Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Instalar
Acesso mais rápido do que o navegador!
E sem anúncios!

Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro

D.

31 relações: Arte, Artilharia, Barão, Brasão, Capitalismo, Conde do Lavradio, Corte, Cultura, Dança, Dinastia de Bragança, Dom (título), Escultura, Fidalgo, História de Portugal, Lavradio, Luís I de Portugal, Major, Mértola, Pintura, Poesia, Portugal, Rei, Salvador de Almeida Correia de Sá, Século XIX, 1853, 1881, 1887, 1919, 2 de junho, 24 de fevereiro, 24 de janeiro.

Arte

Da Vinci: uma das pinturas mais conhecidas do mundo Arte (do latim ars, significando técnica e/ou habilidade) pode ser entendida como a atividade humana ligada às manifestações de ordem estética ou comunicativa, realizada por meio de uma grande variedade de linguagens, tais como: arquitetura, desenho, escultura, pintura, escrita, música, dança,teatro e cinema, em suas variadas combinações.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Arte · Veja mais »

Artilharia

A artilharia é uma das armas das forças armadas, sendo aquela que produz fogos potentes e profundos.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Artilharia · Veja mais »

Barão

Barão (feminino: baronesa) é um título nobiliárquico existente em muitas monarquias, sendo imediatamente inferior a visconde e superior a baronete ou a senhor.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Barão · Veja mais »

Brasão

D. Manuel I Brasão de armas do conde de Porto Alegre Brasão de armas do Império Alemão Brasão de armas ou, simplesmente, brasão, na tradição europeia medieval, é um desenho especificamente criado - obedecendo às leis da heráldica - com a finalidade de identificar indivíduos, famílias, clãs, corporações, cidades, regiões e nações.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Brasão · Veja mais »

Capitalismo

O capitalismo é um sistema econômico onde os meios de produção, distribuição, decisões sobre oferta, demanda, preço e investimentos são em grande parte ou totalmente de propriedade privada, com fins lucrativos.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Capitalismo · Veja mais »

Conde do Lavradio

Conde do Lavradio foi um título, que estava vago, criado de novo por D. João V, Rei de Portugal, por carta, a 17 de Janeiro de 1725, a favor de António de Almeida Soares Portugal.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Conde do Lavradio · Veja mais »

Corte

*Cortes (política) - nome que se dá ao parlamento.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Corte · Veja mais »

Cultura

Cultura (do latim cultura) é um conceito de várias acepções, sendo a mais corrente, especialmente na antropologia, a definição genérica formulada por Edward B. Tylor segundo a qual cultura é "todo aquele complexo que inclui o conhecimento, as crenças, a arte, a moral, a lei, os costumes e todos os outros hábitos e capacidades adquiridos pelo homem como membro da sociedade".

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Cultura · Veja mais »

Dança

A dança é uma das três principais artes cênicas da antiguidade, ao lado do teatro e da música.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Dança · Veja mais »

Dinastia de Bragança

A Dinastia de Bragança (ou Brigantina) foi a quarta dinastia de reis e rainhas portugueses, que reinou em Portugal entre 1640 e 1910, sendo denominado por dinastia de Bragança o período em que a Casa de Bragança e, depois, a Casa de Bragança-Saxe-Coburgo-Gota se tornaram na Casa Real portuguesa, e, portanto, soberana do reino de Portugal e do império ultramarino português.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Dinastia de Bragança · Veja mais »

Dom (título)

Dom (do latim dominus, em português senhor, dono ou mestre), ou, no feminino, Dona, é um pronome de tratamento concedido a monarcas, príncipes, infantes e nobres portugueses, espanhóis, brasileiros e italianos; a bispos católicos, abades e sacerdotes beneditinos, cartuxos e trapistas, sempre seguido do prenome.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Dom (título) · Veja mais »

Escultura

Vénus de Milo, Louvre. Escultura é uma arte que representa ou ilustra imagens plásticas em relevo total ou parcial.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Escultura · Veja mais »

Fidalgo

A palavra fidalgo, usada em Portugal e Espanha, surge da aglutinação de filho-de-algo, tendo a palavra sido importada de Castela a partir do século XV, quando o Rei D. Afonso V de Portugal mandou operar a reforma centralizadora da Casa Real Portuguesa, instituindo as moradias.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Fidalgo · Veja mais »

História de Portugal

A história de Portugal como nação europeia remonta à Baixa Idade Média, quando o condado Portucalense se tornou autónomo do reino de Leão.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e História de Portugal · Veja mais »

Lavradio

O Lavradio foi uma freguesia portuguesa do concelho do Barreiro, com 4,03 km² de área e 14 428 habitantes (2011).

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Lavradio · Veja mais »

Luís I de Portugal

Luís I (Lisboa, – Cascais), apelidado de "o Popular", foi o Rei de Portugal e Algarves de 1861 até sua morte.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Luís I de Portugal · Veja mais »

Major

Major é um posto militar, nas forças armadas e de segurança de vários países.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Major · Veja mais »

Mértola

Mértola é uma vila raiana portuguesa do distrito de Beja, região do Alentejo e sub-região do Baixo Alentejo, com mais de habitantes.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Mértola · Veja mais »

Pintura

pintor no século XVII A pintura refere-se genericamente à técnica de aplicar pigmento em forma pastosa, líquida ou em pó a uma superfície, a fim de colori-la, atribuindo-lhe matizes, tons e texturas.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Pintura · Veja mais »

Poesia

A poesia, ou texto lírico, é uma das sete artes tradicionais, pela qual a linguagem humana é utilizada com fins estéticos ou críticos, ou seja, ela retrata algo em que tudo pode acontecer dependendo da imaginação do autor como a do leitor.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Poesia · Veja mais »

Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de, sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale. O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII, as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense, primeiro como parte do Reino da Galiza e depois integrado no Reino de Leão. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa. Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da História e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415, até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia. Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar devido a um levantamento em 28 de maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique. Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Portugal · Veja mais »

Rei

Um rei (no feminino: rainha) é um chefe de Estado ocupante de um trono real ou um súdito de um imperador por exemplo ou de outra espécie de soberano; ou um ex-soberano que virou escravo de um dominador.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Rei · Veja mais »

Salvador de Almeida Correia de Sá

D.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Salvador de Almeida Correia de Sá · Veja mais »

Século XIX

O século XIX (de 1801 a 1900) foi um período histórico marcado pelo colapso dos impérios da Espanha, China, França, Sacro Império Romano-Germânico e Mogol.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e Século XIX · Veja mais »

1853

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e 1853 · Veja mais »

1881

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e 1881 · Veja mais »

1887

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi B (52 semanas), teve início a um sábado e terminou também a um sábado.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e 1887 · Veja mais »

1919

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e 1919 · Veja mais »

2 de junho

Sem descrição

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e 2 de junho · Veja mais »

24 de fevereiro

Pela tradição Romana, 24 de fevereiro é o dia adicionado a um ano bissexto, e a ocorrência do dia 29 de fevereiro é apenas uma consequência deste fato.

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e 24 de fevereiro · Veja mais »

24 de janeiro

Sem descrição

Novo!!: Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro e 24 de janeiro · Veja mais »

Redireciona aqui:

Adelaide de sousa pereira cordeiro, Barão de Paulo Cordeiro, Barão de paulo cordeiro, D. Adelaide de Sousa Pereira Cordeiro, D. adelaide de sousa pereira cordeiro.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »