Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Livre
Acesso mais rápido do que o navegador!
E sem anúncios!

D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense)

D.

26 relações: Angelika Kauffmann, Conde da Anadia, Conde de Atouguia, Filipa de Vilhena, Gavin Hamilton, Instituto Camões, Jacques-Louis David, Jerónimo de Ataíde, 6.º Conde de Atouguia, João Rodrigues de Sá e Melo, José-Augusto França, National Portrait Gallery, Neoclassicismo, O Juramento dos Horácios, Parma, Paulo Varela Gomes, Pintura a óleo, Pintura do Rococó, Pintura do romantismo, Portugal, Primeira invasão francesa de Portugal, Providence, Restauração da Independência, Rio Tejo, Universidade Brown, Universidade Yale, Vieira Portuense.

Angelika Kauffmann

Maria Anna Catharina Angelika Kauffmann (30 de Outubro de 1741, Coira, Suíça – 5 de Novembro de 1807, Roma, Itália), foi uma pintora neoclássica suíça e membro fundadora da Academia Real Inglesa (1769).

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Angelika Kauffmann · Veja mais »

Conde da Anadia

Conde de Anadia é um título nobiliárquico criado por carta pela rainha portuguesa D. Maria I, em 17 de Dezembro de 1808, a favor João Rodrigues de Sá e Melo, Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Guerra do reino, sendo este primeiramente visconde.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Conde da Anadia · Veja mais »

Conde de Atouguia

O título de Conde de Atouguia foi um título nobiliárquico de Portugal.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Conde de Atouguia · Veja mais »

Filipa de Vilhena

D. Filipa de Vilhena Armando Seus Filhos Cavaleiros'' (1801), quadro de Vieira Portuensehttp://www.arqnet.pt/portal/imagemsemanal/maio02.html Dona Filipa de Vilhena, O Portal da História, Manuel Amaral 2000-2008. Filipa de Vilhena (morta em Lisboa, em 1 de abril de 1651), primeira e única Marquesa de Atouguia, foi uma nobre portuguesa que se tornou símbolo do patriotismo de seu país durante a Restauração da Independência.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Filipa de Vilhena · Veja mais »

Gavin Hamilton

Gavin Hamilton (Lanarkshire, 1723 – Roma, 4 de janeiro de 1798) foi um pintor, arqueólogo e antiquário da EscóciaA Grande História da Arte (Vol 16).

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Gavin Hamilton · Veja mais »

Instituto Camões

O Instituto Camões, I. P. (IC, I. P.) foi criado para a promoção da língua portuguesa e da cultura portuguesa no exterior.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Instituto Camões · Veja mais »

Jacques-Louis David

Jacques-Louis David (pronúncia francesa) (Paris, 30 de agosto de 1748 – Bruxelas, 29 de dezembro de 1825) foi um pintor francês, o mais característico representante do neoclassicismo.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Jacques-Louis David · Veja mais »

Jerónimo de Ataíde, 6.º Conde de Atouguia

Dom Jerónimo de Ataíde (Lisboa, —), 6.º conde de Atouguia.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Jerónimo de Ataíde, 6.º Conde de Atouguia · Veja mais »

João Rodrigues de Sá e Melo

João Rodrigues de Sá e Mello de Menezes e Sottomayor, 1º Visconde de Anadia, e 1º Conde de Anadia. (Aveiro, — Rio de Janeiro) foi um político português.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e João Rodrigues de Sá e Melo · Veja mais »

José-Augusto França

José Augusto Rodrigues França GOIH • GCIH • GCIP (Tomar, 16 de Novembro de 1922) é um historiador, sociólogo e crítico de arte português.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e José-Augusto França · Veja mais »

National Portrait Gallery

A National Portrait Gallery é uma galeria de arte localizada em Londres, Inglaterra.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e National Portrait Gallery · Veja mais »

Neoclassicismo

O neoclassicismo foi um movimento cultural nascido na Europa em meados do século XVIII, que teve larga influência na arte e cultura de todo o ocidente até meados do século XIX.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Neoclassicismo · Veja mais »

O Juramento dos Horácios

O Juramento dos Horácios (1784) é uma obra do pintor francês Jacques-Louis David.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e O Juramento dos Horácios · Veja mais »

Parma

Parma (no dialeto parmesão Pärma) é uma comuna italiana e cidade medieval da região da Emília-Romanha, província de Parma, com cerca de 178.718 habitantes.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Parma · Veja mais »

Paulo Varela Gomes

Paulo Varela Gomes (Lisboa, 28 de outubro de 1952 — Podentes, Penela, 30 de abril de 2016) foi um crítico, escritor, historiador de arquitetura e professor universitário português.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Paulo Varela Gomes · Veja mais »

Pintura a óleo

A pintura a óleo é uma técnica artística, que se utiliza de tintas a óleo, aplicadas com pincéis, espátulas, ou outros meios, sobre telas de tecido, superfícies de madeira ou outros materiais.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Pintura a óleo · Veja mais »

Pintura do Rococó

Jean-Honoré Fragonard: ''O balanço'', 1766 Mestre Ataíde: ''Ascensão de Jesus'', 1827 A pintura do Rococó representa a expressão na pintura de um movimento estético que floresceu na Europa entre o início e o fim do, migrando para a América e sobrevivendo em algumas regiões até meados do.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Pintura do Rococó · Veja mais »

Pintura do romantismo

Chama-se pintura do Romantismo um feixe heterogêneo de estilos encontrados na pintura ocidental num período de mais de cem anos entre o fim do século XVIII e o fim do século XIX, como uma reação ao equilíbrio, impessoalidade, racionalidade e sobriedade do classicismo, e cuja ênfase estava na expressão de visões pessoais fortemente coloridas pela emoção dramática e irracional.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Pintura do romantismo · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense, primeiro como parte do Reino da Galiza e depois integrado no Reino de Leão. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Portugal · Veja mais »

Primeira invasão francesa de Portugal

A Primeira invasão francesa de Portugal insere-se, por um lado, no plano de Napoleão para impor o Bloqueio Continental a toda a Europa e, desta forma, derrotar o Reino Unido; por outro lado, enquadra-se na dinâmica expansionista da França Napoleónica.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Primeira invasão francesa de Portugal · Veja mais »

Providence

Providence é a capital e cidade mais populosa do estado norte-americano de Rhode Island, no condado de Providence.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Providence · Veja mais »

Restauração da Independência

A Restauração da Independência é a designação dada ao golpe de estado revolucionário ocorrido a, chefiado por um grupo designado de Os Quarenta Conjurados e que se alastrou por todo o Reino, pela revolta dos portugueses contra a tentativa da anulação da independência do Reino de Portugal pela governação da Dinastia filipina castelhana, e que vem a culminar com a instauração da 4.ª Dinastia Portuguesa - a casa de Bragança - com a aclamação de D. João IV.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Restauração da Independência · Veja mais »

Rio Tejo

O rio Tejo é o rio mais extenso da península Ibérica.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Rio Tejo · Veja mais »

Universidade Brown

A Universidade Brown (em inglês: Brown University) é uma instituição de ensino superior privada norte-americana localizada em Providence, Rhode Island.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Universidade Brown · Veja mais »

Universidade Yale

A Universidade Yale é uma instituição de ensino superior privada norte-americana situada em New Haven, Connecticut.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Universidade Yale · Veja mais »

Vieira Portuense

Francisco Vieira, que escolheu o nome artístico de Vieira Portuense (Porto, 13 de maio de 1765 - Funchal) foi um pintor português, um dos introdutores do neoclassicismo na pintura portuguesa.

Novo!!: D. Filipa de Vilhena armando os Filhos Cavaleiros (Vieira Portuense) e Vieira Portuense · Veja mais »

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »