em desenvolvimento, que busca relacionar ou explicar fenômenos econômicos com auxílio de técnicas da Física.

Novo!!: Economia ortodoxa e Econofísica · Veja mais »

Economia clássica

Economia clássica é o nome dado à primeira escola moderna de pensamento econômico.

Novo!!: Economia ortodoxa e Economia clássica · Veja mais »

Economia comportamental

A economia comportamental e a sua área de estudo relacionada, finanças comportamentais, usam fatores sociais, cognitivos e emocionais para explicar a tomada de decisões económicas de indivíduos e instituições, tais como consumidores, tomadores de crédito e investidores, e os seus efeitos nos preços de mercado, lucros e na alocação de recursos.

Novo!!: Economia ortodoxa e Economia comportamental · Veja mais »

Economia do desenvolvimento

Economia do desenvolvimento é um ramo da economia que lida com os aspetos económicos do processo de desenvolvimento dos países menos ricos.

Novo!!: Economia ortodoxa e Economia do desenvolvimento · Veja mais »

Economia ecológica

Economia ecológica é um campo de estudo transdisciplinar, que reconhece a interdependência da economia e dos ecossistemas naturais ao longo do espaço e do tempo.

Novo!!: Economia ortodoxa e Economia ecológica · Veja mais »

Economia evolucionária

A economia evolucionária é parte da economia ortodoxa bem como da escola heterodoxa do pensamento econômico, sendo inspirada pela biologia evolucionária.

Novo!!: Economia ortodoxa e Economia evolucionária · Veja mais »

Economia heterodoxa

Economia heterodoxa é uma categoria que se refere a abordagens ou escolas de pensamento econômico que são consideradas fora da economia ortodoxa.

Novo!!: Economia ortodoxa e Economia heterodoxa · Veja mais »

Economia institucional

A economia institucional ou institucionalismo é uma corrente do pensamento econômico que surgiu nos Estados Unidos, no início do século XX, impulsionada principalmente pelos escritos de Thorstein Veblen, John Rogers Commons e Wesley Clair Mitchell.

Novo!!: Economia ortodoxa e Economia institucional · Veja mais »

Economia marxiana

A economia marxiana se refere ao corpo do pensamento econômico que nasce das obras de Karl Marx.

Novo!!: Economia ortodoxa e Economia marxiana · Veja mais »

Economia neoclássica

Economia neoclássica é uma expressão genérica utilizada para designar diversas correntes do pensamento econômico que estudam a formação dos preços, a produção e a distribuição da renda através do mecanismo de oferta e demanda dos mercados.

Novo!!: Economia ortodoxa e Economia neoclássica · Veja mais »

Economia pós-keynesiana

A economia pós-keynesiana é baseada nas ideias de John Maynard Keynes.

Novo!!: Economia ortodoxa e Economia pós-keynesiana · Veja mais »

Economia social de mercado

Economia social de mercado (em alemão:Soziale Marktwirtschaft) é um modelo sociopolítico e o principal modelo econômico utilizado na Alemanha Ocidental após a Segunda Guerra Mundial, assim como em outros países europeus como a Áustria.

Novo!!: Economia ortodoxa e Economia social de mercado · Veja mais »

Economics (livro)

Economics é um influente livro introdutório dos economistas norte-americanos Paul Samuelson e William Nordhaus.

Novo!!: Economia ortodoxa e Economics (livro) · Veja mais »

Energia

renovável, da energia que as plantas usam para crescer até a que usamos para viver, todas têm por fonte primária a energia solar. São raros os processos na superfície da Terra que não se ligam de alguma forma à energia solar. Em ciência, energia (do grego έν, "dentro", e εργον,ROMIZI, Renato. Greco antico. Vocabolario Greco Italiano Etimologico e Ragionato. Bologna: Zanichelli, 2006. ISBN 88-08-08915-0 "trabalho, obra"ː ou seja, "dentro do trabalho") refere-se a uma das duas grandezas físicas necessárias à correta descrição do inter-relacionamento - sempre mútuo - entre dois entes ou sistemas físicos.

Novo!!: Economia ortodoxa e Energia · Veja mais »

Equilíbrio de mercado

O mercado de um bem encontra-se em equilíbrio quando há equivalência entre oferta e a demanda (ou procura) desse bem, ou seja, quando as quantidades oferecidas são iguais às quantidade procuradas desse bem.

Novo!!: Economia ortodoxa e Equilíbrio de mercado · Veja mais »

Escola Austríaca

A Escola Austríaca (também conhecida como Escola de Viena) é uma escola de pensamento econômico que enfatiza o poder de organização espontânea do mecanismo de preços.

Novo!!: Economia ortodoxa e Escola Austríaca · Veja mais »

Escola de Chicago

* Escola de Chicago (arquitetura).

Novo!!: Economia ortodoxa e Escola de Chicago · Veja mais »

Escola de Friburgo

A Escola de Friburgo é uma escola de pensamento econômico, fundada na década de 1930, na Universidade de Friburgo.

Novo!!: Economia ortodoxa e Escola de Friburgo · Veja mais »

Escola historicista alemã de economia

A chamada Escola historicista alemã de economia (em alemão, Historische Schule der Nationalökonomie) foi uma escola de pensamento - principalmente alemã -, que defendia que o estudo da história é a principal fonte de conhecimento sobre as acções humanas e sobre matérias económicas.

Novo!!: Economia ortodoxa e Escola historicista alemã de economia · Veja mais »

Escola keynesiana

A escola Keynesiana ou Keynesianismo é a teoria econômica consolidada pelo economista inglês John Maynard Keynes em seu livro Teoria geral do emprego, do juro e da moeda (General theory of employment, interest and money)KEYNES, John Maynard.

Novo!!: Economia ortodoxa e Escola keynesiana · Veja mais »

Escolha pública

A escolha pública ou teoria da escolha pública é um ramo da teoria econômica em que os conceitos da economia de mercado são aplicados à política e aos serviços públicos.

Novo!!: Economia ortodoxa e Escolha pública · Veja mais »

Estática comparativa

Na economia, a estática comparativa é a comparação de dois diferentes resultados econômicos, antes e depois de uma mudança em algum parâmetro exógeno.

Novo!!: Economia ortodoxa e Estática comparativa · Veja mais »

Europa

A Europa é, por convenção, um dos seis continentes do mundo.

Novo!!: Economia ortodoxa e Europa · Veja mais »

Expectativas racionais

O pressuposto das expectativas racionais é um conceito econômico formulado pela primeira vez por John Muth em 1961 e que se popularizou após a publicação de artigo assinado por Robert Lucas e Leonard Rapping em 1969 sobre salário real, emprego e inflação.

Novo!!: Economia ortodoxa e Expectativas racionais · Veja mais »

Externalidades

A poluição atmosférica gerada por veículos automotores é um exemplo de externalidade negativa. Os custos da poluição do ar não são compensados por nenhum produtor ou consumidor deste tipo de veículo. Em economia, externalidades são os efeitos laterais de uma decisão sobre aqueles que não participaram dela.

Novo!!: Economia ortodoxa e Externalidades · Veja mais »

Falha de mercado

Falha de mercado é a situação em que o custo marginal social não é igual ao benefício marginal.

Novo!!: Economia ortodoxa e Falha de mercado · Veja mais »

Fisiocracia

Fisiocracia (do grego "Governo da Natureza") é uma teoria econômica desenvolvida por um grupo de economistas franceses do século XVIII, que acreditavam que a riqueza das nações era derivada unicamente do valor de "terras agrícolas" ou do "desenvolvimento da terra" e que produtos agrícolas deveriam ter preços elevados.

Novo!!: Economia ortodoxa e Fisiocracia · Veja mais »

Grande Depressão

A fotografia ''Migrant Mother'', de Dorothea Lange, uma das fotos estadunidenses mais famosas da década de 1930, mostrando Florence Owens Thompson, mãe de sete crianças, de 32 anos de idade, em Nipono, Califórnia, março de 1936, em busca de um emprego ou de ajuda social para sustentar sua família. Seu marido havia perdido seu emprego em 1931, e morrera no mesmo ano. A Grande Depressão, também conhecida como Crise de 1929, foi uma grande depressão econômica que teve início em 1929, e que persistiu ao longo da década de 1930, terminando apenas com a Segunda Guerra Mundial.

Novo!!: Economia ortodoxa e Grande Depressão · Veja mais »

Grande Recessão

Mapa-múndi mostrando taxas de crescimento real do PIB para 2009. (Países em marrom estavam em recessão econômica.) A Grande Recessão* é uma crise económica global que ainda hoje se faz sentir após a crise financeira internacional precipitada pela falência do tradicional banco de investimento estadunidense Lehman Brothers, fundado em 1850.

Novo!!: Economia ortodoxa e Grande Recessão · Veja mais »

História do pensamento económico

A história do pensamento econômico pode ser dividida, grosso modo, em três períodos: Pré-moderno (grego, romano, árabe), Moderno (mercantilismo, fisiocracia) e Contemporâneo (a partir de Adam Smith no final do). A análise econômica sistemática tem se desenvolvido principalmente a partir do surgimento da Modernidade.

Novo!!: Economia ortodoxa e História do pensamento económico · Veja mais »

John Maynard Keynes

John Maynard Keynes (Cambridge, 5 de junho de 1883 — Tilton, East Sussex, 21 de abril de 1946) foi um economista britânico cujas ideias mudaram fundamentalmente a teoria e prática da macroeconomia, bem como as políticas económicas instituídas pelos governos.

Novo!!: Economia ortodoxa e John Maynard Keynes · Veja mais »

Língua inglesa

Inglês (English) é uma língua germânica ocidental que surgiu nos reinos anglo-saxônicos da Inglaterra e se espalhou para o que viria a tornar-se o sudeste da Escócia, sob a influência do reino anglo medieval da Nortúmbria.

Novo!!: Economia ortodoxa e Língua inglesa · Veja mais »

Macroeconomia

Macroeconomia é uma das divisões da ciência econômica dedicada ao estudo, medida e observação de uma economia regional ou nacional como um todo individual.

Novo!!: Economia ortodoxa e Macroeconomia · Veja mais »

Mercantilismo

Quadro de Claude Lorrain que representa um porto de mar francês de 1638, no momento fundamental do mercantilismo. Mercantilismo é o nome dado a um conjunto de práticas econômicas desenvolvido na Europa na Idade Moderna, entre o século XV e o final do século XVIII.

Novo!!: Economia ortodoxa e Mercantilismo · Veja mais »

Moeda fiduciária

Moeda fiduciária é qualquer título não-conversível, ou seja, não é lastreado a nenhum metal (ouro, prata) e não tem nenhum valor intrínseco.

Novo!!: Economia ortodoxa e Moeda fiduciária · Veja mais »

Monetarismo

Monetarismo é uma teoria econômica que defende que é possível manter a estabilidade de uma economia capitalista através de instrumentos monetários, pelo controle do volume de moeda disponível e de outros meios de pagamento.

Novo!!: Economia ortodoxa e Monetarismo · Veja mais »

Multiplicador bancário

O multiplicador bancário ou multiplicador monetário ou, ainda, "efeito multiplicador do crédito" corresponde à relação entre oferta de moeda e base monetária existente em determinado momento no sistema econômico.

Novo!!: Economia ortodoxa e Multiplicador bancário · Veja mais »

Neuroeconomia

Neuroeconomia é um campo interdisciplinar emergente que usa técnicas de medição neurocientíficas para identificar os substratos neurais associados a decisões econômicas.em conjunto com psicologia,Economia comportamental, neurociência entre outras.

Novo!!: Economia ortodoxa e Neuroeconomia · Veja mais »

Ordoliberalismo

Ordoliberalismo, também chamado ordoliberalismo alemão, é uma escola de pensamento econômico liberal, que enfatiza a necessidade de o Estado assegurar a correção das imperfeições dos mercados para permitir que estes se aproximem dos níveis de eficiência segundo o seu potencial teórico.

Novo!!: Economia ortodoxa e Ordoliberalismo · Veja mais »

Otimização

O ponto de máximo em um paraboloide. Em matemática, o termo otimização, ou programação matemática, refere-se ao estudo de problemas em que se busca minimizar ou maximizar uma função através da escolha sistemática dos valores de variáveis reais ou inteiras dentro de um conjunto viável.

Novo!!: Economia ortodoxa e Otimização · Veja mais »

País em desenvolvimento

Países recentemente industrializados Sem dados dividir em colunas fim País em desenvolvimento ou país emergente são termos geralmente usados para descrever um país que possui um padrão de vida entre baixo e médio, uma base industrial em desenvolvimento e um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) variando entre médio e elevado.

Novo!!: Economia ortodoxa e País em desenvolvimento · Veja mais »

Paul Krugman

Paul Robin Krugman (Nova Iorque) é um economista norte-americano, vencedor do Nobel de Economia de 2008.

Novo!!: Economia ortodoxa e Paul Krugman · Veja mais »

Racionalidade (economia)

A teoria económica predominante postula a hipótese da racionalidade económica, que corresponde ao homo economicus.

Novo!!: Economia ortodoxa e Racionalidade (economia) · Veja mais »

Século XIX

O século XIX (de 1801 a 1900) foi um período histórico marcado pelo colapso dos impérios da Espanha, China, França, Sacro Império Romano-Germânico e Mogol.

Novo!!: Economia ortodoxa e Século XIX · Veja mais »

Século XX

Século XX (de 1901 a 2000) foi um período que se notabilizou pelos inúmeros avanços tecnológicos, conquistas da civilização e reviravoltas em relação ao poder.

Novo!!: Economia ortodoxa e Século XX · Veja mais »

Síntese neoclássica

Síntese neoclássica (em inglês, Neoclassical synthesis) é um movimento acadêmico na economia do pós-guerra que procura absorver o pensamento de John Maynard Keynes no pensamento da economia neoclássica.

Novo!!: Economia ortodoxa e Síntese neoclássica · Veja mais »

Segunda Guerra Mundial

A Segunda Guerra Mundial foi um conflito militar global que durou de 1939 a 1945, envolvendo a maioria das nações do mundo — incluindo todas as grandes potências — organizadas em duas alianças militares opostas: os Aliados e o Eixo.

Novo!!: Economia ortodoxa e Segunda Guerra Mundial · Veja mais »

Sustentabilidade

Área exterior do projeto sustentável Biosfera 2, no Arizona, nos Estados Unidos. Sustentabilidade é uma característica ou condição de um processo ou de um sistema que permite a sua permanência, em certo nível, por um determinado prazo.

Novo!!: Economia ortodoxa e Sustentabilidade · Veja mais »

Termodinâmica

A termodinâmica (do grego θερμη, therme, significa "calor" e δυναμις, dynamis, significa "potência") é o ramo da física que estuda as causas e os efeitos de mudanças na temperatura, pressão e volume - e de outras grandezas termodinâmicas fundamentais em casos menos gerais - em sistemas físicos em escala macroscópica.

Novo!!: Economia ortodoxa e Termodinâmica · Veja mais »

The Economist

The Economist é uma publicação inglesa de notícias e assuntos internacionais de propriedade da The Economist Newspaper Ltd.

Novo!!: Economia ortodoxa e The Economist · Veja mais »

The New Palgrave: A Dictionary of Economics

The New Palgrave Dictionary of Economics (2008), 2nd Edition, é uma obra de referência com oito volumes, editada por Steven N. Durlauf e Lawrence E. Blume.

Novo!!: Economia ortodoxa e The New Palgrave: A Dictionary of Economics · Veja mais »

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »