Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Instalar
Acesso mais rápido do que o navegador!
E sem anúncios!

A Alexíada

A Alexíada (Ἀλεξιάς) é um relato épico detalhado da história política e militar do Império Bizantino durante o reinado do imperador, nomeadamente das campanhas militares contra os Turcos, Pechenegues, Cumanos, Normandos e Cruzados.

84 relações: Abdicação, Ana Comnena, Ana Dalassena, Anatólia, Antioquia, Armênios, Astrologia, Épico (género), İznik, Batalha de Dirráquio (1081), Batalha de Levúnio, Batalha de Pelagônia, Bárbaros, Boemundo I de Antioquia, Bogomilismo, Cerco de Antioquia, Cerco de Niceia, Chipre, Cilícia, Citas, Classicismo, Codex Coislinianus, Constantinopla, Creta, Cruzada, Cumanos, Dálmatas, Demóstenes, Dinastia comnena, Doméstico das escolas, Eurípides, Família Ducas, Feiticeiro (Jaguaribe), Fonte primária, Francos, Godofredo de Bulhão, Grego ático, Guerras bizantino-normandas, Heresia, Historiador, Homero, Hugo Capeto, Idade Média, Ilíada, Ilíria (região), Império Bizantino, Irene Ducena, Jerusalém, João Ítalo, Lombardos, ..., Maniqueísmo, Mar Adriático, Maria Bagrationi, Morte na fogueira, Mundo ocidental, Nicéforo Briênio (césar), Nicéforo Diógenes, Nicéforo Melisseno, Normandos, Oriente, Paris, Paulicianismo, Pechenegues, Pedro, o Eremita, Pirata, Prólogo, Primeira Cruzada, Raide, República de Gênova, República de Pisa, República de Veneza, Roberto de Altavila, Roussel de Bailleul, Sófocles, Sevilha, Sultão, Tancredo da Galileia, Títulos bizantinos, Tratado de Devol, Trebizonda, Turcos, Turcos seljúcidas, Tzacas, Universidade Fordham. Expandir índice (34 mais) »

Abdicação

Abdicação, é o ato jurídico pelo qual um soberano abandona o poder, geralmente no benefício de um membro de sua família.

Novo!!: A Alexíada e Abdicação · Veja mais »

Ana Comnena

Ana Comnena foi uma princesa bizantina, filha do imperador bizantino Aleixo I Comneno com Irene Ducena.

Novo!!: A Alexíada e Ana Comnena · Veja mais »

Ana Dalassena

Ana Dalassena (Ἄννα Δαλασσηνή) foi uma importante nobre bizantina que teve um importante papel na ascensão dos Comnenos aos poder no século XI.

Novo!!: A Alexíada e Ana Dalassena · Veja mais »

Anatólia

asiática da Turquia. Anatólia (do grego antigo Ἀνατολή, Anatolḗ — "leste" ou "erguer/nascer do sol"), ou península anatoliana, também conhecida como Ásia Menor ("pequena Ásia"), denota a protrusão ocidental da Ásia, que compõe a maior parte da República da Turquia.

Novo!!: A Alexíada e Anatólia · Veja mais »

Antioquia

Antioquia no século XIX, por Charlotte Mary Yonge. Antioquia-nos-Orontes (do grego, Αντιόχεια, do nome próprio Αντίοχος, talvez vindo de αντι: em lugar de, igual a, em comparação de + οχειον: garanhão) foi uma cidade antiga erguida na margem esquerda do rio Orontes; é a moderna Antáquia, na Turquia.

Novo!!: A Alexíada e Antioquia · Veja mais »

Armênios

Os (em armênio: Հայեր, transl. Hayer) formam uma nação e um grupo étnico originário do Cáucaso e do Planalto Armênio.

Novo!!: A Alexíada e Armênios · Veja mais »

Astrologia

A Astrologia (do grego astron, "astros", "estrelas", "corpos celestes", e logos, "palavra", "estudo") é uma pseudociênciaUniversidade Federal do Rio Grande do Sul - - -. apoiada por religiões ligadas à feitiçaria como a wicca, segundo a qual as posições relativas dos corpos celestes poderiam prover informação sobre a personalidade, as relações humanas, e outros assuntos relacionados à vida do ser humano.

Novo!!: A Alexíada e Astrologia · Veja mais »

Épico (género)

Épico é o nome de um gênero tradicional de poesia, conhecida como poesia épica.

Novo!!: A Alexíada e Épico (género) · Veja mais »

İznik

İznik, Niceia na Antiguidade, é uma cidade situada na região de Mármara, província de Bursa, Turquia.

Novo!!: A Alexíada e İznik · Veja mais »

Batalha de Dirráquio (1081)

A Batalha de Dirráquio (perto da moderna Durrës, na Albânia) foi uma batalha ocorrida em 18 de outubro de 1081 entre o Império Bizantino, liderado pelo imperador Aleixo I Comneno, e os normandos da Itália sob Roberto Guiscardo, o duque da Apúlia e da Calábria.

Novo!!: A Alexíada e Batalha de Dirráquio (1081) · Veja mais »

Batalha de Levúnio

A Batalha de Levúnio (Máchi tou Levouníou; Bellum Levunium) foi a primeira vitória decisiva bizantina no período conhecido como "Restauração Comnena".

Novo!!: A Alexíada e Batalha de Levúnio · Veja mais »

Batalha de Pelagônia

A foi travada em setembro de 1259 entre as forças do Império de Niceia e as forças da aliança entre os estados latinos do Despotado de Épiro, Principado de Acaia e o Reino da Sicília.

Novo!!: A Alexíada e Batalha de Pelagônia · Veja mais »

Bárbaros

Bárbaro é um termo utilizado para se referir a uma pessoa tida como não-civilizada.

Novo!!: A Alexíada e Bárbaros · Veja mais »

Boemundo I de Antioquia

Boemundo I de Antioquia, o Grande, Boemundo de Taranto ou Boemundo de Altavila (San Marco Argentano, Calábria, ca. — Canosa di Puglia, Apúlia), príncipe de Taranto, foi o primeiro príncipe de Antioquia e um dos líderes da Primeira Cruzada.

Novo!!: A Alexíada e Boemundo I de Antioquia · Veja mais »

Bogomilismo

O bogomilismo (de Bogomil, idioma proto-eslávico *bogъ ("Deus") e *milъ ("querido") foi uma seita gnóstica cristã fundada durante o Primeiro Império Búlgaro pelo padre Bogomilo durante o reinado de Pedro I da Bulgária no século X. Surgida provavelmente em torno do que hoje é a Macedônia como uma resposta à estratificação social ocorrida como resultado da introdução do feudalismo e como uma forma de movimento político opositor ao Estado búlgaro e a Igreja. Os membros do bogomilismo são referidos como Babuni em diversos documentos. Topônimos que incluem o rio Babuna, a Montanha Babuna, a Cachoeira de Bogomil e a Aldeia Bogomila, todos na região de Azot, hoje onde é a Macedônia, sugere que o movimento foi muito ativo nesta região. Para os bogomilos, o Deus criador do espírito diferenciava-se claramente do Deus criador da matéria. Eles seguiam as mesmas teorias pregadas pelo paulicianos como a igualdade social e o afastamento dos pobres do domínio do clero e da nobreza. No século seguinte, o bogomilismo se difundiu na região dos Bálcãs até a fronteira com Bizâncio sendo fortemente perseguidos pelos soberanos búlgaros e pelos imperadores bizantinos, os bogomilos se espalharam por toda a Europa Central e Ocidental, onde foram alvo de repressão das autoridades católicas.

Novo!!: A Alexíada e Bogomilismo · Veja mais »

Cerco de Antioquia

O cerco de Antioquia ocorreu durante a Primeira Cruzada, entre 1097 e 1098, opondo os cruzados aos turcos seljúcidas.

Novo!!: A Alexíada e Cerco de Antioquia · Veja mais »

Cerco de Niceia

O cerco de Niceia foi a primeira batalha da Cruzada dos Nobres.

Novo!!: A Alexíada e Cerco de Niceia · Veja mais »

Chipre

Chipre, oficialmente República de Chipre é um país insular no leste Mar Mediterrâneo, ao largo das costas da Síria e Turquia.

Novo!!: A Alexíada e Chipre · Veja mais »

Cilícia

Cilícia num mapa de 1903 Cilícia (br; Κιλικία; klkyʾy; em parta: kylkyʾ; Kilikya) era o nome de uma antiga região na costa sul da Ásia Menor, localizada imediatamente ao sul do platô central da Anatólia no território da moderna Turquia.

Novo!!: A Alexíada e Cilícia · Veja mais »

Citas

Extensão aproximada das línguas turcomanasProf. Durmuş, İlhami (2012). İskitler, s.62-66, Akçağ Yayınları, Ankara, ISBN 978-605-5413-95-8H. Celâl Güzel, Ali Birinci, Genel Türk tarihi, 1. cilt, Yeni Türkiye, 2002, s.485The Turks. Volume 1: Early Ages. Part 3: Old nomads of the steppes: Scythian age in Eurasia. Prof. Dr. A. Chay - Prof. Dr. I. Durmus, Scythians, Yeni Türkiye, Ankara 2002, s.147-166, ISBN 975-6782-56-0)Mirfatih Zekiyev Türklerin ve Tatarların kökeni syf; 143-178 Selenge yayınları Ağustos 2007Tarhan, M. Taner - "Ön Asya Dünyası'nda İlk Türkler Kimmerler ve İskitler" Türkler Ansiklopedisi, C. I, Ankara 2002, s. 597Kazi Laypanov / İsmail Miziyev Türk Halklarının kökeni Selenge yaınları 2008 syf 77-101GÜLER, Ali 2001 Türklük Bilgisi, Tamga Yayıncılık, ANKARA 34MEMİŞ, Ekrem1987 İskitler’in Tarihi, Selçuk Üniversitesi Yayınları, KONYA syf 79-80Cahill, Patricia A. ''Unto the breach: martial formations, historical trauma, and the early modern stage'' (2008), Oxford University Press, http://books.google.com/books?id.

Novo!!: A Alexíada e Citas · Veja mais »

Classicismo

Em arte, classicismo refere-se ao mundo antigo, ou seja, à valorização da Antiguidade Clássica como padrão por excelência do sentido estético.

Novo!!: A Alexíada e Classicismo · Veja mais »

Codex Coislinianus

O Codex Coislinianus, ou Códice Coisliniano, também abreviado Hp ou 015 (Gregory-Aland), é um manuscrito uncial que contém o livro de Epístolas paulinas com lacunas numerosas.

Novo!!: A Alexíada e Codex Coislinianus · Veja mais »

Constantinopla

Constantinopla ("cidade de Constantino", Constantinopolis, em turco otomano formal: قسطنطينيه, Kostantiniyye), atual Istambul, foi a capital do Império Romano (330–395), do Império Bizantino (ou Império Romano do Oriente) (395–1204 e 1261–1453), do Império Latino (1204–1261) e, após a tomada pelos turcos, do Império Otomano (1453–1922).

Novo!!: A Alexíada e Constantinopla · Veja mais »

Creta

Creta (Kríti) é a maior e mais populosa ilha da Grécia.

Novo!!: A Alexíada e Creta · Veja mais »

Cruzada

Chama-se Cruzada a qualquer um dos movimentos militares de inspiração cristã que partiram da Europa Ocidental em direção à Terra Santa (nome pelo qual os cristãos denominavam a Palestina) e à cidade de Jerusalém com o intuito de conquistá-las, ocupá-las e mantê-las sob domínio cristão.

Novo!!: A Alexíada e Cruzada · Veja mais »

Cumanos

Os cumanos (Κο(υ)μάνοι, Ko(u)manoi; kun / plural kunok;Encyclopædia Britannica Online - turcomano: kuman / plural kumanlar), também conhecidos como polovetsianos (Половцы, Polovtsi) eram povos nômades turcomanos que formavam o ramo ocidental da confederação de povos conhecida como kiptchaks, até que a invasão mongol ocorrida em 1237 forçou-os a procurar refúgio no território da atual Hungria.

Novo!!: A Alexíada e Cumanos · Veja mais »

Dálmatas

Os dálmatas (em latim: Dalmatae ou Delmatae; em grego medieval: Δαλμᾶται) foram um povo que habitou a região que viria a ser conhecida como Dalmácia após a conquista romana, a costa do mar Adriático da atual Croácia, entre os rios Krka e Neretva.

Novo!!: A Alexíada e Dálmatas · Veja mais »

Demóstenes

Demóstenes (em grego, Δημοσθένης, Dēmosthénēs; 384 a.C. — 322 a.C.) foi um preeminente orador e político grego de Atenas.

Novo!!: A Alexíada e Demóstenes · Veja mais »

Dinastia comnena

A dinastia comnena ou dos Comnenos (grego Κομνηνός, plural Κομνηνοί, pronunciado / komniní /) desempenhou um papel importante na história do Império Romano do Oriente (Império Bizantino), e interrompeu o declínio político do império a partir de 1081 até o ano de 1185,christianbookshelf.org tanto assim que os historiadores chamaram esse período de "renascimento do império".

Novo!!: A Alexíada e Dinastia comnena · Veja mais »

Doméstico das escolas

Doméstico das escolas (domestikos tōn scholōn) foi um posto militar sênior do Império Bizantino, que existiu do até ao menos o. Originalmente simplesmente o comandante das escolas palatinas, os regimentos seniores dos tagmas, o doméstico rapidamente ascendeu em proeminência: por meados do, seus titulares ocuparam essencialmente a posição de comandantes-em-chefe do exército bizantino, ao lado do imperador.

Novo!!: A Alexíada e Doméstico das escolas · Veja mais »

Eurípides

Eurípides (também grafado Eurípedes; do grego antigo: Εὐριπίδης) (Salamina, ca. 480 a.C. — Pela, Macedônia, 406 a.C.) foi um poeta trágico grego, do século V a.C., o mais jovem dos três grandes expoentes da tragédia grega clássica, que ressaltou em suas obras as agitações da alma humana e em especial a feminina.

Novo!!: A Alexíada e Eurípides · Veja mais »

Família Ducas

Ducas (Ducas; Doúkas; Duka; pl. Doukai/Ducae), na sua forma feminina Ducena (Ducaena; Doúkaina), foi o nome de uma família nobre grega bizantina, cujos ramos forneceram vários generais e governantes notáveis para o Império Bizantino nos séculos IX-XI.

Novo!!: A Alexíada e Família Ducas · Veja mais »

Feiticeiro (Jaguaribe)

Feiticeiro é um distrito brasileiro na cidade de Jaguaribe, estado do Ceará.

Novo!!: A Alexíada e Feiticeiro (Jaguaribe) · Veja mais »

Fonte primária

Esta pintura de parede descoberta na cidade romana de Pompeia é um exemplo de fonte primária. Fonte primária é um termo utilizado em várias disciplinas.

Novo!!: A Alexíada e Fonte primária · Veja mais »

Francos

Os francos formavam uma das tribos germânicas que adentraram o espaço do Império Romano a partir da Frísia como federados e estabeleceram um reino duradouro na área que cobre a maior parte da França dos dias de hoje e na região da Francônia na Alemanha, formando a semente histórica de ambos esses países modernos.

Novo!!: A Alexíada e Francos · Veja mais »

Godofredo de Bulhão

Godofredo de Bulhão ou Godofredo de Bolhões (Godefroy de Bouillon em francês; Bolonha-sobre-o-Mar, 1058 - Jerusalém, 18 de Julho de 1100), foi um nobre e militar franco, duque da Baixa Lorena (1087-1100), senhor de Bulhão (1076-1096), um dos líderes da Primeira Cruzada e o primeiro soberano do Reino Latino de Jerusalém, apesar de recusar o título de rei.

Novo!!: A Alexíada e Godofredo de Bulhão · Veja mais »

Grego ático

Grego ático é o dialeto de prestígio do grego antigo que era falado na Ática, região onde se localiza Atenas.

Novo!!: A Alexíada e Grego ático · Veja mais »

Guerras bizantino-normandas

Diversas guerras bizantino-normandas foram travadas a partir de 1050 até 1185, quando a última invasão normanda foi derrotada pelo Império Bizantino.

Novo!!: A Alexíada e Guerras bizantino-normandas · Veja mais »

Heresia

Escultura de Gustaf Vasakyrkan em Estocolmo "Os santos triunfam sobre a heresia". Heresia (do latim haerĕsis, por sua vez do grego αἵρεσις, "escolha" ou "opção") é a doutrina ou linha de pensamento contrária ou diferente de um credo ou sistema de um ou mais credos religiosos que pressuponha(m) um sistema doutrinal organizado ou ortodoxo.

Novo!!: A Alexíada e Heresia · Veja mais »

Historiador

Um historiador é um indivíduo que estuda e escreve sobre a história e é considerado uma autoridade neste campo.

Novo!!: A Alexíada e Historiador · Veja mais »

Homero

Homero (Ὅμηρος, transl. Hómēros) foi um poeta épico da Grécia Antiga, ao qual tradicionalmente se atribui a autoria dos poemas épicos Ilíada e Odisseia.

Novo!!: A Alexíada e Homero · Veja mais »

Hugo Capeto

Hugo Capeto (Paris, 941 – Paris) foi o Rei dos Francos de sua eleição em 987 até sua morte.

Novo!!: A Alexíada e Hugo Capeto · Veja mais »

Idade Média

p.

Novo!!: A Alexíada e Idade Média · Veja mais »

Ilíada

A Ilíada (em grego antigo: Ἰλιάς) um dos dois principais poemas épicos da Grécia Antiga, de autoria atribuída ao poeta Homero, que narra os acontecimentos ocorridos no período de 50 dias durante o décimo e último ano da Guerra de Troia, guerra empreendida para a conquista de Ílion ou Tróia, cuja gênese radica na ira (μῆνις, mênis) de Aquiles.

Novo!!: A Alexíada e Ilíada · Veja mais »

Ilíria (região)

Ilíria (lit.; Illyría; Illyricum) é a região mais a noroeste dos Bálcãs.

Novo!!: A Alexíada e Ilíria (região) · Veja mais »

Império Bizantino

O Império Bizantino foi a continuação do Império Romano durante a Antiguidade Tardia e Idade Média.

Novo!!: A Alexíada e Império Bizantino · Veja mais »

Irene Ducena

Irene Ducena (Eirēnē Doukaina; 1066 - 19 de fevereiro de 1123 ou 1133) era a esposa do imperador bizantino, mãe do também imperador e da historiadora Ana Comnena.

Novo!!: A Alexíada e Irene Ducena · Veja mais »

Jerusalém

Jerusalém (ירושלים,; القدس,; Ιεροσόλυμα), localizada em um planalto nas montanhas da Judeia entre o Mediterrâneo e o mar Morto, é uma das cidades mais antigas do mundo.

Novo!!: A Alexíada e Jerusalém · Veja mais »

João Ítalo

João Ítalo (Giovanni Italo; Johannes Italus; Ἰωάννης ὁ Ἰταλός; n. - m.) foi um humanista, filósofo bizantino, aluno de Miguel Pselo (1049), sucessor de seu mestre na Universidade de Constantinopla por volta de 1055 e amigo íntimo do imperador bizantino Miguel VII Ducas (1059-1090).

Novo!!: A Alexíada e João Ítalo · Veja mais »

Lombardos

Coroa de Ferro com a qual os monarcas lombardos eram coroados. Os lombardos ou longobardos (lit.) eram um povo germânico originário da Europa Setentrional que colonizou o vale do Danúbio e, a partir dali, invadiu a Itália bizantina, em 568, sob a liderança de Alboíno.

Novo!!: A Alexíada e Lombardos · Veja mais »

Maniqueísmo

O maniqueísmo é uma filosofia religiosa sincrética e dualística fundada e propagada por Maniqueu, filósofo cristão do século III, que divide o mundo simplesmente entre Bom, ou Deus, e Mau, ou o Diabo.

Novo!!: A Alexíada e Maniqueísmo · Veja mais »

Mar Adriático

Mapa do mar Adriático O mar Adriático é uma parte do mar Mediterrâneo, um golfo muito alongado fechado ao norte.

Novo!!: A Alexíada e Mar Adriático · Veja mais »

Maria Bagrationi

Maria de Alânia (nascida Marta da Geórgia; მართა), dita Bagrationi (da Dinastia Bagrationi), foi a imperatriz bizantina entre 1071 e 1081, esposa de e, depois, de.

Novo!!: A Alexíada e Maria Bagrationi · Veja mais »

Morte na fogueira

'''Joana D'Arc''' durante a sua execução em uma fogueira em preparação. Morte na fogueira é uma execução provocada por combustão de uma pessoa ao fogo.

Novo!!: A Alexíada e Morte na fogueira · Veja mais »

Mundo ocidental

imigração e colonização europeia Samuel Huntington em seu livro ''Choque de civilizações'' (1996). Mundo ocidental, civilização ocidental ou simplesmente Ocidente (occidens - "pôr do sol, oeste", como distinto de Oriente), é um termo que se refere a diferentes nações, dependendo do contexto.

Novo!!: A Alexíada e Mundo ocidental · Veja mais »

Nicéforo Briênio (césar)

(Nicephorus Bryennius; Nikēphoros Bryennios; 1062 - 1137), dito "o Jovem" para diferenciá-lo de seu pai (ou avô), foi um general, estadista e historiador bizantino nascido em Orestias (Orestíada - Adrianópolis), no Tema da Macedônia, na Trácia.

Novo!!: A Alexíada e Nicéforo Briênio (césar) · Veja mais »

Nicéforo Diógenes

Nicéforo Diógenes (Νικηφόρος Διογένης; Nicephorus Diogenes) foi o filho do imperador bizantino Romano IV Diógenes (r. 1068-1071) e Eudóxia Macrembolitissa (r. 1059-1067).

Novo!!: A Alexíada e Nicéforo Diógenes · Veja mais »

Nicéforo Melisseno

Nicéforo Melisseno (Nikephoros Melissenos; Nicephorus Melissenus) foi um general e aristocrata bizantino.

Novo!!: A Alexíada e Nicéforo Melisseno · Veja mais »

Normandos

Os normandos foram um povo medieval estabelecido no norte da França, cuja aristocracia descendia em grande parte de Vikings da Escandinávia (a palavra viking vem de vikingr do nórdico antigo e se refere a expedições no mar. Muitas vezes se usa normano como sinónimo, nome derivado de Northmen ou Norsemen, que significa "homens do Norte").

Novo!!: A Alexíada e Normandos · Veja mais »

Oriente

c. 1876 Oriente (do latim oriente) significa "o lado do sol nascente", "o leste", "o levante".

Novo!!: A Alexíada e Oriente · Veja mais »

Paris

Paris é a capital e a mais populosa cidade da França, bem como a capital da região administrativa de Ilha de França.

Novo!!: A Alexíada e Paris · Veja mais »

Paulicianismo

O paulicianismo (também lembrado como Pavlikians ou Paulikianoi) foi uma seita adocionista, também acusada por fontes medievais como gnóstica e quase maniqueísta.

Novo!!: A Alexíada e Paulicianismo · Veja mais »

Pechenegues

A Europa de Leste, onde se evidencia em azul claro a área de colonização pechenegue, c.1015. Os Pechenegues, Pechenegos ou Patzinaks (em húngaro besenyők; em armênio: badzinag; em búlgaro/russo:Печенеги, translit. pechenegi; em grego: Πατζινάκοι/Πετσενέγοι ou Πατζινακίται, translit. Patzinaki/Petsenegi; em latim: Расinасае; em turco antigo: Beçenek; em turco: Peçenekler) eram um povo semi-nômade das estepes da Ásia Central, de língua turca.

Novo!!: A Alexíada e Pechenegues · Veja mais »

Pedro, o Eremita

Pedro, o Eremita ou Pedro de Amiens (Amiens, 1053 - Abadia de Neufmoutier, Huy, 8 de julho de 1115 (em inglês)), chamado Pierre l'Ermite ou Pierre d’Amiens em francês e Petrus Eremita em latim, foi um monge francês e um dos principais pregadores da Primeira Cruzada.

Novo!!: A Alexíada e Pedro, o Eremita · Veja mais »

Pirata

A mais tradicional das bandeiras piratas, que eram conhecidas genericamente pelo nome de ''Jolly Roger'' ("Rogério Alegre") Um pirata (do grego πειρατής, peiratés, derivado de πειράω, "tentar, assaltar", pelo latim e italiano pirata) é um marginal que, de forma autônoma ou organizado em grupos, cruza os mares só com o fito de promover saques e pilhagem a navios e a cidades para obter riquezas e poder.

Novo!!: A Alexíada e Pirata · Veja mais »

Prólogo

Prólogo (do grego πρόλογος - prólogos, pelo latim prologos, o que se diz antes) é um termo originalmente usado na tragédia grega para a parte anterior à entrada do coro e da orquestra, na qual se enuncia o tema da peçaVerbete "prólogo" no Dicionário de termos literários, p.371, por Massaud Moisés, 11.ª edição, Editora Cultrix, 2002, 520 páginas (ISBN 8531601304, ISBN 9788531601309).

Novo!!: A Alexíada e Prólogo · Veja mais »

Primeira Cruzada

A Primeira Cruzada foi proclamada em 1095 pelo papa Urbano II com o objetivo duplo de auxiliar os cristãos ortodoxos do leste e libertar Jerusalém e a Terra Santa do jugo muçulmano.

Novo!!: A Alexíada e Primeira Cruzada · Veja mais »

Raide

Um raide ou reide é uma tática ou uma operação militar em território inimigo que tem um objetivo muito específico, o qual normalmente não passa pela conquista ou pela manutenção de terreno, mas pela conclusão da missão seguida da retirada rápida para uma posição já defendida antes que as forças inimigas tenham tempo de responder de uma forma coordenada ou de organizar um contra-ataque.

Novo!!: A Alexíada e Raide · Veja mais »

República de Gênova

A República de GênovaPB ou GénovaPE (mais precisamente Sereníssima República de Gênova) foi um Estado independente situado na Ligúria, no noroeste da Península Itálica.

Novo!!: A Alexíada e República de Gênova · Veja mais »

República de Pisa

A República de Pisa foi, de facto, um Estado independente localizado na península Itálica, que existiu entre 1060 e 1406, cuja capital era a cidade de Pisa.

Novo!!: A Alexíada e República de Pisa · Veja mais »

República de Veneza

A Sereníssima República de Veneza (em vêneto: Serenìsima Repùblica Vèneta e em italiano Serenissima Repubblica di Venezia) foi um Estado no nordeste da península Itálica, com capital na cidade de Veneza.

Novo!!: A Alexíada e República de Veneza · Veja mais »

Roberto de Altavila

Roberto de Altavila (em francês: Robert de Hauteville), cognominado Guiscardo (isto é, "astuto", do latim viscardus ou guiscardus, através do francês antigo viscart; Hauteville-la-Guichard, c. 1025 – Cefalônia, 17 de julho de 1085), foi um aventureiro normando.

Novo!!: A Alexíada e Roberto de Altavila · Veja mais »

Roussel de Bailleul

Roussel de Bailleul (Ursellus de Ballione em latim ou Roscelin ou Roskelin de Baieul; chamado de Urselius por Ana Comnena) (†), também conhecido como Phrangopoulos (literalmente "filho de um franco"), foi um aventureiro (ou exilado) normando que viajou pelo Império Bizantino e foi ali empregado como soldado e líder militar pelo imperador (r. 1068 - 1071).

Novo!!: A Alexíada e Roussel de Bailleul · Veja mais »

Sófocles

Sófocles (em grego: Σοφοκλῆς, Sophoklês; 497 ou 496 a.C.- inverno de 406 ou 405 a.C) foi um dramaturgo grego, um dos mais importantes escritores de tragédia ao lado de Ésquilo e Eurípedes, dentre aqueles cujo trabalho sobreviveu.

Novo!!: A Alexíada e Sófocles · Veja mais »

Sevilha

Sevilha é uma cidade espanhola situada a sudoeste da península Ibérica, é a capital da Província de Sevilha e situa-se na Comunidade Autónoma da Andaluzia.

Novo!!: A Alexíada e Sevilha · Veja mais »

Sultão

otomana (Palácio de Topkapı, Istambul). Sultão tit é um título islâmico com diversos significados históricos.

Novo!!: A Alexíada e Sultão · Veja mais »

Tancredo da Galileia

Tancredo da Galileia ou Tancredo de Hauteville ou ainda Tancredo de Altavila (— (ou 12 de dezembro de 1112) foi um cavaleiro normando da Itália Meridional e um dos líderes da Primeira Cruzada. Posteriormente tornou-se príncipe da Galileia, regente do Principado de Antioquia e do Condado de Edessa. Tancredo era filho do senhor normando Odon Bonmarchis com Ema de Altavila (ou Ema de Apúlia), sobrinho de Boemundo de Taranto e neto de Alberada de Buonalbergo com Roberto Guiscardo, duque de Apúlia, da Calábria e da Sicília. Em 1096, Tancredo juntou-se ao seu tio Boemundo na Primeira Cruzada. Em Constantinopla, os líderes cruzados, pressionados por Aleixo I Comneno, prometeram ceder ao Império Bizantino as terras que conquistassem aos muçulmanos. Embora os outros líderes tivessem jurado sem pretender cumprir a promessa, Tancredo recusou-se a fazer o juramento. Tendo participado no cerco de Niceia em 1097, viu a cidade ser tomada pelo exército de Aleixo devido a negociações secretas deste com os turcos seljúcidas. A partir deste momento Tancredo não confiou nos bizantinos. Mais tarde no mesmo ano, tomou Tarso e outras cidades da Cilícia, e participou do cerco a Antioquia em 1098. No ano seguinte, durante o ataque a Jerusalém, Tancredo, tal como Gastão IV de Béarn, reclamou a honra de ter sido o primeiro cruzado a entrar na cidade em 15 de julho. Ambos fizeram centenas de prisioneiros muçulmanos, dando protecção a alguns deles no telhado do Templo de Jerusalém. Mas na manhã seguinte, ordenaram aos cruzados o massacre dos refugiados no templo - muçulmanos e judeus, homens e mulheres. Quando se estabeleceu o Reino de Jerusalém, Tancredo recebeu o Principado da Galileia, território localizado a sul e a oeste do mar da Galileia, e vassalo de Jerusalém. Tarso (iluminura medieval) Tancredo renunciou ao seu principado para se tornar regente de Antioquia em 1100, quando o seu tio Boemundo foi aprisionado pelos danismendidas. Expandiu o território do principado ao tomar terras dos bizantinos, apesar de na década seguinte Aleixo tentar, sem sucesso, subjugá-lo ao controlo do seu império. Em 1104 também se tornou regente do Condado de Edessa quando Balduíno II foi aprisionado na batalha de Harã. E depois da sua libertação em 1108, Balduíno teve de lutar contra Tancredo, aliando-se a alguns governantes muçulmanos locais para retomar o seu condado e ver o seu regente e rival voltar para Antioquia. Em 1108, com a morte de Gervásio de Bazoches, Tancredo voltou a assumir o Principado da Galileia. Recusou-se a honrar o Tratado de Devol, pelo qual Boemundo I jurara vassalagem a Aleixo, e por várias décadas o Principado de Antioquia manteve-se independente do Império Bizantino. Em 1110 tomou o Krak dos Cavaleiros, que se tornaria numa importante fortaleza do Condado de Trípoli. Tancredo permaneceu regente de Antioquia, então em nome do seu primo Boemundo II até à sua morte em 1112, durante uma epidemia de febre tifóide. Tinha-se casado com Cecília de França, filha do rei Filipe I de França com a sua segunda esposa Bertranda de Monforte, mas morreu sem gerar descendência. ''Tancredo e Ermínia'' de Nicolas Poussin - Tancredo da Galileia numa versão romantizada criada no século XVI.

Novo!!: A Alexíada e Tancredo da Galileia · Veja mais »

Títulos bizantinos

II Bulgaróctone, representando a Coroa Imperial concedida por Anjos. O Império Bizantino tinha um sistema complexo de títulos nobiliárquicos stricto sensu e outros que correspondiam a cargos na administração.

Novo!!: A Alexíada e Títulos bizantinos · Veja mais »

Tratado de Devol

O Tratado de Devol foi um acordo firmado em 1108 entre Boemundo I de Antioquia e o imperador bizantino Aleixo I Comneno, como consequência da Primeira Cruzada.

Novo!!: A Alexíada e Tratado de Devol · Veja mais »

Trebizonda

Trebizonda (Trabzon) é uma cidade e distrito do nordeste da Turquia. É a capital da província homónima e faz parte da região turca do mar Negro. O distrito tem de área e em 2012 a sua população era de habitantes, dos quais moravam na cidade. Cidade importante na Antiguidade, quando foi uma colónia grega, na Idade Média foi a capital do Império de Trebizonda. Situada à beira do mar Negro (Ponto Euxino), desde o que é um porto e centro comercial importante.

Novo!!: A Alexíada e Trebizonda · Veja mais »

Turcos

Turcos é, em sentido lato, o gentílico dos naturais, habitantes da Turquia, ou nacionais desse país, mas também pode designar um subgrupo étnico turcomano cujos membros vivem sobretudo nos antigos territórios do Império Otomano.

Novo!!: A Alexíada e Turcos · Veja mais »

Turcos seljúcidas

Os seljúcidas, seldjúcidas ou seljuques (Selçuklular; Saljūq, pl. السلاجقة, al-Salājiqa; Ṣaljūqīyān) eram um povo nômade turco de religião islâmica sunita que gradualmente adotou a cultura persa e contribuiu para a tradição turco-persa na Ásia medieval Central e Ocidental.

Novo!!: A Alexíada e Turcos seljúcidas · Veja mais »

Tzacas

Tzacas (Τζαχᾶς), também conhecido como Chaca Bei (Çaka Bey), foi um comandante militar dos turcos seljúcidas do que governou um Estado independente baseado em Esmirna.

Novo!!: A Alexíada e Tzacas · Veja mais »

Universidade Fordham

Universidade Fordham (em inglês Fordham University) é uma universidade privada, sem fins lucrativos e católica dos Estados Unidos, com três campi ao redor da cidade de Nova Iorque.

Novo!!: A Alexíada e Universidade Fordham · Veja mais »

Redireciona aqui:

Alexiada, Alexíada.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »