Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Faça o download
Acesso mais rápido do que o navegador!
E sem anúncios!

Economia

alt.

351 relações: A Riqueza das Nações, A Teoria Geral do Emprego, do Juro e da Moeda, Adam Smith, Administração, Agenda, Agente económico, Agricultura, Alfred Marshall, Alta tecnologia, Amartya Sen, Análise econômica do direito, Anne Robert Jacques Turgot, Anomalia de mercado, Antão do Deserto, Aristóteles, Atividade econômica, Axioma, Ética, Banco, Banco central, Bem (economia), Bem (filosofia), Bem comum, Bem intermediário, Bem público (economia), Bem-estar, Bulionismo, Califado, Capital, Capital (economia), Capital humano, Capitalismo, Cartel, Cautília, Cálculo, Cálculo matricial, Códigos de classificação JEL, Ceteris paribus, Ciência, Ciência política, Ciências naturais, Ciências sociais, Ciclo econômico, Comércio, Comércio internacional, Comércio livre, Competência (administração), Comportamento do consumidor, Comunismo, Concorrência (economia), ..., Concorrência monopolística, Concorrência perfeita, Condicionamento, Consumismo, Consumo, Consumo responsável, Contabilidade, Contabilidade do crescimento, Contabilidade nacional, Contraeconomia, Contrato, Crescimento econômico, Crescimento populacional, Cultura, Custo, Custo de oportunidade, Custo económico, Custo fixo, Custo marginal, Custo variável, Dados, Daniel Kahneman, David D. Friedman, David Hume, David Ricardo, Declive, Deirdre McCloskey, Demanda efetiva, Desenvolvimento econômico, Desigualdade social, Dilema do prisioneiro, Dinheiro circulante, Direito de propriedade, Distribuição (economia), Distribuição de renda, Divisão do trabalho, Econometria, Economia aplicada, Economia clássica, Economia da informação, Economia de mercado, Economia de penúria, Economia do bem-estar, Economia do desenvolvimento, Economia do trabalho, Economia ecológica, Economia evolucionária, Economia experimental, Economia gerencial, Economia heterodoxa, Economia internacional, Economia marxiana, Economia matemática, Economia mista, Economia neoclássica, Economia normativa, Economia ortodoxa, Economia pós-keynesiana, Economia pelo lado da oferta, Economia planificada, Economia política, Economia positiva, Economia qualitativa, Economics (livro), Economista, Edmund Phelps, Efeito renda, Efeito substituição, Eficiência, Eficiência de Pareto, Eficiência produtiva, Elasticidade, Empirismo, Enrico Barone, Epistemologia, Equilíbrio de mercado, Equilíbrio parcial, Era vitoriana, Ernest Mandel, Escassez, Escola Austríaca, Escola de Chicago (economia), Escola de Estocolmo, Escola de Friburgo, Escola de Lausanne, Escola keynesiana, Escolástica, Escolha, Escolha pública, Escravidão, Estado, Estado de bem-estar social, Estados Unidos, Estatística, Estratégia nuclear, Evolução, Excedente econômico, Exclusão mútua, Expectativas racionais, Externalidades, Falha de mercado, Falha do Estado, Falseabilidade, Fatores de produção, Finanças, Finanças internacionais, Finanças públicas, Fisiocracia, Força de trabalho, Forma de mercado, Friedrich Hayek, Fronteira de possibilidades de produção, Fundamentos de Análise Económica, Ganhos com o comércio, Gérard Debreu, George Joseph Stigler, Globalização, Grau académico, Grécia Antiga, Guerra Fria, Harvard Business School, Henry George, Hipótese, Hipótese do mercado eficiente, História da Índia, História da China, História do pensamento económico, Homo economicus, Ibn Khaldun, Império Aquemênida, Imposto, Inflação, Informação assimétrica, Instituição, Intervencionismo (economia), Investigação operacional, Investimento, Joan Robinson, Jogo de estratégia, John Maynard Keynes, John Richard Hicks, John Ruskin, John Stuart Mill, John von Neumann, Joseph Schumpeter, Karl Marx, Karl Popper, Laissez-faire, Lazer, Léon Walras, Língua grega, Lei (ciência), Lei da oferta e da procura, Leonid Kantorovich, Libertarismo, Lista de artigos de economia, Lista de órgãos estatísticos nacionais e internacionais, Lista de economistas, Longo prazo e curto prazo, Lucro, Macroeconomia, Marginalismo, Mark Blaug, Marxismo, Matemática aplicada, Mão invisível, Método científico, Método das partidas dobradas, Meio ambiente, Mercado, Mercado de trabalho, Mercantilismo, Mesopotâmia, Metodologia da economia, Microeconomia, Microfundamentos, Milton Friedman, Modelo de Solow, Modelo económico, Monetarismo, Monopólio, Mudança estrutural, Muqaddimah, Necessidades econômicas, Normatividade, Nova economia clássica, Nova economia keynesiana, O Capital, Oligopólio, Orçamento, Organização industrial, Oscar Dias Correia, Oskar Morgenstern, Otimização, País, País desenvolvido, País em desenvolvimento, Panfleto, Paradigma, Paradoxo, Paul Krugman, Paul Samuelson, Pérsio Arida, Per capita, Pleno emprego, Pobreza, Poder de compra, Política, Política econômica, Política monetária, Política orçamental, Política pública, Político, Poluição, Positivismo, Prémio de Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel, Preço, Preço sombra, Problema do cálculo econômico, Problema do principal-agente, Problema matemático, Produção, Produto interno bruto, Produto nacional bruto, Produto potencial, Progressão aritmética, Progressão geométrica, Propriedade privada, Protecionismo, Qin Shihuang, Qualidade de vida, Racionalidade (economia), Regressão, Regulação econômica, Relação inversa, Renda, Renda marginal, Rent-seeking, Retórica, Revolução marginalista, Richard Posner, Riqueza, Risco moral, Robert Aumann, Robert Heilbroner, Robinson Crusoe, Roma Antiga, Rondo Cameron, Século XIX, Síntese neoclássica, Seguro, Seleção adversa, Serviço (economia), Setor público, Significância estatística, Sistema económico, Sistemas econômicos comparados, Socialismo, Sociologia econômica, Taxa alfandegária, Taxa de câmbio, Taxa de desemprego, Taxa marginal de substituição, Tecnologia, Teoria da dependência, Teoria da firma, Teoria do consumidor, Teoria do desenvolvimento humano, Teoria do equilíbrio geral, Teoria do sistema-mundo, Teoria do valor-trabalho, Teoria dos contratos, Teoria dos jogos, Teoria quantitativa da moeda, Terra (economia), Tesouro nacional, The Guardian, The New Palgrave: A Dictionary of Economics, The New York Times, Theory of Games and Economic Behavior, Thomas Carlyle, Thomas Malthus, Tomada de decisão, Tomás de Aquino, Trabalho (economia), Trade-off, Transliteração, Universidade, Universidade de Cambridge, Universidade de Illinois, Universidade de Nova Iorque, Universidade Humboldt de Berlim, Utilidade (economia), Valor nominal, Vantagem absoluta, Vantagem comparativa, Vernon Smith, Vilfredo Pareto, William Baumol, 1766, 2002. Expandir índice (301 mais) »

A Riqueza das Nações

Uma Investigação sobre a Natureza e as Causas da Riqueza das Nações, mais conhecida simplesmente como A Riqueza das Nações, é a obra mais famosa de Adam Smith.

Novo!!: Economia e A Riqueza das Nações · Veja mais »

A Teoria Geral do Emprego, do Juro e da Moeda

A Teoria Geral do Emprego, do Juro e da Moeda é um livro de autoria do economista britânico John Maynard Keynes, publicado pela primeira vez em fevereiro de 1936.

Novo!!: Economia e A Teoria Geral do Emprego, do Juro e da Moeda · Veja mais »

Adam Smith

Adam Smith (Kirkcaldy, 5 de junho de 1723 — Edimburgo, 17 de Julho de 1790) foi um filósofo e economista britânico nascido na Escócia.

Novo!!: Economia e Adam Smith · Veja mais »

Administração

A é a ciência social que estuda e sistematiza as práticas usadas para administrar.

Novo!!: Economia e Administração · Veja mais »

Agenda

200px Agenda é um pequeno caderno onde o usuário faz as anotações de compromissos e horários e informações diversas.

Novo!!: Economia e Agenda · Veja mais »

Agente económico

Um agente econômico é toda a entidade com autonomia, capaz de realizar operações econômicas e de deter valor econômico.

Novo!!: Economia e Agente económico · Veja mais »

Agricultura

Agricultura é o conjunto de técnicas utilizadas para cultivar plantas com o objetivo de obter alimentos, bebidas, fibras, energia, matéria-prima para roupas, construções, medicamentos, ferramentas, ou apenas para contemplação estética.

Novo!!: Economia e Agricultura · Veja mais »

Alfred Marshall

Alfred Marshall Alfred Marshall (Londres, 26 de julho de 1842 — Cambridge, 13 de julho de 1924) foi um dos mais influentes economistas de seu tempo.

Novo!!: Economia e Alfred Marshall · Veja mais »

Alta tecnologia

Alta tecnologia (em inglês, high tech) refere-se à tecnologia considerada de ponta (em inglês, state-of-the-art), isto é, que trabalha com as mais recentes inovações tecnológicas, ou na sua investigação.

Novo!!: Economia e Alta tecnologia · Veja mais »

Amartya Sen

Amartya Kumar Sen (Santiniketan) é um escritor e economista indiano.

Novo!!: Economia e Amartya Sen · Veja mais »

Análise econômica do direito

A maior parte dos juristas e economistas, ao utilizar a expressão Análise Econômica do Direito, se refere, comumente, à aplicação de métodos econômicos – da microeconomia em especial – a questões legais.

Novo!!: Economia e Análise econômica do direito · Veja mais »

Anne Robert Jacques Turgot

Anne Robert Jacques Turgot (Paris, 10 de maio de 1727 — Paris, 18 de março de 1781) foi um economista e estadista francês cuja obra é considerada um elo entre a fisiocracia e a escola britânica de economia clássica.

Novo!!: Economia e Anne Robert Jacques Turgot · Veja mais »

Anomalia de mercado

Uma anomalia de mercado (ou ineficiência do mercado) é uma distorção de preços e/ou rendimentos num mercado financeiro, que parece contradizer a hipótese do mercado eficiente.

Novo!!: Economia e Anomalia de mercado · Veja mais »

Antão do Deserto

Santo Antão do Deserto, também conhecido como Santo Antão do Egito, Santo Antão, o Grande, Santo Antão, o Eremita, Santo Antão, o Anacoreta, ou ainda O Pai de Todos os Monges, foi um santo cristão do Egito, um líder de destaque entre os Padres do Deserto.

Novo!!: Economia e Antão do Deserto · Veja mais »

Aristóteles

Aristóteles (Aristotélēs; Estagira, — Atenas) foi um filósofo grego, aluno de Platão e professor de Alexandre, o Grande.

Novo!!: Economia e Aristóteles · Veja mais »

Atividade econômica

A gera riqueza mediante a extração, transformação e distribuição de recursos naturais, bens e serviços, tendo como finalidade a satisfação de necessidades humanas, como educação, alimentação, segurança, entre outros.

Novo!!: Economia e Atividade econômica · Veja mais »

Axioma

Na lógica tradicional, um axioma ou postulado é uma sentença ou proposição que não é provada ou demonstrada e é considerada como óbvia ou como um consenso inicial necessário para a construção ou aceitação de uma teoria.

Novo!!: Economia e Axioma · Veja mais »

Ética

A palavra "ética" vem do grego ethos e significa aquilo que pertence ao "bom costume", "costume superior", ou "portador de caráter".

Novo!!: Economia e Ética · Veja mais »

Banco

Bancos (do germânico banki, através do latim vulgar) são instituições financeiras intermediárias entre agentes superavitários e agentes deficitários.

Novo!!: Economia e Banco · Veja mais »

Banco central

A ''Eurotower'', sede do Banco Central Europeu, em Frankfurt. Um banco central é uma entidade independente ou ligada ao Estado cuja função é gerir a política econômica, ou seja, garantir a estabilidade e o poder de compra da moeda de cada país e do sistema financeiro como um todo.

Novo!!: Economia e Banco central · Veja mais »

Bem (economia)

Em economia, um bem é tudo o que tem utilidade, podendo satisfazer uma necessidade.

Novo!!: Economia e Bem (economia) · Veja mais »

Bem (filosofia)

O bem (do termo latino bene) é a qualidade de excelência ética atribuída a ações que estejam relacionadas a sentimentos de aprovação e dever.

Novo!!: Economia e Bem (filosofia) · Veja mais »

Bem comum

Bem comum é um termo que pode se referir a vários conceitos diferentes, mas idênticos entre si, seja na filosofia, na teologia, na sociologia e na ciência política.

Novo!!: Economia e Bem comum · Veja mais »

Bem intermediário

Bens intermediários são bens manufaturados ou matérias-primas empregados na produção de outros bens intermediários ou de produtos finais.

Novo!!: Economia e Bem intermediário · Veja mais »

Bem público (economia)

Em economia, bem público é um bem não-rival e não-exclusivo.

Novo!!: Economia e Bem público (economia) · Veja mais »

Bem-estar

Bem-estar (em inglês, subjective wellbeing) ou conforto designa, em psicologia, a parte subjetiva da saúde mental, em oposição a sua parte objetiva (ausência de transtorno mental).

Novo!!: Economia e Bem-estar · Veja mais »

Bulionismo

O bulionismo (do inglês bullion: ouro em pequenos lingotes) ou bulhonismo ou metalismo é uma teoria econômica da Idade Moderna (1453-1789) que quantifica a riqueza através da quantidade de metais preciosos possuídos.

Novo!!: Economia e Bulionismo · Veja mais »

Califado

O califado (do árabe خلافة, transliterado khilāfa) é a forma islâmica monárquica de governo.

Novo!!: Economia e Califado · Veja mais »

Capital

Vários autores.

Novo!!: Economia e Capital · Veja mais »

Capital (economia)

Em economia, capital (do latim capitale) é qualquer bem econômico que pode ser utilizado na produção de outros bens ou serviços.

Novo!!: Economia e Capital (economia) · Veja mais »

Capital humano

Capital humano é o conjunto de capacidades, conhecimentos, competências e atributos de personalidade que favorecem a realização de trabalho de modo a produzir valor econômico.

Novo!!: Economia e Capital humano · Veja mais »

Capitalismo

O capitalismo é um sistema econômico onde os meios de produção, distribuição, decisões sobre oferta, demanda, preço e investimentos são em grande parte ou totalmente de propriedade privada, com fins lucrativos.

Novo!!: Economia e Capitalismo · Veja mais »

Cartel

Cartel é um acordo explícito ou implícito entre concorrentes para, principalmente, fixação de preços ou cotas de produção, divisão de clientes e de mercados de atuação ou, por meio da ação coordenada entre os participantes, eliminar a concorrência e aumentar os preços dos produtos, obtendo maiores lucros, em prejuízo do bem-estar do consumidor.

Novo!!: Economia e Cartel · Veja mais »

Cautília

Cautília, Kautília ou Kautilya (—), também chamado de Chanakya ou Vichnugupta, foi um estadista e filósofo indiano dos séculos IV e que serviu como primeiro-ministro de Chandragupta Máuria, o fundador do Império Máuria.

Novo!!: Economia e Cautília · Veja mais »

Cálculo

O Cálculo Diferencial e Integral, ou simplesmente Cálculo, é um ramo importante da matemática, desenvolvido a partir da Álgebra e da Geometria, que se dedica ao estudo de taxas de variação de grandezas (como a inclinação de uma reta) e a acumulação de quantidades (como a área debaixo de uma curva ou o volume de um sólido).

Novo!!: Economia e Cálculo · Veja mais »

Cálculo matricial

Na matemática, o Cálculo matricial é uma notação especial para tratar o cálculo multivariável, especialmente em espaços de matrizes, onde está definida a derivada de uma matriz.

Novo!!: Economia e Cálculo matricial · Veja mais »

Códigos de classificação JEL

Artigos em revistas de economia são geralmente classificados de acordo com o sistema originado pelo Journal of Economic Literature (JEL).

Novo!!: Economia e Códigos de classificação JEL · Veja mais »

Ceteris paribus

Ceteris paribus, também grafado como coeteris paribus ('ce.te.ris 'pa.ri.bus na pronúncia eclesiástica ou ko.'e.te.ris 'pa.ri.bus, na pronúncia restaurada), é uma expressão do latim que pode ser traduzida por "todo o mais é constante" ou "mantidas inalteradas todas as outras coisas".

Novo!!: Economia e Ceteris paribus · Veja mais »

Ciência

Ciência (do latim scientia, traduzido por "conhecimento") refere-se a qualquer conhecimento ou prática sistemáticos.

Novo!!: Economia e Ciência · Veja mais »

Ciência política

Ciência política ou Análise política é o estudo da política — dos sistemas políticos, das organizações e dos processos políticos.

Novo!!: Economia e Ciência política · Veja mais »

Ciências naturais

As ciências naturais constituem numa classificação que abarca as áreas da ciência que visam a estudar a natureza em seus aspectos mais gerais e fundamentais, isso é, o universo como um todo, que é entendido como regulado por regras ou leis de origem natural e com validade universal, fazendo-o de forma a focar-se nos aspectos físicos e não no homem ou em aspectos comportamentais.

Novo!!: Economia e Ciências naturais · Veja mais »

Ciências sociais

Ciências Sociais é um ramo da ciência, distinto das humanidades, que estuda os aspectos sociais do mundo humano, ou seja, a vida social de indivíduos e grupos humanos.

Novo!!: Economia e Ciências sociais · Veja mais »

Ciclo econômico

O conceito do ciclo econômico refere-se às flutuações da atividade econômica, a longo prazo.

Novo!!: Economia e Ciclo econômico · Veja mais »

Comércio

O comércio baseia-se na troca voluntária de produtos.

Novo!!: Economia e Comércio · Veja mais »

Comércio internacional

O comércio internacional é a troca de bens e serviços através de fronteiras internacionais ou territórios.

Novo!!: Economia e Comércio internacional · Veja mais »

Comércio livre

O comércio livre é um sistema de comércio que permite transações sem interferência do governo.

Novo!!: Economia e Comércio livre · Veja mais »

Competência (administração)

Competência, em administração, na década de 80 e início dos anos 90 no Brasil foi disseminado entre as corporações o conceito baseado em um conjunto de conhecimentos, habilidade e atitudes de um indivíduo (CHA) necessário para que sejam supridas as necessidades de determinado cargo.

Novo!!: Economia e Competência (administração) · Veja mais »

Comportamento do consumidor

Comportamento do consumidor é o estudo do quando, porquê, como e onde as pessoas decidem comprar ou não um produto.

Novo!!: Economia e Comportamento do consumidor · Veja mais »

Comunismo

Comunismo (do latim communis - comum, universal "coisa pública", segundo Platão) é uma ideologia política e socioeconômica, que pretende promover o estabelecimento de uma sociedade igualitária, sem classes sociais e apátrida, baseada na propriedade comum dos meios de produção.

Novo!!: Economia e Comunismo · Veja mais »

Concorrência (economia)

Em economia, concorrência corresponde à situação de lucro de um mercado em que os diferentes produtores/vendedores de um determinado bem e/ou serviço actuam de forma independente face aos compradores/consumidores, com vista a alcançar um objectivo para o seu negócio – lucros, vendas e/ou quota de mercado – utilizando diferentes instrumentos, tais como os preços, a qualidade dos produtos, os serviços após venda.

Novo!!: Economia e Concorrência (economia) · Veja mais »

Concorrência monopolística

Em economia, a concorrência ou competição monopolística é um tipo de concorrência imperfeita em que existem várias empresas, cada uma vendendo uma marca ou um produto que difere em termos de qualidade, aparência ou reputação, e cada empresa é a única produtora de sua própria marca.

Novo!!: Economia e Concorrência monopolística · Veja mais »

Concorrência perfeita

Em economia, competição, concorrência perfeita ou concorrência pura descreve mercados em que nenhum participante tem tamanho suficiente para ter o poder de mercado para definir o preço de um produto homogêneo.

Novo!!: Economia e Concorrência perfeita · Veja mais »

Condicionamento

Condicionamento refere-se a dois fenômenos de aprendizagem distintos.

Novo!!: Economia e Condicionamento · Veja mais »

Consumismo

Consumismo refere-se a um modo de vida orientado por uma crescente propensão ao consumo de bens ou serviços, em geral supérfluos, em razão do seu significado simbólico (prazer, sucesso, felicidade), frequentemente atribuído pelos meios de comunicação de massa.

Novo!!: Economia e Consumismo · Veja mais »

Consumo

O consumo é uma atividade económica (uma das principais, ao lado da produção, distribuição, repartição dos rendimentos e acumulação) que consiste na utilização, destruição ou aquisição de bens ou serviços.

Novo!!: Economia e Consumo · Veja mais »

Consumo responsável

Consumo responsável significa adquirir produtos eticamente corretos, ou seja, cuja elaboração não envolva a exploração de seres humanos, animais e não provoque danos ao meio ambiente.

Novo!!: Economia e Consumo responsável · Veja mais »

Contabilidade

O fluxo de caixa é uma das ferramentas mais utilizadas pelas ciências contábeis Contabilidade é uma ciência social que tem como objecto de estudo o patrimônio das entidades (ou a azienda, que é o patrimônio mais a pessoa que o administra), seus fenômenos e variações, tanto no aspecto quantitativo quanto no qualitativo, registrando os fatos e atos de natureza econômico-financeira que o afetam e estudando suas consequências na dinâmica financeira.

Novo!!: Economia e Contabilidade · Veja mais »

Contabilidade do crescimento

A contabilidade do crescimento é um procedimento usado em economia para medir a contribuição de diferentes fatores no crescimento econômico e para indiretamente computar a taxa de progresso tecnológico, medido como um resíduo, em uma economia.

Novo!!: Economia e Contabilidade do crescimento · Veja mais »

Contabilidade nacional

A contabilidade nacional (CN) ou sistema nacional de contas (SNC) é um instrumento que representa, sintetiza e quantifica as transações realizadas de uma economia.

Novo!!: Economia e Contabilidade nacional · Veja mais »

Contraeconomia

Contra-Economia é um termo originalmente utilizado por Samuel Edward Konkin III e Neil J. Schulman, ativistas teóricos libertários.

Novo!!: Economia e Contraeconomia · Veja mais »

Contrato

Um contratoNota: por vezes indevidamente chamado de contrato, que significa: que sofreu contracção.

Novo!!: Economia e Contrato · Veja mais »

Crescimento econômico

A forma mais clássica e tradicional de se medir o crescimento econômico de um país é medir o crescimento de seu Produto Interno Bruto - PIB.

Novo!!: Economia e Crescimento econômico · Veja mais »

Crescimento populacional

Número de anos para acrescentar cada bilhão de população mundial (ano) O crescimento populacional ou crescimento demográfico é a mudança positiva do número de indivíduos de uma população.

Novo!!: Economia e Crescimento populacional · Veja mais »

Cultura

Cultura (do latim cultura) é um conceito de várias acepções, sendo a mais corrente, especialmente na antropologia, a definição genérica formulada por Edward B. Tylor segundo a qual cultura é "todo aquele complexo que inclui o conhecimento, as crenças, a arte, a moral, a lei, os costumes e todos os outros hábitos e capacidades adquiridos pelo homem como membro da sociedade".

Novo!!: Economia e Cultura · Veja mais »

Custo

No seu sentido mais geral, custo é o valor pago ao trabalho necessário para a produção de bens ou serviços.

Novo!!: Economia e Custo · Veja mais »

Custo de oportunidade

O custo de oportunidade é um termo usado em economia para indicar o custo de algo em termos de uma oportunidade renunciada, ou seja, o custo, até mesmo social, causado pela renúncia do ente econômico, bem como os benefícios que poderiam ser obtidos a partir desta oportunidade renunciada ou, ainda, a mais alta renda gerada em alguma aplicação alternativa.

Novo!!: Economia e Custo de oportunidade · Veja mais »

Custo económico

O custo económico de uma decisão depende tanto do custo da alternativa escolhida como do benefício relativo que se poderia ter obtido com a melhor alternativa O custo económico difere do custo contabilístico, pois inclui também o custo de oportunidade.

Novo!!: Economia e Custo económico · Veja mais »

Custo fixo

Custo fixo é um fator produção que tem custos independentes do nível de atividade da empresa.

Novo!!: Economia e Custo fixo · Veja mais »

Custo marginal

Em economia e finanças, custo marginal é a mudança no custo total de produção advinda da variação em uma unidade da quantidade produzida.

Novo!!: Economia e Custo marginal · Veja mais »

Custo variável

* Custo variável é a soma dos fatores variáveis de produção.

Novo!!: Economia e Custo variável · Veja mais »

Dados

Dados são um conjunto de valores ou ocorrências em um estado bruto com o qual são obtidas informações com o objetivo de adquirir benefícios.

Novo!!: Economia e Dados · Veja mais »

Daniel Kahneman

Daniel Kahneman (Tel Aviv) é um teórico da finança comportamental (behavioural), a qual combina a economia com a ciência cognitiva para explicar o comportamento aparentemente irracional da gestão do risco pelos seres humanos.

Novo!!: Economia e Daniel Kahneman · Veja mais »

David D. Friedman

David Director Friedman (12 de fevereiro de 1945) é um escritor que tornou-se uma figura proeminente na comunidade anarco-capitalista com a publicação de The Machinery of Freedom (O Maquinário da Liberdade) em 1973, revisado em 1989.

Novo!!: Economia e David D. Friedman · Veja mais »

David Hume

David Hume (Edimburgo, 7 de maio (ou 26 de abril-Antigo) de 1711 – Edimburgo, 25 de Agosto de 1776) foi um filósofo, historiador e ensaísta britânico nascido na Escócia que se tornou célebre por seu empirismo radical e seu ceticismo filosófico.

Novo!!: Economia e David Hume · Veja mais »

David Ricardo

David Ricardo (Londres, 18 de Abril de 1772 — Gatcombe Park, 11 de setembro de 1823) foi um economista e político britânico - um dos mais influentes economistas clássicos, ao lado de Thomas Malthus, Adam Smith, e James Mill.

Novo!!: Economia e David Ricardo · Veja mais »

Declive

Em matemática, o declive mede a inclinação de uma reta face ao eixo das abcissas.

Novo!!: Economia e Declive · Veja mais »

Deirdre McCloskey

Deirdre N. McCloskey (nascida em 1942 como Donald N. McCloskey) é uma economista americana.

Novo!!: Economia e Deirdre McCloskey · Veja mais »

Demanda efetiva

Demanda efetiva, em sentido amplo, é a parte da demanda agregada que de fato se realiza na aquisição de bens e serviços, e não a procura potencial por esses bens ou serviços.

Novo!!: Economia e Demanda efetiva · Veja mais »

Desenvolvimento econômico

Desenvolvimento econômico é o processo pelo qual ocorre uma variação positiva das "variáveis quantitativas" (crescimento econômico: aumento da capacidade produtiva de uma economia medida por variáveis tais como produto interno bruto, produto nacional bruto), acompanhado de variações positivas das "variáveis qualitativas" (melhorias nos aspectos relacionados com a qualidade de vida, educação, saúde, infraestrutura e profundas mudanças da estrutura socioeconômica de uma região e ou país, medidas por indicadores sociais como o índice de desenvolvimento humano, o índice de pobreza humana e o Coeficiente de Gini).

Novo!!: Economia e Desenvolvimento econômico · Veja mais »

Desigualdade social

A desigualdade social refere-se a processos relacionais na sociedade que têm o efeito de limitar ou prejudicar o status de um determinado grupo, classe ou círculo social.

Novo!!: Economia e Desigualdade social · Veja mais »

Dilema do prisioneiro

O dilema do prisioneiro é um problema da teoria dos jogos e um exemplo claro, mas atípico, de um problema de soma não nula.

Novo!!: Economia e Dilema do prisioneiro · Veja mais »

Dinheiro circulante

Na economia, o dinheiro circulante, ou a oferta monetária, é o montante total de dinheiro disponível em uma economia em um determinado ponto no tempo.

Novo!!: Economia e Dinheiro circulante · Veja mais »

Direito de propriedade

Direito de propriedade é o direito que indivíduos ou organizações têm de controlar o acesso a recursos ou ativos de que são titulares.

Novo!!: Economia e Direito de propriedade · Veja mais »

Distribuição (economia)

Em economia, distribuição se refere ao modo como se realiza a repartição da riqueza e dos bens, socialmente produzidos, entre os indivíduos e entre os diferentes segmentos de uma dada sociedade.

Novo!!: Economia e Distribuição (economia) · Veja mais »

Distribuição de renda

Em economia, distribuição de renda ou distribuição de riqueza é o modo como se processa a repartição da riqueza e dos bens socialmente produzidos, entre os habitantes e entre os diferentes estratos da população de um país ou região.

Novo!!: Economia e Distribuição de renda · Veja mais »

Divisão do trabalho

Dá-se o nome de divisão do trabalho à especialização de funções que permite a cada pessoa criar, usar e acentuar, com máxima vantagem, qualquer diferença peculiar em aptidões e recursos.

Novo!!: Economia e Divisão do trabalho · Veja mais »

Econometria

Econometria é um conjunto de ferramentas estatísticas com o objetivo de entender a relação entre variáveis econômicas através da aplicação de um modelo matemático.

Novo!!: Economia e Econometria · Veja mais »

Economia aplicada

Economia aplicada refere-se à aplicação da teoria e análise económicas.

Novo!!: Economia e Economia aplicada · Veja mais »

Economia clássica

Economia clássica é o nome dado à primeira escola moderna de pensamento econômico.

Novo!!: Economia e Economia clássica · Veja mais »

Economia da informação

A Economia da Informação é um campo de estudos interdisciplinar entre a Economia, a Ciência da informação e a Comunicação que trata da informação como mercadoria e bem de produção necessária às atividades econômicas no sistema capitalista pós-industrial.

Novo!!: Economia e Economia da informação · Veja mais »

Economia de mercado

Existe economia de livre mercado, economia de mercado ou sistema de livre iniciativa quando os agentes econômicos agem de forma livre, com pouca intervenção do Estado.

Novo!!: Economia e Economia de mercado · Veja mais »

Economia de penúria

Fila em frente de uma loja, cena comum da República Popular da Polônia durante a década de 1980. Economia de penúria - (polonês: gospodarka niedoboru, Húngaro: hiánygazdaság) é um termo criado pelo economista Húngaro János Kornai.

Novo!!: Economia e Economia de penúria · Veja mais »

Economia do bem-estar

Economia do bem-estar é um ramo da economia que usa técnicas microeconômicas para determinar simultaneamente a eficiência alocacional dentro de uma economia e a distribuição de renda associada a ela.

Novo!!: Economia e Economia do bem-estar · Veja mais »

Economia do desenvolvimento

Economia do desenvolvimento é um ramo da economia que lida com os aspetos económicos do processo de desenvolvimento dos países menos ricos.

Novo!!: Economia e Economia do desenvolvimento · Veja mais »

Economia do trabalho

A Economia do trabalho é o ramo da economia que estuda as variações no mercado de trabalho, as teorias de determinação dos salários e a influência dos aspectos macroeconômicos no mercado de trabalho.

Novo!!: Economia e Economia do trabalho · Veja mais »

Economia ecológica

Economia ecológica é um campo de estudo transdisciplinar, que reconhece a interdependência da economia e dos ecossistemas naturais ao longo do espaço e do tempo.

Novo!!: Economia e Economia ecológica · Veja mais »

Economia evolucionária

A economia evolucionária é parte da economia ortodoxa bem como da escola heterodoxa do pensamento econômico, sendo inspirada pela biologia evolucionária.

Novo!!: Economia e Economia evolucionária · Veja mais »

Economia experimental

A economia experimental é a aplicação de métodos experimentais no estudo de questões de economia.

Novo!!: Economia e Economia experimental · Veja mais »

Economia gerencial

A economia gerencial (algumas vezes chamada de economia da empresa) é um ramo da economia que aplica a análise microeconômica a métodos de decisão de empresas ou outras unidades de administração.

Novo!!: Economia e Economia gerencial · Veja mais »

Economia heterodoxa

Economia heterodoxa é uma categoria que se refere a abordagens ou escolas de pensamento econômico que são consideradas fora da economia ortodoxa.

Novo!!: Economia e Economia heterodoxa · Veja mais »

Economia internacional

O estudo da Economia Internacional envolve todos os aspectos ligados a atividade econômica entre as nações.

Novo!!: Economia e Economia internacional · Veja mais »

Economia marxiana

A economia marxiana se refere ao corpo do pensamento econômico que nasce das obras de Karl Marx.

Novo!!: Economia e Economia marxiana · Veja mais »

Economia matemática

A economia matemática é a aplicação de métodos matemáticos para representar teorias econômicas e analisar problemas propostos pela economia.

Novo!!: Economia e Economia matemática · Veja mais »

Economia mista

Liberdade para comprar, vender, lucrar e acumular riquezas, regulada por regras, leis, impostos e taxas. Uma economia mista é uma forma de economia que combina dois ou mais modelos econômicos distintos.

Novo!!: Economia e Economia mista · Veja mais »

Economia neoclássica

Economia neoclássica é uma expressão genérica utilizada para designar diversas correntes do pensamento econômico que estudam a formação dos preços, a produção e a distribuição da renda através do mecanismo de oferta e demanda dos mercados.

Novo!!: Economia e Economia neoclássica · Veja mais »

Economia normativa

Na economia normativa, os economistas prescrevem como o mundo deveria ser.

Novo!!: Economia e Economia normativa · Veja mais »

Economia ortodoxa

Economia ortodoxa ou economia mainstream é uma expressão que se refere às teorias econômicas predominantemente ensinadas nas universidades.

Novo!!: Economia e Economia ortodoxa · Veja mais »

Economia pós-keynesiana

A economia pós-keynesiana é baseada nas ideias de John Maynard Keynes.

Novo!!: Economia e Economia pós-keynesiana · Veja mais »

Economia pelo lado da oferta

A economia pelo lado da oferta é uma corrente da economia que estuda os impactos causados pela diminuição da carga tributária nas variáveis macroeconômicas, podendo ser elas: inflação, emprego, produtividade etc.

Novo!!: Economia e Economia pelo lado da oferta · Veja mais »

Economia planificada

Economia planificada, também chamada de economia centralizada ou economia centralmente planejada, é um sistema econômico no qual a produção é prévia e racionalmente planejada por especialistas; os meios de produção são propriedade do Estado; e a atividade econômica é controlada por uma autoridade central que estabelece metas de produção e distribui as matérias-primas para as unidades de produção.

Novo!!: Economia e Economia planificada · Veja mais »

Economia política

Economia política é a ciência que estuda as relações sociais de produção, circulação e distribuição de bens materiais que visam atender as necessidades humanas, identificando as leis que regem tais relações.

Novo!!: Economia e Economia política · Veja mais »

Economia positiva

A economia positiva é o ramo da economia que se preocupa com a descrição e explicação dos fenômenos econômicos (Wong, 1987, p. 920).

Novo!!: Economia e Economia positiva · Veja mais »

Economia qualitativa

A economia qualitativa refere-se à representação e análise da informação sobre a direção da mudança (positiva, negativa ou nula) em variáveis econômicas em relação a mudanças em algumas outras variáveis econômicas.

Novo!!: Economia e Economia qualitativa · Veja mais »

Economics (livro)

Economics é um influente livro introdutório dos economistas norte-americanos Paul Samuelson e William Nordhaus.

Novo!!: Economia e Economics (livro) · Veja mais »

Economista

Economista é o profissional que busca compreender, modelar e prever o comportamento dos indivíduos, instituições, e os fenômenos econômicos.

Novo!!: Economia e Economista · Veja mais »

Edmund Phelps

Edmund Phelps (Evanston) é um economista estadunidense, professor na Universidade Columbia.

Novo!!: Economia e Edmund Phelps · Veja mais »

Efeito renda

Em economia, Efeito renda é a taxa que mede a variação de consumo que ocorre quando uma mudança de preço move o consumo para alguma das curvas de indiferença mais elevadas.

Novo!!: Economia e Efeito renda · Veja mais »

Efeito substituição

Em economia, Efeito substituição é a taxa que mede a variação de consumo que ocorre quando há uma mudança de preço, movendo o consumo ao longo da curva de indiferença, levando a uma nova taxa marginal de substituição.

Novo!!: Economia e Efeito substituição · Veja mais »

Eficiência

Eficiência ou rendimento refere-se à relação entre os resultados obtidos e os recursos empregados.

Novo!!: Economia e Eficiência · Veja mais »

Eficiência de Pareto

Eficiência ou ó(p)timo de Pareto é um conceito de economia desenvolvido pelo italiano Vilfredo Pareto.

Novo!!: Economia e Eficiência de Pareto · Veja mais »

Eficiência produtiva

A Eficiência produtiva ocorre quando a economia está operando na sua fronteira de possibilidades de produção (FPP).

Novo!!: Economia e Eficiência produtiva · Veja mais »

Elasticidade

Elasticidade é o ramo da física que estuda o comportamento de corpos materiais que se deformam ao serem submetidos a ações externas (forças devidas ao contato com outros corpos, ação gravitacional agindo sobre sua massa, etc.), retornando à sua forma original quando a ação externa é removida.

Novo!!: Economia e Elasticidade · Veja mais »

Empirismo

Na filosofia, empirismo foi uma teoria do conhecimento que afirma que o conhecimento vem apenas, ou principalmente, a partir da experiência sensorial.

Novo!!: Economia e Empirismo · Veja mais »

Enrico Barone

Enrico Barone (22 de dezembro de 1859, Nápoles – 14 de maio de 1924, Roma) foi um soldado, historiador militar e economista.

Novo!!: Economia e Enrico Barone · Veja mais »

Epistemologia

Epistemologia (do grego ἐπιστήμη: conhecimento científico, ciência; λόγος: discurso, estudo de) é o ramo da filosofia que trata da natureza, etapas e limites do conhecimento humano, especialmente nas relações que se estabelecem entre o sujeito e o objeto do conhecimento.

Novo!!: Economia e Epistemologia · Veja mais »

Equilíbrio de mercado

O mercado de um bem encontra-se em equilíbrio quando há equivalência entre oferta e a demanda (ou procura) desse bem, ou seja, quando as quantidades oferecidas são iguais às quantidade procuradas desse bem.

Novo!!: Economia e Equilíbrio de mercado · Veja mais »

Equilíbrio parcial

Em economia, equilíbrio parcial é um tipo de equilíbrio económico onde o comportamento no mercado específico de algumas mercadorias é obtido independentemente dos preços e quantidades procurados e fornecidos noutros mercados.

Novo!!: Economia e Equilíbrio parcial · Veja mais »

Era vitoriana

Vitória deu o nome para a era histórica. A era vitoriana no Reino Unido foi o período do reinado da rainha Vitória, em meados do século XIX, de junho de 1837 a janeiro de 1901.

Novo!!: Economia e Era vitoriana · Veja mais »

Ernest Mandel

Ernest Ezra Mandel (Frankfurt, 5 de abril de 1923 — Bruxelas, 20 de julho de 1995) foi um economista e político belga, considerado um dos mais importantes dirigentes trotskistas da segunda metade do século XX.

Novo!!: Economia e Ernest Mandel · Veja mais »

Escassez

Escassez é o problema econômico fundamental de se ter desejos humanos praticamente infinitos em um mundo de recursos limitados.

Novo!!: Economia e Escassez · Veja mais »

Escola Austríaca

A Escola Austríaca (também conhecida como Escola de Viena) é uma escola de pensamento econômico que enfatiza o poder de organização espontânea do mecanismo de preços.

Novo!!: Economia e Escola Austríaca · Veja mais »

Escola de Chicago (economia)

A Escola de Chicago é uma escola de pensamento econômico que defende o mercado livre e que foi disseminada por alguns professores da Universidade de Chicago.

Novo!!: Economia e Escola de Chicago (economia) · Veja mais »

Escola de Estocolmo

A escola de Estocolmo (Stockholmsskolan), é uma escola de pensamento econômico-social que defende uma economia de mercado onde exista uma regulação econômica por parte de órgãos e agentes reguladores controlados pelo estado a fim de corrigir as falhas de mercado que possivelmente estejam presentes.

Novo!!: Economia e Escola de Estocolmo · Veja mais »

Escola de Friburgo

A Escola de Friburgo é uma escola de pensamento econômico, fundada na década de 1930, na Universidade de Friburgo.

Novo!!: Economia e Escola de Friburgo · Veja mais »

Escola de Lausanne

A Escola de Lausanne, ou de Lausana, de economia, também conhecida como Escola Matemática, é uma vertente do pensamento econômico neoclássica, desenvolvida em torno das ideias do francês Léon Walras e do italiano Vilfredo Pareto.

Novo!!: Economia e Escola de Lausanne · Veja mais »

Escola keynesiana

A escola Keynesiana ou Keynesianismo é a teoria econômica consolidada pelo economista inglês John Maynard Keynes em seu livro Teoria geral do emprego, do juro e da moeda (General theory of employment, interest and money)KEYNES, John Maynard.

Novo!!: Economia e Escola keynesiana · Veja mais »

Escolástica

Escolástica ou escolasticismo (do latim scholasticus, e este por sua vez do grego σχολαστικός) foi o método de pensamento crítico dominante no ensino nas universidades medievais europeias de cerca de 1100 a 1500.

Novo!!: Economia e Escolástica · Veja mais »

Escolha

Urna eletrônica usada em plebiscito: escolhas que podem mudar os rumos de uma sociedade. Escolha ou alternativa consiste num processo mental de pensamento envolvendo o julgamento dos méritos de múltiplas opiniões e a seleção de uma delas para ação.

Novo!!: Economia e Escolha · Veja mais »

Escolha pública

A escolha pública ou teoria da escolha pública é um ramo da teoria econômica em que os conceitos da economia de mercado são aplicados à política e aos serviços públicos.

Novo!!: Economia e Escolha pública · Veja mais »

Escravidão

francês Jean-Léon Gérôme Fotografia de um menino escravo em Zanzibar, em 1890 A escravidão (denominada também de escravismo, escravagismo ou escravatura) é a prática social em que um ser humano assume direitos de propriedade sobre outro designado por escravo, ao qual é imposta tal condição por meio da força.

Novo!!: Economia e Escravidão · Veja mais »

Estado

Leviatã'', de Thomas Hobbes. A obra defende um estado com um governo forte, que impeça a anarquia. O termo Estado (do latim status,us: modo de estar, situação, condição), segundo o Dicionário Houaiss, data do século XIII e designa o "conjunto das instituições que controlam e administram uma nação"; "país soberano, com estrutura própria e politicamente organizado" (não confundir com governo).

Novo!!: Economia e Estado · Veja mais »

Estado de bem-estar social

Estado de bem-estar social, Estado-providência ou Estado social é um tipo de organização política e econômica que coloca o Estado como agente da promoção social e organizador da economia.

Novo!!: Economia e Estado de bem-estar social · Veja mais »

Estados Unidos

Os Estados Unidos da América (United States of America), ou simplesmente Estados Unidos, são uma república constitucional federal composta por 50 estados e um distrito federal.

Novo!!: Economia e Estados Unidos · Veja mais »

Estatística

Um exemplo de gráfico Estatística é a ciência que utiliza-se das teorias probabilísticas para explicar a frequência da ocorrência de eventos, tanto em estudos observacionais quanto em experimentos para modelar a aleatoriedade e a incerteza de forma a estimar ou possibilitar a previsão de fenômenos futuros, conforme o caso.

Novo!!: Economia e Estatística · Veja mais »

Estratégia nuclear

Estratégia nuclear envolve o desenvolvimento de uma doutrina e estratégias para produção e uso de armas nucleares e seus respectivos sistemas de lançamento ou entrega.

Novo!!: Economia e Estratégia nuclear · Veja mais »

Evolução

Na biologia, Evolução (também conhecida como evolução biológica, genética ou orgânica) é a mudança das características hereditárias de uma população de seres vivos de uma geração para outra.

Novo!!: Economia e Evolução · Veja mais »

Excedente econômico

Excedente econômico é o total de utilidade proporcionado por um produto em relação ao seu custo produtivo.

Novo!!: Economia e Excedente econômico · Veja mais »

Exclusão mútua

Exclusão mútua (também conhecida pelo acrônimo mutex para mutual exclusion, o termo em inglês) é uma técnica usada em programação concorrente para evitar que dois processos ou threads tenham acesso simultaneamente a um recurso compartilhado, acesso esse denominado por seção crítica.

Novo!!: Economia e Exclusão mútua · Veja mais »

Expectativas racionais

O pressuposto das expectativas racionais é um conceito econômico formulado pela primeira vez por John Muth em 1961 e que se popularizou após a publicação de artigo assinado por Robert Lucas e Leonard Rapping em 1969 sobre salário real, emprego e inflação.

Novo!!: Economia e Expectativas racionais · Veja mais »

Externalidades

A poluição atmosférica gerada por veículos automotores é um exemplo de externalidade negativa. Os custos da poluição do ar não são compensados por nenhum produtor ou consumidor deste tipo de veículo. Em economia, externalidades são os efeitos laterais de uma decisão sobre aqueles que não participaram dela.

Novo!!: Economia e Externalidades · Veja mais »

Falha de mercado

Falha de mercado é a situação em que o custo marginal social não é igual ao benefício marginal.

Novo!!: Economia e Falha de mercado · Veja mais »

Falha do Estado

Falha do Estado (ou falha de não-mercado) é a analogia do sector público à falha do mercado e ocorre quando uma intervenção do Estado provoca uma alocação mais ineficiente de bens e recursos, que não ocorreria sem a intervenção.

Novo!!: Economia e Falha do Estado · Veja mais »

Falseabilidade

Falseabilidade ou refutabilidade é a propriedade de uma asserção, ideia, hipótese ou teoria poder ser mostrada falsa.

Novo!!: Economia e Falseabilidade · Veja mais »

Fatores de produção

Em economia, fatores de produção são elementos indispensáveis ao processo produtivo de bens materiais.

Novo!!: Economia e Fatores de produção · Veja mais »

Finanças

Finanças (do francês finance) é a ciência e a profissão da gestão do dinheiro.

Novo!!: Economia e Finanças · Veja mais »

Finanças internacionais

Finanças internacionais é um ramo da economia que estuda a dinâmicas das taxas de câmbio, investimento externo e a forma como isso afeta o comércio internacional.

Novo!!: Economia e Finanças internacionais · Veja mais »

Finanças públicas

Finanças Públicas é o campo da Economia preocupado com o pagamento de atividades coletivas e governamentais, assim como com a administração e o desempenho destas atividades.

Novo!!: Economia e Finanças públicas · Veja mais »

Fisiocracia

Fisiocracia (do grego "Governo da Natureza") é uma teoria econômica desenvolvida por um grupo de economistas franceses do século XVIII, que acreditavam que a riqueza das nações era derivada unicamente do valor de "terras agrícolas" ou do "desenvolvimento da terra" e que produtos agrícolas deveriam ter preços elevados.

Novo!!: Economia e Fisiocracia · Veja mais »

Força de trabalho

Força de trabalho pode significar.

Novo!!: Economia e Força de trabalho · Veja mais »

Forma de mercado

Na economia as estruturas de mercado ou formas de mercado descrevem os mercados e seus componentes, definindo a capacidade e a possibilidade de se operar tais em concorrência ou não no mercado.

Novo!!: Economia e Forma de mercado · Veja mais »

Friedrich Hayek

Friedrich August von Hayek (Viena, 8 de Maio de 1899 — Friburgo em Brisgóvia, 23 de Março de 1992) foi um economista e filósofo austríaco, posteriormente naturalizado britânico.

Novo!!: Economia e Friedrich Hayek · Veja mais »

Fronteira de possibilidades de produção

Em economia, a fronteira de possibilidades de produção (FPP), também designada por curva de possibilidade de produção (CPP), ilustra graficamente a escassez dos fatores de produção cria um limite para a capacidade produtiva de uma empresa, país ou sociedade.

Novo!!: Economia e Fronteira de possibilidades de produção · Veja mais »

Fundamentos de Análise Económica

Fundamentos de Análise Económica (Foundations of Economic Analysis) é uma obra de Paul A. Samuelson publicada em 1947 (edição alargada em 1983) pela Harvard University Press.

Novo!!: Economia e Fundamentos de Análise Económica · Veja mais »

Ganhos com o comércio

Em economia, Ganhos com o comércio corresponde ao benefícios obtidos pelos agentes económicos com o comércio voluntário entre eles.

Novo!!: Economia e Ganhos com o comércio · Veja mais »

Gérard Debreu

Gérard Debreu (Calais, — Paris) foi um economista estadunidense (naturalizado em 1974) de origem francesa.

Novo!!: Economia e Gérard Debreu · Veja mais »

George Joseph Stigler

George Joseph Stigler (Seattle, 17 de Janeiro de 1911 — Chicago, 1 de Dezembro de 1991) foi um economista estadunidense.

Novo!!: Economia e George Joseph Stigler · Veja mais »

Globalização

A globalização é um dos processos de aprofundamento internacional da integração econômica, social, cultural e política,Al-Rodhan, R.F. Nayef and Gérard Stoudmann.

Novo!!: Economia e Globalização · Veja mais »

Grau académico

XVII Um é um título conferido normalmente por uma instituição de ensino superior em reconhecimento oficial pela conclusão com sucesso de todos os requisitos de um curso, de um ciclo ou de uma etapa de estudos superiores.

Novo!!: Economia e Grau académico · Veja mais »

Grécia Antiga

Mapa das colônias gregas no mar Mediterrâneo durante o Período Arcaico. O Partenon, um templo dedicado à deusa Atena, localizado na Acrópole de Atenas, é um dos símbolos mais representativos da cultura e da sofisticação dos gregos antigos Grécia Antiga é o termo geralmente usado para descrever o mundo antigo grego e áreas próximas (tais como Chipre, Anatólia, sul da Itália, da França e costa do mar Egeu, além de assentamentos gregos no litoral de outros países, como o Egito).

Novo!!: Economia e Grécia Antiga · Veja mais »

Guerra Fria

lado ocidental. O muro foi construído em 1961 pelo governo da Alemanha Oriental para evitar que seus habitantes fugissem e deixassem um vazio economicamente desastroso de trabalhadores. A barreira se tornou um símbolo da Guerra Fria e sua queda, em 1989, marcou o fim iminente do conflito. Tratado INF, em 8 de dezembro de 1987. Guerra Fria é a designação atribuída ao período histórico de disputas estratégicas e conflitos indiretos entre os Estados Unidos e a União Soviética, compreendendo o período entre o final da Segunda Guerra Mundial (1945) e a extinção da União Soviética (1991), um conflito de ordem política, militar, tecnológica, econômica, social e ideológica entre as duas nações e suas zonas de influência.

Novo!!: Economia e Guerra Fria · Veja mais »

Harvard Business School

A Harvard Business School é uma das escolas de pós-graduação da Universidade Harvard focada em administração de empresas.

Novo!!: Economia e Harvard Business School · Veja mais »

Henry George

Henry George (18 de fevereiro de 1891 — 6 de janeiro de 1976) foi um ciclista belga.

Novo!!: Economia e Henry George · Veja mais »

Hipótese

Uma hipótese (do grego antigo ὑπόθεσις, transl. hypóthesis, composto de hypo, 'sob', 'abaixo de', e thésis, 'posição') suposição ou especulação é uma formulação provisória, com intenções de ser posteriormente demonstrada ou verificada, constituindo uma suposição admissível.

Novo!!: Economia e Hipótese · Veja mais »

Hipótese do mercado eficiente

Em Finanças, a hipótese do mercado eficiente afirma que mercados financeiros são "eficientes em relação à informação".

Novo!!: Economia e Hipótese do mercado eficiente · Veja mais »

História da Índia

A história da Índia tem início com o registro em 1200 arqueológico da presença do homo sapiens há cerca de anos.

Novo!!: Economia e História da Índia · Veja mais »

História da China

A história da China está registrada em documentos que datam do século XVI a.C. em diante e que demonstram que aquele país é uma das civilizações mais antigas do mundo com existência contínua.

Novo!!: Economia e História da China · Veja mais »

História do pensamento económico

A história do pensamento econômico pode ser dividida, grosso modo, em três períodos: Pré-moderno (grego, romano, árabe), Moderno (mercantilismo, fisiocracia) e Contemporâneo (a partir de Adam Smith no final do). A análise econômica sistemática tem se desenvolvido principalmente a partir do surgimento da Modernidade.

Novo!!: Economia e História do pensamento económico · Veja mais »

Homo economicus

O homo economicus (homem econômico), ator racional ou maximizador racional é uma ficção formulada segundo procedimentos científicos do século XIX que aconselhavam a fragmentação do objeto de pesquisa para fins de investigação analítica.

Novo!!: Economia e Homo economicus · Veja mais »

Ibn Khaldun

Abu Zayd 'Abd al-Rahman ibn Muhammad ibn Khaldun al-Hadrami (عبد الرحمن بن محمد بن خلدون الحضرمي) ou Ibn Khaldun (Norte da África, atual Túnis, 27 de Maio de 1332/AH 732 — Cairo, 17 de Março de 1406/AH 808) foi um polímata árabe — astrônomo, economista, historiador, jurista islâmico, advogado islâmico, erudito islâmico, teólogo islâmico, hafiz, matemático, estrategista militar, nutricionista, filósofo, cientista social e estadista.

Novo!!: Economia e Ibn Khaldun · Veja mais »

Império Aquemênida

O (em persa antigo: Parsā; em persa moderno: هخامنشیان, Hakhāmanishiya ou دودمان هخامنشي, transl. Dudmān Hakhâmaneshi, dinastia aquemênida; c. 550–), por vezes referido como Primeiro Império Persa, foi um império iraniano situado no Sudoeste da Ásia, e fundado no por Ciro, o Grande, que derrubou a confederação médica.

Novo!!: Economia e Império Aquemênida · Veja mais »

Imposto

Imposto (do latim imposìtu-, particípio passado de imponère: "impor", "pôr como obrigação") é a imposição de um encargo financeiro ou outro tributo sobre o contribuinte (pessoa física ou jurídica) por um estado ou o equivalente funcional de um estado a partir da ocorrência de um fato gerador, sendo calculado mediante a aplicação de uma alíquota a uma base de cálculo de forma que o não pagamento do mesmo acarreta irremediavelmente sanções civis e penais impostas à entidade ou indivíduo não pagador, sob forma de leis.

Novo!!: Economia e Imposto · Veja mais »

Inflação

Mapa dos países segundo a variação nos Índices de Inflação em 2009 Inflação refere-se a um aumento no suprimento de dinheiro e a expansão monetária, o que é a causa do aumento de preços; alguns economistas (como os da Escola Austríaca) preferem este significado, em vez de definir inflação pelo aumento de preços.

Novo!!: Economia e Inflação · Veja mais »

Informação assimétrica

Em economia, Informação assimétrica é um fenômeno que ocorre quando dois ou mais agentes econômicos estabelecem entre si uma transação econômica com uma das partes envolvidas detendo por tal meio informações qualitativa e/ou quantitativamente superiores aos da outra parte.

Novo!!: Economia e Informação assimétrica · Veja mais »

Instituição

Instituições são estruturas ou mecanismos de ordem social, que regulam o comportamento de um conjunto de indivíduos dentro de uma determinada comunidade.

Novo!!: Economia e Instituição · Veja mais »

Intervencionismo (economia)

Em economia, intervencionismo estatal refere-se à interferência do Estado na atividade econômica do país, visando a regulação do setor privado, não apenas fixando as regras do mercado, mas atuando de outras formas com vistas a alcançar objetivos que vão desde o estímulo ao crescimento da economia e à redução de desigualdades até o crescimento do nível de emprego e dos salários, ou à correção das chamadas falhas de mercado.

Novo!!: Economia e Intervencionismo (economia) · Veja mais »

Investigação operacional

A Investigação Operacional (IO) ou Pesquisa operacional (PO), é um ramo interdisciplinar da matemática aplicada que faz uso de modelos matemáticos, estatísticos e de algoritmos na ajuda à tomada de decisão.

Novo!!: Economia e Investigação operacional · Veja mais »

Investimento

Em economia, investimento significa a aplicação de capital em meios de produção, visando ao aumento da capacidade produtiva (instalações, máquinas, transporte, infraestrutura) ou seja, em bens de capital.

Novo!!: Economia e Investimento · Veja mais »

Joan Robinson

Joan Violet Robinson (Surrey, Inglaterra, 31 de outubro de 1903 — Cambridge, 10 de agosto de 1983) foi uma economista pós-keynesiana britânica que ampliou a teoria de John Maynard Keynes.

Novo!!: Economia e Joan Robinson · Veja mais »

Jogo de estratégia

O xadrez é um dos mais conhecidos jogos de estratégia. Jogo de estratégia é uma categoria de jogo (sejam de tabuleiro, de cartas, de videogames ou de computador), em que a habilidade dos jogadores em tomar decisões estratégicas supera a sorte como fator de determinação do vencedor.

Novo!!: Economia e Jogo de estratégia · Veja mais »

John Maynard Keynes

John Maynard Keynes (Cambridge, 5 de junho de 1883 — Tilton, East Sussex, 21 de abril de 1946) foi um economista britânico cujas ideias mudaram fundamentalmente a teoria e prática da macroeconomia, bem como as políticas económicas instituídas pelos governos.

Novo!!: Economia e John Maynard Keynes · Veja mais »

John Richard Hicks

Sir John Richard Hicks, Kt. (Leamington Spa, —) foi um economista britânico, professor da London School of Economics e da Universidade de Oxford.

Novo!!: Economia e John Richard Hicks · Veja mais »

John Ruskin

John Ruskin (Londres, 8 de fevereiro de 1819 – 20 de janeiro de 1900) foi um escritor mais lembrado por seu trabalho como crítico de arte e crítico social británico.

Novo!!: Economia e John Ruskin · Veja mais »

John Stuart Mill

John Stuart Mill (Londres, 20 de Maio de 1806 — Avignon, 8 de Maio de 1873) foi um filósofo e economista britânico nascido na Inglaterra, e um dos pensadores liberais mais influentes do século XIX.

Novo!!: Economia e John Stuart Mill · Veja mais »

John von Neumann

John von Neumann, nascido Margittai Neumann János Lajos (Budapeste, — Washington, D.C.) foi um matemático húngaro de origem judaica, naturalizado estadunidense.

Novo!!: Economia e John von Neumann · Veja mais »

Joseph Schumpeter

Joseph Alois Schumpeter (Triesch, 8 de fevereiro de 1883 — Taconic, Connecticut, 8 de janeiro de 1950) foi um economista e cientista político austríaco.

Novo!!: Economia e Joseph Schumpeter · Veja mais »

Karl Marx

Karl Marx (Tréveris, 5 de maio de 1818 — Londres, 14 de março de 1883) foi um filósofo, sociólogo, jornalista e revolucionário socialista.

Novo!!: Economia e Karl Marx · Veja mais »

Karl Popper

Karl Raimund Popper (Viena, 28 de Julho de 1902 — Londres, 17 de Setembro de 1994) foi um filósofo da ciência austríaco naturalizado britânico.

Novo!!: Economia e Karl Popper · Veja mais »

Laissez-faire

Laissez-faire é hoje expressão-símbolo do liberalismo econômico, na versão mais pura de capitalismo de que o mercado deve funcionar livremente, sem interferência, apenas com regulamentos suficientes para proteger os direitos de propriedade.

Novo!!: Economia e Laissez-faire · Veja mais »

Lazer

Lazer (latim licere, ou seja, "ser lícito", "ser permitido") corresponde ao tempo de folga, de passatempo, de ócio, de descanso, distração ou entretenimento, de uma pessoa.

Novo!!: Economia e Lazer · Veja mais »

Léon Walras

'''Léon Walras''' Marie-Ésprit-Léon Walras (Évreux, 16 de Dezembro de 1834 — Clarens, 5 de Janeiro de 1910) foi um economista e matemático francês, conhecido como o criador da Teoria do Equilíbrio Geral.

Novo!!: Economia e Léon Walras · Veja mais »

Língua grega

O grego (ελληνικά, ou ελληνική γλώσσα, AFI:, lit. "língua helênica") é um ramo independente da família linguística indo-europeia.

Novo!!: Economia e Língua grega · Veja mais »

Lei (ciência)

Lei, no sentido científico, é uma regra com base em algum fenômeno que ocorra com regularidade observada.

Novo!!: Economia e Lei (ciência) · Veja mais »

Lei da oferta e da procura

alt.

Novo!!: Economia e Lei da oferta e da procura · Veja mais »

Leonid Kantorovich

Leonid Vitaliyevich Kantorovich (Леонид Витальевич Канторович; (São Petersburgo, — Moscou) foi um matemático e economista russo de origem judaica. Foi laureado com o Prémio de Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel de 1975. Foi um dos pioneiros da técnica de programação linear, como instrumento do planejamento econômico. Graduado em matemática na Universidade de Leningrado, de 1926 a 1930, foi depois professor, de 1934 a 1960, com doutorado obtido em 1935. Na década de 1930 trabalhou com análise funcional, quando desenvolveu muitos princípios fundamentais da análise numérica, quando os computadores eram ainda incipientes. Em 1971 entrou para o Instituto de Planejamento Econômico. Sua obra mais famosa é O melhor uso dos recursos econômicos (1959). Em 1939 desenvolveu um modelo de programação linear que o levou a mostrar como a descentralização do processo decisório numa economia planificada depende de um sistema de preços no qual estes são determinados pela escassez dos recursos. Recebeu o prêmio Lenin em 1964, e em 1975 dividiu o Nobel de economia com Tjalling Koopmans.

Novo!!: Economia e Leonid Kantorovich · Veja mais »

Libertarismo

O libertarismo, ou ultraliberalismo, algumas vezes traduzido do inglês como libertarianismo, é a filosofia política que tem a liberdade como seu principal objetivo.

Novo!!: Economia e Libertarismo · Veja mais »

Lista de artigos de economia

Espera-se que esta seja uma lista completa dos artigos em economia.

Novo!!: Economia e Lista de artigos de economia · Veja mais »

Lista de órgãos estatísticos nacionais e internacionais

Sem descrição

Novo!!: Economia e Lista de órgãos estatísticos nacionais e internacionais · Veja mais »

Lista de economistas

A seguinte lista apresenta, por ordem alfabética do último nome, economistas notórios que receberam ou o prémio da Banca da Suécia em memória de Alfred Nobel ou um prémio internacionalmente reconhecido, ou porque são autores de conceitos, obras teóricas e práticas fundamentais na história do pensamento económico.

Novo!!: Economia e Lista de economistas · Veja mais »

Longo prazo e curto prazo

Em economia, o longo prazo é o período de tempo conceptual para o qual não temos fatores de produção fixos.

Novo!!: Economia e Longo prazo e curto prazo · Veja mais »

Lucro

Lucro é o retorno positivo de um investimento.

Novo!!: Economia e Lucro · Veja mais »

Macroeconomia

Macroeconomia é uma das divisões da ciência econômica dedicada ao estudo, medida e observação de uma economia regional ou nacional como um todo individual.

Novo!!: Economia e Macroeconomia · Veja mais »

Marginalismo

O marginalismo é um movimento econômico, surgido em 1870, que afirma que o preço final de qualquer produto é também determinado pela relação oferta/demanda, não somente pelo custo de produção, tal qual defendiam os economistas clássicos.

Novo!!: Economia e Marginalismo · Veja mais »

Mark Blaug

Mark Blaug (Haia, Países Baixos) foi um economista britânico nascido na Holanda, que contribuiu para um amplo número de tópicos ao longo de sua carreira.

Novo!!: Economia e Mark Blaug · Veja mais »

Marxismo

Marxismo é um método de análise socioeconômica sobre as relações de classe e conflito social, que utiliza uma interpretação materialista do desenvolvimento histórico e uma visão dialética de transformação social.

Novo!!: Economia e Marxismo · Veja mais »

Matemática aplicada

Há matemática avançada envolvida para resolver o problema do tráfego intenso de carros, como encontrar soluções para diminuir os congestionamentos. A matemática aplicada é um ramo da matemática no qual se trata da aplicação do conhecimento matemático a outros domínios.

Novo!!: Economia e Matemática aplicada · Veja mais »

Mão invisível

Mão invisível foi um termo introduzido por Adam Smith em A Riqueza das Nações para descrever como, numa economia de mercado, apesar da inexistência de uma entidade coordenadora do interesse comunal, a interação dos indivíduos parece resultar numa determinada ordem, como se houvesse uma "mão invisível" que orientasse a economia.

Novo!!: Economia e Mão invisível · Veja mais »

Método científico

O método científico refere-se a um aglomerado de regras básicas dos procedimentos que produzem o conhecimento científico, quer um novo conhecimento, quer uma correção (evolução) ou um aumento na área de incidência de conhecimentos anteriormente existentes.

Novo!!: Economia e Método científico · Veja mais »

Método das partidas dobradas

Em contabilidade, o Método das Partidas Dobradas, ou Método Veneziano ("el modo de Vinegia") descrito pela primeira vez por Luca Pacioli no livro "Summa de Arithmetica, Geometria, Proportioni et Proportionalità" em 1494, é o sistema-padrão usado em empresas e outras organizações para registrar transações financeiras.

Novo!!: Economia e Método das partidas dobradas · Veja mais »

Meio ambiente

O meio ambiente, (do latim ambiens/ambientis, com o sentido de envolver algo1) é o conjunto das substâncias, circunstâncias ou condições em que existe determinado objeto ou em que ocorre determinada ação, envolve todas as coisas vivas e não-vivas que existem na Terra, que afetam os ecossistemas e a vida dos seres que vivem nela.

Novo!!: Economia e Meio ambiente · Veja mais »

Mercado

Um mercado de rua, como este no Funchal, é o exemplo clássico do local de venda de bens por unidade monetária. Designa-se por mercado o local no qual agentes econômicos procedem à troca de bens por uma unidade monetária ou por outros bens.

Novo!!: Economia e Mercado · Veja mais »

Mercado de trabalho

Mercado de trabalho associa aqueles que oferecem força de trabalho àqueles que a procuram, num sistema típico de mercado onde se negocia a fim de determinar os preços e as quantidades a transacionar.

Novo!!: Economia e Mercado de trabalho · Veja mais »

Mercantilismo

Quadro de Claude Lorrain que representa um porto de mar francês de 1638, no momento fundamental do mercantilismo. Mercantilismo é o nome dado a um conjunto de práticas econômicas desenvolvido na Europa na Idade Moderna, entre o século XV e o final do século XVIII.

Novo!!: Economia e Mercantilismo · Veja mais »

Mesopotâmia

A Mesopotâmia (do grego antigo Μεσοποταμία; composto de μέσος, "meio", e ποταμός, "rio", ou seja " entre dois rios") é o nome dado para a área do sistema fluvial Tigre-Eufrates, o que nos dias modernos corresponde a aproximadamente a maior parte do atual Iraque e Kuwait, além de partes orientais da Síria e de regiões ao longo das fronteiras Turquia-Síria e Irã-Iraque.

Novo!!: Economia e Mesopotâmia · Veja mais »

Metodologia da economia

A metodologia da economia é o estudo dos métodos, geralmente científicos, relativos à economia, incluindo os princípios subjacentes ao raciocínio económico.

Novo!!: Economia e Metodologia da economia · Veja mais »

Microeconomia

A Microeconomia é definida como um problema de alocação de recursos escassos em relação a uma série possível de fins.

Novo!!: Economia e Microeconomia · Veja mais »

Microfundamentos

Na economia, o termo microfundamentos refere-se a análise microeconômica do comportamento dos agentes econômicos tais como as famílias ou firmas que sustentam a teoria macroeconômica.

Novo!!: Economia e Microfundamentos · Veja mais »

Milton Friedman

Milton Friedman (Nova Iorque, — São Francisco) foi um economista, estatístico e escritor norte-americano que lecionou na Universidade de Chicago por mais de três décadas.

Novo!!: Economia e Milton Friedman · Veja mais »

Modelo de Solow

Na teoria ecônomica do crescimento, o modelo de Solow-Swan é um modelo neoclássico do crescimento, cujo nome foi dado em homenagem ao Prêmio de Ciências Econômicas Robert Solow.

Novo!!: Economia e Modelo de Solow · Veja mais »

Modelo económico

Dada a complexidade da realidade económica, um sistema económico tem necessidade de ser representado pelo modelo económico que realce os principais elementos, inter-relações e estrutura.

Novo!!: Economia e Modelo económico · Veja mais »

Monetarismo

Monetarismo é uma teoria econômica que defende que é possível manter a estabilidade de uma economia capitalista através de instrumentos monetários, pelo controle do volume de moeda disponível e de outros meios de pagamento.

Novo!!: Economia e Monetarismo · Veja mais »

Monopólio

Em economia, monopólio (do grego monos, um + polein, vender) designa uma situação particular de concorrência imperfeita, em que uma única empresa detém o mercado de um determinado produto ou serviço, conseguindo, portanto influenciar o preço do bem comercializado.

Novo!!: Economia e Monopólio · Veja mais »

Mudança estrutural

Mudança estrutural de uma economia refere-se a uma mudança fundamental e de longo prazo na sua estrutura, ao contrário das medidas pontuais ou de curto prazo, que tipicamente visam melhorias conjunturais na produção ou no emprego.

Novo!!: Economia e Mudança estrutural · Veja mais »

Muqaddimah

Muqaddimah (árabe: مقدّمة ابن خلدون, berbere: Tazwarit n Ibn Xeldun, que significa "Introdução à história universal"), também conhecido como o Muqaddimah de Ibn Khaldun ou Prolegomena (grego: Προλεγόμενα), é um livro escrito pelo historiador norte-africano Ibn khaldun em 1377, registando uma visão da época da história universal.

Novo!!: Economia e Muqaddimah · Veja mais »

Necessidades econômicas

Necessidades econômicas é o name dado pelos economistas clássicos a tudo aquilo que o Homem precisa para sobreviver, num contexto amplo - alimentos, vestimentos, habitação, higiene, educação, diversão - e cuja satisfação depende do exercício por ele da atividade econômica.

Novo!!: Economia e Necessidades econômicas · Veja mais »

Normatividade

Em filosofia da mente, pertencem à normatividade os conceitos que explicam o pensamento e a ação dos seres racionais, como o ser humano, a partir de normas que são irredutíveis às leis da natureza.

Novo!!: Economia e Normatividade · Veja mais »

Nova economia clássica

A nova economia clássica ou escola das expectativas racionais emerge como escola de macroeconomia durante os anos 1970.

Novo!!: Economia e Nova economia clássica · Veja mais »

Nova economia keynesiana

A nova economia keynesiana é uma corrente de pensamento econômico nascida nos anos 1980, em resposta à nova economia clássica.

Novo!!: Economia e Nova economia keynesiana · Veja mais »

O Capital

O Capital (em alemão: Das Kapital) é um conjunto de livros (sendo o primeiro de 1867) de Karl Marx que constituem uma análise do capitalismo (crítica da economia política).

Novo!!: Economia e O Capital · Veja mais »

Oligopólio

Na economia, Oligopólio (do grego oligos, poucos +- polens, vender) é uma forma evoluída de monopólio, no qual um grupo de organizações ou governos promovem o domínio de determinada oferta de produtos e/ou serviços.

Novo!!: Economia e Oligopólio · Veja mais »

Orçamento

Orçamento é a parte de um plano financeiro estratégico que compreende a previsão de receitas e despesas futuras para a administração de determinado exercício (período de tempo).

Novo!!: Economia e Orçamento · Veja mais »

Organização industrial

Organização industrial é um campo da economia que estuda a estrutura e os limites entre as empresas e os mercados e as interações estratégicas das empresas.

Novo!!: Economia e Organização industrial · Veja mais »

Oscar Dias Correia

Oscar Dias Corrêa (Itaúna, — Rio de Janeiro) foi um político e jurista brasileiro.

Novo!!: Economia e Oscar Dias Correia · Veja mais »

Oskar Morgenstern

Oskar Morgenstern (Görlitz, Alemanha, — Princeton, Estados Unidos) foi um economista austríaco.

Novo!!: Economia e Oskar Morgenstern · Veja mais »

Otimização

O ponto de máximo em um paraboloide. Em matemática, o termo otimização, ou programação matemática, refere-se ao estudo de problemas em que se busca minimizar ou maximizar uma função através da escolha sistemática dos valores de variáveis reais ou inteiras dentro de um conjunto viável.

Novo!!: Economia e Otimização · Veja mais »

País

ONU. País é uma região geográfica considerada o território físico de um Estado soberano, ou de uma menor ou antiga divisão política dentro de uma região geográfica.

Novo!!: Economia e País · Veja mais »

País desenvolvido

A expressão país desenvolvido é utilizada para descrever os países que têm alto nível de desenvolvimento econômico e social, tomando como base alguns critérios.

Novo!!: Economia e País desenvolvido · Veja mais »

País em desenvolvimento

Países recentemente industrializados Sem dados dividir em colunas fim País em desenvolvimento ou país emergente são termos geralmente usados para descrever um país que possui um padrão de vida entre baixo e médio, uma base industrial em desenvolvimento e um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) variando entre médio e elevado.

Novo!!: Economia e País em desenvolvimento · Veja mais »

Panfleto

Um folheto, ou panfleto é um meio de divulgação de uma ideia ou marca, feito de papel e de fácil manuseabilidade.

Novo!!: Economia e Panfleto · Veja mais »

Paradigma

Paradigma (do latim tardio paradigma, do grego παράδειγμα, derivado de παραδείκνυμι «mostrar, apresentar, confrontare») é um conceito das ciências e da epistemologia (a teoria do conhecimento) que define um exemplo típico ou modelo de algo.

Novo!!: Economia e Paradigma · Veja mais »

Paradoxo

Um paradoxo é uma declaração aparentemente verdadeira que leva a uma contradição lógica, ou a uma situação que contradiz a intuição comum.

Novo!!: Economia e Paradoxo · Veja mais »

Paul Krugman

Paul Robin Krugman (Nova Iorque) é um economista norte-americano, vencedor do Nobel de Economia de 2008.

Novo!!: Economia e Paul Krugman · Veja mais »

Paul Samuelson

Paul Anthony Samuelson (Gary, — Middlesex, Massachusetts) foi um economista americano da escola neokeynesianista.

Novo!!: Economia e Paul Samuelson · Veja mais »

Pérsio Arida

Pérsio Arida (São Paulo) é um economista brasileiro, conhecido por transitar entre a academia, o governo, e o setor privado.

Novo!!: Economia e Pérsio Arida · Veja mais »

Per capita

Per capita é uma expressão latina que significa "por cabeça".

Novo!!: Economia e Per capita · Veja mais »

Pleno emprego

Gráfico de quantidade (abscissas) e preço (ordenadas). '''S''' é a curva de oferta e '''D''', a de demanda. A quantidade de fatores demandados e ofertados pelo preço P0 é a mesma. Portanto, o mercado encontra-se em equilíbrio a preço P0. L. Walras. A expressão pleno emprego refere-se, em Economia, à utilização de todos os fatores disponíveis, a preços de equilíbrio.

Novo!!: Economia e Pleno emprego · Veja mais »

Pobreza

Favela de Jacarta, Indonésia. indianas. O saneamento básico precário é um dos maiores problemas das favelas. A pobreza pode ser entendida em vários sentidos, principalmente.

Novo!!: Economia e Pobreza · Veja mais »

Poder de compra

O Poder de compra é a capacidade de adquirir bens e serviços com determinada unidade monetária.

Novo!!: Economia e Poder de compra · Veja mais »

Política

Política (do Grego: πολιτικός / politikos, significa "de, para, ou relacionado a grupos que integram a Pólis") denomina-se a arte ou ciência da organização, direção e administração de nações ou Estados; a aplicação desta ciência aos assuntos internos da nação (política interna) ou aos assuntos externos (política externa).

Novo!!: Economia e Política · Veja mais »

Política econômica

A política econômica consiste no conjunto de ações governamentais que são planejadas para atingir determinadas finalidades relacionadas com a situação econômica de um país, uma região ou um conjunto de países.

Novo!!: Economia e Política econômica · Veja mais »

Política monetária

Política monetária é a atuação de autoridades monetárias sobre a quantidade de moeda em circulação, de crédito e das taxas de juros controlando a liquidez global do sistema econômico.

Novo!!: Economia e Política monetária · Veja mais »

Política orçamental

A política orçamental, ou política fiscal, é um ramo da política econômica que define o orçamento e seus componentes, os gastos públicos e impostos como variáveis de controle para garantir e manter a estabilidade econômica, amortecendo as flutuações dos ciclos económicos e ajudando a manter uma economia crescente, o pleno emprego e a inflação baixa.

Novo!!: Economia e Política orçamental · Veja mais »

Política pública

Política pública, comumente referida no plural políticas públicas, é a soma das atividades dos governos, que agem diretamente ou através de delegação, e que influenciam a vida dos cidadãos.

Novo!!: Economia e Política pública · Veja mais »

Político

Um político (do grego politikós, através do termo latino politicu) ou estadista é quem se ocupa da política.

Novo!!: Economia e Político · Veja mais »

Poluição

Por poluição entende-se a introdução pelo homem, direta ou indiretamente, de substâncias ou energia no ambiente, provocando um efeito negativo no seu equilíbrio, causando assim danos à saúde humana, aos seres vivos e aos ecossistemas.

Novo!!: Economia e Poluição · Veja mais »

Positivismo

O positivismo é uma corrente filosófica que surgiu na França no começo do século XIX.

Novo!!: Economia e Positivismo · Veja mais »

Prémio de Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel

Prémio de Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel 2008. O Prémio de Ciências Económicas, oficialmente denominado Prémio do Banco da Suécia para as Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel (em sueco Sveriges riksbanks pris i ekonomisk vetenskap till Alfred Nobels minne), vulgarmente apelidado na Suécia de Prémio da Economia (Ekonomipriset), foi instituído em 1968 pelo Sveriges Riksbank, o Banco Central da Suécia, e atribuído pela primeira vez em 1969.

Novo!!: Economia e Prémio de Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel · Veja mais »

Preço

Em economia, contabilidade, finanças e negócios, preço é o valor monetário expresso numericamente associado a uma mercadoria, serviço ou patrimônio.

Novo!!: Economia e Preço · Veja mais »

Preço sombra

Em economia, o preço sombra corresponde ao custo de oportunidade de uma atividade, que pode ser referido como sendo o seu verdadeiro preço económico.

Novo!!: Economia e Preço sombra · Veja mais »

Problema do cálculo econômico

O problema do cálculo econômico é um debate teórico advindo da crítica ao uso de uma economia planejada em substituição ao mercado na alocação dos fatores de produção.

Novo!!: Economia e Problema do cálculo econômico · Veja mais »

Problema do principal-agente

Em ciência política e economia, o problema do principal–agente ou dilema da agência trata as dificuldades que podem surgir em condições de informação assimétrica e incompleta, quando um principal contrata um agente, tais como o problema de potencial conflito de interesses e risco moral, na medida em que o principal está, presumivelmente, contratando o agente para prosseguir os interesses do principal.

Novo!!: Economia e Problema do principal-agente · Veja mais »

Problema matemático

Um problema de matemática é uma questão que pode ser enunciada em linguagem matemática e/ou analisada por métodos matemáticos.

Novo!!: Economia e Problema matemático · Veja mais »

Produção

Em economia, produção é um processo que consiste na combinação dos fatores de produção com a finalidade de satisfazer necessidades humanas, em termos de bens ou serviços.

Novo!!: Economia e Produção · Veja mais »

Produto interno bruto

PPC (paridade do poder de compra) conforme dados do CIA World Factbook de 2007. O produto interno bruto (PIB) representa a soma (em valores monetários) de todos os bens e serviços finais produzidos numa determinada região (quer sejam países, estados ou cidades), durante um período determinado (mês, trimestre, ano, etc).

Novo!!: Economia e Produto interno bruto · Veja mais »

Produto nacional bruto

O Produto Nacional Bruto (PNB)  é uma expressão monetária dos bens e serviços produzidos por fatores de produção nacional, independentemente do território econômico.

Novo!!: Economia e Produto nacional bruto · Veja mais »

Produto potencial

Em economia, o produto potencial (também referido como "Produto Interno Bruto natural") é definido como o nível de produto real que a economia poderia produzir operando a altas taxas de utilização dos recursos.

Novo!!: Economia e Produto potencial · Veja mais »

Progressão aritmética

Uma progressão aritmética (abreviadamente, P. A.) é uma sequência numérica em que cada termo, a partir do segundo, é igual à soma do termo anterior com uma constante r. O número r é chamado de razão ou diferença comum da progressão aritmética.

Novo!!: Economia e Progressão aritmética · Veja mais »

Progressão geométrica

Uma progressão geométrica é uma sequência numérica em que cada termo, a partir do segundo, é igual ao produto do termo anterior por uma constante, chamada de razão da progressão geométrica.

Novo!!: Economia e Progressão geométrica · Veja mais »

Propriedade privada

A propriedade privada é a propriedade pertencente a entidades não governamentais.

Novo!!: Economia e Propriedade privada · Veja mais »

Protecionismo

Protecionismo é a teoria que propõe um conjunto de medidas econômicas que favorecem as atividades econômicas internas em detrimento da concorrência estrangeira.

Novo!!: Economia e Protecionismo · Veja mais »

Qin Shihuang

Qin Shi Huang Di (Novembro/Dezembro 260 a.C. - 10 de Setembro, 210 a.C.), foi rei do Estado chinês de Qin de 247 a.C. a 221 a.C., e posteriormente tornou-se o primeiro imperador de uma China unificada, de 221 a.C. a 210 a.C., reinando sob a alcunha de Primeiro Imperador.

Novo!!: Economia e Qin Shihuang · Veja mais »

Qualidade de vida

obra.

Novo!!: Economia e Qualidade de vida · Veja mais »

Racionalidade (economia)

A teoria económica predominante postula a hipótese da racionalidade económica, que corresponde ao homo economicus.

Novo!!: Economia e Racionalidade (economia) · Veja mais »

Regressão

Em estatística, regressão é uma técnica que permite explorar e inferir a relação de uma variável dependente (variável de resposta) com variáveis independentes específicas (variáveis explicatórias).

Novo!!: Economia e Regressão · Veja mais »

Regulação econômica

Regulação económica é a área da Economia que estuda o funcionamento do sistema econômico através da regularidade de preços e de quantidades produzidas, ofertadas e demandadas através da interação econômica entre as respectivas partes do sistema econômico: o Estado, as empresas, os credores, os trabalhadores, os consumidores e os fornecedores.

Novo!!: Economia e Regulação econômica · Veja mais »

Relação inversa

Analogamente ao conceito de função inversa, podemos definir a relação inversa da relação R \subset A \times B\,: R^.

Novo!!: Economia e Relação inversa · Veja mais »

Renda

Renda, segundo a economia clássica, é a remuneração dos fatores de produção: salários (remuneração do fator trabalho), aluguéis (remuneração do fator terra), juros e lucros (remuneração do capital).

Novo!!: Economia e Renda · Veja mais »

Renda marginal

Em microeconomia, renda marginal é a renda extra que uma unidade adicional de produto irá gerar.

Novo!!: Economia e Renda marginal · Veja mais »

Rent-seeking

Na economia, rent-seeking ou busca de renda é uma tentativa de derivar renda econômica pela manipulação do ambiente social ou político no qual as atividades econômicas ocorrem, em vez de agregar valor.

Novo!!: Economia e Rent-seeking · Veja mais »

Retórica

Retórica (do latim rhetorica, originado no grego ῥητορικὴ τέχνη, literalmente a arte/técnica de bem falar, do substantivo rhêtôr, «orador») é a arte de usar uma linguagem para comunicar de forma eficaz e persuasiva.

Novo!!: Economia e Retórica · Veja mais »

Revolução marginalista

Revolução marginalista é o nome que se deu ao surgimento, independente e (quase) simultâneo, por volta de 1870, de uma série de contribuições teóricas que fundamentariam uma nova abordagem da Economia - o marginalismo -, baseada na ideia de que o valor econômico resulta da utilidade marginal.

Novo!!: Economia e Revolução marginalista · Veja mais »

Richard Posner

Richard Allen Posner (Nova Iorque, 1939), é um jurista dos Estados Unidos.

Novo!!: Economia e Richard Posner · Veja mais »

Riqueza

Riqueza é a situação referente à abundância na posse de dinheiro e propriedades móveis, imóveis e semoventes; o contrário de pobreza.

Novo!!: Economia e Riqueza · Veja mais »

Risco moral

O conceito de risco moral (em inglês, moral hazard) se refere à possibilidade de que um agente econômico mude seu comportamento de acordo com os diferentes contextos nos quais ocorre uma transação econômica.

Novo!!: Economia e Risco moral · Veja mais »

Robert Aumann

Robert John Aumann (Frankfurt am Main) é um economista e matemático e um membro da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos, de dupla nacionalidade: israelense e norte-americano.

Novo!!: Economia e Robert Aumann · Veja mais »

Robert Heilbroner

Robert L. Heilbroner (24 de março de 1919 – 4 de janeiro de 2005) foi um economista americano e historiador do pensamento econômico.

Novo!!: Economia e Robert Heilbroner · Veja mais »

Robinson Crusoe

Robinson Crusoe é um romance escrito por Daniel Defoe e publicado originalmente em 1719 no Reino Unido.

Novo!!: Economia e Robinson Crusoe · Veja mais »

Roma Antiga

Roma Antiga foi uma civilização itálica que surgiu no século VIII a.C. Localizada ao longo do Mar Mediterrâneo e centrada na cidade de Roma, na Península Itálica, expandiu-se para se tornar um dos maiores impérios do mundo antigo, com uma estimativa de 50 a 90 milhões de habitantes (cerca de 20% da população global na épocaMcEvedy and Jones (1978).an average of figures from different sources as listed at the US Census Bureau's; see also *Kremer, Michael (1993). "Population Growth and Technological Change: One Million B.C. to 1990" in The Quarterly Journal of Economics 108(3): 681–716.) e cobrindo 6,5 milhões de quilômetros quadrados no seu auge entre os séculos I e II.

Novo!!: Economia e Roma Antiga · Veja mais »

Rondo Cameron

Rondo Cameron (1925 – 1 de janeiro de 2001) foi um professor norte-americano de história econômica.

Novo!!: Economia e Rondo Cameron · Veja mais »

Século XIX

O século XIX (de 1801 a 1900) foi um período histórico marcado pelo colapso dos impérios da Espanha, China, França, Sacro Império Romano-Germânico e Mogol.

Novo!!: Economia e Século XIX · Veja mais »

Síntese neoclássica

Síntese neoclássica (em inglês, Neoclassical synthesis) é um movimento acadêmico na economia do pós-guerra que procura absorver o pensamento de John Maynard Keynes no pensamento da economia neoclássica.

Novo!!: Economia e Síntese neoclássica · Veja mais »

Seguro

Dá-se o nome de seguro (do latim "securu") a todo contrato pelo qual uma das partes, segurador, se obriga a indenizar a outra, segurado, em caso da ocorrência de determinado sinistro, em troca do recebimento de um prêmio de seguro.

Novo!!: Economia e Seguro · Veja mais »

Seleção adversa

Seleção adversa é um fenômeno de informação assimétrica que ocorre quando os compradores "selecionam" de maneira incorreta determinados bens e serviços no mercado.

Novo!!: Economia e Seleção adversa · Veja mais »

Serviço (economia)

Um serviço é um produto da atividade humana que satisfaz a uma necessidade, sem assumir a forma de um bem material.

Novo!!: Economia e Serviço (economia) · Veja mais »

Setor público

O setor público, por vezes referido como setor estatal, é uma parte do Estado que lida com a produção, entrega e distribuição de bens e serviços por e para o governo ou para os seus cidadãos.

Novo!!: Economia e Setor público · Veja mais »

Significância estatística

Em estatística um resultado tem significância estatística se for improvável que tenha ocorrido por acaso.

Novo!!: Economia e Significância estatística · Veja mais »

Sistema económico

Um é o sistema de produção, distribuição e consumo de bens e serviços de uma economia.

Novo!!: Economia e Sistema económico · Veja mais »

Sistemas econômicos comparados

Sistemas econômicos comparados é o subcampo da economia que lida com o estudo comparado dos diferentes sistemas da organização econômica, tais como o capitalismo, socialismo, feudalismo e economia mista.

Novo!!: Economia e Sistemas econômicos comparados · Veja mais »

Socialismo

Socialismo refere-se a qualquer uma das várias teorias de organização econômica que advogam a administração e propriedade pública ou coletiva dos meios de produção e distribuição de bens, propondo-se a construir uma sociedade caracterizada pela igualdade de oportunidades e meios para todos os indivíduos, com um método isonômico de compensação.

Novo!!: Economia e Socialismo · Veja mais »

Sociologia econômica

A sociologia econômica é um ramo da sociologia que busca os elementos socializadores da economia e do mercado.

Novo!!: Economia e Sociologia econômica · Veja mais »

Taxa alfandegária

Taxas alfandegárias são tributos cobrados pelos governos de todos os países sobre produtos importados e exportados.

Novo!!: Economia e Taxa alfandegária · Veja mais »

Taxa de câmbio

A taxa de câmbio é uma relação entre moedas e um baseado de dois países que resulta no preço de uma delas medido em relação à outra.

Novo!!: Economia e Taxa de câmbio · Veja mais »

Taxa de desemprego

A taxa de desemprego representa a proporção de pessoas capazes de exercer uma profissão e que procuram um emprego remunerado, mas que, por diversas razões, não entram no mercado de trabalho.

Novo!!: Economia e Taxa de desemprego · Veja mais »

Taxa marginal de substituição

Em microeconomia, a taxa marginal de substituição do bem A pelo bem B, representado por TMgS (B,A), mede a taxa à qual o consumidor está propenso a substituir o bem A pelo bem B. Em outras palavras, esta taxa mede uma troca: o número de unidades do bem B (adquiridas) por unidade do bem A (sacrificada), desde que a troca busca mantenha o mesmo nível de satisfação (utilidade) do consumidor.

Novo!!: Economia e Taxa marginal de substituição · Veja mais »

Tecnologia

Tecnologia (do grego τεχνη — "técnica, arte, ofício" e λογια — "estudo") é um termo que envolve o conhecimento técnico e científico e a aplicação deste conhecimento através de sua transformação no uso de ferramentas, processos e materiais criados e utilizados a partir de tal conhecimento.

Novo!!: Economia e Tecnologia · Veja mais »

Teoria da dependência

A teoria da dependência é uma formulação teórica desenvolvida por intelectuais como Ruy Mauro Marini, André Gunder Frank, Theotonio dos Santos, Vania Bambirra, Orlando Caputo, Roberto Pizarro e outros, que consiste em uma leitura crítica e marxista não-dogmática dos processos de reprodução do subdesenvolvimento na periferia do capitalismo mundial, em contraposição às posições marxistas convencionais dos partidos comunistas e à visão estabelecida pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL).

Novo!!: Economia e Teoria da dependência · Veja mais »

Teoria da firma

Teoria da Firma, ou Teoria de Empresa, foi um conceito criado pelo economista britânico Ronald Coase, em seu artigo The Nature of Firm, de 1937.

Novo!!: Economia e Teoria da firma · Veja mais »

Teoria do consumidor

A Teoria do Consumidor, ou Teoria da Escolha, é uma teoria microeconômica, que busca descrever como os consumidores tomam decisões de compra e como eles enfrentam os tradeoffs e as mudanças em seu ambiente.

Novo!!: Economia e Teoria do consumidor · Veja mais »

Teoria do desenvolvimento humano

A teoria do desenvolvimento humano combina antigas idéias da economia ecológica, desenvolvimento sustentável, economia do bem-estar e economia feminista.

Novo!!: Economia e Teoria do desenvolvimento humano · Veja mais »

Teoria do equilíbrio geral

A teoria do equilíbrio geral visa explicar o comportamento da oferta, da demanda e dos preços em uma economia constituída de vários mercados interagentes, buscando provar que a interação entre demanda e oferta resultará no equilíbrio geral.

Novo!!: Economia e Teoria do equilíbrio geral · Veja mais »

Teoria do sistema-mundo

Teoria do sistema-mundo ou teoria de sistemas mundiais — teoria de relações internacionais, de geoeconomia e economia política internacional que se centra no estudo do sistema social e suas inter-relações com o avanço do capitalismo mundial como forças determinantes entre os diferentes países, incluindo os pequenos.

Novo!!: Economia e Teoria do sistema-mundo · Veja mais »

Teoria do valor-trabalho

A teoria do valor-trabalho é uma teoria econômica associada principalmente a Adam Smith, David Ricardo e Karl Marx.

Novo!!: Economia e Teoria do valor-trabalho · Veja mais »

Teoria dos contratos

Na economia, a teoria do contrato estuda como os atores econômicos constroem arranjos contratuais, geralmente na presença de informação assimétrica.

Novo!!: Economia e Teoria dos contratos · Veja mais »

Teoria dos jogos

Teoria dos jogos é um ramo da matemática aplicada que estuda situações estratégicas onde jogadores escolhem diferentes ações na tentativa de melhorar seu retorno.

Novo!!: Economia e Teoria dos jogos · Veja mais »

Teoria quantitativa da moeda

A Teoria Quantitativa da Moeda é uma das duas principais teorias que analisam o equilíbrio da economia do lado monetário (a outra visão é a keynesiana, que introduz o motivo especulação).

Novo!!: Economia e Teoria quantitativa da moeda · Veja mais »

Terra (economia)

Em seu significado econômico, Terra representa o conjunto dos elementos da natureza utilizados no processamento da produção.

Novo!!: Economia e Terra (economia) · Veja mais »

Tesouro nacional

O Tesouro Nacional, Fazenda Pública ou Erário Público representa o conjunto dos meios financeiros à disposição de um Estado.

Novo!!: Economia e Tesouro nacional · Veja mais »

The Guardian

The Guardian é um jornal diário nacional britânico, conhecida até 1959 como Manchester Guardian.

Novo!!: Economia e The Guardian · Veja mais »

The New Palgrave: A Dictionary of Economics

The New Palgrave Dictionary of Economics (2008), 2nd Edition, é uma obra de referência com oito volumes, editada por Steven N. Durlauf e Lawrence E. Blume.

Novo!!: Economia e The New Palgrave: A Dictionary of Economics · Veja mais »

The New York Times

The New York Times (por vezes abreviado para NYT) é um jornal diário estadunidense, fundado e publicado continuamente em Nova York desde 18 de Setembro de 1851, pela The New York Times Company.

Novo!!: Economia e The New York Times · Veja mais »

Theory of Games and Economic Behavior

Theory of Games and Economic Behavior (Teoria dos Jogos e Comportamento Econômico) é um livro publicado em 1944 pelos matemáticos e economistas Oskar Morgenstern e John von Neumann.

Novo!!: Economia e Theory of Games and Economic Behavior · Veja mais »

Thomas Carlyle

Thomas Carlyle (Ecclefechan, 4 de dezembro de 1795 — Londres, 5 de fevereiro de 1881) foi um escritor, historiador,ensaísta e professor escocês durante a era vitoriana.

Novo!!: Economia e Thomas Carlyle · Veja mais »

Thomas Malthus

Thomas Robert Malthus (Rookery, perto de Guildford, 14 de fevereiro de 1766 — Bath, 23 de dezembro de 1834) foi um economista britânico.

Novo!!: Economia e Thomas Malthus · Veja mais »

Tomada de decisão

Tomada de decisão é um processo cognitivo que resulta na selecção de uma opção entre várias alternativas.

Novo!!: Economia e Tomada de decisão · Veja mais »

Tomás de Aquino

Tomás de Aquino, em italiano Tommaso d'Aquino (Roccasecca, 1225 Fossanova, 7 de março de 1274), foi um frade da Ordem dos Pregadores (dominicano) italiano cujas obras tiveram enorme influência na teologia e na filosofia, principalmente na tradição conhecida como Escolástica, e que, por isso, é conhecido como "Doctor Angelicus", "Doctor Communis" e "Doctor Universalis".

Novo!!: Economia e Tomás de Aquino · Veja mais »

Trabalho (economia)

Trabalhadora numa fábrica de peças de aviões. O trabalho é um fator econômico.

Novo!!: Economia e Trabalho (economia) · Veja mais »

Trade-off

Trade-off ou tradeoff é uma expressão que define uma situação em que há conflito de escolha.

Novo!!: Economia e Trade-off · Veja mais »

Transliteração

Transliteração, em sentido estrito, é um mapeamento de um sistema de escrita em outro.

Novo!!: Economia e Transliteração · Veja mais »

Universidade

Uma Universidade é uma instituição de ensino superior pluridisciplinar e de formação de quadros profissionais de nível superior, de investigação, de extensão e de domínio e cultivo do saber humano.

Novo!!: Economia e Universidade · Veja mais »

Universidade de Cambridge

A Universidade de Cambridge (em inglês: University of Cambridge) é uma tradicional instituição de ensino superior do Reino Unido considerada uma das mais prestigiadas e importantes do mundo.

Novo!!: Economia e Universidade de Cambridge · Veja mais »

Universidade de Illinois

200px A Universidade de Illinois (em inglês University of Illinois) é uma universidade pública localizada em Illinois, nos Estados Unidos.

Novo!!: Economia e Universidade de Illinois · Veja mais »

Universidade de Nova Iorque

A Universidade de Nova York (em inglês New York University; NYU) é uma importante universidade privada, sediada na cidade de Nova Iorque.

Novo!!: Economia e Universidade de Nova Iorque · Veja mais »

Universidade Humboldt de Berlim

A Universidade Humboldt de Berlim (em alemão: Humboldt-Universität zu Berlin) é a mais antiga universidade de Berlim, fundada em 1810 como Universidade de Berlim (Universität zu Berlin) pelo lingüista e educador liberal prussiano Wilhelm von Humboldt, cujo modelo universitário influenciou fortemente outras universidades européias e ocidentais.

Novo!!: Economia e Universidade Humboldt de Berlim · Veja mais »

Utilidade (economia)

Curvas de indiferença são curvas que representam combinações de consumo do bem X (Good X) e do bem Y (good Y) que auferem o mesmo nível de utilidade. Na figura, estão três curvas de indiferença, cada uma com infinitas possibilidades de combinação de consumo entre o bem 1 e 2 Em economia, a utilidade utilidade é o nível de rentabilidade ou satisfação que obtemos do uso das coisas, uma medida de satisfação relativa de um agente da economia - A análise da sua variação permite explicar o comportamento que resulta das opções tomadas por cada agente para aumentar a sua satisfação.

Novo!!: Economia e Utilidade (economia) · Veja mais »

Valor nominal

O valor nominal difere essencialmente do valor real por não considerar a evolução dos preços na economia, ou seja, a inflação.

Novo!!: Economia e Valor nominal · Veja mais »

Vantagem absoluta

Em economia, tem vantagem absoluta na produção de um bem o produtor que necessita de menos factores de produção para produzir esse mesmo bem.

Novo!!: Economia e Vantagem absoluta · Veja mais »

Vantagem comparativa

Em economia, a teoria das vantagens comparativas (ou princípio da vantagens comparativas) explica por que o comércio entre dois países, regiões ou pessoas pode ser benéfico, mesmo quando um deles é mais produtivo na fabricação de todos os bens.

Novo!!: Economia e Vantagem comparativa · Veja mais »

Vernon Smith

Vernon Lomax Smith (Wichita) é um Neuroeconomista estadunidense.

Novo!!: Economia e Vernon Smith · Veja mais »

Vilfredo Pareto

Vilfredo Pareto (Paris, 15 de julho de 1848 — Céligny, 19 de agosto de 1923) foi um cientista político, sociólogo e economista italiano.

Novo!!: Economia e Vilfredo Pareto · Veja mais »

William Baumol

William Jack Baumol (nascido em  26 de fevereiro de 1922) é um economista americano.

Novo!!: Economia e William Baumol · Veja mais »

1766

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVIII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Economia e 1766 · Veja mais »

2002

Foi designado como.

Novo!!: Economia e 2002 · Veja mais »

Redireciona aqui:

Ciência Económica, Ciência Econômica, Ciência económica, Ciência econômica, Ciências Económicas, Ciências econômicas, Doutrina econômica, Economia Política, Económica, Económico, Económicos, Econômica, Econômico, Educação Econômica, Historia economica, Teoria econômica.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »