Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Faça o download
Acesso mais rápido do que o navegador!
E sem anúncios!

D. António Botelho

António Luís José Francisco Xavier Pereira Coutinho Pacheco de Vilhena e Brito de Mendonça Botelho (Lisboa, Penha de França, Palácio de São Gonçalo, 13 de Abril de 1749 - Lisboa, Penha de França, Palácio de São Gonçalo, 19 de Junho de 1799), 2.º Marquês de los Soidos Grande de Espanha de 1.ª Classe, foi um nobre português e espanhol.

29 relações: Alcochete, Alcochete (freguesia), Bartolomeu Dias, Carlos III de Espanha, Carlos IV de Espanha, Cartaxo, Casa Real, Cavaleiro, Espanha, Fidalgo, Gentil-homem, Jerónimo António Pereira Coutinho Pacheco de Vilhena e Brito, Jerónimo António Pereira Coutinho Pato Pacheco de Vilhena e Mendonça, Lisboa, Maria I de Portugal, Marquês de Soidos, Mestre de campo, Morgado, Ordem de Cristo, Paulo Dias de Novais, Pedro III de Portugal, Penha de França (Lisboa), Portugal, Reguengo, Reino de Portugal, São Jorge de Arroios, Setúbal, Terço (militar), Vale da Pinta.

Alcochete

Alcochete é uma vila portuguesa do distrito de Setúbal, região de Lisboa e na sub-região da Península de Setúbal, com cerca de habitantes.

Novo!!: D. António Botelho e Alcochete · Veja mais »

Alcochete (freguesia)

Alcochete é uma freguesia portuguesa do concelho de Alcochete, com 119,44 km² de área e 12 239 habitantes (2011).

Novo!!: D. António Botelho e Alcochete (freguesia) · Veja mais »

Bartolomeu Dias

Bartolomeu Dias (ca. —) foi um navegador português que ficou célebre por ter sido o primeiro europeu a navegar para além do extremo sul da África, dobrando o Cabo da Boa Esperança e chegando ao oceano Índico a partir do Atlântico.

Novo!!: D. António Botelho e Bartolomeu Dias · Veja mais »

Carlos III de Espanha

Carlos III (Madrid, – Madrid) foi o Rei da Espanha de 1759 até sua morte, e também Rei de Nápoles como Carlos VII e da Sicília como Carlos V desde suas conquistas em 1734 até sua abdicação em 1759.

Novo!!: D. António Botelho e Carlos III de Espanha · Veja mais »

Carlos IV de Espanha

Carlos IV (Portici, – Roma) foi o Rei da Espanha de 1788 até sua abdicação em 1808.

Novo!!: D. António Botelho e Carlos IV de Espanha · Veja mais »

Cartaxo

O Cartaxo é uma cidade portuguesa do distrito de Santarém, com cerca de habitantes.

Novo!!: D. António Botelho e Cartaxo · Veja mais »

Casa Real

Casa Real é expressão de múltiplo sentido que tanto se refere ao local físico onde se aloja o rei, o seu palácio, como à realeza ou família real reinante de uma dinastia, a todo um conjunto de funcionários (servidores do rei e da sua família mais direta) que participavam na administração e funcionamento da referida casa.

Novo!!: D. António Botelho e Casa Real · Veja mais »

Cavaleiro

Museu Metropolitano de Arte, Nova Iorque. Um cavaleiro pode ter vários significados quase sempre associado às características nobres do cavalo e ao facto de o montar.

Novo!!: D. António Botelho e Cavaleiro · Veja mais »

Espanha

Espanha (España), também conhecido como Reino de Espanha Reino de España ou Reino da Espanha, é um país situado na Europa meridional, na península Ibérica.

Novo!!: D. António Botelho e Espanha · Veja mais »

Fidalgo

A palavra fidalgo, usada em Portugal e Espanha, surge da aglutinação de filho-de-algo, tendo a palavra sido importada de Castela a partir do século XV, quando o Rei D. Afonso V de Portugal mandou operar a reforma centralizadora da Casa Real Portuguesa, instituindo as moradias.

Novo!!: D. António Botelho e Fidalgo · Veja mais »

Gentil-homem

Gentil-homem, nos regimes monárquicos, era um cavalheiro da casa do rei, príncipe, nobre ou senhor, que lhe prestava assistência no palácio e o acompanhava em viagens e na guerra.

Novo!!: D. António Botelho e Gentil-homem · Veja mais »

Jerónimo António Pereira Coutinho Pacheco de Vilhena e Brito

Jerónimo António Pereira Coutinho Pacheco de Vilhena e Brito (Santarém, Abitureiras, Quinta de Soidos, 5 de Novembro de 1713 - Lisboa, Penha de França, Palácio de São Gonçalo, 17 de Dezembro de 1786), 1.º Visconde de San Antonio e logo 1.º Marquês de los Soidos Grande de Espanha de 1.ª Classe, foi um nobre português e espanhol.

Novo!!: D. António Botelho e Jerónimo António Pereira Coutinho Pacheco de Vilhena e Brito · Veja mais »

Jerónimo António Pereira Coutinho Pato Pacheco de Vilhena e Mendonça

D.

Novo!!: D. António Botelho e Jerónimo António Pereira Coutinho Pato Pacheco de Vilhena e Mendonça · Veja mais »

Lisboa

Lisboa GCTE é a capital de Portugal e a cidade mais populosa do país.

Novo!!: D. António Botelho e Lisboa · Veja mais »

Maria I de Portugal

Maria I (Lisboa, – Rio de Janeiro), apelidada de "a Piedosa" e "a Louca", foi a Rainha de Portugal e Algarves de 1777 até sua morte, e também Rainha do Brasil a partir do final de 1815.

Novo!!: D. António Botelho e Maria I de Portugal · Veja mais »

Marquês de Soidos

O título de Marquês de Soidos, cuja grafia correta é Marquês de los Soidos, foi criado, com Grandeza de Espanha de 1.ª Classe, a 1 de Novembro de 1785 pelo rei Carlos III de Espanha, a favor de D. Jerónimo António Pereira Coutinho Pacheco de Vilhena e Brito, 7.º Senhor do Morgado de Soidos, etc., com o título prévio, logo extinto, de Visconde de Santo António, cuja grafia correta é Visconde de San Antonio.

Novo!!: D. António Botelho e Marquês de Soidos · Veja mais »

Mestre de campo

Mestre de campo constituía um posto de oficial superior, existente nos exércitos de Espanha, França e Portugal, na época do Antigo Regime.

Novo!!: D. António Botelho e Mestre de campo · Veja mais »

Morgado

O morgado ou morgadio é uma forma de organização familiar que cria uma linhagem, bem como um código para designar os seus sucessores, estatutos e comportamentos.

Novo!!: D. António Botelho e Morgado · Veja mais »

Ordem de Cristo

A Ordem de Nosso Senhor Jesus Cristo originalmente era uma ordem religiosa e militar, criada a 14 de março de 1319 pela bula pontifícia Ad ea ex-quibus do Papa João XXII, que, deste modo, atendia aos pedidos do rei Dom Dinis.

Novo!!: D. António Botelho e Ordem de Cristo · Veja mais »

Paulo Dias de Novais

Paulo Dias de Novais, 1.º Governador e Capitão-General de Angola. Paulo Dias de Novais (c. 1510 – Massangano, 9 de Maio de 1589) foi um fidalgo e explorador português.

Novo!!: D. António Botelho e Paulo Dias de Novais · Veja mais »

Pedro III de Portugal

Pedro III (Lisboa, – Queluz), apelidado de "o Capacidónio", "o Sacristão" e "o Edificador", foi o Rei de Portugal e Algarves de 1777 até sua morte em direito de sua esposa a rainha Maria I. Era filho do rei João V e sua esposa a arquiduquesa Maria Ana da Áustria, sendo assim irmão mais novo do rei José I e tio de Maria.

Novo!!: D. António Botelho e Pedro III de Portugal · Veja mais »

Penha de França (Lisboa)

Penha de França é uma freguesia portuguesa do concelho de Lisboa, pertencente à Zona do Centro Histórico da capital, com de área e habitantes.

Novo!!: D. António Botelho e Penha de França (Lisboa) · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense, primeiro como parte do Reino da Galiza e depois integrado no Reino de Leão. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: D. António Botelho e Portugal · Veja mais »

Reguengo

Reguengo ou realengo (do latim tardio regalengu) era a qualificação jurisdicional que possuíam os lugares dependentes diretamente da autoridade do rei, ou seja, terras cujo senhor era o próprio rei.

Novo!!: D. António Botelho e Reguengo · Veja mais »

Reino de Portugal

O Reino de Portugal era a denominação de Portugal sob a governação de um regime monárquico, e no início ainda sem o reino dos Algarves.

Novo!!: D. António Botelho e Reino de Portugal · Veja mais »

São Jorge de Arroios

São Jorge de Arroios é uma antiga freguesia portuguesa do concelho de Lisboa, com 1,16 km² de área e 18 415 habitantes (2011).

Novo!!: D. António Botelho e São Jorge de Arroios · Veja mais »

Setúbal

38°31'27.5"N 8°53'33.4"W Setúbal é uma cidade portuguesa, capital do distrito de Setúbal (desde 1926) e sede de diocese (desde 1975), com 100 000 habitantes no seu perímetro urbano.

Novo!!: D. António Botelho e Setúbal · Veja mais »

Terço (militar)

Um terço (do espanhol: tercio) constituía um tipo de unidade militar dos exércitos da Iberia (Hispania), entre os séculos XVI e XVIII.

Novo!!: D. António Botelho e Terço (militar) · Veja mais »

Vale da Pinta

Vale da Pinta foi uma freguesia portuguesa do concelho do Cartaxo, com 9,17 km² de área e 1 295 habitantes (2011).

Novo!!: D. António Botelho e Vale da Pinta · Veja mais »

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »