Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Instalar
Acesso mais rápido do que o navegador!
E sem anúncios!

Dinis I de Portugal

Dinis I (Lisboa, – Santarém), apelidado de o "Rei Lavrador" e "Rei Poeta", foi o Rei de Portugal e Algarve de 1279 até sua morte.

133 relações: Abade de Baçal, Afonso I de Portugal, Afonso II de Portugal, Afonso III de Portugal, Afonso IV de Portugal, Afonso IX de Leão, Afonso Sanches, Afonso VIII de Castela, Afonso X de Leão e Castela, Almirante de Portugal, Angina, António Caetano de Sousa, Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Árvore genealógica dos reis de Portugal, Batalha de Alvalade, Beatriz da Suábia, Beatriz de Castela (1242–1303), Berengária de Castela, Bolsa dos Mercadores, Branca de Navarra, Capital, Cobre, Coimbra, Constança de Portugal, Rainha de Castela, Coroa de Castela, Dante Alighieri, Dinastia capetiana, Dinastia de Borgonha, Direito canónico, Direito civil, Distrito de Lisboa, Divina Comédia, Duarte Nunes de Leão, Dulce de Aragão, Estado-nação, Estanho, Feira, Fernando de La Cerda, Fernando III de Leão e Castela, Fernando IV de Leão e Castela, Ferro, Filipe da Suábia, Frederico I do Sacro Império Romano-Germânico, Fronteira, Fronteira Espanha-Portugal, Gonçalo Rodrigues Girão (morto em 1231), Guilhén Peres de Gusmão, Henrique II de Inglaterra, Idade Média, Identidade nacional, ..., Igreja Católica, Inês de Castro, Infarto agudo do miocárdio, Inglaterra, Inquirições Gerais, Instituto Camões, Irene Angelina, Isabel de Aragão, Rainha de Portugal, João III de Portugal, Lapa dos Dinheiros, Largo do Carmo (Lisboa), Língua oficial, Língua portuguesa, Leonor da Aquitânia, Leonor de Inglaterra, Lisboa, Lista de monarcas de Portugal, Lousã, Mafalda de Saboia, Manuel Pessanha, Maria Afonso, Marinha Portuguesa, Medicina, Miocardite, Mirandela, Mosteiro de São Dinis, Moura, Muçulmano, Município, Nobreza, Odivelas, Odivelas (freguesia), Ordem de Cristo, Ordem de Santiago, Ordem dos Templários, Ordem militar, Ordenações Afonsinas, Papa Nicolau IV, Pedro Afonso, conde de Barcelos, Península Ibérica, Pergaminho Sharrer, Petronila de Aragão, Pinhal de Leiria, Portugal, Prata, Raimundo Berengário IV de Barcelona, Reconquista, Reino de Castela, Reino de Portugal, Sancho I de Portugal, Sancho III de Castela, Santarém (Portugal), Século XIII, Século XIV, Seia, Serpa, Tratado de Alcanizes, Trovador, Trovadorismo, Universidade de Coimbra, Urraca de Castela, rainha de Portugal, 1270, 1280, 1282, 1287, 1289, 1290, 1291, 1295, 1297, 1302, 1308, 1312, 1313, 1320, 1325, 1329, 1336, 1340, 1354, 1357, 1938, 7 de janeiro. Expandir índice (83 mais) »

Abade de Baçal

Francisco Manuel Alves, mais conhecido como Abade de Baçal, (Baçal, 9 de Abril de 1865 — Baçal, 13 de Novembro de 1947) foi um arqueólogo, historiador e genealogista português.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Abade de Baçal · Veja mais »

Afonso I de Portugal

Afonso I (–), também chamado de Afonso Henriques e apelidado de "o Conquistador", foi o primeiro Rei de Portugal de 1139 até sua morte, anteriormente servindo como Conde de Portucale de 1112 até sua independência do Reino da Galiza.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Afonso I de Portugal · Veja mais »

Afonso II de Portugal

Afonso II (Coimbra, – Coimbra), apelidado de Afonso, o Gordo, foi o Rei de Portugal de 1211 até sua morte.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Afonso II de Portugal · Veja mais »

Afonso III de Portugal

Afonso III (Coimbra, – Alcobaça), apelidado de "o Bolonhês" por seu casamento com Matilde II, Condessa de Bolonha, foi o Rei de Portugal de 1249 até sua morte, e também o primeiro monarca português a utilizar o título de Rei de Algarve.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Afonso III de Portugal · Veja mais »

Afonso IV de Portugal

Afonso IV (Lisboa, – Lisboa), apelidado de Afonso, o Bravo, foi o Rei de Portugal e Algarve de 1325 até sua morte.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Afonso IV de Portugal · Veja mais »

Afonso IX de Leão

Afonso IX de Leão e da Galiza (Zamora, 15 de Agosto de 1171 - Sarria, 24 de Setembro de 1230), cognominado o Baboso por Ibn Khaldun porque seria acometido de fúrias durante as quais espumava da boca, foi o último soberano dos reinos de Leão e de Galiza independentes de 1188 até à sua morte.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Afonso IX de Leão · Veja mais »

Afonso Sanches

D.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Afonso Sanches · Veja mais »

Afonso VIII de Castela

Afonso VIII de Castela, chamado O Nobre ou O das Navas (Sória, — Gutierre-Muñoz), foi rei de Castela e de Toledo desde 1158 até sua morte.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Afonso VIII de Castela · Veja mais »

Afonso X de Leão e Castela

Afonso X (Alfonso X), o Sábio ou o Astrólogo (Toledo, 23 de Novembro de 1221– Sevilha, 4 de Abril de 1284), foi rei de Castela e Leão de 1252 até a sua morte em 1284.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Afonso X de Leão e Castela · Veja mais »

Almirante de Portugal

Almirante de Portugal ou Almirante do Reino era um alto cargo e um título da Coroa de Portugal.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Almirante de Portugal · Veja mais »

Angina

A angina de peito ou angina pectoris é uma dor no peito devida ao baixo abastecimento de oxigênio (isquemia) ao músculo cardíaco; geralmente é devida à obstrução ou espasmos (contrações involuntária de um músculo, grupo de músculos ou órgão) das artérias coronárias (os vasos sanguíneos do coração).

Novo!!: Dinis I de Portugal e Angina · Veja mais »

António Caetano de Sousa

D. António Caetano de Sousa. António Caetano de Sousa (Lisboa, 30 de Maio de 1674 — Lisboa, 5 de Julho de 1759) foi um escritor, bibliógrafo e genealogista português que pertenceu ao grupo inicial de académicos da Academia Real de História Portuguesa.

Novo!!: Dinis I de Portugal e António Caetano de Sousa · Veja mais »

Arquivo Nacional da Torre do Tombo

Torre do Tombo, Lisboa, Portugal. O Arquivo Nacional Torre do Tombo (ANTT), o Arquivo Nacional antigamente designado por Arquivo Geral do Reino, popularmente referido apenas como Torre do Tombo, é uma unidade orgânica nuclear da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas que se constitui como arquivo central do Estado Português desde a Idade Média, tendo os seus primeiros Guardas-Mores sido, também, Cronistas-Mores do Reino.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Arquivo Nacional da Torre do Tombo · Veja mais »

Árvore genealógica dos reis de Portugal

Aqui encontrará as árvores genealógicas das famílias reais portuguesas, uma imagem por cada dinastia.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Árvore genealógica dos reis de Portugal · Veja mais »

Batalha de Alvalade

A Batalha de Alvalade esteve prestes a travar-se entre as tropas de D. Dinis e as de D. Afonso IV, em 1323, mas a luta entre pai e filho foi impedida pela intervenção da Rainha Santa Isabel.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Batalha de Alvalade · Veja mais »

Beatriz da Suábia

Beatriz da Suábia, nascida Isabel (em alemão: Beatrix; Nuremberga, — Toro), foi rainha consorte de Leão e Castela pelo seu casamento com Fernando III de Leão e Castela.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Beatriz da Suábia · Veja mais »

Beatriz de Castela (1242–1303)

Beatriz de Castela (Beatriz de Castilla ou Beatriz de Gusmão; Saragoça, —) foi uma infanta de Castela, rainha de Portugal entre 1253 e 1279 e rainha-mãe de 1279 a 1303.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Beatriz de Castela (1242–1303) · Veja mais »

Berengária de Castela

Berengária de Castela (em espanhol: Berenguela; Segóvia, — Mosteiro de Las Huelgas), foi a filha primogénita de Afonso VIII de Castela e da princesa Leonor de Inglaterra.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Berengária de Castela · Veja mais »

Bolsa dos Mercadores

A chamada Bolsa dos Mercadores foi uma associação mutualista de mercadores portuguesa.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Bolsa dos Mercadores · Veja mais »

Branca de Navarra

* Branca de Navarra, condessa de Champanhe (1177-1229) — casada com Teobaldo III de Champagne, Conde de Champagne, mãe de Teobaldo I de Champagne (rei de Navarra).

Novo!!: Dinis I de Portugal e Branca de Navarra · Veja mais »

Capital

Vários autores.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Capital · Veja mais »

Cobre

O cobre é um elemento químico de símbolo Cu (do latim cuprum), número atômico 29 (29 prótons e 29 elétrons) e de massa atómica 63,54 u. À temperatura ambiente o cobre encontra-se no estado sólido.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Cobre · Veja mais »

Coimbra

Coimbra OTE é uma cidade portuguesa, capital do Distrito de Coimbra, da Região Centro de Portugal, da sub-região estatística e comunidade intermunicipal da Região de Coimbra e da antiga província da Beira Litoral com 102 202 habitantes (2011) no seu perímetro urbano, sendo, por isso, a maior cidade da Região Centro.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Coimbra · Veja mais »

Constança de Portugal, Rainha de Castela

Constança de Portugal (—) foi uma princesa portuguesa, a filha primogénita de Dinis I de Portugal e da Rainha Santa Isabel.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Constança de Portugal, Rainha de Castela · Veja mais »

Coroa de Castela

A Coroa de Castela em 1400 A Coroa de Castela foi um estado das idades Média e Moderna localizado na Península Ibérica, formado em 1230 a partir da terceira e definitiva união das coroas dos reinos de Castela e Leão pela ascensão de Fernando III de Castela ao trono leonês vacante.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Coroa de Castela · Veja mais »

Dante Alighieri

Dante Alighieri (Florença, entre 21 de maio e 20 de junho de 1265 d.C. — Ravena, 13 ou 14 de setembro de 1321 d.C.)foi um escritor, poeta e político florentino, nascido na atual Itália.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Dante Alighieri · Veja mais »

Dinastia capetiana

Brasão de armas da Casa Real dos Capeto. A dinastia capetiana, também chamada dinastia rebelada, foi uma dinastia real que governou a França durante mais de trezentos anos.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Dinastia capetiana · Veja mais »

Dinastia de Borgonha

A designação Dinastia de Borgonha aplica-se às casas reais de Portugal, Galiza, Leão e Castela, e que governaram estes países, respectivamente, entre 1096 e 1383, 1126 e 1230 e 1126 e 1368, ainda que não tenham uma origem comum.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Dinastia de Borgonha · Veja mais »

Direito canónico

é o conjunto de leis e regulamentos feitos ou adotados pelos líderes da Igreja, para o governo da organização cristã e seus membros.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Direito canónico · Veja mais »

Direito civil

O direito civil é o principal ramo do direito privado.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Direito civil · Veja mais »

Distrito de Lisboa

O distrito de Lisboa é um distrito português, que limita a norte com o distrito de Leiria, a leste com o distrito de Santarém, a sul com o distrito de Setúbal e a oeste com o oceano Atlântico.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Distrito de Lisboa · Veja mais »

Divina Comédia

A Divina Comédia Dali, A Divina Comédia - Livreto promocional da Exposição - Academia Mineira de Letras - 18 de julho a 17 de agosto de 2014 (em italiano: Divina Commedia, originalmente Comedìa e, mais tarde, denominada Divina Comédia por Giovanni Boccaccio) é um poema de viés épico e teológico da literatura italiana e da mundial, escrito por Dante Alighieri no século XIV e dividido em três partes.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Divina Comédia · Veja mais »

Duarte Nunes de Leão

Duarte Nunes de Leão (Évora, 1530? — Lisboa, 1608) foi um jurista, gramático e historiador português.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Duarte Nunes de Leão · Veja mais »

Dulce de Aragão

Dulce de Aragão ou de Barcelona (Dulce de Aragón; — Coimbra) foi uma infanta aragonesa e a segunda rainha de Portugal, de 1185 até a sua morte, em 1198.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Dulce de Aragão · Veja mais »

Estado-nação

Um estado-nação é uma área geográfica que pode ser identificada como possuidora de uma política legítima, que pelos próprios meios, constitui um governo soberano.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Estado-nação · Veja mais »

Estanho

O estanho é um elemento químico de símbolo Sn, Derivado do latim Stanum; número atómico 50 (50 protões e 50 eléctrões).

Novo!!: Dinis I de Portugal e Estanho · Veja mais »

Feira

Uma feira é um evento em um local público em que as pessoas, em dias e épocas predeterminados, expõem e vendem mercadorias.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Feira · Veja mais »

Fernando de La Cerda

Fernando de La Cerda, infante de Castela, (Valladolid, 23 de Outubro de 1255 — Ciudad Real, 25 de Julho de 1275) foi um infante castelhano e regente do reino em 1274.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Fernando de La Cerda · Veja mais »

Fernando III de Leão e Castela

Fernando III de Leão e Castela, o Santo (Zamora, — Sevilha) foi rei de Castela desde 1217, rei de Leão desde 1230, e Conde de Aumale por casamento desde 1235, até sua morte. Uniu definitivamente os reinos de Leão e Castela e consolidou a Reconquista, deixando por conquistar apenas o reino tributário de Granada. Foi canonizado em 1671, sendo conhecido também como São Fernando.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Fernando III de Leão e Castela · Veja mais »

Fernando IV de Leão e Castela

Fernando IV, o Emprazado (Alcázar de San Juan, 6 de dezembro de 1285 - Jáen, 7 de setembro de 1312) foi rei de Castela e Leão de 1295 até à sua morte.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Fernando IV de Leão e Castela · Veja mais »

Ferro

O ferro (do latim ferrum) é um elemento químico, símbolo Fe, de número atômico 26 (26 prótons e 26 elétrons) e massa atómica 56 u. À temperatura ambiente, o ferro encontra-se no estado sólido.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Ferro · Veja mais »

Filipe da Suábia

Filipe da Suábia ou Filipe de Hohenstaufen (1176 – assassinado em 21 de junho de 1208), foi duque da Suábia e rei dos romanos.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Filipe da Suábia · Veja mais »

Frederico I do Sacro Império Romano-Germânico

Frederico I (Friedrich; 1122 – 10 de junho de 1190), também conhecido como Frederico Barbarossa (ou "Barba Ruiva"), foi o Imperador Romano-Germânico de 1155 até sua morte.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Frederico I do Sacro Império Romano-Germânico · Veja mais »

Fronteira

Fronteira entre Portugal e Espanha, perto de Badajoz.Fronteira é o limite entre dois países, exemplo Brasil e Bolívia.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Fronteira · Veja mais »

Fronteira Espanha-Portugal

A fronteira Espanha-Portugal, conhecida pelo epíteto de A Raia (La Raya; A Raia), é a linha que divide os territórios de Portugal e Espanha.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Fronteira Espanha-Portugal · Veja mais »

Gonçalo Rodrigues Girão (morto em 1231)

Gonçalo Rodrigues Girão (Gonzalo Rodríguez Girón; m.) também conhecido como Gonzalo Ruiz Girón, filho primogénito de Rodrigo Guterres Girão e de Maria de Guzman, foi um dos nobres mais ricos e poderosos da idade média na Tierra de Campos, e um dos mais leais colaboradores do rei, da rainha e depois do rei.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Gonçalo Rodrigues Girão (morto em 1231) · Veja mais »

Guilhén Peres de Gusmão

Guilhén Peres de Gusmão (Guillén Pérez de Guzmán) (ca. 1180–1233), rico-homem do Reino de Castela e o avô materno da rainha Beatriz de Castela, foi filho de Pedro Rodrigues de Gusmão (m. 18 julho 1195, Batalha de Alarcos), senhor de Gusmão, e de Mahalda.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Guilhén Peres de Gusmão · Veja mais »

Henrique II de Inglaterra

Henrique II (–), também conhecido como Henrique Curtmantle, Henrique FitzEmpress ou Henrique Plantageneta, foi o Rei da Inglaterra de 1154 até sua morte, também governando como Conde de Anjou, Conde de Maine, Duque da Normandia, Duque da Aquitânia, Conde de Nates e Lorde da Irlanda; em vários momentos, também controlou Gales, Escócia e a Bretanha.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Henrique II de Inglaterra · Veja mais »

Idade Média

p.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Idade Média · Veja mais »

Identidade nacional

right Identidade nacional é o conceito que sintetiza um conjunto de sentimentos, os quais fazem um indivíduo sentir-se parte integrante de uma sociedade ou nação.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Identidade nacional · Veja mais »

Igreja Católica

A Igreja Católica (o termo "católico", derivado da palavra grega: καθολικός (katholikos), significa "universal", "geral" ou "referente à totalidade"), chamada também de Igreja Católica Romana e Igreja Católica Apostólica Romana, é uma Igreja cristã com aproximadamente dois mil anos, colocada sob a autoridade suprema visível do Papa, Bispo de Roma e sucessor do apóstolo Pedro.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Igreja Católica · Veja mais »

Inês de Castro

Inês de CastroNa grafia da época, ainda que não fosse normalizada, o seu nome surge como "Enes de Crasto", por exemplo, no.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Inês de Castro · Veja mais »

Infarto agudo do miocárdio

Um, vulgarmente denominado ataque cardíaco, ocorre quando a circulação de sangue para uma parte do coração é interrompida, causando lesões no músculo cardíaco.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Infarto agudo do miocárdio · Veja mais »

Inglaterra

Inglaterra (England) é uma das nações constituintes do Reino Unido.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Inglaterra · Veja mais »

Inquirições Gerais

As inquirições gerais foram um procedimento administrativo empregado nos primeiros tempos da monarquia portuguesa.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Inquirições Gerais · Veja mais »

Instituto Camões

O Instituto Camões, I. P. (IC, I. P.) foi criado para a promoção da língua portuguesa e da cultura portuguesa no exterior.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Instituto Camões · Veja mais »

Irene Angelina

Irene Angelina (—) foi filha do imperador bizantino Isaac II Ângelo e sua primeira esposa Herina.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Irene Angelina · Veja mais »

Isabel de Aragão, Rainha de Portugal

Isabel de Aragão OSC (ou, usando a grafia medieval portuguesa, Yzabel; Saragoça, 4 de janeiro de 1271 — Estremoz, 4 de julho de 1336), foi uma infanta aragonesa, que viveu desde 1282 até 1325, rainha consorte de Portugal como consorte de D. Dinis I. Ficou para a história com a fama de santa, tendo sido beatificada e, posteriormente, canonizada.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Isabel de Aragão, Rainha de Portugal · Veja mais »

João III de Portugal

João III (Lisboa, – Lisboa), apelidado de "o Piedoso" e "o Colonizador", foi o Rei de Portugal e Algarves de 1521 até sua morte.

Novo!!: Dinis I de Portugal e João III de Portugal · Veja mais »

Lapa dos Dinheiros

Lapa dos Dinheiros é uma aldeia pertencente à União das Freguesias de Seia, São Romão e Lapa dos Dinheiros, do concelho de Seia, com 7,84 km² de área e 294 habitantes (2011).

Novo!!: Dinis I de Portugal e Lapa dos Dinheiros · Veja mais »

Largo do Carmo (Lisboa)

Vista geral com o Chafariz do Carmo no centro com o Quartel do Carmo (esq) e o Convento do Carmo (esq) em fundo, com jacarandás em flor Chafariz do Carmo O Largo do Carmo é um largo localizado em Lisboa.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Largo do Carmo (Lisboa) · Veja mais »

Língua oficial

A língua oficial é na definição dada pela UNESCO, a língua utilizada no quadro das diversas actividades oficiais: legislativas, executivas e judiciais de um estado soberano ou território.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Língua oficial · Veja mais »

Língua portuguesa

A língua portuguesa, também designada português, é uma língua românica flexiva originada no galego-português falado no Reino da Galiza e no norte de Portugal.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Língua portuguesa · Veja mais »

Leonor da Aquitânia

Leonor da Aquitânia (Aliénor/Éléonore d'Aquitaine; Eleanor of Aquitaine; 1122 ou 1124 — 1 de abril de 1204) foi uma das mulheres mais ricas e poderosas da Idade Média.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Leonor da Aquitânia · Veja mais »

Leonor de Inglaterra

Leonor de Inglaterra (Castelo de Domfront, — Burgos) foi princesa da Inglaterra e rainha de Castela.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Leonor de Inglaterra · Veja mais »

Lisboa

Lisboa GCTE é a capital de Portugal e a cidade mais populosa do país.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Lisboa · Veja mais »

Lista de monarcas de Portugal

Bandeira dos Reis de Portugal (séculos XVIII–XX) Esta é uma lista de Reis de Portugal, desde a independência do Condado Portucalense em relação ao reino de Leão, em 1139, sob a chefia de Dom Afonso Henriques, então conde de Portucale, e primeiro Rei de Portugal como Dom Afonso I, até à Implantação da República Portuguesa, em 5 de outubro de 1910, que depôs o último Rei português, D. Manuel II.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Lista de monarcas de Portugal · Veja mais »

Lousã

A Lousã é uma vila portuguesa no distrito de Coimbra, região Centro e sub-região do Pinhal Interior Norte.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Lousã · Veja mais »

Mafalda de Saboia

Mafalda de Saboia ou Matilde (1125 - Coimbra, 4 de novembro de 1157) foi a primeira rainha de Portugal, desde 1146 até à sua morte, como esposa de Afonso I de Portugal.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Mafalda de Saboia · Veja mais »

Manuel Pessanha

Micer Manuel Passanha ou Pessanha (em italiano Emanuele Passagno, Pessagno, Pezagno ou Pizagno, nome que depois aportuguesou) (Génova, c. 1280/c. 1290 – ?) foi um navegador e Almirante Genovês do século XIII ao serviço de Portugal.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Manuel Pessanha · Veja mais »

Maria Afonso

Maria Afonso (1302-1320) foi uma nobre portuguesa.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Maria Afonso · Veja mais »

Marinha Portuguesa

A Marinha Portuguesa, também conhecida de modo extraoficial como Armada Portuguesa, é o ramo das Forças Armadas Portuguesas que tem por missão cooperar, de forma integrada, na defesa militar de Portugal, através da realização de operações navais.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Marinha Portuguesa · Veja mais »

Medicina

caduceu de Asclépio é o símbolo da medicina. A medicina é uma das muitas áreas do conhecimento ligada à manutenção e restauração da saúde.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Medicina · Veja mais »

Miocardite

Miocardite é uma inflamação do miocárdio, a camada muscular grossa da parede do coração.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Miocardite · Veja mais »

Mirandela

Mirandela OTE é uma cidade portuguesa da Região Norte, sub-região de Terras de Trás-os-Montes, situada nas margens do Rio Tua, com 11 852 habitantes no seu perímetro urbano.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Mirandela · Veja mais »

Mosteiro de São Dinis

O Mosteiro de São Dinis de Odivelas ou Mosteiro de Odivelas foi fundado em finais do século XIII; está localizado no largo de D. Dinis, freguesia de Odivelas, Portugal.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Mosteiro de São Dinis · Veja mais »

Moura

Moura é uma cidade raiana portuguesa pertencente ao Distrito de Beja, região do Alentejo e sub-região do Baixo Alentejo, com cerca de 11.000 habitantes É sede de um município com de área e habitantes (2011), subdividido em 5 freguesias.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Moura · Veja mais »

Muçulmano

Muçulmanos na Mesquita Azul, em Istambul, Turquia. Muçulmano é todo o indivíduo que adere ao Islã, uma religião monoteísta centrada na vida e nos ensinamentos de profeta Maomé, que teria recebido revelações do Arcanjo Gabriel.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Muçulmano · Veja mais »

Município

Um município ou concelho é geralmente uma divisão administrativa urbana com estatuto corporativo e que, geralmente, possui governo e (ou) jurisdição próprios.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Município · Veja mais »

Nobreza

A nobreza representa o estamento de maior estrato, sendo geralmente hereditária.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Nobreza · Veja mais »

Odivelas

Odivelas é uma cidade portuguesa no Distrito de Lisboa, região e sub-região da Área Metropolitana de Lisboa, com cerca de habitantes.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Odivelas · Veja mais »

Odivelas (freguesia)

Odivelas é uma freguesia portuguesa do concelho de Odivelas, com 5,02 km² de área e 59 559 habitantes (2011).

Novo!!: Dinis I de Portugal e Odivelas (freguesia) · Veja mais »

Ordem de Cristo

A Ordem de Nosso Senhor Jesus Cristo originalmente era uma ordem religiosa e militar, criada a 14 de março de 1319 pela bula pontifícia Ad ea ex-quibus do Papa João XXII, que, deste modo, atendia aos pedidos do rei Dom Dinis.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Ordem de Cristo · Veja mais »

Ordem de Santiago

A Ordem Militar de Santiago é uma ordem religiosa-militar de origem castelhano-leonesa, atualmente Ibérica instituída por Afonso VIII de Castela e aprovada pelo Papa Alexandre III, mediante uma bula outorgada em 5 de Julho de 1175.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Ordem de Santiago · Veja mais »

Ordem dos Templários

A Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão ("Ordo Pauperum Commilitonum Christi Templique Salominici"), conhecida como Cavaleiros Templários, Ordem do Templo (Ordre du Temple ou Templiers) ou simplesmente como Templários, foi uma ordem militar de Cavalaria.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Ordem dos Templários · Veja mais »

Ordem militar

As Ordens militares (e religiosas) nasceram oficialmente por motivos da necessidade de proteger os ''peregrinos'' cristãos nas suas movimentações em algumas regiões, em especial a Terra Santa, o que naturalmente envolveu combates com os muçulmanos.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Ordem militar · Veja mais »

Ordenações Afonsinas

As Ordenações Afonsinas, ou Código Afonsino, são uma das primeiras colectâneas de leis da era moderna, promulgadas durante o reinado de Dom Afonso V. O código deveria esclarecer a aplicação do direito canônico e romano no Reino de Portugal, e, após um longo período de gestação, as primeiras cópias manuscritas aparecem em meados do século XV.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Ordenações Afonsinas · Veja mais »

Papa Nicolau IV

O Papa Nicolau IV, OFM, nascido Girolamo Masei de Ascoli (30 de setembro de 1227 — 4 de abril de 1292), foi papa de 22 de fevereiro de 1288 até a sua morte.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Papa Nicolau IV · Veja mais »

Pedro Afonso, conde de Barcelos

Dom Pedro Afonso de Portugal, 3.º Conde de Barcelos (1287 - Lalim, 1354) foi, segundo algumas fontes, o primeiro filho natural de D. Dinis e de D. Grácia Froes (de identificação insegura).

Novo!!: Dinis I de Portugal e Pedro Afonso, conde de Barcelos · Veja mais »

Península Ibérica

Localização da península Ibérica (em verde) na Europa, delineando os dois principais países da região, Espanha e Portugal. A península Ibérica está situada no sudoeste da Europa.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Península Ibérica · Veja mais »

Pergaminho Sharrer

O ''Pergaminho Sharrer'' O Pergaminho Sharrer é um fragmento de pergaminho medieval que contém partes de sete cantigas de amor de Dom Dinis, rei de Portugal, com poesias em língua galaico-portuguesa e notação musical.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Pergaminho Sharrer · Veja mais »

Petronila de Aragão

Petronila ou Petronilha de Aragão (Huesca, 29 de junho de 1136 — Barcelona, 15 de outubro de 1173) foi rainha de Aragão entre 1157 e 1164 e condessa de Barcelona entre 1162 e 1164 (em castelhano) Archivo de la Corona de Aragón.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Petronila de Aragão · Veja mais »

Pinhal de Leiria

O Pinhal do Rei, Pinhal de El-Rei, Mata Nacional de Leiria, ou Pinhal de Leiria é uma floresta portuguesa.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Pinhal de Leiria · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense, primeiro como parte do Reino da Galiza e depois integrado no Reino de Leão. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Portugal · Veja mais »

Prata

A prata ou argento(do latim vulgar platta*, argentum) é um elemento químico de símbolo Ag e de número atómico igual a 47 (47 prótons e 47 elétrons) sua massa atómica é 107,87.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Prata · Veja mais »

Raimundo Berengário IV de Barcelona

Raimundo Berengário IV (Barcelona, 1113 — San Dalmazio de Turim, 6 de Agosto de 1162) foi conde de Barcelona, da Cerdanha, de Besalú, de Girona e de Osona, Conde de Ribagorça (1137 - 1162, e príncipe de Aragão. O seu casamento com Petronila de Aragão efetivou a união dinástica entre o Reino de Aragão e o Condado de Barcelona.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Raimundo Berengário IV de Barcelona · Veja mais »

Reconquista

A Reconquista é a designação historiográfica para o movimento ibérico cristão com início no século VIII que visava à recuperação dos ibéricos cristãos das terras perdidas para os invasores árabes durante a invasão muçulmana da península Ibérica.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Reconquista · Veja mais »

Reino de Castela

O Reino de Castela, foi um dos antigos reinos da Península Ibérica formados durante a Reconquista.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Reino de Castela · Veja mais »

Reino de Portugal

O Reino de Portugal era a denominação de Portugal sob a governação de um regime monárquico, e no início ainda sem o reino dos Algarves.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Reino de Portugal · Veja mais »

Sancho I de Portugal

Sancho I (Coimbra, – Coimbra), apelidado de Sancho, o Povoador, foi o Rei de Portugal de 1185 até sua morte.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Sancho I de Portugal · Veja mais »

Sancho III de Castela

Sancho III de Castela o Desejado (1134 — Toledo, 31 de Agosto de 1158) foi rei de Castela e Toledo desde 21 de Agosto de 1157 até à sua morte, pouco mais de um ano volvido.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Sancho III de Castela · Veja mais »

Santarém (Portugal)

Santarém OTE • MHL é uma cidade portuguesa, capital do Distrito de Santarém, com 29 929 habitantes no seu perímetro urbano (2012).

Novo!!: Dinis I de Portugal e Santarém (Portugal) · Veja mais »

Século XIII

Milénios: primeiro milénio d.C. - segundo milénio d.C. - terceiro milénio d.C. Século XII - Século XIII - Século XIV.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Século XIII · Veja mais »

Século XIV

Milénios: primeiro milénio d.C. - segundo milénio d.C. - terceiro milénio d.C. Século XIII - Século XIV - Século XV.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Século XIV · Veja mais »

Seia

Seia é uma cidade portuguesa pertencente ao Distrito da Guarda, Região Centro e sub-região da Serra da Estrela, com cerca de habitantes.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Seia · Veja mais »

Serpa

Serpa é uma cidade raiana portuguesa pertencente ao Distrito de Beja, região do Alentejo e sub-região do Baixo Alentejo, com cerca de habitantes.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Serpa · Veja mais »

Tratado de Alcanizes

O tratado de Alcanizes (em castelhano, Alcañices) foi assinado entre os soberanos de Leão e Castela, Fernando IV (1295-1312), e de Portugal, D. Dinis (1279-1325), a 12 de setembro de 1297,GARCÍA, EUSEBIO MEDINA.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Tratado de Alcanizes · Veja mais »

Trovador

Trovador (francês: troubado; occitano: trobador, pronúncia arcaica), na lírica medieval, era o artista de origem nobre do sul da França que, geralmente acompanhado de instrumentos musicais, como o alaúde ou a cistre, compunha e entoava cantigas.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Trovador · Veja mais »

Trovadorismo

Symphonia da Cantiga 160, Cantigas de Santa Maria de Afonso X, o Sábio - Códice do Escorial. (1221-1284). thumb Trovadorismo foi um movimento literário e poético que surgiu na Idade Média no século XI.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Trovadorismo · Veja mais »

Universidade de Coimbra

A Universidade de Coimbra (sigla: UC) GCSE é uma universidade pública localizada na cidade de Coimbra, em Portugal.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Universidade de Coimbra · Veja mais »

Urraca de Castela, rainha de Portugal

Urraca de Castela ou Urraca Afonso de Castela (1186 — 2 de novembro de 1220) foi uma infanta de Castela e, de 1211 até à sua morte, rainha consorte de Portugal por casamento com o rei D. Afonso II de Portugal.

Novo!!: Dinis I de Portugal e Urraca de Castela, rainha de Portugal · Veja mais »

1270

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1270 · Veja mais »

1280

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XIII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram G e F (52 semanas), teve início a uma segunda-feira e terminou a uma terça-feira.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1280 · Veja mais »

1282

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi D (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou também a uma quinta-feira.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1282 · Veja mais »

1287

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira, terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1287 · Veja mais »

1289

---- 1289 (na numeração romana) foi um ano comum do século XIII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1289 · Veja mais »

1290

---- 1290 (na numeração romana) foi um ano comum do século XIII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1290 · Veja mais »

1291

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1291 · Veja mais »

1295

---- 1295 (na numeração romana) foi um ano comum do século XIII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1295 · Veja mais »

1297

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIII do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1297 · Veja mais »

1302

---- 1302 (na numeração romana) foi um ano comum do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1302 · Veja mais »

1308

---- 1308 (na numeração romana) foi um ano bissexto do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram G e F (52 semanas), teve início a uma segunda-feira e terminou a uma terça-feira.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1308 · Veja mais »

1312

---- 1312 (na numeração romana) foi um ano bissexto do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram B e A (52 semanas), teve início a um sábado e terminou a um domingo.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1312 · Veja mais »

1313

---- 1313 (na numeração romana) foi um ano comum do século XIV do Calendário Juliano e a sua letra dominical foi G (52 semanas), teve início numa segunda-feira e terminou também numa segunda-feira.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1313 · Veja mais »

1320

---- 1320 (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XIV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram F e E (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou a uma quarta-feira.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1320 · Veja mais »

1325

---- 1325 (na numeração romana) foi um ano comum do século XIV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1325 · Veja mais »

1329

---- 1329 (na numeração romana) foi um ano comum do século XIV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1329 · Veja mais »

1336

---- 1336 (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XIV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram G e F (52 semanas), teve início a uma segunda-feira e terminou a uma terça-feira.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1336 · Veja mais »

1340

---- 1340 (na numeração romana) foi um ano bissexto do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram B e A (52 semanas), teve início a um sábado e terminou a um domingo.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1340 · Veja mais »

1354

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1354 · Veja mais »

1357

---- 1357 (na numeração romana) foi um ano comum do século XIV do Calendário Juliano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1357 · Veja mais »

1938

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Dinis I de Portugal e 1938 · Veja mais »

7 de janeiro

Sem descrição

Novo!!: Dinis I de Portugal e 7 de janeiro · Veja mais »

Redireciona aqui:

D. Dinis, D. Dinis I, D. Dinis I de Portugal, D. Dinis de Portugal, D. Diniz, D. dinis, D. diniz, Denis of Portugal, Dinis, Dinis de Portugal, Dinis de portugal, Dinis i de portugal, Dinis, rei de Portugal, Diniz de Portugal, Diniz de portugal, Dom Dinis, Dom dinis, Rei D. Dinis.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »