Logotipo
Unionpédia
Comunicação
Disponível no Google Play
Novo! Faça o download do Unionpédia em seu dispositivo Android™!
Faça o download
Acesso mais rápido do que o navegador!
E sem anúncios!

Ó Infante suavíssimo

"Ó Infante suavíssimo" ou "Ó meu Menino tão lindo" são nomes dados a várias canções de Natal tradicionais portuguesas com uma origem comum no século XVIII.

28 relações: A Morgadinha dos Canaviais, Advento, Alberto Braga, Alberto Pimentel, Cantigas de Natal, Coimbra, Congregação do Oratório, Igreja, Júlio Dinis, Jesus, Lista de canções de Natal, Música de Portugal, Minho, Natal, Natureza humana, Novena, Porto, Presépio, Região do Norte, Sé do Porto, Século XVIII, Véspera de Natal, 16 de dezembro, 1762, 1868, 1880, 1905, 1963.

A Morgadinha dos Canaviais

A Morgadinha dos Canaviais é o terceiro romance do escritor português Júlio Dinis, publicado em 1868.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e A Morgadinha dos Canaviais · Veja mais »

Advento

Cretan style Labirinto do advento feito com 2.500 tealights queimando-se no centro para a meditação cristã ea espiritualidade da diocese de Limburg na igreja da cruz santamente em Frankfurt am Main-Bornheim principal O Advento (do latim Adventus: "chegada", do verbo Advenire: "chegar a") é o primeiro tempo do Ano litúrgico, o qual antecede o Natal.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Advento · Veja mais »

Alberto Braga

Alberto Leal Barradas Monteiro Braga (Foz do Douro, Porto, 1851 - 1911) foi um jornalista e escritor português.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Alberto Braga · Veja mais »

Alberto Pimentel

Alberto Augusto de Almeida Pimentel (Cedofeita, 14 de AbrilPIMENTEL, Alberto. Manhãs de Cascais. Lisboa: Livraria Ferin, 1893. 116 p. de 1849 — Queluz, 19 de Julho de 1925) foi um prolífero escritor portuense da segunda metade do século XIX.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Alberto Pimentel · Veja mais »

Cantigas de Natal

As cantigas de Natal, também conhecidas como cantigas natalinas, canções de Natal ou canções natalinas, são uma tradição antiga e bastante difundida entre os países cristãos tanto católicos quanto protestantes.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Cantigas de Natal · Veja mais »

Coimbra

Coimbra OTE é uma cidade portuguesa, capital do Distrito de Coimbra, da Região Centro de Portugal, da sub-região estatística e comunidade intermunicipal da Região de Coimbra e da antiga província da Beira Litoral com 102 202 habitantes (2011) no seu perímetro urbano, sendo, por isso, a maior cidade da Região Centro.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Coimbra · Veja mais »

Congregação do Oratório

A Congregação do Oratório, hoje Confederação do Oratório (Confoederatio Oratorii Sancti Philippi Nerii), também conhecida como Oratorianos ou Ordem de São Filipe Néri, é uma sociedade de vida apostólica fundada em 1565, em Roma, por São Filipe Néri, para clérigos seculares, sem votos de pobreza e obediência, dedicando-se à educação cristã da juventude e do povo e a obras de caridade.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Congregação do Oratório · Veja mais »

Igreja

Catedral de Notre-Dame, em Paris, na França. Igreja (do grego εκκλησία através do latim ecclesia) é uma instituição religiosa cristã separada do Estado, ou uma comunidade de fiéis ligados pela mesma fé e submetidos aos mesmos chefes espirituais.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Igreja · Veja mais »

Júlio Dinis

Joaquim Guilherme Gomes Coelho (Porto, — Porto) foi um médico e escritor português.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Júlio Dinis · Veja mais »

Jesus

Jesus (Yeshua; Iesous), também chamado Jesus de Nazaré, que nasceu entre 7–2 a.C e morreu por volta de 30–33 d.C., é a figura central do cristianismo e aquele que os ensinamentos de maior parte das denominações cristãs, além dos judeus messiânicos, consideram ser o Filho de Deus.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Jesus · Veja mais »

Lista de canções de Natal

Uma canção de Natal é uma música cuja letra desenvolve a temática do Natal ou que se tenha associado com a época natalícia ainda que a sua letra não refira essa festividade.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Lista de canções de Natal · Veja mais »

Música de Portugal

Portugal é internacionalmente conhecido pela sua tradição folclórica, em grande medida assente no Fado e nos estilos musicais dele derivados.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Música de Portugal · Veja mais »

Minho

*Rio Minho — rio que nasce em Espanha (onde se escreve Miño) e faz fronteira com Portugal entre Melgaço e Caminha.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Minho · Veja mais »

Natal

Natal ou Dia de Natal é um feriado e festival religioso cristão comemorado anualmente em 25 de dezembro (nos países eslavos e ortodoxos cujos calendários eram baseados no calendário juliano, o Natal é comemorado no dia 7 de janeiro).

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Natal · Veja mais »

Natureza humana

A natureza humana faz referência ao conjunto de traços distintos - incluindo maneiras de pensar, sentir ou agir - que os seres humanos tendem a ter, independente da influência da cultura.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Natureza humana · Veja mais »

Novena

Novena é um encontro para orações, realizado durante o período de nove dias.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Novena · Veja mais »

Porto

Porto OTE é a segunda cidade e o terceiro município mais populoso de Portugal, situada no noroeste do país e capital da Área Metropolitana do Porto (NUTS III e área metropolitana), da região Norte (NUTS II) e do Distrito do Porto.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Porto · Veja mais »

Presépio

Presépio, na língua portuguesa, designa o local onde se recolhe o gado ou o estábulo.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Presépio · Veja mais »

Região do Norte

Localização da Região do Norte. A Região Norte é uma região ou unidade territorial para fins estatísticos de nível II (NUTS II), de Portugal, que compreende os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real e Bragança, e o norte dos distritos de Aveiro, Viseu e Guarda.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Região do Norte · Veja mais »

Sé do Porto

A Sé / Catedral da cidade do Porto, situada no coração do centro histórico da cidade do Porto, é um dos principais e mais antigos monumentos de Portugal.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Sé do Porto · Veja mais »

Século XVIII

Milénios: primeiro milénio d.C. - segundo milénio d.C. - terceiro milénio d. C. Séculos: Século XVII - Século XVIII - Século XIX.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Século XVIII · Veja mais »

Véspera de Natal

Véspera de Natal refere-se à noite ou todo dia que precede o dia de Natal, um festival que comemora o nascimento de Jesus de Nazaré.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e Véspera de Natal · Veja mais »

16 de dezembro

Sem descrição

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e 16 de dezembro · Veja mais »

1762

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XVIII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi C, teve 52 semanas, início a uma sexta-feira e terminou também a uma sexta-feira.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e 1762 · Veja mais »

1868

---- 1868 (na numeração romana) foi um ano bissexto do actual Calendário Gregoriano e as suas letras dominicais foram E e D (53 semanas), teve teve início a uma quarta-feira e terminou a uma quinta-feira.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e 1868 · Veja mais »

1880

---- (na numeração romana) foi um ano bissexto do século XIX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e as suas letras dominicais foram D e C (53 semanas), teve início a uma quinta-feira e terminou a uma sexta-feira.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e 1880 · Veja mais »

1905

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi A (52 semanas), teve início a um domingo e terminou também a um domingo.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e 1905 · Veja mais »

1963

---- (na numeração romana) foi um ano comum do século XX do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, a sua letra dominical foi F (52 semanas), teve início a uma terça-feira e terminou também a uma terça-feira.

Novo!!: Ó Infante suavíssimo e 1963 · Veja mais »

Redireciona aqui:

Ó meu Menino tão lindo.

CessanteEntrada
Ei! Agora estamos em Facebook! »